SlideShare uma empresa Scribd logo
Projeto: Implantação de PMO em 
Lisarb 
Responsáveis pelo projeto; 
Danilo Martins 
Fábio Luz 
Marcus Alessandro 
Marcos Roberto 
Rogério Leite 
Coporation 
G overno de todos
Olinad Group CO 
Empresa especializada em consultoria de implantação de PMO (Project 
Management Office) e gerenciamento, de forma integrada, dos 
projetos, programas e do portfólio de uma organização. 
A Olinad Group CO possui uma equipe altamente qualificada e 
engajada em servir seus clientes. Com vasto know-how na área, tem 
como objetivo elevar o nível de maturidade no gerenciamento de 
projetos. 
A implantação do escritório de projetos ampliará a visão de mercado 
de sua empresa, aumentará sua produtividade, torná-la-á mais 
eficiente, eficaz e competitiva, reduzirá suas perdas, e a conduzirá a 
conquistar maiores resultados.
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Maturidade em G.P. de Lisarb 
O nível de maturidade atual de LISARB será identificado através do 
método MMGP (Modelo de Maturidade em Gerenciamento de 
Projetos), a partir da pesquisa sobre os Aspectos do Gerenciamento de 
Projetos aplicada aos administradores do país. 
O quadro abaixo apresenta o diagnóstico da pesquisa: 
Total de pontos obtidos na pesquisa = 69 
Classificação (nível de maturidade aproximado): 
>> Acima de 160 = Nível 5 
>> Entre 121 e 160 = Nível 4 
>> Entre 81 e 120 = Nível 3 
>> Entre 41 e 80 = Nível 2 Maturidade de LISARB 
>> Entre 10 e 40 = Nível 1
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Maturidade em G.P. de Lisarb 
Nível 2: Conhecido 
Este nível de maturidade representa esforço da organização em relação 
treinamentos, padronização em procedimentos, planejamentos e controles, contudo 
ainda não obtém sucesso no Gerenciamento dos seus Projetos. 
Os exemplos abaixo foram retirados do questionário; 
• Pergunta 6 – Um plano é desenvolvido para cada projeto pelo gerente e pelo 
time. 
• Pergunta 12 – Os projetos tem uma WBS. 
• Pergunta 27 – Os projetos tem uma matriz de responsabilidade. 
• Pergunta 39 – Os gerentes de projeto possuem a autoridade para exercer suas 
funções. 
As respostas destas perguntas figuraram numa faixa percentual entre 10 e 50% das 
oportunidades, indicando práticas isoladas e de uso restrito, indicando ainda a 
necessidade de planejamento e controles padronizados, características do estágio de 
Nível 2 em maturidade.
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Benefícios da Implantação de um PMO 
em Lisarb 
Implantar um PMO é buscar melhorar o nível da organização em G.P. e um grande 
passo para gerir com excelência o PORTFÓLIO, os PROGRAMAS e os PROJETOS 
de sua Organização. As performances, a consolidação dos dados, a lições 
aprendidas serão amplamente beneficiadas com a inclusão de um escritório de 
projetos. 
Abaixo, alguns exemplos dos benefícios que a implantação do PMO proporciona: 
• CLIENTES: Elevação do seu nível de satisfação e fidelização; 
• ALTA ADMINISTRAÇÃO: Previsões mais realísticas, melhor base para tomada 
de decisões e melhoria da visão estratégica; 
• ORGANIZAÇÃO: Melhoria da estratégia dos negócios, controle da propriedade 
intelectual e a melhoria contínua; 
• GERENTES DE PROJETO: Referências consistentes de práticas consagradas, 
mais um ponto de suporte e planejamento de capacitação da carreira.
Nível Hierárquico 
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
O nível hierárquico identificado, através da análise do questionário, 
que melhor se enquadra para implementar o PMO de LISARB é a 
Hierarquia 2, que visa processos e otimização de recursos em projetos 
diferentes.
Função 
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Através da análise do questionário, assim como o nível hierárquico, a 
função que melhor se enquadra para implementar o PMO de LISARB 
