SlideShare uma empresa Scribd logo

Plano de ação pedagógica 2009 anandreia

1 de 29
Baixar para ler offline
PREFEITURA MUNICIPAL DE VILHENA
        SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SEMED
              EMEF. ÂNGELO MARIANO DONADON




              PLANO DE AÇÃO PEDAGÓGICA 2009
             6ª a 9ª SÉRIE DO ENS. FUNDAMENTAL




                 Coordenadora: Anandréia Trovó




“PLANEJAR É ANTECIPAR AÇÕES PARA ATINGIR CERTOS OBJETIVOS”.
                                                 Celso Vasconcellos




                        JANEIRO/2009
DEUS NOSSO PASTOR
                               (SALMO 23)




“O SENHOR é meu pastor e nada me faltará.
Ele me faz descansar em pastos verdes e me leva a águas tranqüilas.
O SENHOR renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como
ele mesmo prometeu.
Ainda que eu ande pelo vale escuro como a morte, não terei medo de nada.
Pois Tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; tu me proteges e me diriges.
Preparas um banquete para mim, onde meus inimigos me podem ver.
Tu me recebes como convidado de honra e enches o meu copo até
derramar.
Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver.
E na tua casa, ó SENHOR, morarei todos os dias da minha vida”.


 “Deus disse: Eu salvarei aqueles que me amam e protegerei aqueles que
            reconhecem que sou Deus, o SENHOR”. (salmo 91:14)




 Deus está presente em todos os momentos
de minha vida, iluminando e direcionando os
      meus passos com sabedoria divina...




Apresentação
Escola Municipal de Ensino Fundamental Angelo Mariano Donadon
Endereço: Rua Josias Antonio da Silva, n° 1415. Bairro Jardim das Oliveiras,
Vilhena/RO.
Decreto de Criação: 13.781/07 de 28 de Dezembro de 2007;
Diretora: Karla Amorin
Vice-Diretor: Janio Vasconcelos




Visão:
       A Escola valoriza os conhecimentos já adquiridos pelos alunos e procura
ampliá-los de maneira sistematizada. A relação entre ensino e aprendizagem
não é mecânica, não é uma simples transmissão do professor que ensina para
um aluno que aprende, ao contrário, é uma relação recíproca na qual se destaca
o papel do professor como mediador do conhecimento.
       Quando se valorizam as experiências vivenciadas, os saberes do mundo
e as noções de valores advindos do grupo social do educando, a escola oferece
oportunidade para que se amplie seus conhecimentos, tornando possível uma
transformação pessoal para interagir como cidadão crítico no meio social e
cultural no qual está inserido.


Missão:


       Desenvolvimento integral e intelectual do aluno enfatizando os valores
essenciais para interação na vida social.


                                            (Fonte: Projeto Político Pedagógico)




Justificativa
A necessidade da existência de plano de ação de coordenação
pedagógica surge para embasamento e direcionamento das atividades diárias
do supervisor escolar dando lhes subsídios para atuação cotidiana e
envolvimento das ações pedagógicas no âmbito escolar.
       Sendo assim, o Supervisor Escolar é o responsável pela mediação,
construção e continuação da linha de ação comum dentro da organização
escolar. Responsável pela motivação e apoio ao corpo docente. E, nesta postura
de motivação por mudanças e pela busca incessante de formar o aluno com
uma base integral, a realização e a aplicação de Projetos dentro da Escola
tornam-se uma necessidade. De modo que propicie a melhoria do processo
ensino/aprendizagem e estabeleça harmonia no ambiente educativo.
       Vendo a Escola, como responsável pela formação integral de alunos e
pelo desenvolvimento de cidadãos críticos e conscientes de seu papel enquanto
sujeitos históricos, precisa, mais do que nunca, compreender que os objetivos da
educação devem ir muito além da informação ou do mero desenvolvimento
intelectual, abarcando toda a formação social, moral, espiritual, ética e humana
das pessoas.


                   FUNÇOES DO SUPERVISOR ESCOLAR

   •   Estruturar um trabalho pedagógico baseado na Filosofia e na Linha
       Cognitiva da instituição;
   •   Garantir que a escola cumpra sua função social de SOCIALIZAÇÃO e
       CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO;
   •   Coordenar a construção do PPE – Projeto Pedagógico Educacional;
   •   Coordenar a elaboração do planejamento curricular;
   •   Acompanhar a execução do currículo;
   •   Promover a avaliação permanente do currículo visando o replanejamento;
   •   Coordenar, juntamente com a equipe gestora, o Conselho de Classe em
       seu planejamento, execução, avaliação e desdobramentos;
   •   Promover o aperfeiçoamento permanente dos professores através de
       reuniões pedagógicas visando a construção da competência docente;
   •   Garantir a articulação dos conteúdos pedagógicos;
   •   Garantir a unidade: teoria – prática, conteúdo – forma, meio – fim, todo –
       partes, técnico – político, saber – não-saber;
   •   Garantir a viabilidade da função cognitiva da escola, articulando com a
       globalidade do conhecimento historicamente construído;
   •   Buscar atualização permanente;
   •   Articular o cumprimento do calendário escolar;
•   Participar da elaboração do Regimento Escolar;
   •   Participar da seleção de professores partindo de critérios pedagógicos;
   •   Articular e incentivar a elaboração dos projetos interdisciplinares;
   •   Participar de Fórum de Educação (Formação Continuada);
   •   Orientar o preenchimento dos diários de classe;
   •   Participar das análises dos livros didáticos.


       SUAS HABILIDADES E DESEMPENHO PROFISSIONAL PROPICIAM:

   •   O desenvolvimento de um clima organizacional aberto, facilitador das
       relações humanas na escola;

   •   Um trabalho de equipe, desencadeador de decisões consensuais;

   •   O comprometimento com a qualidade do ensino e atitude científica diante
       do trabalho;


                    SUA PRÁTICA PEDAGÓGICA DEVE SER:

   •   Embasada numa        sólida   fundamentação     teórica   e   no   constante
       aperfeiçoamento;

   •   Realizada com ética profissional, respeitando o indivíduo e os grupos
       humanos com os quais deverá atuar;

   •   Planejada à partir da análise e de suas funções e atribuições e do
       conhecimento da estrutura organizacional da escola;

   •   Entrosada e participante numa equipe interdisciplinar para idealizar uma
       visão mais abrangente e cooperativa;

   •   Articulada com a associação de classe, engajando-se nos movimentos de
       incentivo à categoria e à regulamentação da profissão;

   •   Análise crítica da realidade educacional;

   •   Humildade para aceitar críticas e se auto-avaliar;

   •   Abertura para a criatividade, representando um papel significativo como
       agente de mudanças;
   •   Intercâmbio de experiências, identificando contribuições positivas e
       sugerindo alternativas inovadoras e corretivas.

