SlideShare uma empresa Scribd logo
Física e Química A
Ano Lectivo 2011/12
1
FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A FEVEREIRO 2012
____________________________________________________________________________________________________________________
APSA Nº14 11º Ano de Escolaridade
1. Qual a massa de hidróxido de sódio necessária para reagir completamente com 49,05 g de
ácido sulfúrico de acordo com a equação química:
2NaHO (aq) + H2SO4 (aq) ⎯→ Na2SO4 (aq) + 2H2O (l)
2. De acordo com a equação química: Cl2 (g) + 2 HO- (aq) ⎯→ ClO- (aq) + Cl- (aq) + H2O (l) ,
calcular:
a) a massa de cloro que seria necessária para preparar 10,3 g de anião hipoclorito (ClO-);
b) o número de iões hidróxido consumidos nesse processo.
3. Que volume de PH3, medido nas condições PTN, é produzido a partir de 125 g de Ca3P2 com
excesso de água, segundo a equação: Ca3P2 (s) + 6 H2O (l) ⎯→ 3 Ca(OH)2 (s) + 2 PH3 (g),
sendo o rendimento de 92 %?
4. Por reacção de calcário (contendo 80% de carbonato de cálcio, CaCO3) com excesso de
solução aquosa de ácido nítrico obtiveram-se 17,6 g de CO2. Os outros produtos da reacção
foram água e nitrato de cálcio, Ca(NO3)2.
a) Calcular a massa de calcário utilizado.
b) Que quantidade de ácido nítrico foi consumida?
c) Qual o número de átomos do elemento oxigénio presentes nessa quantidade de ácido?
d) Qual o volume de dióxido de carbono libertado, medido nas condições PTN?
5. 100 cm3 de uma solução aquosa de ácido sulfúrico de concentração 0,50 mol/L foram tratados
com excesso de zinco em pó, tendo-se verificado a seguinte reacção completa:
H2SO4 (aq) + Zn (s) ⎯→ ZnSO4 (aq) + H2 (g).
a) Calcular o volume de gás libertado, nas condições PTN.
b) Que massa de zinco passou à solução sob a forma catiónica (Zn2+)?
6. Sabendo que uma amostra de 10,70 g de cloreto de amónio, NH4Cl, foi aquecida na presença
de hidróxido de sódio até total decomposição, segundo a equação química
NH4Cl (s) + NaOH (aq) ⎯→ NH3(g) + NaCl (s) + H2O (g),
determinar a massa e o volume (PTN) de amoníaco libertado.
7. FeCl3 no estado sólido é o único produto da reacção entre ferro (Fe) e cloro gasoso (Cl2).
a) Escrever e acertar a equação química.
b) Que massa de produto se obterá a partir de 200 g de ferro se o rendimento for de 85 %?
c) Misturou-se 450 g de ferro com 9 moles de Cl2. Determinar a massa de FeCl3 formada
d) Que percentagem do reagente que está em excesso ficou por reagir?
8. Uma amostra de clorato de potássio (KClO3), com grau de pureza de 90%, decompõe-se em
perclorato de potássio (KClO4) e cloreto de potássio (KCl).
a) Acertar a equação.
b) Que massa total de produto da reacção se obtém a partir de 50 g de reagente impuro?
Física e Química A
Ano Lectivo 2011/12
2
9. Uma amostra de álcool etílico com 5% de impurezas não inflamáveis entrou em combustão
(completa), formando-se dióxido de carbono e vapor de água. Sabe-se que a amostra impura
tinha a massa de 30 g e que se formaram 6 dm3 de produtos gasosos (PTN).
a) Determinar o rendimento deste processo.
b) Qual é o nº de moléculas, o nº de átomos de hidrogénio e o nº total de átomos presentes nos
produtos da reacção?
10. Fizeram-se reagir duas soluções que continham, respectivamente, 10 mg de NaCl e 3,5 mg
de AgNO3. Indicar qual é o reagente que se encontra em excesso e a massa que fica por reagir.
11. O monóxido de azoto reage com o oxigénio de acordo com:
2 NO (g) + O2 (g) ⎯→ 2 NO2 (g).
Calcular o valor máximo da massa de dióxido de azoto que se pode obter a partir de uma mistura
de 3,823 g de NO e 2,886 g de O2.
12. No estudo de uma reacção completa fez-se reagir 0,810 g de zinco em pó (98,9% puro) com
60 cm3 de uma solução aquosa de concentração 0,123 mol/dm3 de nitrato de cobre (II).
a) Qual o excesso do reagente excedente?
b) Que massa de cobre irá obter-se?
13. A equação 2NH4Cl (s) + CaO (s) ⎯→ 2NH3 (g) + CaCl2 (s) + H2O (l) traduz a reacção de
preparação do amoníaco no laboratório.
