Sangramento uterino       disfuncionalFisiopatologia e tratamento                  Tamara Sena Paz (Residente - R1)       ...
Sangramento uterinodisfuncional           O que é?
Ciclo menstrual   O que é normal?                      Duração: 3 a 8 dias                      Perda sanguínea: 30 a 80 ...
Nomenclatura das principaisalterações do ciclo menstrual   Menorragia (ou hipermenorréia)   Metrorragia   Menometrorrag...
Calendário menstrualAbsorvente             1   2   3   4    5   6     7   8Coágulos,hemorragia Tampão             1   2   ...
Calendário menstrual Pontuacão• Tampão - 1 pto = pouco manchado - 5 ptos = moderado - 10 ptos = completamente encharcado•...
Fisiopatologia  Pode ser do tipo:    anovulatório – cerca de 80% dos casos    ovulatório       20% dos SUD são em adolesce...
Fisiopatologia   SUD ovulatório (20% dos casos)    • Sangramento da ovulação    • Polimenorréia    • Descamação irregular...
Fisiopatologia   SUD anovulatório    Principalmente nos extremos da vida reprodutiva• Puberdade: imaturidade do eixo C-H-...
Fisiopatologia   SUD anovulatório                 2 fatores básicos:             • Sangramento por ruptura             • ...
Sangramento por ruptura
Tratamento   Tratar ou não?
Tratamento   Depende de determinados fatores:    intensidade do sangramento    faixa etária   desejo de engravidar   ...
Formas de tratamento   Tratamento hormonal:         Estrogênio  Estrogênio + Progesterona        Progesterona             ...
“Sangramento disfuncional é corrigido com hormonioterapia.Se não corrigir, certamente não é disfuncional e,consequentement...
SUD ovulatório   Quando tratar?       • ciclos muito curtos que incomode a paciente       • perda sanguínea abundante ou ...
SUD anovulatório  •   Puberdade • Esclarecimento e observação • Geralmente auto-limitada • Afastar coagulopatia/gestação •...
SUD anovulatório   Menacme    O tratamento é basicamente o mesmo.    Consequências da anovulação no menacme:      - ovár...
SUD anovulatório No climatério:   Tratamento é o mesmo, porém o ESTUDO HISTOLÓGICO        PRÉVIO DO ENDOMÉTRIO É INDISPENS...
TRATAMENTOHORMONAL
Tratamento hormonal• Progestágeno: Opções:- 10mg de acetato de medroxiprogesterona- 5mg de noretisterona-10mg didrogester...
Machado, Lucas V. - Sangramento Uterino Disfuncional –2001 – Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia
Tratamento hormonal• Anticoncepcional oral induz atrofia endometrial durante o sangramento: 1cp 12/12h ou 8/8h – 7 dias ...
Machado, Lucas V. - Sangramento Uterino Disfuncional –2001 – Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia
Tratamento hormonalQuadro hemorrágico de grande intensidade associado a anemia grave     • Estrogênio:      Sangramento i...
Tratamento hormonal • Sistema intrauterino de liberação de levonorgestrel  “A eficácia de SIU-LNG no tratamento da menorr...
TRATAMENTO   NÃOHORMONAL
Tratamento não hormonal   AINE  Ibuprofeno 400mg 12/12h Ácido mefenâmico 500mg 8/8h  3 a 5 dias  22 a 36% de redução d...
Tratamento não hormonal    ANTI-FIBRINOLÍTICO   Ácido trenexâmico   Dose: 250mg 6/6h ou 500mg 12/12h   35 a 56% de redu...
TRATAMENTO CIRURGÍCO
Tratamento cirúrgico • Curetagem uterina: – Essencial em grandes perdas sanguíneas. – Pode ser utilizada no lugar da histe...
Tratamento cirúrgico• Ablação endometrial– pacientes com risco cirúrgico elevadopara histerectomia.– Cerca de 20% das paci...
Tratamento cirúrgico  • Histerectomia   – Via vaginal, abdominal convencional ou laparoscópica   – Tal recurso é extremo e...
A mulher deve participar da escolhaterapêutica, de acordo com as suasprioridades e preferências, após ser informada dos be...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sangramento Uterino Disfuncional - Fisiopatologia e tratamento

3.520 visualizações

Publicada em

Sangramento Uterino Disfuncional - Fisiopatologia e tratamento

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.520
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sangramento Uterino Disfuncional - Fisiopatologia e tratamento

