SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
Disciplina: Fundamentos de Projetos – GP22
Ribeirão Preto – SP, 2016.
Equipe:
Camila Furlanetto Bellentani LeonardoCanesin Rodrigues Braz
• COO (Chief Operation Officer) CTO (ChiefTechnology Officer)
Project Controller Project Manager
Maria Rita RezendeGuimarães Fernandes Ricardo LuisVieira E Silva
CEO (Chief Executive Officer) CPO(Chief Product Officer)
Sponsor Hand Over Manager
Quem somos:
TETO AMIGO é uma organização não governamental sem fins
lucrativos que promove o acolhimento de pacientes em
tratamento no Hospital do Câncer de Barretos, que não
possuem condições financeiras de se hospedarem na rede
hoteleira da cidade, em casas de famílias voluntárias durante o
período de tratamento.
Portfólio
• Programa de Acolhimento:
1. ProjetoTeto Amigo: procura de residências voluntárias para acolher os
pacientes e familiares, o cadastro será feito através do site e aplicativo
desenvolvido;
2. Projeto Comunicação Social: abranger toda área de marketing, social,
institucional e de relações para o desenvolvimento de campanhas
comunitárias e captação de recursos e voluntários em prol dos pacientes
do hospital do Câncer de Barretos ;
3. ProjetoTransporte: quando for preciso levar o paciente ao tratamento e
ajudar na busca de doações.
Portfólio
• Programa Paralelo:
1. Projeto Solidariedade: dar apoio, orientação e informações aos
pacientes;
2. Projeto chá das três horas: fazer visitas e levar um lanche aos pacientes
carentes;
3. ProjetoVitória: entreter e orientar as crianças que estão em
tratamento;
4. ProjetoTrabalhando com Amor: proporcionar ao paciente e seu
acompanhantes maior equilíbrio emocional e espiritual;
5. Projeto Me Sentido Bem: ajudar as mulheres em tratamento recuperar
a autoestima através de oficinas de auto maquiagem, doações e procura
de voluntários.
Produto:
•Site: www.tetoamigo.org.br;
•Aplicativo:Teto amigo.
Justificativa:
• O Hospital do Câncer de Barretos é referência nacional em tratamento contra o
câncer. Pessoas de todo o país saem das cidades para fazerem tratamento em
Barretos. Geralmente a oferta de alojamentos e leitos para os pacientes e seus
acompanhantes durante o período de tratamento não atende à demanda. Devido
a isto, muitas pessoas recorrem a hospedagem em hotéis, pensões e pousadas da
cidade, porém as famílias de baixa renda não são capazes de bancar os custos de
hospedagem.
• Diante desta necessidade surge nosso projeto na criação de um site e um
aplicativo para smartphones para que auxilie as pessoas de baixa renda a
localizarem hospedagem gratuita em residências de famílias voluntárias através
do sistema de busca de nossa plataforma permitindo que o paciente, junto de seu
acompanhante, conclua seu tratamento com o conforto e apoio de uma família
acolhedora e disposta a fazer o bem.
Objetivo:
Desenvolver uma plataforma que permita a busca e reserva on-line de
alojamento para pacientes e seus acompanhantes, provenientes de famílias de
baixa renda que não residam na cidade de Barretos e estão em tratamento
pelo hospital de câncer, a localizarem uma hospedagem gratuita proveniente
de uma família voluntária durante o período de tratamento atendendo 100%
da demanda de necessitados que não conseguem hospedagem pelo próprio
hospital. A utilização da plataforma entrará em funcionamento a partir do ano
2017 e o recrutamento de voluntários e vistoria de moradias ao longo do ano
2016.
S- specific;
M- Measurable;
A- Attainable;
R- Realistic;
T-Timely
Stakeholders
1. Proprietários das residências;
2. Pacientes com câncer;
3. Familiares dos pacientes;
4. Programadores de site/ aplicativo;
5. Equipe de manutenção do site/ app;
6. Engenheiro de vistoria;
7. Hospital do Câncer de Barretos;
8. Comunidade local;
9. Médicos;
10.Equipe da ONG.
Requisitos do Produto
Código Requisito Tempo/
Custo/ Risco
Stakeholder
R01 Selecionar as características dos hóspedes. Risco Proprietário da
residência
R02 O site ajudar a localizar uma hospedagem ao acompanhante o mais breve
possível.
Risco Familiares dos
pacientes
R03 Segurança na hospedagem. Risco Familiares do
pacientes
R04 Proximidade do hospital que está sendo tratado. Risco Familiares e pacientes
em tratamento
R05 Especificação do sistema. Risco Equipe de
manutenção do
site/app
R06 Equipe da ONG acompanhar/ vistoriar pacientes e familiares durante o
período de hospedagem.
Risco Equipe da ONG
R07 O produto (site/ app) deve estar em funcionamento a partir de 2017. Tempo Programadores do
site/ app
Requisitos do Projeto
Código Requisito Tempo/
Custo/ Risco
Stakeholder
R01 Prazo para desenvolvimento do site/ app. Tempo Programadores do
site/ app
R02 Todos os envolvidos devem trabalhar voluntariamente. Custo Equipe da ONG
R03 Existir pessoas que estão dispostas a oferecerem suas residências
voluntariamente.
Risco Equipe da ONG
R04 Localizar e vistoriar as residências para que tenham condições mínimas de
higiene para oferecerem aos hóspedes.
Risco Engenheiro de
vistoria
R05 Expectativa que o projeto possa atender o maior número de pessoas que o
necessitam.
Risco Equipe da ONG
R06 Adequação de baixo custo de implementação. Custo Equipe da ONG
R07 Conclusão dos trabalhos dentro do prazo estabelecido. Tempo Equipe da ONG
Como Iniciar
WBS
Prospecção de
residências
Seleção
Entrevistas
Vistorias
Organização
Construção do
site/app
Especificação
Programação FE
Programação BE
Testes
Carregamento de
banco de dados
Apresentação para
comunidade
Divulgação
Campanhas
Visitas as
instituições
Lançamento
site/app
Cadastro
Sistema de Busca
Videoconferência
Acompanhamento
das famílias
Visitas
Suporte
Arrecadação de
mantimentos
Teto Amigo
Entregáveis
