SlideShare uma empresa Scribd logo
Honrando os mais velhos.
"Diante das cãs te levantarás, e honrarás a face do ancião, e temerás o teu Deus. Eu sou o
Senhor" (LV 19:32).
Cās significa cabelos brancos, e este versículo está falando sobre honrar os
mais velhos. E algo me chama muita atenção neste versículo, pois aqui no
ocidente não se costuma honrar os nossos idosos como se faz no oriente, veja
que nosso inimigo tem uma estratégia por trás disso.
As pessoas têm tanto pavor da velhice e hoje ninguém quer ficar velho, mas a
Bíblia nos traz outra conotação sobre o que chamamos hoje de melhor idade.
A Bíblia nos diz que é justiça, que é honra, leia Isaías 46:4 -
"Até a vossa velhice eu sou o mesmo, e ainda até as cãs eu vos carregarei; eu vos criei, e vos
levarei; sim, eu vos carregarei e vos livrarei"
A estratégia do nosso inimigo é distorcer o sentido da velhice. Observe que nos
desenhos animados, que as crianças assistem muitas vezes, o personagem do
mal é representado por um idoso, trazendo repudio desde a infância contra a
melhor idade. Por isso precisamos treinar os nossos filhos para respeitar os
mais velhos.
Observe que no texto de Levítico, Deus coloca no mesmo versículo o honrar
aos mais velhos e o temer a Deus, por isso honrar aos mais velhos é tão
importante como temer a Deus.
Que grande responsabilidade nós temos de educar os nossos filhos a amar,
respeitar os mais velhos, sem criticá-los.
Em Provérbios 16:31 está escrito: "Coroa de honra são as cãs, a qual se obtém no
caminho da justiça".
Os cabelos brancos são coroas de honra para aqueles que conseguiram viver
a sua vida em justiça e alcançaram uma idade avançada. É gloria de Deus para
sua vida. É honra de Deus para você.
"A glória dos jovens é a sua força; e a beleza dos velhos são as cãs" (Pv. 20:29).
Observe que a Bíblia nos traz outra concepção de velhice, não como algo
ultrapassado, mas velhice como dignidade, experiência e sabedoria.
Então eu proponho um desafio a você de mudar a sua concepção sobre a
terceira idade, fazer uma auto análise: Como eu tenho tratado as pessoas mais
velhas que me cercam? E transformar a sua mente, aceitando o que Deus
pensa sobre a melhor idade: Justiça, sabedoria, cabelos brancos como coroa
de honra, e conseguir passar esta verdade para nossas novas gerações.
Quero deixar esse o desafio, quero que você pense nisso e que mude a sua
mente e assim consiga alcançar os nossos mais novos. Ser idoso para Deus é
motivo de honra e nós precisamos também pensar assim.
Augusto Cury diz: há duas classes de pessoas que podem nos ensinar grandes lições: a
criança por sua pureza, e o idoso pela experiência e sabedoria adquirida ao longo da vida.
MISSÕES ENTRE A TERCEIRA IDADE
A verdadeira dinâmica da existência é que todo ser vivo tem o seu ciclo: nasce,
cresce amadurece e morre Todos que tem o privilégio da longevidade não
podem fugir da realidade do processo de envelhecimento. Apesar dessa
verdade infalível, o envelhecimento humano ainda é encarado como um
acontecimento traumatizante Como agravante da situação, o ser humano, é o
único do mundo que sabe que vai morrer, e quando na velhice, tem certeza
que a cada dia, está mais perto da morte. Diz um ditado popular que “nada
mais certo do que se chegar à velhice se a morte não surpreender no
caminho”.
No entanto no decorrer da vida, as pessoas não são preparadas para um
envelhecer consciente e, quando se percebem idosas, estão discriminadas e
sem perspectivas. Estabelece-se um caos físico e psicológico tanto na família
como na sociedade que as circunda. Ambas, família e sociedade não estão
preparadas para conviver com um fenômeno que é normal e, como tal deveria
oferecer vantagens. A tecnologia e ciência, capazes de prolongar a vida, não
garantem a sua qualidade, gerando uma população idosa que, com raras
exceções, está despreparada para viver o "seu hoje', tem medo do futuro e
refugia-se num retorno ao passado.
Há, nos idosos, um desejo de continuidade em servir e jamais de ociosidade.
Mas o preconceito social é externado na frase ouvida também nas igrejas: "É
velho, está bom de aposentar”.
Já dizia o salmista: “Mesmo quando eu estiver velho e de cabelos brancos não
me desampares, ó Deus, até que tenha anunciado a sua força a esta geração e
o teu poder a todos os vindouros`` Sal. 71:18”.
A IMPORTÄNCIA EO PAPEL DO IDOSO EM MISSÕES
Sob a perspectiva bíblica de que Deus concede a cada cristão, dons espirituais
e talentos, os quais, com o passar tempo não ficam e velhos nem caducam,
dizemos que os idosos têm muito a acrescentar no Corpo de Cristo, em todos
os setores. A maioria das denominações evangélicas não despertou para a
valorização das pessoas idosas dentro das suas "congregações e uma grande
Batalha Espiritual é travada: Os idosos sentem-se desprezados e
desvalorizados, acham que "'os seus lugares " estão sendo ocupados pelos
novos apegam-se ao passado e refugiam-se em práticas de pura religiosidade.
Nessa fase são profundas as raízes de amargura que desencadeiam sérios
problemas referentes a autoestima e o idoso pode até perder a salvação.
A imagem do idoso deprimido e desocupado não está na Bíblia: " O justo
florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro no Líbano, plantados na
Casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão
frutos, serão viçosos e florescentes." Sal.92.12-14.
Abraão, Sara, Calebe, Moisés, são alguns dos exemplos bíblicos, de que o
idoso, que tem as verdades da Palavra em sua vida, é veículo dos projetos de
Deus.
Quando Abraão foi chamado e enviado para a terra de Canaã, ele tinha 75
anos e o mundo até hoje, é abençoado pelos frutos das promessas de Deus
para ele (Gên.22.15-18). Cristo, o Filho de Deus, é o mais importante resultado
da obra missionária de Abraão. Se a Igreja der ao idoso a oportunidade de
missionar, Deus tem o poder de fazê-lo crescer, amar, frutificar e ser útil,
resgatando um imenso potencial de vida que se encontra latente, muitas vezes
debaixo da guarda e a serviço de Satanás.
O despertar da Igreja para a inclusão da 3ª Idade na obra missionária é com
certeza um projeto de Deus. O manancial de conhecimentos e capacitações
que é encontrado nas pessoas da 3ª idade precisa ser ativado e aproveitado ao
serviço do Reino.
"Levantem-se na presença dos idosos, honrem os anciãos, " Lev. 19:32
ORE
Para que vocações sejam despertadas na Melhor Idade.
TESTEMUNHO
Um Momento Decisivo
Herman veio nos visitar. Mal sabíamos que ele estava em Lynchburg porque se
sentia completamente derrotado. Seu plano era voltar para a Flórida e suicidar-
se.
Anos mais tarde, ele confessou que o meu simples convite salvou sua vida. Em
vez de ir para casa desesperado, ele veio jantar conosco, o que ocasionou nele
uma mudança.
Quando vi sua família, percebi que não poderia matar-me" contou-me "Vendo-o
brincar com seus filhos, pensei: 'Se morrer, não verei mais os meus' "!
Herman Railel voltou para a Flórida e consagrou-se para a realização da obra
de Deus. Ele e sua esposa Sharron deram início ao ministério para idosos de
maior sucesso no país. Juntos auxiliam a mais de 1.000 idosos por semana,
através de um ministério chamado Super Sixties (Supersexagenários).
Anos mais tarde, o casal foi convidado para produzir um programa de televisão
para o canal 22 de Clearwater. Há quase 20 anos levam ao ar Action Sixties
(Sexagenários em ação) e comunicam a milhões de pessoas uma mensagem
de amor e esperança. Tudo isso por causa de um simples convite que lhe
salvou a vida.
As vezes o maior legado que podemos deixar é a maneira como influenciamos
a vida de outros.
Toda vez que Deus nos usar para socorrer alguém, estaremos colhendo frutos
de repercussão eterna. Construímos um legado de fé que pode ser passado de
uma geração a outra. (Homens da Promessa' Ed Hindson - Editora Betânia)
ACONTECEU
A missionária Odete Schmalz é uma mulher quieta e observadora. Catarinense
descendente de europeus, de pele e olhos claros. Professora aposentada
diretora do ITQ em Joinville, onde ministrava aulas sobre missões e despertava
alunos para projetos missionários. Em uma destas aulas enquanto desafiava os
alunos a irem ouviu o Senhor lhe dizer: "E você, porque não vai"? Ela tocada
pelo Espirito Santo, aceitou o chamado. Depois do preparo, aceitou o desafio
de morar entre os índios Parakanäs no Pará, às margens do rio Xingu.
Há mais de 10 anos trabalha com tradução, discipulado e ensino às mulheres e
crianças. Uma mulher de Deus que não olhou para as limitações físicas e idade
avançada, mas que se dispôs ao Senhor.
“'Não quero chegar ao fim da vida e descobrir que vivi toda sua extensão.
Quero ter vivido também sua largura.” Diane Ackerman
"Nunca é tarde demais para ser aquilo que você deveria ser" George Eliot
O IDOSO COMO EVANGELISTA
É normal O ser humano querer ser próspero em idade, mas rejeitar, com a
mesma intensidade, a ideia de ser idoso. Isso se dá pela inversão de valores
na sociedade moderna. Envelhecer não é olhado como um fator heroico. Não
há cumplicidade entre as gerações para que o amanhã de cada um seja melhor
do que o ontem. Todos os estágios cronológicos da vida deveriam ser
atravessados em linha ascendente para que a velhice fosse alcançada como