a) Se misturarmos 16,9 g de cloreto de amónio com 13,3 g de óxido de cálcio, que massa de
reagente estará em excesso?
b) Calcular a massa que se obterá de cada um dos três produtos se o rendimento for de 20 %.
14. Da combustão de certa massa de propano (C3H8) resultaram 12 mol de dióxido de carbono.
a) Escrever e acertar a equação química, sabendo que também se forma vapor de água.
b) Que massa de combustível foi gasta na reacção?
c) Estimar aproximadamente o volume de ar (PTN) necessário para a referida combustão.
d) Se o rendimento da reacção fosse 70 %, que massa de CO2 se formaria?
15. A equação química 2 S2Cl2 (l) + C (s) ⎯→ CCl4 (l) + 4 S (s) traduz a preparação do
tetracloreto de carbono. Numa certa experiência 3,65 g de S2Cl2 e um excesso de carbono
originaram 1,51 g de CCl4. Qual o rendimento desta reacção?
16. Considerar a seguinte equação química:
CaCO3 (S) + 2 HCl (aq) ⎯→ CaCl2 (aq) + CO2 (g) + H2O (l).
a) Qual é a massa de CO2 que deverá formar-se quando se junta 4,50 g de HCl a 15,0 g de
CaCO3?
b) Que massa de reagente em excesso sobra no fim da reacção?
c) Tendo-se obtido, numa experiência, 2,01 g de CO2, determinar o rendimento do processo.
17. A síntese do amoníaco pode ser descrita por 3 H2(g) + N2 (g) ⎯→ 2 NH3 (g). Sabendo que
2,24 dm3 de H2, medidos nas condições PTN, reagiram com um excesso de N2 originando 0,85 g
de NH3, determinar o rendimento da reacção.
18. Na reacção cuja equação química é Al3+ (aq) + 3 OH- (aq) ⎯→ Al(OH)3 (s), qual é a massa
Física e Química A
Ano Lectivo 2011/12
3
de hidróxido de potássio, com 15% de impurezas, necessária para a reacção completa com 50,0
cm3 de solução de sulfato de alumínio 0,500 mol.dm-3?
19. Dissolveram-se 6,25 g de uma amostra impura de cloreto de sódio em água desionizada até
ao volume final de 1,00 dm3. 25,0 cm3 desta solução reagiram com 26,4 cm3 de solução aquosa
de nitrato de prata de concentração 0,10 mol/L. Determinar a percentagem de NaCl presente na
amostra. (Nota: Na reacção forma-se cloreto de prata e nitrato de sódio.)
20. Decompuseram-se pelo calor 543,7 g de MnO2 e obtiveram-se 40 g de oxigénio segundo:
3 MnO2 ⎯→ Mn3O4 + O2. Qual a percentagem de impurezas existentes no óxido de manganês
utilizado?
21. Para se obter sulfato se sódio fez-se reagir, a temperatura elevada, 100 cm3 de ácido
sulfúrico de concentração igual a 10 mol/L com 5,00 g de cloreto de sódio contendo 20 % de
impurezas inertes.
a) Determinar a massa de Na2SO4 obtida após reacção completa.
b) Um balão de 1500 cm3 seria suficiente para recolher (PTN) todo o gás libertado nesta reacção
(cloreto de hidrogénio)?
22. Uma amostra de iodeto de potássio (KI) tem 15 % de impurezas insolúveis em água. A
amostra, com 20,707 g, foi tratada com água quente e, após arrefecimento, tratada com com
excesso de uma solução de um sal de chumbo (II) completamente solúvel em água. Qual a
massa de iodeto de chumbo, PbI2, que se formou?
23. Um minério de ferro contém 70,0 % de óxido de ferro (III), Fe2O3. Qual a massa de ferro que
em princípio se pode obter a partir de 1 tonelada daquele minério?
24. O oxigénio gasoso pode ser obtido por termólise do clorato de potássio, KClO3. A equação
química que traduz esta reacção endotérmica é 2 KClO3 (s) ⎯→ 2 KCl (s) + 3 O2.
a) Determinar o volume de O2 produzido a partir de uma amostra de 3,646 g de KClO3, medido
nas condições normais de pressão e temperatura.
c) Qual a massa de cloreto de potássio que se formaria a partir de uma amostra de KClO3 com
90 g de massa e contendo 25% de impurezas?
*25. 7,60 g de uma mistura de carbonato de cálcio e sulfato de cálcio (CaCO3 e CaSO4) foi
aquecida, para decompor o carbonato (mas não o sulfato), de acordo com CaCO3 (s) ⎯→ CaO
(s) + CO2 (g). A massa final da amostra é 4,30 g. Qual a percentagem de CaCO3 na mistura
inicial?
*26. Uma mistura de hidrogenocarbonato de sódio (NaHCO3) e carbonato de cálcio (CaCO3) tem
a massa de 13,10 g. A mistura foi aquecida de modo a darem-se as seguintes termólises
