SlideShare uma empresa Scribd logo
APRESENTAÇÃO
grggggggggggggggggggg
ggggggggg
Disciplina: FAII e FAI
Objetivo da aula: apresentar a disciplina
Conteúdo: Plano de ensino. Principais pontos
da disciplina. Formação dos grupos de
trabalho. Escolha das empresas que serão
avaliadas. Revisão da HME.
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Objetivo
• Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos
sobre avaliação de ativos com base no valor
intrínseco, bem como decisões sobre estrutura de
capital e política de dividendos.
2
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Conteúdo Programático
• Planilha (já divulgada no blog: http://goo.gl/ctzeDN).
• OBSERVAÇÃO!! Isso é um planejamento, não
necessariamente ocorrerá como está na planilha.
Mas nos dará base para acompanhar as aulas.
3
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Estratégias de ensino
• Serão utilizados em sala de aula, os seguintes
procedimentos:
a) aula expositiva com o auxílio do quadro
b) aula expositiva com o auxílio do datashow
c) aulas práticas, com aplicações de estudos de casos
d) aulas práticas no laboratório
e) apresentações de seminários.
4
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Avaliação da aprendizagem
• 1ª nota: 10% da nota será consequência da postura e da
participação do aluno nas aulas, 20% é a soma de exercícios e
trabalhos realizados em sala de aula (ou fora dela) e 70% é
decorrente de uma prova.
• 2ª nota: 10% em consequência da postura e da participação
do aluno nas aulas, 10% da soma dos exercícios e trabalhos
realizados, 60% decorrente da prova e 20% decorrente da
apresentação de uma valuation elaborada por uma grande
empresa.
• 3ª nota: a nota será 10% em consequência da postura e da
participação do aluno nas aulas, 10% da soma dos exercícios e
trabalhos realizados, 20% decorrente da prova, 20% da
apresentação do seminário (artigo pré-selecionado) e 40% da
apresentação (escrita e oral) da valuation de uma empresa
previamente escolhida pelo grupo de alunos.
5
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Referências básicas
• AIUBE, Fernando A.L. Modelos quantitativos em
finanças com enfoque em commodities. Porto
Alegre: Bookman, 2013.
• DAMODARAN, Aswath. Investment valuation: tools
and techniques for determining the value of any
asset. 2nd ed. New York: John Wiley & Sons, 2002.
• ROSS, Stephen A. et al. Fundamentos da
administração financeira. 9ed. Porto Alegre: AMGH,
2013.
6
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Referências complementares
• BERK, Jonathan; DEMARZO, Peter; HARFORD, Jarrad. Fundamentals
of corporate finance. 2nd ed. Pearson Education, 2012.
• BRUNER, Robert F. Estudos de casos em finanças: gestão para
criação de valor corporativo. 5ed. São Paulo: Mc Graw-Hill, 2009.
• CARVALHO, Valdemir G. Calculadora Financeira HP12c: uma
ferramenta para a gestão financeira das organizações. Natal:
EDUFRN, 2012.
• DAMODARAN, Aswath. The little book of valuation: how to value a
company, pick a stock, and profit. New Jersey: John Wiley & Sons,
2011.
• FERNÁNDEZ, Pablo. Three Residual Income Valuation Methods and
Discounted Cash Flow Valuation. Working Paper, 2002.
7
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Referências complementares
• FERNÁNDEZ, Pablo. Company valuation methods. The most
common errors in valuations. Working Paper, 2007.
• FERNÁNDEZ, Pablo; BILAN, Andrada. 110 common erros in
company valuations. Working Paper, 2007.
• FERNÁNDEZ, Pablo. 100 questions on finance. Working Paper,
2008.
• FERNÁNDEZ, Pablo. Valuing Companies by Cash Flow
Discounting: 10 Methods and 9 Theories. Working Paper,
2009.
• FERNÁNDEZ, Pablo; BERMEJO, VicenteJ. β= 1 does a better job
than calculated betas. Working Paper, 2009.
8
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Referências complementares
• FERNÁNDEZ, Pablo. Ten badly explained topics in most
corporate finance books. Working Paper, 2012.
• KOLLER, Tim; GOEDHAR, Marc; WESSELS, David.
Valuation: measuring and managing the value of
companies. 5th ed. New Jersey: John Wiley & Sons, 2010.
• ROSS, Stephen A.; WESTERFIELD, Randolph W.; JAFFE,
Jeffrey F. Administração financeira: corporate finance.
2ed. São Paulo: Atlas, 2002.
• VERNIMMEN, Pierre et al. Corporate finance: theory and
practice. 2nd ed. John Wiley & Sons, Ltd., 2009.
9
