SlideShare uma empresa Scribd logo
EE PROFª ROSINA FRAZATTO DOS SANTOSEE PROFª ROSINA FRAZATTO DOS SANTOS
REPLANEJAMENTOREPLANEJAMENTO
““SEJAM BEM-VINDOS”SEJAM BEM-VINDOS”
AGOSTOAGOSTO
20152015
Objetivos:Objetivos:  
Retomar as reflexões realizadas na escola
sobre os resultados da Avaliação de
Aprendizagem em Processo.
Analisar algumas questões da AAP 2015/
2º semestre
 Construir ações emergenciais para o 2º
semestre.
Atividade 1: Conversa Inicial:Atividade 1: Conversa Inicial:
Retomada, junto aos Professores sobre o
trabalho realizado na escola depois da aplicação
e correção da AAP no primeiro semestre:
Qual a discussão/ reflexão realizada na
escola?
A que conclusões o grupo chegou?
O que a AAP demonstrou em relação à
aprendizagem dos alunos?
Qual o direcionamento adotado pelos
professores após a análise da Avaliações?
Atividade 2Atividade 2- Retomada dos objetivos da- Retomada dos objetivos da
AAPAAP
Avaliação de Aprendizagem em
Processo (2º semestre 2015)
algumas reflexões...
Avaliação de Aprendizagem em ProcessoAvaliação de Aprendizagem em Processo
 Essa ação, fundamentada nos princípios e
concepções adotados pela SEE-SP para o processo
de ensino e aprendizagem nos Anos Iniciais, propõe
o acompanhamento sistemático da aprendizagem
em matemática e Língua Portuguesa dos alunos de
forma individualizada, da escola e da rede estadual.
 Objetiva ser, além de um instrumento de
acompanhamento institucional, um subsídio para os
professores no desenvolvimento de situações
didáticas que visem auxiliar os alunos a alcançar as
expectativas de aprendizagem para o ano em que
se encontram.
Objetivos da AAPObjetivos da AAP
Subsidiar as ações de planejamento
escolar do início do ano letivo;
Apoiar as ações de acompanhamento do
desenvolvimento das propostas
pedagógicas das unidades escolares;
Diagnosticar, por meio de instrumento
padronizado, os aspectos de
aprendizagem dos alunos que necessitam
de atenção imediata.
Objetivos da AAPObjetivos da AAP
Subsidiar as escolas e docentes, com
orientações para elaboração de pautas
conjuntas e individuais que resultem em
planos de ação para os processos de
recuperação da aprendizagem.
Objetivos da AAPObjetivos da AAP
As avaliações da AAP, de caráter
exclusivamente diagnóstico, se
constituem em instrumentos
investigativos da aprendizagem dos
alunos, em termos de suas competências
e habilidades.
O material objetiva subsidiar a
progressão das aprendizagens ainda não
consolidadas por meio da elaboração e
execução de planos que apoiem o
professor no desenvolvimento do
Atividade 3: Análise das QuestõesAtividade 3: Análise das Questões
Nos pequenos grupos, analisem as
questões abaixo, apresentadas na AAP
realizada neste mês (agosto/ 2015),
discutam e respondam às seguintes
questões:
Questões para analisarQuestões para analisar
1º ano
LP- questão 6 Mat. Questão – 8
2º ano
LP- questão 6 Mat. Questão – 9
3º ano
LP- questão 5 Mat. Questão – 4
4º ano
LP- Produção Mat. Questão – 3 e 4
5º ano
LP- questão 6 Mat. Questão 6
Questões para reflexão:Questões para reflexão:
 Qual o objetivo da questão? (o que está avaliando?
Quais saberes dos alunos?)
 Quais expectativas de aprendizagem os alunos
devem mobilizar para responder à questão?
 Analisem as alternativas que poderiam ser
escolhidas pelos alunos (além da correta) e
reflitam a respeito do “erro”. O que poderia te-
los levado a essas respostas?
 Pensando no “erro” como uma ponte para a
aprendizagem quais estratégias poderiam ser
utilizadas pelo professor frente às questões onde
