Gestão de Projetos – Prof. Marco Coghi
São Paulo, SP - Brasil
FGV Turma 32
• Há mais de 20 anos cruzando os mares diariamente, as diferentes soluções em
transporte marítimo da Goods Move auxiliam e...
Diretoria Executiva
Rafael Drumond – Diretor Financeiro
Tiago Moscardini – Diretor de Projetos e Processos
Maria Fernanda ...
Portfólio da empresa
ProgramaNovosnegócios
• Projeto Iemanjá
• Projeto Novas
Fronteiras agrícolas
• Projeto Expansão
verti...
“Projeto Iemanjá”
Consiste na criação de uma plataforma digital com o objetivo de fomentar e estimular a
pessoa física a u...
Justificativa do Projeto
O mercado de transporte marítimo de cargas é a solução logística mais utilizada por grandes
corpo...
Objetivo S.M.A.R.T
S - Aumento de escala nas operações específicas de Ásia ↔ EUA em 10% e de Ásia ↔ Europa em
15%.
M - Cre...
Stakeholders
Sócios / Sponsor SAC
Gestor do Projeto e equipe Governo / Autoridade Portuária
Área Comercial / Vendas Transp...
RSH - Registro de Stakeholders
Stakeholder Papel no Projeto Poder Interesse Influência
SÓCIOS CLIENTE ALTO ALTO POSITIVA
G...
Requisitos dos Stakeholders
O Aplicativo deve ser simples, moderno e eficiente.
Necessidade de seguir toda a documentação
...
Requisitos T, C, R
- Garantir a finalização da plataforma dentro do cronograma, no período de um ano.
- Aumentar o Market ...
Como iniciar
Definir Nome
do Projeto
Definir Nome
do Produto
Descrição do
Projeto
Justificativa
Objetivos
Escolha do
G.P.
...
WBS
Projeto Iemanjá
1. Protótipo
2.Desenvolvime
nto e Testes
3. Divulgação 4. Lançamento
1.1Conceitualização
1.2 Desenho
1.3 R...
Entregas & Critérios
# Pacote Detalhes Entrega
Critério de
Validação
Critério de
aceitação
1.1 Conceitualização
Conceitualização do protótipo d...
WBS - Dicionário de dados
Fase 2: Desenvolvimento e testes
Entrega: Aplicativo desenvolvido e aceito
# Pacote Detalhes Ent...
WBS - Dicionário de dados
Fase 3: Divulgação
Entrega: Campanha de Marketing aprovada pelo sponsor e publicada nas mídias.
...
WBS - Dicionário de dados
Fase 4: Lançamento
Entrega: “Release” da feira de lançamento com todos os dados do evento.
# Pac...
Estrutura de decomposição - WBS
# Decomposição Detalhes Análise (Make / Buy)
1 Protótipo Desenvolvimento do protótipo do produto NA
1.1 Conceitualização C...
# Decomposição Detalhes Análise (Make / Buy)
2.2 Programação Desenvolvimento da programação do produto Make
2.3 Layout – T...
# Decomposição Detalhes Análise (Make / Buy)
3.4 Divulgação Mídias Sociais Divulgação do novo serviço e aplicativo através...
Riscos
Identificação, Registro e Qualificação dos Riscos
#
Situação
DataRegistro Risco
Probabilidade
Impacto
Tipo
Ação de Mitigação Plano de Resposta
Responsável
Monitoramento
1
I...
#
Situação
DataRegistro Risco
Probabilidade
Impacto
Tipo
Ação de Mitigação Plano de Resposta
Responsável
Monitoramento
7
I...
Riscos
Quantificação dos Riscos
Impacto
Baixo Médio Alto Muito Alto
Probabilidade
Baixo
Médio
Alto
Muito Alto
1
2
3
45
6
7
8
9 10
Como Planejar
TAP Aprovado
Desenvolver Plano de
Gerenciamento do
Projeto
Coletar Requisitos Definir Escopo
Planejar
Gerenciamento dos
St...
