SlideShare uma empresa Scribd logo
Projeto informacional
Macrofase de Desenvolvimento



      Universidade Federal da Paraíba
      Campus I – Centro de Tecnologia
      Curso de Graduação em Engenharia de Produção
      Prof. MSc. Marcel de Gois Pinto
Até o presente momento foi visto que...
Até o presente momento foi visto que...
 Durante o pré-desenvolvimento, são realizados
Até o presente momento foi visto que
 Durante o pré-desenvolvimento, são realizados
       Pré

PE dos
Produtos


Gates >>


           Planejamento
           Projeto
Até o presente momento foi visto que
 Durante o pré-desenvolvimento, são realizados
       Pré

PE dos
Produtos


Gates >>


           Planejamento
           Projeto
Até o presente momento foi visto que
 Durante o pré-desenvolvimento, são realizados
       Pré                Entrada
PE dos
Produtos                   Planejamento estratégico da
                          corporação
Gates >>
                           Plano estratégico da unidade de
           Planejamento   negócios
           Projeto

                          Saída

                           Portfólio de produtos (conjunto)

                           Minuta de projeto (individualizada)
Até o presente momento foi visto que
 Durante o pré-desenvolvimento, são realizados
       Pré

PE dos
Produtos


Gates >>


           Planejamento
           Projeto
Até o presente momento foi visto que
 Durante o pré-desenvolvimento, são realizados
       Pré                Entrada
PE dos
Produtos                   Portfólio de produtos (conjunto)

Gates >>                   Minuta de projeto (individualizada)

           Planejamento
                          Saída               Project charter
           Projeto
                           Plano do projeto Declarações de escopo

                                              Estimativas de custo,
                                              prazos...

                                              Plano de gestão do projeto
1 O que é o projeto informacional
1 O que é o projeto informacional
 O objetivo deste é, a partir das informações até
  o momento coletadas, desenvolver
1 O que é o projeto informacional
 O objetivo deste é, a partir das informações até
  o momento coletadas, desenvolver
                    Orientam a geração de soluções

                    São a base para que se montem os
                   critérios de avaliação
INFORMAÇÕES-META
                    Orientam a tomada de decisão

                    Buscam o entendimento claro e
                   completo do problema a ser enfrentado
1 O que é o projeto informacional
 Envolve as seguintes atividades
1 O que é o projeto informacional
 Envolve as seguintes atividades
                                         Atualizar o Plano do
                                         Projeto Informacional
         Idéia do produto
                                         Revisar e atualizar o
                                         escopo do produto
                                                                     Detalhar ciclo de vida
                                                                     e definir clientes
                                         Identificar os requisitos
             Projeto                     dos clientes do produto
          Informacional
                                         Definir requisitos do
                                         produto

                                         Definir especificações
       Especificações-Meta
                                         meta
 Requisitos com valores meta
  Informações adicionais qualitativas   Monitorar viabilidade
                                         econômica
1 O que é o projeto informacional
 Envolve as seguintes atividades
                                         Atualizar o Plano do
                                         Projeto Informacional
         Idéia do produto
                                         Revisar e atualizar o
                                         escopo do produto
                                                                     Detalhar ciclo de vida
                                                                     e definir clientes
                                         Identificar os requisitos
             Projeto                     dos clientes do produto
          Informacional
                                         Definir requisitos do
                                         produto

                                         Definir especificações
       Especificações-Meta
                                         meta
 Requisitos com valores meta
  Informações adicionais qualitativas   Monitorar viabilidade
                                         econômica
2 Atualizar o Plano do Projeto Informacional
2 Atualizar o Plano do Projeto Informacional
 Analisar o plano de projeto atual
 Analisar e sintetizar as novas condições para a
  realização do projeto
 Atualizar e detalhar o escopo do projeto
 Atualizar e detalhar as, atividades, os
  responsáveis, os prazos e o cronograma
 Atualizar e detalhar recursos necessários
 Atualizar estimativa de orçamento do projeto
2 Atualizar o Plano do Projeto Informacional
 Atualizar, monitorar, valorar e definir novos
  indicadores de desempenho
 Analisar a viabilidade econômico-financeira do
  projeto
 Avaliar novos riscos
 Atualizar plano de comunicação
 Planejar, atualizar e preparar novas aquisições
  e atualizar os critérios de passagem dos gates
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades

Análise do problema de projeto


Analisar tecnologias disponíveis


Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades

Análise do problema de projeto


Analisar tecnologias disponíveis


Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades
                                       O escopo do produto contém os
Análise do problema de projeto        objetivos e restrições?

                                       O escopo contém informações
Analisar tecnologias disponíveis      adicionais necessárias para a busca
                                      de novas informações mais
Pesquisar padrões, normas, patentes   detalhadas?

                                       Rever e detalhar informações do
Pesquisar concorrentes similares      planejamento estratégico: volume,
                                      desejos dos clientes etc.