C.C.
Pacotes de
Trabalho
Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação
1.1 Seleção Catálogo de Residências
Planilha com endereços
e detalhamento da configuração das
residências
Planilha aprovada pelo
GP
1.2 Entrevistas Relatório de entrevista
Análise social, comportamental e cultural
das famílias
Relatório aprovado pelo
GP
1.3 Vistorias Relatório de vistoria
Avaliação física e
estrutural das
residências
Relatório entregue e
aprovado pelo inspetor
e pelo GP
1.4 Organização Banco de Dados
Disposição e organização
das informações.
Protocolo de entrega
assinado pelo Gerente
de entrega e aprovado
pelo GP
Fase: Prospecção de Residências
Entrega: Banco de Dados
Entregáveis
C.C.
Pacotes de
Trabalho
Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação
2.1 Especificação
Esboço em papel do site e
domínio registrado
Logo da ONG e do Hospital visíveis,
campos de cadastro desejados.
Relatório aprovado pelo
GP e domínio do site
.org
2.2
Programação Front
End
Layout do site: Telas,
menus e campos para
cadastramento
Fácil visualização e entendimento
das telas e suas informações.
Relatório aprovado pelo
GP
2.3
Programação Back
End
Código compilado
Linguagem de desenvolvimento Java
sem erros de compilação.
Realização de conferência de Dados.
Relatório aprovado
pelo GP
2.4 Testes Teste do sistema
Testar acessibilidade e velocidade
de resposta nas buscas ao site
O sistema não pode
ficar indisponível
2.5
Carregamento de
Banco de Dados
Relatório com os cadastros
das residências
Validação da segurança e
armazenamento dos dados
cadastrados pelo administrador do
Apenas o
administrador pode
adicionar dados ao
Fase: Construção do Site/App
Entrega: Demonstração de funcionalidade do site
Entregáveis
C.C.
Pacotes de
Trabalho
Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação
3.1 Divulgação Carta de apresentação Protocolo de recebimento
Protocolos assinado
pelo Coordenador de
Marketing
3.2 Campanhas
Inserção de material
de campanha físico
e eletrônico
Comprovação através de
pesquisa de campo
Relatório de pesquisa
assinado pelo GP
3.3 Visitas as Instituições
Reunião com o responsável
da instituição.
Agendamento formalizado
Ata de reunião assinada
pelo responsável da
instituição.
Fase: Apresentação para a Comunidade
Entrega: Pesquisa de mercado
Entregáveis
C.C.
Pacotes de
Trabalho
Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação
4.1 Cadastro
Relatório de teste de
funcionalidade de
cadastro
Relatório preenchido
e assinado
E-mail de aceite do GP
4.2 Sistema de Busca
Relatório de teste de
funcionalidade do sistema
de busca
Relatório preenchido
e assinado
E-mail de aceite do GP
4.3 Videoconferência
Relatório de teste de
funcionalidade do sistema
de videoconferencia
Relatório preenchido
e assinado
E-mail de aceite do GP
Fase: Lançamento do site
Entrega: Domínio do site em operação
Entregáveis
C.C.
Pacotes de
Trabalho
Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação
5.1 Visitas Relatório de Visita
Análise das condições do
alojamento e das famílias.
Relatório assinado
pelo GP
5.2 Suporte
Relatório de atendimento
das necessidades.
Auxilio nas necessidades dos
hóspedes e voluntários.
Relatório assinado
pelo GP
5.3
Arrecadação de
mantimentos
Cesta Básica de alimentos e
produtos
de higiene
Produtos e alimentos
dentro do prazo de validade
Protocolo de entrega
de cestas assinado pelo
GP
Fase: Acompanhamento das famílias
Entrega: Atendimento as necessidades das famílias
Make or Buy
TetoAmigo
Prospecção de
residências
Seleção
Make
Entrevistas
Make
Vistorias
Make
Organização
Make
Construção site/app
Especificação
Buy
Programação FE
Buy
Teste
Buy
Carregamento de
dados
Buy
Apresentação para
comunidade
Divulgação
Buy
Campanhas
Make
Visitas as instituições
Make
Lançamento site/app
Cadastro
Buy
Sistema de busca
Buy
Videoconferência
Buy
Acompanhamento das
famílias
Visitas
Make
Suporte
Make
Arrecadação de
mantimentos
Make
Programação BE
Buy
RiscosCod. Risco Qualificativos/
Probabilidade
Quantitativo/
Impacto
Plano
R01 Ultrapassar tempo pré-estabelecido para desenvolvimento do
site/app.
Provável Grande Reavaliar prazo.
R02 Procura de pacientes ser maior que a quantidade de
voluntários.
Provável Grande Aumentar as campanhas de procura de
voluntários.
R03 Empresas para o desenvolvimento do site/ app não trabalhar
voluntariamente.
Provável Média Ir em busca de doações para o financiar o
desenvolvimento e manutenção do site/app.
R04 Hóspede e voluntário a residência não ter uma relação
amigável de boa convivência.
Provável Média Procurar uma outra residência voluntária para se
hospedar.
R05 A residência voluntária não ter as condições mínimas para
hospedagem dos pacientes.
Baixa Média Auxiliar o voluntário a organizar sua casa para
receber o hóspede.
R06 Residência voluntária ser longe do hospital de tratamento do
paciente.
Baixa Baixa Auxiliar o paciente para o transporte até o
hospital.
R07 Aplicativo pouco acessível, dificultando a utilização por parte
dos usuários.
Baixa Muito Grande Encontrar uma empresa para fazer o teste e
obter o feedback do usuário. Se for o caso
reprogramar o site.
R08 Má aceitação pela comunidade, não encontrar residências
que estão dispostas a servir voluntariamente.
Baixa Muito Grande Orientar e conscientizar a comunidade com
campanhas mais chocantes
R09 Dificuldade de acesso dos pacientes a internet. Média Baixa Disponibilizar junto ao hospital um computador
com acesso dedicado ao site tetoamigo.com.br.
R10 Meliantes se passarem por pacientes com intuito de furto e Baixa Baixa Entrevista prévia com os pacientes e confirmar
Como Planejar
Como Executar - BUY
Como Executar - MAKE
Como Monitorar
Mudanças
Como Encerrar

