SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
04/09/2013
1
Papel de BPM na evolução do CSC: O Caso de
CSC de Alunos da Kroton Educacional
Eberson Terra – Diretor do CSC de Gestão de Alunos
Sobre a KrotonSobre a Kroton
Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton
Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos
AgendaAgenda
Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton
Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
04/09/2013
2
Sobre a Kroton Educacional
Associação Kroton e Anhanguera
04/09/2013
3
Sobre a KrotonSobre a Kroton
Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton
Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos
AgendaAgenda
Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton
Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
Marketing e VendasMarketing e Vendas
Presidência
Rodrigo Galindo
Presidência
Rodrigo Galindo
PPMOPPMORIRI
DDIDDIDiretoria JurídicaDiretoria Jurídica
Finanças (CFO)
DTAEDTAE
Ensino PresencialEnsino Presencial Pós Graduação e cursosPós Graduação e cursos
Técnicos
Educação BásicaEducação Básica
ControladoriaControladoria
TesourariaTesouraria
PCOPCO
SuprimentosSuprimentos
M&AM&A
TITI
Controles internosControles internos
DD
Frederico AbreuFrederico Abreu Americo MatielloAmerico Matiello
VP
Fernando InoshitaFernando Inoshita
Andre VenturaAndre Ventura
Marcelo ZampieriMarcelo Zampieri
Glauco LemeGlauco Leme
Fábio PanhoniFábio Panhoni
Ailton BrandãoAilton Brandão
Nelson FilhoNelson Filho
DD
GG
GG
DD
DD
GG
Paulo de TarsoPaulo de Tarso
DD
Monica FerreiraMonica Ferreira
DD
Julia BarrosoJulia Barroso
Gislaine MorenoGislaine MorenoLeonardo LaraLeonardo Lara
DD
Carlos LazarCarlos Lazar
Orlando JuniorOrlando Junior
DD
DD DD
Guilherme FrancoGuilherme Franco
AcadêmicaAcadêmica
Rui FavaRui Fava
EADEAD
Rodrigo GalindoRodrigo Galindo
VP VP VP
DD
Função da Área
DGA – (CSC alunos)
OperaçõesOperações
Gustav SantosGustav Santos
DD
VP
Operações (COO)
Igor LimaIgor Lima
Igor LimaIgor Lima
VP
Eberson TerraEberson Terra
DD
Função da área
A Diretoria de Gestão de Alunos é responsável pela operacionalização de atividades referentes ao
registro acadêmico, atendimento e financeiro dos alunos da Kroton, funcionando como um Centro de Serviços Compartilhados
específico para serviços transacionais inerentes ao negócio de Educação.
Como prestador de serviços é seu dever garantir o controle, executar ações centralizadas para ganho de escala e dar suporte
para os postos avançados que ficam fisicamente nas unidades de negócio (SAA, SICP, CPSA, Polos). O seu principal driver é a busca
pela excelência operacional e processual balizado pelo melhor custo/benefício esperados pelos públicos internos e externos.
Operações (COO)
DGA (CSC alunos)DGA (CSC alunos)
Eberson TerraEberson Terra
04/09/2013
4
Serviços Essenciais – Natureza da prestação de serviços do DGA
DGA – (CSC alunos)
Captação Ingresso Ensino
Formação /
Evasão
- Fases da cadeia de valor Kroton -
Gestão do ENADE e
Censo
Acertos de Créditos e
Devoluções
Ingresso de Alunos
Preparação para o
Ingresso
Cadastros de
Informações Financeiras
Cadastros e Arquivo de
Informações Acadêmicas
Recebimento
Faturamento
Convênios e Bolsas
Backoffice Acadêmico
Operacionalizaçãoda
Saída de Alunos
Macroprocessos
Processos
3
19
Macroprocessos
Processos
1
5
Macroprocessos
Processos
6
20
Macroprocessos
Processos
1
2
Prestação de Serviços para Graduação, Pós Lato Sensu e Cursos Técnicos1Predominantemente AcadêmicoPredominantemente Financeiro
1
Organograma Conceitual
DGA – (CSC alunos)
DGADGA –– (CSC(CSC AlunosAlunos))
Serviços Prestados para o
EAD
Serviços Prestados para o
Presencial
Gestão de Serviços: Projetos, Processos, Atendimento às
áreas corporativas
Central de Atendimento Virtual
Polos EAD
Prospects
Polos EAD
UNIASSELVI,
Alunos e
Prospects
IES de Ensino
Presencial, Alunos
e Prospects
Posto
Avançado EAD
(UNIASSELVI)
Posto Avançado
Presencial
(SAA e SICP)
Clientes do DGA: Podem acessar nossos postos avançados ou
diretamente nossa estrutura de atendimento remota
Polos EAD
UNOPAR, Alunos
e Prospects
Postos Avançados: Estruturas locais que dão suporte físico ao
aluno ou centralizam atividades especialistas ao negócio
Central de Atendimento: Estrutura centralizada de análise de
demandas, pode atender os postos avançados e alunos/prospects
diretamente, funcionando como um atendimento virtual
Áreas Nível 2: Estruturas que executam atividades contínuas e de