os alunos apresentaram maiores dificuldades
Alguns pontos para seremAlguns pontos para serem
observados em sala de aulaobservados em sala de aula
No momento de introdução de novos
conteúdos o professor faz perguntas a fim
de verificar se realmente os alunos
aprenderam? (procuram desestabilizar os
alunos – fazer com que utilizem os
conhecimentos em situações diferentes da
qual ocorreu a “aprendizagem”?) ou faz a
pergunta e espera a resposta correta vinda
de, pelo menos, um dos alunos?
Alguns pontos para ser observado em sala de aulaAlguns pontos para ser observado em sala de aula
Socializa diferentes respostas dos alunos e
aproveita as “erradas” também? Ou apenas
socializa as diferentes respostas dos alunos que
acertaram?
Concepção do que fazer com o erro: ignorá-lo ou
aproveitá-lo? Fatores, entre outros, que levam ao
erro
O que fazer com o erro?O que fazer com o erro?
É interessante que os caminhos pensados e
construídos para chegar às respostas (certas ou
erradas) sejam discutidas pelo grupo de alunos,
nesse momento o aluno que acertou valida suas
estratégias, reafirma sua apdz (é um dos momentos
propícios para ocorrer apdz);
o aluno que não chegou à resposta esperada pode
explicar o que e como pensou (evidencia a origem do
erro: ausência de compreensão ou compreensão inadequada na
leitura; ausência ou equívoco de compreensão matemática –
compreendeu o que leu mas não identificou o conceito
matemático que o resolve), nesse momento o professor
deve fazer as intervenções, as boas perguntas para
que ele possa refletir e avançar.
O que fazer com o erro?O que fazer com o erro?
Analisar as tentativas ajuda a
compreender como as crianças
aprendem, e como está acontecendo a
base estruturante do pensamento básico
dos alunos.
Atividade 4:Atividade 4:
Retomada do que foi discutidoRetomada do que foi discutido
até o momentoaté o momento..
Voltando às atividades anteriores façam
uma relação entre as três e indiquem o
que pode/ deve ser repensado em relação
às AAP e o planejamento da rotina
pedagógica.
O que as disciplinas de Arte e Ed. Física
podem contribuir para esse processo?
Atividade 5:Atividade 5:
Pensando no ReplanejamentoPensando no Replanejamento
Objetivos???? Momento para quê?
 Como podemos definir o que é
replanejar?
 Quais orientações o PC pode dar para o
professor no momento do planejamento?
 Qual o Papel do PC para o
replanejamento?
Atividade 6: FechamentoAtividade 6: Fechamento
O plano deve conter o que falta ser
trabalhado com os alunos atendendo ás
expectativas do ano e o que ainda não foi
consolidado pelos alunos e que já foi
trabalhado anteriormente (primeiro
semestre).
Neste momento de avaliar o
aproveitamento dos alunos as AAP são
essenciais, uma vez que fazem referência ao
Currículo proposto pela SSE – SP.
Atividade 6: FechamentoAtividade 6: Fechamento
Pensando que o Replanejar significa,
também o redirecionamento das ações
para o avanço na aprendizagem, segue
como sugestão algumas questões para
reflexão do professor sobre sua prática.
Quais as ações e redirecionamento do
planejamento/ estratégias para o segundo
semestre?
Atividade 6: FechamentoAtividade 6: Fechamento
Sobre as questões em que os alunos
apresentaram maiores dificuldades?
Pensar sobre alguns pontos para auto-
reflexão: estratégias utilizadas durante as
aulas; concepção em relação a ensino e
aprendizagem, correção/ socialização das
atividades, encaminhamento das
atividades. Concepção do professor em
relação ao erro dos alunos.
 