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIOELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIOMarco Coghi
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouseMarco Coghi
 
Implantação do SGA no Radisson Hotel Aracaju
Implantação do SGA no Radisson Hotel AracajuImplantação do SGA no Radisson Hotel Aracaju
Implantação do SGA no Radisson Hotel AracajuMarco Coghi
 
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MADUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MAMarco Coghi
 
Aniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 AnosAniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 AnosMarco Coghi
 
Projeto Construção Clube
Projeto Construção ClubeProjeto Construção Clube
Projeto Construção ClubeMarco Coghi
 
EMPRESA DE EVENTOS - FORMATURA
EMPRESA DE EVENTOS - FORMATURAEMPRESA DE EVENTOS - FORMATURA
EMPRESA DE EVENTOS - FORMATURAMarco Coghi
 
Goiânia Cultural
Goiânia CulturalGoiânia Cultural
Goiânia CulturalMarco Coghi
 
Executive Lounge
Executive LoungeExecutive Lounge
Executive LoungeMarco Coghi
 
Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos
Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos
Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos Greice Marques
 
Proposta Laporte Engenharia Gerenciamento Consultoria Pp
Proposta Laporte Engenharia  Gerenciamento Consultoria PpProposta Laporte Engenharia  Gerenciamento Consultoria Pp
Proposta Laporte Engenharia Gerenciamento Consultoria Pppaulolaporte
 
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015gelcine Angela
 
Jovens do Futuro
Jovens do FuturoJovens do Futuro
Jovens do FuturoMarco Coghi
 
Termo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyTermo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyMLGV
 
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bankSao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bankMarco Coghi
 

Mais procurados (20)

Zika
ZikaZika
Zika
 
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIOELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
 
Implantação do SGA no Radisson Hotel Aracaju
Implantação do SGA no Radisson Hotel AracajuImplantação do SGA no Radisson Hotel Aracaju
Implantação do SGA no Radisson Hotel Aracaju
 
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MADUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
 
Aniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 AnosAniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 Anos
 
