SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 54
Formação, Capacitação e
Desenvolvimento de Equipes
Livros FGV Management:
Desenvolvimento de Equipes
Capacitação e Desenvolvimento
FORMAÇÃO DE EQUIPES
Slide: 2 de 53
Agenda
Introdução
Grupos de Trabalho
Desenvolvimento de Equipes
Capacitação e Desenvolvimento
Modelo de Aprendizagem
Slide: 3 de 53
Introdução
O sucesso das organizações esta centrado na
gestão de mudança e das pessoas..
Mudança
Conhecimento e Inovação
Slide: 4 de 53
Demanda pelo trabalho em Equipe
X
Organizações flexíveis e Ágeis
Contexto Sócio Econômico
Satisfação
do Ciente
Produtividade
Redução
de
Custo
Redução
de
Prazos
Resultado
Positivo
POT – Psicologia Organizacional e do Trabalho
Slide: 5 de 53
Agenda
Introdução
Grupos de Trabalho
Desenvolvimento de Equipes
Capacitação e Desenvolvimento
Modelo de Aprendizagem
Slide: 6 de 53
Grupos de Trabalho
• Conceito
• Tipos de grupo
• Ciclo de Vida
• Metodologia de Schutz
Slide: 7 de 53
McGratth - 2002
Histórico do Movimento dos
Grupos
Grupos de
Trabalho
Formais
Grupo
Força-
Tarefa
TripulaçãoInformais
Slide: 8 de 53
Ciclo de Vida
Aproximação
Começo da
Relação
Sustentação Encerramento
FASES DOS GRUPOS
Slide: 9 de 53
Fases dos Grupos
• Inclusão
• Formação
• Encontro
Aproximação
• Controle
• Tormenta
• Conformidade
Começo da
Relação • Abertura
• Normalização
• Solidariedade
Sustentação
• Interrupção
• Terminação
Encerramento
Schutz Inclusão,Controle,Abertura
Robbins Formação, Tormenta,Normalização, Interrupção
Lundgren e Moscovici Encontro,Confrontação e Interrupção
Slide: 10 de 53
Metodologia de Schutz -
Dimensões
• Quantidade e intensidade de contato
que a pessoa estabelece com os outrosInclusão
• Intensidade da influência que exerce na
relação com o outroControle
• Intensidade da autorrevelação e
exposição na relação com o outro
Abertura
Slide: 11 de 53
Filme – Elemento Humano
Slide: 12 de 53
Agenda
Introdução
Grupos de Trabalho
Desenvolvimento de Equipes
Capacitação e Desenvolvimento
Modelo de Aprendizagem
Slide: 13 de 53
Desenvolvimento de Equipes
• Integrantes
• Papéis
• Disfunções
• Líder
• Condutas
• Motivação
• Cultura
Slide: 14 de 53
Tipologias Papeis nas Equipes
Pichon-Riviére
Porta Voz
Bode
Expiatório
Líder Sabotador
Heller
Contato
Externo
Líder Crítico
Implemen-
tador
Inspetor Ideólogo
Coordena-
dor
Belbin
Investiga-
dor
Coordena-
dor
Monitor
Implemen
-tador
Formata-
dor
Semea-
dor
Trabalha-
dor Equi
Completa
dor
Especia-
lista
Slide: 15 de 53
Desenvolvimento de Equipes
• Integrantes
• Papéis
• Disfunções
• Líder
• Condutas
• Motivação
• Cultura
Slide: 16 de 53
Desenvolvimento de Equipes -
Líder
Papel junto à equipe Ferramentas Comportamento
Reflexão Planejamento Confiança
Apoio Feedback Ouvir Ativamente
Estimulo Coaching Julga sobre evidências
Crédito Empowerment Teamwork
Valorização Reuniões Relânpago Humor
Celebração Brainstormimg Estimula desenvolvimento
Causa e Efeito- Conflitos
Slide: 17 de 53
Desenvolvimento de Equipes -
Conduta
Fazendo Acontecer
Reconhece as mudanças Saber lidar com o Sistema
Parálise – diante dos acontecimento
Coragem não basta Conhecimento
Mudanças de Aperfeiçoamento
Fazer bem o desnecessário Transformação
Ignorar e Desprezar as Mudanças
Se nada fizerem Resultados não mudarão
Quem não faz
Poeiras, como
poeira
Slide: 18 de 53
Desenvolvimento de Equipes -
Motivação
• Visão de futuro
• Direção e Valores
• Desconforto coloca os nossos potenciais nos
limites
Slide: 19 de 53
Desenvolvimento de Equipes -
Cultura
• Aprender com a equipe
• Transmitir conhecimentos
• Colaborador que compartilha
conhecimentos
Slide: 20 de 53
