SlideShare uma empresa Scribd logo
Definição de Matrizes
Matriz: Tabela de elementos dispostos em linhas e colunas.
Amxn
=
a a a
a a a
a a a
n
n
m m mn
11 12 1
21 22 2
1 2


  















= [aij
]mxn
matriz A de m linhas e n colunas
Elemento da linha i
e coluna j
Elemento da 2 ª linha e 1ª coluna
TIPOS DE MATRIZES
1 2 2
1 1 3
4 1 2
−










 Matriz quadrada
m = n (x linhas = x colunas)
Esta é uma matriz quadrada de ordem 3 (3 x 3)
 Diagonais
Só tem sentido falar de diagonais
em matrizes quadradas.
Diagonal principal (i = j) Diagonal secundária = (n + 1 = i + j)
Elementos da
diagonal principal:
1, 1 e 2
Elementos da
diagonal secundária:
2, 1 e 4
2 1 1
0 1 2
0 0 4
−









 Matriz triangular superior
Matrizes
Triangulares
2 0 0 0
1 1 0 0
2 3 4 0
4 5 7 2














 Matriz triangular inferior










500
020
004
Elementos acima ou abaixo
da diagonal principal são
todos nulos.
Lembre-se o ou da matemática não
é exclusivo, ou seja, vale também
quando ambos são verdade!
Esta também é uma matriz triangular!
Falou em diagonal, falou em matriz
quadrada! Todas as triangulares
são quadradas.
Casos especiais
de Matrizes
Triangulares.  Matriz identidade
2 0 0
0 4 0
0 0 7










1 0 0
0 1 0
0 0 1










 Matriz diagonal
Apenas os elementos da diagonal
principal são diferentes de zero
A identidade é uma matriz
diagonal cujo elementos da
diagonal principal são todos iguais
a um.
Falou em diagonal, falou em matriz
quadrada! Todas as triangulares
são quadradas. Chatice hein!
Todas as Triangulares são quadradas, logo, a diagonal e a identidade são quadradas.
Chamamos a matriz acima de I3
(identidade de ordem 3)
No geral, In onde n é a ordem da
matriz.
0 0 0 0
0 0 0 0
0 0 0 0










 Matriz nula
Todos os elementos são nulos.
Chamamos a matriz nula de Omxn
Então essa é O3x4
A Matriz nula não precisa ser
quadrada!
 Igualdade de Matrizes.
Duas matrizes são ditas idênticas
quando seus elementos
correspondentes são iguais.









 −
421
213
112









 −
421
213
112
Caso ao olhar
essas duas
matrizes e não
ver que elas
são iguais,
favor procurar
o oculista.
Transposta  troca de linha por coluna (m x n => n x m )
23
41
30
12
x
A










−
= .
431
102
=A
32
t
x





 −
Matriz A transposta
Simétrica  Matriz quadrada tal que At
= A
22
23
31
x
A 





= .
23
31
=A
22
t
x






Matriz A transposta
Anti-Simétrica  Matriz quadrada tal que At
= -A
33
013
102
320
x
A










−−
−
= .
013
102
320
=A
33
t
x










−−
−
=
Os elementos
da transposta
são os opostos
da original.
OPERAÇÕES COM MATRIZES
Adição










−+









 −
01
52
40
52
04
11










=
53
52
31
Dadas duas matrizes A e B, somaremos os elementos de A com seus
correspondentes em B, ou seja, se tomarmos um elemento na primeira linha
e primeira coluna de A devemos somá-los com o elemento na primeira linha
e primeira coluna de B.
É sempre possível
somar matrizes?
Não!
Somente quando
estas forem de
mesma ordem.
+ =
Se liguem, o mesmo vale pra subtração.
Multiplicação por escalar
Multiplicação por escalar ( número real qualquer)  multiplicamos todos os
elementos da matriz por este número.






