TRABALHO 
GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO E PMO 
Marco Antonio Coghi
EQUIPE 
MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 
Fundação Getúlio Vargas 
Gerenciamento de Portfólio e PMO 
Turma TMBAGPJ-1201-27...
Implantação de PMO em LISARB
A Visão S.A. tem como negócio principal a implantação de escritório de projetos – PMO e criação de um portfólio com o obje...
1- NÍVEL DE MATURIDADE 
Foi apresentado pelo Ministério do Planejamento um questionário de maturidade em gerenciamento de ...
2- BENEFÍCIOS 
Situação atual 
Situação proposta 
Carência de uma metodologia formal e única. 
Adequar as metodologias din...
3- HIERARQUIA 
A Visão entende que a hierarquia do PMO que melhor atende LISARB é a Hierarquia nível 3 – Escritório Estrat...
4- FUNÇÃO 
Como função do PMO de LISARB, a Visão classifica como Integração com o negócio, pois irá atuar na(o): 
 Defini...
5- MODELO 
Para a Visão o modelo que define a arquitetura do PMO de LISARB é a Torre de controle, pois é uma unidade de go...
6- MÉTRICAS DE SUCESSO 
Como métricas para análise da atuação do PMO em LISARB, serão utilizados os seguintes parâmetros: ...
7- ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO DO PMO 
AVALIAR O RESULTADO DA NOVA PESQUISAREALIZAR NOVA PESQUIDA DE MATURIDADE MAIS APROFUNDA...
Gerenciamento de Portfólio de LISARB
1.Aliança por um Lisarb mais justo 100% dos Lisarbeanos querem um jeito melhor de fazer as coisas, de cuidar do pais, de u...
OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE LISARB 
5.Proteção social Olhar a proteção social, saúde e previdência como um co...
8.Política externa para o século 21 A política externa lisarbeana deverá ser pautada por princípios fundamentais, como a m...
1. IDENTIFICAÇÃO 
Utilizando a técnica brainstorming foi identificado projetos de acordo com os objetivos estratégicos 
JU...
1. IDENTIFICAÇÃO 
OBJETIVOS
2- CATEGORIZAÇÃO 
Os 32 Projetos foram agrupados em 08 Categorias.
3- AVALIAÇÃO 
Foram definidos 07 critérios de avaliação e distribuídos pesos entre 5% e 25%, conforma abaixo: 
05101Custo1...
4- SELEÇÃO 
Foram selecionados os Projetos conforme os critérios estabelecidos, sendo que: 
•Foram eliminados os projetos ...
5- PRIORIZAÇÃO 
Os 09 Projetos selecionados foram priorizados em função dos critérios estabelecidos:
6- BALANCEAMENTO DO PORTFÓLIO 
GRÁFICO DE BOLHAS
7- CONSIDERAÇÕES FINAIS 
Após analisarmos a situação proposta, podemos perceber que o diagrama está desbalanceado, uma vez...
7- NOVA SELEÇÃO 
Foram selecionados os Projetos conforme os critérios estabelecidos, sendo que: 
•O PROJETO “Governo nas c...
7- REBALANCEAMENTO DO PORTFÓLIO 
GRÁFICO DE BOLHAS
F I M
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Implantação de PMO em LISARB

255 visualizações

Publicada em

Titulo: Implantação de PMO em LISARB
Alunos:BEATRIZ CARNEIRO VIANNA,Fabiana Nascimento de Andrade,Joaquim Nascimento,JOSE JORGE GUIMARAES BARRETTO,RENATA ANDRADE BRASILEIRO,Taís Misaki Tomita,
Cidade: Salvador
Disciplina: PMO
Turma: GP27
Data:31-10-2014
Hora:10:24
Comentarios:Marco, bom dia,

Segue o trabalho da Equipe Visão, composta por:

Beatriz Vianna
Fabiana Andrade
Joaquim Nascimento
José Jorge
Misaki Tomita
Renata Brasileiro

Obrigada,
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
255
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Implantação de PMO em LISARB