Objetivo
Nortear as ações educativas da Escola Ângelo Mariano Donadon em
  consonância com as metas estabelecidas no Projeto Pedagógico e em harmonia
  com a direção escolar, bem como a equipe docente de 6ª a 9ª Série do Ensino
  Fundamental e demais profissionais envolvidos no processo. Desenvolvendo
  atividades de apoio e suporte aos docentes observando e coordenando a
  dinâmica e a avaliação do currículo escolar com vista à melhoria da qualidade de
  ensino ofertado por esta instituição educacional.




              IDENTIDADE DA ESCOLA
Em que norteamos nossa prática
       pedagógica?????
                                       norte
                                       Elem
                                       ento

                                       ador




  Objetivos Específicos
Anúncio

Recomendados

Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 muni2014
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Lindomar Oliveira
 
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10QUEDMA SILVA
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarBelister Paulino
 
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar LOCIMAR MASSALAI
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limitesSimoneHelenDrumond
 
Reunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiReunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiRosemary Batista
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxssuser6c03a6
 
Mensagem para pais reunião.
Mensagem para pais reunião.Mensagem para pais reunião.
Mensagem para pais reunião.Debora Silva
 
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018Antônio Fernandes
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Luiza Carvalho
 
Relatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilRelatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilMelissa Oliveira
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaSimoneHelenDrumond
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeElisângela Chaves
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreheliane
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestreAraceli Kleemann
 
pauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docxpauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docxJaqueBorges3
 
Modelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialModelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialstraraposa
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoCÉSAR TAVARES
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borgespdescola
 

Mais procurados (20)

Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
 
Reunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiReunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emei
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
 
Projeto familia na escola
Projeto familia na escolaProjeto familia na escola
Projeto familia na escola
 
Mensagem para pais reunião.
Mensagem para pais reunião.Mensagem para pais reunião.
Mensagem para pais reunião.
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
 
Plano de ação 2014 escola
Plano de ação 2014 escolaPlano de ação 2014 escola
Plano de ação 2014 escola
 
Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
 
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
Relatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilRelatórios Educação Infantil
Relatórios Educação Infantil
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classe
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
pauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docxpauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docx
 
Modelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialModelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especial
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 

Destaque

Projeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anualProjeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anualdayse
 
Plano de ação pedagógica 2015 6º ao 9º ano do ef - semed
Plano de ação pedagógica 2015   6º ao 9º ano do ef - semedPlano de ação pedagógica 2015   6º ao 9º ano do ef - semed
Plano de ação pedagógica 2015 6º ao 9º ano do ef - semedNome Sobrenome
 
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016QUEDMA SILVA
 
Desafio profissional ii
Desafio profissional iiDesafio profissional ii
Desafio profissional iiThais Soares
 
Plano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloPlano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloDaniel Santos
 
Desafio profissional pronto
Desafio profissional prontoDesafio profissional pronto
Desafio profissional prontoCleuza Carus
 

Destaque (9)

2011 pedagogia - 5 semestre
2011   pedagogia - 5 semestre2011   pedagogia - 5 semestre
2011 pedagogia - 5 semestre
 
Projeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anualProjeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anual
 
Plano de ação pedagógica 2015 6º ao 9º ano do ef - semed
Plano de ação pedagógica 2015   6º ao 9º ano do ef - semedPlano de ação pedagógica 2015   6º ao 9º ano do ef - semed
Plano de ação pedagógica 2015 6º ao 9º ano do ef - semed
 
Desafio profissional ped3
Desafio profissional ped3Desafio profissional ped3
Desafio profissional ped3
 
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
 
Desafio profissional
Desafio profissionalDesafio profissional
Desafio profissional
 
Desafio profissional ii
Desafio profissional iiDesafio profissional ii
Desafio profissional ii
 
Plano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloPlano de ação - Modelo
Plano de ação - Modelo
 
Desafio profissional pronto
Desafio profissional prontoDesafio profissional pronto
Desafio profissional pronto
 

Semelhante a Plano de ação pedagógica 2009 anandreia

Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01Jhosyrene Oliveira
 
Janete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenadorJanete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenadorNethy Marques
 
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolarSupervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolarfrancinethmedeiros
 
83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacao83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacaoEduardo Lopes
 
Avaliacao do Desempenho Docente e Supervisao Pedagogica
Avaliacao do Desempenho Docente e Supervisao PedagogicaAvaliacao do Desempenho Docente e Supervisao Pedagogica
Avaliacao do Desempenho Docente e Supervisao PedagogicaAgostinho NSilva
 
Angela proposta coordenação 2012
Angela proposta coordenação 2012Angela proposta coordenação 2012
Angela proposta coordenação 2012Angela Silva
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoNailson Rocha
 
Proposta Pedagogica 2015
Proposta Pedagogica 2015Proposta Pedagogica 2015
Proposta Pedagogica 2015Andrea Mariano
 
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015jeffcezanne
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar LOCIMAR MASSALAI
 
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...aninhaw2
 

Semelhante a Plano de ação pedagógica 2009 anandreia (20)

Proposta Pedagogica 2013
Proposta Pedagogica 2013Proposta Pedagogica 2013
Proposta Pedagogica 2013
 
Supervisor Escolar
Supervisor EscolarSupervisor Escolar
Supervisor Escolar
 
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
 
Janete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenadorJanete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenador
 
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolarSupervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
 
83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacao83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacao
 
Avaliacao do Desempenho Docente e Supervisao Pedagogica
Avaliacao do Desempenho Docente e Supervisao PedagogicaAvaliacao do Desempenho Docente e Supervisao Pedagogica
Avaliacao do Desempenho Docente e Supervisao Pedagogica
 
Angela proposta coordenação 2012
Angela proposta coordenação 2012Angela proposta coordenação 2012
Angela proposta coordenação 2012
 