é a de Infraestrutura. 
A Infraestrutura tem como objetivo: 
• O estabelecimento e manutenção do PMIS; 
• A conectividade do PMIS com outros sistemas coorporativos: 
financeiro, RH, custos, etc; 
• A manutenção da base de conhecimento em gerência de projetos; 
• Suporte ao PMIS.
Modelo 
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Após a análise do questionário, foi escolhido o modelo Estação 
Meteorológica para implementar o PMO de LISARB onde: 
>> O andamento dos projetos será acompanhado de maneira simples 
e reportado para a alta administração; 
>> Será definido parâmetros, frequência, formato e ferramentas para 
reporte; 
>> Não exerce influência nos projetos analisados; 
>> Permite comparação e identificação de melhores práticas.
Métricas (Indicadores) 
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Os indicadores que serão utilizados serão: 
• Escopo – Índice de alterações; 
• Tempo – Índice de cumprimento de prazo; 
• Custo – Índice de cumprimento de custo; 
• Qualidade – Índice de conformidade da qualidade; 
• Recurso Humanos – Índice de satisfação dos colaboradores; 
• Comunicação – Quantidade de problemas por falta de comunicação; 
• Aquisição – Índice de HH terceirizado; 
• Riscos – Quantidade de riscos identificados por projeto; 
• Integração – Quantidade de projetos em execução;
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Etapas de Implementação do PMO 
Para a implantação do PMO seguiremos a estrutura de trabalho 
apresentada abaixo: 
INICIAÇÃO PLANEJAMENTO EXECUÇÃO 
MONITORAMENTO 
e CONTROLE 
ENCERRAMENTO 
* Viabilidade * Nível de Maturidade >> N2 * Modelo >> Estação Meteorológica * Métricas (Indicadores) * Fatores de Sucesso 
* Business Case * Benefícios do PMO - Acompanhamento e reporte - Escopo * Lições Aprendidas 
- Sponsor * Hierarquia >> H2 - Definir parâmetros - Tempo 
* TAP * Função >> Infraesturutura - Identificar melhores práticas - Custo 
- G.P. - Estruturar a organização - Qualidade 
- Objetivo - Definir sistemas - R.H. 
- Premissas/Restrições - Definir padrões e métricas - Comunicação 
- Estabelecer suporte - Aquisição 
- Riscos 
- Integração
IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
Etapas de Implementação do PMO 
A implantação se dará através das seguinte etapas: 
• Etapa 1 – Consiste na definição das metas e objetivos de longo e 
curto prazo e na determinação das funções da equipe; 
• Etapa 2 – Será iniciado os objetivos e metas de curto prazo, como o 
estabelecimento de modelos e padrões, treinamentos para as 
equipes e catalogação dos projetos; 
• Etapa 3 – As soluções de longo prazo serão estabelecidas nesta fase, 
a exemplo do gerenciamento de recursos, gerenciamento estratégico 
de portfólio e planejamento de mudanças organizacionais e de 
transição; 
• Etapa 4 – Onde as melhorias contínuas alinhadas as estratégias da 
empresa serão aplicadas, visto que o escritório de projetos já estará 
funcionando de acordo com os padrões pré-estabelecidos.
GESTÃO DE PORTFÓLIO 
Identificação dos Projetos 
Mediante os objetivos do planejamento estratégico de Lisarb, os 
projetos e/ou programas identificados para compor sua carteira de 
investimentos foram: 
1. Ética e valores – referente ao objetivo estratégico 2; 
2. Educação para todos – referente ao objetivo estratégico 3; 
3. Lisarb econômico – referente ao objetivo estratégico 4; 
4. Droga zero – referente ao objetivo estratégico 5; 
5. Iluminar – referente ao objetivo estratégico 6; 
6. Qualivida – referente ao objetivo estratégico 6; 
7. Projeto Sanear – referente ao objetivo estratégico 6;
Categorização dos Projetos 
• Cultural e Social: 
>> Ética e valores – objetivo estratégico 2; 
>> Educação para todos – objetivo estratégico 3; 
>> Droga zero – objetivo estratégico 5. 