  1. 1. TRABALHO GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO E PMO Marco Antonio Coghi
  2. 2. EQUIPE MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS Fundação Getúlio Vargas Gerenciamento de Portfólio e PMO Turma TMBAGPJ-1201-27 - Salvador Beatriz Vianna Fabiana Andrade Joaquim Nascimento José Jorge Misaki Tomita Renata Brasileiro 31 de outubro de 2014.
  3. 3. Implantação de PMO em LISARB
  4. 4. A Visão S.A. tem como negócio principal a implantação de escritório de projetos – PMO e criação de um portfólio com o objetivo de alcançar melhorias da eficiência no planejamento e condução dos projetos em uma empresa. MISSÃO Assegurar a excelência da entrega de produtos e serviços ao cliente. VISÃO Ser referência mundial nos negócios em que atua. VALORES Nossa conduta deve refletir os mais altos padrões de ética; Nossa comunicação deve ser clara e precisa; Nosso gerenciamento deve ser em equipe, consistente e focado.
  5. 5. 1- NÍVEL DE MATURIDADE Foi apresentado pelo Ministério do Planejamento um questionário de maturidade em gerenciamento de projetos de LISARB. Foi realizado uma análise da maturidade da administração, na qual LISARB encontra-se no nível 2, ou seja, apresenta um conhecimento básico de projetos. LISARB sente necessidade de repetir o sucesso alcançado em outros projetos.
  6. 6. 2- BENEFÍCIOS Situação atual Situação proposta Carência de uma metodologia formal e única. Adequar as metodologias dinamicamente, baseada nas boas práticas de projetos. Desalinhamento das estimativas de custo e tempo, que geram desperdício financeiro e retrabalho. Implementar ações para manter adequada a relação Custo x Prazo x Escopo x Qualidade. Falta de controle das mudanças e problemas para identificar problemas. Manter a gerência / diretoria e os stakeholders informados em relação a situação dos projetos. Eventualmente há alinhamento com a população / cliente. Assegurar melhor retorno para a população / cliente com aprovação e satisfação. Poucos projetos apresentaram sucesso. Aumentar a taxa de sucesso dos projetos. O questionário de maturidade de LISARB demonstrou alguns pontos críticos que existem na administração atual nos projetos. Como a implantação do PMO irá combater esses pontos?
  7. 7. 3- HIERARQUIA A Visão entende que a hierarquia do PMO que melhor atende LISARB é a Hierarquia nível 3 – Escritório Estratégico de Projetos, devido a sua visão estratégica visando a organização com um todo. Esta forma é possível alinhar os projetos existentes em sintonia com os novos projetos. Pondo em prática a dinâmica dos processos, resultando numa otimização, sem dispersões, bem como em concordância com o Planejamento Estratégico de LISARB. Principais características:  Operam no nível corporativo;  Coordenam e decidem políticas para todos os projetos na organização;  Gerenciam o portfólio corporativo; Auxiliando os escritórios de Níveis 1 e 2, caso existam.
  8. 8. 4- FUNÇÃO Como função do PMO de LISARB, a Visão classifica como Integração com o negócio, pois irá atuar na(o):  Definição das políticas;  Criação e gerenciamento do portfólio;  Implantação e manutenção de um sistema de informações;  Gestão corporativa de recursos;  Alinhamento dos projetos à estratégia corporativa;  Desenvolvimento profissional dos membros;  Melhoria contínua.
  9. 9. 5- MODELO Para a Visão o modelo que define a arquitetura do PMO de LISARB é a Torre de controle, pois é uma unidade de governança, que cuida da gestão de projeto como um processo de negócio onde será cultivado e controlado. Principais características:  Estabelece padrões de gestão de projetos;  Propõe melhoria contínua nos processos estabelecidos;  Conduz todo processo;  Realiza auditoria.
  10. 10. 6- MÉTRICAS DE SUCESSO Como métricas para análise da atuação do PMO em LISARB, serão utilizados os seguintes parâmetros:  Quantidade de projetos iniciados / concluídos com sucesso;  Análise comparativa dos projetos realizados antes e depois da implantação do PMO;  Controle dos Riscos;  Utilização dos métodos gerenciais;  Satisfação dos colaboradores.
  11. 11. 7- ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO DO PMO AVALIAR O RESULTADO DA NOVA PESQUISAREALIZAR NOVA PESQUIDA DE MATURIDADE MAIS APROFUNDADAMAPEAR E CLASSIFICAR OS STAKEHOLDERSREALIZAR REUNIÃO COM STAKEHOLDERSDEFINIR A HIERARQUIADEFINIR MODELO PMODEFINIR FUNÇÃO PMODEFINIR CUSTO DA IMPLANTAÇÃODEFINIR PRAZO VIÁVEL PARA A IMPLANTAÇÃODESENVOLVER TREINAMENTOS DOS ENVOLVIDOSIMPLANTAR PILOTODEFINIR MÉTRICAS AVALIAR RESULTADO DO PITOTOIMPLANTAR CORREÇÕES DAS FALHAS IDENTIFICADAS NO PILOTODEFINIR OS RISCOS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO
  12. 12. Gerenciamento de Portfólio de LISARB