Bom trabalho!!Bom trabalho!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
Cleyton Carvalho
 
Pauta replanejamento julho de 2012
Pauta replanejamento julho de 2012Pauta replanejamento julho de 2012
Pauta replanejamento julho de 2012
DiretorNPE
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Jocéia Nunes Mata
 
Replanejamento 2016
Replanejamento 2016Replanejamento 2016
Replanejamento 2016
Claudia Ortolan Ortolan
 
Replanejamento ee milton silva rodrigues
Replanejamento ee milton silva rodriguesReplanejamento ee milton silva rodrigues
Replanejamento ee milton silva rodrigues
telasnorte1
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
Luciene Vales
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
proletramentoalfa
 
Avaliação Escolar
Avaliação EscolarAvaliação Escolar
Avaliação Escolar
Cursos Profissionalizantes
 
Sequencia didática
Sequencia didáticaSequencia didática
Sequencia didática
Shirley Lauria
 
Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem
carmensilva723002
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
Adriana Pereira
 
Avaliação na educação
Avaliação na educaçãoAvaliação na educação
Avaliação na educação
Labted UEL
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
ELOI DE OLIVEIRA BATISTA
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Marcelo Assis
 
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptxRECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
EsterLeite4
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
Bruna Braga
 
Nova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MA
Nova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MANova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MA
Nova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MA
Francisco Nogueira Santiago
 
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
jeffcezanne
 
Pauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aulaPauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aula
Gelson Rocha
 
Metodos
MetodosMetodos

Mais procurados (20)

Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Pauta replanejamento julho de 2012
Pauta replanejamento julho de 2012Pauta replanejamento julho de 2012
Pauta replanejamento julho de 2012
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Replanejamento 2016
Replanejamento 2016Replanejamento 2016
Replanejamento 2016
 
Replanejamento ee milton silva rodrigues
Replanejamento ee milton silva rodriguesReplanejamento ee milton silva rodrigues
Replanejamento ee milton silva rodrigues
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
 
Avaliação Escolar
Avaliação EscolarAvaliação Escolar
Avaliação Escolar
 
Sequencia didática
Sequencia didáticaSequencia didática
Sequencia didática
 
Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
 
Avaliação na educação
Avaliação na educaçãoAvaliação na educação
Avaliação na educação
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptxRECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Nova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MA
Nova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MANova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MA
Nova Sistemática de Avaliação da Rede Municipal de Ensino de São Luís-MA
 
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
 
Pauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aulaPauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aula
 
Metodos
MetodosMetodos
Metodos
 

Destaque

Ppt planejamento 2016 rosina
Ppt   planejamento 2016 rosinaPpt   planejamento 2016 rosina
Ppt planejamento 2016 rosina
Claudia Ortolan Ortolan
 
Sugestão de sondagem para o 1º ano
Sugestão de sondagem para o 1º anoSugestão de sondagem para o 1º ano
Sugestão de sondagem para o 1º ano
Claudia Ortolan Ortolan
 
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]
diretoriabragpta
 
Replanejamento 2008
Replanejamento 2008Replanejamento 2008
Replanejamento 2008
Antonouza
 
Aula 13 Natureza Do Planejamento E Controle
Aula 13   Natureza Do Planejamento E ControleAula 13   Natureza Do Planejamento E Controle
Aula 13 Natureza Do Planejamento E Controle
guesteb91dafb
 
3 necessidade do replanejamento taciano
3 necessidade do replanejamento taciano3 necessidade do replanejamento taciano
3 necessidade do replanejamento taciano
Andreia Carla Lobo
 
Folder dia da mulher
Folder dia da mulherFolder dia da mulher
Folder dia da mulher
Claudia Ortolan Ortolan
 
Currículo do Estado de São Paulo
Currículo do Estado de São PauloCurrículo do Estado de São Paulo
Currículo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo
 
Htpc currículo
Htpc currículoHtpc currículo
Htpc currículo
Glauco Duarte
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
Simone Lucas
 

Destaque (10)

Ppt planejamento 2016 rosina
Ppt   planejamento 2016 rosinaPpt   planejamento 2016 rosina
Ppt planejamento 2016 rosina
 
Sugestão de sondagem para o 1º ano
Sugestão de sondagem para o 1º anoSugestão de sondagem para o 1º ano
Sugestão de sondagem para o 1º ano
 
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]
 
Replanejamento 2008
Replanejamento 2008Replanejamento 2008
Replanejamento 2008
 
Aula 13 Natureza Do Planejamento E Controle
Aula 13   Natureza Do Planejamento E ControleAula 13   Natureza Do Planejamento E Controle
Aula 13 Natureza Do Planejamento E Controle
 