(decomposições térmicas):
2 NaHCO3 (s) ⎯→ Na2CO3 (s) + CO2 (g) + H2O (g)
CaCO3 (s) ⎯→ CaO (s) + CO2 (g)
Sabendo que o sólido obtido no final tinha a massa de 7,918 g, qual a composição inicial da
mistura?
*27. Uma amostra de 0,50 g de uma liga de cobre e alumínio foi tratada com ácido clorídrico,
tendo-se verificado que apenas o alumínio se dissolvia, libertando-se 593 cm3 de hidrogénio,
Física e Química A
Ano Lectivo 2011/12
4
medidos nas condições PTN.
a) Acertar o esquema químico referente a esta reacção: Al (s) + HCl (aq) ⎯→ AlCl3 (aq) + H2
(g).
b) Qual a percentagem de cobre na referida liga metálica?
28. O iodeto de cobre(I), não é suficientemente estável para ser armazenado durante muito
tempo e por isso prepara-se, quando é necessário, a partir de sulfato de cobre (II) e iodeto de
hidrogénio.
2 CuSO4 + 4HI ⎯→ 2CuI + 2 H2SO4 + I2
Se forem usados 52,0 g de sulfato de cobre (II), determine:
a) a massa de HI necessária;
b) a massa de cada um dos produtos produzidos.
29. Misturaram-se 81,0 g de alumínio com 1,25 mol de óxido de ferro (III), Fe2O3, tendo-se obtido
60,0 g de ferro.
2 Al + Fe2O3 ⎯→ Al2O3 + 2 Fe
a) Qual o reagente limitante?
b) Qual a massa do reagente em excesso?
c) Qual o rendimento da reacção?
30. O C2H3Cl, policloreto de vinilo (PVC) constitui cerca de 90% do material utilizado na
confecção de garrafas, não recicláveis, usadas na embalagem de águas.
Existindo o hábito de queimar as garrafas vazias de PVC, e sendo CO2, H2O e HCl os principais
produtos dessa combustão, que massa de HCl é lançada, por ano, para a atmosfera, por uma
família que queima, mensalmente, 1 Kg de garrafas, sabendo que metade fica sob a forma de
cinzas?
31. Uma amostra de zinco impuro de massa 4,10 gramas reagiu com excesso de solução de
ácido clorídrico, de acordo com a equação: Zn(s) + 2 HCI(aq) ⎯→ ZnCl2(aq) + H2(g)
O volume de di-hidrogénio (H2) obtido foi 1,22 dm3, medido à pressão de 1,00 atm e 0 ºC (as
impurezas não reagiram). Calcule a percentagem de zinco puro na amostra. (Exame de 12. "Ano
– 1993)
32. A combustão de um hidrocarboneto saturado é traduzida por:
CnH2n+2 + Error! O2 ⎯→ n CO2 + (n + 1) H2O
Quando se queima um determinado alcano, a relação entre a massa de dióxido de carbono e a
de água é 88145. Identifique o alcano analisado. (Butano – C4H10)
33. O sulfato de alumínio pode ser produzido por acção do ácido sulfúrico sobre o cloreto de
alumínio:
AlCl3 (aq) + H2SO4 (aq) ⎯→ Al2(SO4)3 (aq) + HCl (aq)
Como é muito solúvel em água, é necessário evaporar a solução até à secura, o que elimina o
ácido clorídrico, volátil. Para eliminar a água é necessário aquecer a mais de 200 ºC. Numa
preparação usaram-se 41,67 g de cloreto de alumínio, com 10% de impurezas.
a) Acerte o esquema químico dado.
b) Calcule o número de moles de ácido sulfúrico que foi utilizado.
c) Obtiveram-se 42,54 g de sulfato de alumínio puro. Qual foi o rendimento da reacção.
Física e Química A
Ano Lectivo 2011/12
5
SOLUÇÕES
1: 40 g.
2: a) 14,2 g; b) 2,41x1023 iões HO-.
3: 28,3 dm3.
4. a) 50 g; b) 0,8 mol; c) 1,44x1024 átomos O; d) 9 L.
5: a) 1,12 dm3; b) 3,27 g.
6: 3,46 g e 4,57 dm3.
7. a) coeficientes: 2,3,2; b) 494 g; c) 974 g; d) 25,5% de Fe.
8. a) coeficientes: 4,3,1; b) 45 g.
9. a) 22%; b) 4,0x1023 moléculas; 4,8x1023 átomos H; 1,2x1024 átomos (total).
10: NaCl, 8,8 mg.
11: 5,86 g.
12.a) 4,9x10-3 mol de Zn; b) 0,47 g.
13: a) 4,7 g de CaO; b) 1,1 g (NH3), 3,6 g (CaCl2) e 0,6 g (H2O).
14: a) coeficientes: 1,5,3,4; b) 176 g; c) 2240 L; d) 370 g.
15: 73 %.
16: a) 2,71 g; b) 8,83 g de CaCO3; c) 74 %.
17: 75 %.
18: 9,9 g.
19: 98,8 %.
20: 40 %.
21: a) 4,86 g; b) Não (1532 > 1500 cm3).
22: 24,4 g.
23: 489,5 kg.
24: a) 1,00 dm3; c) 41,1 g.
25: 98,8 %.
26: CaCO3 = 37,6 % e NaHCO3 = 62,4 %.
27: a) coeficientes 2,6,2,3; b) 4,7 %.
28. a) 83,3 g; b) 62,0 g (CuI); 31,9 g (H2SO4); 41,3 g (I2);
29. a) Qual o reagente limitante?; b) 6,2 g; c) 18,8 g;
30. 3153,6 g/Ano;
31. 79,5%;
32. Butano – C4H10;
33. b) 0,42 mol; c) 88,5%

