SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
3ª edição da conferência Gestão por
Processos


Retomada “Process Initiatives”
         “Process

Janeiro, 2010
Agenda:

ü Siemens no Brasil

ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens
  Process Framework)
ü Projeto em Andamento
ü Garantia da Sustentabilidade
Brazil – leading position and more than 100-year history


                                           Overview Overview 2008
                                                    of fiscal 2008

                                             Revenue (in millions of euros)     1,700
                                             Employees                          9,000
                                             Regional offices                         12
Headquarters
Regional offices                             R&D centers                               6
R&D centers
Manufacturing facilities
                                             Facilities                               11

                           Modernizing the country's infrastructure
                           § Siemens equipment and systems are responsible for 50%
                             of the electrical power generated in Brazil
                           § Siemens Brazil is growing 4 times faster than the national
                             GDP nearly all its businesses are in No. 1 or No. 2 market
                             positions
                           § Siemens Industrial Solutions is present in every major
                             industrial facility in Brazil
Sectors and Divisions: Industry


                                      Sectors
          Industry                    Energy                    Healthcare
 Divisions                   Divisions                     Divisions
 §   Drive Technologies      §   Fossil Power Generation   § Imaging & IT
 §   Industry Automation     §   Renewable Energy          § Workflow & Solutions
 §   Building Technologies   §   Oil & Gas                 § Diagnostics
 §   Mobility                §   Energy Service
 §   Lighting (OSRAM)        §   Power Transmission
 §   Industry Solutions      §   Power Distribution
Agenda:

ü Siemens no Brasil

ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens
  Process Framework)
ü Projeto em Andamento
ü Garantia da Sustentabilidade
Retomada “Process Initiatives”
Proposta Inicial para o nível estratégico
• Objetivo: Retomar as ações “Process Initiative”, buscando a excelência
  dos processos de negócios, conforme práticas de BPM (Business
  Process Management) para Industry Sector alinhando aos padrões,
  políticas, e regras do “Process Management Implementation Guide” e a
  “Reference Process House – RPH.

• Desafios: Definir forma de atuação voltada ao BPM
 - Implementar o SPF (Siemens Process Framework) para as Divisions
 do Industry Sector
 - Avaliar sinergias e possibilidade de otimização de infra-estrutura
 - Fazer a atualização dos processos na RPH (Dynamic Process World)
 - Criar Indicadores de desempenho conforme “Metrics KPI Mandatory”
 para gerir o desempenho dos processos após a iniciativas de BPM
 - Criar os Mapas Estratégicos com os objetivos e iniciativas estratégicas
 da INDUSTRY conforme Planejamento Estratégico
Workshop Gestão Por Processos & SGQ
Programa Mundial ( Reference Process House)
Workshop Gestão Por Processos & SGQ
Conscientização nível tático
 Workshop Gestão Por Processos

 OBJETIVO:

 üCompreender o conceito da gestão voltada a processos (quebra de
 paradigma);
 ü Buscar comprometimento e motivação dos colaboradores por meio da
 interatividade;
 ü Criar um clima organizacional adequado para a transformação;
 ü Mostrar de que forma podemos atingir objetivos de performance
 (rentabilidade), através da melhoria dos processos internos;
 ü Comunicar como será a evolução do projeto.
 .
Workshop Gestão Por Processos & SGQ
Alinhamento a Estratégia
           Passo – a – Passo do Approach para Gestão Por Processos & SGQ
1                    2                 3                  4
Consolidação dos         Análise de Potencial &   Avaliação do Custo x    Implementação /
Processos Estratégicos   Esforço para melhorias   Benefício               Revisão