Formação e Desenvolvimento
• Do grupo a equipe
• Efetividade das equipes
• Formação
• Condições para desenvolvimento
Slide: 21 de 53
Desenvolvimento de Equipes -
Efetividade
Desempenho Efetivo
Atitude voltada para processo e
procedimento
Forma de agir direcionada para
resultados
Slide: 22 de 53
Desenvolvimento da Equipes -
Estratégia
Equipe
Eficaz
Slide: 23 de 53
Desenvolvimento de Equipes -
Formação
Tipo Vantagem
Consultoria Transmite Segurança, Influência Pessoas e Grupos,
Suporte Teórico e Prático, Plano de Ãção, Estimula
Integrantes, Alto custo
Programa Pré-
Moldado
Pacote de treinamento de habilidades e atitudes
pertinentes ao trabalho em equipe,, estudos comprovam
que não provocam o resultado esperado quando
indivíduo retorna ao ambiente de trabalho
Gestor Facilitação x Controle
Delegação
Feedback
Liderança Sutil
Slide: 24 de 53
Desenvolvimento de Equipes -
Condições
Baixa ou queda de produtividade
Erros constantes
Clima Tenso e/ou Apático
Falta de Iniciativa
Procrastinação
Acirrada Competição e Concorrência Externa
Crescimento, Aliança e Aquisições
Slide: 25 de 53
Dinâmica da Comunicação
• Meios de Comunicação = Sucesso
• Efetividade
• Feedback
• Dimensões
• Fatores críticos de sucesso
Slide: 26 de 53
Dinâmica da Comunicação
Interlocutores
Mensagens
Signos/Sinais
Processo de
Comunicação
Conhecimento
Habilidade
Atitude
Assunto
Comunicação
Consigo,Assunto e Receptor
Slide: 27 de 53
Dinâmica da Comunicação -
Feedback
Imparciabilidade Aplicabilidade Especificidade
Oportunidade Diretividade
Slide: 28 de 53
Dinâmica da Comunicação
• Autêntico com o objetivo de ajudar ao próximo
• Dimensões:
– Verdade/Amor
– Mentira/Amor
– Verdade/Desamor
– Mentira/Desamor
• Reações ?
Slide: 29 de 53
Dinâmica da Comunicação –
Fatores Críticos
• Tamanho da equipe
• Layout do ambiente
• Transmissão da mensagem
• Clareza da mensagem
• Transparência
• Visão Compartilhada
• Diminuição dos níveis hierárquicos
• Modelo Organizacional flexível
Slide: 30 de 53
Cultura e Clima Organizacional
• Formação da Equipe exige;
– Tempo
– Convivência
– Experiências em comum
• Novos membros afetam a cultura pre-existente
• Estilo da Administração
• Vínculo de Confiança
Slide: 31 de 53
Clima e Cultura - Diferença
Clima Cultura
Percepção e Interpretação
Consequência do modelo
de gestão praticado
Determinante nos
resultados da empresa
Pesquisas de clima =
combater os sintomas de
disfuncionalidade
Compartilhamento de
Valores e Crenças
Formado por padrões de
referência dos antecessores
transmitidos aos indivíduos
Anterior ao clima com
forte influência sobre a
empresa
Slide: 32 de 53
Agenda
Introdução
Grupos de Trabalho
Desenvolvimento de Equipes
Capacitação e Desenvolvimento
Modelo de Aprendizagem
Slide: 33 de 53
CAPACITAÇÃO E
DESENVOLVIMENTO
Slide: 34 de 53
Introdução
O sucesso das organizações esta centrado na
gestão de mudança e das pessoas..
Atiude
Programas de Capacitação
Slide: 35 de 53
Treinamentos - Conceito
• Comportamental
• Profissional
• Capacitação
Slide: 36 de 53
Mudança de Paradigma
Antigo Conceito Século XXI
Prédio Local Aprendizagem sob demanda
Atualizar qualificações técnicas Conteúdo Desenvolver competências básicas do
ambiente do negócio
Aprender Ouvindo Metodologia Aprender Agindo
Funcionários Internos Público-alvo Equipes de funcionários,
clientes,fornecedores de produtos
Evento único Frequência Processo contínuo de aprendizagem
Desenvolver o estoque de
qualificações do indivíduo
Meta Soluciona problemas empresariais reais
e melhora o desempenho do trabalho
Professores de universidades
externas
Corpo
Docente
Gerentes seniores internos e um
