SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Lista de Exercícios - EQUILÍBRIO QUÍMICO
1. Dois moles de NO2 são colocados em um recipiente de 1 litro e atingem o
equilíbrio a uma temperatura em que Keq = 7,15 para a reação 2NO2(g) ⇌
N2O4(g). Quantos moles de NO2 existem no equilíbrio?
2. O valor de K da reação CO2(g) + H2(g) ⇌ CO(g) + H2O(g) é 0,10 a 690 K. Qual a
pressão de equilíbrio de cada substância em uma mistura preparada juntando-
se 0,50 mol de CO2 e 0,50 mol de H2 em um frasco de 5 litros a 690 K?
3. Uma mistura em equilíbrio, H2(g) + I2(g) ⇌ 2HI, tem 3,0 mol/L de H2, 2,0 mol/L e
2,0 mol/L de HI. Quantos moles de I2, por litro, devem ser adicionados, a
temperatura constante, para que um decimo de I2 adicionado reaja formando
HI?
4. Mostre que para uma dada reação em equilíbrio aA + bB ⇌ cC + dD, no estado
gasoso, podemos deduzir a seguinte relação: Kp = Kc(RT)Δn
, onde Kp é a
constante de equilíbrio para gases, Kc é a constante de equilíbrio quando
trabalhamos com concentrações e Δn é a variação do numero de moles entre
produtos e reagentes.
5. Em um recipiente de um litro estão presentes em equilíbrio 0,1 mol de H2, 0,2
mol de I2 e 0,6 mol de HI. Reação: H2 + I2 ⇌ 2HI:
a) Calcule o valor de K para esse equilíbrio.
b) Ao adicionar 1,0 mol de H2 ao recipiente, qual a concentração de HI
resultante?
6. Considere o equilíbrio SO2(g) + NO2(g) ⇌ NO(g) + SO3(g) a uma temperatura T. No
equilíbrio temos 0,2 mol/L de SO3, 0,4 mol/L de NO, 0,1 mol/L de NO2 e 0,2
mol/L de SO2. Suponha que agora é acrescentado no recipiente mais 0,3 mol/L
de NO2. Calcule as novas concentrações de equilíbrio para os reagentes e
produtos.
7. Prepara-se uma solução 0,1 M de um certo acido e determina-se o pH da
solução como 2,88. Calcule o pKa do acido. (HA ⇌ H+
+ A ).
8. Qual a razão entre as concentrações de acido acético (CH3COOH) e íon
acetato (CH3COO ) necessária para preparar um tampão cujo pH seja 5,70?
Dado: Ka = 1,8 X 10-5
.
9. Calcular a solubilidade do CaF2 em solução 0,1 mol/L de Ca(NO3)2 e em 0,1
mol/L de NaF . Dado: A solubilidade do CaF2 em água pura é de 3,5 X 10-4
mol/L.
10. Quando 0,0172 mol de HI é aquecido até 500 K em um recipiente fechado de
2,00 L, a mistura em equilíbrio resultante contém 1,90 g de HI. Calcular o valor
de Kc para a reação de decomposição 2HI(g) ⇌ H2(g) + I2(g).
11. Quando 1,00 g de I2 gasoso é aquecido até 1000 K em um recipiente fechado
de 1,00 L, a mistura em equilíbrio resultante contem 0,830 g de I2. Calcule Kc
para reação de dissociação I2(g) ⇌ 2I(g).
12. A concentração inicial de HBr em um recipiente de reação é 1,2 X10-3
mol L-1
.
Se o recipiente é aquecido até 500 K, qual é a mistura no equilíbrio? Para
2HBr(g) ⇌ H2(g) + Br2(g), Kc = 7,7 X 10-11
a 500 K.
13.Quando NH4HS sólido e 0,400 mol de NH3 gasoso são colocados dentro de um
recipiente de 2,0 L a 24,0 ºC, o equilíbrio NH4HS(s) ⇌ NH3(g) + H2S(g), para o
qual Kc = 1,6 X 10-4
, é atingido. Quais são as concentrações de NH3 e H2S no
equilíbrio?
14.A constante de equilíbrio Kc para a reação N2(g) + O2(g)2NO(g) a 1200 ºC é
1,00 X 10-5
. Calcule a concentração molar de NO, N2 e O2 no equilíbrio a 1200
ºC em um recipiente de reação de 1,00 L que inicialmente tinha 0,114 mol de N2
e 0,114 mol de O2.
15.A constante de equilíbrio Kc para a reação N2(g) + O2(g) 2NO(g) a 1200 ºC é
1,00 X 10-5
. Calcule a concentração molar de NO, N2 e O2 no equilíbrio a 1200
ºC em um recipiente de reação de 10,00 L que inicialmente tinha 0,0140 mol de
N2 e 0,214 mol de O2.
16. A 25,0 ºC, K = 3,2 X10-34
para a reação 2HCl(g) ⇌ H2(g) + Cl2(g). Se um recipiente
de reação de 1,0 L é preenchido com HCl uma pressão de 0,22 bar, quais são
as pressões parciais de HCl, H2 e Cl2 no equilíbrio?
17. A solubilidade do BaSO4(s), em água a 25,0 ºC, foi determinada por meio de
medidas de condutividade elétrica como sendo igual a 1,05 x 10-5
M. Calcule o
valor de Kps a partir deste resultado.
2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Propriedades Coligativas: Tonoscopia e Ebulioscopia
Propriedades Coligativas: Tonoscopia e EbulioscopiaPropriedades Coligativas: Tonoscopia e Ebulioscopia
Propriedades Coligativas: Tonoscopia e Ebulioscopia
Lenilson Santana de Araujo
 