−
−
31
102
.2 





−
−−
=
3.21.2
10.22.2






−
−−
=
62
204
Matriz A Matriz -2A
Multiplicação de matriz por matriz
CONDIÇÃO: Só podemos efetuar o produto de duas matrizes Amxn e Blxp se o
número de colunas da primeira for igual ao número de linhas da segunda (n = l).
A matriz C = AB será de ordem m x p.
22
23
40
11
.
35
24
12
x
x





 −










23
4.3)1(50.31.5
4.2)1(40.21.4
4.1)1(20.11.2
x










+−+
+−+
+−+
=










=
75
44
22
Em geral AB ≠ BA, ou seja, o produto de matrizes não comutativo
2
1
2
1
4
2
4
2
5
3
5
3
Pode ser possível efetuar AB e não ser possível efetuar BA.
O produto da primeira linha pela
primeira coluna, gera o elemento C11.
O produto da primeira linha pela
segunda coluna, gera o elemento C12.
Ihhh...
Aqui
fu...!
22
23
40
11
.
35
24
12
x
x





 −




















=
75
44
222.1 + 1.0 2.(-1) + 1.4
4.1 + 2.0 4.(-1) + 2.4
5.1 + 3.0 5.(-1) + 3.4
Observe,
multiplicamos
ordenadamente os
termos, ou seja,
multiplicamos o
primeiro elemento
da elemento com o
primeiro da coluna e
por aí vai...
EXEMPLO 1
1) Seja A = e seja B =
.
Calcule A + B.
11
EXEMPLO 2
2) Seja A = e seja B = .
Calcule A – B.
12
EXEMPLO 3
3) Calcule o produto das matrizes:
13
EXEMPLO 4
4) A mátriz A de ordem 2 x 3 definida por
dada por:
a) b) c)
d) e)
14
EXEMPLO 5
5) Dadas as matrizes
calcule a matriz A – Bt
é:
15
Professor Antônio Carlos Carneiro
Barroso
 Graduado Em Matemática pela UFBA
Graduado em Ciências naturais pela UFBA
Pós graduado em Metodologia e Didática de
ensino Superior
www.ensinodematemtica.blogspot.com.br
www.youtube.com/accbarroso
www.facebook.com/acmatematico
www.twitter.com/profbarroso
Salvador-Ba

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
Mayra Henrique
 
Determinantes 2º ano
Determinantes 2º anoDeterminantes 2º ano
Determinantes 2º ano
Alessandro Candido
 
Matrizes 2013
Matrizes 2013Matrizes 2013
Matrizes 2013
José Junior Barreto
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
RIQOLIVER
 
Introdução ao estudo de Matrizes
Introdução ao estudo de MatrizesIntrodução ao estudo de Matrizes
Introdução ao estudo de Matrizes
Anselmo Guerra Jr
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
rosania39
 
Regra de sarrus
Regra de sarrusRegra de sarrus
Regra de sarrus
Erica Marcela
 
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Julia Maldonado Garcia
 
Matriz[1]
Matriz[1]Matriz[1]
Matriz[1]
Cie02
 
Matrizes aula 01
Matrizes aula 01Matrizes aula 01
Matrizes aula 01
Pedro Henrique Drehmer
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
Slides de Tudo
 
Matrizes ppt
Matrizes pptMatrizes ppt
Matrizes ppt
Ariosvaldo Carvalho
 
Matemática - Vídeo Aula Matrizes
Matemática - Vídeo Aula MatrizesMatemática - Vídeo Aula Matrizes
Matemática - Vídeo Aula Matrizes
Aulas Apoio
 
Slide: Matrizes, Matemática.
Slide: Matrizes, Matemática.Slide: Matrizes, Matemática.
Slide: Matrizes, Matemática.
agendab
 
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Determinante
www.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Determinantewww.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Determinante
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Determinante
Aulas De Matemática Apoio
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes determinantes
Matrizes determinantesMatrizes determinantes
Matrizes determinantes
slidericardinho
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 

Mais procurados (20)

Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Determinantes 2º ano
Determinantes 2º anoDeterminantes 2º ano
Determinantes 2º ano
 
Matrizes 2013
Matrizes 2013Matrizes 2013
Matrizes 2013
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Introdução ao estudo de Matrizes
Introdução ao estudo de MatrizesIntrodução ao estudo de Matrizes
Introdução ao estudo de Matrizes
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Regra de sarrus
Regra de sarrusRegra de sarrus
Regra de sarrus
 
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
 
Matriz[1]
Matriz[1]Matriz[1]
Matriz[1]
 
Matrizes aula 01
Matrizes aula 01Matrizes aula 01
Matrizes aula 01
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
 
Matrizes ppt
Matrizes pptMatrizes ppt
Matrizes ppt
 
Matemática - Vídeo Aula Matrizes
Matemática - Vídeo Aula MatrizesMatemática - Vídeo Aula Matrizes
Matemática - Vídeo Aula Matrizes
 
Slide: Matrizes, Matemática.
Slide: Matrizes, Matemática.Slide: Matrizes, Matemática.
Slide: Matrizes, Matemática.
 