consórcio de professores universitários
Fonte: Coroporate University Exchange (1997)
Slide: 37 de 53
Princípios da Andragogia
Andragogia
Necessidade
de Conhecer
Autoconceito
Experiência
Prontidão para
Aprender
Orientação
para
Aprendizagem
Motivação
Slide: 38 de 53
Princípios da Andragogia
Andragogia
Necessidad
e de
Conhecer
Autoconcei
to
Experiência
Prontidão
para
Aprender
Orientação
para
Aprendizag
em
Motivação
Slide: 39 de 53
Learning Organization
• Senge (1990) socializou o conceito incorporando 5 disciplinas
Slide: 40 de 53
Agenda
Introdução
Grupos de Trabalho
Desenvolvimento de Equipes
Capacitação e Desenvolvimento
Modelo de Aprendizagem
Slide: 41 de 53
Modelo de Aprendizagem
Senge:
• A liderança vem dos líderes das equipes
• Crescer em grupo
• Transformar a organização em ambiente de aprendizagem
• Aprender coletivamente
Redesenho de suas atuais estruturas e a adoção de novo modelo de
aprendizagem
Slide: 42 de 53
Modelo de Aprendizagem
Ambiente Organização
Pessoas Equipe
Modelo
de
Aprendizagem
Slide: 43 de 53
Educação Corporativa
• Transformar empregados em cidadãos corporativos
(Meister,1999)
• Criar e propiciar condições para o exercício do trabalho
• Seguindo os modelos de aprendizagem definidos pela
corporação
• Paradigmas conhecimento:
– Imprevisibilidade
– Empreendedorismo
– Capital Intelectual
– Estrutura flexiva
– Adaptabilidade
Slide: 44 de 53
Desenvolvimento das Pesssoas
• Atrelar o
desenvolvimento
pessoal ao profissional
• Ideal de pessoas para o
contexto das
organizações: Ideal de
Pessoas
Multidimen
-sional
Polivalente
Integrado
Criativo
Intuitivo
Flexível
Aprendiz
Inovador
Fonte:Daniel e Verga (2001)
Slide: 45 de 53
Desenvolvimento de
Competências
Objetivos
Pessoais
Objetivos
Organizacionais
Competências
Gestão
Por
Competências
Slide: 46 de 53
Estratégia de Capacitação
1 Planejamento
Estratégico
3 - Modelagem e
Implantação de
Plano de Ação
2 - Alinhamento e
Tradução das
estratégias
Negócio
Slide: 47 de 53
Formulação da Estratégia de C&D
1. Alinhar
2. Mapear
3. Elaborar
4.Modelar
5.Implementar
6.Revisar
Slide: 48 de 53
Programas de Aprendizagem
• Ambientação e Integração
• Estágio
• Trainees
• Jovem Aprendiz
• Multiplicadores Internos
Slide: 49 de 53
Metodologias de Aprendizagem
1. Autoinstrução
2. Exposição
3. Debate
4. Demonstração
5. Estudo de Caso
6. Dramatização
7. Workshop
8. Oficinas de Trabalho
• Benchmarking
• Job Rotation
• Participação em Projetos
• Jogos
• Comunidades de Prática
• Coaching
• Ensino a distância
• Aprendizado por
investigação
Slide: 50 de 53
Educação Corportativa
“Guarda –chuvas estratégico para o
desenvolvimento e educação de funcionários,
clientes e fornecedores, com o objetivo de
atender às estratégias empresariais de uma
organização” - Meister
Slide: 51 de 53
Educação Corporativa
Valores a serem compartilhados:
• Ser estratégica
• Desenvolver a empregabilidade
• Assegurar vantagem competitiva por meio do desenvolvimento
das competências de seus colaboradores
• Atuação pró-ativa
• Catalisar ações
• Buscar aprendizado organizacional
• Transformar-se em centro de resultados
• Propiciar educação continuada
• Facilitador e multiplicador
• Dar sentido às ações de capacitação e desenvolvimento
Slide: 52 de 53
Componentes da Educação
Corporativa
Valores
Compartilhados
CONTEXTO
EMPRESARIAL
Comunicação
Constante
Avaliação
Tecnologia
Parceiros
Produtos
Serviços
Controle
Visão
Fontes de
Receita
Organização
Partes
Interessadas
Slide: 53 de 53
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDerLiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
Carlos Silva
 
Motivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipeMotivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipe
Rúbian Fátima
 

Mais procurados (20)

Clima organizacional
Clima organizacionalClima organizacional
Clima organizacional
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
 
Palestra motivacional
Palestra motivacionalPalestra motivacional
Palestra motivacional
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
 
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDerLiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
MARKETING PESSOAL
MARKETING PESSOALMARKETING PESSOAL
MARKETING PESSOAL
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
 
Liderança de equipes
Liderança de equipesLiderança de equipes
Liderança de equipes
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Motivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipeMotivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipe
 
Palestra motivacional
Palestra motivacional Palestra motivacional
Palestra motivacional
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
O que é liderança
O que é liderançaO que é liderança
O que é liderança
 
Palestra - A importância do trabalho em equipe
Palestra - A importância do trabalho em equipePalestra - A importância do trabalho em equipe
Palestra - A importância do trabalho em equipe
 

Destaque

Formação de equipes e liderança final
Formação de equipes e liderança finalFormação de equipes e liderança final
Formação de equipes e liderança final
adrianalaufer
 
Palestra liderança rotary pets
Palestra liderança   rotary petsPalestra liderança   rotary pets
Palestra liderança rotary pets
Luciano Lameira
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
demonias
 
As relações nos grupos e equipes de trabalho
As relações nos grupos e equipes de trabalhoAs relações nos grupos e equipes de trabalho
As relações nos grupos e equipes de trabalho
Nadia Santana
 

Destaque (20)

Formação de equipes e liderança final
Formação de equipes e liderança finalFormação de equipes e liderança final
Formação de equipes e liderança final
 
Liderança motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
Liderança   motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014Liderança   motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
Liderança motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
 
Série Aprendendo com Outros: Formação e Desenvolvimento de Equipes
Série Aprendendo com Outros: Formação e Desenvolvimento de EquipesSérie Aprendendo com Outros: Formação e Desenvolvimento de Equipes
Série Aprendendo com Outros: Formação e Desenvolvimento de Equipes
 
Conflitos e formação de equipes
Conflitos e formação de equipesConflitos e formação de equipes
Conflitos e formação de equipes
 
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
 
Time de Desenvolvimento: Trabalhando em equipe sem matar o coleguinha
Time de Desenvolvimento: Trabalhando em equipe sem matar o coleguinhaTime de Desenvolvimento: Trabalhando em equipe sem matar o coleguinha
Time de Desenvolvimento: Trabalhando em equipe sem matar o coleguinha
 
Link building de A a Z: da formação da equipe a mensuração (Olhó SEO)
Link building de A a Z: da formação da equipe a mensuração (Olhó SEO)Link building de A a Z: da formação da equipe a mensuração (Olhó SEO)
Link building de A a Z: da formação da equipe a mensuração (Olhó SEO)
 
Palestra liderança rotary pets
Palestra liderança   rotary petsPalestra liderança   rotary pets
Palestra liderança rotary pets
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Desenvolvimento em equipe
Desenvolvimento em equipeDesenvolvimento em equipe
Desenvolvimento em equipe
 
Ateliê de Excelência - Programa de treinamento e desenvolvimento de equipes
Ateliê de Excelência - Programa de treinamento e desenvolvimento de equipesAteliê de Excelência - Programa de treinamento e desenvolvimento de equipes
Ateliê de Excelência - Programa de treinamento e desenvolvimento de equipes
 
Apt02
Apt02Apt02
Apt02
 
Gestão conhecimento e equipes
Gestão conhecimento e equipesGestão conhecimento e equipes
Gestão conhecimento e equipes
 
Capacitaçao Profissional
Capacitaçao ProfissionalCapacitaçao Profissional
Capacitaçao Profissional
 
Pichón rivière
Pichón rivièrePichón rivière
Pichón rivière
 
Grupo Operativo
Grupo OperativoGrupo Operativo
Grupo Operativo
 
Desenvolver pessoas[1]
Desenvolver pessoas[1]Desenvolver pessoas[1]
Desenvolver pessoas[1]
 
As relações nos grupos e equipes de trabalho
As relações nos grupos e equipes de trabalhoAs relações nos grupos e equipes de trabalho
As relações nos grupos e equipes de trabalho
 
Equipes de Alta Performance
Equipes de Alta PerformanceEquipes de Alta Performance
Equipes de Alta Performance
 
Comportamento Organizacional 1
Comportamento Organizacional 1Comportamento Organizacional 1
Comportamento Organizacional 1
 

Semelhante a Formação de equipes

Palestra gestores
Palestra gestoresPalestra gestores
Palestra gestores
eliasdemoch
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
A. Rui Teixeira Santos
 
Capitulo10 aprendizagem e desenvolvimento
Capitulo10   aprendizagem e desenvolvimentoCapitulo10   aprendizagem e desenvolvimento
Capitulo10 aprendizagem e desenvolvimento
Anabela Mesquita
 
Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)
Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)
Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)
professoramichele
 
3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas
3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas
3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas
3PR Desenvolvimento em Gestão
 

Semelhante a Formação de equipes (20)

Trabalho em Equipe
Trabalho em Equipe Trabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Capitulo10
Capitulo10Capitulo10
Capitulo10
 
Palestra gestores
Palestra gestoresPalestra gestores
Palestra gestores
 
Curso Mentor Talks - Curitiba
Curso Mentor Talks - CuritibaCurso Mentor Talks - Curitiba
Curso Mentor Talks - Curitiba
 