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Blogs
• Assinem a lista de emails dos blogs que uso para
divulgar materiais da disciplina:
– Contabilidade & Métodos Quantitativos:
http://goo.gl/OrLCaj
– Finanças Aplicadas Brasil: http://goo.gl/QeLxF4
– Fanpage do C&MQ: http://goo.gl/TpwWRI
10
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Divulgação das notas
• As notas geralmente são divulgadas até a aula
seguinte à aplicação da prova.
• A divulgação é realizada por meio do Blog. Por isso
vocês devem assinar a lista de emails do Blog.
11
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Formação dos grupos de trabalho
• Anotar as duplas na planilha de notas: FII1, FII2 e
FAI2.
• As duplas farão todos os trabalhos da disciplina em
conjunto.
12
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Seminário I – Valuations Prontas
• Os alunos deverão analisar e apresentar relatórios de
valuations que foram previamente elaborados e
divulgados no site da CVM
(http://sistemas.cvm.gov.br/?opa) por grandes
consultorias:
1. Cacique: http://goo.gl/BaEFpt
2. Cremer: http://goo.gl/YiJsKV
3. Café Iguaçu: http://goo.gl/93Ylqp
4. Santander: http://goo.gl/ZvTqqc
5. GTD Participações: http://goo.gl/2dGPA5
6. CCB Brazil: http://goo.gl/UcjyAI
7. Indústria Verolme: http://goo.gl/FWGG3K
8. Brookfield: http://goo.gl/azDUMj
9. Camargo Corrêa: http://goo.gl/ZIh0kN
10. Tam: http://goo.gl/7amKuE
11. Net: http://goo.gl/vMxyKV
13
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Seminário II - Artigos
• Artigos:
1. Problemas de estimação de custo de capital de empresas concessionárias no Brasil: uma
aplicação à regulamentação de concessões rodoviárias: http://goo.gl/DEIdos
2. Práticas de orçamento de capital: um estudo em empresas hoteleiras de São Paulo, Rio de
Janeiro e Salvador: http://goo.gl/Q6kuNC
3. Avaliação de empresas e probabilidade de negociação com informação privilegiada no
mercado de capitais: http://goo.gl/fJof5Y
4. Apreçamento de opções sobre taxa de câmbio R $/US $ negociadas no Brasil: uma
comparação entre os modelos Black e redes neurais artificiais: http://goo.gl/QBesxT
5. DETERMINANTES DO PREÇO DOS LAUDOS DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS EM OPA´S:
http://goo.gl/HrD6Bi
6. ESTUDO EMPÍRICO COMPARATIVO DOS MODELOS KMV PADRÃO E KMV NAÏVE NO
CONTEXTO BRASILEIRO: http://goo.gl/SJeuGZ
7. REDES SOCIAIS NA ESTRUTURA DE CAPITAL DAS EMPRESAS DE SERVIÇO DE UTILIDADE
PÚBLICA E DE TELECOMUNICAÇÕES: http://goo.gl/htZpoV
8. ESTRUTURA DE CAPITAL EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DE ITABIRA-MG:
http://goo.gl/Rvk9h9
9. Custo do capital próprio como taxa de desconto na avaliação de empresas no Brasil:
evidências entre a teoria e a prática de mercado: http://goo.gl/UZVEY1
10. EFEITO DAS ESTRATÉGIAS FINANCEIRAS ALINHADO A POLÍTICA DE DIVIDENDOS DAS
EMPRESAS DE PROPRIEDADE FAMILIAR E NÃO FAMILIAR: http://goo.gl/02xfgh
11. DETERMINANTES DA POLÍTICA DE DIVIDENDOS EM PORTUGAL: http://goo.gl/rgiERT
14
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Seminário III – Valuations próprias
• Os alunos deverão escolher suas empresas.
• Como preparar um relatório de valuation?
http://goo.gl/SHO7XF
• Alguns exemplos: http://goo.gl/08BToc
15
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
Estrutura conceitual completa
• Leiam com atenção os 20 pontos da nossa Estrutura
Conceitual: http://goo.gl/re0u2I
• Principalmente:
1. Avaliação dos seminários e debates
2. Telefone celular
3. Exercícios deverão ser feitos a mão
4. Do Ponto 7 ao 11 sobre as provas
• Além disso, os trabalhos que são feitos em dupla
deverão ser dominados por todo o grupo. Caso algum
membro do grupo não apresente ou desista do curso,
o remanescente deverá ter capacidade de apresentar
sozinho, na data combinada. Vocês já sabem disso
desde hoje, não há desculpa!!
16
Felipe Pontes
www.contabilidademq.blogspot.com
HME
• Vamos relembrar brevemente a hipótese de
mercados eficientes.
– O que é um mercado eficiente;
– Formas de eficiência segundo Fama (1970): fraca,
semiforte e forte
– Estudos de eventos; e
– Testes de informações privadas.
17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação de carteiras de investimentos
Avaliação de carteiras de investimentosAvaliação de carteiras de investimentos
Avaliação de carteiras de investimentosFelipe Pontes
 