rotina, recebem apenas solicitações complexas não tratadas pela
Central de Atendimento
Gestão de Serviços: Responsável pela gestão de projetos e processos
do DGA, além de prestar contas e informações para o Corporativo
04/09/2013
5
• Munícipio: Cuiabá – MT
DGA PRESENCIAL
1
• Público: Ensino Presencial
• Gerente: Mauro Moreira
• Munícipio: Londrina – PR
DGA EAD
• Público: EAD UNOPAR e
Gerencia o Posto Avançado do
EAD UNIASSSELVI
• Gerente: TBD
2
• Munícipio: Indaial – SC
DGA EAD
PA UNIASSELVI
DGA EAD
PA UNIASSELVI
• Público: EAD UNIASSELVI
• Coordenador: Cleidi Lange
2.2
Estrutura da Área – Site Location
DGA – (CSC alunos)
Sobre a KrotonSobre a Kroton
Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton
Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos
AgendaAgenda
Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton
Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
04/09/2013
6
MACRO
Aluno
Nível 1Nível 1 -- VISÃO GERALVISÃO GERAL
Nível 2Nível 2 –– CADEIA DECADEIA DE
VALOR DO SERVIÇOVALOR DO SERVIÇO
(LISTA DE MACRO(LISTA DE MACRO
PROCESSOS)PROCESSOS)
Nível 3Nível 3 –– MACROMACRO
PROCESSOSPROCESSOS
(LISTA DE PROCESSOS)(LISTA DE PROCESSOS)
CAPTAÇÃO
Nível 4Nível 4 –– PROCESSOSPROCESSOS
(SEQUÊNCIA DE(SEQUÊNCIA DE
ATIVIDADES)ATIVIDADES)
Nível 5Nível 5 –– ATIVIDADESATIVIDADESNível 5Nível 5 –– ATIVIDADESATIVIDADES
(PROCEDIMENTOS E(PROCEDIMENTOS E
MANUAIS)MANUAIS)
MACRO PROCESSO
PROCESSO
ATIVIDADE
FASE DA CADEIA DE VALOR
MANUAL DE PROCEDIMENTOS
Ciclo de Vida de um Projeto do Escritório de Processos.Ciclo de Vida de um Projeto do Escritório de Processos.
Planejamento e AnálisePlanejamento e Análise
de Processosde Processos
Modelagem deModelagem de
ProcessosProcessos
Desenho de ProcessosDesenho de Processos
Gerenciamento de Processos de NegócioGerenciamento de Processos de Negócio
Gestão de DesempenhoGestão de Desempenho
de Processosde Processos
Transformação deTransformação de
ProcessosProcessos
Gestão do PortfólioGestão do Portfólio
Principais Etapas
• Definição de Escopo
• Complexidade e Esforço da
Demanda.
• Definição do Produto do
Projeto
• Definição do Cronograma e
Orçamento.
Entregáveis
• Plano do Projeto.
• Declaração de Escopo.
• Cronograma do Projeto.
• Docs complementares.
Principais Etapas
• Definição Owner da
Governança.
• Suporte ao plano de ação e
KPI’s.
• Avaliações Períodicas.
• Análises Jurídicas e Fiscais.
Entregáveis
• Laudo de Avalaição.
• Plano de Melhorias (PDCA).
• Acompanhamento de
Resultados.
• Riscos Jurídicos e Fiscais.
• Pesquisa de Satisfação.
Principais Etapas
• Mapeamento – AS IS
• Diagnóstico e Plano de
Melhorias
• Modelagem TO – BE
Entregáveis
• Documento com GAP’s,
Riscos e Impactos do
processo.
• Plano de ação e melhorias.
• Modelo TO BE.
• Indicadores (KPI’s).
• Demandas de Automação.
Principais Etapas
• Desenho AS IS dos Processos
Mapeados.
• Desenho TO BE dos Processos
Modelados.
Entregáveis
• Procedimentos AS IS e TO
BE.
• Fluxos AS IS e TO BE.
• Publicação KPM.
• Book de Processos
Principais Etapas
• Acompanhamento
Implementação do TO BE.
• Suporte ao Plano de Ação e
KPI’s
• Adequações Modelagem
Entregáveis
• Laudo de Avaliação.
• Mensuração Resultados
• Lições Aprendidas.
• Treinamento / Capacitação.
04/09/2013
7
04/09/2013
8
Gestão da Modelagem
Gestão da Publicação Treinamentos e Certificação
Gestão do Portfólio
Utilizado para controlar a evolução da
modelagem e publicação de processos
Utilizado para controlar fazer a modelagem em
BPMN, utilizado o recurso HTML para publicação
Robohelp HTML 9
da Adobe,
utilizado para
construir as
páginas de capa
de processos e
menus do KPM
Utilizado para a gestão das questões,
agendamentos e aprovações das provas CDPM
Sobre a KrotonSobre a Kroton
Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton
Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos
AgendaAgenda
Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton
Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
04/09/2013
9
Atendimento por forma de Contato acumulado jan/fev/mar/abr/mai/2013
Comparativo Atendimento Presencial x Telefone x Chat x Fale Conosco x Auto Atendimento
Indicadores de Atendimento - Migração do Perfil de Atendimento
DGA – (CSC alunos)
CANAIS DE ATENDIMENTO
jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 TOTAL
TELEFONE 8.589 3.739 5.717 6.479 8.236 32.760
CHAT 1.402 1.243 2.196 2.224 2.793 9.858
FALE CONOSCO 4.854 1.571 2.853 522 1.294 11.094