Palestralideresuaequipe2016 Webinar Essentials 23/03/2017
Palestralideresuaequipe2016 Webinar Essentials 23/03/2017Palestralideresuaequipe2016 Webinar Essentials 23/03/2017
Palestralideresuaequipe2016 Webinar Essentials 23/03/2017
 
6 Coaching
6   Coaching6   Coaching
6 Coaching
 
6 Coaching
6   Coaching6   Coaching
6 Coaching
 
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 
Coaching lideranca-nova-perspectiva
Coaching lideranca-nova-perspectivaCoaching lideranca-nova-perspectiva
Coaching lideranca-nova-perspectiva
 
Capitulo10 aprendizagem e desenvolvimento
Capitulo10   aprendizagem e desenvolvimentoCapitulo10   aprendizagem e desenvolvimento
Capitulo10 aprendizagem e desenvolvimento
 
Políticas de reconhecimento e meritocracia
Políticas de reconhecimento e meritocraciaPolíticas de reconhecimento e meritocracia
Políticas de reconhecimento e meritocracia
 
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
 
Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)
Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)
Palestragestores 130915174239-phpapp02 (1)
 
Entrelaços: quem somos e como atuamos
Entrelaços: quem somos e como atuamosEntrelaços: quem somos e como atuamos
Entrelaços: quem somos e como atuamos
 
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RH
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RHGestao do Conhecimento - Conceitos e RH
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RH
 
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento OrganizacionalEvolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
 
Treinamento e desenvolvimento
Treinamento e desenvolvimentoTreinamento e desenvolvimento
Treinamento e desenvolvimento
 
3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas
3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas
3PR - Alinhamento e Integração Principios, Processos e Pessoas
 
Palestra-Ferramentas-para-Desenvolvimento-de-Lideres.pdf
Palestra-Ferramentas-para-Desenvolvimento-de-Lideres.pdfPalestra-Ferramentas-para-Desenvolvimento-de-Lideres.pdf
Palestra-Ferramentas-para-Desenvolvimento-de-Lideres.pdf
 

Mais de Nelson Rosamilha, PMP, PRINCE2 Practitioner, BB, MsC

Mais de Nelson Rosamilha, PMP, PRINCE2 Practitioner, BB, MsC (20)

Métodos de Gestão de Mudança Organizacional e seu uso para a transformação di...
Métodos de Gestão de Mudança Organizacional e seu uso para a transformação di...Métodos de Gestão de Mudança Organizacional e seu uso para a transformação di...
Métodos de Gestão de Mudança Organizacional e seu uso para a transformação di...
 
Customer Success na entrega de Serviços
Customer Success na entrega de ServiçosCustomer Success na entrega de Serviços
Customer Success na entrega de Serviços
 
Framework de Design Thinking
Framework de Design ThinkingFramework de Design Thinking
Framework de Design Thinking
 
Gestão de Stakeholders - O que ninguém nunca de ensinou
Gestão de Stakeholders - O que ninguém nunca de ensinouGestão de Stakeholders - O que ninguém nunca de ensinou
Gestão de Stakeholders - O que ninguém nunca de ensinou
 
Dicas de Liderança em Projetos
Dicas de Liderança em ProjetosDicas de Liderança em Projetos
Dicas de Liderança em Projetos
 
Gerenciando Implementação de Projetos de CLOUD
Gerenciando Implementação de Projetos de CLOUDGerenciando Implementação de Projetos de CLOUD
Gerenciando Implementação de Projetos de CLOUD
 
Impacto da Transferência de Conhecimento na Gestão e Projetos
Impacto da Transferência de Conhecimento na Gestão e ProjetosImpacto da Transferência de Conhecimento na Gestão e Projetos
Impacto da Transferência de Conhecimento na Gestão e Projetos
 
Clima Organizacional - Institutos de Pesquisa
Clima Organizacional - Institutos de PesquisaClima Organizacional - Institutos de Pesquisa
Clima Organizacional - Institutos de Pesquisa
 
Understanding the Effect of CRM efforts on Customer Retention and Customer Sh...
Understanding the Effect of CRM efforts on Customer Retention and Customer Sh...Understanding the Effect of CRM efforts on Customer Retention and Customer Sh...
Understanding the Effect of CRM efforts on Customer Retention and Customer Sh...
 