culminância de uma vida plena. Como isso não acontece, apesar da 3ª Idade
ser a faixa etária "da vez" estar em evidência, precisa-se ter cuidados especiais
com o preparo do Idoso Evangelista: muita oração, "não" à religiosidade,
buscar uma real conversão, cura interior, tratamento da autoestima, além de:
1) Conscientizá-lo de que ainda poderão ser alvos de preconceitos, de uma
provável rejeição, dependendo do público a ser atingido: ex. Idoso
evangelizando jovem.
2) Sondar e aproveitar os dons e talentos de cada idoso para uma área
especifica da evangelização, oração, intercessão, ensino, abordagem, etc.
3) Idosos isolados ou em grupos são o alvo propicio para a ação do
Evangelista da 3" Idade, Achamos que só em casos especiais e como
estratégias diferenciadas, o idoso missionário, deverá ser levado a evangelizar
outras faixas etárias. Em compensação a Bíblia é clara em dizer que os idosos
devem discípular os mais jovens. (Tito 2:3-6).
Na igreja de Atos, havia os anciãos, que eram espécie de conselheiros, por
terem experiência com Deus e/ou de vida.
Evangelismo não é uma opção, é uma missão!
ORE
Para que cada cristão na Mehor Idade sinta-se potencialmente pronto para
anunciar as Boas Novas do Evangelho.
AMBIENTES PRÓPRIOS ONDE OS IDOSOS PODERÃO SER
ENCONTRADOS
Destacamos, na sociedade secular, grupos distintos de idosos a serem
alcançados:
1) Velhice abandonada - Moram em asilos ou Instituições de Longa
Permanência, como chama a nomenclatura moderna. São marcados
pelo abandono. Refugiam-se no passado. Muitos têm raízes religiosas
profundas. São ávidos por atenção. Os trabalhos evangelísticos nestes
locais exigem continuidade. Infelizmente são poucos os Idosos Ativos
nessas instituições. Muitos já se encontram em estado senil e partirão
sem salvação.
2) Velhice abastada - São idosos ativos que optaram por morar em
modernas Casas de Repouso, Condomínios para Idosos ou residências
individuais. Tiveram educação e oportunidades diferenciadas tem bom
poder aquisitivo. Acham que estão mais felizes, independentes,
procuram "hobbys mas o que querem mesmo é aproveitar a vida.
Poucos são os que se encontram em atividades produtivas. Terminam
sendo vitimados pelo vazio, rotina, religiosidade, prostituição, exploração
financeira, etc. São clientes constantes das Clinicas Geriátricas,
Agências de Turismo e Cirurgiões Plásticos. É a classe idosa de mais
difícil acesso à evangelização. São, facilmente, atraídos pelos modismos
religiosos e místicos.
3) Idosos que moram com familiares: Contando-se raras exceções são
rejeitados, Considerados um peso, explorados financeiramente e em
mão de obra para a qual não tem mais saúde, nunca tem tempo para si
nem ousadia para dizer “NÃO”. Tornam-se "invisíveis" e carentes de
atenção. Apegam-se à religiosidade, vivem no passado e são vítimas da
autocomiseração, vazio e baixa autoestima.
4) Praças, Igrejas Católicas, mercados, feiras livres, pontos de
agrupamento oferecidos pelos órgãos públicos (Casa Dia, Postos de
saúde, Centros de Convivência, etc.) são locais prováveis e fáceis de
encontrar idosos.
INTERCESSÃO MISSIONÁRIA
Muitos dos idosos que estão nas igrejas Evangélicas, é religioso e ainda não
experimentaram uma real conversão. Precisam ser como já enfatizamos,
ouvidos, ensinados para VIVEREM JESUS. São imprescindíveis noções
básicas de Batalha Espiritual. O idoso e um campo de atuação fértil e muito
visado pelo inimigo. Pela lógica da vida é a faixa etária mais próxima da morte.
Depois de "trabalhado' a oração e a intercessão missionária poderá ser um
grande campo de atuação do evangelista da 3ª Idade.
Que tal orar sobre este assunto? Deus o guiará na sua vontade!
ORE POR MISSÖES
Ana e Simeão (Lucas 2:21-40).
Ana, seu nome significa graciosa, cheia de graça. Dedicou sua vida ao
chamado de interceder, Vivia integralmente para isso desde sua viuvez
precoce. Atendeu ao chamado específico de Deus para a sua vida e alegrava-
se de contar sobre o cumprimento da promessa de Deus de um Messias para
qualquer quem estivesse no templo e quisesse escutá-la. (Lucas 2:38).
Simeão, seu nome significa “ouvir" esperava a Consolação de Israel (Jesus) e
para isso dedicou a sua vida. Homem justo e devoto. Alcançou por sua
obediência ao chamado de Deus, a graça de tomar em seus braços, o menino
Jesus quando em sua apresentação ao Senhor segundo a Lei. E enquanto o
segurava em seus braços declarou que seus olhos poderiam descansar em
paz, uma vez que contemplava o Salvador, a redenção de Israel. Seu chamado
era esperar a "consolação de Israel". (Lucas 2:25).
Deus nos chama para orar por sua obra!
'A oração é fundamental no Reino de Deus. Não é algo opcional, nem é o
último recurso quando todos os outros métodos falharam. Não orar é pecado.
(1 Sam. 12:23). Sem oração o plano de Deus para o mundo nāo pode ser
alcançado. Nós não oramos apenas pelo trabalho; a oração é o trabalho! A
oração levanta as atividades cristãs do nível do esforço humano para o divino.
Hans Von Staden fez a seguinte afirmação. "Quando o homem trabalha o
homem trabalha; quando o homem ora, Deus trabalha" (Extraído (Guia AMAI
Oração Intercessória - pág. 23)
ORE
Para que a intercessão faça parte da vida de cada cidadão na Melhor Idade e
assim impactem o mundo.
"O crente que tem visão espiritual ora e o que ora obtém visão espiritual" -
Leonardo Ravenhill
A MELHOR IDADE
A partir de que idade uma pessoa pode ser considerada idosa?
Será que há uma idade limite em que podemos assegurar que alguém se
tornou "velho demais" para apreciar a vida e contribuir significativamente para
sua família e comunidade?
Galileu já completara 73 anos quando fez algumas de suas maiores
descobertas. Sócrates começou a estudar música aos 80 anos. Ludovico
escreveu as memórias de sua época quando já estava com 115 anos. Aos
setenta anos, o missionário J. Hudson Taylor ainda trabalhava
entusiasticamente explorando novos territórios na China. George Muller aos 90
anos continuava expandindo seus orfanatos na Inglaterra. Moisés foi chamado
com 80 anos.
Mas existem mulitas pessoas que não agem com o mesmo vigor, disposição,
esperança e entusiasmo. Há idosos - às vezes nem tão idosos assim - que
parecem ter parado de viver. Fazem de seus dias um monótono desfiar de
queixas, focalizam sua atenção e perpetuam sua desesperança e conformismo
nos sintomas da velhice. Sentem-se derrotados, tornam-se vítimas de seu
pessimismo. Perdem a vontade de viver. A verdade assustadora é que eles
morreram aos 60 anos, mesmo que só sejam enterrados aos 80 ou mais!
O tempo passa inexoravelmente para todos nós. Mas há aqueles que
continuam extraindo o máximo da vida, apesar do tempo continuar avançando.
Qual será o seu segredo, se os efeitos do desgaste físico mental e emocional
são inevitáveis, se os motivos para queixas são reais, se as dores físicas e
emocionais são difíceis de suportar?
Sim, realmente existe um segredo: a vida de Cristo em nós! Mesmo quando
corpo não responde e não corresponde como antes, mesmo quando ele
começa a mudar e surgem as limitações próprias da velhice a vida interior pode
se tornar cada vez mais rica, plena e abundante, preciso ser sensível e
perceber a troca que ocorre: o vigor da juventude é substituído pela sabedoria
da maturidade! Deus é sábio e nunca abandona seus filhos. Aqueles que o
buscam têm suas forças renovadas até o final.
O Senhor é fiel! Ele dá razão para viver àqueles que o buscam para renovarem
suas forças, até o dia de leva-los para viverem com Ele no Lar celestial
(Texto extraído da Bíblia da Família - Estudos de Jaime e Judith Kemp).
OBS: De acordo com a lei, é considerado idoso o cidadão que tem idade igual
ou superior a 60 anos.
CONCLUSÃO
O Brasil, assim como o mundo, está envelhecendo A diminuição das taxas de
natalidade e o aumento das expectativas de vida geram, consequentemente
um número maior de idosos.
É urgente uma profunda mudança envolvendo governo, família, escola,
sociedade e igreja.
Existia, no Brasil, o anseio pelo estabelecimento de uma política especial
contemplando as pessoas que envelhecem. Estudos eram feitos identificando a
situação e propondo ações que garantissem melhor qualidade de vida à
população idosa tanto na a família como na sociedade, com a participação
plena dos organismos públicos, até então muito distanciados do problema.
Desde janeiro de 1994 temos no país uma lei especial para a questão: Lei
8.842 de 04/01/1994 cria o Estatuto do Idoso que define e estabelece diretriz
programática específica referente O pessoa idosa Infelizmente lei já existe,
mas os problemas continuam, porque os tramites burocráticos têm impedido o
seu avanço.
As empresas de turismo, de saúde, de divertimento de muitos outros
segmentos já despertam para o grande negócio que é explorar as carências e
aspirações da 3ª idade.
Os líderes religiosos não podem desconhecer a necessidade de preparar a
Igreja para a interação de todas as faixas etárias, conscientizando de que o
envelhecimento é um processo biológico, com evolução continua do nascer até
a morte, mas que em si, não incapacita o indivíduo, apesar da vulnerabilidade
das funções corporais. É necessário enfatizar que o Grupo Missionário da 3ª