  13. 13. 1.Aliança por um Lisarb mais justo 100% dos Lisarbeanos querem um jeito melhor de fazer as coisas, de cuidar do pais, de uma justiça mais ágil. 2.Política cidadã baseada em princípios e valores É preciso uma nova prática no modo de fazer politica do pais, ouvir as opiniões das pessoas em todas as partes geográficas que queiram participar para colocar em prática seus próprios valores. 3.Educação para sociedade do conhecimento Para estabelecer uma ponte entre o Lisarb do presente e o Lisarb do futuro, é imprescindível uma educação de qualidade, formadora de cidadãos comprometidos com uma vida social solidária e preparados para desafios de uma sociedade cada vez mais demandante de informação e conhecimento. 4.Economia para uma sociedade sustentável O desenvolvimento na economia sustentável tem que ser compatível com a absorção de novas tecnologias de baixo carbono e aumento contínuo da qualidade de vida para todos lisabeanos. OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE LISARB
  14. 14. OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE LISARB 5.Proteção social Olhar a proteção social, saúde e previdência como um conjunto de políticas integradas e complementares. A reconstrução das redes de proteção social é um passo necessário para orientar um conjunto de valores que afirmam a nova cultura social da sustentabilidade. O combate às drogas e outras práticas que degradem os lisarbranos também entram nesse íitem. 6.Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos Cidades sustentáveis e democráticas fazem parte dos grandes desafios do século 21, onde a garantia de mobilidade e direito à cidade para todos os seus habitantes, a valorização da diversidade sociocultural e a busca de padrões sustentáveis para uso dos recursos naturais devem ser valores centrais. 7.Cultura e fortalecimento da diversidade Promover a diversidade na centralidade das políticas públicas é investir no aprofundamento da democracia e na sustentabilidade do Lisarb,
  15. 15. 8.Política externa para o século 21 A política externa lisarbeana deverá ser pautada por princípios fundamentais, como a manutenção e promoção da paz, que devem ser defendidos e respeitado nas relações internacionais. 9.Combate a corrupção Tomar atitudes práticas em todos os setores sociais e orgânicos do país para o extermínio de qualquer prática ou ato ilícito envolvendo a corrupção. OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE LISARB
  16. 16. 1. IDENTIFICAÇÃO Utilizando a técnica brainstorming foi identificado projetos de acordo com os objetivos estratégicos JUSTIÇA PARA TODOS PROTEÇÃO SOCIAL CIDADE CIDADÃ TECNOLOGIA SUSTENTÁVEL EDUCAÇÃO DO FUTURO VOCÊ DECIDE SOMOS UM SÓ UNIVERSIDADE AO SEU ALCANÇE LISARB SUSTENTÁVEL LISARB PARA TODOS CRIANÇA FUTURO GOVERNO + PERTO DE VOCÊ PROFESSORES PARA TODOS NATUREZA URBANA TOLERÂNCIA ZERO DIVERSIDADE PARA TODOS SAÚDE PARA TODOS CRIANDO O FUTURO
  17. 17. 1. IDENTIFICAÇÃO OBJETIVOS
  18. 18. 2- CATEGORIZAÇÃO Os 32 Projetos foram agrupados em 08 Categorias.
  19. 19. 3- AVALIAÇÃO Foram definidos 07 critérios de avaliação e distribuídos pesos entre 5% e 25%, conforma abaixo: 05101Custo10%Que consome 10% ou mais do orçamentoQue consome 1% a 10% do orçamentoQue consome até 1% do orçamento2Prazo10%Prazo de conclusão maior que 3 anosPrazo de conclusão de 1 a 3 anosPrazo de conclusão inferior a 1 ano3Relevância25%Atinge menos que 10% dos objetivos estratégicosAtinge entre 10% e 50% dos objetivos estratégicosAtinge mais de 50% dos objetivos estratégicos4Aceitação popular15%Menor que 20% da populaçãoEntre 20% e 80% da populaçãoAcima de 80% da população5Risco 15%AltoMédioBaixo6Complexidade5%Ter mais de 20 stakeholdersTer entre 10 e 20 stakeholdersTer menos de 10 stakeholders7Político20%Atinge menos de 20% da regiãoAtinge entre 20% e 70% da regiãoAtinge mais do que 90% da região100% NOTASPesoCritério
  20. 20. 4- SELEÇÃO Foram selecionados os Projetos conforme os critérios estabelecidos, sendo que: •Foram eliminados os projetos com grande quantidade de notas “0”. •Buscou-se selecionar projetos em todas as Categorias.
  21. 21. 5- PRIORIZAÇÃO Os 09 Projetos selecionados foram priorizados em função dos critérios estabelecidos:
  22. 22. 6- BALANCEAMENTO DO PORTFÓLIO GRÁFICO DE BOLHAS
  23. 23. 7- CONSIDERAÇÕES FINAIS Após analisarmos a situação proposta, podemos perceber que o diagrama está desbalanceado, uma vez que há objetivos que não estão sendo contemplados com nenhum projeto. Alguns objetivos estão sendo beneficiados, o que acabará acarretando em um desequilíbrio do objetivo final de Lisarb. Para atingirmos todos os âmbitos propostos, será necessário rebalancear o diagrama. Percebemos que há projetos que podem ser enquadrados em diversos objetivos e categorias, o que nos permite reorganizá-los para otimizarmos os resultados. No entanto, também entendemos que é possível incluirmos novos projetos, uma vez que os já selecionados são de extrema importância. Nesse caso, trocaremos o projeto “Governo mais perto de você” pelo “O Governo nas cidades”, uma vez que os projetos têm finalidades comuns. Também será incluído o projeto será incluído o projeto “Pensando no Futuro”, que supre o objetivo 8, conforme apresentado abaixo
  24. 24. 7- NOVA SELEÇÃO Foram selecionados os Projetos conforme os critérios estabelecidos, sendo que: •O PROJETO “Governo nas cidades” substituiu o “Governo mais perto de você”. •Foi incluído o projeto “Pensando no Futuro”.
  25. 25. 7- REBALANCEAMENTO DO PORTFÓLIO GRÁFICO DE BOLHAS
  26. 26. F I M

×