Aplicando Lean Project Management para entregar o projeto com sucesso
Aplicando Lean Project Management para entregar o projeto com sucessoAplicando Lean Project Management para entregar o projeto com sucesso
Aplicando Lean Project Management para entregar o projeto com sucesso
 
O Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do Projeto
O Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do ProjetoO Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do Projeto
O Pilar da Excelência: Como Gerenciar a Qualidade do Projeto
 
O que voce não pode esquecer quando recuperar projetos problemáticos
O que voce não pode esquecer quando recuperar projetos problemáticosO que voce não pode esquecer quando recuperar projetos problemáticos
O que voce não pode esquecer quando recuperar projetos problemáticos
 
Método PACE
Método PACEMétodo PACE
Método PACE
 
Os Gurus da Qualidade - Falconi
Os Gurus da Qualidade - FalconiOs Gurus da Qualidade - Falconi
Os Gurus da Qualidade - Falconi
 
Os gurus da qualidade philip crosby
Os gurus da qualidade   philip crosbyOs gurus da qualidade   philip crosby
Os gurus da qualidade philip crosby
 
Project Management Network - Help From Above - Interview
Project Management Network - Help From Above - Interview Project Management Network - Help From Above - Interview
Project Management Network - Help From Above - Interview
 
Os gurus da qualidade - Joseph Juran
Os gurus da qualidade  - Joseph JuranOs gurus da qualidade  - Joseph Juran
Os gurus da qualidade - Joseph Juran
 
Communication style - Effective Communication In Project Management
Communication style - Effective Communication In Project ManagementCommunication style - Effective Communication In Project Management
Communication style - Effective Communication In Project Management
 
Projeto de Logística aplicado à Supply Chain
Projeto de Logística aplicado à Supply ChainProjeto de Logística aplicado à Supply Chain
Projeto de Logística aplicado à Supply Chain
 
Relação entre Seis Sigma e Pmbok
Relação entre Seis Sigma e PmbokRelação entre Seis Sigma e Pmbok
Relação entre Seis Sigma e Pmbok
 

Último

ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
azulassessoria9
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
azulassessoria9
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
azulassessoria9
 

Último (20)

5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do séculoSistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 