Fisica 02 - A teoria cinética dos gases
Fisica 02 - A teoria cinética dos gasesFisica 02 - A teoria cinética dos gases
Fisica 02 - A teoria cinética dos gases
Walmor Godoi
 
Conceito entropia
Conceito entropiaConceito entropia
Conceito entropia
16111972
 

Mais procurados (20)

Gases e transformações
Gases  e transformaçõesGases  e transformações
Gases e transformações
 
Química Geral Aula 13
Química Geral Aula 13Química Geral Aula 13
Química Geral Aula 13
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 
Química Geral 2016/1 Aula 20
Química Geral 2016/1 Aula 20Química Geral 2016/1 Aula 20
Química Geral 2016/1 Aula 20
 
Soluções Químicas
Soluções QuímicasSoluções Químicas
Soluções Químicas
 
Mol e massas molares ppt
Mol e massas molares   pptMol e massas molares   ppt
Mol e massas molares ppt
 
Aula termoquímica
Aula termoquímicaAula termoquímica
Aula termoquímica
 
Gases
GasesGases
Gases
 
Dilatação térmica
Dilatação térmicaDilatação térmica
Dilatação térmica
 
Propriedades Coligativas: Tonoscopia e Ebulioscopia
Propriedades Coligativas: Tonoscopia e EbulioscopiaPropriedades Coligativas: Tonoscopia e Ebulioscopia
Propriedades Coligativas: Tonoscopia e Ebulioscopia
 
Termoquimica
TermoquimicaTermoquimica
Termoquimica
 
Aula polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
Aula   polaridade,  geometria molecular e forças intermolecularesAula   polaridade,  geometria molecular e forças intermoleculares
Aula polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
 
Aula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicasAula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicas
 
Fisica 02 - A teoria cinética dos gases
Fisica 02 - A teoria cinética dos gasesFisica 02 - A teoria cinética dos gases
Fisica 02 - A teoria cinética dos gases
 
Lista de exercício (termodinâmica) com gabarito
Lista de exercício (termodinâmica) com gabaritoLista de exercício (termodinâmica) com gabarito
Lista de exercício (termodinâmica) com gabarito
 
Química Geral Aula 12
Química Geral Aula 12Química Geral Aula 12
Química Geral Aula 12
 
Química Geral 2016/1 Aula 17
Química Geral 2016/1 Aula 17Química Geral 2016/1 Aula 17
Química Geral 2016/1 Aula 17
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Conceito entropia
Conceito entropiaConceito entropia
Conceito entropia
 
Equilibrio Químico - Conteúdo completo
Equilibrio Químico - Conteúdo completoEquilibrio Químico - Conteúdo completo
Equilibrio Químico - Conteúdo completo
 