Plano de ação nilda auseli
Plano de ação nilda auseliPlano de ação nilda auseli
Plano de ação nilda auseli
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
 
Proposta pedagogica 2015
Proposta pedagogica 2015Proposta pedagogica 2015
Proposta pedagogica 2015
 
Proposta Pedagogica 2015
Proposta Pedagogica 2015Proposta Pedagogica 2015
Proposta Pedagogica 2015
 
Articulador Pedagógico
Articulador PedagógicoArticulador Pedagógico
Articulador Pedagógico
 
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
 
Sala ppp
Sala pppSala ppp
Sala ppp
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 
Plano pedagogo 2014
Plano pedagogo 2014Plano pedagogo 2014
Plano pedagogo 2014
 
Plano pedagogo 2014
Plano pedagogo 2014Plano pedagogo 2014
Plano pedagogo 2014
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
 
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
 

Mais de COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO VILHENA (6)

Proposta intervenção na escola - 2011
Proposta intervenção na escola -  2011Proposta intervenção na escola -  2011
Proposta intervenção na escola - 2011
 
Projeto Formação Continuada
Projeto Formação ContinuadaProjeto Formação Continuada
Projeto Formação Continuada
 
Conselho de classe para que
Conselho de classe para queConselho de classe para que
Conselho de classe para que
 
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/ROPedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
 
