SlideShare uma empresa Scribd logo
Higienização de Mãos



  Prevenção as Infecções Relacionadas
      à Assistência à Saúde - IRAS
Higienização das Mãos



                    É consenso que a
          higienização das mãos é a
        medida mais simples,de menor
       custo e menor complexidade na
           prevenção e controle da
               infecção hospitalar.
Primórdios

                        Em 1844 se tornou a principal defensora
                        de melhorias no tratamento médico, no que
                        dizia respeito as condições de higiene.


                        Sua contribuição mais conhecida, ocorreu na
                        Guerra da Criméia, quando junto a equipe
                        de enfermeiras por ela liderada, melhorou as
                        condições sanitárias do hospitais militares de
                        campo.
     Florence
                       http://www.youtube.com/watch?v=NpbkSdbSM1w&feature=related
    Nightingale
Enfermeira Britânica   http://www.youtube.com/watch?v=aDIINIfsUsU&feature=related
Primórdios

                 Em 1847 publicou os resultados alcançados
                 com a medida profilática de lavagem de
                 mãos com solução clorada para prevenção
                 da mortalidade por febre puerperal em
                 parturientes .
                 Suas descobertas sofreram forte oposição no
                 meio médico. Seus achados ganharam ampla
                 aceitação, somente após sua morte prematura,
                 quando Louis Pasteur confirmou a teoria dos
  Ignaz          germes.
Semmelweis
Médico Húngaro
Contribuições Mais Recentes

Center for Disease Control and Prevention - CDC

• Em 2002, o CDC definiu protocolo de higienização de mãos [Guideline
for Hand Hygiene in Health Care Settings] a partir de revisão de estudos
realizados sobre higienização e antisepcia das mãos desde 1985;

• O protocolo fornece aos profissionais de saúde recomendações gerais
sobre as práticas de higienização das mãos, recomendações específicas
para promoção da melhoria dessas práticas e a redução da transmissão
cruzada de patôgenos.;
Contribuições Mais Recentes

Center for Disease Control and Prevention - CDC

• Em 2002, o CDC definiu protocolo de higienização de mãos [Guideline
for Hand Hygiene in Health Care Settings] a partir de revisão de estudos
realizados sobre higienização e antisepcia das mãos desde 1985;


• O protocolo fornece aos profissionais de saúde recomendações gerais
sobre as práticas de higienização das mãos, recomendações específicas
para promoção da melhoria dessas práticas e a redução da transmissão
cruzada de patôgenos.;
Contribuições Mais Recentes

   Organização Mundial de Saúde - OMS

• Em novembro de 2004, a OMS criou o programa Segurança do Paciente
  [World Alliance for Patient Safety ] com o objetivo de coordenar,
  disseminar e acelerar as melhorias relativas a Segurança do Paciente.
                                             http://www.who.int/patientsafety/en/



          Veículo de colaboração e ação internacional entre os
         Estados Membros, o secretariado da OMS, especialistas
       técnicos, profissionais de saúde, grupos da indústria ligados
                          a área e consumidores.
Segurança do Paciente: Higienização das Mãos
     Projeto/          Agência                  Objetivo              Componentes                Período
    Programa             (s)                                                                   Implantação
Primeiro             OMS                    • Aumentar              • Segurança do Sangue;     Biênio 2005-
                     Segurança do           consciência impacto     • Segurança na
Desafio Global       Paciente               IRAS;                   Imunização;                2006
para Segurança                              • Testar e              • Água e saneamento
                                            implementar novo        seguro;
do Paciente [First                          manual                  • Higiene das Mãos (HM)
Global
Patient Safety
Challange]

Os 5 Principais      •Commonwealth          Implementar             Prevenção do Erro:         Fase I:
                     Fund;                  Protocolos              • de encaminhamento;       2006 a 2007
Problemas [Hi 5                             operativos              • alta concentração de
                                                                                               Fase II:
Project]             • OMS - Centro         inovadores e            medicação;
                     Colaborador            padronizados            • continuidade da          2007 a 2009
                     para Segurança                                 medicação;                 Fase III:
                     do Paciente                                    • promoção de praticas     2010 a 2011
                                                                    da HM;

Campanha             • National Patient     • Aperfeiçoar HM        Utilização do método       Inicio em 2006
                     Safety Agency;         para interromper o      multimodal:                nos hospitais do
Limpe suas            com suporte da        alastramento da         Os cinco eixos (mudança
                                                                                               Sistema Nacional
Mãos                 OMS Segurança
                     do Paciente
                                            infecção;
                                            • Informar e educar o
                                                                    no sistema, treinamento,
                                                                    avaliação, lembretes,      de Saúde da
[Cleanyourhand       http://www.npsa.nhs.   profissional            clima institucional)       Inglaterra e país
Campaign]            uk/                                                                       de Gales
Iniciativas Atuais

          Organização Mundial de Saúde - OMS
                Proposta para Segurança do Paciente


• Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care]
                                    http://www.who.int/gpsc/en/index.html
• Cirurgia Segura Salva Vidas [Safe Surgery Save Lifes]
                http://www.who.int/patientsafety/safesurgery/en/index.html

• Pacientes para a Segurança do Paciente [Patients for Patient
Safety]          http://www.who.int/patientsafety/patients_for_patient/en/
Iniciativas Atuais

           OMS – Segurança do paciente

Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care]

• O objetivo dessa iniciativa é assegurar que o controle das IRAS seja
um conhecimento universalizado como uma base essencial e sólida para
a Segurança do Paciente e seja o alicerce para a sua redução e a de
suas consequências.
• A campanha Global Salve Vidas: Limpe as Mãos [SAVE LIVES: Clean
Your Hands] é o maior componente da iniciativa.
OMS – Segurança do Paciente

Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care]

Instrumentos utilizados:

                           Diretrizes da OMS sobre Higienização
                           das Mãos na Assistência à Saúde
                           [WHO Guideline on Hand Hygiene in
                           Health Care] – versão revisada 2009

                           Diretrizes da OMS sobre Higienização das
                           Mãos na Assistência à Saúde: Sumário
                           [WHO Guideline on Hand Hygiene in
                           Health Care: Summery]
                           – versão revisada 2009
OMS - Segurança do Paciente

Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care]

Estratégia Multimodal:
 • A OMS preconiza a estratégia multimodal como instrumento
   eficaz para implantação de protocolos para Higienização das
   Mãos;

• Essa estratégia pode ser utilizada em qualquer unidade de
  saúde, independente dos níveis de complexidade e de recursos
  disponíveis;
OMS - Segurança do Paciente
Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care]

Manual de Implantação da Estratégia Multimodal [Guideline to
IImplementation of The WHO multimodal Hand Hygiene Improvement
Strategy] – revisada em 2009
                A estratégia é constituída por 5 eixos:
                 1) Mudança do Sistema
                 2) Treinamento/Instrução
                 3) Observação e Retorno de informação a equipe

                 4) Lembretes no local de trabalho

                 5) Clima de Segurança Institucional
Cuidado Limpo é Cuidado Seguro

                      Estratégia Multimodal


 Eixo 1:    Mudança do Sistema

    Envolve a garantia de infra-estrutura adequada que possibilite aos
profissionais de saúde a execução da prática de higienização das mãos

                       • Acesso a suprimento de água seguro, como
                       Também a sabonete e toalha;

                       • Álcool gel acessível no local onde é realizado
                       o cuidado em saúde
Cuidado Limpo é Cuidado Seguro

                     Estratégia Multimodal

 Eixo 2:    Treinamento/Instrução


• O treinamento é oferecido a toda equipe envolvida no processo
  de cuidado dos pacientes;

• É organizado treinamento de curto, médio e longo prazo.
Cuidado Limpo é Cuidado Seguro

                     Estratégia Multimodal

Eixo 2:   Treinamento/Instrução
Os ‘cinco momentos’ da higienização de mãos é a abordagem
em que se baseia o treinamento dos profissionais de saúde.
                     1. Antes de contato com o paciente;
                     2. Antes da realização de procedimento
                     asséptico;
                     3. Após a exposição a fluídos corporais;
                     4. Após contato com o paciente;
                     5. Após contato com o ambiente próximo
                     ao paciente.
Cuidado Limpo é Cuidado Seguro

                Estratégia Multimodal

Eixo 3:   Observação e retorno da informação à
          equipe


                   Monitoramento das práticas de
                   higienização das mãos e da infra-estrutura,
                   enquanto informa a equipe sobre o seu
                   desempenho.
Cuidado Limpo é Cuidado Seguro

                       Estratégia Multimodal

 Eixo 4:    Lembretes no local de trabalho
     Cartazes e lembretes a respeito da importância da higienização das
mãos são colocados nos locais onde os profissionais de saúde transitam.



                         Esses locais podem ser: ambulatórios,
                         quarto dos pacientes, corredores,
                         áreas da equipe, etc.
Cuidado Limpo é Cuidado Seguro

                      Estratégia Multimodal
Eixo 5:       Clima de Segurança
          Criação de uma cultura que torne consciente as questões
de segurança dos pacientes e que garanta a melhoria da higienização
das mãos como alta prioridade em todos os níveis.