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios Estequiometria
Exercícios EstequiometriaExercícios Estequiometria
Exercícios Estequiometria
iqscquimica
 
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reaçãoLista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
Colegio CMC
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
Aninha Felix Vieira Dias
 
Cálculos químicos i soluções
Cálculos químicos i   soluçõesCálculos químicos i   soluções
Cálculos químicos i soluções
Aninha Felix Vieira Dias
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética química
Daiane Gris
 
44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto
44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto
44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto
debiereis
 
Lista 9 2014
Lista 9   2014Lista 9   2014
Lista 9 2014
profNICODEMOS
 
Cinética Química
Cinética QuímicaCinética Química
Cinética Química
Vinny Silva
 
Enunciado q122019
Enunciado q122019Enunciado q122019
Enunciado q122019
JaysonCM
 
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)
Aulas de Química Apoio
 
Revisão de mol 3 ano
Revisão de mol 3 anoRevisão de mol 3 ano
Revisão de mol 3 ano
Rodrigo Sampaio
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
Rodrigo Sampaio
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
Hugo Cruz Rangel
 
Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidade
Rodrigo Sampaio
 
Cineticaquimica
CineticaquimicaCineticaquimica
Cineticaquimica
Cláudia Martins Ledesma
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
Claderci Junior
 
Reacoes Quimicas II
Reacoes Quimicas IIReacoes Quimicas II
Reacoes Quimicas II
PauloMaiaCampos
 
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométricoLista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
semestraltardetotem
 
Estequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impurezaEstequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impureza
Rodrigo Sampaio
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Rodrigo Sampaio
 

Mais procurados (20)

Exercícios Estequiometria
Exercícios EstequiometriaExercícios Estequiometria
Exercícios Estequiometria
 
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reaçãoLista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Cálculos químicos i soluções
Cálculos químicos i   soluçõesCálculos químicos i   soluções
Cálculos químicos i soluções
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética química
 
44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto
44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto
44096407 calculos-estequiometricos-profâº-agamenon-roberto
 
Lista 9 2014
Lista 9   2014Lista 9   2014
Lista 9 2014
 
Cinética Química
Cinética QuímicaCinética Química
Cinética Química
 
Enunciado q122019
Enunciado q122019Enunciado q122019
Enunciado q122019
 
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)
 
Revisão de mol 3 ano
Revisão de mol 3 anoRevisão de mol 3 ano
Revisão de mol 3 ano
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
 
Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidade
 
Cineticaquimica
CineticaquimicaCineticaquimica
Cineticaquimica
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
 
Reacoes Quimicas II
Reacoes Quimicas IIReacoes Quimicas II
Reacoes Quimicas II
 
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométricoLista de exercícios - cálculo estequiométrico
Lista de exercícios - cálculo estequiométrico
 
Estequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impurezaEstequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impureza
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
 

Destaque

Psa 6 equações dos movimentos
Psa 6   equações dos movimentosPsa 6   equações dos movimentos
Psa 6 equações dos movimentos
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Fisica-Quimica
 
Ficha 2 fis-11-unid 1
Ficha 2 fis-11-unid 1Ficha 2 fis-11-unid 1
Ficha 2 fis-11-unid 1
Fisica-Quimica
 
Quim unid 2-ficha-5
Quim unid 2-ficha-5Quim unid 2-ficha-5
Quim unid 2-ficha-5
Fisica-Quimica
 
Reflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º bReflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º b
Fisica-Quimica
 
Quim unid 2-ficha-6
Quim unid 2-ficha-6Quim unid 2-ficha-6
Quim unid 2-ficha-6
Fisica-Quimica
 
Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Fisica-Quimica
 
3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar
Fisica-Quimica
 
Quim unid 1-ficha-1
Quim unid 1-ficha-1Quim unid 1-ficha-1
Quim unid 1-ficha-1
Fisica-Quimica
 
Quim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.oc
Quim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.ocQuim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.oc
Quim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.ocFisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobalGuião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Fisica-Quimica
 
Fichaformativa10ano 11ano
Fichaformativa10ano 11anoFichaformativa10ano 11ano
Fichaformativa10ano 11ano
Fisica-Quimica
 
Psa 15 entalpia das reações
Psa 15   entalpia das reaçõesPsa 15   entalpia das reações
Psa 15 entalpia das reações
Fisica-Quimica
 
Unidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentosUnidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentos
Fisica-Quimica
 
Psa 9 ondas longitudinais e transversais
Psa 9   ondas longitudinais e transversaisPsa 9   ondas longitudinais e transversais
Psa 9 ondas longitudinais e transversais
Fisica-Quimica
 
Psa 4 graves
Psa 4   gravesPsa 4   graves
Psa 4 graves
Fisica-Quimica
 
Ficha 4 fis-11-unid 1
Ficha 4 fis-11-unid 1Ficha 4 fis-11-unid 1
Ficha 4 fis-11-unid 1
Fisica-Quimica
 

Destaque (20)

Psa 6 equações dos movimentos
Psa 6   equações dos movimentosPsa 6   equações dos movimentos
Psa 6 equações dos movimentos
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
 
Ficha 2 fis-11-unid 1
Ficha 2 fis-11-unid 1Ficha 2 fis-11-unid 1
Ficha 2 fis-11-unid 1
 
Quim unid 2-ficha-5
Quim unid 2-ficha-5Quim unid 2-ficha-5
Quim unid 2-ficha-5
 
Reflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º bReflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º b
 
Quim unid 2-ficha-6
Quim unid 2-ficha-6Quim unid 2-ficha-6
Quim unid 2-ficha-6
 
Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
 
3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar
 
Quim unid 1-ficha-1
Quim unid 1-ficha-1Quim unid 1-ficha-1
Quim unid 1-ficha-1
 
Quim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.oc
Quim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.ocQuim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.oc
Quim unid 1 .calculos, rendimento,impurezas.oc
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobalGuião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
 
Fichaformativa10ano 11ano
Fichaformativa10ano 11anoFichaformativa10ano 11ano
Fichaformativa10ano 11ano
 
Psa 15 entalpia das reações
Psa 15   entalpia das reaçõesPsa 15   entalpia das reações
Psa 15 entalpia das reações
 
Unidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentosUnidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentos
 