                                       Informações sobre componente,
                                      materiais, fornecedores
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades

Análise do problema de projeto


Analisar tecnologias disponíveis


Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades
                                       Rever informações do PE de
Análise do problema de projeto        produtos

                                       Continuidade da vigilância
Analisar tecnologias disponíveis      tecnológica

                                       Novas pesquisas para
Pesquisar padrões, normas, patentes
                                      complementar e aprofundar
                                      conhecimentos
Pesquisar concorrentes similares
                                       Considerar também tecnologias
                                      de produção
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades

Análise do problema de projeto


Analisar tecnologias disponíveis


Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades
                                       Garantir atendimento a
Análise do problema de projeto        dispositivos legais

                                       Identificar aquilo que é
Analisar tecnologias disponíveis      protegido legalmente

Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades

Análise do problema de projeto


Analisar tecnologias disponíveis


Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades
                                       Tipicamente identificada com a
Análise do problema de projeto        engenharia reversa


Analisar tecnologias disponíveis


Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
3 Revisar e atualizar o escopo do produto
 Consiste na realização das seguintes atividades
                                       Relaciona-se, também, com a
Análise do problema de projeto        identificação de oportunidades


Analisar tecnologias disponíveis


Pesquisar padrões, normas, patentes


Pesquisar concorrentes similares
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 O ciclo de vida fornece uma definição gráfica
  da história do produto
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 O ciclo de vida fornece uma definição gráfica
  da história do produto
 Desenvolvimento        Lançamento   Crescimento   Maturidade   Declínio
               Vendas




                                                                      Vendas

                                                                           Fluxo de caixa

                                                                           Lucro




                                                                 Tempo
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 O ciclo de vida fornece uma definição gráfica
  da história do produto
 Desenvolvimento        Lançamento   Crescimento   Maturidade   Declínio
               Vendas




                                                                      Vendas

                                                                           Fluxo de caixa

                                                                           Lucro




                                                                 Tempo




                                       Clientes “inovadores”
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 O ciclo de vida fornece uma definição gráfica
  da história do produto
 Desenvolvimento        Lançamento   Crescimento   Maturidade   Declínio
               Vendas




                                                                      Vendas

                                                                           Fluxo de caixa

                                                                           Lucro




                                                                 Tempo




                                                   “Prontos adotadores”
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 O ciclo de vida fornece uma definição gráfica
  da história do produto
 Desenvolvimento        Lançamento   Crescimento   Maturidade    Declínio
               Vendas




                                                                       Vendas

                                                                            Fluxo de caixa

                                                                            Lucro




                                                                   Tempo



                                                                Clientes tipo
                                                                “Maioria inicial”
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 O ciclo de vida fornece uma definição gráfica
  da história do produto
 Desenvolvimento        Lançamento   Crescimento    Maturidade   Declínio
               Vendas




                                                                       Vendas

                                                                            Fluxo de caixa

                                                                            Lucro




                                                                  Tempo




                                         Clientes fiéis
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 Modelo de ciclo de vida em espiral
4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
 Modelo de ciclo de vida em espiral
                                                       Projeto
                             Descarte
                                               Projeto
                                              Conceitual
                                                            Projeto
                                                           Detalhado
             Desativação/
                                      Especificações
             Reciclagem                   meta
                                                                       Fabricação

                                  Escopo
                                 do produto
                                                                              Montagem e
         Manutenção                                                           Embalagem

 Setores e Consumo                                                            Setores Produtivos

(Clientes externos)                                                          (Clientes internos)
                                                                            Armazenagem
              Função


                       Uso
                                                                       Transporte               Pré-
                                                                                           Desenvolvimento

                             Compra                 Venda
                                                                                                 Projeto
                                Setores de Mercado                                           Informacional
                             (Clientes intemediários)
5 Identificar os requisitos do cliente
5 Identificar os requisitos do cliente
 Podem analisador com o diagrama de Kano
5 Identificar os requisitos do cliente
  Podem analisador com o diagrama de Kano
                            Cliente satisfeito




             excitação
Desempenho                                       Desempenho
Pobre                                            Excelente



                                       básico




                         Cliente insatisfeito
5 Identificar os requisitos do cliente
  Podem analisador com o diagrama de Kano
                            Cliente satisfeito




             excitação
Desempenho                                                Desempenho
Pobre                                                     Excelente



                                       básico

                                                 O cliente não verbaliza, mas se
                                                 faltar ele ficará insatisfeito


                         Cliente insatisfeito
5 Identificar os requisitos do cliente
  Podem analisador com o diagrama de Kano
                            Cliente satisfeito

     O cliente não
     esperava, é
     surpreendido

             excitação
Desempenho                                                Desempenho
Pobre                                                     Excelente



                                       básico

                                                 O cliente não verbaliza, mas se
                                                 faltar ele ficará insatisfeito


                         Cliente insatisfeito
5 Identificar os requisitos do cliente
  Podem analisador com o diagrama de Kano
                            Cliente satisfeito             Quanto maior o
                                                           desempenho, maior a
     O cliente não                                         satisfação
     esperava, é
     surpreendido

             excitação
Desempenho                                                Desempenho
Pobre                                                     Excelente



                                       básico

                                                 O cliente não verbaliza, mas se
                                                 faltar ele ficará insatisfeito


                         Cliente insatisfeito
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas

Identificar necessidades


Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas

Identificar necessidades


Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Geralmente são linguísticas
Identificar necessidades


Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Geralmente são linguísticas
Identificar necessidades
                               Saudável
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Geralmente são linguísticas
Identificar necessidades
                               Fácil de manusear
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Geralmente são linguísticas
Identificar necessidades
                               Ser um combo (muitas funções)
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Geralmente são linguísticas
Identificar necessidades
                               Fácil de abrir
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Os métodos para ter essas informações
Identificar necessidades      são os mesmos do PE de produtos


Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Os métodos para ter essas informações
Identificar necessidades      são os mesmos do PE de produtos

                               Listas de verificação, enquetes
Agrupá-las e classificá-las

                               Observação direta
Definir requisitos
                               Grupos de foco
Valorar os requisitos          Experimentos controlados
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                               Identifica similaridades
Identificar necessidades

                               Agrupa similaridades
Agrupá-las e classificá-las
                               Elimina repetições

Definir requisitos             Elimina necessidades sem relevância

Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Necessidades identificadas são escritas em
Identificar necessidades      requisitos

                               Desempenho funcional
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Necessidades identificadas são escritas em
Identificar necessidades      requisitos