  1. 1. Sangramento uterino disfuncionalFisiopatologia e tratamento Tamara Sena Paz (Residente - R1) Orientadora: Dra. Lenita Panaro
  2. 2. Sangramento uterinodisfuncional O que é?
  3. 3. Ciclo menstrual O que é normal? Duração: 3 a 8 dias Perda sanguínea: 30 a 80 mL Ciclo: 24 a 34 dias
  4. 4. Nomenclatura das principaisalterações do ciclo menstrual Menorragia (ou hipermenorréia) Metrorragia Menometrorragia Hipomenorréia Oligomenorréia Polimenorréia
  5. 5. Calendário menstrualAbsorvente 1 2 3 4 5 6 7 8Coágulos,hemorragia Tampão 1 2 3 4 5 6 7 8Coágulos,hemorragia
  6. 6. Calendário menstrual Pontuacão• Tampão - 1 pto = pouco manchado - 5 ptos = moderado - 10 ptos = completamente encharcado• Absorvente > 100 pontos por ciclo - 1 pto = pouco menstrual = > 80mL de perda sanguinea - 5 ptos = moderado - 20 ptos = completamente encharcado• Coágulos - pequeno = 1 pto - grande = 5 pontos Schorge, John O. - GINECOLOGIA DE WILLIAMS – Artmed 2011
  7. 7. Fisiopatologia Pode ser do tipo: anovulatório – cerca de 80% dos casos ovulatório 20% dos SUD são em adolescentes 50% situa-se na faixa dos 40-50 anos Machado LV. - Sangramento Uterino Disfuncional. In: Endocrinologia Ginecológica, 2 ed. Rio de janeiro: Medbook Editora Científica Ltda; 2006
  8. 8. Fisiopatologia SUD ovulatório (20% dos casos) • Sangramento da ovulação • Polimenorréia • Descamação irregular • Sangramento pre-menstrual (insuficiência de corpo lúteo) • Hipermenorréia • Persistência do corpo lúteo (Sindrome de Halban) • Pseudo-divertículo de cicatriz uterina Machado, Lucas V. - Sangramento Uterino Disfuncional – 2001 – Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia
  9. 9. Fisiopatologia SUD anovulatório Principalmente nos extremos da vida reprodutiva• Puberdade: imaturidade do eixo C-H-H-O• Climatério: falência progressiva da função ovariana
  10. 10. Fisiopatologia SUD anovulatório 2 fatores básicos: • Sangramento por ruptura • Sangramento de privação Alves DL, Ferrari R. Hemorragia Uterina Disfuncional In: Ginecologia Fundamental, Editora Atheneu
  11. 11. Sangramento por ruptura
  12. 12. Tratamento Tratar ou não?
  13. 13. Tratamento Depende de determinados fatores: intensidade do sangramento faixa etária desejo de engravidar risco para câncer de endométrio Alves DL, Ferrari R. Hemorragia Uterina Disfuncional In: Ginecologia Fundamental, Editora Atheneu
  14. 14. Formas de tratamento Tratamento hormonal: Estrogênio Estrogênio + Progesterona Progesterona DIU Tratamento não hormonal AINE Ácido tranexâmico Tratamento cirúrgico Ablação Curetagem Histerectomia
  15. 15. “Sangramento disfuncional é corrigido com hormonioterapia.Se não corrigir, certamente não é disfuncional e,consequentemente, existe uma causa orgânica.” (Machado, Lucas V. – SANGRAMENTO UTERINO DISFUNCIONAL – 2001)
  16. 16. SUD ovulatório Quando tratar? • ciclos muito curtos que incomode a paciente • perda sanguínea abundante ou prolongada Como tratar? Progestogênio na segunda fase do ciclo ACO combinado Associação com: AINE ou ácido tranexâmico Machado LV. - Sangramento Uterino Disfuncional. In: Endocrinologia Ginecológica, 2 ed. Rio de janeiro: Medbook Editora Científica Ltda; 2006
  17. 17. SUD anovulatório • Puberdade • Esclarecimento e observação • Geralmente auto-limitada • Afastar coagulopatia/gestação • Tratamento: - Progestogênio na segunda fase do ciclo - ACO combinado - Estrogênio - Associação com: AINE ou ácido tranexâmico De Silva, NK, Zurawin RK. Management of annormal uterine bleeding in adolescents Disponível em URL: http://www.uptodate.com. Acesso em 2012
  18. 18. SUD anovulatório Menacme  O tratamento é basicamente o mesmo.  Consequências da anovulação no menacme: - ovários policísticos - hiperplasia do endométrio. Machado LV. - Sangramento Uterino Disfuncional. In: Endocrinologia Ginecológica, 2 ed. Rio de janeiro: Medbook Editora Científica Ltda; 2006
  19. 19. SUD anovulatório No climatério: Tratamento é o mesmo, porém o ESTUDO HISTOLÓGICO PRÉVIO DO ENDOMÉTRIO É INDISPENSÁVEL. Machado LV. - Sangramento Uterino Disfuncional. In: Endocrinologia Ginecológica, 2 ed. Rio de janeiro: Medbook Editora Científica Ltda; 2006
  20. 20. TRATAMENTOHORMONAL