3 necessidade do replanejamento taciano
3 necessidade do replanejamento taciano3 necessidade do replanejamento taciano
3 necessidade do replanejamento taciano
 
Folder dia da mulher
Folder dia da mulherFolder dia da mulher
Folder dia da mulher
 
Currículo do Estado de São Paulo
Currículo do Estado de São PauloCurrículo do Estado de São Paulo
Currículo do Estado de São Paulo
 
Htpc currículo
Htpc currículoHtpc currículo
Htpc currículo
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
 

Semelhante a Ppt replanejamento 2015

2ª formação AAP 2015
2ª formação   AAP 20152ª formação   AAP 2015
2ª formação AAP 2015
Elisabete Panssonatto
 
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptxOficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
ssuserfe1df6
 
Aula13 abril planejamentomag3dida
Aula13 abril planejamentomag3didaAula13 abril planejamentomag3dida
Aula13 abril planejamentomag3dida
Eliane Pellizzaro
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sandra Pcnp
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sandra Pcnp
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sandra Pcnp
 
Pesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importante
Pesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importantePesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importante
Pesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importante
LADECOUNB
 
Pnaic retomada e diagnóstico
Pnaic retomada e diagnósticoPnaic retomada e diagnóstico
Pnaic retomada e diagnóstico
Claudio Pessoa
 
Etapa superação
Etapa superaçãoEtapa superação
Etapa superação
Clécio Bubela
 
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
SOLANGEBOROSKISCHOCK
 
1º ano 1
1º ano 11º ano 1
1º ano 1
Vanessa Pereira
 
Slide módulo 4.pptx
Slide módulo 4.pptxSlide módulo 4.pptx
Slide módulo 4.pptx
Antônia marta Silvestre da Silva
 
avaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciaisavaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciais
alvaro nunes de magalhaes
 
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
marcilene1311
 
Auto aval
Auto avalAuto aval
Auto aval
ziquinha
 
Pauta
PautaPauta
Atividade de articulação 8
Atividade de articulação 8Atividade de articulação 8
Atividade de articulação 8
Camila Buso Weiller Viotto
 
Planejamento 2014 dia 3
Planejamento 2014   dia 3Planejamento 2014   dia 3
Planejamento 2014 dia 3
Ingrid Duran
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
Gilmar Machado
 

Semelhante a Ppt replanejamento 2015 (20)

2ª formação AAP 2015
2ª formação   AAP 20152ª formação   AAP 2015
2ª formação AAP 2015
 
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptxOficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
 
Aula13 abril planejamentomag3dida
Aula13 abril planejamentomag3didaAula13 abril planejamentomag3dida
Aula13 abril planejamentomag3dida
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 (2)
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
 
Pesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importante
Pesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importantePesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importante
Pesquisa BIA.pdf uma pesquisa bem importante
 
Pnaic retomada e diagnóstico
Pnaic retomada e diagnósticoPnaic retomada e diagnóstico
Pnaic retomada e diagnóstico
 
Etapa superação
Etapa superaçãoEtapa superação
Etapa superação
 
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
 
1º ano 1
1º ano 11º ano 1
1º ano 1
 
Slide módulo 4.pptx
Slide módulo 4.pptxSlide módulo 4.pptx
Slide módulo 4.pptx
 
avaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciaisavaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciais
 
Avaliação de projetos
Avaliação de projetosAvaliação de projetos
Avaliação de projetos
 
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
 
Auto aval
Auto avalAuto aval
Auto aval
 
Pauta
PautaPauta
Pauta
 
Atividade de articulação 8
Atividade de articulação 8Atividade de articulação 8
Atividade de articulação 8
 
Planejamento 2014 dia 3
Planejamento 2014   dia 3Planejamento 2014   dia 3
Planejamento 2014 dia 3
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 

Mais de Claudia Ortolan Ortolan

PPT Planejamento 2018
PPT  Planejamento 2018PPT  Planejamento 2018
PPT Planejamento 2018
Claudia Ortolan Ortolan
 