                               Fatores humanos
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Necessidades identificadas são escritas em
Identificar necessidades      requisitos

                               Confiabilidade
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                              Necessidades identificadas são escritas em
Identificar necessidades      requisitos

                               Ecologicamente correto
Agrupá-las e classificá-las


Definir requisitos


Valorar os requisitos
5 Identificar os requisitos do cliente
 A ideia por trás desta análise é identificar
  necessidades que surpreendam os clientes
 Atividades a serem realizadas
                               Os diferentes requisitos são valorados
Identificar necessidades

                               Isto significa atribuir pesos com
Agrupá-las e classificá-las   relação à sua importância

                               Fase de julgamento (subjetiva)
Definir requisitos


Valorar os requisitos
6 Definir os requisitos do produto
 Definidos os requisitos do produto, deve-se
  verificar se atendem os requisitos dos clientes
 No exemplo anterior, qual requisito definido
  levava a uma impressora mais fácil de instalar?




                          Plug and Play
6 Definir os requisitos do produto
 Os requisitos do cliente já definidos ainda não
  têm características mensuráveis do produto
 Deve-se buscar agora uma linguagem técnica
  de engenharia (dizer em números)
Requisito do cliente          Requisito do produto

                              Quantidade de portas

                              Conexão universal

                              Drivers na internet

                              Plug and play
  Fácil instalação
                              Software tutorial
7 Definir especificações-meta do produto
 São parâmetros quantitativos e mensuráveis
  que o produto projetado deverá ter
 Além de unidades, deverão haver valores-meta
 Nesse momento deve haver uma identificação
  de correlação entre os requisitos do produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz
                                      de Correlação
                                                         7

                                       Requisitos            4
                                       do Produto


               1     2                                       5                 3
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo




                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz                                     Consiste nos “quês”
                                      de Correlação
                                                         7

                                       Requisitos
                                       do Produto
                                                             4
                                                                                    O que os clientes esperam
                                                                                   que o produto faça
               1     2                                       5                 3


                                                                                    Utilidade do produto
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo




                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz                                     Pesos de cada um dos
                                      de Correlação
                                                         7
                                                                                   requisitos do cliente
                                       Requisitos            4
                                       do Produto


               1     2                                       5                 3
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo




                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz                                     Comparação do produto
                                      de Correlação
                                                         7
                                                                                   com os concorrentes
                                       Requisitos            4
                                       do Produto

                                                                                    Dá uma medida de posição
               1     2                                       5                 3
                                                                                   no mercado
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo




                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz                                     Refere-se ao produto
                                      de Correlação
                                                         7
                                                                                   atendendo o cliente
                                       Requisitos            4
                                       do Produto

                                                                                    São os “comos”
               1     2                                       5                 3
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo




                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz                                     São feitas as correlações
                                      de Correlação
                                                         7
                                                                                   entre “quês” e “comos”
                                       Requisitos            4
                                       do Produto

                                                                                    As relações podem existir
               1     2                                       5                 3
                                                                                   ou não
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo
                                                                                    Se existem, podem ser
                                                                                   fracas ou fortes

                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz                                     Essa quantificação formará
                                      de Correlação
                                                         7
                                                                                   o conjunto de especificações
                                       Requisitos
                                       do Produto
                                                             4
                                                                                   do produto em projeto
               1     2                                       5                 3
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo




                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
                                         Matriz                                     Relação existente entre os
                                      de Correlação
                                                         7
                                                                                   requisitos do produto
                                       Requisitos            4
                                       do Produto

                                                                                    Pode ser positiva ou
               1     2                                       5                 3
                                                                                   negativa
                   Importância




 Requisitos                             Matriz de                 Benchmark
dos Clientes                        Relacionamentos              Competitivo
                                                                                    Se negativa, cuidado deve-
                                                                                   se ter com os trade-offs

                                   Quantificação dos         6
                                 Requisitos do Produto
7 Definir especificações-meta do produto
 Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD
  (Quality Function Deployment)
 Comparação entre QFD e as atividades de
  Projeto informacional
N         Campo do QFD                Atividades de Projeto Informacional
1   Requisito dos clientes
2   Importância dos requisitos   Identificar requisitos dos clientes do produto
3   Benchmarking
4   Requisitos do produto
                                 Definir os requisitos do produto
5   Correlação entre (1) e (4)
    Valor-meta dos requisitos
6
    do produto                   Definir especicações-meta do produto
7   Correlação entre (7) e (7)
Projeto informacional
Macrofase de Desenvolvimento



      Universidade Federal da Paraíba
      Campus I – Centro de Tecnologia
      Curso de Graduação em Engenharia de Produção
      Prof. MSc. Marcel de Gois Pinto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produçãoPalestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Michelle Raimundo dos Santos
 
Gerenciamento de Projetos
Gerenciamento de ProjetosGerenciamento de Projetos
Gerenciamento de Projetos
Marcos Abreu
 
Modelagem e Simulação de Sistemas Produtivos
Modelagem e Simulação de Sistemas ProdutivosModelagem e Simulação de Sistemas Produtivos
Modelagem e Simulação de Sistemas Produtivos
Adeildo Telles
 
9 Projeto conceitual (parte 2)
9 Projeto conceitual (parte 2)9 Projeto conceitual (parte 2)
9 Projeto conceitual (parte 2)
Marcel Gois
 
Arranjos Físico
 Arranjos Físico Arranjos Físico
Arranjos Físico
Mário Lucas
 
Gerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetosGerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetos
Sandro H. Oliveira, MBA
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Mauro Sotille, MBA, PMP
 
