SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
11
Workshop:
Implantando a Governança
de BPM com o Escritório de
Processos
27-jan-2009
Leandro JesusLeandro Jesus
SócioSócio--DiretorDiretor
ELOELO GroupGroup
RIORIO DE JANEIRODE JANEIRO –– SÃO PAULOSÃO PAULO -- BRASÍLIABRASÍLIA
© ELO Group. Todos direitos reservados
ELO GroupELO Group -- Visão InstitucionalVisão Institucional
Consultoria especializada em Gestão de Riscos e Gestão de
Processos de Negócios
Ampla experiência em projetos em diversos segmentos (financeiro,
seguradoras, varejo, elétrico, petróleo, fármacos, telecomunicações,
governo, construção e manufatura)
Quadro de consultores altamente capacitado atuando como
professores em MBAs e cursos diversos da COPPE / UFRJ;
Fundada no Parque Tecnológico da COPPE/UFRJ, um dos mais
reconhecidos centros de pesquisa e desenvolvimento da América
Latina;
Spin-off do Grupo de Produção Integrada,
da Engenharia de Produção da COPPE/UFRJ;
Acesso a uma rede de excelência de especialistas no Brasil, EUA
(Carnegie Mellon University e North Caroline State University) e
Europa (L´Ècole Central de Paris e Politécnico di Turino)
22
© ELO Group. Todos direitos reservados
Experiências e Referências
PROJETOS
© ELO Group. Todos direitos reservados
ELO com a Academia e Inovação
33
© ELO Group. Todos direitos reservados
Referencia: BPM CBOKTM
ABPMP BPM CBOK, 1ª versão
“BPM é uma abordagem
metodológica para identificar,
desenhar, executar, documentar,
medir, monitorar e controlar
processos automatizados ou não
para alcançar resultados
consistentes e alinhados com os
objetivos estratégicos. Permite a
melhoria tanto das atividades de
uma determinada área, entre
áreas ou entre organizações.”
© ELO Group. Todos direitos reservados
Gerir processos de negócios significa mudar continuamente a forma como uma
organização executa suas atividades, visando aumentos significativos de
desempenho como: fortalecimento da excelência operacional, aumento da
visibilidade para tomada de decisão e promoção da inovação;
A maximização de ganhos com BPM passa por construir o ambiente ideal para se
repensar a forma como uma organização deve executar suas atividades. Este
ambiente deve ser colaborativo, culturalmente sustentável e suportado por
métodos e ferramentas adequadas
Fluxogramas de processos não são resultados de uma iniciativa de BPM, mas
apenas uma ferramenta intermediária. Desta forma, a questão-chave a ser
perguntada para um gestor não é apenas “existem processos a serem
mapeados?”, mas sim “existem oportunidades para redução de custos, melhoria
da interface entre áreas, otimização da tomada de decisão etc.?”
Filosofia de BPM – ELO Group
1
2
3
44
Governança das iniciativas de
BPM e o papel do Escritório de
Processos
© ELO Group. Todos direitos reservados
A dispersão de iniciativas em BPM e a
necessidade de governança
Fonte: ELO Group - Pesquisa Evento IQPC Jan/08
55
© ELO Group. Todos direitos reservados
A dispersão de iniciativas em BPM e a
necessidade de governança
0% 10% 20% 30% 40% 50% 60%
Desenvolvimentode aplicativoparamonitoraçãodos
processosem tempo real (BAM);
Desenvolvimentode sistemas deregrasde negócio;
Redesenho deprocessos a partir demodelos de
referência(SCOR,ITIL);
Automação dos principais processos da organização;
ProjetosSix Sigma de melhoria deprocessos;
Treinamentos em análise eredesenho deprocessos
e degestores;
Desenvolvimentoda arquiteturadeprocessosda
organização;
Balanced Scorecard;
Redesenho dosprincipaismacroprocessosda
organização;
Fonte: ELO Group - Pesquisa Evento IQPC Jan/08
© ELO Group. Todos direitos reservados
Definições Fonte
Governança de processos de negócio é o conjunto de
processos e diretrizes que organizam a gestão das ações de
BPM
Kirchmer
(2005)
Governança de processos refere-se aos princípios, objetivos e
estrutura organizacional que definem quem pode tomar
decisões, assim como as políticas e regras que definem e
limitam o que os gerentes podem fazer
Harmon (2008)
Governança no contexto de BPM estabelece transparência na
prestação de contas, tomada de decisão e recompensa, de
forma a orientar as ações
Rosemann e
DeBruin (2008)
Governança de BPM - definições
66
© ELO Group. Todos direitos reservados
Como tratada a responsabilidade pela gestão das
iniciativas de BPM?
Fonte: ELO Group - Pesquisa Evento IQPC Jan/08
© ELO Group. Todos direitos reservados
A necessidade de um Escritório de Processos
Talvez o maior desafio das iniciativas de BPM seja a permanência –
buscar garantir com que a lógica de uma gestão a partir dos
processos de negócio se mantenha na organização.
Um Escritório de Processos é uma resposta à necessidade de se
institucionalizar a Gestão dos Processos, tornando-a, de forma
efetiva, parte do cotidiano das tarefas e, ainda, da cultura da
organização.
Exemplo: grande parte dos investimentos em modelagem e melhoria
de processos é perdida ao longo do tempo, pois os modelos de
processos não são atualizados e reaproveitados.
77
© ELO Group. Todos direitos reservados
As várias nomenclaturas
Escritório de Processos
Centro de Excelência (CoE) em BPM
Escritório de Gestão de Processos (BPM Office)
Grupo de BPM
Coordenação/Gerência de Processos
Outros
© ELO Group. Todos direitos reservados
Dimensões usuais
1. Consultor:
• Envolve a execução ou auxílo nas atividades de gestão de
processos na organização
2. Provedor de Conhecimento:
• Garante a disseminação de conhecimento e cultura de
processos dentro da organização
3. Definidor e Mantenedor de Padrões:
• Garante que os padrões para a gestão de processos são
seguidos por toda a organização
88
Detalhamento da
operação de um
Escritório de
Processos
© ELO Group. Todos direitos reservados
Framework ELO Group para operação de um Escritório
de Processos (v2.0)
99
© ELO Group. Todos direitos reservados
Algumas questões a serem respondidas