• Consolidação do        • Análise de             • Análise de           • Mapeamento dos
  Planejamento             Potencial dos            Benefícios             processos
  Estratégico e            processos                (Qualidade /         • Acompanhamento
  demais Iniciativas     • Análise do Esforço       tempo / custo)         dos milestones do
• Avaliação de             requerido para         • Comparação do          projeto
  quais processos          implementação            custo x benefício    • Definição e
  possuem maior          • Definição do           • Definição do           Monitoramento de
  impacto para             Portfólio de             portfólio de           KPIs
  atendimento dos          Processos                projetos
  objetivos                                                              • Inserção dos KPI
  estratégicos           • Elaboração da          • Elaboração dos         no BSC
                           proposta de              roadmaps dos         • Documentação da
                           implementação            projetos.              Qualidade
Agenda:

ü Siemens no Brasil

ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens
  Process Framework)
ü Projeto em Andamento
ü Garantia da Sustentabilidade
Metodologia Utilizada

                    Este modelo permite determinar acordos de níveis de
                    serviço entre as áreas clientes, implementar
                    indicadores e facilitar a gestão do desempenho dos
                    processos.
Etapas do Trabalho
 1 – Mapeamento da Situação atual
 Todos os processo de negócios até o primeiro nível de atividades foram
 mapeados e validados parcialmente, contemplando papéis e                 2- Requisitos do
 responsabilidades, entradas e saídas e interface com demais processos
                                                                          Negócio
Macro-
Macro-Processos                        Sub-
                                       Sub-Processos
                                                                          Definir quais são os
                                                                          requisitos de negócios
                                                                          para o processos,
                                                                          bem como suas
                                                                          métricas atuais de
                                                                          desempenho e
                                                                          objetivos estratégicos
                                                                          futuros. Incluir
                                                                          também as
Processos                              Atividades                         expectativas dos
                                                                          clientes e sua visão de
                                                                          valor agregado.
Etapas do Trabalho
3- Elaboração questionário para                                                                                                           5 – Roadmap de Melhoria
identificação de Requisitos do Negócio
                  Roadmap: Desempenho de Processos
  Processo :                   Sub-Processo :               Descrição Sub-Processo :
 PLM                             Product Portfolio           Adquirir e avaliar idéias de produtos (tendências, cenários,
                                 Management
                                                             benchmark e viabilidade de idéias de novos produtos etc.)
 Alavancador :                                               Descrição :

                  Avaliar os mercados                                  Avaliar os mercados (informação sobre mercados,
                                                                                 concorrentes, demandas etc.)
     Substandard                                Standard                           Professional                 World Class
 Existem práticas de coleta de           Para os processos                    Para os processos             Para todos os processos são
 informações interna e                   estratégicos, são obtidas,           estratégicos, são obtidas,    obtidas, analisadas,
 externamente.                           analisadas e aplicadas               analisadas, aplicadas e       aplicadas e mantidas
                                         informações comparativas no          mantidas atualizadas as       atualizadas as informações
                                         sentido de garantir o                informações comparativas no   comparativas no sentido de
                                         atingimento das metas                sentido de garantir o         garantir a superação das
                                         internas.                            atingimento das metas         metas internas e o
                                                                              internas.                     atingimento da performance
                                                                                                            do Benchmark analisado.




                                                                                                                                          6 – Plano de Ações
4- Aplicação de Pesquisa Interna /
Externa

    Ø Unidades de Negócio
    Ø Áreas centrais
    Ø Parceiro de Negócio
    Ø Clientes Estratégicos
                                                                                                                                          7 – Mediação dos Resultados
    ØAuto-avaliação
Conquistas e Desafios

              Conquistas                              Desafios
ü Visão sistêmica por parte do nosso   ü Ampliar a visão sistêmica para o
  depto.                                 grupo.

ü Benchmarking entre as áreas de       ü Implementar divulgação de best
  negócios.                              practices.

ü Interação entre áreas de suporte e   ü Fortalecer o modelo colaborativo.
  negócios.

ü Conscientização necessidade de       ü Implementar SLAs e Indicadores
  medição.                               (KPIs).