Formação de equipes

  • 1. Formação, Capacitação e Desenvolvimento de Equipes Livros FGV Management: Desenvolvimento de Equipes Capacitação e Desenvolvimento
  • 3. Agenda Introdução Grupos de Trabalho Desenvolvimento de Equipes Capacitação e Desenvolvimento Modelo de Aprendizagem Slide: 3 de 53
  • 4. Introdução O sucesso das organizações esta centrado na gestão de mudança e das pessoas.. Mudança Conhecimento e Inovação Slide: 4 de 53
  • 5. Demanda pelo trabalho em Equipe X Organizações flexíveis e Ágeis Contexto Sócio Econômico Satisfação do Ciente Produtividade Redução de Custo Redução de Prazos Resultado Positivo POT – Psicologia Organizacional e do Trabalho Slide: 5 de 53
  • 6. Agenda Introdução Grupos de Trabalho Desenvolvimento de Equipes Capacitação e Desenvolvimento Modelo de Aprendizagem Slide: 6 de 53
  • 7. Grupos de Trabalho • Conceito • Tipos de grupo • Ciclo de Vida • Metodologia de Schutz Slide: 7 de 53
  • 8. McGratth - 2002 Histórico do Movimento dos Grupos Grupos de Trabalho Formais Grupo Força- Tarefa TripulaçãoInformais Slide: 8 de 53
  • 9. Ciclo de Vida Aproximação Começo da Relação Sustentação Encerramento FASES DOS GRUPOS Slide: 9 de 53
  • 10. Fases dos Grupos • Inclusão • Formação • Encontro Aproximação • Controle • Tormenta • Conformidade Começo da Relação • Abertura • Normalização • Solidariedade Sustentação • Interrupção • Terminação Encerramento Schutz Inclusão,Controle,Abertura Robbins Formação, Tormenta,Normalização, Interrupção Lundgren e Moscovici Encontro,Confrontação e Interrupção Slide: 10 de 53
  • 11. Metodologia de Schutz - Dimensões • Quantidade e intensidade de contato que a pessoa estabelece com os outrosInclusão • Intensidade da influência que exerce na relação com o outroControle • Intensidade da autorrevelação e exposição na relação com o outro Abertura Slide: 11 de 53
  • 12. Filme – Elemento Humano Slide: 12 de 53
  • 13. Agenda Introdução Grupos de Trabalho Desenvolvimento de Equipes Capacitação e Desenvolvimento Modelo de Aprendizagem Slide: 13 de 53
  • 14. Desenvolvimento de Equipes • Integrantes • Papéis • Disfunções • Líder • Condutas • Motivação • Cultura Slide: 14 de 53
  • 15. Tipologias Papeis nas Equipes Pichon-Riviére Porta Voz Bode Expiatório Líder Sabotador Heller Contato Externo Líder Crítico Implemen- tador Inspetor Ideólogo Coordena- dor Belbin Investiga- dor Coordena- dor Monitor Implemen -tador Formata- dor Semea- dor Trabalha- dor Equi Completa dor Especia- lista Slide: 15 de 53
  • 16. Desenvolvimento de Equipes • Integrantes • Papéis • Disfunções • Líder • Condutas • Motivação • Cultura Slide: 16 de 53
  • 17. Desenvolvimento de Equipes - Líder Papel junto à equipe Ferramentas Comportamento Reflexão Planejamento Confiança Apoio Feedback Ouvir Ativamente Estimulo Coaching Julga sobre evidências Crédito Empowerment Teamwork Valorização Reuniões Relânpago Humor Celebração Brainstormimg Estimula desenvolvimento Causa e Efeito- Conflitos Slide: 17 de 53
  • 18. Desenvolvimento de Equipes - Conduta Fazendo Acontecer Reconhece as mudanças Saber lidar com o Sistema Parálise – diante dos acontecimento Coragem não basta Conhecimento Mudanças de Aperfeiçoamento Fazer bem o desnecessário Transformação Ignorar e Desprezar as Mudanças Se nada fizerem Resultados não mudarão Quem não faz Poeiras, como poeira Slide: 18 de 53
  • 19. Desenvolvimento de Equipes - Motivação • Visão de futuro • Direção e Valores • Desconforto coloca os nossos potenciais nos limites Slide: 19 de 53
  • 20. Desenvolvimento de Equipes - Cultura • Aprender com a equipe • Transmitir conhecimentos • Colaborador que compartilha conhecimentos Slide: 20 de 53
  • 21. Formação e Desenvolvimento • Do grupo a equipe • Efetividade das equipes • Formação • Condições para desenvolvimento Slide: 21 de 53
  • 22. Desenvolvimento de Equipes - Efetividade Desempenho Efetivo Atitude voltada para processo e procedimento Forma de agir direcionada para resultados Slide: 22 de 53
  • 23. Desenvolvimento da Equipes - Estratégia Equipe Eficaz Slide: 23 de 53
  • 24. Desenvolvimento de Equipes - Formação Tipo Vantagem Consultoria Transmite Segurança, Influência Pessoas e Grupos, Suporte Teórico e Prático, Plano de Ãção, Estimula Integrantes, Alto custo Programa Pré- Moldado Pacote de treinamento de habilidades e atitudes pertinentes ao trabalho em equipe,, estudos comprovam que não provocam o resultado esperado quando indivíduo retorna ao ambiente de trabalho Gestor Facilitação x Controle Delegação Feedback Liderança Sutil Slide: 24 de 53
  • 25. Desenvolvimento de Equipes - Condições Baixa ou queda de produtividade Erros constantes Clima Tenso e/ou Apático Falta de Iniciativa Procrastinação Acirrada Competição e Concorrência Externa Crescimento, Aliança e Aquisições Slide: 25 de 53
  • 26. Dinâmica da Comunicação • Meios de Comunicação = Sucesso • Efetividade • Feedback • Dimensões • Fatores críticos de sucesso Slide: 26 de 53
  • 27. Dinâmica da Comunicação Interlocutores Mensagens Signos/Sinais Processo de Comunicação Conhecimento Habilidade Atitude Assunto Comunicação Consigo,Assunto e Receptor Slide: 27 de 53
  • 28. Dinâmica da Comunicação - Feedback Imparciabilidade Aplicabilidade Especificidade Oportunidade Diretividade Slide: 28 de 53