   Isso inclui:
• Ativa participação da organização e dos indivíduos;
• Consciência organizacional e individual da capacidade
de mudar e melhorar;
• Parceria com os pacientes.
Iniciativas Nacionais

        Em 2007, o Brasil foi incluído na “Aliança Mundial para a
Segurança do Paciente” – cujo lema é uma assistência limpa é uma
assistência segura –, por meio da assinatura do Ministro da Saúde.
Desde então o Brasil é signatário da “Declaração de Compromisso
na Luta contra as Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde”.
Iniciativas Nacionais - ANVISA

              A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)
promove e coordena oficinas e seminários para a discussão da temática
com a participação das Coordenadorias das Comissões Estaduais de
Controle de Infecção Hospitalar e as Agencias de Vigilância Sanitária
Estaduais;

              A ANVISA disponibiliza ferramentas para o cadastramento dos
serviços de saúde e o envio dados e notificação de infecções.. A coleta e
análise desses dados visam o aprimoramento das ações de prevenção e
controle das IRAS.
                                                                             www.anvisa.gov.br
                                   (serviços de saúde  controle de Infecção  cadastramento)
                        (serviços de saúde  controle de infecção  notificação de indicadores)
Iniciativas Nacionais - ANVISA


                           A parceria entre a ANVISA e a OPAS/OMS
                    contribui para o desenvolvimento de ações que
                    promovem a segurança do paciente com base em
                    evidências e boas práticas.



         A ANVISA coordena pesquisa testando as diretrizes da OMS –
Estratégia Multimodal – em cinco hospitais, denominados de “sítios de
testes complementares”, situados em cada uma das cinco regiões do
país.
Iniciativas Nacionais -ANVISA

                             Com o propósito de subsidiar a implantação
                       da estratégia multimodal, a ANVISA disponibilizou
                       ferramentas da OMS, traduzidas para o português,
                       aos serviços de saúde.

Dentre elas:
• Higienização das Mãos em Serviços de Saúde (2007);
                        http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/higienizacao_maos.pdf

• Diretrizes da OMS sobre Higienização de Mãos na Assistência à
Saúde (Versão Preliminar Avançada): Resumo (2008);
• Protocolos (Estratégia Multimodal);

• Cartazes e folders
Referências :

• Guideline for hand Hygiene in Health Care Settings. October 25, 2002/
Vol.51/No. RR-16.
                                                       http://www.cdc.gov/mmwr/PDF/rr/rr5116.pdf

• WHO Guideline on Hand Hygiene in Health Care. Final, revised and
updated version, august 2009.
http://whqlibdoc.who.int/publications/2009/9789241597906_eng.pdf

• Guideline to IImplementation of The WHO multimodal Hand Hygiene
Improvement Strategy. Revised in august 2009.
                                 http://whqlibdoc.who.int/hq/2009/WHO_IER_PSP_2009.02_eng.pdf
Produção

      Nadia Bomfim do Nascimento
Doutora em Saúde Pública – ENSP/FIOCRUZ


            Realização
             PROQUALIS
       proqualis@icict.fiocruz.br
Aula higienização das mãos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
Conceição Quirino
 
Infecção hospitalar
Infecção hospitalarInfecção hospitalar
Infecção hospitalar
Rafaela Carvalho
 
Lavar As Mãos
Lavar As MãosLavar As Mãos
Lavar As Mãos
Miriam Pato
 
Aula anotação de enfermagem
Aula anotação de enfermagem Aula anotação de enfermagem
Aula anotação de enfermagem
Rafaela Amanso
 
Aula sinais vitais
Aula sinais vitaisAula sinais vitais
Aula sinais vitais
Viviane da Silva
 
Biossegurança na enfermagem
Biossegurança na enfermagemBiossegurança na enfermagem
Biossegurança na enfermagem
Juliana Maciel
 
Higienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BR
Higienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BRHigienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BR
Higienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BR
Gusttavo Maldovick
 
8 infecção hospitalar e ccih
8   infecção hospitalar e ccih8   infecção hospitalar e ccih
8 infecção hospitalar e ccih
Larissa Paulo
 
Biosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagemBiosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagem
Gabriela Montargil
 
Banho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizadaBanho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizada
hospital
 
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalarPrecauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Grupo Ivan Ervilha
 
Fundamentos de enfermagem
Fundamentos de enfermagemFundamentos de enfermagem
Fundamentos de enfermagem
Jardiel7
 
Limpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalarLimpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalar
B&R Consultoria Empresarial
 
Clínica Cirúrgica AULA 1
Clínica Cirúrgica AULA 1Clínica Cirúrgica AULA 1
Clínica Cirúrgica AULA 1
Aline Bandeira
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
Sheilla Sandes
 
Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2
Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2
Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2
Aline Bandeira
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
Patrícia Tuneli
 
higiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacientehigiene e conforto do paciente
higiene e conforto do paciente
Viviane da Silva
 
Higiene e profilaxia
Higiene e profilaxiaHigiene e profilaxia
Higiene e profilaxia
Soraya Lima
 
Segurança do paciente
Segurança do pacienteSegurança do paciente
Segurança do paciente
Centro Universitário Ages
 

Mais procurados (20)

Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
 
Infecção hospitalar
Infecção hospitalarInfecção hospitalar
Infecção hospitalar
 
Lavar As Mãos
Lavar As MãosLavar As Mãos
Lavar As Mãos
 
Aula anotação de enfermagem
Aula anotação de enfermagem Aula anotação de enfermagem
Aula anotação de enfermagem
 
Aula sinais vitais
Aula sinais vitaisAula sinais vitais
Aula sinais vitais
 
Biossegurança na enfermagem
Biossegurança na enfermagemBiossegurança na enfermagem
Biossegurança na enfermagem
 
Higienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BR
Higienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BRHigienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BR
Higienização das mãos corretamente | WWW.ENFERMAGEMSECULO21.COM.BR
 
8 infecção hospitalar e ccih
8   infecção hospitalar e ccih8   infecção hospitalar e ccih
8 infecção hospitalar e ccih
 
Biosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagemBiosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagem
 
Banho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizadaBanho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizada
 
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalarPrecauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
 
Fundamentos de enfermagem
Fundamentos de enfermagemFundamentos de enfermagem
Fundamentos de enfermagem
 
Limpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalarLimpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalar
 
Clínica Cirúrgica AULA 1
Clínica Cirúrgica AULA 1Clínica Cirúrgica AULA 1
Clínica Cirúrgica AULA 1
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
 
Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2
Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2
Protocolo de Cirurgia Segura AULA 2
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
 
higiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacientehigiene e conforto do paciente
higiene e conforto do paciente
 
Higiene e profilaxia
Higiene e profilaxiaHigiene e profilaxia
Higiene e profilaxia
 
Segurança do paciente
Segurança do pacienteSegurança do paciente
Segurança do paciente
 

Destaque

Biossegurança 1
Biossegurança 1Biossegurança 1
Biossegurança 1
sergio oliveira
 
Artigo Higienização das Mãos
Artigo Higienização das MãosArtigo Higienização das Mãos
Artigo Higienização das Mãos
Andreutt Tabosa
 
Agente de Geriatria - Apresentação Pessoal
Agente de Geriatria - Apresentação PessoalAgente de Geriatria - Apresentação Pessoal
Agente de Geriatria - Apresentação Pessoal
Frederico Brandão
 
Stc7
Stc7Stc7
Manual auxiliar enfermagem pae cad1 (1)
Manual auxiliar enfermagem   pae cad1 (1)Manual auxiliar enfermagem   pae cad1 (1)
Manual auxiliar enfermagem pae cad1 (1)
Jorge Estrela
 
Controlo da Dor no Idoso
Controlo da Dor no IdosoControlo da Dor no Idoso
Controlo da Dor no Idoso
Mariana Ferreira
 
Poster sobre ajudas de úlceras de pressão
Poster sobre ajudas de úlceras de pressãoPoster sobre ajudas de úlceras de pressão
Poster sobre ajudas de úlceras de pressão
Guilherme Semiao
 
A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...
A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...
A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...
Marta Lopes
 
U. 11 - Infeções Urinárias - Folheto
U. 11 - Infeções Urinárias - FolhetoU. 11 - Infeções Urinárias - Folheto
U. 11 - Infeções Urinárias - Folheto
I.Braz Slideshares
 
U. 11 - Infecções Urinárias - PowerPoint
U. 11 - Infecções Urinárias - PowerPointU. 11 - Infecções Urinárias - PowerPoint
U. 11 - Infecções Urinárias - PowerPoint
I.Braz Slideshares
 
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de SaúdePPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
Isabel Henriques
 
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
Bilson António José Carlos
 
Aula 7 posições cirúrgicas
Aula 7 posições cirúrgicasAula 7 posições cirúrgicas
Aula 7 posições cirúrgicas
Marci Oliveira
 
Manual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idososManual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idosos
gcmrs
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
I.Braz Slideshares
 
Aula tempos cirurgicos
Aula tempos cirurgicosAula tempos cirurgicos
Aula tempos cirurgicos
Cacilda Peixoto
 
Desnutrição
DesnutriçãoDesnutrição
Desnutrição
I.Braz Slideshares
 
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos BásicosAgente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Frederico Brandão
 

Destaque (18)

Biossegurança 1
Biossegurança 1Biossegurança 1
Biossegurança 1
 
Artigo Higienização das Mãos
Artigo Higienização das MãosArtigo Higienização das Mãos
Artigo Higienização das Mãos
 
Agente de Geriatria - Apresentação Pessoal
Agente de Geriatria - Apresentação PessoalAgente de Geriatria - Apresentação Pessoal
Agente de Geriatria - Apresentação Pessoal
 
Stc7
Stc7Stc7
Stc7
 
Manual auxiliar enfermagem pae cad1 (1)
Manual auxiliar enfermagem   pae cad1 (1)Manual auxiliar enfermagem   pae cad1 (1)
Manual auxiliar enfermagem pae cad1 (1)
 
Controlo da Dor no Idoso
Controlo da Dor no IdosoControlo da Dor no Idoso
Controlo da Dor no Idoso
 
Poster sobre ajudas de úlceras de pressão
Poster sobre ajudas de úlceras de pressãoPoster sobre ajudas de úlceras de pressão
Poster sobre ajudas de úlceras de pressão
 
A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...
A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...
A importancia de demostrar paciência e sensibilidade na técnica adequada de m...
 