Caso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da Contabilidade
Caso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da ContabilidadeCaso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da Contabilidade
Caso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da ContabilidadeFelipe Pontes
 
Dos lucros ao fluxo de caixa
Dos lucros ao fluxo de caixaDos lucros ao fluxo de caixa
Dos lucros ao fluxo de caixaFelipe Pontes
 
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuationMitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuationFelipe Pontes
 
Valuation da RaiaDrogasil
Valuation da RaiaDrogasilValuation da RaiaDrogasil
Valuation da RaiaDrogasilFelipe Pontes
 
APV e Custo do Capital
APV e Custo do CapitalAPV e Custo do Capital
APV e Custo do CapitalFelipe Pontes
 
Apresentação Finanças 2 - Valuation
Apresentação Finanças 2 - ValuationApresentação Finanças 2 - Valuation
Apresentação Finanças 2 - ValuationFelipe Pontes
 
Introdução às finanças
Introdução às finançasIntrodução às finanças
Introdução às finançasFelipe Pontes
 
VPL e Orçamento de Capital
VPL e Orçamento de CapitalVPL e Orçamento de Capital
VPL e Orçamento de CapitalFelipe Pontes
 
Taxa livre de risco e prêmio pelo risco
Taxa livre de risco e prêmio pelo riscoTaxa livre de risco e prêmio pelo risco
Taxa livre de risco e prêmio pelo riscoFelipe Pontes
 
Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)
Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)
Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)Felipe Pontes
 
Newsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSA
Newsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSANewsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSA
Newsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSAFelipe Pontes
 
Valuation da Weg - Turma de 2016.1
Valuation da Weg - Turma de 2016.1Valuation da Weg - Turma de 2016.1
Valuation da Weg - Turma de 2016.1Felipe Pontes
 
Valuation Vivo (turma de 2017)
Valuation Vivo (turma de 2017)Valuation Vivo (turma de 2017)
Valuation Vivo (turma de 2017)Felipe Pontes
 
Orçamento de Capital e VPL
Orçamento de Capital e VPLOrçamento de Capital e VPL
Orçamento de Capital e VPLFelipe Pontes
 
Valuation da Ambev - Turma de 2016.1
Valuation da Ambev - Turma de 2016.1Valuation da Ambev - Turma de 2016.1
Valuation da Ambev - Turma de 2016.1Felipe Pontes
 
Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2
Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2
Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2Felipe Pontes
 
Avaliação de carteiras e fundos de investimentos
Avaliação de carteiras e fundos de investimentosAvaliação de carteiras e fundos de investimentos
Avaliação de carteiras e fundos de investimentosFelipe Pontes
 
Estimando o valor por ação
Estimando o valor por açãoEstimando o valor por ação
Estimando o valor por açãoFelipe Pontes
 
Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?
Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?
Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?Felipe Pontes
 

Mais procurados (20)

Avaliação de carteiras de investimentos
Avaliação de carteiras de investimentosAvaliação de carteiras de investimentos
Avaliação de carteiras de investimentos
 
Caso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da Contabilidade
Caso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da ContabilidadeCaso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da Contabilidade
Caso Abdul - Revisão dos Princípios Básicos da Contabilidade
 
Dos lucros ao fluxo de caixa
Dos lucros ao fluxo de caixaDos lucros ao fluxo de caixa
Dos lucros ao fluxo de caixa
 
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuationMitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
 
Valuation da RaiaDrogasil
Valuation da RaiaDrogasilValuation da RaiaDrogasil
Valuation da RaiaDrogasil
 
APV e Custo do Capital
APV e Custo do CapitalAPV e Custo do Capital
APV e Custo do Capital
 
Apresentação Finanças 2 - Valuation
Apresentação Finanças 2 - ValuationApresentação Finanças 2 - Valuation
Apresentação Finanças 2 - Valuation
 
Introdução às finanças
Introdução às finançasIntrodução às finanças
Introdução às finanças
 
VPL e Orçamento de Capital
VPL e Orçamento de CapitalVPL e Orçamento de Capital
VPL e Orçamento de Capital
 
Taxa livre de risco e prêmio pelo risco
Taxa livre de risco e prêmio pelo riscoTaxa livre de risco e prêmio pelo risco
Taxa livre de risco e prêmio pelo risco
 
Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)
Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)
Curso de avaliação pelo fluxo de caixa descontado (Valuation)
 
Newsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSA
Newsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSANewsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSA
Newsletter Agosto 2017 - Assessoria de Extensão do CCSA
 
Valuation da Weg - Turma de 2016.1
Valuation da Weg - Turma de 2016.1Valuation da Weg - Turma de 2016.1
Valuation da Weg - Turma de 2016.1
 
Valuation Vivo (turma de 2017)
Valuation Vivo (turma de 2017)Valuation Vivo (turma de 2017)
Valuation Vivo (turma de 2017)
 
Orçamento de Capital e VPL
Orçamento de Capital e VPLOrçamento de Capital e VPL
Orçamento de Capital e VPL
 
Valuation da Ambev - Turma de 2016.1
Valuation da Ambev - Turma de 2016.1Valuation da Ambev - Turma de 2016.1
Valuation da Ambev - Turma de 2016.1
 
Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2
Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2
Análise crítica dos indicadores contábeis tradicionais parte 2
 
Avaliação de carteiras e fundos de investimentos
Avaliação de carteiras e fundos de investimentosAvaliação de carteiras e fundos de investimentos
Avaliação de carteiras e fundos de investimentos
 
Estimando o valor por ação
Estimando o valor por açãoEstimando o valor por ação
Estimando o valor por ação
 
Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?
Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?
Quando a competição de empresas não maduras reduz seu custo do capital?
 