ü Identificação de papéis /            ü Revisar papéis e responsabilidades.
  responsabilidades.
Agenda:

ü Siemens no Brasil

ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens
  Process Framework)
ü Projeto em Andamento
ü Garantia da Sustentabilidade
Oportunidades para FY10
Programa Cultura de Excelência
Programa Cultura de Excelência
Transformando para ser EXCELENTE
O Programa terá como objetivo:

ü Fortalecer a cultura de excelência dentro da Industria, focando em
  pessoas como agentes de mudança dentro de suas áreas.

ü Buscar o engajamento da organização na melhoria contínua dos
  processos através de um programa estruturado com resultados visíveis
  de médio e longo prazo.

ü Eliminação de redundâncias e desperdícios mais evidentes. (primeira
  fonte de ganhos imediatos)

ü Identificação de oportunidades de melhorias em processos prioritários
  conforme requisitos dos clientes.

ü Aplicação de ferramentas da qualidade para melhorias. (eficiência,
  redução de erros, etc)
Programa Cultura de Excelência


Onde queremos chegar...


ü Ser um setor reconhecido por Excelência na qual clientes, empregados e

  acionistas percebem valor.

ü Mostrar que o significado de Excelência vai além de lucro, significa clientes

  satisfeitos, menor índice de desperdício, qualidade de vida de nossos

  empregados e principalmente perpetuidade do negócio.

ü Excelência é fazer mais e melhor, com o mínimo de recursos e o máximo de

  atenção aos nossos clientes e parceiros de negócio.
Obrigado!
Leonardo Madeira
Siemens - Industry Sector
Tel: 11 3908-3589
Mobile: 11 9984-1721
leonardo.madeira@siemens.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010
fnimer
 
Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico
Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico
Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico
Grupo Treinar
 
Modelo De Gestao Por Processos Anatel
Modelo De Gestao Por Processos AnatelModelo De Gestao Por Processos Anatel
Modelo De Gestao Por Processos Anatel
Eduardo Rocha
 

Mais procurados (17)

Processos
ProcessosProcessos
Processos
 
Mapeamento BPM
Mapeamento BPMMapeamento BPM
Mapeamento BPM
 
Conceitos Ae
Conceitos AeConceitos Ae
Conceitos Ae
 
Processos on line aula 01
Processos   on line  aula 01Processos   on line  aula 01
Processos on line aula 01
 
Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010
 
Apresentação JMC LOGÍSTICA.som
Apresentação JMC LOGÍSTICA.somApresentação JMC LOGÍSTICA.som
Apresentação JMC LOGÍSTICA.som
 
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
 
O Modelo mps.Br
O Modelo mps.BrO Modelo mps.Br
O Modelo mps.Br
 
Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico
Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico
Curso Balanced Scorecard como Ferramenta para o Planejamento Estrategico
 
O modelo SCOR
O modelo SCORO modelo SCOR
O modelo SCOR
 
Portuguese CV
Portuguese CVPortuguese CV
Portuguese CV
 
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
 
Slides MPS-BR
Slides MPS-BRSlides MPS-BR
Slides MPS-BR
 
Modelo De Gestao Por Processos Anatel
Modelo De Gestao Por Processos AnatelModelo De Gestao Por Processos Anatel
Modelo De Gestao Por Processos Anatel
 
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a PráticaGerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
 
Manual ou Metodologia para Modelagem de Processos Usando Business Process Man...
Manual ou Metodologia para Modelagem de Processos Usando Business Process Man...Manual ou Metodologia para Modelagem de Processos Usando Business Process Man...
Manual ou Metodologia para Modelagem de Processos Usando Business Process Man...
 