Idade é o destino final de todos os que compõem os demais grupos, se tiverem
a benção de serem agraciados com uma vida longa. Buscar alternativas para
uma sociedade que envelhece é uma questão social cada vez mais importante.
ASEM-CE está inserida empenhada nesse processo de transformação O
resgate de valores, conclamando aos Pastores e Lideres para a inclusão da 3ª
Idade das suas igrejas nos diversos departamentos da Seara Missionária.
“Com os idosos está à sabedoria e na abundância de dias, o entendimento."
Jó 12.12
CULTOS CRIATIVOS
Culto Temático 1
Tema: CULTO MAIS
Promotores: Equipe de lodosos da igreja Local
Público Alvo: idosos convidados não convertidos
Convite:
Você que é MAIS EXPERIENTE e tem MAIS
Vida, Filhos, Problemas, Anos, Tristezas, Rugas, Cabelos brancos, Bênçãos,
Sabedoria, Alegrias ...
É o la) nosso(a) convidado(a) para ouvir o MAIS de Deus para você.
Quando: Dia _____/____ às_______
Local: _________________________________________________
Decoração
Versículos bíblicos relacionados a uma vida longa, que devem ser escritos em
letras bem grandes, chamativas e fáceis de ler,
Exemplo: JÓ 12.12 / SL 90.12 / SL 92.14 / IS. 40.31
> Cartazes:
Você é MAIS
Deus tem MAIS para Você
> Mesa Mais Talentos: Cada idoso da Igreja Local deverá trazer peças feitas
por si ou por outrem para expor. As pessoas idosas gostam de olhar,
perguntar, saber como faz.
> Mais Quitutes: Não pode faltar um bom lanche após um culto ou evento
especial para idoso. Obs.: Procure itens saudáveis.
Culto
Recepção: Bem alegre com música ao vivo se possível.
Oração Inicial: Agradecimento a Deus por um momento tão especial.
Louvor: Hinos atuais, Hinos mais antigos. Ex.: Eu quero Mais e Mais de Cristo.
Os idosos da lgreja Local devem se apresentar com um coral, grupo de louvor,
uma dança...
Ensaiar com os convidados em ritmo de Rap: “Quem não envelhece. É porque
não resplandece”
Oração Especial: Por saúde e família (as maiores preocupações dos idosos).
Visitantes: Fazer desse momento o MOMENTO MAIS ESPECIAL.
Apresentação de cada convidado. Entregar uma lembrancinha a cada
convidado. Após apresentação individual e descontraída promover um
momento de comunhão: Com música ao fundo para conversar um pouco.
Familiares e membros da igreja podem homenagear os idosos presentes com
apresentações artísticas e mimos.
Palavra: Focada em um dos versículos da decoração, para todos lerem juntos,
já que os convidados provavelmente não trouxeram Bíblias. Tom coloquial e
convincente. Enfoque maior no privilégio de ter MAIS vida. Uma vida longa.
Essa vida não acaba aqui. Ela continua e só Jesus é o caminho.
Faça o apelo
Oração Final: Chamar todos os convidados que desejarem ir à frente, ore com
cada pessoa.
Benção Apostólica: Convite para retornarem à igreja.
Tempo de compartilhar: Lanche
Terceira Idade
Culto Temático 2
Tema: "HONRA A QUEM TEM HONRA"
” Deem a cada um o que lhe é devido: Se imposto, imposto; se tributo, tributo;
se temor, temor' se honra, honra' Romanos 13.7
Considerações Gerais:
A proposta é realizar um culto evangelístico direcionado para alguns idosos da
lgreja Local, cujos familiares não são convertidos. Dez, no máximo, seria o
número ideal para que se tenha tempo de valorizar, individualmente, a
presença de cada família.
Preparação:
Inicie com oração, envolva todos em um relógio de oração até o dia do evento.
a) Todo grupo deverá saber o objetivo do culto - Evangelização das
famílias convidadas.
b) Após serem os idosos que serão homenageados, pedir a cada um que
indique um familiar para ser o "contato". A partir dessa indicação deve-
se guardar "alguns segredos" para que o homenageado tenha surpresas
O que sugerir ao " contato";
a) Árvore genealógica de cada idoso homenageado, em "banner"', cartaz ou
outro meio.
b) Um '"cartaz " com a foto de cada homenageado (a) e uma frase da família
para ele (a).
c) Um representante da família para em três minutos, falar sobre o (a)
homenageado (a).
d) Torcida organizada pelos familiares (bolas, vivas, palmas etc.) para
saudarem o (a) homenageado no momento em que cada um será chamado (a)
para tomar o seu lugar de HONRA.
e) cada familiar deverá preparar um “álbum” com “bilhetinhos” de bem querer,
fotos, etc. já valerá como a lembrança do evento.
f) Cada familiar deverá contribuir com o (ex. um de salgado por família e caixa
de suco). A igreja se encarregará de um sobremesa diet, tipo salada de fruta
gelatina ou similar.
Decoração
a) As árvores genealógicas, os "cartazes" comporão a decoração. A Igreja
pode providenciar uma faixa ou no Data Show;
Bem-vindo, FAMÍLIAS! - HONRA A QUEM TEM HONRA
b) Cadeiras – Devem ser colocadas em destaque, na frente do púlpito cadeiras
para os homenageados sentarem quando forem chamados individualmente
para ocuparem seus lugares. Devem ser marcadas com o nome de cada um e
não podem ser muito juntas porque as famílias irão rodeá-las no momento em
que forem chamadas. Preparar, com antecedência e um bom planejamento, o
local para o compartilhar após o culto.
c) Convites - Serão entregues aos familiares e amigos dos (as) homenageados
(as), por cada contato.
A Igreja_______________________________-
Tem o prazer de convidar você que é familiar de ___________________
Para o culto "Honra a quem tem Honra', onde lhe será prestada uma
homenagem.
Local____________
Data_________
Ficaremos felizes com a sua presença.
Culto
Oração inicial - agradecimento pelos familiares presentes
Louvor- Alegre, Se possível incluir cânticos com o tema Família.
Chamada Nominal dos (as) homenageados (as) - Irão ocupar as cadeiras
especiais - Motivar a torcida de cada família.
Homenagem das famílias - Palavra de cada representante (não se esquecer do
tempo estipulado de três minutos)
Palavra - Se possível, o (a) Pastor (a) titular da lgreja Local. Sugestão Jó 12.12
É importante, que o pastor explane o Caminho da Salvação e dê oportunidade,
fazendo apelo para aqueles que desejam entregar sua vida ao Senhor.
Momentos Finais - Ainda pelo Pastor pregador: Chamar todos os familiares
para frente, cada família rodeando o seu idoso. Oração por todas as famílias.
Benção Apostólica - Ainda com as famílias agrupadas. Após a benção separe
um tempo para o momento de comunhão.
Compartilhar no lugar que foi preparado.
Obs.: Esse Culto Criativo "Honra a quem tem Honra" poderá variar em outras
versões, com os idosos da Igreia local mas sempre objetivando a
evangelização dos familiares
Importante:
Deve-se ter muito cuidado no critério da escolha dos idosos a serem
homenageados, para não provocar ciúmes e magoas, bem comuns nessa faixa
etária.
Sugestões: - Os mais idosos.
- Através de sorteio daqueles que desejam participar.
- Desejo de cada um, de comum acordo com o grupo.
Procure nunca ultrapassar o número de dez homenageados.
OUTRAS IDEIAS
A igreja pode promover palestras sobre o Estatuto do Idoso, sobre saúde na 3ª
idade, Previdência etc.
Especialistas como geriatras, geriontólogos, nutricionistas, advogados,
assistentes sociais, pro exemplo, poderão contribuir nessas palestras. A ideia é
conscientizar os idosos sobre seus direitos, bem como a igreja e familiares
sobre como tratar os idosos, tanto nos termos da lei, como nos termos bíblicos.
Pesquise sobre a campanha Junho Violeta.
Informações básicas:
O Junho Violeta foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) e
alerta para conscientização e combate a atos de violência contra os idosos. O
objetivo da campanha é despertar a sociedade como um todo no processo de
sensibilização para coibir, diminuir e amenizar o sofrimento da pessoa idosa
contra a violência que essa população vem sofrendo.
15 DE JUNHO: DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA
CONTRA A PESSOA IDOSA.
A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2011como
alerta para a existência de todos os tipos de violência, maus-tratos e violações
dos direitos dos idosos e para divulgar as formas de denunciar e combater.
A população idosa triplicou nos últimos 40 anos.
De acordo com os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística (IBGE), em 2022, o total de pessoas com 65 anos ou mais no Brasil
chegou a 10,9% da população, com um aumento de 57,4% em relação a 2010.
Isso representa mais de 22 milhões de pessoas acima dos 65 anos. Esses
números evidenciam um envelhecimento significativo da população brasileira
ao longo dos anos.
O Ceará ocupa 6a colocação no ranking nacional nos estados com o maior
número de idosos. São cerca de 1 e 800 mil idosos.
Temos 14,3% da nossa população com 60 anos ou mais.
Diante disso a igreja não pode ficar alheia ao respeito com a pessoa idosa e
nem deixar de ter estratégias missionárias para alcançar essa fazia etária. Por
isso incentivamos você a fazer um culto especial em homenagem aos idosos
em sua igreja
Atenção:
Após a realização das ações, nos envie fotos, testemunhos e nos relate sobre
quantas vidas evangelizadas, quantas decisões por Cristo.
Os testemunhos encorajam outros a seguir na missão.
Fonte: Extraído e adaptado de ministrações da Conexão Pater, Manual de
Missões SGM (Vl,2), Dados do IBGE 2022.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Módulo i progestão
Módulo i progestãoMódulo i progestão
Módulo i progestão
Luizi Winchester
 