Destaque

Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015
Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015
Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015Wilson Pereira da Silva
 
Restaurante Sabor da Terra
Restaurante Sabor da TerraRestaurante Sabor da Terra
Restaurante Sabor da TerraMarco Coghi
 
Plano de aula do ifpi
Plano de aula do ifpiPlano de aula do ifpi
Plano de aula do ifpiElane Silva
 
Risco financeiro
Risco financeiroRisco financeiro
Risco financeiroag_domingos
 
Risco, retorno e liquidez
Risco, retorno e liquidezRisco, retorno e liquidez
Risco, retorno e liquidezRosaneRiviera
 
Risco e incerteza
Risco e incertezaRisco e incerteza
Risco e incertezaDelza
 
Plano de aula 2016
Plano de aula 2016Plano de aula 2016
Plano de aula 2016Karlla Costa
 
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas - Aula 1 Momento 1
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas -  Aula 1 Momento 1Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas -  Aula 1 Momento 1
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas - Aula 1 Momento 1alfamacursos
 
Restaurante Dona Flor
Restaurante Dona FlorRestaurante Dona Flor
Restaurante Dona FlorMarco Coghi
 
A Arte de Bem Servir em Bares e Restaurantes
A Arte de Bem Servir em Bares e RestaurantesA Arte de Bem Servir em Bares e Restaurantes
A Arte de Bem Servir em Bares e RestaurantesGrupo E. Fabris
 
Mídias na educação - plano de aula
Mídias na educação -   plano de aulaMídias na educação -   plano de aula
Mídias na educação - plano de aulaConceição Rosa
 
Plano de aula UTFPR
Plano de aula UTFPRPlano de aula UTFPR
Plano de aula UTFPReddergueddes
 

Destaque (20)

Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015
Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015
Planejamento aula seletivo ifmt matemática 2015
 
Restaurante Sabor da Terra
Restaurante Sabor da TerraRestaurante Sabor da Terra
Restaurante Sabor da Terra
 
Plano de aula tga i
Plano de aula tga iPlano de aula tga i
Plano de aula tga i
 
Plano de aula do ifpi
Plano de aula do ifpiPlano de aula do ifpi
Plano de aula do ifpi
 
Risco financeiro
Risco financeiroRisco financeiro
Risco financeiro
 
Risco, retorno e liquidez
Risco, retorno e liquidezRisco, retorno e liquidez
Risco, retorno e liquidez
 
Risco e retorno pfo
Risco e retorno   pfoRisco e retorno   pfo
Risco e retorno pfo
 
Risco e incerteza
Risco e incertezaRisco e incerteza
Risco e incerteza
 
Riscos financeiros
Riscos financeirosRiscos financeiros
Riscos financeiros
 
Curso para garçon
Curso para garçonCurso para garçon
Curso para garçon
 
Plano de aula 2016
Plano de aula 2016Plano de aula 2016
Plano de aula 2016
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas - Aula 1 Momento 1
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas -  Aula 1 Momento 1Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas -  Aula 1 Momento 1
Técnicas para Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas - Aula 1 Momento 1
 
Risco e retorno
Risco e retornoRisco e retorno
Risco e retorno
 
Restaurante Dona Flor
Restaurante Dona FlorRestaurante Dona Flor
Restaurante Dona Flor
 
Cooperativismo
CooperativismoCooperativismo
Cooperativismo
 
A Arte de Bem Servir em Bares e Restaurantes
A Arte de Bem Servir em Bares e RestaurantesA Arte de Bem Servir em Bares e Restaurantes
A Arte de Bem Servir em Bares e Restaurantes
 
Mídias na educação - plano de aula
Mídias na educação -   plano de aulaMídias na educação -   plano de aula
Mídias na educação - plano de aula
 
Treinamento para Restaurantes - Garçom Vendedor
Treinamento para Restaurantes - Garçom VendedorTreinamento para Restaurantes - Garçom Vendedor
Treinamento para Restaurantes - Garçom Vendedor
 
Plano de aula UTFPR
Plano de aula UTFPRPlano de aula UTFPR
Plano de aula UTFPR
 

Semelhante a Aula 1- Finanças Aplicadas II e FAI 2015.1

Apresentação do curso de valuation
Apresentação do curso de valuationApresentação do curso de valuation
Apresentação do curso de valuationFelipe Pontes
 
Introdução às finanças
Introdução às finançasIntrodução às finanças
Introdução às finançasFelipe Pontes
 