• Infraestrutura: 
>> Lisarb econômico – objetivo estratégico 4; 
>> Iluminar – objetivo estratégico 6; 
• Sustentabilidade: 
>> Qualivida – objetivo estratégico 6; 
>> Projeto Sanear – objetivo estratégico 6 
GESTÃO DE PORTFÓLIO
Avaliação dos Projetos 
GESTÃO DE PORTFÓLIO 
Os critérios de avaliação foram escolhidos em detrimento da 
necessidade de beneficiar o maior número possível de cidadãos, com 
risco controlado, baixa complexidade e apoio da população em um 
curto intervalo de tempo, 
LEGENDA DAS NOTAS 
0 5 10 
CRITÉRIOS PESO 
Abrangência 
Populacional 
35% X ≤ 500 mil 500 mil < X ≤ 2 milhões X > 2 milhões 
Duração 5% X > 3 anos 1 ano < X ≤ 3 anos X ≤ 1 ano 
Complexidade 20% X > 2000 entregas 500 entregas < X ≤ 2000 entregas X ≤ 500 entregas 
Aceitação Social 10% X ≤ 500 mil 500 mil < X ≤ 2 milhões X > 2 milhões 
Risco 30% Alto Médio Baixo
GESTÃO DE PORTFÓLIO 
Seleção e Priorização dos Projetos 
Por se enquadrarem dentro dos critérios adotados no processo de 
“Avaliação”, todos os projetos foram selecionados. 
Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média 
Abrangência 
Populacional 
35% 10 3,5 10 3,5 5 1,75 5 1,75 10 3,5 5 1,75 10 3,5 
Duração 5% 5 0,25 5 0,25 5 0,25 5 0,25 5 0,25 10 0,5 10 0,5 
Complexidade 20% 5 1 5 1 5 1 5 1 5 1 5 1 10 2 
Aceitação Social 10% 5 0,5 10 1 10 1 5 0,5 5 0,5 10 1 5 0,5 
Risco 30% 5 1,5 10 3 5 1,5 10 3 10 3 10 3 5 1,5 
6,75 8,75 5,5 6,5 8,25 7,25 8 
CRITÉRIOS PESO 
PROJETOS E/OU PROGRAMAS 
QUALIVIDA 
ÉTICA E 
VALORES 
PROJETO 
SANEAR 
LISARB 
ECONÔMICO 
EDUCAÇÃO 
PARA TODOS 
DROGA ZERO ILUMINAR
GESTÃO DE PORTFÓLIO 
Seleção e Priorização dos Projetos 
As prioridades encontradas para os projeto e/ou programas de Lisarb 
foram as seguintes: 
Projeto Prioridade 1 EDUCAÇÃO PARA TODOS 
Projeto Prioridade 2 LISARB ECONÔMICO 
Projeto Prioridade 3 ÉTICA E VALORES 
Projeto Prioridade 4 PROJETO SANEAR 
Projeto Prioridade 5 QUALIVIDA 
Projeto Prioridade 6 ILUMINAR 
Projeto Prioridade 7 DROGA ZERO
GESTÃO DE PORTFÓLIO 
Balanceamento do Portfólio 
Para balancear o portfólio, foram adotados como parâmetro os 2 
critérios de “Avaliação” de maior peso. 
O Diagrama de Bolhas foi elaborado a partir do quadro abaixo. 
PROJETOS E/OU 
PROGRAMAS 
OBJETIVO 
ABRANGÊNCIA 
POPULACIONAL 
RISCO 
QUALIVIDA 6 2,5 milhões Médio 
EDUCAÇÃO 
3 3,5 milhões Baixo 
PARA TODOS 
DROGA ZERO 5 600 mil Médio 
ILUMINAR 6 550 mil Baixo 
LISARB 
4 5 milhões Baixo 
ECONÔMICO 
PROJETO 
SANEAR 
6 2 milhões Baixo 
ÉTICA E VALORES 2 3 milhões Médio
GESTÃO DE PORTFÓLIO 
Balanceamento do Portfólio 
(Diagrama de Bolhas) 
OBJETIVO 1 
OBJETIVO 2 
OBJETIVO 3 
OBJETIVO 4 
OBJETIVO 5 
OBJETIVO 6 
OBJETIVO 7 
OBJETIVO 8 
OBJETIVO 9 
Q. 
E. V. 
E.T. 
D.Z 
L.E. 
I. P. S. 
CULTURAL E SOCIAL INFRAESTRUTURA SUSTENTABILIDADE 
Legenda 1.: Representa a Abrangência populacional 
X > 2 mi lhões 
500 mil < X ≤ 2 mi l hõe s 
X ≤ 500 mi l 
Legenda 2.: Representa o Risco 
Alto 
Médio 
Baixo
GESTÃO DE PORTFÓLIO 
Balanceamento do Portfólio 
O primeiro balanceamento foi feito considerando como parâmetros o 
custo e a duração, porém o resultado do diagrama de bolhas foi 
diferente daquele encontrado durante a priorização. 
Como o custo, neste estudo, não era um critério de priorização e a 
duração, apesar de ser, possui o menor peso, o resultado foi um 
diagrama de bolhas não balanceado. 
Sendo assim, para encontrar um melhor balanceamento, os 
parâmetros foram substituídos pela abrangência populacional e pelo 
risco, que são os 2 critérios de “Avaliação” de maior peso.
Disposições Finais 
Estamos contentes com a oportunidade e desejamos sucesso a sua 
organização. 
Colocamo-nos inteiramente disponíveis aos esclarecimentos que se 
fizerem necessários. 
Esperamos muito em breve fechar nossa parceria. 
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