Destaque

Exercícios de Equilíbrio Corporal
Exercícios de Equilíbrio CorporalExercícios de Equilíbrio Corporal
Exercícios de Equilíbrio Corporal
dvdsousa
 
4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes
4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes
4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes
Debora Maria
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética química
Daiane Gris
 
Deslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de EquilíbrioDeslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de Equilíbrio
Paulo Filho
 
Aula1 Equilibrio Químico
Aula1 Equilibrio QuímicoAula1 Equilibrio Químico
Aula1 Equilibrio Químico
iqscquimica
 
Material de incendio
Material de incendioMaterial de incendio
Material de incendio
thiago_design
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De Energia
João França
 

Destaque (16)

Equilíbrio químico
Equilíbrio químicoEquilíbrio químico
Equilíbrio químico
 
Exercícios de Equilíbrio Corporal
Exercícios de Equilíbrio CorporalExercícios de Equilíbrio Corporal
Exercícios de Equilíbrio Corporal
 
EQUILÍBRIO - EXERCÍCIOS
EQUILÍBRIO - EXERCÍCIOSEQUILÍBRIO - EXERCÍCIOS
EQUILÍBRIO - EXERCÍCIOS
 
Aula2
Aula2Aula2
Aula2
 
4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes
4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes
4549587 quimica-organica-funcoes-organicas-e-nomenclatura-40-questoes
 
Deslocamento de equilíbrio
Deslocamento de equilíbrio Deslocamento de equilíbrio
Deslocamento de equilíbrio
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética química
 
Deslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de EquilíbrioDeslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de Equilíbrio
 
Exercicio1
Exercicio1Exercicio1
Exercicio1
 
Aula1 Equilibrio Químico
Aula1 Equilibrio QuímicoAula1 Equilibrio Químico
Aula1 Equilibrio Químico
 
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreRelatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
 
117318593 equilibrio-acido-base
117318593 equilibrio-acido-base117318593 equilibrio-acido-base
117318593 equilibrio-acido-base
 
Material de incendio
Material de incendioMaterial de incendio
Material de incendio
 
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANOREVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De Energia
 
Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
 

Semelhante a Lista de exercícios equilíbrio químico

Psa 17 cálculos estequimétricos
Psa 17   cálculos estequimétricosPsa 17   cálculos estequimétricos
Psa 17 cálculos estequimétricos
Fisica-Quimica
 
Ita2008 4dia
Ita2008 4diaIta2008 4dia
Ita2008 4dia
cavip
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
ferfla10
 
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
Profª Cristiana Passinato
 
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando AbreuEstequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
Rogeria Gregio
 
Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos 2018
Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos  2018Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos  2018
Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos 2018
Clebson Ramos
 
Sandrogreco Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
Sandrogreco Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007Sandrogreco Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007
Sandrogreco Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
Profª Cristiana Passinato
 

Semelhante a Lista de exercícios equilíbrio químico (20)

Lista Equilíbrio Químico
Lista Equilíbrio QuímicoLista Equilíbrio Químico
Lista Equilíbrio Químico
 
135
135135
135
 
Exercícios físico- química II-equilíbrio químico
Exercícios  físico- química II-equilíbrio químicoExercícios  físico- química II-equilíbrio químico
Exercícios físico- química II-equilíbrio químico
 
Equilibrio químico
Equilibrio químicoEquilibrio químico
Equilibrio químico
 
Psa 17 cálculos estequimétricos
Psa 17   cálculos estequimétricosPsa 17   cálculos estequimétricos
Psa 17 cálculos estequimétricos
 
Lista de exercicio unidade 2
Lista de exercicio unidade 2Lista de exercicio unidade 2
Lista de exercicio unidade 2
 
Lista de exercícios 2C/D
Lista de exercícios 2C/DLista de exercícios 2C/D
Lista de exercícios 2C/D
 
Ita2008 4dia
Ita2008 4diaIta2008 4dia
Ita2008 4dia
 
Equilibrio químico
Equilibrio químicoEquilibrio químico
Equilibrio químico
 
Leis ponderais 2
Leis ponderais 2Leis ponderais 2
Leis ponderais 2
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
 
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manualaula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
 
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
 
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando AbreuEstequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
 
Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos 2018
Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos  2018Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos  2018
Avaliacao parcial sobre efeitos coligativos 2018
 