Introdução às finanças
Introdução às finançasIntrodução às finanças
Introdução às finançasFelipe Pontes
 
Desafio profissional cco 7.8
Desafio profissional cco 7.8Desafio profissional cco 7.8
Desafio profissional cco 7.8Marcelo Antonio
 
Introdução e estatísticas descritivas
Introdução e estatísticas descritivasIntrodução e estatísticas descritivas
Introdução e estatísticas descritivasFelipe Pontes
 
Introdução às Finanças
Introdução às FinançasIntrodução às Finanças
Introdução às FinançasFelipe Pontes
 
Atps 2012 2_cco_2_economia
Atps 2012 2_cco_2_economiaAtps 2012 2_cco_2_economia
Atps 2012 2_cco_2_economiawesleyheitor
 
Sumário de Fundamentos do Valuation.pdf
Sumário de Fundamentos do Valuation.pdfSumário de Fundamentos do Valuation.pdf
Sumário de Fundamentos do Valuation.pdfPedro Luis Moraes
 
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiraAtps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiraDenilson Bonilha Petelin
 
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiraAtps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiramoacirribeiro82
 
Atps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiraAtps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeirapgr_net
 
Pesquisa de Boas Praticas Prumos
Pesquisa de Boas Praticas PrumosPesquisa de Boas Praticas Prumos
Pesquisa de Boas Praticas PrumosMobilize Brasil
 
Atps custos
Atps   custosAtps   custos
Atps custossi-2012
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)Jose Rudy
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)Jose Rudy
 
Startups - O novo paradigma da administração
Startups - O novo paradigma da administraçãoStartups - O novo paradigma da administração
Startups - O novo paradigma da administraçãoRyan Padilha
 
Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)Jose Rudy
 
Atps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiras
Atps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeirasAtps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiras
Atps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeirastitapaty
 

Semelhante a Aula 1- Finanças Aplicadas II e FAI 2015.1 (20)

Apresentação do curso de valuation
Apresentação do curso de valuationApresentação do curso de valuation
Apresentação do curso de valuation
 
Introdução às finanças
Introdução às finançasIntrodução às finanças
Introdução às finanças
 
Introdução às finanças
Introdução às finançasIntrodução às finanças
Introdução às finanças
 
Desafio profissional cco 7.8
Desafio profissional cco 7.8Desafio profissional cco 7.8
Desafio profissional cco 7.8
 
Introdução e estatísticas descritivas
Introdução e estatísticas descritivasIntrodução e estatísticas descritivas
Introdução e estatísticas descritivas
 
Introdução às Finanças
Introdução às FinançasIntrodução às Finanças
Introdução às Finanças
 
Atps 2012 2_cco_2_economia
Atps 2012 2_cco_2_economiaAtps 2012 2_cco_2_economia
Atps 2012 2_cco_2_economia
 
Sumário de Fundamentos do Valuation.pdf
Sumário de Fundamentos do Valuation.pdfSumário de Fundamentos do Valuation.pdf
Sumário de Fundamentos do Valuation.pdf
 
The Lean LaunchPad
The Lean LaunchPadThe Lean LaunchPad
The Lean LaunchPad
 
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiraAtps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
 
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiraAtps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps cco estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
 
Atps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiraAtps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
Atps 2014 1_cco_5_estrutura_e_analise_demonstracoes_financeira
 
Pesquisa de Boas Praticas Prumos
Pesquisa de Boas Praticas PrumosPesquisa de Boas Praticas Prumos
Pesquisa de Boas Praticas Prumos
 
Atps custos
Atps   custosAtps   custos
Atps custos
 
31 997320837 estagio adm
31 997320837 estagio adm31 997320837 estagio adm
31 997320837 estagio adm
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
 
Startups - O novo paradigma da administração
Startups - O novo paradigma da administraçãoStartups - O novo paradigma da administração
Startups - O novo paradigma da administração
 
Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)
 
Atps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiras
Atps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeirasAtps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiras
Atps adm estrutura_e_analise_demonstracoes_financeiras
 

Mais de Felipe Pontes

Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuationMitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuationFelipe Pontes
 
Ciclo de vida e desempenho das empresas
Ciclo de vida e desempenho das empresasCiclo de vida e desempenho das empresas
Ciclo de vida e desempenho das empresasFelipe Pontes
 
Fraude e gerenciamento de resultados
Fraude e gerenciamento de resultadosFraude e gerenciamento de resultados
Fraude e gerenciamento de resultadosFelipe Pontes
 
Análise de crédito e previsão de insolvência
Análise de crédito e previsão de insolvênciaAnálise de crédito e previsão de insolvência
Análise de crédito e previsão de insolvênciaFelipe Pontes
 
Mitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsa
Mitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsaMitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsa
Mitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsaFelipe Pontes
 
Modelagem financeira e demonstrações pro forma
Modelagem financeira e demonstrações pro formaModelagem financeira e demonstrações pro forma
Modelagem financeira e demonstrações pro formaFelipe Pontes
 