Psa 9 ondas longitudinais e transversais
Psa 9   ondas longitudinais e transversaisPsa 9   ondas longitudinais e transversais
Psa 9 ondas longitudinais e transversais
 
Psa 4 graves
Psa 4   gravesPsa 4   graves
Psa 4 graves
 
Ficha 4 fis-11-unid 1
Ficha 4 fis-11-unid 1Ficha 4 fis-11-unid 1
Ficha 4 fis-11-unid 1
 

Semelhante a Psa 17 cálculos estequimétricos

Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
Rogeria Gregio
 
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos EstequiométricosLista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Carlos Priante
 
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Mara Farias
 
Exercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometriaExercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometria
Estude Mais
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
ferfla10
 
Exercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª sérieExercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª série
V
 
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADELista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Rodrigo Sampaio
 
1 ficha qumica
1 ficha qumica1 ficha qumica
1 ficha qumica
anacdalves
 
Atividade Cálculos estequiométricos
Atividade Cálculos estequiométricosAtividade Cálculos estequiométricos
Atividade Cálculos estequiométricos
Escola Pública/Particular
 
2°em química rec final_exercícios
2°em química rec final_exercícios2°em química rec final_exercícios
2°em química rec final_exercícios
Adriana Ignácio
 
Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)
Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)
Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)
Leonidas3112
 
Quimica 5
Quimica 5Quimica 5
Quimica 5
UFGRS
 
Ita2008 4dia
Ita2008 4diaIta2008 4dia
Ita2008 4dia
cavip
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Rodrigo Sampaio
 
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médioDependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
Escola Pública/Particular
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
quimica_prefederal
 
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando AbreuEstequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
Cálculos químicos
Cálculos químicosCálculos químicos
Cálculos químicos
Kaleb Reis
 
Lista de exercícios estequiometria
Lista de exercícios   estequiometriaLista de exercícios   estequiometria
Lista de exercícios estequiometria
Silvia Goós
 
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manualaula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
hensonmateus035
 

Semelhante a Psa 17 cálculos estequimétricos (20)

Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
 
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos EstequiométricosLista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
 
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
 
Exercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometriaExercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometria
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
 
Exercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª sérieExercícios de R1 - 2ª série
Exercícios de R1 - 2ª série
 
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADELista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
 
1 ficha qumica
1 ficha qumica1 ficha qumica
1 ficha qumica
 
Atividade Cálculos estequiométricos
Atividade Cálculos estequiométricosAtividade Cálculos estequiométricos
Atividade Cálculos estequiométricos
 
2°em química rec final_exercícios
2°em química rec final_exercícios2°em química rec final_exercícios
2°em química rec final_exercícios
 
Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)
Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)
Apostila de cursinho estequiometria e gases (2)
 
Quimica 5
Quimica 5Quimica 5
Quimica 5
 
Ita2008 4dia
Ita2008 4diaIta2008 4dia
Ita2008 4dia
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
 
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médioDependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
 
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando AbreuEstequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
 
Cálculos químicos
Cálculos químicosCálculos químicos
Cálculos químicos
 
Lista de exercícios estequiometria
Lista de exercícios   estequiometriaLista de exercícios   estequiometria
Lista de exercícios estequiometria
 
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manualaula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
 

Mais de Fisica-Quimica

Matriz 28-maio
Matriz 28-maioMatriz 28-maio
Matriz 28-maio
Fisica-Quimica
 
6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismoGuião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Fisica-Quimica
 
Pag 167 190
Pag 167 190Pag 167 190
Pag 167 190
Fisica-Quimica
 
5 compostos-carbono
5 compostos-carbono5 compostos-carbono
5 compostos-carbono
Fisica-Quimica
 
1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas
Fisica-Quimica
 
Painéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicosPainéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicos
Fisica-Quimica
 
Matriz 2-maio
Matriz 2-maioMatriz 2-maio
Matriz 2-maio
Fisica-Quimica
 
4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares
Fisica-Quimica
 
3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas
Fisica-Quimica
 
2 ligacao
2 ligacao2 ligacao
2 ligacao
Fisica-Quimica
 
1 grupos-t.p.
1 grupos-t.p.1 grupos-t.p.
1 grupos-t.p.
Fisica-Quimica
 
5 compostos-carbono
5 compostos-carbono5 compostos-carbono
5 compostos-carbono
Fisica-Quimica
 
Ficha de exercícios 10º e 11º ano
Ficha de exercícios 10º e 11º anoFicha de exercícios 10º e 11º ano
Ficha de exercícios 10º e 11º ano
Fisica-Quimica
 
Quim unid 1-ficha-4
Quim unid 1-ficha-4Quim unid 1-ficha-4
Quim unid 1-ficha-4
Fisica-Quimica
 
Quim unid 1-ficha-3
Quim unid 1-ficha-3Quim unid 1-ficha-3
Quim unid 1-ficha-3
Fisica-Quimica
 
Quim unid 1-ficha-2
Quim unid 1-ficha-2Quim unid 1-ficha-2
Quim unid 1-ficha-2
Fisica-Quimica
 

Mais de Fisica-Quimica (19)

Matriz 28-maio
Matriz 28-maioMatriz 28-maio
Matriz 28-maio
 
6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismoGuião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
 
Pag 167 190
Pag 167 190Pag 167 190
Pag 167 190
 
5 compostos-carbono
5 compostos-carbono5 compostos-carbono
5 compostos-carbono
 
1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas
 
Painéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicosPainéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicos
 
Matriz 2-maio
Matriz 2-maioMatriz 2-maio
Matriz 2-maio
 
4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares
 
3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas
 
2 ligacao
2 ligacao2 ligacao
2 ligacao
 
1 grupos-t.p.
1 grupos-t.p.1 grupos-t.p.
1 grupos-t.p.
 