PMO em Lisarb - equipe Grupo
PMO em Lisarb - equipe GrupoPMO em Lisarb - equipe Grupo
PMO em Lisarb - equipe Grupo
Marco Coghi
 
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em Projetos
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em ProjetosMacrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em Projetos
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em Projetos
Macrosolutions SA
 
Apresentação - PMI
Apresentação - PMIApresentação - PMI
Apresentação - PMI
JDSBD
 
Plus X Consultoria em Projetos
Plus X Consultoria em ProjetosPlus X Consultoria em Projetos
Plus X Consultoria em Projetos
Marco Coghi
 
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Portfólio
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de PortfólioMacrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Portfólio
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Portfólio
Macrosolutions SA
 
Estudo de Caso PMBOK - Manaus
Estudo de Caso PMBOK - ManausEstudo de Caso PMBOK - Manaus
Estudo de Caso PMBOK - Manaus
Urique Hoffmann
 
fozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagement
fozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagementfozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagement
fozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagement
Marco Coghi
 
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTINGPMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
Marco Coghi
 
Pmbok
PmbokPmbok
Pmbok
lcbj
 
Berrini-GP7-PMO-Grupo1
Berrini-GP7-PMO-Grupo1Berrini-GP7-PMO-Grupo1
Berrini-GP7-PMO-Grupo1
Marco Coghi
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
Marco Coghi
 
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
Marco Coghi
 
Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)
Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)
Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)
Macrosolutions SA
 
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...
Macrosolutions SA
 
Certificacoes PMI 2015 Mauro Sotille
Certificacoes PMI 2015 Mauro SotilleCertificacoes PMI 2015 Mauro Sotille
Certificacoes PMI 2015 Mauro Sotille
Mauro Sotille, MBA, PMP
 
PM-CLACE²
PM-CLACE²PM-CLACE²
PM-CLACE²
Marco Coghi
 
Implantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARBImplantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARB
Marco Coghi
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
Marco Coghi
 
GESTÃO LISARB COMPETENTE
GESTÃO LISARB COMPETENTEGESTÃO LISARB COMPETENTE
GESTÃO LISARB COMPETENTE
Marco Coghi
 

Mais procurados (19)

PMO em Lisarb - equipe Grupo
PMO em Lisarb - equipe GrupoPMO em Lisarb - equipe Grupo
PMO em Lisarb - equipe Grupo
 
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em Projetos
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em ProjetosMacrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em Projetos
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Escopo em Projetos
 
Apresentação - PMI
Apresentação - PMIApresentação - PMI
Apresentação - PMI
 
Plus X Consultoria em Projetos
Plus X Consultoria em ProjetosPlus X Consultoria em Projetos
Plus X Consultoria em Projetos
 
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Portfólio
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de PortfólioMacrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Portfólio
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Portfólio
 
Estudo de Caso PMBOK - Manaus
Estudo de Caso PMBOK - ManausEstudo de Caso PMBOK - Manaus
Estudo de Caso PMBOK - Manaus
 
fozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagement
fozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagementfozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagement
fozdoiguacu-gp05-pmo-successmanagement
 
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTINGPMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
 
Pmbok
PmbokPmbok
Pmbok
 
Berrini-GP7-PMO-Grupo1
Berrini-GP7-PMO-Grupo1Berrini-GP7-PMO-Grupo1
Berrini-GP7-PMO-Grupo1
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
 
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
 
Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)
Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)
Macrosolutions Treinamento: Análise de Valor Agregado em projetos (Earned Value)
 
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...
Macrosolutions Treinamento: Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenc...
 
Certificacoes PMI 2015 Mauro Sotille
Certificacoes PMI 2015 Mauro SotilleCertificacoes PMI 2015 Mauro Sotille
Certificacoes PMI 2015 Mauro Sotille
 
PM-CLACE²
PM-CLACE²PM-CLACE²
PM-CLACE²
 
Implantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARBImplantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARB
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
 
GESTÃO LISARB COMPETENTE
GESTÃO LISARB COMPETENTEGESTÃO LISARB COMPETENTE
GESTÃO LISARB COMPETENTE
 

Semelhante a vitoriadaconquista-gp2-pmo-olinadgroupco

IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTING
IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTINGIMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTING
IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTING
Marco Coghi
 
Projetizar Consultoria - Implantação PMO Lisarb
Projetizar Consultoria - Implantação PMO LisarbProjetizar Consultoria - Implantação PMO Lisarb
Projetizar Consultoria - Implantação PMO Lisarb
Marco Coghi
 
PMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMOPMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMO
Marco Coghi
 
PMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMOPMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMO
Marco Coghi
 
ADJMPV Consultoria
ADJMPV ConsultoriaADJMPV Consultoria
ADJMPV Consultoria
Marco Coghi
 
VRFD Management Consulting - PMO em LISARB
VRFD Management Consulting - PMO em LISARBVRFD Management Consulting - PMO em LISARB
VRFD Management Consulting - PMO em LISARB
Marco Coghi
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
Marco Coghi
 