U. 11 - Infeções Urinárias - Folheto
U. 11 - Infeções Urinárias - FolhetoU. 11 - Infeções Urinárias - Folheto
U. 11 - Infeções Urinárias - Folheto
 
U. 11 - Infecções Urinárias - PowerPoint
U. 11 - Infecções Urinárias - PowerPointU. 11 - Infecções Urinárias - PowerPoint
U. 11 - Infecções Urinárias - PowerPoint
 
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de SaúdePPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
 
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
 
Aula 7 posições cirúrgicas
Aula 7 posições cirúrgicasAula 7 posições cirúrgicas
Aula 7 posições cirúrgicas
 
Manual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idososManual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idosos
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
 
Aula tempos cirurgicos
Aula tempos cirurgicosAula tempos cirurgicos
Aula tempos cirurgicos
 
Desnutrição
DesnutriçãoDesnutrição
Desnutrição
 
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos BásicosAgente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
 

Semelhante a Aula higienização das mãos

aulahigienizacaomaos.pptx
aulahigienizacaomaos.pptxaulahigienizacaomaos.pptx
aulahigienizacaomaos.pptx
FelipeCosta315398
 
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo CruzImplementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Proqualis
 
Aula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Aula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo CruzAula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Aula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Proqualis
 
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do pacienteAcesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta
 
slide segurança do paciente.pptxnnnnnnnn
slide segurança do paciente.pptxnnnnnnnnslide segurança do paciente.pptxnnnnnnnn
slide segurança do paciente.pptxnnnnnnnn
pamelacastro71
 
Gestao luvas
Gestao luvasGestao luvas
Gestao luvas
Lurdesmartins17
 
Segurança do Paciente.pptx
Segurança do Paciente.pptxSegurança do Paciente.pptx
Segurança do Paciente.pptx
CecliaNatiellydaSilv
 
aula 03 PNSP.pptx
aula 03 PNSP.pptxaula 03 PNSP.pptx
aula 03 PNSP.pptx
Kelengomez
 
A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...
A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...
A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...
AlineRibeiro648347
 
Aula metas internacionais.pptx
Aula metas internacionais.pptxAula metas internacionais.pptx
Aula metas internacionais.pptx
Kelengomez
 
Manual cirurgia segura
Manual cirurgia seguraManual cirurgia segura
Manual cirurgia segura
Letícia Spina Tapia
 
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxSEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
simonezunega
 
Segurança do pasciente
Segurança do pascienteSegurança do pasciente
Segurança do pasciente
IrYarasdp
 
segurança do paciente
segurança do pacientesegurança do paciente
segurança do paciente
matheuspacheco43
 
Segurança do Paciente aula tratamento cl
Segurança do Paciente aula tratamento clSegurança do Paciente aula tratamento cl
Segurança do Paciente aula tratamento cl
MarinalvaSantos18
 
AULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teorica
AULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teoricaAULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teorica
AULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teorica
HiEster2
 
seguranadopaciente-171007135224.pdf
seguranadopaciente-171007135224.pdfseguranadopaciente-171007135224.pdf
seguranadopaciente-171007135224.pdf
MarcioCruz62
 
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
SrgioValverde
 
Oficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o Erro
Oficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o ErroOficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o Erro
Oficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o Erro
Proqualis
 
acreditação em centro cirúrgico
acreditação em centro cirúrgicoacreditação em centro cirúrgico
acreditação em centro cirúrgico
josi uchoa
 

Semelhante a Aula higienização das mãos (20)

aulahigienizacaomaos.pptx
aulahigienizacaomaos.pptxaulahigienizacaomaos.pptx
aulahigienizacaomaos.pptx
 
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo CruzImplementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
 
Aula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Aula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo CruzAula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Aula Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
 
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do pacienteAcesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
 
slide segurança do paciente.pptxnnnnnnnn
slide segurança do paciente.pptxnnnnnnnnslide segurança do paciente.pptxnnnnnnnn
slide segurança do paciente.pptxnnnnnnnn
 
Gestao luvas
Gestao luvasGestao luvas
Gestao luvas
 
Segurança do Paciente.pptx
Segurança do Paciente.pptxSegurança do Paciente.pptx
Segurança do Paciente.pptx
 
aula 03 PNSP.pptx
aula 03 PNSP.pptxaula 03 PNSP.pptx
aula 03 PNSP.pptx
 
A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...
A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...
A Segurança do Paciente e a Qualidade em Serviços de Saúde no Contexto Nacion...
 