BPM e Reengenharia de Processos
BPM e Reengenharia de ProcessosBPM e Reengenharia de Processos
BPM e Reengenharia de Processos
 

Semelhante a Apresentação no congresso Gestão por Processos

Introduçãoao gestão de projetos
Introduçãoao gestão de projetosIntroduçãoao gestão de projetos
Introduçãoao gestão de projetos
Marvinza
 
Modelos E Ferramentas Para A GovernançA Em Tic
Modelos E Ferramentas Para A GovernançA Em TicModelos E Ferramentas Para A GovernançA Em Tic
Modelos E Ferramentas Para A GovernançA Em Tic
guest10d13ab
 
ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!
ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!
ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!
sagwi
 
Aguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pf
Aguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pfAguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pf
Aguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pf
Agenor Barbosa
 
3ª conferência medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...
3ª conferência   medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...3ª conferência   medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...
3ª conferência medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...
Agenor Barbosa
 

Semelhante a Apresentação no congresso Gestão por Processos (20)

Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasAula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
 
Goal-Driven Software Process
Goal-Driven Software ProcessGoal-Driven Software Process
Goal-Driven Software Process
 
FB Consulting & Training
FB Consulting & TrainingFB Consulting & Training
FB Consulting & Training
 
ApresentaçãO IntegraçãO Bpm E Itil Formato Residencia
ApresentaçãO IntegraçãO Bpm E Itil   Formato ResidenciaApresentaçãO IntegraçãO Bpm E Itil   Formato Residencia
ApresentaçãO IntegraçãO Bpm E Itil Formato Residencia
 
TOGAF em Ação
TOGAF em AçãoTOGAF em Ação
TOGAF em Ação
 
Adding value through Program Management
Adding value through Program ManagementAdding value through Program Management
Adding value through Program Management
 
TCC - "Sistema Automático de Medição do Diâmetro Interno de Rotores Via Calib...
TCC - "Sistema Automático de Medição do Diâmetro Interno de Rotores Via Calib...TCC - "Sistema Automático de Medição do Diâmetro Interno de Rotores Via Calib...
TCC - "Sistema Automático de Medição do Diâmetro Interno de Rotores Via Calib...
 
Introduçãoao gestão de projetos
Introduçãoao gestão de projetosIntroduçãoao gestão de projetos
Introduçãoao gestão de projetos
 
Apresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta ConsultoriaApresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta Consultoria
 
CMMI aula1
CMMI aula1CMMI aula1
CMMI aula1
 
Pós-Graduação Faculdades SENAI
Pós-Graduação Faculdades SENAIPós-Graduação Faculdades SENAI
Pós-Graduação Faculdades SENAI
 
Black Belts Programa 2010
Black Belts Programa 2010Black Belts Programa 2010
Black Belts Programa 2010
 
CMM – Capability Maturity Model
CMM – Capability Maturity Model CMM – Capability Maturity Model
CMM – Capability Maturity Model
 
Modelos E Ferramentas Para A GovernançA Em Tic
Modelos E Ferramentas Para A GovernançA Em TicModelos E Ferramentas Para A GovernançA Em Tic
Modelos E Ferramentas Para A GovernançA Em Tic
 
Cases PATH - 2012
Cases PATH - 2012Cases PATH - 2012
Cases PATH - 2012
 
ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!
ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!
ARE3 Consulting - Thinking beyond it!!
 
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
 
Aguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pf
Aguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pfAguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pf
Aguiar baklizky-modelos de-negocio_baseados_em_pf
 
3ª conferência medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...
3ª conferência   medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...3ª conferência   medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...
3ª conferência medindo software no mercado brasileiro - a experiência da ti...
 