  21. 21. Tratamento hormonal• Progestágeno: Opções:- 10mg de acetato de medroxiprogesterona- 5mg de noretisterona-10mg didrogesterona-0,5mg trimegestona 1 vez ao dia - 10 a 12 dias Nova série: 15 dia da menstruaçao Usar por 3 a 4 ciclos Panisset, K.S.P.; Fonseca, V.L.M – MANEJO DO SANGRAMENTO UTERINO DISFUNCIONAL EM ADOLESCENTE. Revista Adolescencia e saude - Vol. 6 nº 4 - Out/Dez - 2009
  22. 22. Machado, Lucas V. - Sangramento Uterino Disfuncional –2001 – Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia
  23. 23. Tratamento hormonal• Anticoncepcional oral induz atrofia endometrial durante o sangramento: 1cp 12/12h ou 8/8h – 7 dias (CURETAGEM QUIMICA) Quinto dia de fluxo: ACO 21 dias, com intervalo de 7 dias – mínimo 3 meses EE 30 a 35 mcg 40 a 50% de redução do fluxo menstrual Panisset, K.S.P.; Fonseca, V.L.M – MANEJO DO SANGRAMENTO UTERINO DISFUNCIONAL EM ADOLESCENTE. Revista Adolescencia e saude - Vol. 6 nº 4 - Out/Dez - 2009
  24. 24. Machado, Lucas V. - Sangramento Uterino Disfuncional –2001 – Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia
  25. 25. Tratamento hormonalQuadro hemorrágico de grande intensidade associado a anemia grave • Estrogênio:  Sangramento intenso  Estrogênio conjugado (EC) 2,5mg 6/6h até diminuição do sangramento – reduzir a dose a metade  Associar acetato de medroxiprogesterona no 20 dia de EC  Manter com ACO por 21 dias, com intervalo de 7 dias – mínimo 3 meses  Sangramento moderado  EC 1,25mg ou estradiol 2mg VO 4/4h por 24h  Após, EC 1,25mg ou estradiol 2mg ao dia – 7 a 10 dias Necessário suplementação de ferro. Panisset, K.S.P.; Fonseca, V.L.M – MANEJO DO SANGRAMENTO UTERINO DISFUNCIONAL EM ADOLESCENTE. Revista Adolescencia e saude - Vol. 6 nº 4 - Out/Dez - 2009
  26. 26. Tratamento hormonal • Sistema intrauterino de liberação de levonorgestrel  “A eficácia de SIU-LNG no tratamento da menorragia é semelhante à da histerectomia, com grau IA de evidência para essa indicação.”  Categoria 2 em nulíparas. `74 a 97% de redução do fluxo menstrual Cruz ST, Simões R - Sangramento Uterino Disfuncional em Mulheres Usuárias de Contraceptivos de Progestagênio: Tratamento – Projeto Diretrizes (Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina) - 2010
  27. 27. TRATAMENTO NÃOHORMONAL
  28. 28. Tratamento não hormonal AINE  Ibuprofeno 400mg 12/12h Ácido mefenâmico 500mg 8/8h  3 a 5 dias  22 a 36% de redução do fluxo menstrual Cruz ST, Simões R - Sangramento Uterino Disfuncional em Mulheres Usuárias de Contraceptivos de Progestagênio: Tratamento – Projeto Diretrizes (Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina) - 2010
  29. 29. Tratamento não hormonal ANTI-FIBRINOLÍTICO  Ácido trenexâmico  Dose: 250mg 6/6h ou 500mg 12/12h  35 a 56% de redução do fluxo menstrual  Limitação: alto custo Não aumenta o risco de trombose. Cruz ST, Simões R - Sangramento Uterino Disfuncional em Mulheres Usuárias de Contraceptivos de Progestagênio: Tratamento – Projeto Diretrizes (Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina) - 2010
  30. 30. TRATAMENTO CIRURGÍCO
  31. 31. Tratamento cirúrgico • Curetagem uterina: – Essencial em grandes perdas sanguíneas. – Pode ser utilizada no lugar da histeroscopia para o diagnóstico histológico. Alves DL, Ferrari R. Hemorragia Uterina Disfuncional In: Ginecologia Fundamental, Editora Atheneu
  32. 32. Tratamento cirúrgico• Ablação endometrial– pacientes com risco cirúrgico elevadopara histerectomia.– Cerca de 20% das pacientes nãorespondem ao método.– Pode ser necessária mais de umaaplicação.– O exame histológico prévio doendométrio é obrigatório. RODRIGUES, FF et al. Ressecção Histeroscópica do Endométrio-Rev. Bras. Ginecol. Obstet. 2001, vol.23, n.7, pp. 445-448.
  33. 33. Tratamento cirúrgico • Histerectomia – Via vaginal, abdominal convencional ou laparoscópica – Tal recurso é extremo e deve ser utilizado quando a paciente encerrou sua vida reprodutiva ou quando todos os recursos anteriores foram infrutíferos. Alves DL, Ferrari R. Hemorragia Uterina Disfuncional In: Ginecologia Fundamental, Editora Atheneu
  34. 34. A mulher deve participar da escolhaterapêutica, de acordo com as suasprioridades e preferências, após ser informada dos benefícios e efeitos indesejáveis de cada método.

×