Por um LISARB Melhor
Por um LISARB MelhorPor um LISARB Melhor
Por um LISARB Melhor
Marco Coghi
 
belohorizonte-gp55-pmo-grupo
belohorizonte-gp55-pmo-grupobelohorizonte-gp55-pmo-grupo
belohorizonte-gp55-pmo-grupo
Marco Coghi
 
belohorizonte-gp57-pmo-grupo
belohorizonte-gp57-pmo-grupobelohorizonte-gp57-pmo-grupo
belohorizonte-gp57-pmo-grupo
Marco Coghi
 
PMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC ConsultPMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC Consult
Marco Coghi
 
implantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em Lisarbimplantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em Lisarb
Marco Coghi
 
Implementação de PMO em LISARB - 4P Consultoria
Implementação de PMO em LISARB - 4P ConsultoriaImplementação de PMO em LISARB - 4P Consultoria
Implementação de PMO em LISARB - 4P Consultoria
Marco Coghi
 
Desafio Consulting
Desafio ConsultingDesafio Consulting
Desafio Consulting
Marco Coghi
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
Marco Coghi
 
Treinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetosTreinamento em gestão de projetos
Proposta de Implantação de PMO em LISARB
Proposta de Implantação de PMO em LISARBProposta de Implantação de PMO em LISARB
Proposta de Implantação de PMO em LISARB
Marco Coghi
 
Implantação de um PMO em Lisarb
Implantação de um PMO em LisarbImplantação de um PMO em Lisarb
Implantação de um PMO em Lisarb
Marco Coghi
 
Implantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em LisarbImplantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em Lisarb
Marco Coghi
 
Implantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em LisarbImplantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em Lisarb
Marco Coghi
 

Semelhante a vitoriadaconquista-gp2-pmo-olinadgroupco (20)

IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTING
IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTINGIMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTING
IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB: HT3C CONSULTING
 
Projetizar Consultoria - Implantação PMO Lisarb
Projetizar Consultoria - Implantação PMO LisarbProjetizar Consultoria - Implantação PMO Lisarb
Projetizar Consultoria - Implantação PMO Lisarb
 
PMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMOPMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMO
 
PMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMOPMO em LISARB por SLZPMO
PMO em LISARB por SLZPMO
 
ADJMPV Consultoria
ADJMPV ConsultoriaADJMPV Consultoria
ADJMPV Consultoria
 
VRFD Management Consulting - PMO em LISARB
VRFD Management Consulting - PMO em LISARBVRFD Management Consulting - PMO em LISARB
VRFD Management Consulting - PMO em LISARB
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
 
Por um LISARB Melhor
Por um LISARB MelhorPor um LISARB Melhor
Por um LISARB Melhor
 
belohorizonte-gp55-pmo-grupo
belohorizonte-gp55-pmo-grupobelohorizonte-gp55-pmo-grupo
belohorizonte-gp55-pmo-grupo
 
belohorizonte-gp57-pmo-grupo
belohorizonte-gp57-pmo-grupobelohorizonte-gp57-pmo-grupo
belohorizonte-gp57-pmo-grupo
 
PMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC ConsultPMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC Consult
 
implantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em Lisarbimplantaçao de PMO em Lisarb
implantaçao de PMO em Lisarb
 
Implementação de PMO em LISARB - 4P Consultoria
Implementação de PMO em LISARB - 4P ConsultoriaImplementação de PMO em LISARB - 4P Consultoria
Implementação de PMO em LISARB - 4P Consultoria
 
Desafio Consulting
Desafio ConsultingDesafio Consulting
Desafio Consulting
 
Implantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARBImplantação de PMO em LISARB
Implantação de PMO em LISARB
 
Treinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetosTreinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetos
 
Proposta de Implantação de PMO em LISARB
Proposta de Implantação de PMO em LISARBProposta de Implantação de PMO em LISARB
Proposta de Implantação de PMO em LISARB
 
Implantação de um PMO em Lisarb
Implantação de um PMO em LisarbImplantação de um PMO em Lisarb
Implantação de um PMO em Lisarb
 
Implantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em LisarbImplantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em Lisarb
 
Implantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em LisarbImplantação de PMO em Lisarb
Implantação de PMO em Lisarb
 

Mais de Marco Coghi

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
Marco Coghi
 
EZ Pass
EZ PassEZ Pass
EZ Pass
Marco Coghi
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
Marco Coghi
 
Acertando suas Contas
Acertando suas ContasAcertando suas Contas
Acertando suas Contas
Marco Coghi
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
Marco Coghi
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
Marco Coghi
 
Projeto Iemanjá
Projeto IemanjáProjeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
Marco Coghi
 
Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
Marco Coghi
 
Projeto Help
Projeto HelpProjeto Help
Projeto Help
Marco Coghi
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
Marco Coghi
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
Marco Coghi
 