1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de
BPM na organização?
2. Onde posicionar o Escritório de Processos?
3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe
do Escritório?
4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com
a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)?
5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o
investimento esperado com as ações de BPM?
© ELO Group. Todos direitos reservados
Algumas questões a serem respondidas
1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de
BPM na organização?
2. Onde posicionar o Escritório de Processos?
3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe
do Escritório?
4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com
a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)?
5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o
investimento esperado com as ações de BPM?
1010
© ELO Group. Todos direitos reservados
Fator Crítico 1: Entender as demandas de cada um dos atores
interessados na gestão de/por processos
Auditoria
Interna
Tecnologia da
Informação
Riscos
CLIENTE:
Área de Negócio
Planejamento
Estratégico
© ELO Group. Todos direitos reservados
Fator Crítico 2: Planejar antecipadamente como gerar sinergia
entre os diversos documentos utilizados pela organização
Auditoria
Interna
Tecnologia da
Informação
Riscos
CLIENTE:
Área de Negócio
Planejamento
Estratégico
Notação de
Modelagem Convergente
Relatório de Inconformidade
Nos Processos
Matriz de Riscos
e Controles
Normas e
Procedimentos
Especificação de
Sistemas
Objetivos e
Projetos Estratégicos
1111
© ELO Group. Todos direitos reservados
Pensando responsabilidades e autoridades pelas ações
de BPM na organização
© ELO Group. Todos direitos reservados
Algumas questões a serem respondidas
1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de
BPM na organização?
2. Onde posicionar o Escritório de Processos?
3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe
do Escritório?
4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com
a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)?
5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o
investimento esperado com as ações de BPM?
1212
© ELO Group. Todos direitos reservados
Posicionamento do Escritório – arranjos comuns
E.P.
E.P.
E.P.
Normativo e Global Normativo e “Focado”
Consultivo, com donos de processo Múltiplos Escritórios
E.P.
E.P.Dono de
processo
Dono de
processo
Dono de
processo
© ELO Group. Todos direitos reservados
Algumas questões a serem respondidas
1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de
BPM na organização?
2. Onde posicionar o Escritório de Processos?
3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe
do Escritório?
4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com
a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)?
5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o
investimento esperado com as ações de BPM?
1313
© ELO Group. Todos direitos reservados
Estrutura interna da equipe do Escritório de Processos
Escritório de
Processos
Gerente do Escritório
Analista de Processo
Auditor de Processo
Gestor da base ARIS
Henrique
João
Paula
José
Fernanda
Pedro
Responsável pelos projetos de
BPM, incluindo a modelagem
e melhoria de processos
Responsável pela verificação
periódica de conformidade dos
processos e manutenção
dos métodos de modelagem
Responsável pela adminstração
da base de dados, geração de
relatórios e publicação WEB
© ELO Group. Todos direitos reservados
Competências requeridas
Item
Gerente do
Escritório
Analista
de
Processo
Auditor de
Processo
Gestor da
base ARIS
Ferramenta ARIS Toolset
Técnicas de modelagem de processos
Métodos de melhoria de processos
Gestão da Qualidade (ISO9001, PNQ)
Definição de Indicadores de Desempenho (BSC)
Publicação web
SAP
Capacidade de condução de entrevistas
Facilidade para trabalho em equipe
Papéis
1414
© ELO Group. Todos direitos reservados
Algumas questões a serem respondidas
1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de
BPM na organização?
2. Onde posicionar o Escritório de Processos?
3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe
do Escritório?
4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com
a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)?
5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o
investimento esperado com as ações de BPM?
© ELO Group. Todos direitos reservados
Estratégia e Processos
Pesquisa da década de 80 revelou que
menos de 10% das estratégias formuladas
foram implementadas com êxito.
“Na maioria dos casos – estimamos em 70%
– o verdadeiro problema não é [má
estratégia, e sim]… má execução” (Fortune;
1999)
1515
© ELO Group. Todos direitos reservados
Priorização de processos com base em direcionadores
estratégicos
© ELO Group. Todos direitos reservados
Estratégia, Projetos e Processos
EstratégiaEstratégia
ProjetosProjetosProcessosProcessos
1616
© ELO Group. Todos direitos reservados
Processos vs. Projetos
Processos Projetos
Conjunto de atividades com um ou mais
objetivos. Em geral, cruza fronteiras
funcionais e entrega valor aos clientes.
Esforço temporário para obter um
resultado exclusivo.
Abordagem para identificar, desenhar,
executar, documentar, medir, monitorar e
controlar processos de forma a alcançar
resultados consistentes.
Aplicação de conhecimento,
habilidades, ferramentas e técnicas a
fim de atender aos requisitos do
projeto.
1-Estratégia e planejamento de
processos; 2-Análise de processos; 3-
Projeto de processos; 4-Implementação
de processos; 5-Monitoramento e
Controle de processos; 6-Refinamento de
processos
1-Iniciação;
2-Planejamento;
3-Execução;
4-Controle;
5-Encerramento
Responsável pelo desenho, performance,
defesa e suporte ao processo.
Responsável por cumprir os objetivos
do projeto.
É guardião dos modelos e padrões e