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Determinante
www.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Determinantewww.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Determinante
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Determinante
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Matrizes determinantes
Matrizes determinantesMatrizes determinantes
Matrizes determinantes
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 

Destaque

Curiosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matrizCuriosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matriz
Jose Silva
 
How to Download & Install Print Drivers MAC
How to Download & Install Print Drivers MACHow to Download & Install Print Drivers MAC
How to Download & Install Print Drivers MAC
Melissa Heck
 
Língua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e Reduzidas
Língua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e ReduzidasLíngua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e Reduzidas
Língua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e Reduzidas
Chrislaine1999
 
Matrizes 2014
Matrizes 2014Matrizes 2014
Matrizes 2014
Rodrigo Carvalho
 
Projeto email sem_nome_escola
Projeto email sem_nome_escolaProjeto email sem_nome_escola
Projeto email sem_nome_escola
Wilson Barbieri
 
Projeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantes
Projeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantesProjeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantes
Projeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantes
Wesley Freitas
 
Jogo de Domino em grupo
Jogo de Domino em grupoJogo de Domino em grupo
Jogo de Domino em grupo
Maria Cláudia Caires Costa
 
Matrizes determinantes-sistemaslineares
Matrizes determinantes-sistemaslinearesMatrizes determinantes-sistemaslineares
Matrizes determinantes-sistemaslineares
slidericardinho
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
Delfina Vernuccio
 

Destaque (9)

Curiosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matrizCuriosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matriz
 
How to Download & Install Print Drivers MAC
How to Download & Install Print Drivers MACHow to Download & Install Print Drivers MAC
How to Download & Install Print Drivers MAC
 
Língua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e Reduzidas
Língua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e ReduzidasLíngua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e Reduzidas
Língua Portuguesa - Orações Subordinadas Adverbiais e Reduzidas
 
Matrizes 2014
Matrizes 2014Matrizes 2014
Matrizes 2014
 
Projeto email sem_nome_escola
Projeto email sem_nome_escolaProjeto email sem_nome_escola
Projeto email sem_nome_escola
 
Projeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantes
Projeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantesProjeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantes
Projeto de pesquisa: Jogando dominó de matrizes e determinantes
 
Jogo de Domino em grupo
Jogo de Domino em grupoJogo de Domino em grupo
Jogo de Domino em grupo
 
Matrizes determinantes-sistemaslineares
Matrizes determinantes-sistemaslinearesMatrizes determinantes-sistemaslineares
Matrizes determinantes-sistemaslineares
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 

Semelhante a Matrizes 17122016

2º ano matriz
2º ano matriz2º ano matriz
2º ano matriz
celio pacheco
 
Aula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptxAula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptx
CntiaCastro14
 
01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx
01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx
01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx
JosivaldoFarias1
 
Matrizes.pptx
Matrizes.pptxMatrizes.pptx
Matrizes.pptx
PatrickBoaes2
 
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantesáLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes
Pedro Povoleri
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
slidericardinho
 
Matriz alunos
Matriz   alunosMatriz   alunos
Matriz alunos
Fabiana Gonçalves
 
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
guest202a61
 
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
Antonio Carneiro
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
Sergio Manoel
 
Matriz 1 2012
Matriz 1   2012Matriz 1   2012
Matriz 1 2012
Fabiana Gonçalves
 
Matrizes e determinantes
Matrizes e determinantesMatrizes e determinantes
Matrizes e determinantes
Edson Marcos Silva
 
2 ano matrizes 2010
2 ano   matrizes 20102 ano   matrizes 2010
2 ano matrizes 2010
profcesarlassis
 