Oficina de projetos
Oficina de projetosOficina de projetos
Oficina de projetos
 
Oficina de projetos
Oficina de projetosOficina de projetos
Oficina de projetos
 

Plano de ação pedagógica 2009 anandreia

  • 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE VILHENA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SEMED EMEF. ÂNGELO MARIANO DONADON PLANO DE AÇÃO PEDAGÓGICA 2009 6ª a 9ª SÉRIE DO ENS. FUNDAMENTAL Coordenadora: Anandréia Trovó “PLANEJAR É ANTECIPAR AÇÕES PARA ATINGIR CERTOS OBJETIVOS”. Celso Vasconcellos JANEIRO/2009
  • 2. DEUS NOSSO PASTOR (SALMO 23) “O SENHOR é meu pastor e nada me faltará. Ele me faz descansar em pastos verdes e me leva a águas tranqüilas. O SENHOR renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como ele mesmo prometeu. Ainda que eu ande pelo vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois Tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; tu me proteges e me diriges. Preparas um banquete para mim, onde meus inimigos me podem ver. Tu me recebes como convidado de honra e enches o meu copo até derramar. Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver. E na tua casa, ó SENHOR, morarei todos os dias da minha vida”. “Deus disse: Eu salvarei aqueles que me amam e protegerei aqueles que reconhecem que sou Deus, o SENHOR”. (salmo 91:14) Deus está presente em todos os momentos de minha vida, iluminando e direcionando os meus passos com sabedoria divina... Apresentação
  • 3. Escola Municipal de Ensino Fundamental Angelo Mariano Donadon Endereço: Rua Josias Antonio da Silva, n° 1415. Bairro Jardim das Oliveiras, Vilhena/RO. Decreto de Criação: 13.781/07 de 28 de Dezembro de 2007; Diretora: Karla Amorin Vice-Diretor: Janio Vasconcelos Visão: A Escola valoriza os conhecimentos já adquiridos pelos alunos e procura ampliá-los de maneira sistematizada. A relação entre ensino e aprendizagem não é mecânica, não é uma simples transmissão do professor que ensina para um aluno que aprende, ao contrário, é uma relação recíproca na qual se destaca o papel do professor como mediador do conhecimento. Quando se valorizam as experiências vivenciadas, os saberes do mundo e as noções de valores advindos do grupo social do educando, a escola oferece oportunidade para que se amplie seus conhecimentos, tornando possível uma transformação pessoal para interagir como cidadão crítico no meio social e cultural no qual está inserido. Missão: Desenvolvimento integral e intelectual do aluno enfatizando os valores essenciais para interação na vida social. (Fonte: Projeto Político Pedagógico) Justificativa
  • 4. A necessidade da existência de plano de ação de coordenação pedagógica surge para embasamento e direcionamento das atividades diárias do supervisor escolar dando lhes subsídios para atuação cotidiana e envolvimento das ações pedagógicas no âmbito escolar. Sendo assim, o Supervisor Escolar é o responsável pela mediação, construção e continuação da linha de ação comum dentro da organização escolar. Responsável pela motivação e apoio ao corpo docente. E, nesta postura de motivação por mudanças e pela busca incessante de formar o aluno com uma base integral, a realização e a aplicação de Projetos dentro da Escola tornam-se uma necessidade. De modo que propicie a melhoria do processo ensino/aprendizagem e estabeleça harmonia no ambiente educativo. Vendo a Escola, como responsável pela formação integral de alunos e pelo desenvolvimento de cidadãos críticos e conscientes de seu papel enquanto sujeitos históricos, precisa, mais do que nunca, compreender que os objetivos da educação devem ir muito além da informação ou do mero desenvolvimento intelectual, abarcando toda a formação social, moral, espiritual, ética e humana das pessoas. FUNÇOES DO SUPERVISOR ESCOLAR • Estruturar um trabalho pedagógico baseado na Filosofia e na Linha Cognitiva da instituição; • Garantir que a escola cumpra sua função social de SOCIALIZAÇÃO e CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO; • Coordenar a construção do PPE – Projeto Pedagógico Educacional; • Coordenar a elaboração do planejamento curricular; • Acompanhar a execução do currículo; • Promover a avaliação permanente do currículo visando o replanejamento; • Coordenar, juntamente com a equipe gestora, o Conselho de Classe em seu planejamento, execução, avaliação e desdobramentos; • Promover o aperfeiçoamento permanente dos professores através de reuniões pedagógicas visando a construção da competência docente; • Garantir a articulação dos conteúdos pedagógicos; • Garantir a unidade: teoria – prática, conteúdo – forma, meio – fim, todo – partes, técnico – político, saber – não-saber; • Garantir a viabilidade da função cognitiva da escola, articulando com a globalidade do conhecimento historicamente construído; • Buscar atualização permanente; • Articular o cumprimento do calendário escolar;
  • 5. Participar da elaboração do Regimento Escolar; • Participar da seleção de professores partindo de critérios pedagógicos; • Articular e incentivar a elaboração dos projetos interdisciplinares; • Participar de Fórum de Educação (Formação Continuada); • Orientar o preenchimento dos diários de classe; • Participar das análises dos livros didáticos. SUAS HABILIDADES E DESEMPENHO PROFISSIONAL PROPICIAM: • O desenvolvimento de um clima organizacional aberto, facilitador das relações humanas na escola; • Um trabalho de equipe, desencadeador de decisões consensuais; • O comprometimento com a qualidade do ensino e atitude científica diante do trabalho; SUA PRÁTICA PEDAGÓGICA DEVE SER: • Embasada numa sólida fundamentação teórica e no constante aperfeiçoamento; • Realizada com ética profissional, respeitando o indivíduo e os grupos humanos com os quais deverá atuar; • Planejada à partir da análise e de suas funções e atribuições e do conhecimento da estrutura organizacional da escola; • Entrosada e participante numa equipe interdisciplinar para idealizar uma visão mais abrangente e cooperativa; • Articulada com a associação de classe, engajando-se nos movimentos de incentivo à categoria e à regulamentação da profissão; • Análise crítica da realidade educacional; • Humildade para aceitar críticas e se auto-avaliar; • Abertura para a criatividade, representando um papel significativo como agente de mudanças; • Intercâmbio de experiências, identificando contribuições positivas e sugerindo alternativas inovadoras e corretivas. Objetivo
  • 6. Nortear as ações educativas da Escola Ângelo Mariano Donadon em consonância com as metas estabelecidas no Projeto Pedagógico e em harmonia com a direção escolar, bem como a equipe docente de 6ª a 9ª Série do Ensino Fundamental e demais profissionais envolvidos no processo. Desenvolvendo atividades de apoio e suporte aos docentes observando e coordenando a dinâmica e a avaliação do currículo escolar com vista à melhoria da qualidade de ensino ofertado por esta instituição educacional. IDENTIDADE DA ESCOLA Em que norteamos nossa prática pedagógica????? norte Elem ento ador Objetivos Específicos