Projeto Construção Clube
Projeto Construção ClubeProjeto Construção Clube
Projeto Construção Clube
 
Casa da Vovô
Casa da VovôCasa da Vovô
Casa da Vovô
 
EMPRESA DE EVENTOS - FORMATURA
EMPRESA DE EVENTOS - FORMATURAEMPRESA DE EVENTOS - FORMATURA
EMPRESA DE EVENTOS - FORMATURA
 
Goiânia Cultural
Goiânia CulturalGoiânia Cultural
Goiânia Cultural
 
Executive Lounge
Executive LoungeExecutive Lounge
Executive Lounge
 
Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos
Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos
Apresentação para Disciplina Gestão de Projetos
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
 
Proposta Laporte Engenharia Gerenciamento Consultoria Pp
Proposta Laporte Engenharia  Gerenciamento Consultoria PpProposta Laporte Engenharia  Gerenciamento Consultoria Pp
Proposta Laporte Engenharia Gerenciamento Consultoria Pp
 
Festa dos 600
Festa dos 600Festa dos 600
Festa dos 600
 
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
 
Jovens do Futuro
Jovens do FuturoJovens do Futuro
Jovens do Futuro
 
Termo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyTermo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beauty
 
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bankSao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
 

Destaque

Hospital do Câncer de Londrina/2013 - Apresentação
Hospital do Câncer de Londrina/2013 - ApresentaçãoHospital do Câncer de Londrina/2013 - Apresentação
Hospital do Câncer de Londrina/2013 - ApresentaçãoPaulo Moral
 
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira casaamofraterno
 
Sedacao analgesia oncologia_dr_marcos_bicca
Sedacao analgesia oncologia_dr_marcos_biccaSedacao analgesia oncologia_dr_marcos_bicca
Sedacao analgesia oncologia_dr_marcos_biccaKaká Quadros
 
Passos Que Salvam 2014
Passos Que Salvam 2014Passos Que Salvam 2014
Passos Que Salvam 2014JPZR
 
Hospital John Hopkins Eua
Hospital John Hopkins   EuaHospital John Hopkins   Eua
Hospital John Hopkins EuaMarcelo Paiva
 
Hospital do cancer
Hospital do cancerHospital do cancer
Hospital do cancerEdi1000lson
 
Estratégia modelo - healthcare recruiting
Estratégia modelo - healthcare recruitingEstratégia modelo - healthcare recruiting
Estratégia modelo - healthcare recruitingDenise Alencar
 
Nefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de Barretos
Nefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de BarretosNefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de Barretos
Nefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de BarretosUrovideo.org
 
Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015
Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015
Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015Francisco H C Felix
 
Melhorias em Oncologia - Rafael Kaliks
Melhorias em Oncologia - Rafael KaliksMelhorias em Oncologia - Rafael Kaliks
Melhorias em Oncologia - Rafael KaliksOncoguia
 
Trabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo Pinheiro
Trabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo PinheiroTrabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo Pinheiro
Trabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo PinheiroOncoguia
 
Infraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia Sampaio
Infraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia SampaioInfraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia Sampaio
Infraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia SampaioOncoguia
 
Biografia de maria teresa maia gonzalez
Biografia de maria teresa maia gonzalezBiografia de maria teresa maia gonzalez
Biografia de maria teresa maia gonzalezmariafernandabrito
 
Anona (Combate ao câncer)
Anona (Combate ao câncer)Anona (Combate ao câncer)
Anona (Combate ao câncer)Doni Cia
 
Prevenção Primária
Prevenção PrimáriaPrevenção Primária
Prevenção PrimáriaOncoguia
 
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-ConstruirPlantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construirdanilosaccomori
 

Destaque (20)

Hospital do Câncer de Londrina/2013 - Apresentação
Hospital do Câncer de Londrina/2013 - ApresentaçãoHospital do Câncer de Londrina/2013 - Apresentação
Hospital do Câncer de Londrina/2013 - Apresentação
 
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
 
Sedacao analgesia oncologia_dr_marcos_bicca
Sedacao analgesia oncologia_dr_marcos_biccaSedacao analgesia oncologia_dr_marcos_bicca
Sedacao analgesia oncologia_dr_marcos_bicca
 
Passos Que Salvam 2014
Passos Que Salvam 2014Passos Que Salvam 2014
Passos Que Salvam 2014
 
Hospital John Hopkins Eua
Hospital John Hopkins   EuaHospital John Hopkins   Eua
Hospital John Hopkins Eua
 
Hospital do cancer
Hospital do cancerHospital do cancer
Hospital do cancer
 
Estratégia modelo - healthcare recruiting
Estratégia modelo - healthcare recruitingEstratégia modelo - healthcare recruiting
Estratégia modelo - healthcare recruiting
 
Nefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de Barretos
Nefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de BarretosNefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de Barretos
Nefrectomia Parcial Laparoscópica - Hospital do Câncer de Barretos
 
Como Evitar O CâNcer...
Como Evitar O CâNcer...Como Evitar O CâNcer...
Como Evitar O CâNcer...
 