Aula metas internacionais.pptx
Aula metas internacionais.pptxAula metas internacionais.pptx
Aula metas internacionais.pptx
 
Manual cirurgia segura
Manual cirurgia seguraManual cirurgia segura
Manual cirurgia segura
 
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxSEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
 
Segurança do pasciente
Segurança do pascienteSegurança do pasciente
Segurança do pasciente
 
segurança do paciente
segurança do pacientesegurança do paciente
segurança do paciente
 
Segurança do Paciente aula tratamento cl
Segurança do Paciente aula tratamento clSegurança do Paciente aula tratamento cl
Segurança do Paciente aula tratamento cl
 
AULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teorica
AULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teoricaAULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teorica
AULA Enf Domiciliar Unid_01 (1), aula teorica
 
seguranadopaciente-171007135224.pdf
seguranadopaciente-171007135224.pdfseguranadopaciente-171007135224.pdf
seguranadopaciente-171007135224.pdf
 
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
 
Oficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o Erro
Oficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o ErroOficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o Erro
Oficina de Seguranca do Paciente: Aprendendo com o Erro
 
acreditação em centro cirúrgico
acreditação em centro cirúrgicoacreditação em centro cirúrgico
acreditação em centro cirúrgico
 

Mais de Proqualis

Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Proqualis
 
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Proqualis
 
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Proqualis
 
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Proqualis
 
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Proqualis
 
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...
Proqualis
 
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...
Proqualis
 
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...
Proqualis
 
Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...
Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...
Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...
Proqualis
 
Aula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana Frizzo
Aula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana FrizzoAula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana Frizzo
Aula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana Frizzo
Proqualis
 
Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...
Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...
Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...
Proqualis
 
Aula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana Francisco
Aula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana FranciscoAula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana Francisco
Aula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana Francisco
Proqualis
 
Aula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano Massuda
Aula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano MassudaAula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano Massuda
Aula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano Massuda
Proqualis
 
Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...
Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...
Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...
Proqualis
 
Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...
Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...
Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...
Proqualis
 
Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...
Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...
Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...
Proqualis
 
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Proqualis
 
Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...
Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...
Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...
Proqualis
 
Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19
Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19
Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19
Proqualis
 
Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19
Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19
Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19
Proqualis
 

Mais de Proqualis (20)

Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
 
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
 
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
 
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
 
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
Aula: Contribuição das Comissões de Revisão de Prontuário e Análise de Óbito ...
 
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Den...
 
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mar...
 
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...
Aula sobre Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente - por Mag...
 
Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...
Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...
Aula sobre aspectos psicossociais do parto e nascimento e a segurança do paci...
 
Aula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana Frizzo
Aula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana FrizzoAula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana Frizzo
Aula sobre aspectos psicológicos da gestação, parto e pós-parto - Giana Frizzo
 
Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...
Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...
Aula - Gestão de riscos na atenção hospitalar no contexto da covid-19 - Ricar...
 
Aula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana Francisco
Aula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana FranciscoAula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana Francisco
Aula sobre mortalidade por Covid-19 na gestação e puerpério - Rossana Francisco
 
Aula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano Massuda
Aula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano MassudaAula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano Massuda
Aula sobre mortalidade por Covid-19 em UTIs brasileiras - Adriano Massuda
 
Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...
Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...
Aula 3: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Mario...
 
Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...
Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...
Aula 2: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Helai...
 
Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...
Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...
Aula 1: Vigilância dos eventos adversos pós-vacinação contra Covid-19 - Sandr...
 
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
 
Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...
Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...
Aula - Segurança do paciente e vigilância em saúde na rede EBSERH durante a p...
 
Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19
Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19
Aula: Prevenção de lesão por pressão na assistência à Covid-19
 
Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19
Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19
Aula: Segurança e saúde do trabalhador no contexto da pandemia de Covid-19
 

Último

Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
CatieleAlmeida1
 
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
AmaroAlmeidaChimbala
 
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdfVacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
rickriordan
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
Luiz Henrique Pimentel Novais Silva
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
marjoguedes1
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
sula31
 
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de suturaTipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
DelcioVumbuca
 

Último (8)

Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
 
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
 
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdfVacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
 
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de suturaTipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
 