Matriz aula [modo de compatibilidade]
Matriz aula [modo de compatibilidade]Matriz aula [modo de compatibilidade]
Matriz aula [modo de compatibilidade]
Alvaro6601
 
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)
Pedro Povoleri
 
Aula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptxAula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptx
JucieliRomanzini1
 
Matrizes hoje
Matrizes hojeMatrizes hoje
Matrizes hoje
Jackson Olliveer
 
10 - Matrizes
10 - Matrizes10 - Matrizes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinanteswww.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinanteswww.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
AulasEnsinoMedio
 

Semelhante a Matrizes 17122016 (20)

2º ano matriz
2º ano matriz2º ano matriz
2º ano matriz
 
Aula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptxAula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptx
 
01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx
01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx
01. Matrizes_Determinantes_SistemasLineares.pptx
 
Matrizes.pptx
Matrizes.pptxMatrizes.pptx
Matrizes.pptx
 
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantesáLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Matriz alunos
Matriz   alunosMatriz   alunos
Matriz alunos
 
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
 
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]MatemáTica   Matrizes [TaíS Andrade]
MatemáTica Matrizes [TaíS Andrade]
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Matriz 1 2012
Matriz 1   2012Matriz 1   2012
Matriz 1 2012
 
Matrizes e determinantes
Matrizes e determinantesMatrizes e determinantes
Matrizes e determinantes
 
2 ano matrizes 2010
2 ano   matrizes 20102 ano   matrizes 2010
2 ano matrizes 2010
 
Matriz aula [modo de compatibilidade]
Matriz aula [modo de compatibilidade]Matriz aula [modo de compatibilidade]
Matriz aula [modo de compatibilidade]
 
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)
áLgebra linear 01 aula 01-matrizes e cálculo determinantes (2)
 
Aula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptxAula_1_Matrizes.pptx
Aula_1_Matrizes.pptx
 
Matrizes hoje
Matrizes hojeMatrizes hoje
Matrizes hoje
 
10 - Matrizes
10 - Matrizes10 - Matrizes
10 - Matrizes
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinanteswww.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinanteswww.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática -  Determinantes
www.AulasEnsinoMedio.com.br - - Matemática - Determinantes
 

Mais de Antonio Carneiro

Volumes 17122016
Volumes 17122016Volumes 17122016
Volumes 17122016
Antonio Carneiro
 
Sessão de cônicas 17122016
Sessão de cônicas 17122016Sessão de cônicas 17122016
Sessão de cônicas 17122016
Antonio Carneiro
 
Angulos 17122016
Angulos 17122016Angulos 17122016
Angulos 17122016
Antonio Carneiro
 
Estudodareta 17122016
Estudodareta 17122016Estudodareta 17122016
Estudodareta 17122016
Antonio Carneiro
 
Função de 2º grau 17122016
Função de 2º grau 17122016Função de 2º grau 17122016
Função de 2º grau 17122016
Antonio Carneiro
 
Polinomios 17122016
Polinomios 17122016Polinomios 17122016
Polinomios 17122016
Antonio Carneiro
 
Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016
Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016
Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016
Antonio Carneiro
 
Matriz
MatrizMatriz
Polinomios
PolinomiosPolinomios
Polinomios
Antonio Carneiro
 
Ângulo
ÂnguloÂngulo
Função do 2º Grau.
Função do 2º Grau.Função do 2º Grau.
Função do 2º Grau.
Antonio Carneiro
 
Estudo da reta
Estudo da retaEstudo da reta
Estudo da reta
Antonio Carneiro
 
Matemática Comercial e Financeira
 Matemática Comercial e Financeira Matemática Comercial e Financeira
Matemática Comercial e Financeira
Antonio Carneiro
 
Sessões Cônicas
 Sessões Cônicas Sessões Cônicas
Sessões Cônicas
Antonio Carneiro
 
Triângulo
TriânguloTriângulo
Triângulo
Antonio Carneiro
 
Produtos notaveis
Produtos notaveisProdutos notaveis
Produtos notaveis
Antonio Carneiro
 
Função Exponencial
Função ExponencialFunção Exponencial
Função Exponencial
Antonio Carneiro
 