PRESENCIAL (PA) 7.189 71.829 20.891 32.478 13.569 145.956
AUTO ATENDIMENTO 49.128 63.619 69.161 83.905 52.959 318.772
TOTAL 71.162 142.001 100.818 125.608 78.851 518.440
TELEFONE
6%
CHAT
2% FALE CONOSCO
2%
PRESENCIAL
(PA)
28%
AUTO
ATENDIMENTO
62%
0
20.000
40.000
60.000
80.000
100.000
120.000
140.000
160.000
jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13
VolumedeAtendimentos
AUTO ATENDIMENTO
PRESENCIAL (PA)
FALE CONOSCO
CHAT
TELEFONE
Indicadores de Atendimento - Migração do Perfil de Atendimento
DGA – (CSC alunos)
QUALIFICAÇÃO GERAL DO ATENDIMENTO TELEFÔNICO
OPÇÃO ESCOLHIDA QTD REALIZADA
Muito Ruim 45
Ruim 496
Regular 135
Bom 239
Muito Bom 678
Excelente 4.850
* fonte maio/2013
Muito Ruim
1%
Ruim
8%
Regular
2%
Bom
4%
Muito Bom
10%
Excelente
75%
ÍNDICE DE QUALIFICAÇÃO
Ligações Avaliadas 6.443
Ligações não Avaliadas 1.793
* fonte maio/2013
Ligações
Avaliadas
78%
Ligações não
Avaliadas
22%
Índice de Qualificação
04/09/2013
10
O Modelo de Maturidade
de CSC desenvolvido pela TOTVS Consulting possui 9
dimensões estratificadas em 21 componentes.
Pode ser utilizado na definição de direcionadores para
investimentos, e planejamento de evolução do CSC.
Modelo de Maturidade de CSC
MODELO DE
MATURIDADE
NÍVEIS DE
MATURIDADE
Infraestrutura
Escopo
Processos
Sistemas
e Tecnologia
Pessoas
Governança
Gestão
de Serviços
Relacionamento
com Clientes
Gestão
de Custos
5-Best in Class
4-Avançado
3-Intermediário
2-Básico 1-Incompleto
A maturidademédia dos CSC’s no Brasil é de 3,08
(Intermediário)
A média da região Sudeste foi influenciada pela maior
oncentração de novos CSC's, que se encontram em um estágio
inicial de maturidade.
Maturidade Média
por Região
Participação
por Localização
3,3
Nordeste
4%
72%
3,0
Sudeste
Sul
18%
3,3
2,9
Centro
Oeste
6%
Brasil
3,0
Road Map Comparativo
 A maturidade média da DGA aumentou 15% entre 2011 e 2013, atingindo a nota 3,10 (média
nacional com todas as industrias e serviços tradicionais de CSC 3,08);
 As principais evoluções referem-se a:
Dimensão Escopo (de 2,25 em 2011 para 3,00 em 2013)
Dimensão Governança (de 2,86 em 2011 para 4,14 em 2013)
 As principais dimensões onde a DGA está mais distante da média nacional são:
Dimensão Relacionamento com Cliente (Resultado DGA 2013: 1,60 X média nacional: 3,09 – média segmento de Educação: 2,55);
Dimensão Gestão de Serviços (Resultado DGA 2013: 2,11 X média nacional: 2,83 – média segmento de Educação: 2,50).
Road Map Comparativo – Modelo de Maturidade
DGA – (CSC alunos)
04/09/2013
11
Sobre a KrotonSobre a Kroton
Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton
Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos
AgendaAgenda
Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton
Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
CDPMCDPM –– Certificação DGA Process ModelCertificação DGA Process Model
São provas que certificam o conhecimento técnico dos educadores nos processos que realizam em suas funções atuais
dentro do DGA
Existem 3 estágios de certificação e para atingir cada um deles o educador deverá realizar uma prova e ter 70% de sucesso
em suas respostas:
NívelNível 11
NívelNível 22
NívelNível 33
Público Conteúdo Formato Prova
Educadores recém
contratados (até 90 dias) ou
para áreas com processos
recém publicados no KPM
Processos mais simples que
são executados pelo público
e que estejam publicados no
KPM há pelo menos 90 dias
80 questões, sendo 70
objetivas e 10 abertas
Educadores com o Nível 1
da CDPM da área em
questão
Processos de complexidade
intermediária que estejam
publicados no KPM há 90
dias
80 questões, sendo 70
objetivas e 10 abertas
Educadores com o Nível 2
da CDPM da área em
questão
Processos de complexidade
alta que estejam publicados
no KPM há 90 dias
80 questões, sendo 70
objetivas e 10 abertas
Demais Informações sobre a Área - CDPM
DGA – (CSC alunos)
04/09/2013
12
Demais Informações sobre a Área - CDPM
DGA – (CSC alunos)
Contato
EBERSON TERRA, PMP, CBPP, RUP, RMUC, OOAD, CBTS,EBERSON TERRA, PMP, CBPP, RUP, RMUC, OOAD, CBTS, CobiTCobiT, ITIL Certified, ITIL Certified
Diretor do DGA – CSC de Alunos
Telefone: (65) 9987-3200
e-mail: eberson.terra@kroton.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de Processos
Estudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de ProcessosEstudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de Processos
Estudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de ProcessosMauricio Bitencourt, CBPP
 
Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...
Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...
Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...Mauricio Bitencourt, CBPP
 
Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...Mauricio Bitencourt, CBPP
 
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de ProcessosEloGroup
 
Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow
Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow
Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow Lecom Tecnologia
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPMEloGroup
 
Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...
Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...
Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...Mauricio Bitencourt, CBPP
 
Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...
Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...
Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...Lecom Tecnologia
 
Bpmday porto alegre_20130528_case_certel_energia
Bpmday porto alegre_20130528_case_certel_energiaBpmday porto alegre_20130528_case_certel_energia
Bpmday porto alegre_20130528_case_certel_energiaMauricio Bitencourt
 
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...Lecom Tecnologia
 
4. iss bpm day v02
4. iss bpm day v024. iss bpm day v02
4. iss bpm day v02EloGroup
 
BPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisões
BPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisõesBPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisões
BPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisõesMauricio Bitencourt
 
I process seleção de plataformas de bpm
I process   seleção de plataformas de bpmI process   seleção de plataformas de bpm
I process seleção de plataformas de bpmEloGroup
 
BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...
BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...
BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...Mauricio Bitencourt, CBPP
 
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...EloGroup
 
Recruitment Process and Rules Automation with jBPM and Drools
Recruitment Process and Rules Automation with jBPM and DroolsRecruitment Process and Rules Automation with jBPM and Drools
Recruitment Process and Rules Automation with jBPM and DroolsMauricio Bitencourt
 
Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...
Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...
Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...Mauricio Bitencourt, CBPP
 
PROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de Crédito
PROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de CréditoPROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de Crédito
PROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de CréditoMauricio Bitencourt, CBPP
 

Mais procurados (19)

Estudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de Processos
Estudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de ProcessosEstudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de Processos
Estudo de caso da Certel Energia: Cadeia de Valor e Arquitetura de Processos
 
Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...
Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...
Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia e...
 
Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos (BPM): Formação, Carreira e Certific...
 
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
 
Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow
Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow
Esmaltec Case - Café com BPM Roadshow
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 
Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...
Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...
Formação, Carreira e Certificação Profissional em Gerenciamento de Processos ...
 
Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...
Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...
Gerenciando Divergências da Central de Recebimentos Fiscais da Saint Gobain C...
 
Bpmday porto alegre_20130528_case_certel_energia
Bpmday porto alegre_20130528_case_certel_energiaBpmday porto alegre_20130528_case_certel_energia
Bpmday porto alegre_20130528_case_certel_energia
 
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
 
4. iss bpm day v02
4. iss bpm day v024. iss bpm day v02
4. iss bpm day v02
 
BPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisões
BPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisõesBPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisões
BPMN + DMN a integração perfeita para os processos e as decisões
 
I process seleção de plataformas de bpm
I process   seleção de plataformas de bpmI process   seleção de plataformas de bpm
I process seleção de plataformas de bpm
 
BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...
BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...
BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e dec...
 
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
 
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
 
Recruitment Process and Rules Automation with jBPM and Drools
Recruitment Process and Rules Automation with jBPM and DroolsRecruitment Process and Rules Automation with jBPM and Drools
Recruitment Process and Rules Automation with jBPM and Drools
 
Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...
Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...
Como o iBPM e as tecnologias mais modernas disponíveis impulsionam o novo mod...
 
PROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de Crédito
PROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de CréditoPROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de Crédito
PROJELER: Estudo de caso na PAC Administradora de Crédito
 

Destaque

Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)EloGroup
 
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce... Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...EloGroup
 
– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]EloGroup
 
Redução de desperdicios e aumento de produtividade em processos
Redução de desperdicios e aumento de produtividade em processosRedução de desperdicios e aumento de produtividade em processos
Redução de desperdicios e aumento de produtividade em processosEloGroup
 
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...EloGroup
 
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]EloGroup
 
[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...
[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...
[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...EloGroup
 
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...EloGroup
 
– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]EloGroup
 
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocialComo viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocialEloGroup
 
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial? Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial? EloGroup
 
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocialEloGroup
 
"Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial""Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial"EloGroup
 
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...EloGroup
 
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...EloGroup
 
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]EloGroup
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLM
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLMGerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLM
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLMHelder Lopes
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosEloGroup
 
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael ClementeIntegrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael ClementeEloGroup
 
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process TransformationWEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process TransformationEloGroup
 

Destaque (20)

Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
 
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce... Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 
– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]
 
Redução de desperdicios e aumento de produtividade em processos
Redução de desperdicios e aumento de produtividade em processosRedução de desperdicios e aumento de produtividade em processos
Redução de desperdicios e aumento de produtividade em processos
 
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
 
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
 
[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...
[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...
[BPM Global Trends 2014] Deborah Arôxa (SEPLAG-SE) – Transformando organizaçõ...
 