Governança de ti
Governança de tiGovernança de ti
Governança de ti
 

Último

Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 

Apresentação no congresso Gestão por Processos

  • 1. 3ª edição da conferência Gestão por Processos Retomada “Process Initiatives” “Process Janeiro, 2010
  • 2. Agenda: ü Siemens no Brasil ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens Process Framework) ü Projeto em Andamento ü Garantia da Sustentabilidade
  • 3. Brazil – leading position and more than 100-year history Overview Overview 2008 of fiscal 2008 Revenue (in millions of euros) 1,700 Employees 9,000 Regional offices 12 Headquarters Regional offices R&D centers 6 R&D centers Manufacturing facilities Facilities 11 Modernizing the country's infrastructure § Siemens equipment and systems are responsible for 50% of the electrical power generated in Brazil § Siemens Brazil is growing 4 times faster than the national GDP nearly all its businesses are in No. 1 or No. 2 market positions § Siemens Industrial Solutions is present in every major industrial facility in Brazil
  • 4. Sectors and Divisions: Industry Sectors Industry Energy Healthcare Divisions Divisions Divisions § Drive Technologies § Fossil Power Generation § Imaging & IT § Industry Automation § Renewable Energy § Workflow & Solutions § Building Technologies § Oil & Gas § Diagnostics § Mobility § Energy Service § Lighting (OSRAM) § Power Transmission § Industry Solutions § Power Distribution
  • 5. Agenda: ü Siemens no Brasil ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens Process Framework) ü Projeto em Andamento ü Garantia da Sustentabilidade
  • 6. Retomada “Process Initiatives” Proposta Inicial para o nível estratégico • Objetivo: Retomar as ações “Process Initiative”, buscando a excelência dos processos de negócios, conforme práticas de BPM (Business Process Management) para Industry Sector alinhando aos padrões, políticas, e regras do “Process Management Implementation Guide” e a “Reference Process House – RPH. • Desafios: Definir forma de atuação voltada ao BPM - Implementar o SPF (Siemens Process Framework) para as Divisions do Industry Sector - Avaliar sinergias e possibilidade de otimização de infra-estrutura - Fazer a atualização dos processos na RPH (Dynamic Process World) - Criar Indicadores de desempenho conforme “Metrics KPI Mandatory” para gerir o desempenho dos processos após a iniciativas de BPM - Criar os Mapas Estratégicos com os objetivos e iniciativas estratégicas da INDUSTRY conforme Planejamento Estratégico
  • 7. Workshop Gestão Por Processos & SGQ Programa Mundial ( Reference Process House)
  • 8. Workshop Gestão Por Processos & SGQ Conscientização nível tático Workshop Gestão Por Processos OBJETIVO: üCompreender o conceito da gestão voltada a processos (quebra de paradigma); ü Buscar comprometimento e motivação dos colaboradores por meio da interatividade; ü Criar um clima organizacional adequado para a transformação; ü Mostrar de que forma podemos atingir objetivos de performance (rentabilidade), através da melhoria dos processos internos; ü Comunicar como será a evolução do projeto. .
  • 9. Workshop Gestão Por Processos & SGQ Alinhamento a Estratégia Passo – a – Passo do Approach para Gestão Por Processos & SGQ 1 2 3 4 Consolidação dos Análise de Potencial & Avaliação do Custo x Implementação / Processos Estratégicos Esforço para melhorias Benefício Revisão • Consolidação do • Análise de • Análise de • Mapeamento dos Planejamento Potencial dos Benefícios processos Estratégico e processos (Qualidade / • Acompanhamento demais Iniciativas • Análise do Esforço tempo / custo) dos milestones do • Avaliação de requerido para • Comparação do projeto quais processos implementação custo x benefício • Definição e possuem maior • Definição do • Definição do Monitoramento de impacto para Portfólio de portfólio de KPIs atendimento dos Processos projetos objetivos • Inserção dos KPI estratégicos • Elaboração da • Elaboração dos no BSC proposta de roadmaps dos • Documentação da implementação projetos. Qualidade