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção
 
Gerenciamento dos Riscos em Projetos
Gerenciamento dos Riscos em ProjetosGerenciamento dos Riscos em Projetos
Gerenciamento dos Riscos em Projetos
Mauro Sotille, MBA, PMP
 
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
Marcel Gois
 
Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - Iniciação
Paulo Junior
 
Aula 4 - PDCA
Aula 4 - PDCAAula 4 - PDCA
Fundamentos da Gestão de Projetos
Fundamentos da Gestão de ProjetosFundamentos da Gestão de Projetos
Fundamentos da Gestão de Projetos
Sandro H. Oliveira, MBA
 
Planejamento De Projetos
Planejamento De ProjetosPlanejamento De Projetos
Planejamento De Projetos
Ricardo Martins Neves
 
Gerenciamento da Qualidade em Projetos
Gerenciamento da Qualidade em ProjetosGerenciamento da Qualidade em Projetos
Gerenciamento da Qualidade em Projetos
Cristiano Rodrigues Barcellos
 
PMBOK
PMBOKPMBOK
Gerenciamento de portfólio
Gerenciamento de portfólioGerenciamento de portfólio
Gerenciamento de portfólio
Fabricio Araújo
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
Mauro Sobrenome
 
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronogramaGerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção
 

Mais procurados (20)

Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produçãoPalestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
 
Gerenciamento de Projetos
Gerenciamento de ProjetosGerenciamento de Projetos
Gerenciamento de Projetos
 
Modelagem e Simulação de Sistemas Produtivos
Modelagem e Simulação de Sistemas ProdutivosModelagem e Simulação de Sistemas Produtivos
Modelagem e Simulação de Sistemas Produtivos
 
9 Projeto conceitual (parte 2)
9 Projeto conceitual (parte 2)9 Projeto conceitual (parte 2)
9 Projeto conceitual (parte 2)
 
Arranjos Físico
 Arranjos Físico Arranjos Físico
Arranjos Físico
 
Gerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetosGerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetos
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
 
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
 
Gerenciamento dos Riscos em Projetos
Gerenciamento dos Riscos em ProjetosGerenciamento dos Riscos em Projetos
Gerenciamento dos Riscos em Projetos
 
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
 
Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - Iniciação
 
Aula 4 - PDCA
Aula 4 - PDCAAula 4 - PDCA
Aula 4 - PDCA
 
Fundamentos da Gestão de Projetos
Fundamentos da Gestão de ProjetosFundamentos da Gestão de Projetos
Fundamentos da Gestão de Projetos
 
Planejamento De Projetos
Planejamento De ProjetosPlanejamento De Projetos
Planejamento De Projetos
 
Gerenciamento da Qualidade em Projetos
Gerenciamento da Qualidade em ProjetosGerenciamento da Qualidade em Projetos
Gerenciamento da Qualidade em Projetos
 
PMBOK
PMBOKPMBOK
PMBOK
 
Gerenciamento de portfólio
Gerenciamento de portfólioGerenciamento de portfólio
Gerenciamento de portfólio
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
 
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronogramaGerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
 
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
 

Destaque

01 Projetos - Indrodução
01 Projetos - Indrodução01 Projetos - Indrodução
01 Projetos - Indrodução
Freelancer - Projetos
 
Aula 6 - Projeto de Produto
Aula 6 - Projeto de ProdutoAula 6 - Projeto de Produto
Aula 6 - Projeto de Produto
Tiago Cruz
 
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de ProdutosModelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Marcel Gois
 
Projeto Informacional (parte 2)
Projeto Informacional (parte 2)Projeto Informacional (parte 2)
Projeto Informacional (parte 2)
Marcel Gois
 
A casa da qualidade
A casa da qualidadeA casa da qualidade
A casa da qualidade
marciaoengenharia
 
12 D LançAmento Do Produto
12 D   LançAmento Do Produto12 D   LançAmento Do Produto
12 D LançAmento Do Produto
Marcel Gois
 
7 IEP Engenharia Organizacional
7 IEP Engenharia Organizacional7 IEP Engenharia Organizacional
7 IEP Engenharia Organizacional
Marcel Gois
 
Unidade 4 - Projeto em gestão da produção
Unidade 4 - Projeto em gestão da produçãoUnidade 4 - Projeto em gestão da produção
Unidade 4 - Projeto em gestão da produção
Daniel Moura
 
Benchmarking: O que é e como fazer
Benchmarking: O que é e como fazerBenchmarking: O que é e como fazer
Benchmarking: O que é e como fazer
Mateada
 
Aula 4 - Projeto de Produto
Aula 4 - Projeto de ProdutoAula 4 - Projeto de Produto
Aula 4 - Projeto de Produto
Tiago Cruz
 
Desenvolvimento de novos produtos
Desenvolvimento de novos produtos Desenvolvimento de novos produtos
Desenvolvimento de novos produtos
Franciely Charleaux
 
Gestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtos
Gestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtosGestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtos
Gestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtos
Professor Sérgio Duarte
 
MODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André FélixMODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André Félix
Neca Boullosa
 

Destaque (13)

01 Projetos - Indrodução
01 Projetos - Indrodução01 Projetos - Indrodução
01 Projetos - Indrodução
 
Aula 6 - Projeto de Produto
Aula 6 - Projeto de ProdutoAula 6 - Projeto de Produto
Aula 6 - Projeto de Produto
 
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de ProdutosModelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
 
Projeto Informacional (parte 2)
Projeto Informacional (parte 2)Projeto Informacional (parte 2)
Projeto Informacional (parte 2)
 
A casa da qualidade
A casa da qualidadeA casa da qualidade
A casa da qualidade
 
12 D LançAmento Do Produto
12 D   LançAmento Do Produto12 D   LançAmento Do Produto
12 D LançAmento Do Produto
 
7 IEP Engenharia Organizacional
7 IEP Engenharia Organizacional7 IEP Engenharia Organizacional
7 IEP Engenharia Organizacional
 