11ºano - Quimica Exercícios
11ºano - Quimica Exercícios11ºano - Quimica Exercícios
11ºano - Quimica Exercícios
 
O estudo-dos-gases
O estudo-dos-gasesO estudo-dos-gases
O estudo-dos-gases
 
Sandrogreco Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
Sandrogreco Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007Sandrogreco Lista De ExercíCios 3   Q. Geral  Eng. Pet.  2007
Sandrogreco Lista De ExercíCios 3 Q. Geral Eng. Pet. 2007
 
Enunciado q122019
Enunciado q122019Enunciado q122019
Enunciado q122019
 

Mais de iqscquimica (20)

Estrutura atômica 2014 II
Estrutura atômica 2014 IIEstrutura atômica 2014 II
Estrutura atômica 2014 II
 
Cálculos em Química
Cálculos em QuímicaCálculos em Química
Cálculos em Química
 
Estrutura atômica 2014 2_aula1
Estrutura atômica 2014 2_aula1Estrutura atômica 2014 2_aula1
Estrutura atômica 2014 2_aula1
 
Avaliação do blog
Avaliação do blogAvaliação do blog
Avaliação do blog
 
Modelo Pré-Relatório
Modelo Pré-RelatórioModelo Pré-Relatório
Modelo Pré-Relatório
 
Estrutura part2
Estrutura part2Estrutura part2
Estrutura part2
 
Estrutura2
Estrutura2Estrutura2
Estrutura2
 
Estrutura2
Estrutura2Estrutura2
Estrutura2
 
Horarios sqm
Horarios sqmHorarios sqm
Horarios sqm
 
Equilíbrio parte2
Equilíbrio parte2Equilíbrio parte2
Equilíbrio parte2
 
Equilíbrio químico parte i blog
Equilíbrio químico parte i  blogEquilíbrio químico parte i  blog
Equilíbrio químico parte i blog
 
Equilíbrio parte1
Equilíbrio parte1Equilíbrio parte1
Equilíbrio parte1
 
Auladeteoriadebandas
AuladeteoriadebandasAuladeteoriadebandas
Auladeteoriadebandas
 
Aula3 ligquim
Aula3 ligquimAula3 ligquim
Aula3 ligquim
 
Aula2 ligacaoquim
Aula2 ligacaoquimAula2 ligacaoquim
Aula2 ligacaoquim
 
Ligquiaula1
Ligquiaula1Ligquiaula1
Ligquiaula1
 
Estrutura atômica parte2
Estrutura atômica parte2Estrutura atômica parte2
Estrutura atômica parte2
 
Estrutura atômica parte1
Estrutura atômica parte1Estrutura atômica parte1
Estrutura atômica parte1
 
Aulas de Equilíbrio químico - Parte II
Aulas de Equilíbrio químico - Parte IIAulas de Equilíbrio químico - Parte II
Aulas de Equilíbrio químico - Parte II
 
Aulas de Equilíbrio Químico - Parte I
Aulas de Equilíbrio Químico - Parte IAulas de Equilíbrio Químico - Parte I
Aulas de Equilíbrio Químico - Parte I
 