5 compostos-carbono
5 compostos-carbono5 compostos-carbono
5 compostos-carbono
 
Ficha de exercícios 10º e 11º ano
Ficha de exercícios 10º e 11º anoFicha de exercícios 10º e 11º ano
Ficha de exercícios 10º e 11º ano
 
Quim unid 1-ficha-4
Quim unid 1-ficha-4Quim unid 1-ficha-4
Quim unid 1-ficha-4
 
Quim unid 1-ficha-3
Quim unid 1-ficha-3Quim unid 1-ficha-3
Quim unid 1-ficha-3
 
Quim unid 1-ficha-2
Quim unid 1-ficha-2Quim unid 1-ficha-2
Quim unid 1-ficha-2
 

Psa 17 cálculos estequimétricos

  • 1. Física e Química A Ano Lectivo 2011/12 1 FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A FEVEREIRO 2012 ____________________________________________________________________________________________________________________ APSA Nº14 11º Ano de Escolaridade 1. Qual a massa de hidróxido de sódio necessária para reagir completamente com 49,05 g de ácido sulfúrico de acordo com a equação química: 2NaHO (aq) + H2SO4 (aq) ⎯→ Na2SO4 (aq) + 2H2O (l) 2. De acordo com a equação química: Cl2 (g) + 2 HO- (aq) ⎯→ ClO- (aq) + Cl- (aq) + H2O (l) , calcular: a) a massa de cloro que seria necessária para preparar 10,3 g de anião hipoclorito (ClO-); b) o número de iões hidróxido consumidos nesse processo. 3. Que volume de PH3, medido nas condições PTN, é produzido a partir de 125 g de Ca3P2 com excesso de água, segundo a equação: Ca3P2 (s) + 6 H2O (l) ⎯→ 3 Ca(OH)2 (s) + 2 PH3 (g), sendo o rendimento de 92 %? 4. Por reacção de calcário (contendo 80% de carbonato de cálcio, CaCO3) com excesso de solução aquosa de ácido nítrico obtiveram-se 17,6 g de CO2. Os outros produtos da reacção foram água e nitrato de cálcio, Ca(NO3)2. a) Calcular a massa de calcário utilizado. b) Que quantidade de ácido nítrico foi consumida? c) Qual o número de átomos do elemento oxigénio presentes nessa quantidade de ácido? d) Qual o volume de dióxido de carbono libertado, medido nas condições PTN? 5. 100 cm3 de uma solução aquosa de ácido sulfúrico de concentração 0,50 mol/L foram tratados com excesso de zinco em pó, tendo-se verificado a seguinte reacção completa: H2SO4 (aq) + Zn (s) ⎯→ ZnSO4 (aq) + H2 (g). a) Calcular o volume de gás libertado, nas condições PTN. b) Que massa de zinco passou à solução sob a forma catiónica (Zn2+)? 6. Sabendo que uma amostra de 10,70 g de cloreto de amónio, NH4Cl, foi aquecida na presença de hidróxido de sódio até total decomposição, segundo a equação química NH4Cl (s) + NaOH (aq) ⎯→ NH3(g) + NaCl (s) + H2O (g), determinar a massa e o volume (PTN) de amoníaco libertado. 7. FeCl3 no estado sólido é o único produto da reacção entre ferro (Fe) e cloro gasoso (Cl2). a) Escrever e acertar a equação química. b) Que massa de produto se obterá a partir de 200 g de ferro se o rendimento for de 85 %? c) Misturou-se 450 g de ferro com 9 moles de Cl2. Determinar a massa de FeCl3 formada d) Que percentagem do reagente que está em excesso ficou por reagir? 8. Uma amostra de clorato de potássio (KClO3), com grau de pureza de 90%, decompõe-se em perclorato de potássio (KClO4) e cloreto de potássio (KCl). a) Acertar a equação. b) Que massa total de produto da reacção se obtém a partir de 50 g de reagente impuro?
  • 2. Física e Química A Ano Lectivo 2011/12 2 9. Uma amostra de álcool etílico com 5% de impurezas não inflamáveis entrou em combustão (completa), formando-se dióxido de carbono e vapor de água. Sabe-se que a amostra impura tinha a massa de 30 g e que se formaram 6 dm3 de produtos gasosos (PTN). a) Determinar o rendimento deste processo. b) Qual é o nº de moléculas, o nº de átomos de hidrogénio e o nº total de átomos presentes nos produtos da reacção? 10. Fizeram-se reagir duas soluções que continham, respectivamente, 10 mg de NaCl e 3,5 mg de AgNO3. Indicar qual é o reagente que se encontra em excesso e a massa que fica por reagir. 11. O monóxido de azoto reage com o oxigénio de acordo com: 2 NO (g) + O2 (g) ⎯→ 2 NO2 (g). Calcular o valor máximo da massa de dióxido de azoto que se pode obter a partir de uma mistura de 3,823 g de NO e 2,886 g de O2. 