Análise comparativa de empresas
Análise comparativa de empresasAnálise comparativa de empresas
Análise comparativa de empresasFelipe Pontes
 
Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1
Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1
Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1Felipe Pontes
 
Objetivos centrais da análise das demonstrações contábeis
Objetivos centrais da análise das demonstrações contábeisObjetivos centrais da análise das demonstrações contábeis
Objetivos centrais da análise das demonstrações contábeisFelipe Pontes
 
Análise do negócio da empresa
Análise do negócio da empresaAnálise do negócio da empresa
Análise do negócio da empresaFelipe Pontes
 
Onde coletar informações para analisar as empresas
Onde coletar informações para analisar as empresasOnde coletar informações para analisar as empresas
Onde coletar informações para analisar as empresasFelipe Pontes
 
Análise prévia da contabilidade
Análise prévia da contabilidadeAnálise prévia da contabilidade
Análise prévia da contabilidadeFelipe Pontes
 
Análise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das Demonstrações
Análise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das DemonstraçõesAnálise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das Demonstrações
Análise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das DemonstraçõesFelipe Pontes
 
Introdução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPB
Introdução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPBIntrodução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPB
Introdução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPBFelipe Pontes
 
Pesquisa em contabilidade dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade dicas e falhas comunsPesquisa em contabilidade dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade dicas e falhas comunsFelipe Pontes
 
PIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPB
PIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPBPIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPB
PIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPBFelipe Pontes
 
Mitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuation
Mitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuationMitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuation
Mitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuationFelipe Pontes
 
Política de Dividendos e Modelo de Desconto de Dividendos
Política de Dividendos e Modelo de Desconto de DividendosPolítica de Dividendos e Modelo de Desconto de Dividendos
Política de Dividendos e Modelo de Desconto de DividendosFelipe Pontes
 
Modelagem financeira e balanco pro forma
Modelagem financeira e balanco pro forma  Modelagem financeira e balanco pro forma
Modelagem financeira e balanco pro forma Felipe Pontes
 
Aplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - Fermização
Aplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - FermizaçãoAplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - Fermização
Aplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - FermizaçãoFelipe Pontes
 

Mais de Felipe Pontes (20)

Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuationMitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
Mitos, (nem tão) verdades (assim) e aplicações de valuation
 
Ciclo de vida e desempenho das empresas
Ciclo de vida e desempenho das empresasCiclo de vida e desempenho das empresas
Ciclo de vida e desempenho das empresas
 
Fraude e gerenciamento de resultados
Fraude e gerenciamento de resultadosFraude e gerenciamento de resultados
Fraude e gerenciamento de resultados
 
Análise de crédito e previsão de insolvência
Análise de crédito e previsão de insolvênciaAnálise de crédito e previsão de insolvência
Análise de crédito e previsão de insolvência
 
Mitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsa
Mitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsaMitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsa
Mitos sobre investimentos: além da "seguranca" da poupanca e do "risco" da bolsa
 
Modelagem financeira e demonstrações pro forma
Modelagem financeira e demonstrações pro formaModelagem financeira e demonstrações pro forma
Modelagem financeira e demonstrações pro forma
 
Análise comparativa de empresas
Análise comparativa de empresasAnálise comparativa de empresas
Análise comparativa de empresas
 
Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1
Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1
Análise por Indicadores Tradicionais - Parte 1
 
Objetivos centrais da análise das demonstrações contábeis
Objetivos centrais da análise das demonstrações contábeisObjetivos centrais da análise das demonstrações contábeis
Objetivos centrais da análise das demonstrações contábeis
 
Análise do negócio da empresa
Análise do negócio da empresaAnálise do negócio da empresa
Análise do negócio da empresa
 
Onde coletar informações para analisar as empresas
Onde coletar informações para analisar as empresasOnde coletar informações para analisar as empresas
Onde coletar informações para analisar as empresas
 
Análise prévia da contabilidade
Análise prévia da contabilidadeAnálise prévia da contabilidade
Análise prévia da contabilidade
 
Análise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das Demonstrações
Análise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das DemonstraçõesAnálise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das Demonstrações
Análise do Relatório de Auditoria Antes da Análise das Demonstrações
 
Introdução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPB
Introdução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPBIntrodução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPB
Introdução à Análise Avançada das Demonstrações Contábeis UFPB
 
Pesquisa em contabilidade dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade dicas e falhas comunsPesquisa em contabilidade dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade dicas e falhas comuns
 
PIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPB
PIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPBPIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPB
PIBIC, Monitoria e Extensão no DFC/UFPB
 
Mitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuation
Mitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuationMitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuation
Mitos, (nem tao) verdades (assim) e aplicacoes de valuation
 
Política de Dividendos e Modelo de Desconto de Dividendos
Política de Dividendos e Modelo de Desconto de DividendosPolítica de Dividendos e Modelo de Desconto de Dividendos
Política de Dividendos e Modelo de Desconto de Dividendos
 