Como Executar
Pacotes Make do WBS e atividades comuns
PGP Aprovado
Entregas
Terminadas
Confirma datas de
liberação dos recursos
com GF
Integração da
Equipe
Comunica equipe
sobr...
Como Executar
Pacotes Buy do WBS e atividades comuns
PGP Aprovado
Entregas
Terminadas
Confirma Orçamento Prepara R.F.P.
Analisa Propostas
recebidas
Envia R.F.P a
fornecedores
...
Como Monitorar
MCTP - Monitorar e controlar trabalho do projeto
Entrega
Terminada
Comunica
responsáveis
(correção)
Avaliar
Critérios Qualidade
(Validação)
Verificar Escopo
(Aceitação)
OK...
Solicita Relatório de
avanço para Equipe
interna
Solicita Relatório de
avanço ao fornecedor
Dados de pagamentos
Fornecedor...
Como Monitorar
RCIM - Realizar Controle Integrado de Mudanças
Detalhar mudanças com
Solicitante
Analisa impactos no
cronograma e
orçamento
Mudança
Requerida
Solicita dados de
impacto d...
Como Encerrar
EPF - Encerramento do Projeto ou Fase
Consolidar todos os
aceites individuais
Entregas
Aceitas
Criar termo de
Recebimento
definitivo
Comunicar
encerramento S.H....
Cronograma do Projeto
Projeto Mês 1 Mês 2 Mês 3 Mês 4 Mês 5 Mês 6 Mês 7 Mês 8 Mês 9 Mês 10 Mês 11 Mês 12
Gestão do Projeto...
Projeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto Iemanjá

410 visualizações

Publicada em

Titulo: Projeto Iemanjá
Alunos:Carlos Eduardo Rigueiral Alves,Maickel Curiel Marcantuono,MARIA FERNANDA SOARES DE ALMEIDA,Rafael Rodrigues Drumond,TIAGO B MOSCARDINI,Vanessa Secani,
Cidade: Paulista
Disciplina: Fundamentos
Turma: GEMP32
Data:28-02-2016
Hora:18:48
Comentarios:Professor Marco, boa noite !

Segue o trabalho do grupo referente ao "Projeto Iemanjá". O grupo é composto pelos componentes descritos abaixo:

Rafael Drumond / Tiago Moscardini / Maria Fernanda Almeida / Vanessa Garcia Secani / Carlos Eduardo Rigueiral Alves / Maickel Curiel Marcantuono.

Por favor, peço a gentileza da confirmação do recebimento do arquivo.

Agradeço desde já.
Att,
Vanessa



Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
410
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Iemanjá

  1. 1. Gestão de Projetos – Prof. Marco Coghi São Paulo, SP - Brasil FGV Turma 32
  2. 2. • Há mais de 20 anos cruzando os mares diariamente, as diferentes soluções em transporte marítimo da Goods Move auxiliam e impulsionam empresas e indivíduos de mais de 100 países a atingirem seus objetivos. Com garantia de proteção de espaço nos principais portos ao redor do mundo e parceria com as principais companhias marítimas e seguradoras, nossos clientes contam com a certeza de que suas cargas serão entregues no prazo, em perfeito estado e a preços competitivos. Sobre nós • Buscamos a todo instante acompanhar o desenvolvimento tecnológico para que possamos permitir aos nossos clientes que se tornem mais competitivos em seu ramo de atividade ou que transportem seus bens de forma compartilhada e com baixo custo, quando se tratam de pessoas físicas. Entendemos que agilidade e segurança são peças fundamentais para o fomento das exportações, por isso, a Goods Move valoriza cada segundo e cada centavo de seus clientes. Nossos principais desafios • Quando fundada, em 1995, nossos clientes resumiam-se em empresas em busca