Unidade 4 - Projeto em gestão da produção
Unidade 4 - Projeto em gestão da produçãoUnidade 4 - Projeto em gestão da produção
Unidade 4 - Projeto em gestão da produção
 
Benchmarking: O que é e como fazer
Benchmarking: O que é e como fazerBenchmarking: O que é e como fazer
Benchmarking: O que é e como fazer
 
Aula 4 - Projeto de Produto
Aula 4 - Projeto de ProdutoAula 4 - Projeto de Produto
Aula 4 - Projeto de Produto
 
Desenvolvimento de novos produtos
Desenvolvimento de novos produtos Desenvolvimento de novos produtos
Desenvolvimento de novos produtos
 
Gestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtos
Gestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtosGestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtos
Gestão e Desenvolvimento de Produto - Desenvolvimento de novos produtos
 
MODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André FélixMODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André Félix
 

Semelhante a Projeto Informacional

6 -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd
6  -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd6  -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd
6 -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd
Andrea Oliveira
 
Proj informacional cap06
Proj informacional cap06Proj informacional cap06
Proj informacional cap06
Edmilson Lima, Me.
 
Planejamento do Projeto
Planejamento do ProjetoPlanejamento do Projeto
Planejamento do Projeto
Marcel Gois
 
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROOElaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Jeovan Figueiredo
 
Elaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGRElaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGR
Jeovan Figueiredo
 
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por ProcessosApresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Leo Madeira
 
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPCApresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Leo Madeira
 
Gestão de Operações
Gestão de OperaçõesGestão de Operações
Gestão de Operações
Wilian Gatti Jr
 
II PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETO
II PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETOII PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETO
II PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETO
Thays J. Perassoli Boiko
 
Elaboração de Projetos Inovadores
Elaboração de Projetos InovadoresElaboração de Projetos Inovadores
Elaboração de Projetos Inovadores
Portal Inovação UFMS
 
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de NegóciosT@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
Targettrust
 
Apresentação PF
Apresentação PFApresentação PF
Apresentação PF
camilats
 
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTMWorkshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTM
tiuberaba
 
Um processo de inovação contínua de software baseado em prototipagem
Um processo de inovação contínua de software baseado em prototipagemUm processo de inovação contínua de software baseado em prototipagem
Um processo de inovação contínua de software baseado em prototipagem
Carlos Carvalho
 
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Ueliton da Costa Leonidio
 
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMIO Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
Mauro Sotille, MBA, PMP
 
04 escopo pitagoras
04 escopo    pitagoras04 escopo    pitagoras
04 escopo pitagoras
fernandao777
 
Apresentação da Dissertação
Apresentação da DissertaçãoApresentação da Dissertação
Apresentação da Dissertação
Marcel Gois
 
Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1
Nicholas Uchoa
 
13 PóS D Acompanhar Produto E Processo
13 PóS D   Acompanhar Produto E Processo13 PóS D   Acompanhar Produto E Processo
13 PóS D Acompanhar Produto E Processo
Marcel Gois
 

Semelhante a Projeto Informacional (20)

6 -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd
6  -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd6  -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd
6 -capitulo_-_gest_o_desenvolvimento_produto__informacional_qfd
 
Proj informacional cap06
Proj informacional cap06Proj informacional cap06
Proj informacional cap06
 
Planejamento do Projeto
Planejamento do ProjetoPlanejamento do Projeto
Planejamento do Projeto
 
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROOElaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
 
Elaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGRElaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGR
 
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por ProcessosApresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por Processos
 
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPCApresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
 
Gestão de Operações
Gestão de OperaçõesGestão de Operações
Gestão de Operações
 
II PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETO
II PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETOII PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETO
II PROJETOS - iv. PLANEJAMENTO DO PROJETO
 
Elaboração de Projetos Inovadores
Elaboração de Projetos InovadoresElaboração de Projetos Inovadores
Elaboração de Projetos Inovadores
 
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de NegóciosT@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
 
Apresentação PF
Apresentação PFApresentação PF
Apresentação PF
 
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTMWorkshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTM
 
Um processo de inovação contínua de software baseado em prototipagem
Um processo de inovação contínua de software baseado em prototipagemUm processo de inovação contínua de software baseado em prototipagem
Um processo de inovação contínua de software baseado em prototipagem
 
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
 
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMIO Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
 
04 escopo pitagoras
04 escopo    pitagoras04 escopo    pitagoras
04 escopo pitagoras
 
Apresentação da Dissertação
Apresentação da DissertaçãoApresentação da Dissertação
Apresentação da Dissertação
 
Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1
 
13 PóS D Acompanhar Produto E Processo
13 PóS D   Acompanhar Produto E Processo13 PóS D   Acompanhar Produto E Processo
13 PóS D Acompanhar Produto E Processo
 

Mais de Marcel Gois

05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf
05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf
05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf
Marcel Gois
 
04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf
04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf
04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf
Marcel Gois
 
05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf
05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf
05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf
Marcel Gois
 
04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf
04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf
04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf
Marcel Gois
 
07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf
07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf
07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf
Marcel Gois
 
04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf
04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf
04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf
Marcel Gois
 
06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf
06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf
06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf
Marcel Gois
 
04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf
04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf
04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf
Marcel Gois
 
05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf
05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf
05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf
Marcel Gois
 
03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf
03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf
03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf
Marcel Gois
 
03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf
03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf
03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf
Marcel Gois
 
02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf
02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf
02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf
Marcel Gois
 
02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf
02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf
02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf
Marcel Gois
 