  • 7. 1. Elaborar e executar cronograma de ações pedagógicas a serem desenvolvidas no decorrer do ano letivo de 2009. 2. Fornecer dados, avaliar e assistir, tecnicamente os professores na elaboração do: planejamento, execução, avaliação, acompanhamento, observação do dia-dia no desenvolvimento da prática educativa, bem como seus registros ao final de cada bimestre. 3. Organizar e envolver a equipe docente frente ao desenvolvimento de projetos e demais atividades escolares. 4. Participar e revisar a proposta pedagógica da escola em integração com equipe escolar, comunidade escolar, bem como atender as exigências do regimento interno da escola, etc. 5. Assessorar a direção nas questões pedagógicas e conduzir Conselho de classe, na forma da lei, da proposta política pedagógica e do regimento escolar da unidade escolar. 6. Atender os alunos com dificuldades de aprendizagem, dando-lhes subsídios para cada caso, junto com S.O.E e professores. Atendimento mediante encaminhamento por escrito pelo professor conforme modelo em anexo. 7. Sensibilizar os pais acompanharem o processo de ensino-aprendizagem de seus filhos, orientando-os quando necessário. 8. Conduzir a educação continuada semanalmente aos docentes. 9. Elencar e planejar as atividades extraclasses juntamente com os docentes e gestão escolar. 10. Realizar processos avaliativos diagnósticos de alunos, bem como tabular dados para análises junto aos envolvidos no processo. 11. Planejar e organizar eventos e festividades com apoio da equipe gestora e docentes da escola. 12. Promover ações educativas preventivas com parcerias de profissionais habilitados em eventos como palestras, passeios e seminários. 13. Acompanhar e auxiliar no estabelecimento e manutenção da ordem e disciplina dos educandos. 14. Analisar as avaliações bimestrais antes de sua aplicação aos alunos. 15. Acompanhar e avaliar freqüentemente os cadernos de planejamento.
  • 8. 16. Acompanhar e avaliar a realização de recuperação paralela, bem como seus planejamentos e horários. 17. Participar e compartilhar informações das ações pedagógicas executadas pela SEMED. “A sabedoria é demonstrada pela suas ações”. (Mateus 11:19) Estratégias 2009
  • 9. 1. CRONOGRAMA DE AÇÕES ANUAL: a. Expor as ações pedagógicas no mural para conhecimento de todos os envolvidos, bem como entregar cópia a cada docente e direção para acompanhamento e envolvimento das ações e sua execução. Bem como o calendário escolar. 2. SUPORTE PEDAGÓGICO: a. Dispor de informações, materiais e suporte pedagógico aos docentes em organizar e buscar resultados; b. Acompanhar, orientar e avaliar o desempenho de estratégias adotadas em consonância aos planejamentos realizados ao currículo pré-estabelecido. c. Acompanhar, analisar e avaliar o projeto de reforço (recuperação paralela) por disciplina/série e sua realização. d. Fazer horários de aulas, recuperação paralela e educação continuada, bem como horários de planejamento coletivo. e. Planejar e organizar junto com a equipe docente as atividades extraclasses em sábados letivos e demais eventos. 3. PLANEJAMENTOS: a. Acompanhar a elaboração de planos anuais obrigatórios nas datas pré-estabelecidas no cronograma, organizados bimestralmente em abrangendo os projetos e atividades extraclasses que serão desenvolvidos no decorrer do ano. b. Acompanhar planos de aula: (no caderno ao qual receberam) organizado semanalmente ou mesmo por assunto abordado, com detalhamento das aulas a serem realizadas no período, constando anexas atividades ou avaliações impressas. Planos manuscritos, para análise de legibilidade, coerência, organização. Cada assunto deverá conter um objetivo, meio de desenvolvimento e método avaliativo. (os mesmos deverão ser deixados a disposição da supervisão para vistos). 4. PROJETOS: a. Desenvolvidos pelos educadores nos dias 25 a 27 de fevereiro de acordo com as necessidades sugeridas no cronograma de eventos
  • 10. abordados no decorrer do ano letivo e com base no projeto norteador das atividades pedagógicas “Nossa Cidade”. (necessidade do envolvimento de todos neste procedimento). b. Execução do PDE (Plano de Desenvolvimento da Escola). c. Estabelecimento do Conselho Escolar. d. Eleição do Grêmio Estudantil. e. Rever as metas do PPP para 2009 (ver com a Direção) 5. ATENDIMENTOS AOS EDUCANDOS: a. Em parceria com o SOE e equipe disposta, realizar levantamento sócio-econômico para melhor atender aos educandos, prioritariamente aos familiares que não comparece a escola. b. Controle de atendimento a alunos mediante apresentação de ficha de acompanhamento enviada pelo professor conforme modelo em anexo. 6. EDUCAÇAO CONTINUADA: a. Realizar a Formação continuada (HTPC) semanalmente em comum acordo com a equipe do dia de sua realização e temas. b. Basear estudos voltados para as necessidades exigidas pela avaliação IDEB – Prova Brasil. Considerando ênfase em leitura, interpretação, autonomia em resolução de problemas e desenvolvimento do raciocínio lógico. Sendo obrigatória a participação e envolvimento de todos os docentes neste procedimento. c. Realização de seminário de ações práticas, como resultado de estudos realizados. Ver possibilidade de fazer junto com equipe de 1ª a 5ª série. 7. PROCEDIMENTOS AVALIATIVOS: a. Analises de avaliações bimestrais ou outras ante de aplicação aos alunos; b. Observar alunos com baixas notas enviar ao responsável para vistar e devolver para arquivo e respaldo do docente.
  • 11. c. Fazer a padronização de modelos de provas. d. Acompanhar a realização de relatórios finais de bimestres de desempenho por disciplina, importante ao docente abordar detalhadamente as particularidades de cada turma. Observar datas para entrega. e. Acompanhamento de docentes a reuniões de pais, conselhos de classes ou outros eventos. f. Observar o desempenho dos professores e sugerir melhorias para o bom andamento do processo educativo. g. Realizar a auto-avaliação da atuação supervisão pedagógica e avaliação de desempenho do ponto de vista da equipe docente e gestora envolvida 8. ACOMPANHAMENTOS DE DIÁRIOS DE CLASSE: a. Atentar para a entrega de diários de classe devidamente preenchidos de acordo com o planejamento anual, conferidos, impressos e assinados. Disponíveis a supervisão impreterivelmente nas datas pré-estabelecidas. 9. ÍNDICES DE DESEMPENHO: a. Realizar avaliação diagnóstica e, simulado ao final do segundo bimestre para análise de desempenho dos alunos/disciplinas. b. Fazer Levantamento estatístico dos simulados para observação de desempenho, bem como bimestralmente também realizar levantamento. Avaliação • Acompanhamento dos trabalhos escolares, como forma de coleta de dados para serem apreciados. • Estudos e análises do rendimento escolar • Ajustar a ação da escola à realidade e providenciar medidas para as dificuldades de aprendizagem; • Entrevistas com pais; • Apreciação dos planejamentos diários e atividades extraclasses;
  • 12. Avaliação continua do trabalho do professor e do desenvolvimento do aluno. • Relatório de desenvolvimento das ações educativas (portifólio). “A atitude transformadora é a atitude gentil, que alimenta e realimenta a esperança pelo poder da palavra, e impulsionam para o sonho. Cada ser humano tocado pela gentileza pode ser um pouco melhor. E, sendo um pouco melhor, ajuda a construir um mundo melhor. Mesmo que este mundo seja apenas a sua casa, a sua escola ou o círculo de pessoas que estão ao seu lado. Querer mudar o mundo sem mudar a esquina é coisa de gente que não entende a força do primeiro gesto”. Gabriel Chalita