de novos mercados, mas com o passar dos anos e devido à globalização, buscamos também atender as pessoas físicas em mudança de países ou simplesmente transportando bens particulares. O mercado de compartilhamento de containers está em franca expansão e permite que qualquer pessoa envie e receba pequenos volumes de forma simples, rápida e barata. Assim, desde 2015 a Goods Move atende e estimula este novo público a desfrutar da nossa excelência em soluções logísticas. Nossos clientes • Com mais de 20 anos de expertise no mercado de transportes marítimos, nossa equipe está presente em cada um dos 7 continentes, 365 dias por ano. Juntos, a Goods Move busca para seus clientes a melhor combinação de qualidade, preço e segurança. Nossa equipe Logo da Empresa
  3. 3. Diretoria Executiva Rafael Drumond – Diretor Financeiro Tiago Moscardini – Diretor de Projetos e Processos Maria Fernanda Almeida – Diretora de Compliance Vanessa Garcia Secani – Diretora de TI Carlos Eduardo Rigueiral Alves – Diretor de Transporte Marítimo Maickel Curiel Marcantuono – Diretor de Novos Negócios
  4. 4. Portfólio da empresa ProgramaNovosnegócios • Projeto Iemanjá • Projeto Novas Fronteiras agrícolas • Projeto Expansão vertical ProjetoOneInvoice • Projeto one invoice (em fase de testes) ProjetonovaÁfrica • Projeto nova África ProgramaSimplicidade • Projeto novo ERP • Projeto Desburocratização • Projeto Processos Ágeis • Projeto Normatização
  5. 5. “Projeto Iemanjá” Consiste na criação de uma plataforma digital com o objetivo de fomentar e estimular a pessoa física a utilizar o transporte marítimo como principal alternativa para deslocar internacionalmente seus bens, através do compartilhamento de containers.
  6. 6. Justificativa do Projeto O mercado de transporte marítimo de cargas é a solução logística mais utilizada por grandes corporações há séculos, graças à sua grande capacidade de deslocar grandes volumes. Atualmente, em um mundo sem fronteiras, milhões de famílias deixam suas casas em busca de novas oportunidades em outros países. Pensando também em suprir as necessidades de transporte de bens particulares desta parcela da sociedade, a Goods Move criou em 2015 um setor dedicado ao transporte de pequenos volumes, através do compartilhamento de containers. Devido à grande demanda por esta solução logística e em linha com o avanço tecnológico, a Goods Move se estrutura para lançar em 2017 um aplicativo que permita a seus clientes buscarem espaços em containers, através de seus smartphones ou computadores, de forma simples, segura, rápida e barata.
  7. 7. Objetivo S.M.A.R.T S - Aumento de escala nas operações específicas de Ásia ↔ EUA em 10% e de Ásia ↔ Europa em 15%. M - Crescimento do número de clientes e de carga movimentada, aumentando a receita do grupo em USD 25 milhões, em 2017. A - Desenvolver uma plataforma digital / aplicativo de celular capaz de conectar pessoas interessadas em compartilhar containers para transportar cargas para o mesmo destino. R - Sem aumentar os custos operacionais atuais e dentro do orçamento do investimento determinado pelos administradores / sócios. T - Planejamento em 2016 e execução dentro do ano calendário de 2017.