  • 29. Dinâmica da Comunicação • Autêntico com o objetivo de ajudar ao próximo • Dimensões: – Verdade/Amor – Mentira/Amor – Verdade/Desamor – Mentira/Desamor • Reações ? Slide: 29 de 53
  • 30. Dinâmica da Comunicação – Fatores Críticos • Tamanho da equipe • Layout do ambiente • Transmissão da mensagem • Clareza da mensagem • Transparência • Visão Compartilhada • Diminuição dos níveis hierárquicos • Modelo Organizacional flexível Slide: 30 de 53
  • 31. Cultura e Clima Organizacional • Formação da Equipe exige; – Tempo – Convivência – Experiências em comum • Novos membros afetam a cultura pre-existente • Estilo da Administração • Vínculo de Confiança Slide: 31 de 53
  • 32. Clima e Cultura - Diferença Clima Cultura Percepção e Interpretação Consequência do modelo de gestão praticado Determinante nos resultados da empresa Pesquisas de clima = combater os sintomas de disfuncionalidade Compartilhamento de Valores e Crenças Formado por padrões de referência dos antecessores transmitidos aos indivíduos Anterior ao clima com forte influência sobre a empresa Slide: 32 de 53
  • 33. Agenda Introdução Grupos de Trabalho Desenvolvimento de Equipes Capacitação e Desenvolvimento Modelo de Aprendizagem Slide: 33 de 53
  • 35. Introdução O sucesso das organizações esta centrado na gestão de mudança e das pessoas.. Atiude Programas de Capacitação Slide: 35 de 53
  • 36. Treinamentos - Conceito • Comportamental • Profissional • Capacitação Slide: 36 de 53
  • 37. Mudança de Paradigma Antigo Conceito Século XXI Prédio Local Aprendizagem sob demanda Atualizar qualificações técnicas Conteúdo Desenvolver competências básicas do ambiente do negócio Aprender Ouvindo Metodologia Aprender Agindo Funcionários Internos Público-alvo Equipes de funcionários, clientes,fornecedores de produtos Evento único Frequência Processo contínuo de aprendizagem Desenvolver o estoque de qualificações do indivíduo Meta Soluciona problemas empresariais reais e melhora o desempenho do trabalho Professores de universidades externas Corpo Docente Gerentes seniores internos e um consórcio de professores universitários Fonte: Coroporate University Exchange (1997) Slide: 37 de 53
  • 38. Princípios da Andragogia Andragogia Necessidade de Conhecer Autoconceito Experiência Prontidão para Aprender Orientação para Aprendizagem Motivação Slide: 38 de 53
  • 39. Princípios da Andragogia Andragogia Necessidad e de Conhecer Autoconcei to Experiência Prontidão para Aprender Orientação para Aprendizag em Motivação Slide: 39 de 53
  • 40. Learning Organization • Senge (1990) socializou o conceito incorporando 5 disciplinas Slide: 40 de 53
  • 41. Agenda Introdução Grupos de Trabalho Desenvolvimento de Equipes Capacitação e Desenvolvimento Modelo de Aprendizagem Slide: 41 de 53
  • 42. Modelo de Aprendizagem Senge: • A liderança vem dos líderes das equipes • Crescer em grupo • Transformar a organização em ambiente de aprendizagem • Aprender coletivamente Redesenho de suas atuais estruturas e a adoção de novo modelo de aprendizagem Slide: 42 de 53
  • 43. Modelo de Aprendizagem Ambiente Organização Pessoas Equipe Modelo de Aprendizagem Slide: 43 de 53
  • 44. Educação Corporativa • Transformar empregados em cidadãos corporativos (Meister,1999) • Criar e propiciar condições para o exercício do trabalho • Seguindo os modelos de aprendizagem definidos pela corporação • Paradigmas conhecimento: – Imprevisibilidade – Empreendedorismo – Capital Intelectual – Estrutura flexiva – Adaptabilidade Slide: 44 de 53
  • 45. Desenvolvimento das Pesssoas • Atrelar o desenvolvimento pessoal ao profissional • Ideal de pessoas para o contexto das organizações: Ideal de Pessoas Multidimen -sional Polivalente Integrado Criativo Intuitivo Flexível Aprendiz Inovador Fonte:Daniel e Verga (2001) Slide: 45 de 53
  • 47. Estratégia de Capacitação 1 Planejamento Estratégico 3 - Modelagem e Implantação de Plano de Ação 2 - Alinhamento e Tradução das estratégias Negócio Slide: 47 de 53
  • 48. Formulação da Estratégia de C&D 1. Alinhar 2. Mapear 3. Elaborar 4.Modelar 5.Implementar 6.Revisar Slide: 48 de 53
  • 49. Programas de Aprendizagem • Ambientação e Integração • Estágio • Trainees • Jovem Aprendiz • Multiplicadores Internos Slide: 49 de 53
  • 50. Metodologias de Aprendizagem 1. Autoinstrução 2. Exposição 3. Debate 4. Demonstração 5. Estudo de Caso 6. Dramatização 7. Workshop 8. Oficinas de Trabalho • Benchmarking • Job Rotation • Participação em Projetos • Jogos • Comunidades de Prática • Coaching • Ensino a distância • Aprendizado por investigação Slide: 50 de 53
  • 51. Educação Corportativa “Guarda –chuvas estratégico para o desenvolvimento e educação de funcionários, clientes e fornecedores, com o objetivo de atender às estratégias empresariais de uma organização” - Meister Slide: 51 de 53
  • 52. Educação Corporativa Valores a serem compartilhados: • Ser estratégica • Desenvolver a empregabilidade • Assegurar vantagem competitiva por meio do desenvolvimento das competências de seus colaboradores • Atuação pró-ativa • Catalisar ações • Buscar aprendizado organizacional • Transformar-se em centro de resultados • Propiciar educação continuada • Facilitador e multiplicador • Dar sentido às ações de capacitação e desenvolvimento Slide: 52 de 53
  • 54. FIM