  • 13. ANEXOS “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”. Cora Coralina EMEF. ANGELO MARIANO DONADON SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA: S. 0. P. FICHA DE ENCAMINHAMENTO INDIVIDUAL ALUNO ( A ): ______________________________________________________________
  • 14. TURMA: _________ SÉRIE: ___________TURNO: ________DISC.__________________ MOTIVO DO ENCAMINHAMENTO: ( ) NÃO FEZ O TRABALHO DE CASA ( ) DESINTERESSE ( ) NÃO TROUXE O CADERNO ( ) NÃO TROUXE O LIVRO DIDÁTICO ( ) BRIGOU COM OUTRO COLEGA EM SALA DE AULA ( ) NÃO ENTREGOU O TRABALHO NO PRAZO PEDIDO ( ) VEM CONVERSANDO DEMAIS EM SALA DE AULA ( )agressão verbal ( )agressão física ( ) FUMANDO NA ESCOLA ( ) NÃO FAZ TRABALHO DE PESQUISA ( ) FALTOU COM RESPEITO AO PROFESSOR OU ( ) FUNCIONÁRIOS ( ) OUTROS ______________________________________________________ OBSERVAÇÕES: ______________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ DATA: _______ / ________ / __________ ____________________________________ ____________________________________ PROFESSOR ( A ) ALUNO (A) ________________________ SUPERVISÃO ESCOLAR _______________________________________________________________ EMEF. ANGELO MARIANO DONADON SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA: S. 0. P. FICHA DE ENCAMINHAMENTO INDIVIDUAL ALUNO ( A ): ______________________________________________________________ TURMA: _________ SÉRIE: ___________TURNO: ________DISC.__________________ MOTIVO DO ENCAMINHAMENTO: ( ) NÃO FEZ O TRABALHO DE CASA ( ) DESINTERESSE ( ) NÃO TROUXE O CADERNO ( ) NÃO TROUXE O LIVRO DIDÁTICO ( ) BRIGOU COM OUTRO COLEGA EM SALA DE AULA ( )agressão verbal ( )agressão física ( ) NÃO ENTREGOU O TRABALHO NO PRAZO PEDIDO ( ) VEM CONVERSANDO DEMAIS EM SALA DE AULA ( ) FUMANDO NA ESCOLA ( ) NÃO FAZ TRABALHO DE PESQUISA ( ) FALTOU COM RESPEITO AO PROFESSOR OU ( ) FUNCIONÁRIOS ( ) OUTROS ______________________________________________________ OBSERVAÇÕES: ______________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ DATA: _______ / ________ / __________ ____________________________________ ____________________________________ PROFESSOR ( A ) ALUNO (A) ________________________ SUPERVISÃO ESCOLAR EMEF. ANGELO MARIANO DONADON Professor ( a ): _________________________________________________________________ Aluno: _____________________________________________________ Idade: _____________
  • 15. Série: ____________ Turma: _____________ Turno: ____________ Ano letivo: _____________ ALUNO COM CONCEITO OU NOTA BAIXA RELATÓRIO DE DESEMPENHO INDIVIDUAL __________ BIMESTRE Descrição: _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _____________________________________________________________ Providências tomadas: _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Outros dados importantes: ____________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ DATA: _________ / ________ / _______ __________________________________________ Professor ( a ) Recebido por: _______________________________ em _____/_______/________ EMEF. ANGELO MARIANO DONADON FICHA DE ACOMPANHAMENTO BIMESTRAL DE REFORÇO (RECUPERAÇÃO PARALELA) PROFESSOR ( A ) : _____________________________________________________________
  • 16. Série: ___________ Turma: ___________ Turno: ___________ Data: ______/______/_______ Total de alunos convocados: ________ Meios de convocação: ( )bilhete c/ visto do responsável (anexar);( )comunicação verbal ( )outros_______________ Quantidade de alunos participantes: ___________ Quant. de alunos ausentes: ______________ Quantidade de encontros recuperativos no bimestre: _______ Desenvolvido de acordo com o Projeto de Recuperação ( )sim ( )não ( )não existe Meta atingida: ( ) ótima; ( ) boa; ( ) regular; ( ) insuficiente. _________ bimestre 1.º - Em quais os conteúdos os alunos estão apresentando dificuldades? _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 2.º - Como estão sendo trabalhados? (Metodologia) _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3.º - Como estão sendo avaliados? _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 4.º - Quais são os resultados alcançados? _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________ _______________________________ PROFESSOR ( A ) S. 0. P. _______________________________ _______________________________ S. 0. E. DIRETOR ( A ) EMEF. ANGELO MARIANO DONADON PROFESSOR ( A ): ____________________________________________________________ DISCIPLINA: ______________________M ATRÍCULA: _______________________________ TURMA: __________ TURNO: __________ SÉRIE: ___ANO LETIVO: ___________________
  • 17. RELATÓRIO FINAL: SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA: S. 0. P. ASSUNTOS NÃO LECIONADOS NO ___ BIMESTRE, QUE CONSTAM DO PROGRAMA E QUE SÃO PRÉ- REQUISITOS PARA A ______ SÉRIE. DATA: __________ / __________ / ___________ ASSUNTOS: _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ PRINCIPAIS RAZÕES QUE LEVARAM AO NÃO CUMPRIMENTO DO PROGRAMA: _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ PROFESSOR(A) SUPERVISÃO ESCOLAR _______________________ DIRETOR (A )
  • 18. EMEF. ANGELO MARIANO DONADON FICHA DE ACOMPANHAMENTO DIÁRIOS DE CLASSE - ANO 2009 Professor Data OBS. Data OBS. Data OBS. Data OBS. 1° bim. 2° bim. 3° bim. 4° bim. Observações:_______________________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________Data encerramento: _______/______/______ ________________________________________________ _________________________________________________ SUPERVISORA ESCOLAR DIRETORA ESCOLAR EMEF. ANGELO MARIANO DONADON
  • 19. FICHA DE ACOMPANHAMENTO PLANEJAMENTOS - ANO 2009 Professor Data/visto OBS. Data/visto OBS. Data/visto OBS. Data/visto OBS. Observações:_____________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________Data encerramento: _______/______/______ ________________________________________________ _________________________________________________ SUPERVISORA ESCOLAR DIRETORA ESCOLAR EMEF. ANGELO MARIANO DONADON
  • 20. FICHA DE ACOMPANHAMENTO CONSELHO CLASSE Nome do professor: _______________________________________________________________ Bimestre: ______________________________ Série _______________ turma: ____________________disciplina: ___________________________________________ data _____/_____/_____ NÍVEL INTELECTUAL EXPRESSAO ESCRITA DISCIPLINA COMPREENSÃO ALUNOS INTERESSE RELAC./COM PROFESSORES PROBLEMAS EMOCIONAIS NOTAS BAIXAS PARTICIPÇAO ESFORÇO RELAC. COM COLEGAS PROBLEMAS FISICOS INDEPENDENCIA TAREFAS DE CASA EXPRESSAO ORAL MATERIAL CONCENTRACAO BASE DE CONTEUDO ORGANIZACAO PONTUALIDADE FREQUENCIA RETENCAO N° (deverá ser preenchido com OBSERVAÇÕES todos os alunos pela secretaria) Total de alunos: ______ Alunos abaixo da média: ______ Alunos em recuperação: ______ Alunos em situação crítica:____