  8. 8. Stakeholders Sócios / Sponsor SAC Gestor do Projeto e equipe Governo / Autoridade Portuária Área Comercial / Vendas Transportadoras Marítimas Financeiro (Meios de Pagamento) Seguradoras de carga Clientes Tripulação do Navio / Funcionários do Porto
  9. 9. RSH - Registro de Stakeholders Stakeholder Papel no Projeto Poder Interesse Influência SÓCIOS CLIENTE ALTO ALTO POSITIVA GESTOR DO PROJETO E EQUIPE RESPONSÁVEL ALTO ALTO POSITIVA ÁREA COMERCIAL / VENDAS FACILITADOR MÉDIO ALTO POSITIVA FINANCEIRO (MEIOS DE PAGAMENTO) FORNECEDOR MÉDIO ALTO POSITIVA CLIENTES CLIENTE ALTO ALTO POSITIVA SAC FACILITADOR MÉDIO ALTO POSITIVA GOVERNO/AUTORIDADES PORTUÁRIAS -- ALTO -- --- TRANSPORTADORAS MARÍTIMAS CLIENTE MÉDIO MÉDIO POSITIVA SEGURADORAS DE CARGA FORNECEDOR MÉDIO MÉDIO POSITIVA TRIPULAÇÃO E FUNCIONÁRIOS DO PORTO CLIENTE MÉDIO MÉDIO POSITIVA
  10. 10. Requisitos dos Stakeholders O Aplicativo deve ser simples, moderno e eficiente. Necessidade de seguir toda a documentação segundo normas internas de projetos. Festa para clientes em potencial para no mínimo 100 pessoas. Fornecer treinamento e documentação suficiente para SAC atender dúvidas de clientes. Aplicativo deve ser disponível nas plataformas Android e iOS. Disponibilizar o aplicativo traduzido para Inglês, Francês, Mandarim, Alemão, Espanhol, Italiano e Grego. O Aplicativo deve aceitar pagamento através de Cartão de Crédito, Paypal e boleto (para usuários do Brasil). O Aplicativo deve ter as cores bases do logo da empresa. Utilização da equipe interna de TI para o desenvolvimento do projeto. O Aplicativo deve permitir o acompanhamento do transporte da carga e indicar estimativa de chegada.
  11. 11. Requisitos T, C, R - Garantir a finalização da plataforma dentro do cronograma, no período de um ano. - Aumentar o Market Share em 15%. - Atingir faturamento líquido de USD 25 milhões no primeiro ano, através do aplicativo. - Garantir que os custos operacionais não aumentem com o desenvolvimento do projeto. - Desenvolver uma plataforma simples e eficiente. - Plano de Marketing deve atingir e motivar às pessoas físicas a utilizarem nossos serviços. - Custo total do Projeto (incluindo divulgação) não deve ultrapassar R$ 300.000,00. - Garantir a satisfação de pelo menos 80% dos usuários. - Cadastrar os usuários em mailing interno para futuras divulgações e controles. - Manter equipe de qualidade atuando de forma ativa com os usuários.
  12. 12. Como iniciar Definir Nome do Projeto Definir Nome do Produto Descrição do Projeto Justificativa Objetivos Escolha do G.P. Mapear S.H. Classificar S.H. Entrevistas S.H. Requisitos T,C,R Consolidar, Revisar informações Criar TAP Vetor Estratégico
  13. 13. WBS
  14. 14. Projeto Iemanjá 1. Protótipo 2.Desenvolvime nto e Testes 3. Divulgação 4. Lançamento 1.1Conceitualização 1.2 Desenho 1.3 Revisão 1.4 Ajustes 1.5 Revisão e Aprovação 2.1 Desenho Funcional e Técnico 2.2 Programação 2.3 Layout - Telas 2.4 Testes 2.5 Ajustes 3.1 Contratação da Agência MKT 3.2 Elaboração da Campanha 3.3 Contratação de Fornecedores 3.4 Divulgação Mídias Sociais 3.5 Divulgação Mídias “massa” 4.1 Contratação de Local 4.2 Contratação de Buffet 4.3 Pacotes Hoteis e translados 4.4 Contratação da banda 4.5 Convites B B B B B B B M M M M M M M M M M M M M M – Pacote Make B – Pacote Buy
  15. 15. Entregas & Critérios
  16. 16. # Pacote Detalhes Entrega Critério de Validação Critério de aceitação 1.1 Conceitualização Conceitualização do protótipo do produto Documento inicial com especificações e necessidades do negócio Atender a todos os tipos e modelos do negócios Aprovação dos Stakeholders e Diretoria 1.2 Desenho Desenho do protótipo do produto Draft com telas de cada ambiente, por funcionalidade Utilizar os critérios oficiais de comunicação visual da empresa (layout, fonte, paleta de cores etc), além do que foi apresentado com requisito Aprovação da área de Comunicação e MKT e GP 1.3 Revisão Revisão do protótipo do produto Documentos com as novas especificações e características do protótipo Escopo total e completo requerido entregue Aprovação do GP 1.4 Ajustes Definição de ajustes necessários no protótipo do produto Documento com os apontamentos detalhados/técnicos à serem ajustados no protótipo Correções efetuadas conforme apontamentos Aprovação do GP 1.5 Revisão e Aprovação Revisão e aprovação final do protótipo do produto Versão final do protótipo Atender 100% dos requisitos levantados e documentados Aprovação dos Stakeholders e Diretoria WBS - Dicionário de dados Fase 1: Protótipo Entrega: “Demo” com o “draft” do aplicativo a ser desenvolvido.