Projeto +Cana
Projeto +CanaProjeto +Cana
Projeto +Cana
Marco Coghi
 
Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess Forever
Marco Coghi
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
Marco Coghi
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
Marco Coghi
 
Teto Amigo
Teto AmigoTeto Amigo
Teto Amigo
Marco Coghi
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
Marco Coghi
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
Marco Coghi
 
Projeto Gestar
Projeto GestarProjeto Gestar
Projeto Gestar
Marco Coghi
 
Zika
ZikaZika

Mais de Marco Coghi (20)

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
 
EZ Pass
EZ PassEZ Pass
EZ Pass
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
 
Acertando suas Contas
Acertando suas ContasAcertando suas Contas
Acertando suas Contas
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
 
Projeto Iemanjá
Projeto IemanjáProjeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
 
Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
 
Projeto Help
Projeto HelpProjeto Help
Projeto Help
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
 
Projeto +Cana
Projeto +CanaProjeto +Cana
Projeto +Cana
 
Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess Forever
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
 
Teto Amigo
Teto AmigoTeto Amigo
Teto Amigo
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
 
Projeto Gestar
Projeto GestarProjeto Gestar
Projeto Gestar
 
Zika
ZikaZika
Zika
 

vitoriadaconquista-gp2-pmo-olinadgroupco

  • 1. Projeto: Implantação de PMO em Lisarb Responsáveis pelo projeto; Danilo Martins Fábio Luz Marcus Alessandro Marcos Roberto Rogério Leite Coporation G overno de todos
  • 2. Olinad Group CO Empresa especializada em consultoria de implantação de PMO (Project Management Office) e gerenciamento, de forma integrada, dos projetos, programas e do portfólio de uma organização. A Olinad Group CO possui uma equipe altamente qualificada e engajada em servir seus clientes. Com vasto know-how na área, tem como objetivo elevar o nível de maturidade no gerenciamento de projetos. A implantação do escritório de projetos ampliará a visão de mercado de sua empresa, aumentará sua produtividade, torná-la-á mais eficiente, eficaz e competitiva, reduzirá suas perdas, e a conduzirá a conquistar maiores resultados.
  • 3. IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Maturidade em G.P. de Lisarb O nível de maturidade atual de LISARB será identificado através do método MMGP (Modelo de Maturidade em Gerenciamento de Projetos), a partir da pesquisa sobre os Aspectos do Gerenciamento de Projetos aplicada aos administradores do país. O quadro abaixo apresenta o diagnóstico da pesquisa: Total de pontos obtidos na pesquisa = 69 Classificação (nível de maturidade aproximado): >> Acima de 160 = Nível 5 >> Entre 121 e 160 = Nível 4 >> Entre 81 e 120 = Nível 3 >> Entre 41 e 80 = Nível 2 Maturidade de LISARB >> Entre 10 e 40 = Nível 1
  • 4. IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Maturidade em G.P. de Lisarb Nível 2: Conhecido Este nível de maturidade representa esforço da organização em relação treinamentos, padronização em procedimentos, planejamentos e controles, contudo ainda não obtém sucesso no Gerenciamento dos seus Projetos. Os exemplos abaixo foram retirados do questionário; • Pergunta 6 – Um plano é desenvolvido para cada projeto pelo gerente e pelo time. • Pergunta 12 – Os projetos tem uma WBS. • Pergunta 27 – Os projetos tem uma matriz de responsabilidade. • Pergunta 39 – Os gerentes de projeto possuem a autoridade para exercer suas funções. As respostas destas perguntas figuraram numa faixa percentual entre 10 e 50% das oportunidades, indicando práticas isoladas e de uso restrito, indicando ainda a necessidade de planejamento e controles padronizados, características do estágio de Nível 2 em maturidade.