01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf
01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf
01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf
Marcel Gois
 
00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf
00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf
00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf
Marcel Gois
 
Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...
Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...
Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...
Marcel Gois
 
Projeto do Curso - Engenharia de Produção Mecânica
Projeto do Curso - Engenharia de Produção MecânicaProjeto do Curso - Engenharia de Produção Mecânica
Projeto do Curso - Engenharia de Produção Mecânica
Marcel Gois
 
5 IEP - Engenharia da Qualidade
5 IEP - Engenharia da Qualidade5 IEP - Engenharia da Qualidade
5 IEP - Engenharia da Qualidade
Marcel Gois
 
6 IEP Engenharia do Produto
6 IEP Engenharia do Produto6 IEP Engenharia do Produto
6 IEP Engenharia do Produto
Marcel Gois
 
5 PPP - Planejamento do Projeto
5 PPP - Planejamento do Projeto5 PPP - Planejamento do Projeto
5 PPP - Planejamento do Projeto
Marcel Gois
 

Mais de Marcel Gois (20)

05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf
05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf
05.2 PRODUTO - Definição - Funções de Interação.pdf
 
04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf
04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf
04.2 PRODUTO - Descoberta - Caracterização dos Usuários.pdf
 
05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf
05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf
05.3 PRODUTO - Definição - Alternativas e Arquitetura.pdf
 
04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf
04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf
04.1 PRODUTO - Descoberta - Definição de Funções.pdf
 
07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf
07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf
07 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Distribuição.pdf
 
04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf
04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf
04.3 PRODUTO - Descoberta - Análise de produtos conexos.pdf
 
06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf
06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf
06 PRODUTO - Modelo de Concepção de PA - Desenvolvimeto.pdf
 
04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf
04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf
04.4 PRODUTO - Descoberta - Contexto de utilização.pdf
 
05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf
05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf
05.1 PRODUTO - Definição - Modelagem Funcional - Técnica.pdf
 
03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf
03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf
03.1 PRODUTO - Gerenciamento de Projetos.pdf
 
03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf
03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf
03 PRODUTO - Modelagem de Processos - Princípios de Concepção.pdf
 
02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf
02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf
02 PRODUTO - Processo de Concepção de Produtos.pdf
 
02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf
02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf
02.1 PRODUTO - As pessoas com deficiência e a concepção de produtos.pdf
 
01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf
01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf
01 PRODUTO - Produto-Serviço - PA - Sucesso e Abandono.pdf
 
00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf
00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf
00 PRODUTO - Apresentação da disciplina.pdf
 
Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...
Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...
Design for disability: Integration of human factor for the design of an elect...
 
Projeto do Curso - Engenharia de Produção Mecânica
Projeto do Curso - Engenharia de Produção MecânicaProjeto do Curso - Engenharia de Produção Mecânica
Projeto do Curso - Engenharia de Produção Mecânica
 
5 IEP - Engenharia da Qualidade
5 IEP - Engenharia da Qualidade5 IEP - Engenharia da Qualidade
5 IEP - Engenharia da Qualidade
 
6 IEP Engenharia do Produto
6 IEP Engenharia do Produto6 IEP Engenharia do Produto
6 IEP Engenharia do Produto
 
5 PPP - Planejamento do Projeto
5 PPP - Planejamento do Projeto5 PPP - Planejamento do Projeto
5 PPP - Planejamento do Projeto
 