  17. 17. WBS - Dicionário de dados Fase 2: Desenvolvimento e testes Entrega: Aplicativo desenvolvido e aceito # Pacote Detalhes Entrega Critério de Validação Critério de aceitação 2.1 Desenho Funcional e Técnico Detalhar os requisitos e o aplicativo esperado Documento Funcional e Técnico da aplicação Seguir padrão de documentação existente na empresa Aprovação sem restrições por todos os S.H. envolvidos 2.2 Programação Efetuar toda a programação do aplicativo como detalhado na atividade 2.1 Aplicativo completamente funcional Seguir boas práticas de desenvolvimento divulgadas pelo Android (Google) e iOS (Apple) A aplicação deve funcionar exatamente como detalhado na atividade 2.1 2.3 Layout - Telas Desenvolvimento das telas do aplicativo Aplicativo com o Layout(Telas) Verificação do padrão de cores da empresa Aprovação pelo especialista ao atendimento das especificações 2.4 Testes Analisar se o aplicativo desenvolvido está de acordo com o planejado Relatório de Conclusão dos testes Documento detalhado por requisito e com evidências Aprovação pela equipe de testes e pelos usuários 2.5 Ajustes Efetuar os ajustes/correções encontradas na atividade 2.4 Aplicativo funcionando sem erros Seguir boas práticas de desenvolvimento divulgadas pelo Android (Google) e iOS (Apple) Documento de aprovação final aprovado pelos usuários
  18. 18. WBS - Dicionário de dados Fase 3: Divulgação Entrega: Campanha de Marketing aprovada pelo sponsor e publicada nas mídias. # Pacote Detalhes Entrega Critério de Validação Critério de aceitação 3.1 Contratação da Agência de MKT Escolher qual agência de MKT melhor atende as expectativas do projeto Contrato assinado O contrato não ultrapassa o orçamento O contrato atende os requisitos 3.2 Elaboração da campanha Definição todas as peças de comunicação da campanha Campanha aprovada A campanha deve abordar o passo a passo da utilização do aplicativo A campanha deve estar dentro dos padrões de comunicação da empresa 3.3 Contratação dos fornecedores Escolha do fornecedor que possui o menor custo e atende os requisitos Contrato assinado com o fornecedor O contrato não ultrapassa o orçamento Aprovação sem restrições por todos os S.H. envolvidos 3.4 Divulgação nas mídias sociais Divulgação do aplicativo no Facebook Publicação da campanha A campanha segue a linha de comunicação proposta pela empresa Aprovação pela equipe de marketing da empresa 3.5 Divulgação nas mídias de “massa” Divulgação do aplicativo em Revistas e Jornais Contrato assinado com as Revistas e Jornais selecionados A campanha segue a linha de comunicação proposta pela empresa Aprovação pela equipe de marketing da empresa
  19. 19. WBS - Dicionário de dados Fase 4: Lançamento Entrega: “Release” da feira de lançamento com todos os dados do evento. # Pacote Detalhes Entrega Critério de Validação Critério de aceitação 4.1 Contratação de Local Contratação do local para o evento de divulgação Contrato de locação do local escolhido Fácil acesso e próximo aos centros empresariais da cidade Validação da área Comercial e de Marketing 4.2 Contratação de Buffet Contratação do buffet que organizará a festa de divulgação Contrato com o buffet escolhido Melhor relação custo X benefício e itens oferecidos no portfólio Validação da área de Marketing 4.3 Pacotes de Hoteis e Translados Contratação de pacotes turísticos para os convidados que virão de outras cidades Vouchers correspondentes a cada pacote de cada convidado Melhor relação custo X benefício e proximidade do evento Validação da área de Marketing 4.4 Contratação da Banda Contratação da banda que tocará no evento de divulgação Contrato de prestação de serviço com a banda escolhida Repertório completo e variado, em linha com o que foi vendido pela banda. Validação da área de Marketing 4.5 Convites Confecção e envio dos convites aos convidados que participarão da campanha de divulgação Convites entregues pela gráfica para envio Formato e quantidade conforme ordem de pedido emitida. Validação da área de Marketing