Saberes e práticas da inclusão dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...
Saberes e práticas da inclusão   dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...Saberes e práticas da inclusão   dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...
Saberes e práticas da inclusão dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...
Rosane Domingues
 
Documentação pedagógica inf3 b
Documentação pedagógica inf3 bDocumentação pedagógica inf3 b
Documentação pedagógica inf3 b
Débora Cecchele Lima Machado
 
Proposta pedagógica da educação infantil
Proposta pedagógica da educação infantilProposta pedagógica da educação infantil
Proposta pedagógica da educação infantil
kauezinhoproducao
 
Portfolio joão grilo
Portfolio joão griloPortfolio joão grilo
Portfolio joão grilo
João Grilo
 
Escuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexual
Escuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexualEscuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexual
Escuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexual
Magna Damasceno
 
Projeto político pedagógico
Projeto político pedagógicoProjeto político pedagógico
Projeto político pedagógico
mauriliojr
 
SECRETARIA ESCOLAR - ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
SECRETARIA ESCOLAR -  ESCRITURAÇÃO ESCOLARSECRETARIA ESCOLAR -  ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
SECRETARIA ESCOLAR - ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
Prefeitura Municipal de União - PMU
 
Inclusão
InclusãoInclusão
Inclusão
kalydymer
 
Ad de at aut. prof
Ad de at aut. profAd de at aut. prof
Ad de at aut. prof
Gilberto Leal Leal
 
O manifesto dos_pioneiros
O manifesto dos_pioneirosO manifesto dos_pioneiros
O manifesto dos_pioneiros
lidiane98
 
Paulo Freire e a Educação Libertadora
Paulo Freire e a Educação LibertadoraPaulo Freire e a Educação Libertadora
Paulo Freire e a Educação Libertadora
ricaPimentel2
 
O eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadoresO eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadores
Samantha de Sá
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
CÉSAR TAVARES
 
Portifolio pronto
Portifolio prontoPortifolio pronto
Portifolio pronto
Aristoteles Socrates
 
Unidade iii slide
Unidade iii   slideUnidade iii   slide
Marx engels e a educação
Marx engels e a educaçãoMarx engels e a educação
Marx engels e a educação
MACEIÓ - James Washington
 
3º brasil império.hist.ed.
3º brasil império.hist.ed.3º brasil império.hist.ed.
3º brasil império.hist.ed.
Marcilio Sampaio
 
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
Alexsandro Prates
 
Afetividade no desenvolvimento infantil final
Afetividade no desenvolvimento infantil finalAfetividade no desenvolvimento infantil final
Afetividade no desenvolvimento infantil final
Isa Silveira
 

Mais procurados (20)

Módulo i progestão
Módulo i progestãoMódulo i progestão
Módulo i progestão
 
Saberes e práticas da inclusão dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...
Saberes e práticas da inclusão   dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...Saberes e práticas da inclusão   dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...
Saberes e práticas da inclusão dificuldades acentuadas de aprendizagem - au...
 
Documentação pedagógica inf3 b
Documentação pedagógica inf3 bDocumentação pedagógica inf3 b
Documentação pedagógica inf3 b
 
Proposta pedagógica da educação infantil
Proposta pedagógica da educação infantilProposta pedagógica da educação infantil
Proposta pedagógica da educação infantil
 
Portfolio joão grilo
Portfolio joão griloPortfolio joão grilo
Portfolio joão grilo
 
Escuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexual
Escuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexualEscuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexual
Escuta de criança e adolescentes em situação de violencia sexual
 
Projeto político pedagógico
Projeto político pedagógicoProjeto político pedagógico
Projeto político pedagógico
 
SECRETARIA ESCOLAR - ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
SECRETARIA ESCOLAR -  ESCRITURAÇÃO ESCOLARSECRETARIA ESCOLAR -  ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
SECRETARIA ESCOLAR - ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
 
Inclusão
InclusãoInclusão
Inclusão
 
Ad de at aut. prof
Ad de at aut. profAd de at aut. prof
Ad de at aut. prof
 
O manifesto dos_pioneiros
O manifesto dos_pioneirosO manifesto dos_pioneiros
O manifesto dos_pioneiros
 
Paulo Freire e a Educação Libertadora
Paulo Freire e a Educação LibertadoraPaulo Freire e a Educação Libertadora
Paulo Freire e a Educação Libertadora
 
O eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadoresO eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadores
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
 
Portifolio pronto
Portifolio prontoPortifolio pronto
Portifolio pronto
 
Unidade iii slide
Unidade iii   slideUnidade iii   slide
Unidade iii slide
 
Marx engels e a educação
Marx engels e a educaçãoMarx engels e a educação
Marx engels e a educação
 
3º brasil império.hist.ed.
3º brasil império.hist.ed.3º brasil império.hist.ed.
3º brasil império.hist.ed.
 
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
 
Afetividade no desenvolvimento infantil final
Afetividade no desenvolvimento infantil finalAfetividade no desenvolvimento infantil final
Afetividade no desenvolvimento infantil final
 

Semelhante a Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja

Preconceito
PreconceitoPreconceito
Preconceito
Carla Machado
 
52 artigos
52 artigos52 artigos
52 artigos
domeduardo
 
Cristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptx
Cristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptxCristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptx
Cristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptx
Martin M Flynn
 
Impossível para os homens, possível para deus
Impossível para os homens, possível para deusImpossível para os homens, possível para deus
Impossível para os homens, possível para deus
Hugo Machado
 
Livro - Jesus Culture
Livro - Jesus CultureLivro - Jesus Culture
Livro - Jesus Culture
João da Silva
 
Catequese com adultos doc 80 +
Catequese com adultos doc 80 +Catequese com adultos doc 80 +
Catequese com adultos doc 80 +
Catequista Josivaldo
 
Edicao junho 2021 via web digital
Edicao junho 2021  via web digitalEdicao junho 2021  via web digital
Edicao junho 2021 via web digital
Pastor Marcello Rocha
 
O verdadeiro Cristão
O verdadeiro CristãoO verdadeiro Cristão
O verdadeiro Cristão
Renato Arabe Saraiva
 
195517 como nascer de novo
195517 como nascer de novo195517 como nascer de novo
195517 como nascer de novo
Rodolfo Neves
 
Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.
Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.
Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.
Bernadetecebs .
 
CRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptx
CRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptxCRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptx
CRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptx
Martin M Flynn
 
Mensagens Aos Jovens
Mensagens Aos JovensMensagens Aos Jovens
Mensagens Aos Jovens
Sérgio Ventura
 
A síndrome de pilatos
A síndrome de pilatosA síndrome de pilatos
A síndrome de pilatos
Janderson Barroso
 
Apresentação do documento 85 da cnbb
Apresentação do  documento 85 da cnbbApresentação do  documento 85 da cnbb
Apresentação do documento 85 da cnbb
Bernadetecebs .
 