Apresentação para ct peti plano
Apresentação para ct peti planoApresentação para ct peti plano
Apresentação para ct peti plano
Claudia Ortolan Ortolan
 
Rotina semanal 21 08 (1)
Rotina semanal 21 08 (1)Rotina semanal 21 08 (1)
Rotina semanal 21 08 (1)
Claudia Ortolan Ortolan
 
Rotina semanal 1º ano 14 a 18 de agosto de 2017
Rotina semanal  1º ano   14 a 18 de agosto de 2017Rotina semanal  1º ano   14 a 18 de agosto de 2017
Rotina semanal 1º ano 14 a 18 de agosto de 2017
Claudia Ortolan Ortolan
 
Projeto didatico teatro de leitores2
Projeto didatico  teatro de leitores2Projeto didatico  teatro de leitores2
Projeto didatico teatro de leitores2
Claudia Ortolan Ortolan
 
Plano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_anoPlano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_ano
Claudia Ortolan Ortolan
 
Plano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_anoPlano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_ano
Claudia Ortolan Ortolan
 
Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016
Claudia Ortolan Ortolan
 
Folder dia da mulher
Folder dia da mulherFolder dia da mulher
Folder dia da mulher
Claudia Ortolan Ortolan
 
Rotina como aliada
Rotina como aliadaRotina como aliada
Rotina como aliada
Claudia Ortolan Ortolan
 
Março 4 ano
Março 4 anoMarço 4 ano
Março 3 ano
Março 3 anoMarço 3 ano
Março 2 ano
Março 2 anoMarço 2 ano
Março 1 ano
Março 1 anoMarço 1 ano
Março 5 ano
Março 5 anoMarço 5 ano
Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014
Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014 Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014
Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014
Claudia Ortolan Ortolan
 
Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014
Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014
Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014
Claudia Ortolan Ortolan
 
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Claudia Ortolan Ortolan
 
Planilha tabulação 2ºano_escola_2014
Planilha tabulação 2ºano_escola_2014Planilha tabulação 2ºano_escola_2014
Planilha tabulação 2ºano_escola_2014
Claudia Ortolan Ortolan
 
Planilha tabulação 4ºano_escola_2014
Planilha tabulação 4ºano_escola_2014Planilha tabulação 4ºano_escola_2014
Planilha tabulação 4ºano_escola_2014
Claudia Ortolan Ortolan
 

Mais de Claudia Ortolan Ortolan (20)

PPT Planejamento 2018
PPT  Planejamento 2018PPT  Planejamento 2018
PPT Planejamento 2018
 
Apresentação para ct peti plano
Apresentação para ct peti planoApresentação para ct peti plano
Apresentação para ct peti plano
 
Rotina semanal 21 08 (1)
Rotina semanal 21 08 (1)Rotina semanal 21 08 (1)
Rotina semanal 21 08 (1)
 
Rotina semanal 1º ano 14 a 18 de agosto de 2017
Rotina semanal  1º ano   14 a 18 de agosto de 2017Rotina semanal  1º ano   14 a 18 de agosto de 2017
Rotina semanal 1º ano 14 a 18 de agosto de 2017
 
Projeto didatico teatro de leitores2
Projeto didatico  teatro de leitores2Projeto didatico  teatro de leitores2
Projeto didatico teatro de leitores2
 
Plano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_anoPlano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_ano
 
Plano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_anoPlano anual primeiro_ano
Plano anual primeiro_ano
 
Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016Avaliação diagnóstica 2016
Avaliação diagnóstica 2016
 
Folder dia da mulher
Folder dia da mulherFolder dia da mulher
Folder dia da mulher
 
Rotina como aliada
Rotina como aliadaRotina como aliada
Rotina como aliada
 
Março 4 ano
Março 4 anoMarço 4 ano
Março 4 ano
 
Março 3 ano
Março 3 anoMarço 3 ano
Março 3 ano
 
Março 2 ano
Março 2 anoMarço 2 ano
Março 2 ano
 
Março 1 ano
Março 1 anoMarço 1 ano
Março 1 ano
 
Março 5 ano
Março 5 anoMarço 5 ano
Março 5 ano
 
Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014
Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014 Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014
Planilha tabulação produção_textual_5ºano_escola_2014
 
Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014
Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014
Planillhas de dados avaliação em processo - abril 2014
 
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
 
Planilha tabulação 2ºano_escola_2014
Planilha tabulação 2ºano_escola_2014Planilha tabulação 2ºano_escola_2014
Planilha tabulação 2ºano_escola_2014
 
Planilha tabulação 4ºano_escola_2014
Planilha tabulação 4ºano_escola_2014Planilha tabulação 4ºano_escola_2014
Planilha tabulação 4ºano_escola_2014
 

Último

497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
alphabarros2
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 

Último (20)

497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 

Ppt replanejamento 2015

  • 1. EE PROFª ROSINA FRAZATTO DOS SANTOSEE PROFª ROSINA FRAZATTO DOS SANTOS REPLANEJAMENTOREPLANEJAMENTO ““SEJAM BEM-VINDOS”SEJAM BEM-VINDOS” AGOSTOAGOSTO 20152015
  • 2. Objetivos:Objetivos:   Retomar as reflexões realizadas na escola sobre os resultados da Avaliação de Aprendizagem em Processo. Analisar algumas questões da AAP 2015/ 2º semestre  Construir ações emergenciais para o 2º semestre.
  • 3. Atividade 1: Conversa Inicial:Atividade 1: Conversa Inicial: Retomada, junto aos Professores sobre o trabalho realizado na escola depois da aplicação e correção da AAP no primeiro semestre: Qual a discussão/ reflexão realizada na escola? A que conclusões o grupo chegou? O que a AAP demonstrou em relação à aprendizagem dos alunos? Qual o direcionamento adotado pelos professores após a análise da Avaliações?
  • 4. Atividade 2Atividade 2- Retomada dos objetivos da- Retomada dos objetivos da AAPAAP Avaliação de Aprendizagem em Processo (2º semestre 2015) algumas reflexões...
  • 5. Avaliação de Aprendizagem em ProcessoAvaliação de Aprendizagem em Processo  Essa ação, fundamentada nos princípios e concepções adotados pela SEE-SP para o processo de ensino e aprendizagem nos Anos Iniciais, propõe o acompanhamento sistemático da aprendizagem em matemática e Língua Portuguesa dos alunos de forma individualizada, da escola e da rede estadual.  Objetiva ser, além de um instrumento de acompanhamento institucional, um subsídio para os professores no desenvolvimento de situações didáticas que visem auxiliar os alunos a alcançar as expectativas de aprendizagem para o ano em que se encontram.
  • 6. Objetivos da AAPObjetivos da AAP Subsidiar as ações de planejamento escolar do início do ano letivo; Apoiar as ações de acompanhamento do desenvolvimento das propostas pedagógicas das unidades escolares; Diagnosticar, por meio de instrumento padronizado, os aspectos de aprendizagem dos alunos que necessitam de atenção imediata.
  • 7. Objetivos da AAPObjetivos da AAP Subsidiar as escolas e docentes, com orientações para elaboração de pautas conjuntas e individuais que resultem em planos de ação para os processos de recuperação da aprendizagem.
  • 8. Objetivos da AAPObjetivos da AAP As avaliações da AAP, de caráter exclusivamente diagnóstico, se constituem em instrumentos investigativos da aprendizagem dos alunos, em termos de suas competências e habilidades. O material objetiva subsidiar a progressão das aprendizagens ainda não consolidadas por meio da elaboração e execução de planos que apoiem o professor no desenvolvimento do
  • 9. Atividade 3: Análise das QuestõesAtividade 3: Análise das Questões Nos pequenos grupos, analisem as questões abaixo, apresentadas na AAP realizada neste mês (agosto/ 2015), discutam e respondam às seguintes questões:
  • 10. Questões para analisarQuestões para analisar 1º ano LP- questão 6 Mat. Questão – 8 2º ano LP- questão 6 Mat. Questão – 9 3º ano LP- questão 5 Mat. Questão – 4 4º ano LP- Produção Mat. Questão – 3 e 4 5º ano LP- questão 6 Mat. Questão 6