  • 21. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2009 EQUIPE RESPONSÁVEL: EQUIPE PEDAGÓGICA E DOCENTE 6ª a 9ª SÉRIE DESCRITIVO DE SUGESTÕES PARA O PLANEJAMENTO COLETIVO Ações: FEVEREIRO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta • Estabelecimento de meta trabalho gestão 2009; • Estabelecimento de meta trabalho Reunião 1. Direção coordenação 2009; Administrativa 2. Coordenação Ped. • Escolha tema do desfile 7 Dia 02/02 setembro/09; • Distribuição das atividades a serem planejadas em fevereiro/09. Semana Pedagógica SEMED Melhorar as Práticas Pedagógicas na 16 a 20/02 Escola • Entrega de plano anual pelos docentes de acordo com os critérios estabelecidos (impressos em duas vias) contendo: Planejamento anual 1. Docentes e equipe o Objetivo geral da disc. e ações/09 administrativa o Conteúdos bimestrais; 25 a 27/02 pedagógica o Metodologia bimestral; o Método avaliativo bim. o Recursos. • Planejamento das ações (eventos e atividades/09). MARÇO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta • Receber os alunos no pátio; • Apresentação da nova equipe Inicio do ano letivo Toda a Equipe Escolar escolar; 02/03 • Momento de reflexão para 09; • Estabelecimento de regras para o ano de 09 (sala de aula). • Aplicar avaliação diagnóstica aos alunos de 6ª a 9ª série. Das 8:00 as 11:00h. Simulado Docentes e Equipe • Avaliação baseada no material Pró- 28/03 - Sábado administrativa Pedagógica letramento e gestar, elaborada pela letivo coordenação pedagógica. • Tabulação para Verificação do nível de aprendizagem que se
  • 22. encontram os alunos. • Identificar os pontos que devem ser enfatizados para melhoria do desempenho escolar dos educandos. Dia Mundial da Água • Atividades que enfatizem a data. 22/03 Docentes e equipe (Planejar), sugestões: administrativa pedagógica o Desenvolver o tema em sala de aula (ciências/LP/TR/etc.) o Cartazes, exposição mural. o Apresentação de dança, música, etc. • Desenvolver atividades Semana da Docentes e equipe diferenciadas neste período, após Cidadania administrativa pedagógica o intervalo, (planejar) sugestões: 30/03 a 03/04 o Palestras (Convidados-MP, Ibama,Conselho Tutelar,etc) o Palestras dos próprios alunos (cartazes) o Gincana do cidadão. Etc. • Atividades que incentivem a leitura e escrita, (planejar) sugestões: o Basear o projeto em obras Docentes e equipe literárias de autores Projeto Literário administrativa pedagógica famosos; (Dia Nacional da o Elaboração de livro de Poesia 14/03) poesias e ou contos; o Propor momento de exposição das obras; etc. o Envolvimento de várias disciplinas e tempo de execução (23/04 dia mundial do livro). ABRIL – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta • Atividades que comemore a data e seu significado. (planejar), sugestões: o Atividades relativas à paz e a solidariedade; Comemoração da o Decoração da escola com Páscoa Docentes e equipe palavras de paz e harmonia 06 a 09/04 administrativa pedagógica o Arrecadação de alimentos e vestimentas para doação as pessoas carentes. o Visitas a centro de reabilitação de jovens, casa da cidadania, abrigo do
  • 23. menor. Dia do Índio Docentes e equipe • (planejar), sugestões: Desenvolver 13 a 17/04 administrativa pedagógica o tema em sala de aula, expor no mural, cartazes sobre a cultura indígena. • Ver aula de campo em tribo indígena, ou mesmo convidar alguns para virem na escola. MAIO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta Tema 7 de setembro Docentes e equipe • Fazer o projeto e definir o seu (projeto) início das administrativa pedagógica andamento. atividades neste mês • Realizar atividades no decorrer da Comemoração ao Docentes e equipe semana enfatizando a data, Dia das Mães administrativa pedagógica (planejar) decidir o que fazer no 09/05 (sábado sábado em comemoração as mães letivo) com presença delas. Seminário de • Fazer encontro de educadores em Educação Docentes e equipe seminário expositivo atividades Continuada administrativa pedagógica práticas. Onde cada grupo 23/05 (sábado expositor organizará uma letivo) apresentação com alunos. JUNHO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta • (planejar) Realizar atividades no Semana do Meio Docentes e equipe decorrer da semana com referência Ambiente 01 a 05/06 administrativa pedagógica ao tema. 06/06(sábado letivo) • Verificar apresentações sobre o tema no sábado letivo. Coleta de materiais recicláveis. Dia Internacional de • (planejar) Realizar atividades Combate as Drogas diferenciadas após o intervalo, com 26/06 Docentes e equipe referência a conscientização de Semana de combate administrativa pedagógica combate as drogas. Palestras, as drogas (20 a 26) exposição, teatro, convidar equipe do PROERD e PM, DPF JULHO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta Simulado 04/07 Docentes e equipe • Realizar avaliação diagnóstica para (sábado letivo) administrativa pedagógica análise do grau de evolução no rendimento dos educando, fazer estatístico paralelo com a primeira avaliação. Propor ações em reunião pedagógica para sanar as
  • 24. problemáticas. Incentivo a Leitura Docentes e equipe • Realizar algo que proponha um dia 18/07 (sábado administrativa pedagógica de atividades que incentive a letivo) leitura e escrita (produção e pesquisa) (planejar) AGOSTO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta Comemoração ao Docentes, equipe • (planejar) Realizar atividades que Dia dos Pais 08/08 administrativa pedagógica destaque a data, programar (sábado letivo) e apoio atividades no sábado envolvendo os pais. Dia do Estudante Docentes e equipe • (planejar) Realizar atividades para 11/08 administrativa pedagógica comemorar a data. Sugestões: cinema na escola, gincana do estudante, apresentações diversas. Dia 22 Mundial do Docentes e equipe • Realizar atividades no decorrer da Folclore administrativa pedagógica semana em sala de aula e expor (17 a 21) no mural em referência ao folclore – disciplinas de arte, filosofia, T. Red./Ens. Rel./LP. Etc. Semana da Pátria Docentes e equipe • Realizar horário cívico todos os 31/08 a 05/09 administrativa pedagógica dias no decorrer da semana. Professores em sala de aula trabalhar interpretação de hinos e símbolos nacionais. SETEMBRO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta Desfile 7 de Docentes, equipe • Ajustes e preparativos finais – Setembro administrativa pedagógica escala de trabalho de cada 05/07 (sábado e apoio. funcionário no dia do desfile. letivo) OUTUBRO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta Comemoração ao Docentes, equipe • (planejar) Realizar atividades em Dia das Crianças administrativa pedagógica comemoração a data. 10/10(sábado letivo) NOVEMBRO – 2009 Ação/Período Realização/Responsável Organização/Meta I FEAC – Feira de • (planejar) Realizar a feira de modo a Arte, Cultura e Docentes, equipe envolver os alunos com atividades Criatividade administrativa pedagógica desenvolvidas no decorrer do ano, guardando os trabalhos para expô-los na 07/11 (sábado ocasião. letivo) 20/11 Dia da Docentes, equipe • (planejar) fazer revista com ênfase nas Consciência Negra administrativa pedagógica mistura de raças e preconceito existente.