promove a melhoria dos processos.
Centraliza e coordena o
gerenciamento de projetos.
O objeto
A gestão
Ciclo de
Vida de
Gestão
Escritório
de
Gestão
O Gestor
© ELO Group. Todos direitos reservados
PMO x BPM Office
BPMO
Processos
Gestão funcional
Gestão transversal
CEO
Dir 1 Dir 2 Dir 3
Ger 1 Ger 2 Ger 3 Ger 4 Ger 5
A organização
está no
caminho certo?
Os projetos
estão sendo
executados
conforme a
estratégia?
As funções são
executadas da
melhor forma?
PMO
Os processos
estão sendo
executados e
melhorados
conforme a
estratégia?
Processos
Projetos
Projetos
Gestão de Projetos
1717
© ELO Group. Todos direitos reservados
Exemplos de integração de iniciativas
2
1
© ELO Group. Todos direitos reservados
Algumas questões a serem respondidas
1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de
BPM na organização?
2. Onde posicionar o Escritório de Processos?
3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe
do Escritório?
4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com
a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)?
5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o
investimento esperado com as ações de BPM?
1818
© ELO Group. Todos direitos reservados
Retornos esperados com BPM
Clima
Organiza-
cional
Compliance
Excelência
Operacional
Satisfação
do Cliente
Visibilidade
para Tomada
de Decisão
Flexibilidade
e Inovação
© ELO Group. Todos direitos reservados
Clima
Organiza-
cional
Compliance
Excelência
Operacional
Satisfação
do Cliente
Visibilidade
para Tomada
de Decisão
Flexibilidade
e Inovação
•Maior
Eficiência No
uso dos recursos
•Redução Do
tempo de
execução
•Maior Confiabilidade
•Compliance
com lei ou
Modelo de ref.
•Maior Satisfação
do cliente
•Aumento de
marketshare
• Maior
satisfação dos
funcionários
•Melhor
Tomada de
decisão
•Maior agilidade
para resolução
De problemas
•Fidelização
De cliente
•Diferenciação
De produtos
Eserviços
•Maior
retenção de
talentos
•Melhor
Relação C/
Órgão regulador
•Uniformação
Epadronização
Do processo
•Melhor imagem
•Maior
visibilidade
Do dia-a-dia
Naoperação
•Criação de
Vantagem competitiva
•Melhor interface entre áreas
1919
© ELO Group. Todos direitos reservados
Clima
Organiza-
cional
Compliance
Excelência
Operacional
Satisfação
do Cliente
Visibilidade
para Tomada
de Decisão
Flexibilidade
e Inovação
•Maior
Eficiência No
uso dos recursos
•Redução Do
tempo de
execução
•Maior Confiabilidade
•Fraude interna
Eexterna
•Multas e
Sanções legais
•Custos com
Disputas judiciais
•custo excessivo
comcomprovação
de compliance
•Danificação
De ativo fixo
•Compliance
com lei ou
Modelo de ref.
•Maior Satisfação
do cliente
•Aumento de
marketshare
•Custo com
Afastamento de
funcionários
•Custo com Acidente
de funcionários
• Maior
satisfação dos
funcionários
•Otimização
Dacadeia de
suprimentos
•Melhor
Tomada de
decisão
•Maior agilidade
para resolução
De problemas
•Maximização
De ganhos
Com mudanças
•Fidelização
De cliente
•Diferenciação
De produtos
Eserviços
•Compensação
àcliente
(desconto,
Novo produto,
serviço adicional,)
•Maior
retenção de
talentos
•Custo com Saída
inesperadaDe talento
•Melhor
Relação C/
Órgão regulador
•Uniformação
Epadronização
Do processo
•Custo excessivo
Com seguros
•Custo com ociosidade
de recursos humanos
• Perdas por Superprodução
•Perdas por transporte
Ou movimentação
•Perdas no processamento
•Perdas por espera
•Custo com
Atividades manuais
•Perdas por
Defeitos e falhas
•Indenização
Compulsória
paracliente
•Perdade cliente
•Não Obtenção
de Novo Cliente
•Redução de compra
de cliente
•Melhor imagem
•Otimização
Da precificação
Ao cliente
• Perdas por estoque
•Maior
visibilidade
Do dia-a-dia
Naoperação
•Redução de
Perdas em
caso de
anormalidade
•Criação de
Vantagem competitiva
•Criação de novas
fontes de receitas
(novo produto ou
Novo cliente)•Aumento
damargem
Nas vendas
•Aumento das
Vendas por
cliente
•Melhor interface entre áreas
© ELO Group. Todos direitos reservados
Processo de avaliação de resultados de BPM
2020
© ELO Group. Todos direitos reservados
The Service Portfolio of a BPM
Center of Excellence (Rosemanm)
Business Process Maturity
Model & BPMN 2.0
Roadmap para Implantação
Do Escritório de Processos
Referências
Os 3 papéis estratégicos de
um Escritório de PRocessos
Guide to the Business Process Management
Common Body of Knowledge
Pesquisa sobre Iniciativas
de BPM (2008)
© ELO Group. Todos direitos reservados
Special Interest Group (SIG) – Escritório de Processos
Participantes: Profissionais de BPM de todo o Brasil envolvidos
com iniciativas de implantação de um Escritório de Processos ou
Centro de Excelência em BPM.
Objetivos:
• Identificar e analisar os papéis e responsabilidades, bem como serviços usualmente
prestados por um Escritório de Processos;
• Identificar semelhanças e oportunidades de sinergia entre Escritórios de Processos e
Escritórios de Projetos;
• Discutir como a implantação de um Escritório pode garantir sustentabilidade ao
modelo de gestão por processos de uma organização;
• Compartilhar melhores práticas e lições aprendidas na implantação de um Escritório
de Processos;
Produto: Elaboração e Publicação de Estudo de Casos sobre a implantação de Escritórios
de Processos no Brasil.
Forma de acesso: Grupo restrito a membros ABPMP Brasil das categorias PROFESSIONAL
e/ou ASSOCIATE.
2121
Perguntas e
respostas
Leandro JesusLeandro Jesus
leandro.jesus@elogroup.com.brleandro.jesus@elogroup.com.br
(11) 6684(11) 6684--93949394
(21) 8702(21) 8702--62426242
RIORIO DE JANEIRODE JANEIRO –– SÃO PAULOSÃO PAULO -- BRASÍLIABRASÍLIA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba RecursoEloGroup
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoEloGroup
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilEloGroup
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoEloGroup
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPMEloGroup
 