Projeto Informacional

  • 1. Projeto informacional Macrofase de Desenvolvimento Universidade Federal da Paraíba Campus I – Centro de Tecnologia Curso de Graduação em Engenharia de Produção Prof. MSc. Marcel de Gois Pinto
  • 2. Até o presente momento foi visto que...
  • 3. Até o presente momento foi visto que...  Durante o pré-desenvolvimento, são realizados
  • 4. Até o presente momento foi visto que  Durante o pré-desenvolvimento, são realizados Pré PE dos Produtos Gates >> Planejamento Projeto
  • 5. Até o presente momento foi visto que  Durante o pré-desenvolvimento, são realizados Pré PE dos Produtos Gates >> Planejamento Projeto
  • 6. Até o presente momento foi visto que  Durante o pré-desenvolvimento, são realizados Pré Entrada PE dos Produtos  Planejamento estratégico da corporação Gates >>  Plano estratégico da unidade de Planejamento negócios Projeto Saída  Portfólio de produtos (conjunto)  Minuta de projeto (individualizada)
  • 7. Até o presente momento foi visto que  Durante o pré-desenvolvimento, são realizados Pré PE dos Produtos Gates >> Planejamento Projeto
  • 8. Até o presente momento foi visto que  Durante o pré-desenvolvimento, são realizados Pré Entrada PE dos Produtos  Portfólio de produtos (conjunto) Gates >>  Minuta de projeto (individualizada) Planejamento Saída Project charter Projeto  Plano do projeto Declarações de escopo Estimativas de custo, prazos... Plano de gestão do projeto
  • 9. 1 O que é o projeto informacional
  • 10. 1 O que é o projeto informacional  O objetivo deste é, a partir das informações até o momento coletadas, desenvolver
  • 11. 1 O que é o projeto informacional  O objetivo deste é, a partir das informações até o momento coletadas, desenvolver  Orientam a geração de soluções  São a base para que se montem os critérios de avaliação INFORMAÇÕES-META  Orientam a tomada de decisão  Buscam o entendimento claro e completo do problema a ser enfrentado
  • 12. 1 O que é o projeto informacional  Envolve as seguintes atividades
  • 13. 1 O que é o projeto informacional  Envolve as seguintes atividades Atualizar o Plano do Projeto Informacional Idéia do produto Revisar e atualizar o escopo do produto Detalhar ciclo de vida e definir clientes Identificar os requisitos Projeto dos clientes do produto Informacional Definir requisitos do produto Definir especificações Especificações-Meta meta  Requisitos com valores meta  Informações adicionais qualitativas Monitorar viabilidade econômica
  • 14. 1 O que é o projeto informacional  Envolve as seguintes atividades Atualizar o Plano do Projeto Informacional Idéia do produto Revisar e atualizar o escopo do produto Detalhar ciclo de vida e definir clientes Identificar os requisitos Projeto dos clientes do produto Informacional Definir requisitos do produto Definir especificações Especificações-Meta meta  Requisitos com valores meta  Informações adicionais qualitativas Monitorar viabilidade econômica
  • 15. 2 Atualizar o Plano do Projeto Informacional
  • 16. 2 Atualizar o Plano do Projeto Informacional  Analisar o plano de projeto atual  Analisar e sintetizar as novas condições para a realização do projeto  Atualizar e detalhar o escopo do projeto  Atualizar e detalhar as, atividades, os responsáveis, os prazos e o cronograma  Atualizar e detalhar recursos necessários  Atualizar estimativa de orçamento do projeto
  • 17. 2 Atualizar o Plano do Projeto Informacional  Atualizar, monitorar, valorar e definir novos indicadores de desempenho  Analisar a viabilidade econômico-financeira do projeto  Avaliar novos riscos  Atualizar plano de comunicação  Planejar, atualizar e preparar novas aquisições e atualizar os critérios de passagem dos gates
  • 18. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto
  • 19. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades
  • 20. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades Análise do problema de projeto Analisar tecnologias disponíveis Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 21. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades Análise do problema de projeto Analisar tecnologias disponíveis Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 22. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades  O escopo do produto contém os Análise do problema de projeto objetivos e restrições?  O escopo contém informações Analisar tecnologias disponíveis adicionais necessárias para a busca de novas informações mais Pesquisar padrões, normas, patentes detalhadas?  Rever e detalhar informações do Pesquisar concorrentes similares planejamento estratégico: volume, desejos dos clientes etc.  Informações sobre componente, materiais, fornecedores
  • 23. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades Análise do problema de projeto Analisar tecnologias disponíveis Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 24. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades  Rever informações do PE de Análise do problema de projeto produtos  Continuidade da vigilância Analisar tecnologias disponíveis tecnológica  Novas pesquisas para Pesquisar padrões, normas, patentes complementar e aprofundar conhecimentos Pesquisar concorrentes similares  Considerar também tecnologias de produção
  • 25. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades Análise do problema de projeto Analisar tecnologias disponíveis Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 26. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades  Garantir atendimento a Análise do problema de projeto dispositivos legais  Identificar aquilo que é Analisar tecnologias disponíveis protegido legalmente Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 27. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades Análise do problema de projeto Analisar tecnologias disponíveis Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 28. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades  Tipicamente identificada com a Análise do problema de projeto engenharia reversa Analisar tecnologias disponíveis Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 29. 3 Revisar e atualizar o escopo do produto  Consiste na realização das seguintes atividades  Relaciona-se, também, com a Análise do problema de projeto identificação de oportunidades Analisar tecnologias disponíveis Pesquisar padrões, normas, patentes Pesquisar concorrentes similares
  • 30. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes
  • 31. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  O ciclo de vida fornece uma definição gráfica da história do produto
  • 32. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  O ciclo de vida fornece uma definição gráfica da história do produto Desenvolvimento Lançamento Crescimento Maturidade Declínio Vendas Vendas Fluxo de caixa Lucro Tempo
  • 33. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  O ciclo de vida fornece uma definição gráfica da história do produto Desenvolvimento Lançamento Crescimento Maturidade Declínio Vendas Vendas Fluxo de caixa Lucro Tempo Clientes “inovadores”
  • 34. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  O ciclo de vida fornece uma definição gráfica da história do produto Desenvolvimento Lançamento Crescimento Maturidade Declínio Vendas Vendas Fluxo de caixa Lucro Tempo “Prontos adotadores”
  • 35. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  O ciclo de vida fornece uma definição gráfica da história do produto Desenvolvimento Lançamento Crescimento Maturidade Declínio Vendas Vendas Fluxo de caixa Lucro Tempo Clientes tipo “Maioria inicial”
  • 36. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  O ciclo de vida fornece uma definição gráfica da história do produto Desenvolvimento Lançamento Crescimento Maturidade Declínio Vendas Vendas Fluxo de caixa Lucro Tempo Clientes fiéis
  • 37. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  Modelo de ciclo de vida em espiral
  • 38. 4 Detalhar ciclo de vida e definir clientes  Modelo de ciclo de vida em espiral Projeto Descarte Projeto Conceitual Projeto Detalhado Desativação/ Especificações Reciclagem meta Fabricação Escopo do produto Montagem e Manutenção Embalagem Setores e Consumo Setores Produtivos (Clientes externos) (Clientes internos) Armazenagem Função Uso Transporte Pré- Desenvolvimento Compra Venda Projeto Setores de Mercado Informacional (Clientes intemediários)