Apresentação 3
Apresentação 3Apresentação 3
Apresentação 3
Antonio Carneiro
 
Apresentação4 6ª a vesp
Apresentação4 6ª a vespApresentação4 6ª a vesp
Apresentação4 6ª a vesp
Antonio Carneiro
 
Apresentação5 ativ 5ª a vesp
Apresentação5 ativ 5ª a vespApresentação5 ativ 5ª a vesp
Apresentação5 ativ 5ª a vesp
Antonio Carneiro
 

Mais de Antonio Carneiro (20)

Volumes 17122016
Volumes 17122016Volumes 17122016
Volumes 17122016
 
Sessão de cônicas 17122016
Sessão de cônicas 17122016Sessão de cônicas 17122016
Sessão de cônicas 17122016
 
Angulos 17122016
Angulos 17122016Angulos 17122016
Angulos 17122016
 
Estudodareta 17122016
Estudodareta 17122016Estudodareta 17122016
Estudodareta 17122016
 
Função de 2º grau 17122016
Função de 2º grau 17122016Função de 2º grau 17122016
Função de 2º grau 17122016
 
Polinomios 17122016
Polinomios 17122016Polinomios 17122016
Polinomios 17122016
 
Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016
Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016
Introduomatemticacomercialefinanceira 17122016
 
Matriz
MatrizMatriz
Matriz
 
Polinomios
PolinomiosPolinomios
Polinomios
 
Ângulo
ÂnguloÂngulo
Ângulo
 
Função do 2º Grau.
Função do 2º Grau.Função do 2º Grau.
Função do 2º Grau.
 
Estudo da reta
Estudo da retaEstudo da reta
Estudo da reta
 
Matemática Comercial e Financeira
 Matemática Comercial e Financeira Matemática Comercial e Financeira
Matemática Comercial e Financeira
 
Sessões Cônicas
 Sessões Cônicas Sessões Cônicas
Sessões Cônicas
 
Triângulo
TriânguloTriângulo
Triângulo
 
Produtos notaveis
Produtos notaveisProdutos notaveis
Produtos notaveis
 
Função Exponencial
Função ExponencialFunção Exponencial
Função Exponencial
 
Apresentação 3
Apresentação 3Apresentação 3
Apresentação 3
 
Apresentação4 6ª a vesp
Apresentação4 6ª a vespApresentação4 6ª a vesp
Apresentação4 6ª a vesp
 
Apresentação5 ativ 5ª a vesp
Apresentação5 ativ 5ª a vespApresentação5 ativ 5ª a vesp
Apresentação5 ativ 5ª a vesp
 