Aula higienização das mãos

  • 1. Higienização de Mãos Prevenção as Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde - IRAS
  • 2. Higienização das Mãos É consenso que a higienização das mãos é a medida mais simples,de menor custo e menor complexidade na prevenção e controle da infecção hospitalar.
  • 3. Primórdios Em 1844 se tornou a principal defensora de melhorias no tratamento médico, no que dizia respeito as condições de higiene. Sua contribuição mais conhecida, ocorreu na Guerra da Criméia, quando junto a equipe de enfermeiras por ela liderada, melhorou as condições sanitárias do hospitais militares de campo. Florence http://www.youtube.com/watch?v=NpbkSdbSM1w&feature=related Nightingale Enfermeira Britânica http://www.youtube.com/watch?v=aDIINIfsUsU&feature=related
  • 4. Primórdios Em 1847 publicou os resultados alcançados com a medida profilática de lavagem de mãos com solução clorada para prevenção da mortalidade por febre puerperal em parturientes . Suas descobertas sofreram forte oposição no meio médico. Seus achados ganharam ampla aceitação, somente após sua morte prematura, quando Louis Pasteur confirmou a teoria dos Ignaz germes. Semmelweis Médico Húngaro
  • 5. Contribuições Mais Recentes Center for Disease Control and Prevention - CDC • Em 2002, o CDC definiu protocolo de higienização de mãos [Guideline for Hand Hygiene in Health Care Settings] a partir de revisão de estudos realizados sobre higienização e antisepcia das mãos desde 1985; • O protocolo fornece aos profissionais de saúde recomendações gerais sobre as práticas de higienização das mãos, recomendações específicas para promoção da melhoria dessas práticas e a redução da transmissão cruzada de patôgenos.;
  • 6. Contribuições Mais Recentes Center for Disease Control and Prevention - CDC • Em 2002, o CDC definiu protocolo de higienização de mãos [Guideline for Hand Hygiene in Health Care Settings] a partir de revisão de estudos realizados sobre higienização e antisepcia das mãos desde 1985; • O protocolo fornece aos profissionais de saúde recomendações gerais sobre as práticas de higienização das mãos, recomendações específicas para promoção da melhoria dessas práticas e a redução da transmissão cruzada de patôgenos.;
  • 7. Contribuições Mais Recentes Organização Mundial de Saúde - OMS • Em novembro de 2004, a OMS criou o programa Segurança do Paciente [World Alliance for Patient Safety ] com o objetivo de coordenar, disseminar e acelerar as melhorias relativas a Segurança do Paciente. http://www.who.int/patientsafety/en/ Veículo de colaboração e ação internacional entre os Estados Membros, o secretariado da OMS, especialistas técnicos, profissionais de saúde, grupos da indústria ligados a área e consumidores.
  • 8. Segurança do Paciente: Higienização das Mãos Projeto/ Agência Objetivo Componentes Período Programa (s) Implantação Primeiro OMS • Aumentar • Segurança do Sangue; Biênio 2005- Segurança do consciência impacto • Segurança na Desafio Global Paciente IRAS; Imunização; 2006 para Segurança • Testar e • Água e saneamento implementar novo seguro; do Paciente [First manual • Higiene das Mãos (HM) Global Patient Safety Challange] Os 5 Principais •Commonwealth Implementar Prevenção do Erro: Fase I: Fund; Protocolos • de encaminhamento; 2006 a 2007 Problemas [Hi 5 operativos • alta concentração de Fase II: Project] • OMS - Centro inovadores e medicação; Colaborador padronizados • continuidade da 2007 a 2009 para Segurança medicação; Fase III: do Paciente • promoção de praticas 2010 a 2011 da HM; Campanha • National Patient • Aperfeiçoar HM Utilização do método Inicio em 2006 Safety Agency; para interromper o multimodal: nos hospitais do Limpe suas com suporte da alastramento da Os cinco eixos (mudança Sistema Nacional Mãos OMS Segurança do Paciente infecção; • Informar e educar o no sistema, treinamento, avaliação, lembretes, de Saúde da [Cleanyourhand http://www.npsa.nhs. profissional clima institucional) Inglaterra e país Campaign] uk/ de Gales
  • 9. Iniciativas Atuais Organização Mundial de Saúde - OMS Proposta para Segurança do Paciente • Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care] http://www.who.int/gpsc/en/index.html • Cirurgia Segura Salva Vidas [Safe Surgery Save Lifes] http://www.who.int/patientsafety/safesurgery/en/index.html • Pacientes para a Segurança do Paciente [Patients for Patient Safety] http://www.who.int/patientsafety/patients_for_patient/en/
  • 10. Iniciativas Atuais OMS – Segurança do paciente Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care] • O objetivo dessa iniciativa é assegurar que o controle das IRAS seja um conhecimento universalizado como uma base essencial e sólida para a Segurança do Paciente e seja o alicerce para a sua redução e a de suas consequências. • A campanha Global Salve Vidas: Limpe as Mãos [SAVE LIVES: Clean Your Hands] é o maior componente da iniciativa.
  • 11. OMS – Segurança do Paciente Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care] Instrumentos utilizados: Diretrizes da OMS sobre Higienização das Mãos na Assistência à Saúde [WHO Guideline on Hand Hygiene in Health Care] – versão revisada 2009 Diretrizes da OMS sobre Higienização das Mãos na Assistência à Saúde: Sumário [WHO Guideline on Hand Hygiene in Health Care: Summery] – versão revisada 2009