2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells
2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells
2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells
Antonio Ferreira
 
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
Maressa Almeida
 
Mais além do meu olhar luiz sérgio
Mais além do meu olhar luiz sérgioMais além do meu olhar luiz sérgio
Mais além do meu olhar luiz sérgio
Mariana Alves
 
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgioMais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mariana Alves
 
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgioMais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mariana Alves
 
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgioMais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mariana Alves
 

Semelhante a Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja (20)

Preconceito
PreconceitoPreconceito
Preconceito
 
52 artigos
52 artigos52 artigos
52 artigos
 
Cristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptx
Cristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptxCristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptx
Cristo Vive - cap 1,2,3 (Portugues).pptx
 
Impossível para os homens, possível para deus
Impossível para os homens, possível para deusImpossível para os homens, possível para deus
Impossível para os homens, possível para deus
 
Livro - Jesus Culture
Livro - Jesus CultureLivro - Jesus Culture
Livro - Jesus Culture
 
Catequese com adultos doc 80 +
Catequese com adultos doc 80 +Catequese com adultos doc 80 +
Catequese com adultos doc 80 +
 
Edicao junho 2021 via web digital
Edicao junho 2021  via web digitalEdicao junho 2021  via web digital
Edicao junho 2021 via web digital
 
O verdadeiro Cristão
O verdadeiro CristãoO verdadeiro Cristão
O verdadeiro Cristão
 
195517 como nascer de novo
195517 como nascer de novo195517 como nascer de novo
195517 como nascer de novo
 
Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.
Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.
Via Sacra da Campanha da Fraternidade 2013. Eis-me aqui, envia-me.
 
CRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptx
CRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptxCRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptx
CRISTO VIVE 4,5,6, (portuguese).pptx
 
Mensagens Aos Jovens
Mensagens Aos JovensMensagens Aos Jovens
Mensagens Aos Jovens
 
A síndrome de pilatos
A síndrome de pilatosA síndrome de pilatos
A síndrome de pilatos
 
Apresentação do documento 85 da cnbb
Apresentação do  documento 85 da cnbbApresentação do  documento 85 da cnbb
Apresentação do documento 85 da cnbb
 
2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells
2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells
2579227 problemas-presenca-de-deus-e-oracao-mike-wells
 
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
 
Mais além do meu olhar luiz sérgio
Mais além do meu olhar luiz sérgioMais além do meu olhar luiz sérgio
Mais além do meu olhar luiz sérgio
 
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgioMais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
 
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgioMais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
 
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgioMais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
Mais além do_meu_olhar_-_luiz_sérgio
 

Mais de Comando Resgatai

Missões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdf
Missões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdfMissões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdf
Missões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdf
Comando Resgatai
 
Missões News 04/2024 - Informativo Missionário
Missões News 04/2024 - Informativo MissionárioMissões News 04/2024 - Informativo Missionário
Missões News 04/2024 - Informativo Missionário
Comando Resgatai
 
Missões News 03/2024 - Informativo Missionário
Missões News 03/2024 - Informativo MissionárioMissões News 03/2024 - Informativo Missionário
Missões News 03/2024 - Informativo Missionário
Comando Resgatai
 
Missões News 02/2024 - Informativo Missionário
Missões News 02/2024 - Informativo MissionárioMissões News 02/2024 - Informativo Missionário
Missões News 02/2024 - Informativo Missionário
Comando Resgatai
 
Missões News 01/24 - Informativo Missionário
Missões News 01/24 - Informativo MissionárioMissões News 01/24 - Informativo Missionário
Missões News 01/24 - Informativo Missionário
Comando Resgatai
 
Missões News 12/2023 - Informativo Missionário
Missões News 12/2023 - Informativo MissionárioMissões News 12/2023 - Informativo Missionário
Missões News 12/2023 - Informativo Missionário
Comando Resgatai
 
Missões News 11/2023 - Informativo Missionário
Missões News 11/2023 - Informativo MissionárioMissões News 11/2023 - Informativo Missionário
Missões News 11/2023 - Informativo Missionário
Comando Resgatai
 
Missões News 10/23
Missões News 10/23Missões News 10/23
Missões News 10/23
Comando Resgatai
 
Missões News 09/2023
Missões News 09/2023Missões News 09/2023
Missões News 09/2023
Comando Resgatai
 
Missões News 08/2023
Missões News 08/2023Missões News 08/2023
Missões News 08/2023
Comando Resgatai
 
Projetos SemCe 2023
Projetos SemCe 2023Projetos SemCe 2023
Projetos SemCe 2023
Comando Resgatai
 
Relatório Geral SemCe 2022
Relatório Geral SemCe 2022Relatório Geral SemCe 2022
Relatório Geral SemCe 2022
Comando Resgatai
 
Missões News 07/2023
Missões News 07/2023Missões News 07/2023
Missões News 07/2023
Comando Resgatai
 
Missões News 03/2023
Missões News 03/2023Missões News 03/2023
Missões News 03/2023
Comando Resgatai
 
Missões News 02/2023
Missões News 02/2023Missões News 02/2023
Missões News 02/2023
Comando Resgatai
 
Missões News 01/23
Missões News 01/23Missões News 01/23
Missões News 01/23
Comando Resgatai
 
Missões News 12/2022
Missões News 12/2022Missões News 12/2022
Missões News 12/2022
Comando Resgatai
 
Missões News 10/2022
Missões News 10/2022Missões News 10/2022
Missões News 10/2022
Comando Resgatai
 
Missões News 09/2022
Missões News 09/2022Missões News 09/2022
Missões News 09/2022
Comando Resgatai
 
Missões News 08/2022
Missões News 08/2022Missões News 08/2022
Missões News 08/2022
Comando Resgatai
 

Mais de Comando Resgatai (20)

Missões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdf
Missões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdfMissões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdf
Missões News 05/24 - Informativo Maio 2024.pdf
 
Missões News 04/2024 - Informativo Missionário
Missões News 04/2024 - Informativo MissionárioMissões News 04/2024 - Informativo Missionário
Missões News 04/2024 - Informativo Missionário
 
Missões News 03/2024 - Informativo Missionário
Missões News 03/2024 - Informativo MissionárioMissões News 03/2024 - Informativo Missionário
Missões News 03/2024 - Informativo Missionário
 
Missões News 02/2024 - Informativo Missionário
Missões News 02/2024 - Informativo MissionárioMissões News 02/2024 - Informativo Missionário
Missões News 02/2024 - Informativo Missionário
 
Missões News 01/24 - Informativo Missionário
Missões News 01/24 - Informativo MissionárioMissões News 01/24 - Informativo Missionário
Missões News 01/24 - Informativo Missionário
 
Missões News 12/2023 - Informativo Missionário
Missões News 12/2023 - Informativo MissionárioMissões News 12/2023 - Informativo Missionário
Missões News 12/2023 - Informativo Missionário
 
Missões News 11/2023 - Informativo Missionário
Missões News 11/2023 - Informativo MissionárioMissões News 11/2023 - Informativo Missionário
Missões News 11/2023 - Informativo Missionário
 
Missões News 10/23
Missões News 10/23Missões News 10/23
Missões News 10/23
 
Missões News 09/2023
Missões News 09/2023Missões News 09/2023
Missões News 09/2023
 
Missões News 08/2023
Missões News 08/2023Missões News 08/2023
Missões News 08/2023
 
Projetos SemCe 2023
Projetos SemCe 2023Projetos SemCe 2023
Projetos SemCe 2023
 
Relatório Geral SemCe 2022
Relatório Geral SemCe 2022Relatório Geral SemCe 2022
Relatório Geral SemCe 2022
 
Missões News 07/2023
Missões News 07/2023Missões News 07/2023
Missões News 07/2023
 
Missões News 03/2023
Missões News 03/2023Missões News 03/2023
Missões News 03/2023
 
Missões News 02/2023
Missões News 02/2023Missões News 02/2023
Missões News 02/2023
 
Missões News 01/23
Missões News 01/23Missões News 01/23
Missões News 01/23
 
Missões News 12/2022
Missões News 12/2022Missões News 12/2022
Missões News 12/2022
 
Missões News 10/2022
Missões News 10/2022Missões News 10/2022
Missões News 10/2022
 
Missões News 09/2022
Missões News 09/2022Missões News 09/2022
Missões News 09/2022
 
Missões News 08/2022
Missões News 08/2022Missões News 08/2022
Missões News 08/2022
 

Último

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 

Último (20)