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de ProcessosEloGroup
 
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011EloGroup
 
2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_group
2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_group2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_group
2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_groupEloGroup
 
Michael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de Caso
Michael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de CasoMichael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de Caso
Michael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de CasoEloGroup
 
Elo Group Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group  Roadmap De EscritóRio De ProcessosElo Group  Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group Roadmap De EscritóRio De ProcessosEloGroup
 
Michael Rosmann - O valor de BPM
Michael Rosmann - O valor de BPMMichael Rosmann - O valor de BPM
Michael Rosmann - O valor de BPMEloGroup
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...EloGroup
 
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...EloGroup
 
ELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma Organização
ELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma OrganizaçãoELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma Organização
ELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma OrganizaçãoEloGroup
 
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013EloGroup
 
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM RecursoRoad Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM RecursoEloGroup
 
Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de ImplementaçãoCobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de ImplementaçãoFernando Palma
 
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...EloGroup
 
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup
 
Sistemas case ERP
Sistemas case ERP Sistemas case ERP
Sistemas case ERP EloGroup
 

Mais procurados (20)

2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
[BPM DAY RJ 2013] Oi - Escritório de Processos
 
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
 
2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_group
2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_group2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_group
2 si progredindo_com_bpm_rosemann_e_elo_group
 
Michael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de Caso
Michael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de CasoMichael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de Caso
Michael Rosemann - Governança de BPM - Estudos de Caso
 
Elo Group Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group  Roadmap De EscritóRio De ProcessosElo Group  Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group Roadmap De EscritóRio De Processos
 
Michael Rosmann - O valor de BPM
Michael Rosmann - O valor de BPMMichael Rosmann - O valor de BPM
Michael Rosmann - O valor de BPM
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
 
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
 
ELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma Organização
ELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma OrganizaçãoELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma Organização
ELO Group - 3 Anos de Evolução da Gestão por Processos em uma Organização
 
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
 
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM RecursoRoad Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
 
Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de ImplementaçãoCobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
 
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
 
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
 
Sistemas case ERP
Sistemas case ERP Sistemas case ERP
Sistemas case ERP
 

Destaque

[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e Processos
[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e Processos[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e Processos
[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e ProcessosEloGroup
 
Mesa Redonda - Belo Horizonte 2015
Mesa Redonda  - Belo Horizonte 2015Mesa Redonda  - Belo Horizonte 2015
Mesa Redonda - Belo Horizonte 2015EloGroup
 
Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014
Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014
Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014DenizecomZ
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoEloGroup
 
ELO Group – Alocação de Força de Trabalho
ELO Group – Alocação de Força de TrabalhoELO Group – Alocação de Força de Trabalho
ELO Group – Alocação de Força de TrabalhoEloGroup
 
Organização e pessoas
Organização e pessoasOrganização e pessoas
Organização e pessoasEloGroup
 
[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GART
[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GART[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GART
[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GARTEloGroup
 
Dimensionamento e produtividade de recursos humanos
Dimensionamento e produtividade de recursos humanosDimensionamento e produtividade de recursos humanos
Dimensionamento e produtividade de recursos humanosEloGroup
 
Workshop Compras Públicas
Workshop   Compras PúblicasWorkshop   Compras Públicas
Workshop Compras PúblicasEloGroup
 
Workshop Estratégia
Workshop   EstratégiaWorkshop   Estratégia
Workshop EstratégiaEloGroup
 
Workshop Automação de Processos
Workshop  Automação de ProcessosWorkshop  Automação de Processos
Workshop Automação de ProcessosEloGroup
 
Workshop Organização
Workshop   OrganizaçãoWorkshop   Organização
Workshop OrganizaçãoEloGroup
 
Workshop Redesenho de Serviços Públicos
Workshop   Redesenho de Serviços PúblicosWorkshop   Redesenho de Serviços Públicos
Workshop Redesenho de Serviços PúblicosEloGroup
 
Entenda o Mapa Estratégico
Entenda o Mapa EstratégicoEntenda o Mapa Estratégico
Entenda o Mapa EstratégicoSUBPLAN
 
Workshop Gestão Integrada
Workshop   Gestão IntegradaWorkshop   Gestão Integrada
Workshop Gestão IntegradaEloGroup
 
Workshop dimensionamento
Workshop   dimensionamentoWorkshop   dimensionamento
Workshop dimensionamentoEloGroup
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosEloGroup
 
Introdução ao Planejamento estratégico com BSC
Introdução ao Planejamento estratégico com BSCIntrodução ao Planejamento estratégico com BSC
Introdução ao Planejamento estratégico com BSCRildo (@rildosan) Santos
 
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
Modelo   Planejamento EstratéGico 2009   PptModelo   Planejamento EstratéGico 2009   Ppt
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 PptDawison Calheiros
 

Destaque (20)

[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e Processos
[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e Processos[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e Processos
[BPM DAY SP 2013] Unimed – Alinhamento entre Estratégia e Processos
 
Mesa Redonda - Belo Horizonte 2015
Mesa Redonda  - Belo Horizonte 2015Mesa Redonda  - Belo Horizonte 2015
Mesa Redonda - Belo Horizonte 2015
 
Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014
Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014
Apresentação - Planejamento Estratégico da Anatel 2015-2014
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
 
ELO Group – Alocação de Força de Trabalho
ELO Group – Alocação de Força de TrabalhoELO Group – Alocação de Força de Trabalho
ELO Group – Alocação de Força de Trabalho
 
Organização e pessoas
Organização e pessoasOrganização e pessoas
Organização e pessoas
 
[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GART
[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GART[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GART
[BPM DAY Brasília 2015] BPM com GART
 
Dimensionamento e produtividade de recursos humanos
Dimensionamento e produtividade de recursos humanosDimensionamento e produtividade de recursos humanos
Dimensionamento e produtividade de recursos humanos
 
Workshop Compras Públicas
Workshop   Compras PúblicasWorkshop   Compras Públicas
Workshop Compras Públicas
 
Workshop Estratégia
Workshop   EstratégiaWorkshop   Estratégia
Workshop Estratégia
 
Workshop Automação de Processos
Workshop  Automação de ProcessosWorkshop  Automação de Processos
Workshop Automação de Processos
 
Workshop Organização
Workshop   OrganizaçãoWorkshop   Organização
Workshop Organização
 
Workshop Redesenho de Serviços Públicos
Workshop   Redesenho de Serviços PúblicosWorkshop   Redesenho de Serviços Públicos
Workshop Redesenho de Serviços Públicos
 
Entenda o Mapa Estratégico
Entenda o Mapa EstratégicoEntenda o Mapa Estratégico
Entenda o Mapa Estratégico
 
Workshop Gestão Integrada
Workshop   Gestão IntegradaWorkshop   Gestão Integrada
Workshop Gestão Integrada
 
Workshop dimensionamento
Workshop   dimensionamentoWorkshop   dimensionamento
Workshop dimensionamento
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
 
Introdução ao Planejamento estratégico com BSC
Introdução ao Planejamento estratégico com BSCIntrodução ao Planejamento estratégico com BSC
Introdução ao Planejamento estratégico com BSC
 
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e AplicaçõesPlanejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
 
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
Modelo   Planejamento EstratéGico 2009   PptModelo   Planejamento EstratéGico 2009   Ppt
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
 

Semelhante a [IQPC] Apresentação - EloGroup 2009

Elo Group Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)
Elo Group   Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)Elo Group   Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)
Elo Group Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010EloGroup
 
ELO Group IQPC 2009
ELO Group IQPC 2009ELO Group IQPC 2009
ELO Group IQPC 2009EloGroup
 
Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...
Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...
Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...EloGroup
 
AE Rio 2011 Apresentacao Elo Group
AE Rio 2011 Apresentacao Elo GroupAE Rio 2011 Apresentacao Elo Group
AE Rio 2011 Apresentacao Elo GroupFernando Botafogo
 
Modulação de Processos, Jorge Coelho
Modulação de Processos, Jorge CoelhoModulação de Processos, Jorge Coelho
Modulação de Processos, Jorge Coelhocomunidades@ina
 
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008 [IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008 EloGroup
 
1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2008
1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 20081ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2008
1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2008EloGroup
 
(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdf
(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdf(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdf
(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdfJaquelineSakon
 
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdfUFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdfssusere9e7d1
 
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)CompanyWeb
 
Aquecimento
AquecimentoAquecimento
AquecimentoEloGroup
 
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Paulo Roberto Martins de Andrade
 
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUPEloGroup
 
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba RecursoEloGroup
 
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte RecursoEloGroup
 

Semelhante a [IQPC] Apresentação - EloGroup 2009 (20)

Elo Group Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)
Elo Group   Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)Elo Group   Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)
Elo Group Repensando O Papel Da GestãO De Processos (Webinar)
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
 
ELO Group IQPC 2009
ELO Group IQPC 2009ELO Group IQPC 2009
ELO Group IQPC 2009
 
Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...
Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...
Maratona CBOK 2012 - Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz T...
 
AE Rio 2011 Apresentacao Elo Group
AE Rio 2011 Apresentacao Elo GroupAE Rio 2011 Apresentacao Elo Group
AE Rio 2011 Apresentacao Elo Group
 
Modulação de Processos, Jorge Coelho
Modulação de Processos, Jorge CoelhoModulação de Processos, Jorge Coelho
Modulação de Processos, Jorge Coelho
 
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008 [IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008
 
1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2008
1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 20081ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2008
1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2008
 
(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdf
(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdf(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdf
(NOVO)+livro-estabelecendo-o-escritorio-de-processos.pdf
 
Agregando a Gestão de Processos ao PMO
Agregando a Gestão de Processos ao PMOAgregando a Gestão de Processos ao PMO
Agregando a Gestão de Processos ao PMO
 
Startup em Scrum
Startup em ScrumStartup em Scrum
Startup em Scrum
 
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdfUFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
 
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
 
Aquecimento
AquecimentoAquecimento
Aquecimento
 
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
 
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
 
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
 
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
 
Palestra - Organize seus processos para crescer
Palestra - Organize seus processos para crescerPalestra - Organize seus processos para crescer
Palestra - Organize seus processos para crescer
 
Escritório de gerenciamento de projetos
Escritório de gerenciamento de projetosEscritório de gerenciamento de projetos
Escritório de gerenciamento de projetos
 

Mais de EloGroup

Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei   Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei EloGroup
 
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...EloGroup
 
Insights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidasInsights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidasEloGroup
 
Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas EloGroup
 
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010 [IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010 EloGroup
 
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009 [IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009 EloGroup
 
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosEloGroup
 
Evolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSPEvolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSPEloGroup
 
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia RecursoRoad Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia RecursoEloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013EloGroup
 
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPPCap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPPEloGroup
 
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoCap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoEloGroup
 
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPPCap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPPEloGroup
 
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPPCap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPPEloGroup
 
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP RecursoCap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP RecursoEloGroup
 