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
 
– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]
 
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocialComo viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
 
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial? Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
 
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
 
"Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial""Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial"
 
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
 
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
 
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Público]
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLM
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLMGerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLM
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Conceitos sobre SLA & SLM
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
 
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael ClementeIntegrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
 
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process TransformationWEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
 

Semelhante a [BPM Day Shared Services SP - 2013] KROTON DGA – Papel de BPM na evolução do CSC

Haroldo salgado araujo cv tp1
Haroldo salgado araujo cv tp1Haroldo salgado araujo cv tp1
Haroldo salgado araujo cv tp1Haroldo Salgado
 
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...EloGroup
 
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Paulo Roberto Martins de Andrade
 
Projeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de Projetos
Projeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de ProjetosProjeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de Projetos
Projeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de ProjetosMarco Coghi
 
curriculum_AnaPaula_2016
curriculum_AnaPaula_2016curriculum_AnaPaula_2016
curriculum_AnaPaula_2016Ana Paula Crude
 
Resume - Delmo Meireles 2016
Resume - Delmo Meireles 2016Resume - Delmo Meireles 2016
Resume - Delmo Meireles 2016Delmo Meireles
 
Projeto organização área comercial e de serviços
Projeto   organização área comercial e de serviçosProjeto   organização área comercial e de serviços
Projeto organização área comercial e de serviçoslucasbissoliba
 
implantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em Lisarbimplantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em LisarbMarco Coghi
 
Pós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios OnlinePós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios Onlinefredericocarvalho.pt
 
Curso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SP
Curso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SPCurso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SP
Curso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SPEstratégia Concursos
 
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetosEdisonCamilo2
 

Semelhante a [BPM Day Shared Services SP - 2013] KROTON DGA – Papel de BPM na evolução do CSC (20)

2013 js transportes
2013 js transportes2013 js transportes
2013 js transportes
 
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
 
Plano de Projeto de Software para CFCSYSTEM
Plano de Projeto de Software para CFCSYSTEMPlano de Projeto de Software para CFCSYSTEM
Plano de Projeto de Software para CFCSYSTEM
 
Haroldo salgado araujo cv tp1
Haroldo salgado araujo cv tp1Haroldo salgado araujo cv tp1
Haroldo salgado araujo cv tp1
 
O quê é a IPMA Brasil
O quê é a IPMA BrasilO quê é a IPMA Brasil
O quê é a IPMA Brasil
 
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
 
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
 
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
 
Projeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de Projetos
Projeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de ProjetosProjeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de Projetos
Projeto Capacitar: Noções de Gerenciamento de Projetos
 
CV_Roberta_Perussi Abr2015
CV_Roberta_Perussi Abr2015CV_Roberta_Perussi Abr2015
CV_Roberta_Perussi Abr2015
 
curriculum_AnaPaula_2016
curriculum_AnaPaula_2016curriculum_AnaPaula_2016
curriculum_AnaPaula_2016
 
Resume - Delmo Meireles 2016
Resume - Delmo Meireles 2016Resume - Delmo Meireles 2016
Resume - Delmo Meireles 2016
 
Who´s that girl
Who´s that girlWho´s that girl
Who´s that girl
 
Encontro de Gestores - Set/2013 PROPLAN - Metas 2014
Encontro de Gestores - Set/2013 PROPLAN - Metas 2014Encontro de Gestores - Set/2013 PROPLAN - Metas 2014
Encontro de Gestores - Set/2013 PROPLAN - Metas 2014
 
Projeto organização área comercial e de serviços
Projeto   organização área comercial e de serviçosProjeto   organização área comercial e de serviços
Projeto organização área comercial e de serviços
 
implantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em Lisarbimplantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em Lisarb
 
Pós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios OnlinePós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios Online
 
Curso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SP
Curso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SPCurso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SP
Curso Gestão de Processos, Projetos e TI p/ APPGG-SP
 
Congresso_P&P_29102015
Congresso_P&P_29102015Congresso_P&P_29102015
Congresso_P&P_29102015
 
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
 

Mais de EloGroup

Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...EloGroup
 
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...EloGroup
 
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...EloGroup
 
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuárioFluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuárioEloGroup
 
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo GonçalvesBPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo GonçalvesEloGroup
 
Template - Painel do Processo
Template - Painel do ProcessoTemplate - Painel do Processo
Template - Painel do ProcessoEloGroup
 
Template - Ficha do Indicador
Template - Ficha do IndicadorTemplate - Ficha do Indicador
Template - Ficha do IndicadorEloGroup
 
Template - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de EscopoTemplate - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de EscopoEloGroup
 
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...EloGroup
 
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas SalesBPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas SalesEloGroup
 
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup
 
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...EloGroup
 
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]EloGroup
 
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]EloGroup
 
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...EloGroup
 

Mais de EloGroup (15)

Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
 
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
 
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
 
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuárioFluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
 
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo GonçalvesBPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
 
Template - Painel do Processo
Template - Painel do ProcessoTemplate - Painel do Processo
Template - Painel do Processo
 
Template - Ficha do Indicador
Template - Ficha do IndicadorTemplate - Ficha do Indicador
Template - Ficha do Indicador
 
Template - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de EscopoTemplate - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de Escopo
 
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
 
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas SalesBPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
 
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
 
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
 
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]
– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]
 
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
 
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
– Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organi...
 