Modelagem financeira e balanco pro forma
Modelagem financeira e balanco pro forma  Modelagem financeira e balanco pro forma
Modelagem financeira e balanco pro forma
 
Aplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - Fermização
Aplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - FermizaçãoAplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - Fermização
Aplicando a técnica de Fermi para resolver problemas - Fermização
 

Último

Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfPastor Robson Colaço
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxmairaviani
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]ESCRIBA DE CRISTO
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade geneticMrMartnoficial
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkLisaneWerlang
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 

Último (20)

Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade genetic
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 

Aula 1- Finanças Aplicadas II e FAI 2015.1

  • 1. APRESENTAÇÃO grggggggggggggggggggg ggggggggg Disciplina: FAII e FAI Objetivo da aula: apresentar a disciplina Conteúdo: Plano de ensino. Principais pontos da disciplina. Formação dos grupos de trabalho. Escolha das empresas que serão avaliadas. Revisão da HME.
  • 2. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Objetivo • Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos sobre avaliação de ativos com base no valor intrínseco, bem como decisões sobre estrutura de capital e política de dividendos. 2
  • 3. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Conteúdo Programático • Planilha (já divulgada no blog: http://goo.gl/ctzeDN). • OBSERVAÇÃO!! Isso é um planejamento, não necessariamente ocorrerá como está na planilha. Mas nos dará base para acompanhar as aulas. 3
  • 4. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Estratégias de ensino • Serão utilizados em sala de aula, os seguintes procedimentos: a) aula expositiva com o auxílio do quadro b) aula expositiva com o auxílio do datashow c) aulas práticas, com aplicações de estudos de casos d) aulas práticas no laboratório e) apresentações de seminários. 4
  • 5. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Avaliação da aprendizagem • 1ª nota: 10% da nota será consequência da postura e da participação do aluno nas aulas, 20% é a soma de exercícios e trabalhos realizados em sala de aula (ou fora dela) e 70% é decorrente de uma prova. • 2ª nota: 10% em consequência da postura e da participação do aluno nas aulas, 10% da soma dos exercícios e trabalhos realizados, 60% decorrente da prova e 20% decorrente da apresentação de uma valuation elaborada por uma grande empresa. • 3ª nota: a nota será 10% em consequência da postura e da participação do aluno nas aulas, 10% da soma dos exercícios e trabalhos realizados, 20% decorrente da prova, 20% da apresentação do seminário (artigo pré-selecionado) e 40% da apresentação (escrita e oral) da valuation de uma empresa previamente escolhida pelo grupo de alunos. 5
  • 6. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Referências básicas • AIUBE, Fernando A.L. Modelos quantitativos em finanças com enfoque em commodities. Porto Alegre: Bookman, 2013. • DAMODARAN, Aswath. Investment valuation: tools and techniques for determining the value of any asset. 2nd ed. New York: John Wiley & Sons, 2002. • ROSS, Stephen A. et al. Fundamentos da administração financeira. 9ed. Porto Alegre: AMGH, 2013. 6
  • 7. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Referências complementares • BERK, Jonathan; DEMARZO, Peter; HARFORD, Jarrad. Fundamentals of corporate finance. 2nd ed. Pearson Education, 2012. • BRUNER, Robert F. Estudos de casos em finanças: gestão para criação de valor corporativo. 5ed. São Paulo: Mc Graw-Hill, 2009. • CARVALHO, Valdemir G. Calculadora Financeira HP12c: uma ferramenta para a gestão financeira das organizações. Natal: EDUFRN, 2012. • DAMODARAN, Aswath. The little book of valuation: how to value a company, pick a stock, and profit. New Jersey: John Wiley & Sons, 2011. • FERNÁNDEZ, Pablo. Three Residual Income Valuation Methods and Discounted Cash Flow Valuation. Working Paper, 2002. 7
  • 8. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Referências complementares • FERNÁNDEZ, Pablo. Company valuation methods. The most common errors in valuations. Working Paper, 2007. • FERNÁNDEZ, Pablo; BILAN, Andrada. 110 common erros in company valuations. Working Paper, 2007. • FERNÁNDEZ, Pablo. 100 questions on finance. Working Paper, 2008. • FERNÁNDEZ, Pablo. Valuing Companies by Cash Flow Discounting: 10 Methods and 9 Theories. Working Paper, 2009. • FERNÁNDEZ, Pablo; BERMEJO, VicenteJ. β= 1 does a better job than calculated betas. Working Paper, 2009. 8