  • 12. OMS - Segurança do Paciente Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care] Estratégia Multimodal: • A OMS preconiza a estratégia multimodal como instrumento eficaz para implantação de protocolos para Higienização das Mãos; • Essa estratégia pode ser utilizada em qualquer unidade de saúde, independente dos níveis de complexidade e de recursos disponíveis;
  • 13. OMS - Segurança do Paciente Cuidado Limpo é Cuidado Seguro [Clean Care is Safe Care] Manual de Implantação da Estratégia Multimodal [Guideline to IImplementation of The WHO multimodal Hand Hygiene Improvement Strategy] – revisada em 2009 A estratégia é constituída por 5 eixos: 1) Mudança do Sistema 2) Treinamento/Instrução 3) Observação e Retorno de informação a equipe 4) Lembretes no local de trabalho 5) Clima de Segurança Institucional
  • 14. Cuidado Limpo é Cuidado Seguro Estratégia Multimodal Eixo 1: Mudança do Sistema Envolve a garantia de infra-estrutura adequada que possibilite aos profissionais de saúde a execução da prática de higienização das mãos • Acesso a suprimento de água seguro, como Também a sabonete e toalha; • Álcool gel acessível no local onde é realizado o cuidado em saúde
  • 15. Cuidado Limpo é Cuidado Seguro Estratégia Multimodal Eixo 2: Treinamento/Instrução • O treinamento é oferecido a toda equipe envolvida no processo de cuidado dos pacientes; • É organizado treinamento de curto, médio e longo prazo.
  • 16. Cuidado Limpo é Cuidado Seguro Estratégia Multimodal Eixo 2: Treinamento/Instrução Os ‘cinco momentos’ da higienização de mãos é a abordagem em que se baseia o treinamento dos profissionais de saúde. 1. Antes de contato com o paciente; 2. Antes da realização de procedimento asséptico; 3. Após a exposição a fluídos corporais; 4. Após contato com o paciente; 5. Após contato com o ambiente próximo ao paciente.
  • 17. Cuidado Limpo é Cuidado Seguro Estratégia Multimodal Eixo 3: Observação e retorno da informação à equipe Monitoramento das práticas de higienização das mãos e da infra-estrutura, enquanto informa a equipe sobre o seu desempenho.
  • 18. Cuidado Limpo é Cuidado Seguro Estratégia Multimodal Eixo 4: Lembretes no local de trabalho Cartazes e lembretes a respeito da importância da higienização das mãos são colocados nos locais onde os profissionais de saúde transitam. Esses locais podem ser: ambulatórios, quarto dos pacientes, corredores, áreas da equipe, etc.
  • 19. Cuidado Limpo é Cuidado Seguro Estratégia Multimodal Eixo 5: Clima de Segurança Criação de uma cultura que torne consciente as questões de segurança dos pacientes e que garanta a melhoria da higienização das mãos como alta prioridade em todos os níveis. Isso inclui: • Ativa participação da organização e dos indivíduos; • Consciência organizacional e individual da capacidade de mudar e melhorar; • Parceria com os pacientes.
  • 20. Iniciativas Nacionais Em 2007, o Brasil foi incluído na “Aliança Mundial para a Segurança do Paciente” – cujo lema é uma assistência limpa é uma assistência segura –, por meio da assinatura do Ministro da Saúde. Desde então o Brasil é signatário da “Declaração de Compromisso na Luta contra as Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde”.
  • 21. Iniciativas Nacionais - ANVISA A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) promove e coordena oficinas e seminários para a discussão da temática com a participação das Coordenadorias das Comissões Estaduais de Controle de Infecção Hospitalar e as Agencias de Vigilância Sanitária Estaduais; A ANVISA disponibiliza ferramentas para o cadastramento dos serviços de saúde e o envio dados e notificação de infecções.. A coleta e análise desses dados visam o aprimoramento das ações de prevenção e controle das IRAS. www.anvisa.gov.br (serviços de saúde  controle de Infecção  cadastramento) (serviços de saúde  controle de infecção  notificação de indicadores)
  • 22. Iniciativas Nacionais - ANVISA A parceria entre a ANVISA e a OPAS/OMS contribui para o desenvolvimento de ações que promovem a segurança do paciente com base em evidências e boas práticas. A ANVISA coordena pesquisa testando as diretrizes da OMS – Estratégia Multimodal – em cinco hospitais, denominados de “sítios de testes complementares”, situados em cada uma das cinco regiões do país.
  • 23. Iniciativas Nacionais -ANVISA Com o propósito de subsidiar a implantação da estratégia multimodal, a ANVISA disponibilizou ferramentas da OMS, traduzidas para o português, aos serviços de saúde. Dentre elas: • Higienização das Mãos em Serviços de Saúde (2007); http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/higienizacao_maos.pdf • Diretrizes da OMS sobre Higienização de Mãos na Assistência à Saúde (Versão Preliminar Avançada): Resumo (2008); • Protocolos (Estratégia Multimodal); • Cartazes e folders
  • 24. Referências : • Guideline for hand Hygiene in Health Care Settings. October 25, 2002/ Vol.51/No. RR-16. http://www.cdc.gov/mmwr/PDF/rr/rr5116.pdf • WHO Guideline on Hand Hygiene in Health Care. Final, revised and updated version, august 2009. http://whqlibdoc.who.int/publications/2009/9789241597906_eng.pdf • Guideline to IImplementation of The WHO multimodal Hand Hygiene Improvement Strategy. Revised in august 2009. http://whqlibdoc.who.int/hq/2009/WHO_IER_PSP_2009.02_eng.pdf
  • 25. Produção Nadia Bomfim do Nascimento Doutora em Saúde Pública – ENSP/FIOCRUZ Realização PROQUALIS proqualis@icict.fiocruz.br