  • 5. IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Benefícios da Implantação de um PMO em Lisarb Implantar um PMO é buscar melhorar o nível da organização em G.P. e um grande passo para gerir com excelência o PORTFÓLIO, os PROGRAMAS e os PROJETOS de sua Organização. As performances, a consolidação dos dados, a lições aprendidas serão amplamente beneficiadas com a inclusão de um escritório de projetos. Abaixo, alguns exemplos dos benefícios que a implantação do PMO proporciona: • CLIENTES: Elevação do seu nível de satisfação e fidelização; • ALTA ADMINISTRAÇÃO: Previsões mais realísticas, melhor base para tomada de decisões e melhoria da visão estratégica; • ORGANIZAÇÃO: Melhoria da estratégia dos negócios, controle da propriedade intelectual e a melhoria contínua; • GERENTES DE PROJETO: Referências consistentes de práticas consagradas, mais um ponto de suporte e planejamento de capacitação da carreira.
  • 6. Nível Hierárquico IMPLEMENTAÇÃO DO PMO O nível hierárquico identificado, através da análise do questionário, que melhor se enquadra para implementar o PMO de LISARB é a Hierarquia 2, que visa processos e otimização de recursos em projetos diferentes.
  • 7. Função IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Através da análise do questionário, assim como o nível hierárquico, a função que melhor se enquadra para implementar o PMO de LISARB é a de Infraestrutura. A Infraestrutura tem como objetivo: • O estabelecimento e manutenção do PMIS; • A conectividade do PMIS com outros sistemas coorporativos: financeiro, RH, custos, etc; • A manutenção da base de conhecimento em gerência de projetos; • Suporte ao PMIS.
  • 8. Modelo IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Após a análise do questionário, foi escolhido o modelo Estação Meteorológica para implementar o PMO de LISARB onde: >> O andamento dos projetos será acompanhado de maneira simples e reportado para a alta administração; >> Será definido parâmetros, frequência, formato e ferramentas para reporte; >> Não exerce influência nos projetos analisados; >> Permite comparação e identificação de melhores práticas.
  • 9. Métricas (Indicadores) IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Os indicadores que serão utilizados serão: • Escopo – Índice de alterações; • Tempo – Índice de cumprimento de prazo; • Custo – Índice de cumprimento de custo; • Qualidade – Índice de conformidade da qualidade; • Recurso Humanos – Índice de satisfação dos colaboradores; • Comunicação – Quantidade de problemas por falta de comunicação; • Aquisição – Índice de HH terceirizado; • Riscos – Quantidade de riscos identificados por projeto; • Integração – Quantidade de projetos em execução;
  • 10. IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Etapas de Implementação do PMO Para a implantação do PMO seguiremos a estrutura de trabalho apresentada abaixo: INICIAÇÃO PLANEJAMENTO EXECUÇÃO MONITORAMENTO e CONTROLE ENCERRAMENTO * Viabilidade * Nível de Maturidade >> N2 * Modelo >> Estação Meteorológica * Métricas (Indicadores) * Fatores de Sucesso * Business Case * Benefícios do PMO - Acompanhamento e reporte - Escopo * Lições Aprendidas - Sponsor * Hierarquia >> H2 - Definir parâmetros - Tempo * TAP * Função >> Infraesturutura - Identificar melhores práticas - Custo - G.P. - Estruturar a organização - Qualidade - Objetivo - Definir sistemas - R.H. - Premissas/Restrições - Definir padrões e métricas - Comunicação - Estabelecer suporte - Aquisição - Riscos - Integração
  • 11. IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Etapas de Implementação do PMO A implantação se dará através das seguinte etapas: • Etapa 1 – Consiste na definição das metas e objetivos de longo e curto prazo e na determinação das funções da equipe; • Etapa 2 – Será iniciado os objetivos e metas de curto prazo, como o estabelecimento de modelos e padrões, treinamentos para as equipes e catalogação dos projetos; • Etapa 3 – As soluções de longo prazo serão estabelecidas nesta fase, a exemplo do gerenciamento de recursos, gerenciamento estratégico de portfólio e planejamento de mudanças organizacionais e de transição; • Etapa 4 – Onde as melhorias contínuas alinhadas as estratégias da empresa serão aplicadas, visto que o escritório de projetos já estará funcionando de acordo com os padrões pré-estabelecidos.