Barrios
BarriosBarrios
Barrios
 
Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015
Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015
Anais do XIX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica 2015
 
Melhorias em Oncologia - Rafael Kaliks
Melhorias em Oncologia - Rafael KaliksMelhorias em Oncologia - Rafael Kaliks
Melhorias em Oncologia - Rafael Kaliks
 
Trabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo Pinheiro
Trabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo PinheiroTrabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo Pinheiro
Trabalho e atendimento em Oncologia - Rodrigo Pinheiro
 
Infraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia Sampaio
Infraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia SampaioInfraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia Sampaio
Infraestrutura Ideal em Oncologia - Patrícia Sampaio
 
Biografia de maria teresa maia gonzalez
Biografia de maria teresa maia gonzalezBiografia de maria teresa maia gonzalez
Biografia de maria teresa maia gonzalez
 
Anona (Combate ao câncer)
Anona (Combate ao câncer)Anona (Combate ao câncer)
Anona (Combate ao câncer)
 
Prevenção Primária
Prevenção PrimáriaPrevenção Primária
Prevenção Primária
 
Uan 1500 refeições
Uan 1500 refeiçõesUan 1500 refeições
Uan 1500 refeições
 
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-ConstruirPlantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
 
ESTUDO DE CASO ROCHAVERÁ
ESTUDO DE CASO ROCHAVERÁESTUDO DE CASO ROCHAVERÁ
ESTUDO DE CASO ROCHAVERÁ
 

Semelhante a Teto Amigo

ElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRPElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRPMarco Coghi
 
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRPElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRPMarco Coghi
 
Subsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distrito
Subsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distritoSubsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distrito
Subsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distritoRotary International
 
Festival 2015 -
Festival 2015 - Festival 2015 -
Festival 2015 - ABCR
 
Hipermidia Comunicação e IGEC
Hipermidia Comunicação e IGECHipermidia Comunicação e IGEC
Hipermidia Comunicação e IGECRenata Pacheco
 
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02Marilene de Freitas
 
Sao paulo geept25-fgp-preto no branco
Sao paulo geept25-fgp-preto no brancoSao paulo geept25-fgp-preto no branco
Sao paulo geept25-fgp-preto no brancoMarco Coghi
 
CBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e B
CBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e BCBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e B
CBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e BErica Bamberg
 
Cartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do BrasilCartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do BrasilSavio Rodrigues
 
[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...
[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...
[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...EloGroup
 
Case brasilprev conceder benefícios vs p disponibilização
Case brasilprev conceder benefícios vs p disponibilizaçãoCase brasilprev conceder benefícios vs p disponibilização
Case brasilprev conceder benefícios vs p disponibilizaçãoEloGroup
 
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.Mobiliza Consultoria
 
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação MaggiEdital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação MaggiDenizecomZ
 
Festival 2017 - Marcos Barroso e Washington Luiz
Festival 2017 - Marcos Barroso e Washington LuizFestival 2017 - Marcos Barroso e Washington Luiz
Festival 2017 - Marcos Barroso e Washington LuizABCR
 
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed CuiabaPaulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed CuiabaPaulo Brustolin
 
Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016
Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016
Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016Alessandro Almeida
 

Semelhante a Teto Amigo (20)

ElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRPElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
 
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRPElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
ElectroRecicla S.A - EducaInfoRP
 
Subsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distrito
Subsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distritoSubsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distrito
Subsídios globais: dicas para desenvolver seu projeto e mobilizar seu distrito
 
Cartilha pnhr bb v9
Cartilha pnhr bb v9Cartilha pnhr bb v9
Cartilha pnhr bb v9
 
DENGUE_ZERO
DENGUE_ZERODENGUE_ZERO
DENGUE_ZERO
 
Festival 2015 -
Festival 2015 - Festival 2015 -
Festival 2015 -
 
Fique abendo 2012 VC 24 de OUT Karina CRT
Fique abendo 2012 VC 24 de OUT Karina CRTFique abendo 2012 VC 24 de OUT Karina CRT
Fique abendo 2012 VC 24 de OUT Karina CRT
 
Resultados do Programa DI 2012/13
Resultados do Programa DI 2012/13Resultados do Programa DI 2012/13
Resultados do Programa DI 2012/13
 
Hipermidia Comunicação e IGEC
Hipermidia Comunicação e IGECHipermidia Comunicação e IGEC
Hipermidia Comunicação e IGEC
 
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
 
Sao paulo geept25-fgp-preto no branco
Sao paulo geept25-fgp-preto no brancoSao paulo geept25-fgp-preto no branco
Sao paulo geept25-fgp-preto no branco
 
CBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e B
CBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e BCBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e B
CBA 24 Plano de marketing Clean - Dinks e Classe A e B
 
Cartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do BrasilCartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do Brasil
 
[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...
[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...
[BPM DAY SP 2015] Melhoria da Experiência do Cliente: Processo Conceder Benef...
 