  • 10. Agenda: ü Siemens no Brasil ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens Process Framework) ü Projeto em Andamento ü Garantia da Sustentabilidade
  • 11. Metodologia Utilizada Este modelo permite determinar acordos de níveis de serviço entre as áreas clientes, implementar indicadores e facilitar a gestão do desempenho dos processos.
  • 12. Etapas do Trabalho 1 – Mapeamento da Situação atual Todos os processo de negócios até o primeiro nível de atividades foram mapeados e validados parcialmente, contemplando papéis e 2- Requisitos do responsabilidades, entradas e saídas e interface com demais processos Negócio Macro- Macro-Processos Sub- Sub-Processos Definir quais são os requisitos de negócios para o processos, bem como suas métricas atuais de desempenho e objetivos estratégicos futuros. Incluir também as Processos Atividades expectativas dos clientes e sua visão de valor agregado.
  • 13. Etapas do Trabalho 3- Elaboração questionário para 5 – Roadmap de Melhoria identificação de Requisitos do Negócio Roadmap: Desempenho de Processos Processo : Sub-Processo : Descrição Sub-Processo : PLM Product Portfolio Adquirir e avaliar idéias de produtos (tendências, cenários, Management benchmark e viabilidade de idéias de novos produtos etc.) Alavancador : Descrição : Avaliar os mercados Avaliar os mercados (informação sobre mercados, concorrentes, demandas etc.) Substandard Standard Professional World Class Existem práticas de coleta de Para os processos Para os processos Para todos os processos são informações interna e estratégicos, são obtidas, estratégicos, são obtidas, obtidas, analisadas, externamente. analisadas e aplicadas analisadas, aplicadas e aplicadas e mantidas informações comparativas no mantidas atualizadas as atualizadas as informações sentido de garantir o informações comparativas no comparativas no sentido de atingimento das metas sentido de garantir o garantir a superação das internas. atingimento das metas metas internas e o internas. atingimento da performance do Benchmark analisado. 6 – Plano de Ações 4- Aplicação de Pesquisa Interna / Externa Ø Unidades de Negócio Ø Áreas centrais Ø Parceiro de Negócio Ø Clientes Estratégicos 7 – Mediação dos Resultados ØAuto-avaliação
  • 14. Conquistas e Desafios Conquistas Desafios ü Visão sistêmica por parte do nosso ü Ampliar a visão sistêmica para o depto. grupo. ü Benchmarking entre as áreas de ü Implementar divulgação de best negócios. practices. ü Interação entre áreas de suporte e ü Fortalecer o modelo colaborativo. negócios. ü Conscientização necessidade de ü Implementar SLAs e Indicadores medição. (KPIs). ü Identificação de papéis / ü Revisar papéis e responsabilidades. responsabilidades.
  • 15. Agenda: ü Siemens no Brasil ü Retomada da iniciativa SPF (Siemens Process Framework) ü Projeto em Andamento ü Garantia da Sustentabilidade
  • 16. Oportunidades para FY10 Programa Cultura de Excelência
  • 17. Programa Cultura de Excelência Transformando para ser EXCELENTE O Programa terá como objetivo: ü Fortalecer a cultura de excelência dentro da Industria, focando em pessoas como agentes de mudança dentro de suas áreas. ü Buscar o engajamento da organização na melhoria contínua dos processos através de um programa estruturado com resultados visíveis de médio e longo prazo. ü Eliminação de redundâncias e desperdícios mais evidentes. (primeira fonte de ganhos imediatos) ü Identificação de oportunidades de melhorias em processos prioritários conforme requisitos dos clientes. ü Aplicação de ferramentas da qualidade para melhorias. (eficiência, redução de erros, etc)
  • 18. Programa Cultura de Excelência Onde queremos chegar... ü Ser um setor reconhecido por Excelência na qual clientes, empregados e acionistas percebem valor. ü Mostrar que o significado de Excelência vai além de lucro, significa clientes satisfeitos, menor índice de desperdício, qualidade de vida de nossos empregados e principalmente perpetuidade do negócio. ü Excelência é fazer mais e melhor, com o mínimo de recursos e o máximo de atenção aos nossos clientes e parceiros de negócio.
  • 19. Obrigado! Leonardo Madeira Siemens - Industry Sector Tel: 11 3908-3589 Mobile: 11 9984-1721 leonardo.madeira@siemens.com