  • 39. 5 Identificar os requisitos do cliente
  • 40. 5 Identificar os requisitos do cliente  Podem analisador com o diagrama de Kano
  • 41. 5 Identificar os requisitos do cliente  Podem analisador com o diagrama de Kano Cliente satisfeito excitação Desempenho Desempenho Pobre Excelente básico Cliente insatisfeito
  • 42. 5 Identificar os requisitos do cliente  Podem analisador com o diagrama de Kano Cliente satisfeito excitação Desempenho Desempenho Pobre Excelente básico O cliente não verbaliza, mas se faltar ele ficará insatisfeito Cliente insatisfeito
  • 43. 5 Identificar os requisitos do cliente  Podem analisador com o diagrama de Kano Cliente satisfeito O cliente não esperava, é surpreendido excitação Desempenho Desempenho Pobre Excelente básico O cliente não verbaliza, mas se faltar ele ficará insatisfeito Cliente insatisfeito
  • 44. 5 Identificar os requisitos do cliente  Podem analisador com o diagrama de Kano Cliente satisfeito Quanto maior o desempenho, maior a O cliente não satisfação esperava, é surpreendido excitação Desempenho Desempenho Pobre Excelente básico O cliente não verbaliza, mas se faltar ele ficará insatisfeito Cliente insatisfeito
  • 45. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas
  • 46. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Identificar necessidades Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 47. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Identificar necessidades Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 48. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Geralmente são linguísticas Identificar necessidades Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 49. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Geralmente são linguísticas Identificar necessidades  Saudável Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 50. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Geralmente são linguísticas Identificar necessidades  Fácil de manusear Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 51. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Geralmente são linguísticas Identificar necessidades  Ser um combo (muitas funções) Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 52. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Geralmente são linguísticas Identificar necessidades  Fácil de abrir Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 53. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Os métodos para ter essas informações Identificar necessidades são os mesmos do PE de produtos Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 54. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Os métodos para ter essas informações Identificar necessidades são os mesmos do PE de produtos  Listas de verificação, enquetes Agrupá-las e classificá-las  Observação direta Definir requisitos  Grupos de foco Valorar os requisitos  Experimentos controlados
  • 55. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas  Identifica similaridades Identificar necessidades  Agrupa similaridades Agrupá-las e classificá-las  Elimina repetições Definir requisitos  Elimina necessidades sem relevância Valorar os requisitos
  • 56. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Necessidades identificadas são escritas em Identificar necessidades requisitos  Desempenho funcional Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 57. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Necessidades identificadas são escritas em Identificar necessidades requisitos  Fatores humanos Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 58. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Necessidades identificadas são escritas em Identificar necessidades requisitos  Confiabilidade Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 59. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas Necessidades identificadas são escritas em Identificar necessidades requisitos  Ecologicamente correto Agrupá-las e classificá-las Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 60. 5 Identificar os requisitos do cliente  A ideia por trás desta análise é identificar necessidades que surpreendam os clientes  Atividades a serem realizadas  Os diferentes requisitos são valorados Identificar necessidades  Isto significa atribuir pesos com Agrupá-las e classificá-las relação à sua importância  Fase de julgamento (subjetiva) Definir requisitos Valorar os requisitos
  • 61. 6 Definir os requisitos do produto  Definidos os requisitos do produto, deve-se verificar se atendem os requisitos dos clientes  No exemplo anterior, qual requisito definido levava a uma impressora mais fácil de instalar? Plug and Play
  • 62. 6 Definir os requisitos do produto  Os requisitos do cliente já definidos ainda não têm características mensuráveis do produto  Deve-se buscar agora uma linguagem técnica de engenharia (dizer em números) Requisito do cliente Requisito do produto  Quantidade de portas  Conexão universal  Drivers na internet  Plug and play Fácil instalação  Software tutorial
  • 63. 7 Definir especificações-meta do produto  São parâmetros quantitativos e mensuráveis que o produto projetado deverá ter  Além de unidades, deverão haver valores-meta  Nesse momento deve haver uma identificação de correlação entre os requisitos do produto
  • 64. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz de Correlação 7 Requisitos 4 do Produto 1 2 5 3 Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 65. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz  Consiste nos “quês” de Correlação 7 Requisitos do Produto 4  O que os clientes esperam que o produto faça 1 2 5 3  Utilidade do produto Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 66. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz  Pesos de cada um dos de Correlação 7 requisitos do cliente Requisitos 4 do Produto 1 2 5 3 Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 67. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz  Comparação do produto de Correlação 7 com os concorrentes Requisitos 4 do Produto  Dá uma medida de posição 1 2 5 3 no mercado Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 68. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz  Refere-se ao produto de Correlação 7 atendendo o cliente Requisitos 4 do Produto  São os “comos” 1 2 5 3 Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 69. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz  São feitas as correlações de Correlação 7 entre “quês” e “comos” Requisitos 4 do Produto  As relações podem existir 1 2 5 3 ou não Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo  Se existem, podem ser fracas ou fortes Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 70. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz  Essa quantificação formará de Correlação 7 o conjunto de especificações Requisitos do Produto 4 do produto em projeto 1 2 5 3 Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 71. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment) Matriz  Relação existente entre os de Correlação 7 requisitos do produto Requisitos 4 do Produto  Pode ser positiva ou 1 2 5 3 negativa Importância Requisitos Matriz de Benchmark dos Clientes Relacionamentos Competitivo  Se negativa, cuidado deve- se ter com os trade-offs Quantificação dos 6 Requisitos do Produto
  • 72. 7 Definir especificações-meta do produto  Uma das técnicas mais conhecidas é o QFD (Quality Function Deployment)  Comparação entre QFD e as atividades de Projeto informacional N Campo do QFD Atividades de Projeto Informacional 1 Requisito dos clientes 2 Importância dos requisitos Identificar requisitos dos clientes do produto 3 Benchmarking 4 Requisitos do produto Definir os requisitos do produto 5 Correlação entre (1) e (4) Valor-meta dos requisitos 6 do produto Definir especicações-meta do produto 7 Correlação entre (7) e (7)
  • 73. Projeto informacional Macrofase de Desenvolvimento Universidade Federal da Paraíba Campus I – Centro de Tecnologia Curso de Graduação em Engenharia de Produção Prof. MSc. Marcel de Gois Pinto