12. No estudo de uma reacção completa fez-se reagir 0,810 g de zinco em pó (98,9% puro) com 60 cm3 de uma solução aquosa de concentração 0,123 mol/dm3 de nitrato de cobre (II). a) Qual o excesso do reagente excedente? b) Que massa de cobre irá obter-se? 13. A equação 2NH4Cl (s) + CaO (s) ⎯→ 2NH3 (g) + CaCl2 (s) + H2O (l) traduz a reacção de preparação do amoníaco no laboratório. a) Se misturarmos 16,9 g de cloreto de amónio com 13,3 g de óxido de cálcio, que massa de reagente estará em excesso? b) Calcular a massa que se obterá de cada um dos três produtos se o rendimento for de 20 %. 14. Da combustão de certa massa de propano (C3H8) resultaram 12 mol de dióxido de carbono. a) Escrever e acertar a equação química, sabendo que também se forma vapor de água. b) Que massa de combustível foi gasta na reacção? c) Estimar aproximadamente o volume de ar (PTN) necessário para a referida combustão. d) Se o rendimento da reacção fosse 70 %, que massa de CO2 se formaria? 15. A equação química 2 S2Cl2 (l) + C (s) ⎯→ CCl4 (l) + 4 S (s) traduz a preparação do tetracloreto de carbono. Numa certa experiência 3,65 g de S2Cl2 e um excesso de carbono originaram 1,51 g de CCl4. Qual o rendimento desta reacção? 16. Considerar a seguinte equação química: CaCO3 (S) + 2 HCl (aq) ⎯→ CaCl2 (aq) + CO2 (g) + H2O (l). a) Qual é a massa de CO2 que deverá formar-se quando se junta 4,50 g de HCl a 15,0 g de CaCO3? b) Que massa de reagente em excesso sobra no fim da reacção? c) Tendo-se obtido, numa experiência, 2,01 g de CO2, determinar o rendimento do processo. 17. A síntese do amoníaco pode ser descrita por 3 H2(g) + N2 (g) ⎯→ 2 NH3 (g). Sabendo que 2,24 dm3 de H2, medidos nas condições PTN, reagiram com um excesso de N2 originando 0,85 g de NH3, determinar o rendimento da reacção. 18. Na reacção cuja equação química é Al3+ (aq) + 3 OH- (aq) ⎯→ Al(OH)3 (s), qual é a massa
  • 3. Física e Química A Ano Lectivo 2011/12 3 de hidróxido de potássio, com 15% de impurezas, necessária para a reacção completa com 50,0 cm3 de solução de sulfato de alumínio 0,500 mol.dm-3? 19. Dissolveram-se 6,25 g de uma amostra impura de cloreto de sódio em água desionizada até ao volume final de 1,00 dm3. 25,0 cm3 desta solução reagiram com 26,4 cm3 de solução aquosa de nitrato de prata de concentração 0,10 mol/L. Determinar a percentagem de NaCl presente na amostra. (Nota: Na reacção forma-se cloreto de prata e nitrato de sódio.) 20. Decompuseram-se pelo calor 543,7 g de MnO2 e obtiveram-se 40 g de oxigénio segundo: 3 MnO2 ⎯→ Mn3O4 + O2. Qual a percentagem de impurezas existentes no óxido de manganês utilizado? 21. Para se obter sulfato se sódio fez-se reagir, a temperatura elevada, 100 cm3 de ácido sulfúrico de concentração igual a 10 mol/L com 5,00 g de cloreto de sódio contendo 20 % de impurezas inertes. a) Determinar a massa de Na2SO4 obtida após reacção completa. b) Um balão de 1500 cm3 seria suficiente para recolher (PTN) todo o gás libertado nesta reacção (cloreto de hidrogénio)? 22. Uma amostra de iodeto de potássio (KI) tem 15 % de impurezas insolúveis em água. A amostra, com 20,707 g, foi tratada com água quente e, após arrefecimento, tratada com com excesso de uma solução de um sal de chumbo (II) completamente solúvel em água. Qual a massa de iodeto de chumbo, PbI2, que se formou? 23. Um minério de ferro contém 70,0 % de óxido de ferro (III), Fe2O3. Qual a massa de ferro que em princípio se pode obter a partir de 1 tonelada daquele minério? 24. O oxigénio gasoso pode ser obtido por termólise do clorato de potássio, KClO3. A equação química que traduz esta reacção endotérmica é 2 KClO3 (s) ⎯→ 2 KCl (s) + 3 O2. a) Determinar o volume de O2 produzido a partir de uma amostra de 3,646 g de KClO3, medido nas condições normais de pressão e temperatura. c) Qual a massa de cloreto de potássio que se formaria a partir de uma amostra de KClO3 com 90 g de massa e contendo 25% de impurezas? *25. 7,60 g de uma mistura de carbonato de cálcio e sulfato de cálcio (CaCO3 e CaSO4) foi aquecida, para decompor o carbonato (mas não o sulfato), de acordo com CaCO3 (s) ⎯→ CaO (s) + CO2 (g). A massa final da amostra é 4,30 g. Qual a percentagem de CaCO3 na mistura inicial? *26. Uma mistura de hidrogenocarbonato de sódio (NaHCO3) e carbonato de cálcio (CaCO3) tem a massa de 13,10 g. A mistura foi aquecida de modo a darem-se as seguintes termólises (decomposições térmicas): 2 NaHCO3 (s) ⎯→ Na2CO3 (s) + CO2 (g) + H2O (g) CaCO3 (s) ⎯→ CaO (s) + CO2 (g) Sabendo que o sólido obtido no final tinha a massa de 7,918 g, qual a composição inicial da mistura? *27. Uma amostra de 0,50 g de uma liga de cobre e alumínio foi tratada com ácido clorídrico, tendo-se verificado que apenas o alumínio se dissolvia, libertando-se 593 cm3 de hidrogénio,