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPPCap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPPEloGroup
 
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPPCap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPPEloGroup
 

Mais de EloGroup (18)

Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei   Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei
 
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
 
Insights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidasInsights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidas
 
Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas
 
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010 [IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
 
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009 [IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
 
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
 
Evolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSPEvolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSP
 
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia RecursoRoad Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
 
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPPCap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
 
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoCap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
 
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPPCap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
 
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPPCap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
 
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP RecursoCap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
 
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPPCap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
 
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPPCap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
 

Último

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 

Último (20)

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 

[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009

  • 1. 11 Workshop: Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos 27-jan-2009 Leandro JesusLeandro Jesus SócioSócio--DiretorDiretor ELOELO GroupGroup RIORIO DE JANEIRODE JANEIRO –– SÃO PAULOSÃO PAULO -- BRASÍLIABRASÍLIA © ELO Group. Todos direitos reservados ELO GroupELO Group -- Visão InstitucionalVisão Institucional Consultoria especializada em Gestão de Riscos e Gestão de Processos de Negócios Ampla experiência em projetos em diversos segmentos (financeiro, seguradoras, varejo, elétrico, petróleo, fármacos, telecomunicações, governo, construção e manufatura) Quadro de consultores altamente capacitado atuando como professores em MBAs e cursos diversos da COPPE / UFRJ; Fundada no Parque Tecnológico da COPPE/UFRJ, um dos mais reconhecidos centros de pesquisa e desenvolvimento da América Latina; Spin-off do Grupo de Produção Integrada, da Engenharia de Produção da COPPE/UFRJ; Acesso a uma rede de excelência de especialistas no Brasil, EUA (Carnegie Mellon University e North Caroline State University) e Europa (L´Ècole Central de Paris e Politécnico di Turino)
  • 2. 22 © ELO Group. Todos direitos reservados Experiências e Referências PROJETOS © ELO Group. Todos direitos reservados ELO com a Academia e Inovação
  • 3. 33 © ELO Group. Todos direitos reservados Referencia: BPM CBOKTM ABPMP BPM CBOK, 1ª versão “BPM é uma abordagem metodológica para identificar, desenhar, executar, documentar, medir, monitorar e controlar processos automatizados ou não para alcançar resultados consistentes e alinhados com os objetivos estratégicos. Permite a melhoria tanto das atividades de uma determinada área, entre áreas ou entre organizações.” © ELO Group. Todos direitos reservados Gerir processos de negócios significa mudar continuamente a forma como uma organização executa suas atividades, visando aumentos significativos de desempenho como: fortalecimento da excelência operacional, aumento da visibilidade para tomada de decisão e promoção da inovação; A maximização de ganhos com BPM passa por construir o ambiente ideal para se repensar a forma como uma organização deve executar suas atividades. Este ambiente deve ser colaborativo, culturalmente sustentável e suportado por métodos e ferramentas adequadas Fluxogramas de processos não são resultados de uma iniciativa de BPM, mas apenas uma ferramenta intermediária. Desta forma, a questão-chave a ser perguntada para um gestor não é apenas “existem processos a serem mapeados?”, mas sim “existem oportunidades para redução de custos, melhoria da interface entre áreas, otimização da tomada de decisão etc.?” Filosofia de BPM – ELO Group 1 2 3
  • 4. 44 Governança das iniciativas de BPM e o papel do Escritório de Processos © ELO Group. Todos direitos reservados A dispersão de iniciativas em BPM e a necessidade de governança Fonte: ELO Group - Pesquisa Evento IQPC Jan/08
  • 5. 55 © ELO Group. Todos direitos reservados A dispersão de iniciativas em BPM e a necessidade de governança 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% Desenvolvimentode aplicativoparamonitoraçãodos processosem tempo real (BAM); Desenvolvimentode sistemas deregrasde negócio; Redesenho deprocessos a partir demodelos de referência(SCOR,ITIL); Automação dos principais processos da organização; ProjetosSix Sigma de melhoria deprocessos; Treinamentos em análise eredesenho deprocessos e degestores; Desenvolvimentoda arquiteturadeprocessosda organização; Balanced Scorecard; Redesenho dosprincipaismacroprocessosda organização; Fonte: ELO Group - Pesquisa Evento IQPC Jan/08 © ELO Group. Todos direitos reservados Definições Fonte Governança de processos de negócio é o conjunto de processos e diretrizes que organizam a gestão das ações de BPM Kirchmer (2005) Governança de processos refere-se aos princípios, objetivos e estrutura organizacional que definem quem pode tomar decisões, assim como as políticas e regras que definem e limitam o que os gerentes podem fazer Harmon (2008) Governança no contexto de BPM estabelece transparência na prestação de contas, tomada de decisão e recompensa, de forma a orientar as ações Rosemann e DeBruin (2008) Governança de BPM - definições