Lista de exercícios equilíbrio químico

  • 1. Lista de Exercícios - EQUILÍBRIO QUÍMICO 1. Dois moles de NO2 são colocados em um recipiente de 1 litro e atingem o equilíbrio a uma temperatura em que Keq = 7,15 para a reação 2NO2(g) ⇌ N2O4(g). Quantos moles de NO2 existem no equilíbrio? 2. O valor de K da reação CO2(g) + H2(g) ⇌ CO(g) + H2O(g) é 0,10 a 690 K. Qual a pressão de equilíbrio de cada substância em uma mistura preparada juntando- se 0,50 mol de CO2 e 0,50 mol de H2 em um frasco de 5 litros a 690 K? 3. Uma mistura em equilíbrio, H2(g) + I2(g) ⇌ 2HI, tem 3,0 mol/L de H2, 2,0 mol/L e 2,0 mol/L de HI. Quantos moles de I2, por litro, devem ser adicionados, a temperatura constante, para que um decimo de I2 adicionado reaja formando HI? 4. Mostre que para uma dada reação em equilíbrio aA + bB ⇌ cC + dD, no estado gasoso, podemos deduzir a seguinte relação: Kp = Kc(RT)Δn , onde Kp é a constante de equilíbrio para gases, Kc é a constante de equilíbrio quando trabalhamos com concentrações e Δn é a variação do numero de moles entre produtos e reagentes. 5. Em um recipiente de um litro estão presentes em equilíbrio 0,1 mol de H2, 0,2 mol de I2 e 0,6 mol de HI. Reação: H2 + I2 ⇌ 2HI: a) Calcule o valor de K para esse equilíbrio. b) Ao adicionar 1,0 mol de H2 ao recipiente, qual a concentração de HI resultante? 6. Considere o equilíbrio SO2(g) + NO2(g) ⇌ NO(g) + SO3(g) a uma temperatura T. No equilíbrio temos 0,2 mol/L de SO3, 0,4 mol/L de NO, 0,1 mol/L de NO2 e 0,2 mol/L de SO2. Suponha que agora é acrescentado no recipiente mais 0,3 mol/L de NO2. Calcule as novas concentrações de equilíbrio para os reagentes e produtos. 7. Prepara-se uma solução 0,1 M de um certo acido e determina-se o pH da solução como 2,88. Calcule o pKa do acido. (HA ⇌ H+ + A ). 8. Qual a razão entre as concentrações de acido acético (CH3COOH) e íon acetato (CH3COO ) necessária para preparar um tampão cujo pH seja 5,70? Dado: Ka = 1,8 X 10-5 . 9. Calcular a solubilidade do CaF2 em solução 0,1 mol/L de Ca(NO3)2 e em 0,1 mol/L de NaF . Dado: A solubilidade do CaF2 em água pura é de 3,5 X 10-4 mol/L.
  • 2. 10. Quando 0,0172 mol de HI é aquecido até 500 K em um recipiente fechado de 2,00 L, a mistura em equilíbrio resultante contém 1,90 g de HI. Calcular o valor de Kc para a reação de decomposição 2HI(g) ⇌ H2(g) + I2(g). 11. Quando 1,00 g de I2 gasoso é aquecido até 1000 K em um recipiente fechado de 1,00 L, a mistura em equilíbrio resultante contem 0,830 g de I2. Calcule Kc para reação de dissociação I2(g) ⇌ 2I(g). 12. A concentração inicial de HBr em um recipiente de reação é 1,2 X10-3 mol L-1 . Se o recipiente é aquecido até 500 K, qual é a mistura no equilíbrio? Para 2HBr(g) ⇌ H2(g) + Br2(g), Kc = 7,7 X 10-11 a 500 K. 13.Quando NH4HS sólido e 0,400 mol de NH3 gasoso são colocados dentro de um recipiente de 2,0 L a 24,0 ºC, o equilíbrio NH4HS(s) ⇌ NH3(g) + H2S(g), para o qual Kc = 1,6 X 10-4 , é atingido. Quais são as concentrações de NH3 e H2S no equilíbrio? 14.A constante de equilíbrio Kc para a reação N2(g) + O2(g)2NO(g) a 1200 ºC é 1,00 X 10-5 . Calcule a concentração molar de NO, N2 e O2 no equilíbrio a 1200 ºC em um recipiente de reação de 1,00 L que inicialmente tinha 0,114 mol de N2 e 0,114 mol de O2. 15.A constante de equilíbrio Kc para a reação N2(g) + O2(g) 2NO(g) a 1200 ºC é 1,00 X 10-5 . Calcule a concentração molar de NO, N2 e O2 no equilíbrio a 1200 ºC em um recipiente de reação de 10,00 L que inicialmente tinha 0,0140 mol de N2 e 0,214 mol de O2. 16. A 25,0 ºC, K = 3,2 X10-34 para a reação 2HCl(g) ⇌ H2(g) + Cl2(g). Se um recipiente de reação de 1,0 L é preenchido com HCl uma pressão de 0,22 bar, quais são as pressões parciais de HCl, H2 e Cl2 no equilíbrio? 17. A solubilidade do BaSO4(s), em água a 25,0 ºC, foi determinada por meio de medidas de condutividade elétrica como sendo igual a 1,05 x 10-5 M. Calcule o valor de Kps a partir deste resultado. 2