  • 4. Física e Química A Ano Lectivo 2011/12 4 medidos nas condições PTN. a) Acertar o esquema químico referente a esta reacção: Al (s) + HCl (aq) ⎯→ AlCl3 (aq) + H2 (g). b) Qual a percentagem de cobre na referida liga metálica? 28. O iodeto de cobre(I), não é suficientemente estável para ser armazenado durante muito tempo e por isso prepara-se, quando é necessário, a partir de sulfato de cobre (II) e iodeto de hidrogénio. 2 CuSO4 + 4HI ⎯→ 2CuI + 2 H2SO4 + I2 Se forem usados 52,0 g de sulfato de cobre (II), determine: a) a massa de HI necessária; b) a massa de cada um dos produtos produzidos. 29. Misturaram-se 81,0 g de alumínio com 1,25 mol de óxido de ferro (III), Fe2O3, tendo-se obtido 60,0 g de ferro. 2 Al + Fe2O3 ⎯→ Al2O3 + 2 Fe a) Qual o reagente limitante? b) Qual a massa do reagente em excesso? c) Qual o rendimento da reacção? 30. O C2H3Cl, policloreto de vinilo (PVC) constitui cerca de 90% do material utilizado na confecção de garrafas, não recicláveis, usadas na embalagem de águas. Existindo o hábito de queimar as garrafas vazias de PVC, e sendo CO2, H2O e HCl os principais produtos dessa combustão, que massa de HCl é lançada, por ano, para a atmosfera, por uma família que queima, mensalmente, 1 Kg de garrafas, sabendo que metade fica sob a forma de cinzas? 31. Uma amostra de zinco impuro de massa 4,10 gramas reagiu com excesso de solução de ácido clorídrico, de acordo com a equação: Zn(s) + 2 HCI(aq) ⎯→ ZnCl2(aq) + H2(g) O volume de di-hidrogénio (H2) obtido foi 1,22 dm3, medido à pressão de 1,00 atm e 0 ºC (as impurezas não reagiram). Calcule a percentagem de zinco puro na amostra. (Exame de 12. "Ano – 1993) 32. A combustão de um hidrocarboneto saturado é traduzida por: CnH2n+2 + Error! O2 ⎯→ n CO2 + (n + 1) H2O Quando se queima um determinado alcano, a relação entre a massa de dióxido de carbono e a de água é 88145. Identifique o alcano analisado. (Butano – C4H10) 33. O sulfato de alumínio pode ser produzido por acção do ácido sulfúrico sobre o cloreto de alumínio: AlCl3 (aq) + H2SO4 (aq) ⎯→ Al2(SO4)3 (aq) + HCl (aq) Como é muito solúvel em água, é necessário evaporar a solução até à secura, o que elimina o ácido clorídrico, volátil. Para eliminar a água é necessário aquecer a mais de 200 ºC. Numa preparação usaram-se 41,67 g de cloreto de alumínio, com 10% de impurezas. a) Acerte o esquema químico dado. b) Calcule o número de moles de ácido sulfúrico que foi utilizado. c) Obtiveram-se 42,54 g de sulfato de alumínio puro. Qual foi o rendimento da reacção.
  • 5. Física e Química A Ano Lectivo 2011/12 5 SOLUÇÕES 1: 40 g. 2: a) 14,2 g; b) 2,41x1023 iões HO-. 3: 28,3 dm3. 4. a) 50 g; b) 0,8 mol; c) 1,44x1024 átomos O; d) 9 L. 5: a) 1,12 dm3; b) 3,27 g. 6: 3,46 g e 4,57 dm3. 7. a) coeficientes: 2,3,2; b) 494 g; c) 974 g; d) 25,5% de Fe. 8. a) coeficientes: 4,3,1; b) 45 g. 9. a) 22%; b) 4,0x1023 moléculas; 4,8x1023 átomos H; 1,2x1024 átomos (total). 10: NaCl, 8,8 mg. 11: 5,86 g. 12.a) 4,9x10-3 mol de Zn; b) 0,47 g. 13: a) 4,7 g de CaO; b) 1,1 g (NH3), 3,6 g (CaCl2) e 0,6 g (H2O). 14: a) coeficientes: 1,5,3,4; b) 176 g; c) 2240 L; d) 370 g. 15: 73 %. 16: a) 2,71 g; b) 8,83 g de CaCO3; c) 74 %. 17: 75 %. 18: 9,9 g. 19: 98,8 %. 20: 40 %. 21: a) 4,86 g; b) Não (1532 > 1500 cm3). 22: 24,4 g. 23: 489,5 kg. 24: a) 1,00 dm3; c) 41,1 g. 25: 98,8 %. 26: CaCO3 = 37,6 % e NaHCO3 = 62,4 %. 27: a) coeficientes 2,6,2,3; b) 4,7 %. 28. a) 83,3 g; b) 62,0 g (CuI); 31,9 g (H2SO4); 41,3 g (I2); 29. a) Qual o reagente limitante?; b) 6,2 g; c) 18,8 g; 30. 3153,6 g/Ano; 31. 79,5%; 32. Butano – C4H10; 33. b) 0,42 mol; c) 88,5%