Último

O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

Matrizes 17122016

  • 1. Definição de Matrizes Matriz: Tabela de elementos dispostos em linhas e colunas. Amxn = a a a a a a a a a n n m m mn 11 12 1 21 22 2 1 2                     = [aij ]mxn matriz A de m linhas e n colunas Elemento da linha i e coluna j Elemento da 2 ª linha e 1ª coluna
  • 2. TIPOS DE MATRIZES 1 2 2 1 1 3 4 1 2 −            Matriz quadrada m = n (x linhas = x colunas) Esta é uma matriz quadrada de ordem 3 (3 x 3)  Diagonais Só tem sentido falar de diagonais em matrizes quadradas. Diagonal principal (i = j) Diagonal secundária = (n + 1 = i + j) Elementos da diagonal principal: 1, 1 e 2 Elementos da diagonal secundária: 2, 1 e 4
  • 3. 2 1 1 0 1 2 0 0 4 −           Matriz triangular superior Matrizes Triangulares 2 0 0 0 1 1 0 0 2 3 4 0 4 5 7 2                Matriz triangular inferior           500 020 004 Elementos acima ou abaixo da diagonal principal são todos nulos. Lembre-se o ou da matemática não é exclusivo, ou seja, vale também quando ambos são verdade! Esta também é uma matriz triangular! Falou em diagonal, falou em matriz quadrada! Todas as triangulares são quadradas.
  • 4. Casos especiais de Matrizes Triangulares.  Matriz identidade 2 0 0 0 4 0 0 0 7           1 0 0 0 1 0 0 0 1            Matriz diagonal Apenas os elementos da diagonal principal são diferentes de zero A identidade é uma matriz diagonal cujo elementos da diagonal principal são todos iguais a um. Falou em diagonal, falou em matriz quadrada! Todas as triangulares são quadradas. Chatice hein! Todas as Triangulares são quadradas, logo, a diagonal e a identidade são quadradas. Chamamos a matriz acima de I3 (identidade de ordem 3) No geral, In onde n é a ordem da matriz.
  • 5. 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0            Matriz nula Todos os elementos são nulos. Chamamos a matriz nula de Omxn Então essa é O3x4 A Matriz nula não precisa ser quadrada!  Igualdade de Matrizes. Duas matrizes são ditas idênticas quando seus elementos correspondentes são iguais.           − 421 213 112           − 421 213 112 Caso ao olhar essas duas matrizes e não ver que elas são iguais, favor procurar o oculista.
  • 6. Transposta  troca de linha por coluna (m x n => n x m ) 23 41 30 12 x A           − = . 431 102 =A 32 t x       − Matriz A transposta Simétrica  Matriz quadrada tal que At = A 22 23 31 x A       = . 23 31 =A 22 t x       Matriz A transposta Anti-Simétrica  Matriz quadrada tal que At = -A 33 013 102 320 x A           −− − = . 013 102 320 =A 33 t x           −− − = Os elementos da transposta são os opostos da original.
  • 7. OPERAÇÕES COM MATRIZES Adição           −+           − 01 52 40 52 04 11           = 53 52 31 Dadas duas matrizes A e B, somaremos os elementos de A com seus correspondentes em B, ou seja, se tomarmos um elemento na primeira linha e primeira coluna de A devemos somá-los com o elemento na primeira linha e primeira coluna de B. É sempre possível somar matrizes? Não! Somente quando estas forem de mesma ordem. + = Se liguem, o mesmo vale pra subtração.
  • 8. Multiplicação por escalar Multiplicação por escalar ( número real qualquer)  multiplicamos todos os elementos da matriz por este número.       − − 31 102 .2       − −− = 3.21.2 10.22.2       − −− = 62 204 Matriz A Matriz -2A
  • 9. Multiplicação de matriz por matriz CONDIÇÃO: Só podemos efetuar o produto de duas matrizes Amxn e Blxp se o número de colunas da primeira for igual ao número de linhas da segunda (n = l). A matriz C = AB será de ordem m x p. 22 23 40 11 . 35 24 12 x x       −           23 4.3)1(50.31.5 4.2)1(40.21.4 4.1)1(20.11.2 x           +−+ +−+ +−+ =           = 75 44 22 Em geral AB ≠ BA, ou seja, o produto de matrizes não comutativo 2 1 2 1 4 2 4 2 5 3 5 3 Pode ser possível efetuar AB e não ser possível efetuar BA. O produto da primeira linha pela primeira coluna, gera o elemento C11. O produto da primeira linha pela segunda coluna, gera o elemento C12. Ihhh... Aqui fu...!
  • 10. 22 23 40 11 . 35 24 12 x x       −                     = 75 44 222.1 + 1.0 2.(-1) + 1.4 4.1 + 2.0 4.(-1) + 2.4 5.1 + 3.0 5.(-1) + 3.4 Observe, multiplicamos ordenadamente os termos, ou seja, multiplicamos o primeiro elemento da elemento com o primeiro da coluna e por aí vai...
  • 11. EXEMPLO 1 1) Seja A = e seja B = . Calcule A + B. 11
  • 12. EXEMPLO 2 2) Seja A = e seja B = . Calcule A – B. 12
  • 13. EXEMPLO 3 3) Calcule o produto das matrizes: 13
  • 14. EXEMPLO 4 4) A mátriz A de ordem 2 x 3 definida por dada por: a) b) c) d) e) 14
  • 15. EXEMPLO 5 5) Dadas as matrizes calcule a matriz A – Bt é: 15
  • 16. Professor Antônio Carlos Carneiro Barroso  Graduado Em Matemática pela UFBA Graduado em Ciências naturais pela UFBA Pós graduado em Metodologia e Didática de ensino Superior www.ensinodematemtica.blogspot.com.br www.youtube.com/accbarroso www.facebook.com/acmatematico www.twitter.com/profbarroso Salvador-Ba