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 

Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja

  • 1. Honrando os mais velhos. "Diante das cãs te levantarás, e honrarás a face do ancião, e temerás o teu Deus. Eu sou o Senhor" (LV 19:32). Cās significa cabelos brancos, e este versículo está falando sobre honrar os mais velhos. E algo me chama muita atenção neste versículo, pois aqui no ocidente não se costuma honrar os nossos idosos como se faz no oriente, veja que nosso inimigo tem uma estratégia por trás disso. As pessoas têm tanto pavor da velhice e hoje ninguém quer ficar velho, mas a Bíblia nos traz outra conotação sobre o que chamamos hoje de melhor idade. A Bíblia nos diz que é justiça, que é honra, leia Isaías 46:4 - "Até a vossa velhice eu sou o mesmo, e ainda até as cãs eu vos carregarei; eu vos criei, e vos levarei; sim, eu vos carregarei e vos livrarei" A estratégia do nosso inimigo é distorcer o sentido da velhice. Observe que nos desenhos animados, que as crianças assistem muitas vezes, o personagem do mal é representado por um idoso, trazendo repudio desde a infância contra a melhor idade. Por isso precisamos treinar os nossos filhos para respeitar os mais velhos. Observe que no texto de Levítico, Deus coloca no mesmo versículo o honrar aos mais velhos e o temer a Deus, por isso honrar aos mais velhos é tão importante como temer a Deus. Que grande responsabilidade nós temos de educar os nossos filhos a amar, respeitar os mais velhos, sem criticá-los. Em Provérbios 16:31 está escrito: "Coroa de honra são as cãs, a qual se obtém no caminho da justiça". Os cabelos brancos são coroas de honra para aqueles que conseguiram viver a sua vida em justiça e alcançaram uma idade avançada. É gloria de Deus para sua vida. É honra de Deus para você. "A glória dos jovens é a sua força; e a beleza dos velhos são as cãs" (Pv. 20:29). Observe que a Bíblia nos traz outra concepção de velhice, não como algo ultrapassado, mas velhice como dignidade, experiência e sabedoria. Então eu proponho um desafio a você de mudar a sua concepção sobre a terceira idade, fazer uma auto análise: Como eu tenho tratado as pessoas mais velhas que me cercam? E transformar a sua mente, aceitando o que Deus pensa sobre a melhor idade: Justiça, sabedoria, cabelos brancos como coroa de honra, e conseguir passar esta verdade para nossas novas gerações. Quero deixar esse o desafio, quero que você pense nisso e que mude a sua mente e assim consiga alcançar os nossos mais novos. Ser idoso para Deus é motivo de honra e nós precisamos também pensar assim. Augusto Cury diz: há duas classes de pessoas que podem nos ensinar grandes lições: a criança por sua pureza, e o idoso pela experiência e sabedoria adquirida ao longo da vida.
  • 2. MISSÕES ENTRE A TERCEIRA IDADE A verdadeira dinâmica da existência é que todo ser vivo tem o seu ciclo: nasce, cresce amadurece e morre Todos que tem o privilégio da longevidade não podem fugir da realidade do processo de envelhecimento. Apesar dessa verdade infalível, o envelhecimento humano ainda é encarado como um acontecimento traumatizante Como agravante da situação, o ser humano, é o único do mundo que sabe que vai morrer, e quando na velhice, tem certeza que a cada dia, está mais perto da morte. Diz um ditado popular que “nada mais certo do que se chegar à velhice se a morte não surpreender no caminho”. No entanto no decorrer da vida, as pessoas não são preparadas para um envelhecer consciente e, quando se percebem idosas, estão discriminadas e sem perspectivas. Estabelece-se um caos físico e psicológico tanto na família como na sociedade que as circunda. Ambas, família e sociedade não estão preparadas para conviver com um fenômeno que é normal e, como tal deveria oferecer vantagens. A tecnologia e ciência, capazes de prolongar a vida, não garantem a sua qualidade, gerando uma população idosa que, com raras exceções, está despreparada para viver o "seu hoje', tem medo do futuro e refugia-se num retorno ao passado. Há, nos idosos, um desejo de continuidade em servir e jamais de ociosidade. Mas o preconceito social é externado na frase ouvida também nas igrejas: "É velho, está bom de aposentar”. Já dizia o salmista: “Mesmo quando eu estiver velho e de cabelos brancos não me desampares, ó Deus, até que tenha anunciado a sua força a esta geração e o teu poder a todos os vindouros`` Sal. 71:18”. A IMPORTÄNCIA EO PAPEL DO IDOSO EM MISSÕES Sob a perspectiva bíblica de que Deus concede a cada cristão, dons espirituais e talentos, os quais, com o passar tempo não ficam e velhos nem caducam, dizemos que os idosos têm muito a acrescentar no Corpo de Cristo, em todos os setores. A maioria das denominações evangélicas não despertou para a valorização das pessoas idosas dentro das suas "congregações e uma grande Batalha Espiritual é travada: Os idosos sentem-se desprezados e desvalorizados, acham que "'os seus lugares " estão sendo ocupados pelos novos apegam-se ao passado e refugiam-se em práticas de pura religiosidade. Nessa fase são profundas as raízes de amargura que desencadeiam sérios problemas referentes a autoestima e o idoso pode até perder a salvação. A imagem do idoso deprimido e desocupado não está na Bíblia: " O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro no Líbano, plantados na Casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão frutos, serão viçosos e florescentes." Sal.92.12-14.
  • 3. Abraão, Sara, Calebe, Moisés, são alguns dos exemplos bíblicos, de que o idoso, que tem as verdades da Palavra em sua vida, é veículo dos projetos de Deus. Quando Abraão foi chamado e enviado para a terra de Canaã, ele tinha 75 anos e o mundo até hoje, é abençoado pelos frutos das promessas de Deus para ele (Gên.22.15-18). Cristo, o Filho de Deus, é o mais importante resultado da obra missionária de Abraão. Se a Igreja der ao idoso a oportunidade de missionar, Deus tem o poder de fazê-lo crescer, amar, frutificar e ser útil, resgatando um imenso potencial de vida que se encontra latente, muitas vezes debaixo da guarda e a serviço de Satanás. O despertar da Igreja para a inclusão da 3ª Idade na obra missionária é com certeza um projeto de Deus. O manancial de conhecimentos e capacitações que é encontrado nas pessoas da 3ª idade precisa ser ativado e aproveitado ao serviço do Reino. "Levantem-se na presença dos idosos, honrem os anciãos, " Lev. 19:32 ORE Para que vocações sejam despertadas na Melhor Idade. TESTEMUNHO Um Momento Decisivo Herman veio nos visitar. Mal sabíamos que ele estava em Lynchburg porque se sentia completamente derrotado. Seu plano era voltar para a Flórida e suicidar- se. Anos mais tarde, ele confessou que o meu simples convite salvou sua vida. Em vez de ir para casa desesperado, ele veio jantar conosco, o que ocasionou nele uma mudança. Quando vi sua família, percebi que não poderia matar-me" contou-me "Vendo-o brincar com seus filhos, pensei: 'Se morrer, não verei mais os meus' "! Herman Railel voltou para a Flórida e consagrou-se para a realização da obra de Deus. Ele e sua esposa Sharron deram início ao ministério para idosos de maior sucesso no país. Juntos auxiliam a mais de 1.000 idosos por semana, através de um ministério chamado Super Sixties (Supersexagenários). Anos mais tarde, o casal foi convidado para produzir um programa de televisão para o canal 22 de Clearwater. Há quase 20 anos levam ao ar Action Sixties (Sexagenários em ação) e comunicam a milhões de pessoas uma mensagem de amor e esperança. Tudo isso por causa de um simples convite que lhe salvou a vida. As vezes o maior legado que podemos deixar é a maneira como influenciamos a vida de outros.
  • 4. Toda vez que Deus nos usar para socorrer alguém, estaremos colhendo frutos de repercussão eterna. Construímos um legado de fé que pode ser passado de uma geração a outra. (Homens da Promessa' Ed Hindson - Editora Betânia) ACONTECEU A missionária Odete Schmalz é uma mulher quieta e observadora. Catarinense descendente de europeus, de pele e olhos claros. Professora aposentada diretora do ITQ em Joinville, onde ministrava aulas sobre missões e despertava alunos para projetos missionários. Em uma destas aulas enquanto desafiava os alunos a irem ouviu o Senhor lhe dizer: "E você, porque não vai"? Ela tocada pelo Espirito Santo, aceitou o chamado. Depois do preparo, aceitou o desafio de morar entre os índios Parakanäs no Pará, às margens do rio Xingu. Há mais de 10 anos trabalha com tradução, discipulado e ensino às mulheres e crianças. Uma mulher de Deus que não olhou para as limitações físicas e idade avançada, mas que se dispôs ao Senhor. “'Não quero chegar ao fim da vida e descobrir que vivi toda sua extensão. Quero ter vivido também sua largura.” Diane Ackerman "Nunca é tarde demais para ser aquilo que você deveria ser" George Eliot O IDOSO COMO EVANGELISTA É normal O ser humano querer ser próspero em idade, mas rejeitar, com a mesma intensidade, a ideia de ser idoso. Isso se dá pela inversão de valores na sociedade moderna. Envelhecer não é olhado como um fator heroico. Não há cumplicidade entre as gerações para que o amanhã de cada um seja melhor do que o ontem. Todos os estágios cronológicos da vida deveriam ser atravessados em linha ascendente para que a velhice fosse alcançada como culminância de uma vida plena. Como isso não acontece, apesar da 3ª Idade ser a faixa etária "da vez" estar em evidência, precisa-se ter cuidados especiais com o preparo do Idoso Evangelista: muita oração, "não" à religiosidade, buscar uma real conversão, cura interior, tratamento da autoestima, além de: 1) Conscientizá-lo de que ainda poderão ser alvos de preconceitos, de uma provável rejeição, dependendo do público a ser atingido: ex. Idoso evangelizando jovem. 2) Sondar e aproveitar os dons e talentos de cada idoso para uma área especifica da evangelização, oração, intercessão, ensino, abordagem, etc. 3) Idosos isolados ou em grupos são o alvo propicio para a ação do Evangelista da 3" Idade, Achamos que só em casos especiais e como estratégias diferenciadas, o idoso missionário, deverá ser levado a evangelizar outras faixas etárias. Em compensação a Bíblia é clara em dizer que os idosos devem discípular os mais jovens. (Tito 2:3-6).