Case brasilprev conceder benefícios vs p disponibilização
Case brasilprev conceder benefícios vs p disponibilizaçãoCase brasilprev conceder benefícios vs p disponibilização
Case brasilprev conceder benefícios vs p disponibilização
 
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
Como começar "do zero" um programa de captação de recursos com indivíduos.
 
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação MaggiEdital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
 
Festival 2017 - Marcos Barroso e Washington Luiz
Festival 2017 - Marcos Barroso e Washington LuizFestival 2017 - Marcos Barroso e Washington Luiz
Festival 2017 - Marcos Barroso e Washington Luiz
 
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed CuiabaPaulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
Paulo Brustolin MBA Turma 29 Case Unimed Cuiaba
 
Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016
Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016
Status Report dos TCCs (SIN-NA7): 1º semestre de 2016
 

Mais de Marco Coghi

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteMarco Coghi
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisMarco Coghi
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto LampiãoMarco Coghi
 
Condomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentávelCondomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentávelMarco Coghi
 
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeamProposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeamMarco Coghi
 
curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5Marco Coghi
 
Implementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.LaskaImplementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.LaskaMarco Coghi
 
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT ConsultoriaProposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT ConsultoriaMarco Coghi
 
ABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTINGABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTINGMarco Coghi
 

Mais de Marco Coghi (20)

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
 
Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
 
Projeto +Cana
Projeto +CanaProjeto +Cana
Projeto +Cana
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
 
Projeto Gestar
Projeto GestarProjeto Gestar
Projeto Gestar
 
Fenix
FenixFenix
Fenix
 
Autc@r Mobile
Autc@r MobileAutc@r Mobile
Autc@r Mobile
 
Lisarb Nota 10
Lisarb Nota 10Lisarb Nota 10
Lisarb Nota 10
 
Condomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentávelCondomínio residencial eco-sustentável
Condomínio residencial eco-sustentável
 
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeamProposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
Proposta de Implantação de PMO em LISARB - Equipe PentaTeam
 
curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5curitiba-gp214-pmo-equipepro5
curitiba-gp214-pmo-equipepro5
 
Implementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.LaskaImplementação de PMO em Lisarb - C.Laska
Implementação de PMO em Lisarb - C.Laska
 
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT ConsultoriaProposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
Proposta de implantação de PMO em LISARB - DJVT Consultoria
 
ABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTINGABITIRUC CONSULTING
ABITIRUC CONSULTING
 
1Click
1Click1Click
1Click
 

Teto Amigo

  • 1. Disciplina: Fundamentos de Projetos – GP22 Ribeirão Preto – SP, 2016.
  • 2. Equipe: Camila Furlanetto Bellentani LeonardoCanesin Rodrigues Braz • COO (Chief Operation Officer) CTO (ChiefTechnology Officer) Project Controller Project Manager Maria Rita RezendeGuimarães Fernandes Ricardo LuisVieira E Silva CEO (Chief Executive Officer) CPO(Chief Product Officer) Sponsor Hand Over Manager
  • 3. Quem somos: TETO AMIGO é uma organização não governamental sem fins lucrativos que promove o acolhimento de pacientes em tratamento no Hospital do Câncer de Barretos, que não possuem condições financeiras de se hospedarem na rede hoteleira da cidade, em casas de famílias voluntárias durante o período de tratamento.
  • 4. Portfólio • Programa de Acolhimento: 1. ProjetoTeto Amigo: procura de residências voluntárias para acolher os pacientes e familiares, o cadastro será feito através do site e aplicativo desenvolvido; 2. Projeto Comunicação Social: abranger toda área de marketing, social, institucional e de relações para o desenvolvimento de campanhas comunitárias e captação de recursos e voluntários em prol dos pacientes do hospital do Câncer de Barretos ; 3. ProjetoTransporte: quando for preciso levar o paciente ao tratamento e ajudar na busca de doações.
  • 5. Portfólio • Programa Paralelo: 1. Projeto Solidariedade: dar apoio, orientação e informações aos pacientes; 2. Projeto chá das três horas: fazer visitas e levar um lanche aos pacientes carentes; 3. ProjetoVitória: entreter e orientar as crianças que estão em tratamento; 4. ProjetoTrabalhando com Amor: proporcionar ao paciente e seu acompanhantes maior equilíbrio emocional e espiritual; 5. Projeto Me Sentido Bem: ajudar as mulheres em tratamento recuperar a autoestima através de oficinas de auto maquiagem, doações e procura de voluntários.
  • 7. Justificativa: • O Hospital do Câncer de Barretos é referência nacional em tratamento contra o câncer. Pessoas de todo o país saem das cidades para fazerem tratamento em Barretos. Geralmente a oferta de alojamentos e leitos para os pacientes e seus acompanhantes durante o período de tratamento não atende à demanda. Devido a isto, muitas pessoas recorrem a hospedagem em hotéis, pensões e pousadas da cidade, porém as famílias de baixa renda não são capazes de bancar os custos de hospedagem. • Diante desta necessidade surge nosso projeto na criação de um site e um aplicativo para smartphones para que auxilie as pessoas de baixa renda a localizarem hospedagem gratuita em residências de famílias voluntárias através do sistema de busca de nossa plataforma permitindo que o paciente, junto de seu acompanhante, conclua seu tratamento com o conforto e apoio de uma família acolhedora e disposta a fazer o bem.
  • 8. Objetivo: Desenvolver uma plataforma que permita a busca e reserva on-line de alojamento para pacientes e seus acompanhantes, provenientes de famílias de baixa renda que não residam na cidade de Barretos e estão em tratamento pelo hospital de câncer, a localizarem uma hospedagem gratuita proveniente de uma família voluntária durante o período de tratamento atendendo 100% da demanda de necessitados que não conseguem hospedagem pelo próprio hospital. A utilização da plataforma entrará em funcionamento a partir do ano 2017 e o recrutamento de voluntários e vistoria de moradias ao longo do ano 2016. S- specific; M- Measurable; A- Attainable; R- Realistic; T-Timely
  • 9. Stakeholders 1. Proprietários das residências; 2. Pacientes com câncer; 3. Familiares dos pacientes; 4. Programadores de site/ aplicativo; 5. Equipe de manutenção do site/ app; 6. Engenheiro de vistoria; 7. Hospital do Câncer de Barretos; 8. Comunidade local; 9. Médicos; 10.Equipe da ONG.
  • 10. Requisitos do Produto Código Requisito Tempo/ Custo/ Risco Stakeholder R01 Selecionar as características dos hóspedes. Risco Proprietário da residência R02 O site ajudar a localizar uma hospedagem ao acompanhante o mais breve possível. Risco Familiares dos pacientes R03 Segurança na hospedagem. Risco Familiares do pacientes R04 Proximidade do hospital que está sendo tratado. Risco Familiares e pacientes em tratamento R05 Especificação do sistema. Risco Equipe de manutenção do site/app R06 Equipe da ONG acompanhar/ vistoriar pacientes e familiares durante o período de hospedagem. Risco Equipe da ONG R07 O produto (site/ app) deve estar em funcionamento a partir de 2017. Tempo Programadores do site/ app
  • 11. Requisitos do Projeto Código Requisito Tempo/ Custo/ Risco Stakeholder R01 Prazo para desenvolvimento do site/ app. Tempo Programadores do site/ app R02 Todos os envolvidos devem trabalhar voluntariamente. Custo Equipe da ONG R03 Existir pessoas que estão dispostas a oferecerem suas residências voluntariamente. Risco Equipe da ONG R04 Localizar e vistoriar as residências para que tenham condições mínimas de higiene para oferecerem aos hóspedes. Risco Engenheiro de vistoria R05 Expectativa que o projeto possa atender o maior número de pessoas que o necessitam. Risco Equipe da ONG R06 Adequação de baixo custo de implementação. Custo Equipe da ONG R07 Conclusão dos trabalhos dentro do prazo estabelecido. Tempo Equipe da ONG
  • 13. WBS Prospecção de residências Seleção Entrevistas Vistorias Organização Construção do site/app Especificação Programação FE Programação BE Testes Carregamento de banco de dados Apresentação para comunidade Divulgação Campanhas Visitas as instituições Lançamento site/app Cadastro Sistema de Busca Videoconferência Acompanhamento das famílias Visitas Suporte Arrecadação de mantimentos Teto Amigo