  • 6. 66 © ELO Group. Todos direitos reservados Como tratada a responsabilidade pela gestão das iniciativas de BPM? Fonte: ELO Group - Pesquisa Evento IQPC Jan/08 © ELO Group. Todos direitos reservados A necessidade de um Escritório de Processos Talvez o maior desafio das iniciativas de BPM seja a permanência – buscar garantir com que a lógica de uma gestão a partir dos processos de negócio se mantenha na organização. Um Escritório de Processos é uma resposta à necessidade de se institucionalizar a Gestão dos Processos, tornando-a, de forma efetiva, parte do cotidiano das tarefas e, ainda, da cultura da organização. Exemplo: grande parte dos investimentos em modelagem e melhoria de processos é perdida ao longo do tempo, pois os modelos de processos não são atualizados e reaproveitados.
  • 7. 77 © ELO Group. Todos direitos reservados As várias nomenclaturas Escritório de Processos Centro de Excelência (CoE) em BPM Escritório de Gestão de Processos (BPM Office) Grupo de BPM Coordenação/Gerência de Processos Outros © ELO Group. Todos direitos reservados Dimensões usuais 1. Consultor: • Envolve a execução ou auxílo nas atividades de gestão de processos na organização 2. Provedor de Conhecimento: • Garante a disseminação de conhecimento e cultura de processos dentro da organização 3. Definidor e Mantenedor de Padrões: • Garante que os padrões para a gestão de processos são seguidos por toda a organização
  • 8. 88 Detalhamento da operação de um Escritório de Processos © ELO Group. Todos direitos reservados Framework ELO Group para operação de um Escritório de Processos (v2.0)
  • 9. 99 © ELO Group. Todos direitos reservados Algumas questões a serem respondidas 1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de BPM na organização? 2. Onde posicionar o Escritório de Processos? 3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe do Escritório? 4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)? 5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o investimento esperado com as ações de BPM? © ELO Group. Todos direitos reservados Algumas questões a serem respondidas 1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de BPM na organização? 2. Onde posicionar o Escritório de Processos? 3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe do Escritório? 4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)? 5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o investimento esperado com as ações de BPM?
  • 10. 1010 © ELO Group. Todos direitos reservados Fator Crítico 1: Entender as demandas de cada um dos atores interessados na gestão de/por processos Auditoria Interna Tecnologia da Informação Riscos CLIENTE: Área de Negócio Planejamento Estratégico © ELO Group. Todos direitos reservados Fator Crítico 2: Planejar antecipadamente como gerar sinergia entre os diversos documentos utilizados pela organização Auditoria Interna Tecnologia da Informação Riscos CLIENTE: Área de Negócio Planejamento Estratégico Notação de Modelagem Convergente Relatório de Inconformidade Nos Processos Matriz de Riscos e Controles Normas e Procedimentos Especificação de Sistemas Objetivos e Projetos Estratégicos
  • 11. 1111 © ELO Group. Todos direitos reservados Pensando responsabilidades e autoridades pelas ações de BPM na organização © ELO Group. Todos direitos reservados Algumas questões a serem respondidas 1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de BPM na organização? 2. Onde posicionar o Escritório de Processos? 3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe do Escritório? 4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)? 5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o investimento esperado com as ações de BPM?
  • 12. 1212 © ELO Group. Todos direitos reservados Posicionamento do Escritório – arranjos comuns E.P. E.P. E.P. Normativo e Global Normativo e “Focado” Consultivo, com donos de processo Múltiplos Escritórios E.P. E.P.Dono de processo Dono de processo Dono de processo © ELO Group. Todos direitos reservados Algumas questões a serem respondidas 1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de BPM na organização? 2. Onde posicionar o Escritório de Processos? 3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe do Escritório? 4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)? 5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o investimento esperado com as ações de BPM?
  • 13. 1313 © ELO Group. Todos direitos reservados Estrutura interna da equipe do Escritório de Processos Escritório de Processos Gerente do Escritório Analista de Processo Auditor de Processo Gestor da base ARIS Henrique João Paula José Fernanda Pedro Responsável pelos projetos de BPM, incluindo a modelagem e melhoria de processos Responsável pela verificação periódica de conformidade dos processos e manutenção dos métodos de modelagem Responsável pela adminstração da base de dados, geração de relatórios e publicação WEB © ELO Group. Todos direitos reservados Competências requeridas Item Gerente do Escritório Analista de Processo Auditor de Processo Gestor da base ARIS Ferramenta ARIS Toolset Técnicas de modelagem de processos Métodos de melhoria de processos Gestão da Qualidade (ISO9001, PNQ) Definição de Indicadores de Desempenho (BSC) Publicação web SAP Capacidade de condução de entrevistas Facilidade para trabalho em equipe Papéis
  • 14. 1414 © ELO Group. Todos direitos reservados Algumas questões a serem respondidas 1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de BPM na organização? 2. Onde posicionar o Escritório de Processos? 3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe do Escritório? 4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)? 5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o investimento esperado com as ações de BPM? © ELO Group. Todos direitos reservados Estratégia e Processos Pesquisa da década de 80 revelou que menos de 10% das estratégias formuladas foram implementadas com êxito. “Na maioria dos casos – estimamos em 70% – o verdadeiro problema não é [má estratégia, e sim]… má execução” (Fortune; 1999)
  • 15. 1515 © ELO Group. Todos direitos reservados Priorização de processos com base em direcionadores estratégicos © ELO Group. Todos direitos reservados Estratégia, Projetos e Processos EstratégiaEstratégia ProjetosProjetosProcessosProcessos