  20. 20. Estrutura de decomposição - WBS
  21. 21. # Decomposição Detalhes Análise (Make / Buy) 1 Protótipo Desenvolvimento do protótipo do produto NA 1.1 Conceitualização Conceitualização do protótipo do produto Make 1.2 Desenho Desenho do protótipo do produto Buy 1.3 Revisão Revisão do protótipo do produto Make 1.4 Ajustes Definição de ajustes necessários no protótipo do produto Make 1.5 Revisão e Aprovação Revisão e aprovação final do protótipo do produto Make 2 Desenvolvimento e Testes Desenvolvimento e testes do produto NA 2.1 Desenho Funcional e Técnico Elaboração do desenho funcional e técnico do produto Make
  22. 22. # Decomposição Detalhes Análise (Make / Buy) 2.2 Programação Desenvolvimento da programação do produto Make 2.3 Layout – Telas Desenvolvimento do layout e telas do produto Make 2.4 Testes Testes no produto desenvolvido Make 2.5 Ajustes Desenvolvimento de ajustes necessários no produto Make 3 Divulgação Divulgação do novo serviço da Goods Move e do aplicativo desenvolvido (produto) NA 3.1 Contratação da Agência de MKT Contratação da agência de Marketing que irá elaborar a campanha de divulgação Make 3.2 Elaboração de Campanha Elaboração da campanha de divulgação Buy 3.3 Contratação de Fornecedores Contratação do fornecedor que irá desenvolver a campanha de divulgação Make
  23. 23. # Decomposição Detalhes Análise (Make / Buy) 3.4 Divulgação Mídias Sociais Divulgação do novo serviço e aplicativo através das mídias sociais (produto) Buy 3.5 Divulgação Mídias em “Massa” Divulgação do novo serviço e aplicativo através das outras mídias (televisão,jornal, etc) Buy 4 Lançamento Lançamento do novo serviço e aplicativo (produto) NA 4.1 Contratação de Local Contratação do local para o evento de divulgação Make 4.2 Contratação de Buffet Contratação do buffet que organizará a festa de divulgação Make 4.3 Pacotes de Hoteis e Translados Contratação de pacotes turísticos para os convidados que virão de outras cidades Buy 4.4 Contratação da Banda Contratação da banda que tocará no evento de divulgação Buy 4.5 Convites Envio dos convites aos convidados que participarão da campanha de divulgação Buy
  24. 24. Riscos Identificação, Registro e Qualificação dos Riscos
  25. 25. # Situação DataRegistro Risco Probabilidade Impacto Tipo Ação de Mitigação Plano de Resposta Responsável Monitoramento 1 Identificado 05-Fev Conceitualização incompleta ou ineficaz à demanda do projeto Alta MuitoAlto Gerencial •Apresentação de ‘’cases’’ de projetos similares mostrando o impacto financeiro de projetos mal desenhados e/ou com requisitos incompletos, ocasionando desenvolvimento contínuo •Diversas rodadas de apresentação do escopo aos Stakeholders do projeto. •Ata de todas as rodadas assinadas por cada um, de forma a garantir total validação prévia ao início do projeto •Gerente de Projetos e Stakeholders 2 Identificado 05-Fev Atraso na contratação do fornecedor de desenvolvimento para desenho do aplicativo Baixo MuitoAlto Gerencial •Informar na RFP a documentação necessária para o contrato •Buscar apoio do departamento de compras e jurídico para priorizar o projeto •Se problema interno, Sponsor busca apoio da gerência funcional para priorização das atividades do projeto •Re-planejar atividades que podem ser adiantadas com menor risco de impacto •Contratar segundo colocado, pior hipótese •Gerente de Projetos 3 Identificado 25-Fev Falta de conhecimento técnico da equipe para realizar o desenvolvimento Alta Alto Técnico •Realizar treinamento para a equipe e recursos mais seniores para apoiar os juniores •Gerar lista de empresas que poderiam fornecer mão de obra para apoio •Contratar apoio de especialistas de empresas de TI •Mudança nos prazos de desenvolvimento com a readequação do cronograma para disponibilizar maior tempo para aprendizado •Líder técnico de TI 4 Identificado 25-Fev Testes não executados na íntegra, conforme ‘’test book’’ fornecido à equipe de testes. Media Alto Técnico •Revisar conteúdo e treinar a equipe, de forma a orientá-los a seguir a estrutura esperada e termos adequados para reportar os erros •Contratar consultor técnico em testes para assegurar que o correto ‘’mindset’’ seja absorvido pela equipe •Líder técnico de TI 5 Identificado 25-Fev Custos da Campanha de Marketing fora do Orçamento planejado Médio Médio Financeiro •Pesquisa de fornecedores •Clareza na RFP •Análise criteriosa dos requisitos da campanha e abrangência •Buscar conciliar possibilidade de cortes no escopo do fornecimento •Diminuir os meios de divulgação da campanha •Buscar recursos complementares com Sponsor •Líder da Equipe de Marketing 6 Identificado 25-Fev Falta de envolvimento dos SH Alto MuitoAlto Gerencial •Reuniões semanais com os líderes das áreas envolvidas •Reuniões mensais com a diretoria da empresa para apresentação de resultados •Divulgação de mensagens/comunicados internos a empresa toda •Envolvimento imediato do líder do setor que está se distanciando •Buscar apoio do Sponsor •Gerente de Projetos
  26. 26. # Situação DataRegistro Risco Probabilidade Impacto Tipo Ação de Mitigação Plano de Resposta Responsável Monitoramento 7 Identificado 26-Fev Atraso para disponibilização nas lojas de aplicativos Médio Alto Externos •Analisar o quanto antes os requisitos necessários para poder disponibilizar novos apps nas lojas do Android e Iphone •Contratar empresa especializada em desenvolvimento de aplicativos para “coaching” •Líder Técnico 8 Identificado 26-Fev Indisponibilidade do local habitual para eventos da empresa para a festa de Lançamento Médio Baixo Gerencial •Iniciar o plano de aquisições o mais cedo possível para reserva antecipada do local •Criar uma lista de locais com os mesmos padrões e datas disponíveis ou Mudar a data do evento •Líder da equipe de Marketing 9 Identificado 26-Fev ‘’No show’’ da banda para o dia da feira Baixo Médio Externos •Cláusulas de multas agressivas no contrato para em caso de falta •Fornecimento de aparelhagem de som e transporte dos integrantes da banda. •Identificar ao menos mais duas opções de bandas a se alocar facilmente, em substituição à primeira, em caso de faltas •Líder da equipe de Marketing 10 Identificado 26-Fev Lote de convites não recebidos a tempo, conforme planejamento de envio para todos os convidados. Baixo Alto Externos •Cláusula no contrato para que a gráfica disponha de cópia de segurança imediata, em caso de extravio ou quaisquer eventos extraordinários que impossibilitem sua entrega. •Observar ao menos duas opções como plano de contingência para eventual problemas com a contratada •Criar mala direta com ‘’templates’’ que possam substituir a versão formal impressa. •Líder da equipe de Marketing