  • 11. Questões para reflexão:Questões para reflexão:  Qual o objetivo da questão? (o que está avaliando? Quais saberes dos alunos?)  Quais expectativas de aprendizagem os alunos devem mobilizar para responder à questão?  Analisem as alternativas que poderiam ser escolhidas pelos alunos (além da correta) e reflitam a respeito do “erro”. O que poderia te- los levado a essas respostas?  Pensando no “erro” como uma ponte para a aprendizagem quais estratégias poderiam ser utilizadas pelo professor frente às questões onde os alunos apresentaram maiores dificuldades
  • 12. Alguns pontos para seremAlguns pontos para serem observados em sala de aulaobservados em sala de aula No momento de introdução de novos conteúdos o professor faz perguntas a fim de verificar se realmente os alunos aprenderam? (procuram desestabilizar os alunos – fazer com que utilizem os conhecimentos em situações diferentes da qual ocorreu a “aprendizagem”?) ou faz a pergunta e espera a resposta correta vinda de, pelo menos, um dos alunos?
  • 13. Alguns pontos para ser observado em sala de aulaAlguns pontos para ser observado em sala de aula Socializa diferentes respostas dos alunos e aproveita as “erradas” também? Ou apenas socializa as diferentes respostas dos alunos que acertaram? Concepção do que fazer com o erro: ignorá-lo ou aproveitá-lo? Fatores, entre outros, que levam ao erro
  • 14. O que fazer com o erro?O que fazer com o erro? É interessante que os caminhos pensados e construídos para chegar às respostas (certas ou erradas) sejam discutidas pelo grupo de alunos, nesse momento o aluno que acertou valida suas estratégias, reafirma sua apdz (é um dos momentos propícios para ocorrer apdz); o aluno que não chegou à resposta esperada pode explicar o que e como pensou (evidencia a origem do erro: ausência de compreensão ou compreensão inadequada na leitura; ausência ou equívoco de compreensão matemática – compreendeu o que leu mas não identificou o conceito matemático que o resolve), nesse momento o professor deve fazer as intervenções, as boas perguntas para que ele possa refletir e avançar.
  • 15. O que fazer com o erro?O que fazer com o erro? Analisar as tentativas ajuda a compreender como as crianças aprendem, e como está acontecendo a base estruturante do pensamento básico dos alunos.
  • 16. Atividade 4:Atividade 4: Retomada do que foi discutidoRetomada do que foi discutido até o momentoaté o momento.. Voltando às atividades anteriores façam uma relação entre as três e indiquem o que pode/ deve ser repensado em relação às AAP e o planejamento da rotina pedagógica. O que as disciplinas de Arte e Ed. Física podem contribuir para esse processo?
  • 17. Atividade 5:Atividade 5: Pensando no ReplanejamentoPensando no Replanejamento Objetivos???? Momento para quê?  Como podemos definir o que é replanejar?  Quais orientações o PC pode dar para o professor no momento do planejamento?  Qual o Papel do PC para o replanejamento?
  • 18. Atividade 6: FechamentoAtividade 6: Fechamento O plano deve conter o que falta ser trabalhado com os alunos atendendo ás expectativas do ano e o que ainda não foi consolidado pelos alunos e que já foi trabalhado anteriormente (primeiro semestre). Neste momento de avaliar o aproveitamento dos alunos as AAP são essenciais, uma vez que fazem referência ao Currículo proposto pela SSE – SP.
  • 19. Atividade 6: FechamentoAtividade 6: Fechamento Pensando que o Replanejar significa, também o redirecionamento das ações para o avanço na aprendizagem, segue como sugestão algumas questões para reflexão do professor sobre sua prática. Quais as ações e redirecionamento do planejamento/ estratégias para o segundo semestre?
  • 20. Atividade 6: FechamentoAtividade 6: Fechamento Sobre as questões em que os alunos apresentaram maiores dificuldades? Pensar sobre alguns pontos para auto- reflexão: estratégias utilizadas durante as aulas; concepção em relação a ensino e aprendizagem, correção/ socialização das atividades, encaminhamento das atividades. Concepção do professor em relação ao erro dos alunos.