  • 9. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Referências complementares • FERNÁNDEZ, Pablo. Ten badly explained topics in most corporate finance books. Working Paper, 2012. • KOLLER, Tim; GOEDHAR, Marc; WESSELS, David. Valuation: measuring and managing the value of companies. 5th ed. New Jersey: John Wiley & Sons, 2010. • ROSS, Stephen A.; WESTERFIELD, Randolph W.; JAFFE, Jeffrey F. Administração financeira: corporate finance. 2ed. São Paulo: Atlas, 2002. • VERNIMMEN, Pierre et al. Corporate finance: theory and practice. 2nd ed. John Wiley & Sons, Ltd., 2009. 9
  • 10. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Blogs • Assinem a lista de emails dos blogs que uso para divulgar materiais da disciplina: – Contabilidade & Métodos Quantitativos: http://goo.gl/OrLCaj – Finanças Aplicadas Brasil: http://goo.gl/QeLxF4 – Fanpage do C&MQ: http://goo.gl/TpwWRI 10
  • 11. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Divulgação das notas • As notas geralmente são divulgadas até a aula seguinte à aplicação da prova. • A divulgação é realizada por meio do Blog. Por isso vocês devem assinar a lista de emails do Blog. 11
  • 12. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Formação dos grupos de trabalho • Anotar as duplas na planilha de notas: FII1, FII2 e FAI2. • As duplas farão todos os trabalhos da disciplina em conjunto. 12
  • 13. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Seminário I – Valuations Prontas • Os alunos deverão analisar e apresentar relatórios de valuations que foram previamente elaborados e divulgados no site da CVM (http://sistemas.cvm.gov.br/?opa) por grandes consultorias: 1. Cacique: http://goo.gl/BaEFpt 2. Cremer: http://goo.gl/YiJsKV 3. Café Iguaçu: http://goo.gl/93Ylqp 4. Santander: http://goo.gl/ZvTqqc 5. GTD Participações: http://goo.gl/2dGPA5 6. CCB Brazil: http://goo.gl/UcjyAI 7. Indústria Verolme: http://goo.gl/FWGG3K 8. Brookfield: http://goo.gl/azDUMj 9. Camargo Corrêa: http://goo.gl/ZIh0kN 10. Tam: http://goo.gl/7amKuE 11. Net: http://goo.gl/vMxyKV 13
  • 14. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Seminário II - Artigos • Artigos: 1. Problemas de estimação de custo de capital de empresas concessionárias no Brasil: uma aplicação à regulamentação de concessões rodoviárias: http://goo.gl/DEIdos 2. Práticas de orçamento de capital: um estudo em empresas hoteleiras de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador: http://goo.gl/Q6kuNC 3. Avaliação de empresas e probabilidade de negociação com informação privilegiada no mercado de capitais: http://goo.gl/fJof5Y 4. Apreçamento de opções sobre taxa de câmbio R $/US $ negociadas no Brasil: uma comparação entre os modelos Black e redes neurais artificiais: http://goo.gl/QBesxT 5. DETERMINANTES DO PREÇO DOS LAUDOS DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS EM OPA´S: http://goo.gl/HrD6Bi 6. ESTUDO EMPÍRICO COMPARATIVO DOS MODELOS KMV PADRÃO E KMV NAÏVE NO CONTEXTO BRASILEIRO: http://goo.gl/SJeuGZ 7. REDES SOCIAIS NA ESTRUTURA DE CAPITAL DAS EMPRESAS DE SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA E DE TELECOMUNICAÇÕES: http://goo.gl/htZpoV 8. ESTRUTURA DE CAPITAL EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DE ITABIRA-MG: http://goo.gl/Rvk9h9 9. Custo do capital próprio como taxa de desconto na avaliação de empresas no Brasil: evidências entre a teoria e a prática de mercado: http://goo.gl/UZVEY1 10. EFEITO DAS ESTRATÉGIAS FINANCEIRAS ALINHADO A POLÍTICA DE DIVIDENDOS DAS EMPRESAS DE PROPRIEDADE FAMILIAR E NÃO FAMILIAR: http://goo.gl/02xfgh 11. DETERMINANTES DA POLÍTICA DE DIVIDENDOS EM PORTUGAL: http://goo.gl/rgiERT 14
  • 15. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Seminário III – Valuations próprias • Os alunos deverão escolher suas empresas. • Como preparar um relatório de valuation? http://goo.gl/SHO7XF • Alguns exemplos: http://goo.gl/08BToc 15
  • 16. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com Estrutura conceitual completa • Leiam com atenção os 20 pontos da nossa Estrutura Conceitual: http://goo.gl/re0u2I • Principalmente: 1. Avaliação dos seminários e debates 2. Telefone celular 3. Exercícios deverão ser feitos a mão 4. Do Ponto 7 ao 11 sobre as provas • Além disso, os trabalhos que são feitos em dupla deverão ser dominados por todo o grupo. Caso algum membro do grupo não apresente ou desista do curso, o remanescente deverá ter capacidade de apresentar sozinho, na data combinada. Vocês já sabem disso desde hoje, não há desculpa!! 16
  • 17. Felipe Pontes www.contabilidademq.blogspot.com HME • Vamos relembrar brevemente a hipótese de mercados eficientes. – O que é um mercado eficiente; – Formas de eficiência segundo Fama (1970): fraca, semiforte e forte – Estudos de eventos; e – Testes de informações privadas. 17