  27. 27. Riscos Quantificação dos Riscos
  28. 28. Impacto Baixo Médio Alto Muito Alto Probabilidade Baixo Médio Alto Muito Alto 1 2 3 45 6 7 8 9 10
  29. 29. Como Planejar
  30. 30. TAP Aprovado Desenvolver Plano de Gerenciamento do Projeto Coletar Requisitos Definir Escopo Planejar Gerenciamento dos Stakeholders Estimar Custos Determinar Orçamento Planejar Gerenciamento do Cronograma Desenvolver Cronograma Criar WBSIdentificar Riscos Definir Pacote Make/Buy Definir Critérios de Aceitação Definir Critérios de Validação TGP Aprovado?PGP Aprovado Sim Não
  31. 31. Como Executar Pacotes Make do WBS e atividades comuns
  32. 32. PGP Aprovado Entregas Terminadas Confirma datas de liberação dos recursos com GF Integração da Equipe Comunica equipe sobre atividades Executa Pacote de trabalho Treinamentos para Equipe Solicita relatório de entregas e resultado da qualidade (G.E.P.) Analisa qualidade pacotes terminados (R.G.Q.) Confirma participação dos S.H. e Equipe Confirma retorno da Garantia da Qualidade Comunica equipe e fornecedor de possíveis problemas
  33. 33. Como Executar Pacotes Buy do WBS e atividades comuns
  34. 34. PGP Aprovado Entregas Terminadas Confirma Orçamento Prepara R.F.P. Analisa Propostas recebidas Envia R.F.P a fornecedores Reunião de Partida Prepara contrato Seleciona vencedor de acordo com critérios Assina contrato Negocia condições comerciais e valores Executada WBS do contrato
  35. 35. Como Monitorar MCTP - Monitorar e controlar trabalho do projeto
  36. 36. Entrega Terminada Comunica responsáveis (correção) Avaliar Critérios Qualidade (Validação) Verificar Escopo (Aceitação) OK NotOK Comunica Fornecedor (correção) Se BuySe Make Entrega ACEITA Mudança ? OK NotOK Controle Mudanças RCIM Sim Comunica responsáveis (correção) Não Comunica Fornecedor (correção) Se BuySe Make Continua...
  37. 37. Solicita Relatório de avanço para Equipe interna Solicita Relatório de avanço ao fornecedor Dados de pagamentos Fornecedor e horas da equipe interna Atualizar cronograma Solicitar atualização dos Riscos Compilar Informações e gerar Status Report Apresentar Resultados aos SH classificados como “Foco” Enviar resultados atualizados para demais SH por email Controle Mudanças RCIM Início da execução
  38. 38. Como Monitorar RCIM - Realizar Controle Integrado de Mudanças
  39. 39. Detalhar mudanças com Solicitante Analisa impactos no cronograma e orçamento Mudança Requerida Solicita dados de impacto do especialista Solicita informações de T,C,R de fornecedorSe Buy Se Make Sponsor aprova? Não Arquiva Requerimento Sim Planejamento D.P.G.P.
  40. 40. Como Encerrar EPF - Encerramento do Projeto ou Fase
  41. 41. Consolidar todos os aceites individuais Entregas Aceitas Criar termo de Recebimento definitivo Comunicar encerramento S.H. Processar Lições Aprendidas com equipe Criar termo de Recebimento definitivo Obter assinatura do Sponsor Encerrar contrato com fornecedor Desmobilizar equipe Fornecer feedback Para equipe Comemorar com Equipe Projeto Encerrado
  42. 42. Cronograma do Projeto Projeto Mês 1 Mês 2 Mês 3 Mês 4 Mês 5 Mês 6 Mês 7 Mês 8 Mês 9 Mês 10 Mês 11 Mês 12 Gestão do Projeto X X X X X X X X X X X X Planejamento X X X Protótipo X X X Desenvolvimento e Testes X X Divulgação X X Lançamento X X Go Live Goods Moves X

×