  • 16. 1616 © ELO Group. Todos direitos reservados Processos vs. Projetos Processos Projetos Conjunto de atividades com um ou mais objetivos. Em geral, cruza fronteiras funcionais e entrega valor aos clientes. Esforço temporário para obter um resultado exclusivo. Abordagem para identificar, desenhar, executar, documentar, medir, monitorar e controlar processos de forma a alcançar resultados consistentes. Aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas a fim de atender aos requisitos do projeto. 1-Estratégia e planejamento de processos; 2-Análise de processos; 3- Projeto de processos; 4-Implementação de processos; 5-Monitoramento e Controle de processos; 6-Refinamento de processos 1-Iniciação; 2-Planejamento; 3-Execução; 4-Controle; 5-Encerramento Responsável pelo desenho, performance, defesa e suporte ao processo. Responsável por cumprir os objetivos do projeto. É guardião dos modelos e padrões e promove a melhoria dos processos. Centraliza e coordena o gerenciamento de projetos. O objeto A gestão Ciclo de Vida de Gestão Escritório de Gestão O Gestor © ELO Group. Todos direitos reservados PMO x BPM Office BPMO Processos Gestão funcional Gestão transversal CEO Dir 1 Dir 2 Dir 3 Ger 1 Ger 2 Ger 3 Ger 4 Ger 5 A organização está no caminho certo? Os projetos estão sendo executados conforme a estratégia? As funções são executadas da melhor forma? PMO Os processos estão sendo executados e melhorados conforme a estratégia? Processos Projetos Projetos Gestão de Projetos
  • 17. 1717 © ELO Group. Todos direitos reservados Exemplos de integração de iniciativas 2 1 © ELO Group. Todos direitos reservados Algumas questões a serem respondidas 1. Como determinar as responsabilidades e autoridades pelas ações de BPM na organização? 2. Onde posicionar o Escritório de Processos? 3. Como realizar a divisão de tarefas, perfis e competências para a equipe do Escritório? 4. Como assegurar o alinhamento do papel do Escritório de Processos com a estratégia empresarial e o Escritório de Projetos (PMO)? 5. Como implantar mecanismos para avaliação do retorno sobre o investimento esperado com as ações de BPM?
  • 18. 1818 © ELO Group. Todos direitos reservados Retornos esperados com BPM Clima Organiza- cional Compliance Excelência Operacional Satisfação do Cliente Visibilidade para Tomada de Decisão Flexibilidade e Inovação © ELO Group. Todos direitos reservados Clima Organiza- cional Compliance Excelência Operacional Satisfação do Cliente Visibilidade para Tomada de Decisão Flexibilidade e Inovação •Maior Eficiência No uso dos recursos •Redução Do tempo de execução •Maior Confiabilidade •Compliance com lei ou Modelo de ref. •Maior Satisfação do cliente •Aumento de marketshare • Maior satisfação dos funcionários •Melhor Tomada de decisão •Maior agilidade para resolução De problemas •Fidelização De cliente •Diferenciação De produtos Eserviços •Maior retenção de talentos •Melhor Relação C/ Órgão regulador •Uniformação Epadronização Do processo •Melhor imagem •Maior visibilidade Do dia-a-dia Naoperação •Criação de Vantagem competitiva •Melhor interface entre áreas
  • 19. 1919 © ELO Group. Todos direitos reservados Clima Organiza- cional Compliance Excelência Operacional Satisfação do Cliente Visibilidade para Tomada de Decisão Flexibilidade e Inovação •Maior Eficiência No uso dos recursos •Redução Do tempo de execução •Maior Confiabilidade •Fraude interna Eexterna •Multas e Sanções legais •Custos com Disputas judiciais •custo excessivo comcomprovação de compliance •Danificação De ativo fixo •Compliance com lei ou Modelo de ref. •Maior Satisfação do cliente •Aumento de marketshare •Custo com Afastamento de funcionários •Custo com Acidente de funcionários • Maior satisfação dos funcionários •Otimização Dacadeia de suprimentos •Melhor Tomada de decisão •Maior agilidade para resolução De problemas •Maximização De ganhos Com mudanças •Fidelização De cliente •Diferenciação De produtos Eserviços •Compensação àcliente (desconto, Novo produto, serviço adicional,) •Maior retenção de talentos •Custo com Saída inesperadaDe talento •Melhor Relação C/ Órgão regulador •Uniformação Epadronização Do processo •Custo excessivo Com seguros •Custo com ociosidade de recursos humanos • Perdas por Superprodução •Perdas por transporte Ou movimentação •Perdas no processamento •Perdas por espera •Custo com Atividades manuais •Perdas por Defeitos e falhas •Indenização Compulsória paracliente •Perdade cliente •Não Obtenção de Novo Cliente •Redução de compra de cliente •Melhor imagem •Otimização Da precificação Ao cliente • Perdas por estoque •Maior visibilidade Do dia-a-dia Naoperação •Redução de Perdas em caso de anormalidade •Criação de Vantagem competitiva •Criação de novas fontes de receitas (novo produto ou Novo cliente)•Aumento damargem Nas vendas •Aumento das Vendas por cliente •Melhor interface entre áreas © ELO Group. Todos direitos reservados Processo de avaliação de resultados de BPM
  • 20. 2020 © ELO Group. Todos direitos reservados The Service Portfolio of a BPM Center of Excellence (Rosemanm) Business Process Maturity Model & BPMN 2.0 Roadmap para Implantação Do Escritório de Processos Referências Os 3 papéis estratégicos de um Escritório de PRocessos Guide to the Business Process Management Common Body of Knowledge Pesquisa sobre Iniciativas de BPM (2008) © ELO Group. Todos direitos reservados Special Interest Group (SIG) – Escritório de Processos Participantes: Profissionais de BPM de todo o Brasil envolvidos com iniciativas de implantação de um Escritório de Processos ou Centro de Excelência em BPM. Objetivos: • Identificar e analisar os papéis e responsabilidades, bem como serviços usualmente prestados por um Escritório de Processos; • Identificar semelhanças e oportunidades de sinergia entre Escritórios de Processos e Escritórios de Projetos; • Discutir como a implantação de um Escritório pode garantir sustentabilidade ao modelo de gestão por processos de uma organização; • Compartilhar melhores práticas e lições aprendidas na implantação de um Escritório de Processos; Produto: Elaboração e Publicação de Estudo de Casos sobre a implantação de Escritórios de Processos no Brasil. Forma de acesso: Grupo restrito a membros ABPMP Brasil das categorias PROFESSIONAL e/ou ASSOCIATE.
  • 21. 2121 Perguntas e respostas Leandro JesusLeandro Jesus leandro.jesus@elogroup.com.brleandro.jesus@elogroup.com.br (11) 6684(11) 6684--93949394 (21) 8702(21) 8702--62426242 RIORIO DE JANEIRODE JANEIRO –– SÃO PAULOSÃO PAULO -- BRASÍLIABRASÍLIA