  • 14. Entregáveis C.C. Pacotes de Trabalho Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação 1.1 Seleção Catálogo de Residências Planilha com endereços e detalhamento da configuração das residências Planilha aprovada pelo GP 1.2 Entrevistas Relatório de entrevista Análise social, comportamental e cultural das famílias Relatório aprovado pelo GP 1.3 Vistorias Relatório de vistoria Avaliação física e estrutural das residências Relatório entregue e aprovado pelo inspetor e pelo GP 1.4 Organização Banco de Dados Disposição e organização das informações. Protocolo de entrega assinado pelo Gerente de entrega e aprovado pelo GP Fase: Prospecção de Residências Entrega: Banco de Dados
  • 15. Entregáveis C.C. Pacotes de Trabalho Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação 2.1 Especificação Esboço em papel do site e domínio registrado Logo da ONG e do Hospital visíveis, campos de cadastro desejados. Relatório aprovado pelo GP e domínio do site .org 2.2 Programação Front End Layout do site: Telas, menus e campos para cadastramento Fácil visualização e entendimento das telas e suas informações. Relatório aprovado pelo GP 2.3 Programação Back End Código compilado Linguagem de desenvolvimento Java sem erros de compilação. Realização de conferência de Dados. Relatório aprovado pelo GP 2.4 Testes Teste do sistema Testar acessibilidade e velocidade de resposta nas buscas ao site O sistema não pode ficar indisponível 2.5 Carregamento de Banco de Dados Relatório com os cadastros das residências Validação da segurança e armazenamento dos dados cadastrados pelo administrador do Apenas o administrador pode adicionar dados ao Fase: Construção do Site/App Entrega: Demonstração de funcionalidade do site
  • 16. Entregáveis C.C. Pacotes de Trabalho Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação 3.1 Divulgação Carta de apresentação Protocolo de recebimento Protocolos assinado pelo Coordenador de Marketing 3.2 Campanhas Inserção de material de campanha físico e eletrônico Comprovação através de pesquisa de campo Relatório de pesquisa assinado pelo GP 3.3 Visitas as Instituições Reunião com o responsável da instituição. Agendamento formalizado Ata de reunião assinada pelo responsável da instituição. Fase: Apresentação para a Comunidade Entrega: Pesquisa de mercado
  • 17. Entregáveis C.C. Pacotes de Trabalho Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação 4.1 Cadastro Relatório de teste de funcionalidade de cadastro Relatório preenchido e assinado E-mail de aceite do GP 4.2 Sistema de Busca Relatório de teste de funcionalidade do sistema de busca Relatório preenchido e assinado E-mail de aceite do GP 4.3 Videoconferência Relatório de teste de funcionalidade do sistema de videoconferencia Relatório preenchido e assinado E-mail de aceite do GP Fase: Lançamento do site Entrega: Domínio do site em operação
  • 18. Entregáveis C.C. Pacotes de Trabalho Entrega Critérios de Avaliação Critérios de Aceitação 5.1 Visitas Relatório de Visita Análise das condições do alojamento e das famílias. Relatório assinado pelo GP 5.2 Suporte Relatório de atendimento das necessidades. Auxilio nas necessidades dos hóspedes e voluntários. Relatório assinado pelo GP 5.3 Arrecadação de mantimentos Cesta Básica de alimentos e produtos de higiene Produtos e alimentos dentro do prazo de validade Protocolo de entrega de cestas assinado pelo GP Fase: Acompanhamento das famílias Entrega: Atendimento as necessidades das famílias
  • 19. Make or Buy TetoAmigo Prospecção de residências Seleção Make Entrevistas Make Vistorias Make Organização Make Construção site/app Especificação Buy Programação FE Buy Teste Buy Carregamento de dados Buy Apresentação para comunidade Divulgação Buy Campanhas Make Visitas as instituições Make Lançamento site/app Cadastro Buy Sistema de busca Buy Videoconferência Buy Acompanhamento das famílias Visitas Make Suporte Make Arrecadação de mantimentos Make Programação BE Buy
  • 20. RiscosCod. Risco Qualificativos/ Probabilidade Quantitativo/ Impacto Plano R01 Ultrapassar tempo pré-estabelecido para desenvolvimento do site/app. Provável Grande Reavaliar prazo. R02 Procura de pacientes ser maior que a quantidade de voluntários. Provável Grande Aumentar as campanhas de procura de voluntários. R03 Empresas para o desenvolvimento do site/ app não trabalhar voluntariamente. Provável Média Ir em busca de doações para o financiar o desenvolvimento e manutenção do site/app. R04 Hóspede e voluntário a residência não ter uma relação amigável de boa convivência. Provável Média Procurar uma outra residência voluntária para se hospedar. R05 A residência voluntária não ter as condições mínimas para hospedagem dos pacientes. Baixa Média Auxiliar o voluntário a organizar sua casa para receber o hóspede. R06 Residência voluntária ser longe do hospital de tratamento do paciente. Baixa Baixa Auxiliar o paciente para o transporte até o hospital. R07 Aplicativo pouco acessível, dificultando a utilização por parte dos usuários. Baixa Muito Grande Encontrar uma empresa para fazer o teste e obter o feedback do usuário. Se for o caso reprogramar o site. R08 Má aceitação pela comunidade, não encontrar residências que estão dispostas a servir voluntariamente. Baixa Muito Grande Orientar e conscientizar a comunidade com campanhas mais chocantes R09 Dificuldade de acesso dos pacientes a internet. Média Baixa Disponibilizar junto ao hospital um computador com acesso dedicado ao site tetoamigo.com.br. R10 Meliantes se passarem por pacientes com intuito de furto e Baixa Baixa Entrevista prévia com os pacientes e confirmar