Último

Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxmariiiaaa1290
 

Último (20)

Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 

[BPM Day Shared Services SP - 2013] KROTON DGA – Papel de BPM na evolução do CSC

  • 1. 04/09/2013 1 Papel de BPM na evolução do CSC: O Caso de CSC de Alunos da Kroton Educacional Eberson Terra – Diretor do CSC de Gestão de Alunos Sobre a KrotonSobre a Kroton Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos AgendaAgenda Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
  • 2. 04/09/2013 2 Sobre a Kroton Educacional Associação Kroton e Anhanguera
  • 3. 04/09/2013 3 Sobre a KrotonSobre a Kroton Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos AgendaAgenda Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados Marketing e VendasMarketing e Vendas Presidência Rodrigo Galindo Presidência Rodrigo Galindo PPMOPPMORIRI DDIDDIDiretoria JurídicaDiretoria Jurídica Finanças (CFO) DTAEDTAE Ensino PresencialEnsino Presencial Pós Graduação e cursosPós Graduação e cursos Técnicos Educação BásicaEducação Básica ControladoriaControladoria TesourariaTesouraria PCOPCO SuprimentosSuprimentos M&AM&A TITI Controles internosControles internos DD Frederico AbreuFrederico Abreu Americo MatielloAmerico Matiello VP Fernando InoshitaFernando Inoshita Andre VenturaAndre Ventura Marcelo ZampieriMarcelo Zampieri Glauco LemeGlauco Leme Fábio PanhoniFábio Panhoni Ailton BrandãoAilton Brandão Nelson FilhoNelson Filho DD GG GG DD DD GG Paulo de TarsoPaulo de Tarso DD Monica FerreiraMonica Ferreira DD Julia BarrosoJulia Barroso Gislaine MorenoGislaine MorenoLeonardo LaraLeonardo Lara DD Carlos LazarCarlos Lazar Orlando JuniorOrlando Junior DD DD DD Guilherme FrancoGuilherme Franco AcadêmicaAcadêmica Rui FavaRui Fava EADEAD Rodrigo GalindoRodrigo Galindo VP VP VP DD Função da Área DGA – (CSC alunos) OperaçõesOperações Gustav SantosGustav Santos DD VP Operações (COO) Igor LimaIgor Lima Igor LimaIgor Lima VP Eberson TerraEberson Terra DD Função da área A Diretoria de Gestão de Alunos é responsável pela operacionalização de atividades referentes ao registro acadêmico, atendimento e financeiro dos alunos da Kroton, funcionando como um Centro de Serviços Compartilhados específico para serviços transacionais inerentes ao negócio de Educação. Como prestador de serviços é seu dever garantir o controle, executar ações centralizadas para ganho de escala e dar suporte para os postos avançados que ficam fisicamente nas unidades de negócio (SAA, SICP, CPSA, Polos). O seu principal driver é a busca pela excelência operacional e processual balizado pelo melhor custo/benefício esperados pelos públicos internos e externos. Operações (COO) DGA (CSC alunos)DGA (CSC alunos) Eberson TerraEberson Terra
  • 4. 04/09/2013 4 Serviços Essenciais – Natureza da prestação de serviços do DGA DGA – (CSC alunos) Captação Ingresso Ensino Formação / Evasão - Fases da cadeia de valor Kroton - Gestão do ENADE e Censo Acertos de Créditos e Devoluções Ingresso de Alunos Preparação para o Ingresso Cadastros de Informações Financeiras Cadastros e Arquivo de Informações Acadêmicas Recebimento Faturamento Convênios e Bolsas Backoffice Acadêmico Operacionalizaçãoda Saída de Alunos Macroprocessos Processos 3 19 Macroprocessos Processos 1 5 Macroprocessos Processos 6 20 Macroprocessos Processos 1 2 Prestação de Serviços para Graduação, Pós Lato Sensu e Cursos Técnicos1Predominantemente AcadêmicoPredominantemente Financeiro 1 Organograma Conceitual DGA – (CSC alunos) DGADGA –– (CSC(CSC AlunosAlunos)) Serviços Prestados para o EAD Serviços Prestados para o Presencial Gestão de Serviços: Projetos, Processos, Atendimento às áreas corporativas Central de Atendimento Virtual Polos EAD Prospects Polos EAD UNIASSELVI, Alunos e Prospects IES de Ensino Presencial, Alunos e Prospects Posto Avançado EAD (UNIASSELVI) Posto Avançado Presencial (SAA e SICP) Clientes do DGA: Podem acessar nossos postos avançados ou diretamente nossa estrutura de atendimento remota Polos EAD UNOPAR, Alunos e Prospects Postos Avançados: Estruturas locais que dão suporte físico ao aluno ou centralizam atividades especialistas ao negócio Central de Atendimento: Estrutura centralizada de análise de demandas, pode atender os postos avançados e alunos/prospects diretamente, funcionando como um atendimento virtual Áreas Nível 2: Estruturas que executam atividades contínuas e de rotina, recebem apenas solicitações complexas não tratadas pela Central de Atendimento Gestão de Serviços: Responsável pela gestão de projetos e processos do DGA, além de prestar contas e informações para o Corporativo