  • 25. etc PERFIL DO PROFESSOR COMPETENTE Área do Currículo:  Conhecimento do conteúdo;  Familiaridade com o escopo e seqüência das disciplinas;  Visão global do currículo e dos princípios de sua organização;  Visão integrada e dinâmica do currículo, em relação a realidade;  Perspectiva interdisciplinar. Área Pedagógica:  Habilidade de realizar planejamento pedagógico;  Habilidade de usar uma variedade de estratégias pedagógicas;  Habilidade de combinar técnicas pedagógicas com o estilo de aprendizagem do aluno;  Habilidade de utilizar uma variedade de técnicas de avaliação de alunos. Área de Gestão de Sala de Aula/relacionamento interpessoal:  Habilidade de desenvolver e manter a disciplina em sala de aula;  Habilidade de dar feedback construtivo;  Habilidade de motivar os alunos e mobilizar sua atenção;  Habilidade de diagnosticar necessidades de aprendizagem e propor soluções;  Habilidade de identificar estilos de aprendizagem e orientá-los adequadamente;  Habilidade de manejar tensão e conflito e vencer obstáculos;  Habilidade de compreender o ponto de vista dos alunos e a dinâmica de grupo de sua turma;  Habilidade de fazer demonstrações criativas de conceitos a serem aprendidos. Área Escolar:  Habilidade de trabalhar em equipes;  Habilidade de perceber a relação entre o trabalho de sua turma com o contexto da escola;  Habilidade de escutar e compreender o ponto de vista de colegas e pais.
  • 26. (Heloísa Luck, 2000;92) CHECKLIST PARA AVALIAÇÃO DE PROFESSORES Critério 1: habilidades pedagógicas Instrução de planos Identifica necessidade de aprendizagem Organiza o currículo Desenvolve planos Implementa os objetivos planejados Fornece instruções claras para o aluno Auxilia no desenvolvimento de hábitos de trabalho e habilidades de estudo. Critério 2: Gestão de sala de aula Desenvolve procedimentos de sala de aula de maneira natural Organiza o uso do espaço físico Prepara material de apoio Cuida da saúde mental e física do aluno Mantém relatórios adequados da disciplina e da turma Mantém relatórios em conformidade com o que é requerido por leis e normas Organiza trabalhos individuais, em grupos pequenos, ou experiências de aprendizagens em grupos grandes. Critério 3: Gestão de disciplina dos alunos em sala de aula 3.1 Acompanha os procedimentos disciplinares 3.2 Encoraja/estimula a autodisciplina 3.3 Reconhece as condições, desenvolve e implanta as estratégias de disciplina 3.4 Deixa claro para os alunos quais são os padrões corretos de conduta 3.5 Trata os alunos de forma consistente e justa 3.6 Recruta assistência. Critério 4: Interesse em ensinar os alunos 4.1 Desenvolve uma relação de harmonia com os alunos 4.2 Reconhece as características particulares de cada aluno 4.3 Orienta o processo de aprendizagem Critério 5: Esforço para provocar melhorias, quando necessário 5.1 Realiza auto-avaliação contínua 5.2 Toma conhecimento das recomendações feitas. Critério 6: Conhecimento da disciplina ensinada 6.1 Mantém-se atualizado com as novas idéias e desenvolvimentos 6.2 relaciona a disciplina ensinada com o conhecimento geral Critério 7: Preparação profissional e sabedoria 7.1 Possui e mantém um embasamento acadêmico sólido. Critério 8: Ética Profissional e atribuições da função 8.1 Cultiva conduta moral e funcional adequada 8.2 Mantém discrição e postura respeituosa. 8.3 cumprimento dos deveres e princípios da profissão. (Heloísa Luck, 2000;106 e Lei Comp. 067/2002)
  • 27. CHECKLIST PARA AVALIAÇÃO DE LIDERANÇA PEDAGÓGICA - Definição da Missão: • Aproveitam oportunidades para discutir os objetivos, os propósitos educacionais da escola. - Gestão de Currículo: • Dispõem de informações e apoio as necessidades dos educadores no planejamento curricular, zela pela garantia ajustar objetivos curriculares e o processo avaliativo. Busca organizar momentos de reflexão coletiva e individual para aprimorar as experiências vivenciadas. - Supervisão de ensino: • Dispõe de tempo em observar, orientar e incentivar para a melhoria do processo de ensinagem e auxilia a superação de dificuldades encontradas na sala de aula. - Monitoramento do progresso dos alunos: • Realiza levantamento e monitora o desempenho dos alunos para com os objetivos da escola, dispõe aos docentes as informações necessárias e promove discussões e reflexões determinantes aos pontos de superação no programa pedagógico da escola. - Promoção do clima pedagógico: • Motiva e encoraja os professores na tentativa de inovações de idéias e atribui reconhecimento das ações assertivas da equipe disseminando aos pais e alunos. Incentiva a constante atualização profissional, oferece suporte na orientação e compreensão dos procedimentos da escola. (Heloísa Luck, 2000) (Na abordagem de escola participativa de Heloísa Luck, 2000, p 42): “A confiança é o cimento fundamental que mantém uma organização unida, facilitando a boa comunicação, corrigindo ações ocorridas em momentos inoportunos, possibilitando o atendimento de objetivos e criando as condições para o sucesso organizacional”.
  • 28. Caro Educador “Você é o principal trabalhador brasileiro, pois és tu quem está com o aluno diariamente e tem nas mãos as ferramentas para ensiná-lo. Veja como você educador pode fazer a sua parte”. Recomendações  Entenda a situação da Educação;  Busque sempre aprimorar seus conhecimentos;  Encare a diversidade de maneira positiva;  Escola boa é aquela que o aluno aprende;  Diretor: Assuma a liderança;  Diretor: seja responsável pela qualidade do ensino;  Diretor: assegure o cumprimento do ano letivo;  Professor: Planeje suas aulas;  Professor: Procure não faltar;  Professor: Ensine a estudar;  Professor: Incentive o hábito da leitura;  Professor: Reforce a auto-estima dos alunos;  Professor: Não desista de ensinar a nenhum aluno;  Diretor: Mantenha uma boa relação com as famílias;  Promova a Gestão democrática;  Fiscalize a Bolsa-família;  Fiscalize a merenda escolar. (Retirado do site: Todos pela Educação)
  • 29. “Dedicação é a capacidade de se entregar à realização de um objetivo”. Não conheço ninguém que tenha progredido na carreira sem trabalhar pelo menos doze horas por dia nos primeiros anos. Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho sem sacrificar sábados e domingos pelo menos uma centena de vezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá de se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo. Se quiser um casamento gratificante, terá de investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo. O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem. Mas, para conseguir um resultado diferente da maioria, você tem de ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. Não se compare à maioria, pois, infelizmente, ela não é modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá de estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas. Terá de trabalhar, enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. A realização de um sonho depende da dedicação. Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão. E ilusão não tira ninguém do lugar onde está. Ilusão é combustível de perdedores." ROBERTO SHINYASHIKI