  • 12. GESTÃO DE PORTFÓLIO Identificação dos Projetos Mediante os objetivos do planejamento estratégico de Lisarb, os projetos e/ou programas identificados para compor sua carteira de investimentos foram: 1. Ética e valores – referente ao objetivo estratégico 2; 2. Educação para todos – referente ao objetivo estratégico 3; 3. Lisarb econômico – referente ao objetivo estratégico 4; 4. Droga zero – referente ao objetivo estratégico 5; 5. Iluminar – referente ao objetivo estratégico 6; 6. Qualivida – referente ao objetivo estratégico 6; 7. Projeto Sanear – referente ao objetivo estratégico 6;
  • 13. Categorização dos Projetos • Cultural e Social: >> Ética e valores – objetivo estratégico 2; >> Educação para todos – objetivo estratégico 3; >> Droga zero – objetivo estratégico 5. • Infraestrutura: >> Lisarb econômico – objetivo estratégico 4; >> Iluminar – objetivo estratégico 6; • Sustentabilidade: >> Qualivida – objetivo estratégico 6; >> Projeto Sanear – objetivo estratégico 6 GESTÃO DE PORTFÓLIO
  • 14. Avaliação dos Projetos GESTÃO DE PORTFÓLIO Os critérios de avaliação foram escolhidos em detrimento da necessidade de beneficiar o maior número possível de cidadãos, com risco controlado, baixa complexidade e apoio da população em um curto intervalo de tempo, LEGENDA DAS NOTAS 0 5 10 CRITÉRIOS PESO Abrangência Populacional 35% X ≤ 500 mil 500 mil < X ≤ 2 milhões X > 2 milhões Duração 5% X > 3 anos 1 ano < X ≤ 3 anos X ≤ 1 ano Complexidade 20% X > 2000 entregas 500 entregas < X ≤ 2000 entregas X ≤ 500 entregas Aceitação Social 10% X ≤ 500 mil 500 mil < X ≤ 2 milhões X > 2 milhões Risco 30% Alto Médio Baixo
  • 15. GESTÃO DE PORTFÓLIO Seleção e Priorização dos Projetos Por se enquadrarem dentro dos critérios adotados no processo de “Avaliação”, todos os projetos foram selecionados. Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Abrangência Populacional 35% 10 3,5 10 3,5 5 1,75 5 1,75 10 3,5 5 1,75 10 3,5 Duração 5% 5 0,25 5 0,25 5 0,25 5 0,25 5 0,25 10 0,5 10 0,5 Complexidade 20% 5 1 5 1 5 1 5 1 5 1 5 1 10 2 Aceitação Social 10% 5 0,5 10 1 10 1 5 0,5 5 0,5 10 1 5 0,5 Risco 30% 5 1,5 10 3 5 1,5 10 3 10 3 10 3 5 1,5 6,75 8,75 5,5 6,5 8,25 7,25 8 CRITÉRIOS PESO PROJETOS E/OU PROGRAMAS QUALIVIDA ÉTICA E VALORES PROJETO SANEAR LISARB ECONÔMICO EDUCAÇÃO PARA TODOS DROGA ZERO ILUMINAR
  • 16. GESTÃO DE PORTFÓLIO Seleção e Priorização dos Projetos As prioridades encontradas para os projeto e/ou programas de Lisarb foram as seguintes: Projeto Prioridade 1 EDUCAÇÃO PARA TODOS Projeto Prioridade 2 LISARB ECONÔMICO Projeto Prioridade 3 ÉTICA E VALORES Projeto Prioridade 4 PROJETO SANEAR Projeto Prioridade 5 QUALIVIDA Projeto Prioridade 6 ILUMINAR Projeto Prioridade 7 DROGA ZERO
  • 17. GESTÃO DE PORTFÓLIO Balanceamento do Portfólio Para balancear o portfólio, foram adotados como parâmetro os 2 critérios de “Avaliação” de maior peso. O Diagrama de Bolhas foi elaborado a partir do quadro abaixo. PROJETOS E/OU PROGRAMAS OBJETIVO ABRANGÊNCIA POPULACIONAL RISCO QUALIVIDA 6 2,5 milhões Médio EDUCAÇÃO 3 3,5 milhões Baixo PARA TODOS DROGA ZERO 5 600 mil Médio ILUMINAR 6 550 mil Baixo LISARB 4 5 milhões Baixo ECONÔMICO PROJETO SANEAR 6 2 milhões Baixo ÉTICA E VALORES 2 3 milhões Médio
  • 18. GESTÃO DE PORTFÓLIO Balanceamento do Portfólio (Diagrama de Bolhas) OBJETIVO 1 OBJETIVO 2 OBJETIVO 3 OBJETIVO 4 OBJETIVO 5 OBJETIVO 6 OBJETIVO 7 OBJETIVO 8 OBJETIVO 9 Q. E. V. E.T. D.Z L.E. I. P. S. CULTURAL E SOCIAL INFRAESTRUTURA SUSTENTABILIDADE Legenda 1.: Representa a Abrangência populacional X > 2 mi lhões 500 mil < X ≤ 2 mi l hõe s X ≤ 500 mi l Legenda 2.: Representa o Risco Alto Médio Baixo
  • 19. GESTÃO DE PORTFÓLIO Balanceamento do Portfólio O primeiro balanceamento foi feito considerando como parâmetros o custo e a duração, porém o resultado do diagrama de bolhas foi diferente daquele encontrado durante a priorização. Como o custo, neste estudo, não era um critério de priorização e a duração, apesar de ser, possui o menor peso, o resultado foi um diagrama de bolhas não balanceado. Sendo assim, para encontrar um melhor balanceamento, os parâmetros foram substituídos pela abrangência populacional e pelo risco, que são os 2 critérios de “Avaliação” de maior peso.
  • 20. Disposições Finais Estamos contentes com a oportunidade e desejamos sucesso a sua organização. Colocamo-nos inteiramente disponíveis aos esclarecimentos que se fizerem necessários. Esperamos muito em breve fechar nossa parceria. Obrigado!