  • 5. Na igreja de Atos, havia os anciãos, que eram espécie de conselheiros, por terem experiência com Deus e/ou de vida. Evangelismo não é uma opção, é uma missão! ORE Para que cada cristão na Mehor Idade sinta-se potencialmente pronto para anunciar as Boas Novas do Evangelho. AMBIENTES PRÓPRIOS ONDE OS IDOSOS PODERÃO SER ENCONTRADOS Destacamos, na sociedade secular, grupos distintos de idosos a serem alcançados: 1) Velhice abandonada - Moram em asilos ou Instituições de Longa Permanência, como chama a nomenclatura moderna. São marcados pelo abandono. Refugiam-se no passado. Muitos têm raízes religiosas profundas. São ávidos por atenção. Os trabalhos evangelísticos nestes locais exigem continuidade. Infelizmente são poucos os Idosos Ativos nessas instituições. Muitos já se encontram em estado senil e partirão sem salvação. 2) Velhice abastada - São idosos ativos que optaram por morar em modernas Casas de Repouso, Condomínios para Idosos ou residências individuais. Tiveram educação e oportunidades diferenciadas tem bom poder aquisitivo. Acham que estão mais felizes, independentes, procuram "hobbys mas o que querem mesmo é aproveitar a vida. Poucos são os que se encontram em atividades produtivas. Terminam sendo vitimados pelo vazio, rotina, religiosidade, prostituição, exploração financeira, etc. São clientes constantes das Clinicas Geriátricas, Agências de Turismo e Cirurgiões Plásticos. É a classe idosa de mais difícil acesso à evangelização. São, facilmente, atraídos pelos modismos religiosos e místicos. 3) Idosos que moram com familiares: Contando-se raras exceções são rejeitados, Considerados um peso, explorados financeiramente e em mão de obra para a qual não tem mais saúde, nunca tem tempo para si nem ousadia para dizer “NÃO”. Tornam-se "invisíveis" e carentes de atenção. Apegam-se à religiosidade, vivem no passado e são vítimas da autocomiseração, vazio e baixa autoestima. 4) Praças, Igrejas Católicas, mercados, feiras livres, pontos de agrupamento oferecidos pelos órgãos públicos (Casa Dia, Postos de saúde, Centros de Convivência, etc.) são locais prováveis e fáceis de encontrar idosos. INTERCESSÃO MISSIONÁRIA Muitos dos idosos que estão nas igrejas Evangélicas, é religioso e ainda não experimentaram uma real conversão. Precisam ser como já enfatizamos, ouvidos, ensinados para VIVEREM JESUS. São imprescindíveis noções
  • 6. básicas de Batalha Espiritual. O idoso e um campo de atuação fértil e muito visado pelo inimigo. Pela lógica da vida é a faixa etária mais próxima da morte. Depois de "trabalhado' a oração e a intercessão missionária poderá ser um grande campo de atuação do evangelista da 3ª Idade. Que tal orar sobre este assunto? Deus o guiará na sua vontade! ORE POR MISSÖES Ana e Simeão (Lucas 2:21-40). Ana, seu nome significa graciosa, cheia de graça. Dedicou sua vida ao chamado de interceder, Vivia integralmente para isso desde sua viuvez precoce. Atendeu ao chamado específico de Deus para a sua vida e alegrava- se de contar sobre o cumprimento da promessa de Deus de um Messias para qualquer quem estivesse no templo e quisesse escutá-la. (Lucas 2:38). Simeão, seu nome significa “ouvir" esperava a Consolação de Israel (Jesus) e para isso dedicou a sua vida. Homem justo e devoto. Alcançou por sua obediência ao chamado de Deus, a graça de tomar em seus braços, o menino Jesus quando em sua apresentação ao Senhor segundo a Lei. E enquanto o segurava em seus braços declarou que seus olhos poderiam descansar em paz, uma vez que contemplava o Salvador, a redenção de Israel. Seu chamado era esperar a "consolação de Israel". (Lucas 2:25). Deus nos chama para orar por sua obra! 'A oração é fundamental no Reino de Deus. Não é algo opcional, nem é o último recurso quando todos os outros métodos falharam. Não orar é pecado. (1 Sam. 12:23). Sem oração o plano de Deus para o mundo nāo pode ser alcançado. Nós não oramos apenas pelo trabalho; a oração é o trabalho! A oração levanta as atividades cristãs do nível do esforço humano para o divino. Hans Von Staden fez a seguinte afirmação. "Quando o homem trabalha o homem trabalha; quando o homem ora, Deus trabalha" (Extraído (Guia AMAI Oração Intercessória - pág. 23) ORE Para que a intercessão faça parte da vida de cada cidadão na Melhor Idade e assim impactem o mundo. "O crente que tem visão espiritual ora e o que ora obtém visão espiritual" - Leonardo Ravenhill A MELHOR IDADE A partir de que idade uma pessoa pode ser considerada idosa? Será que há uma idade limite em que podemos assegurar que alguém se tornou "velho demais" para apreciar a vida e contribuir significativamente para sua família e comunidade?
  • 7. Galileu já completara 73 anos quando fez algumas de suas maiores descobertas. Sócrates começou a estudar música aos 80 anos. Ludovico escreveu as memórias de sua época quando já estava com 115 anos. Aos setenta anos, o missionário J. Hudson Taylor ainda trabalhava entusiasticamente explorando novos territórios na China. George Muller aos 90 anos continuava expandindo seus orfanatos na Inglaterra. Moisés foi chamado com 80 anos. Mas existem mulitas pessoas que não agem com o mesmo vigor, disposição, esperança e entusiasmo. Há idosos - às vezes nem tão idosos assim - que parecem ter parado de viver. Fazem de seus dias um monótono desfiar de queixas, focalizam sua atenção e perpetuam sua desesperança e conformismo nos sintomas da velhice. Sentem-se derrotados, tornam-se vítimas de seu pessimismo. Perdem a vontade de viver. A verdade assustadora é que eles morreram aos 60 anos, mesmo que só sejam enterrados aos 80 ou mais! O tempo passa inexoravelmente para todos nós. Mas há aqueles que continuam extraindo o máximo da vida, apesar do tempo continuar avançando. Qual será o seu segredo, se os efeitos do desgaste físico mental e emocional são inevitáveis, se os motivos para queixas são reais, se as dores físicas e emocionais são difíceis de suportar? Sim, realmente existe um segredo: a vida de Cristo em nós! Mesmo quando corpo não responde e não corresponde como antes, mesmo quando ele começa a mudar e surgem as limitações próprias da velhice a vida interior pode se tornar cada vez mais rica, plena e abundante, preciso ser sensível e perceber a troca que ocorre: o vigor da juventude é substituído pela sabedoria da maturidade! Deus é sábio e nunca abandona seus filhos. Aqueles que o buscam têm suas forças renovadas até o final. O Senhor é fiel! Ele dá razão para viver àqueles que o buscam para renovarem suas forças, até o dia de leva-los para viverem com Ele no Lar celestial (Texto extraído da Bíblia da Família - Estudos de Jaime e Judith Kemp). OBS: De acordo com a lei, é considerado idoso o cidadão que tem idade igual ou superior a 60 anos. CONCLUSÃO O Brasil, assim como o mundo, está envelhecendo A diminuição das taxas de natalidade e o aumento das expectativas de vida geram, consequentemente um número maior de idosos. É urgente uma profunda mudança envolvendo governo, família, escola, sociedade e igreja. Existia, no Brasil, o anseio pelo estabelecimento de uma política especial contemplando as pessoas que envelhecem. Estudos eram feitos identificando a situação e propondo ações que garantissem melhor qualidade de vida à população idosa tanto na a família como na sociedade, com a participação