  • 5. 04/09/2013 5 • Munícipio: Cuiabá – MT DGA PRESENCIAL 1 • Público: Ensino Presencial • Gerente: Mauro Moreira • Munícipio: Londrina – PR DGA EAD • Público: EAD UNOPAR e Gerencia o Posto Avançado do EAD UNIASSSELVI • Gerente: TBD 2 • Munícipio: Indaial – SC DGA EAD PA UNIASSELVI DGA EAD PA UNIASSELVI • Público: EAD UNIASSELVI • Coordenador: Cleidi Lange 2.2 Estrutura da Área – Site Location DGA – (CSC alunos) Sobre a KrotonSobre a Kroton Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos AgendaAgenda Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
  • 6. 04/09/2013 6 MACRO Aluno Nível 1Nível 1 -- VISÃO GERALVISÃO GERAL Nível 2Nível 2 –– CADEIA DECADEIA DE VALOR DO SERVIÇOVALOR DO SERVIÇO (LISTA DE MACRO(LISTA DE MACRO PROCESSOS)PROCESSOS) Nível 3Nível 3 –– MACROMACRO PROCESSOSPROCESSOS (LISTA DE PROCESSOS)(LISTA DE PROCESSOS) CAPTAÇÃO Nível 4Nível 4 –– PROCESSOSPROCESSOS (SEQUÊNCIA DE(SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES)ATIVIDADES) Nível 5Nível 5 –– ATIVIDADESATIVIDADESNível 5Nível 5 –– ATIVIDADESATIVIDADES (PROCEDIMENTOS E(PROCEDIMENTOS E MANUAIS)MANUAIS) MACRO PROCESSO PROCESSO ATIVIDADE FASE DA CADEIA DE VALOR MANUAL DE PROCEDIMENTOS Ciclo de Vida de um Projeto do Escritório de Processos.Ciclo de Vida de um Projeto do Escritório de Processos. Planejamento e AnálisePlanejamento e Análise de Processosde Processos Modelagem deModelagem de ProcessosProcessos Desenho de ProcessosDesenho de Processos Gerenciamento de Processos de NegócioGerenciamento de Processos de Negócio Gestão de DesempenhoGestão de Desempenho de Processosde Processos Transformação deTransformação de ProcessosProcessos Gestão do PortfólioGestão do Portfólio Principais Etapas • Definição de Escopo • Complexidade e Esforço da Demanda. • Definição do Produto do Projeto • Definição do Cronograma e Orçamento. Entregáveis • Plano do Projeto. • Declaração de Escopo. • Cronograma do Projeto. • Docs complementares. Principais Etapas • Definição Owner da Governança. • Suporte ao plano de ação e KPI’s. • Avaliações Períodicas. • Análises Jurídicas e Fiscais. Entregáveis • Laudo de Avalaição. • Plano de Melhorias (PDCA). • Acompanhamento de Resultados. • Riscos Jurídicos e Fiscais. • Pesquisa de Satisfação. Principais Etapas • Mapeamento – AS IS • Diagnóstico e Plano de Melhorias • Modelagem TO – BE Entregáveis • Documento com GAP’s, Riscos e Impactos do processo. • Plano de ação e melhorias. • Modelo TO BE. • Indicadores (KPI’s). • Demandas de Automação. Principais Etapas • Desenho AS IS dos Processos Mapeados. • Desenho TO BE dos Processos Modelados. Entregáveis • Procedimentos AS IS e TO BE. • Fluxos AS IS e TO BE. • Publicação KPM. • Book de Processos Principais Etapas • Acompanhamento Implementação do TO BE. • Suporte ao Plano de Ação e KPI’s • Adequações Modelagem Entregáveis • Laudo de Avaliação. • Mensuração Resultados • Lições Aprendidas. • Treinamento / Capacitação.
  • 8. 04/09/2013 8 Gestão da Modelagem Gestão da Publicação Treinamentos e Certificação Gestão do Portfólio Utilizado para controlar a evolução da modelagem e publicação de processos Utilizado para controlar fazer a modelagem em BPMN, utilizado o recurso HTML para publicação Robohelp HTML 9 da Adobe, utilizado para construir as páginas de capa de processos e menus do KPM Utilizado para a gestão das questões, agendamentos e aprovações das provas CDPM Sobre a KrotonSobre a Kroton Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos AgendaAgenda Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados
  • 9. 04/09/2013 9 Atendimento por forma de Contato acumulado jan/fev/mar/abr/mai/2013 Comparativo Atendimento Presencial x Telefone x Chat x Fale Conosco x Auto Atendimento Indicadores de Atendimento - Migração do Perfil de Atendimento DGA – (CSC alunos) CANAIS DE ATENDIMENTO jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 TOTAL TELEFONE 8.589 3.739 5.717 6.479 8.236 32.760 CHAT 1.402 1.243 2.196 2.224 2.793 9.858 FALE CONOSCO 4.854 1.571 2.853 522 1.294 11.094 PRESENCIAL (PA) 7.189 71.829 20.891 32.478 13.569 145.956 AUTO ATENDIMENTO 49.128 63.619 69.161 83.905 52.959 318.772 TOTAL 71.162 142.001 100.818 125.608 78.851 518.440 TELEFONE 6% CHAT 2% FALE CONOSCO 2% PRESENCIAL (PA) 28% AUTO ATENDIMENTO 62% 0 20.000 40.000 60.000 80.000 100.000 120.000 140.000 160.000 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 VolumedeAtendimentos AUTO ATENDIMENTO PRESENCIAL (PA) FALE CONOSCO CHAT TELEFONE Indicadores de Atendimento - Migração do Perfil de Atendimento DGA – (CSC alunos) QUALIFICAÇÃO GERAL DO ATENDIMENTO TELEFÔNICO OPÇÃO ESCOLHIDA QTD REALIZADA Muito Ruim 45 Ruim 496 Regular 135 Bom 239 Muito Bom 678 Excelente 4.850 * fonte maio/2013 Muito Ruim 1% Ruim 8% Regular 2% Bom 4% Muito Bom 10% Excelente 75% ÍNDICE DE QUALIFICAÇÃO Ligações Avaliadas 6.443 Ligações não Avaliadas 1.793 * fonte maio/2013 Ligações Avaliadas 78% Ligações não Avaliadas 22% Índice de Qualificação
  • 10. 04/09/2013 10 O Modelo de Maturidade de CSC desenvolvido pela TOTVS Consulting possui 9 dimensões estratificadas em 21 componentes. Pode ser utilizado na definição de direcionadores para investimentos, e planejamento de evolução do CSC. Modelo de Maturidade de CSC MODELO DE MATURIDADE NÍVEIS DE MATURIDADE Infraestrutura Escopo Processos Sistemas e Tecnologia Pessoas Governança Gestão de Serviços Relacionamento com Clientes Gestão de Custos 5-Best in Class 4-Avançado 3-Intermediário 2-Básico 1-Incompleto A maturidademédia dos CSC’s no Brasil é de 3,08 (Intermediário) A média da região Sudeste foi influenciada pela maior oncentração de novos CSC's, que se encontram em um estágio inicial de maturidade. Maturidade Média por Região Participação por Localização 3,3 Nordeste 4% 72% 3,0 Sudeste Sul 18% 3,3 2,9 Centro Oeste 6% Brasil 3,0 Road Map Comparativo  A maturidade média da DGA aumentou 15% entre 2011 e 2013, atingindo a nota 3,10 (média nacional com todas as industrias e serviços tradicionais de CSC 3,08);  As principais evoluções referem-se a: Dimensão Escopo (de 2,25 em 2011 para 3,00 em 2013) Dimensão Governança (de 2,86 em 2011 para 4,14 em 2013)  As principais dimensões onde a DGA está mais distante da média nacional são: Dimensão Relacionamento com Cliente (Resultado DGA 2013: 1,60 X média nacional: 3,09 – média segmento de Educação: 2,55); Dimensão Gestão de Serviços (Resultado DGA 2013: 2,11 X média nacional: 2,83 – média segmento de Educação: 2,50). Road Map Comparativo – Modelo de Maturidade DGA – (CSC alunos)
  • 11. 04/09/2013 11 Sobre a KrotonSobre a Kroton Sobre o CSC de Alunos da KrotonSobre o CSC de Alunos da Kroton Sobre a metodologia de ProcessosSobre a metodologia de Processos AgendaAgenda Resultados alcançados BPM no CSC de Alunos da KrotonResultados alcançados BPM no CSC de Alunos da Kroton Treinamento dos Postos AvançadosTreinamento dos Postos Avançados CDPMCDPM –– Certificação DGA Process ModelCertificação DGA Process Model São provas que certificam o conhecimento técnico dos educadores nos processos que realizam em suas funções atuais dentro do DGA Existem 3 estágios de certificação e para atingir cada um deles o educador deverá realizar uma prova e ter 70% de sucesso em suas respostas: NívelNível 11 NívelNível 22 NívelNível 33 Público Conteúdo Formato Prova Educadores recém contratados (até 90 dias) ou para áreas com processos recém publicados no KPM Processos mais simples que são executados pelo público e que estejam publicados no KPM há pelo menos 90 dias 80 questões, sendo 70 objetivas e 10 abertas Educadores com o Nível 1 da CDPM da área em questão Processos de complexidade intermediária que estejam publicados no KPM há 90 dias 80 questões, sendo 70 objetivas e 10 abertas Educadores com o Nível 2 da CDPM da área em questão Processos de complexidade alta que estejam publicados no KPM há 90 dias 80 questões, sendo 70 objetivas e 10 abertas Demais Informações sobre a Área - CDPM DGA – (CSC alunos)
  • 12. 04/09/2013 12 Demais Informações sobre a Área - CDPM DGA – (CSC alunos) Contato EBERSON TERRA, PMP, CBPP, RUP, RMUC, OOAD, CBTS,EBERSON TERRA, PMP, CBPP, RUP, RMUC, OOAD, CBTS, CobiTCobiT, ITIL Certified, ITIL Certified Diretor do DGA – CSC de Alunos Telefone: (65) 9987-3200 e-mail: eberson.terra@kroton.com.br