  • 8. plena dos organismos públicos, até então muito distanciados do problema. Desde janeiro de 1994 temos no país uma lei especial para a questão: Lei 8.842 de 04/01/1994 cria o Estatuto do Idoso que define e estabelece diretriz programática específica referente O pessoa idosa Infelizmente lei já existe, mas os problemas continuam, porque os tramites burocráticos têm impedido o seu avanço. As empresas de turismo, de saúde, de divertimento de muitos outros segmentos já despertam para o grande negócio que é explorar as carências e aspirações da 3ª idade. Os líderes religiosos não podem desconhecer a necessidade de preparar a Igreja para a interação de todas as faixas etárias, conscientizando de que o envelhecimento é um processo biológico, com evolução continua do nascer até a morte, mas que em si, não incapacita o indivíduo, apesar da vulnerabilidade das funções corporais. É necessário enfatizar que o Grupo Missionário da 3ª Idade é o destino final de todos os que compõem os demais grupos, se tiverem a benção de serem agraciados com uma vida longa. Buscar alternativas para uma sociedade que envelhece é uma questão social cada vez mais importante. ASEM-CE está inserida empenhada nesse processo de transformação O resgate de valores, conclamando aos Pastores e Lideres para a inclusão da 3ª Idade das suas igrejas nos diversos departamentos da Seara Missionária. “Com os idosos está à sabedoria e na abundância de dias, o entendimento." Jó 12.12 CULTOS CRIATIVOS Culto Temático 1 Tema: CULTO MAIS Promotores: Equipe de lodosos da igreja Local Público Alvo: idosos convidados não convertidos Convite: Você que é MAIS EXPERIENTE e tem MAIS Vida, Filhos, Problemas, Anos, Tristezas, Rugas, Cabelos brancos, Bênçãos, Sabedoria, Alegrias ... É o la) nosso(a) convidado(a) para ouvir o MAIS de Deus para você. Quando: Dia _____/____ às_______ Local: _________________________________________________
  • 9. Decoração Versículos bíblicos relacionados a uma vida longa, que devem ser escritos em letras bem grandes, chamativas e fáceis de ler, Exemplo: JÓ 12.12 / SL 90.12 / SL 92.14 / IS. 40.31 > Cartazes: Você é MAIS Deus tem MAIS para Você > Mesa Mais Talentos: Cada idoso da Igreja Local deverá trazer peças feitas por si ou por outrem para expor. As pessoas idosas gostam de olhar, perguntar, saber como faz. > Mais Quitutes: Não pode faltar um bom lanche após um culto ou evento especial para idoso. Obs.: Procure itens saudáveis. Culto Recepção: Bem alegre com música ao vivo se possível. Oração Inicial: Agradecimento a Deus por um momento tão especial. Louvor: Hinos atuais, Hinos mais antigos. Ex.: Eu quero Mais e Mais de Cristo. Os idosos da lgreja Local devem se apresentar com um coral, grupo de louvor, uma dança... Ensaiar com os convidados em ritmo de Rap: “Quem não envelhece. É porque não resplandece” Oração Especial: Por saúde e família (as maiores preocupações dos idosos). Visitantes: Fazer desse momento o MOMENTO MAIS ESPECIAL. Apresentação de cada convidado. Entregar uma lembrancinha a cada convidado. Após apresentação individual e descontraída promover um momento de comunhão: Com música ao fundo para conversar um pouco. Familiares e membros da igreja podem homenagear os idosos presentes com apresentações artísticas e mimos. Palavra: Focada em um dos versículos da decoração, para todos lerem juntos, já que os convidados provavelmente não trouxeram Bíblias. Tom coloquial e convincente. Enfoque maior no privilégio de ter MAIS vida. Uma vida longa. Essa vida não acaba aqui. Ela continua e só Jesus é o caminho. Faça o apelo Oração Final: Chamar todos os convidados que desejarem ir à frente, ore com cada pessoa. Benção Apostólica: Convite para retornarem à igreja.
  • 10. Tempo de compartilhar: Lanche Terceira Idade Culto Temático 2 Tema: "HONRA A QUEM TEM HONRA" ” Deem a cada um o que lhe é devido: Se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor' se honra, honra' Romanos 13.7 Considerações Gerais: A proposta é realizar um culto evangelístico direcionado para alguns idosos da lgreja Local, cujos familiares não são convertidos. Dez, no máximo, seria o número ideal para que se tenha tempo de valorizar, individualmente, a presença de cada família. Preparação: Inicie com oração, envolva todos em um relógio de oração até o dia do evento. a) Todo grupo deverá saber o objetivo do culto - Evangelização das famílias convidadas. b) Após serem os idosos que serão homenageados, pedir a cada um que indique um familiar para ser o "contato". A partir dessa indicação deve- se guardar "alguns segredos" para que o homenageado tenha surpresas O que sugerir ao " contato"; a) Árvore genealógica de cada idoso homenageado, em "banner"', cartaz ou outro meio. b) Um '"cartaz " com a foto de cada homenageado (a) e uma frase da família para ele (a). c) Um representante da família para em três minutos, falar sobre o (a) homenageado (a). d) Torcida organizada pelos familiares (bolas, vivas, palmas etc.) para saudarem o (a) homenageado no momento em que cada um será chamado (a) para tomar o seu lugar de HONRA. e) cada familiar deverá preparar um “álbum” com “bilhetinhos” de bem querer, fotos, etc. já valerá como a lembrança do evento. f) Cada familiar deverá contribuir com o (ex. um de salgado por família e caixa de suco). A igreja se encarregará de um sobremesa diet, tipo salada de fruta gelatina ou similar. Decoração
  • 11. a) As árvores genealógicas, os "cartazes" comporão a decoração. A Igreja pode providenciar uma faixa ou no Data Show; Bem-vindo, FAMÍLIAS! - HONRA A QUEM TEM HONRA b) Cadeiras – Devem ser colocadas em destaque, na frente do púlpito cadeiras para os homenageados sentarem quando forem chamados individualmente para ocuparem seus lugares. Devem ser marcadas com o nome de cada um e não podem ser muito juntas porque as famílias irão rodeá-las no momento em que forem chamadas. Preparar, com antecedência e um bom planejamento, o local para o compartilhar após o culto. c) Convites - Serão entregues aos familiares e amigos dos (as) homenageados (as), por cada contato. A Igreja_______________________________- Tem o prazer de convidar você que é familiar de ___________________ Para o culto "Honra a quem tem Honra', onde lhe será prestada uma homenagem. Local____________ Data_________ Ficaremos felizes com a sua presença. Culto Oração inicial - agradecimento pelos familiares presentes Louvor- Alegre, Se possível incluir cânticos com o tema Família. Chamada Nominal dos (as) homenageados (as) - Irão ocupar as cadeiras especiais - Motivar a torcida de cada família. Homenagem das famílias - Palavra de cada representante (não se esquecer do tempo estipulado de três minutos) Palavra - Se possível, o (a) Pastor (a) titular da lgreja Local. Sugestão Jó 12.12 É importante, que o pastor explane o Caminho da Salvação e dê oportunidade, fazendo apelo para aqueles que desejam entregar sua vida ao Senhor. Momentos Finais - Ainda pelo Pastor pregador: Chamar todos os familiares para frente, cada família rodeando o seu idoso. Oração por todas as famílias. Benção Apostólica - Ainda com as famílias agrupadas. Após a benção separe um tempo para o momento de comunhão. Compartilhar no lugar que foi preparado.
  • 12. Obs.: Esse Culto Criativo "Honra a quem tem Honra" poderá variar em outras versões, com os idosos da Igreia local mas sempre objetivando a evangelização dos familiares Importante: Deve-se ter muito cuidado no critério da escolha dos idosos a serem homenageados, para não provocar ciúmes e magoas, bem comuns nessa faixa etária. Sugestões: - Os mais idosos. - Através de sorteio daqueles que desejam participar. - Desejo de cada um, de comum acordo com o grupo. Procure nunca ultrapassar o número de dez homenageados. OUTRAS IDEIAS A igreja pode promover palestras sobre o Estatuto do Idoso, sobre saúde na 3ª idade, Previdência etc. Especialistas como geriatras, geriontólogos, nutricionistas, advogados, assistentes sociais, pro exemplo, poderão contribuir nessas palestras. A ideia é conscientizar os idosos sobre seus direitos, bem como a igreja e familiares sobre como tratar os idosos, tanto nos termos da lei, como nos termos bíblicos. Pesquise sobre a campanha Junho Violeta. Informações básicas: O Junho Violeta foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) e alerta para conscientização e combate a atos de violência contra os idosos. O objetivo da campanha é despertar a sociedade como um todo no processo de sensibilização para coibir, diminuir e amenizar o sofrimento da pessoa idosa contra a violência que essa população vem sofrendo. 15 DE JUNHO: DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2011como alerta para a existência de todos os tipos de violência, maus-tratos e violações dos direitos dos idosos e para divulgar as formas de denunciar e combater. A população idosa triplicou nos últimos 40 anos. De acordo com os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2022, o total de pessoas com 65 anos ou mais no Brasil chegou a 10,9% da população, com um aumento de 57,4% em relação a 2010. Isso representa mais de 22 milhões de pessoas acima dos 65 anos. Esses números evidenciam um envelhecimento significativo da população brasileira ao longo dos anos.
  • 13. O Ceará ocupa 6a colocação no ranking nacional nos estados com o maior número de idosos. São cerca de 1 e 800 mil idosos. Temos 14,3% da nossa população com 60 anos ou mais. Diante disso a igreja não pode ficar alheia ao respeito com a pessoa idosa e nem deixar de ter estratégias missionárias para alcançar essa fazia etária. Por isso incentivamos você a fazer um culto especial em homenagem aos idosos em sua igreja Atenção: Após a realização das ações, nos envie fotos, testemunhos e nos relate sobre quantas vidas evangelizadas, quantas decisões por Cristo. Os testemunhos encorajam outros a seguir na missão. Fonte: Extraído e adaptado de ministrações da Conexão Pater, Manual de Missões SGM (Vl,2), Dados do IBGE 2022.