O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Valuation Vivo (turma de 2017)

625 visualizações

Publicada em

Essa avaliação é puramente acadêmica e não serve como recomendação de compra/venda.

A apresentação foi feito pelos alunos de Finanças II.

Publicada em: Economia e finanças
  • Seja o primeiro a comentar

Valuation Vivo (turma de 2017)

  1. 1. Valuation Vivo ANALISTAS: ALISSON DA COSTA KARYS EMANUELLE PAULA PICADO 16/11/2017
  2. 2. Observação Inicial A empresa T’Soni é uma empresa fictícia, criada durante a disciplina de Finanças 2 lecionada na UFPB pelo Professor Felipe Pontes. Este laudo foi realizado para fins acadêmicos.
  3. 3. A empresa A Vivo S.A. é uma operadora de telefonia móvel do Brasil. Formada pela fusão de companhias de celular ex-estatais existentes no Brasil, é comandada pela joint venture da companhia espanhola Telefónica com a Portugal Telecom. Fundada em 2003, a sede da empresa fica na cidade de São Paula. Em 2012 a Vivo passou a ser usada como marca comercial em todo o país. Adquiriram a GVT em 2015 para reforçar a oferta de rede fixa. Atualmente conectam cerca de 100 milhões de acessos à internet, telefonia móvel e fixa e TV. A Vivo está presente em todos os estados brasileiros com as tecnologias GSM, 3G, 3G plus e 4G. Em 2013, a Vivo iniciou a implementação da rede 4G. A Telefônica Brasil atua na prestação de serviços de telecomunicações fixos e móveis em todo o território nacional e conta com um portfólio de produtos completo e convergente (voz fixa e móvel, banda larga fixa e móvel, ultra banda larga )
  4. 4. Atividades Serviços de voz fixa, local e de longa distância, em regime público ou privado; Serviços de banda larga fixa, incluindo a venda de equipamentos e acessórios; Serviços designados especificamente para clientes corporativos; Venda de aparelhos e acessórios; Serviços de rede, incluindo o aluguel de instalações, além de outros serviços; Serviços de TV por assinatura; Serviços de voz e banda larga móvel, incluindo serviços de valor agregado; (R$ milhões) 2016 AV% Voz fixa e móvel 16.562,9 39,0% Uso de rede 1.579,2 3,7% Dados fixos e móveis e SVAs 17.978,3 42,3% Dados Corporativos e TI 2.493,0 5,9% Serviços de TV por assinatura 1.932,5 4,5% Outros serviços 767,0 1,8% Venda de mercadorias e aparelhos 1.195,6 2,8% Receita Líquida 42.508,4 100,0% Participação das Atividades na Receita Líquida ( 2016 )
  5. 5. Market Share 30% 25.98% 24.65% 17.27% Vivo Tim Claro Oi
  6. 6. PRINCIPAIS PONTOS POSITIVOS Ser uma operadora de telefonia móvel que oferece aos seus clientes, tanto no segmento individual, como no corporativo, a opção de escolha de produtos e serviços nas tecnologias GSM e 3G. A Companhia monitora constantemente os riscos aos quais está exposta e que possam afetar seus negócios, os resultados de suas operações e sua condição financeira. De acordo com o índice de desempenho de atendimento ao cliente da ANATEL, a Vivo tem sido a operadora de serviços móveis que apresenta o índice de qualidade mais alto no Brasil. PRINCIPAIS RISCOS O risco de não conseguir atingir plenamente as sinergias esperadas com a aquisição da GVT. Certos acordos de dívida contêm compromissos financeiros, e qualquer inadimplência nesses acordos de dívida pode ter um efeito desfavorável relevante em nossa situação financeira e fluxos de caixa. Enfrentam concorrência significativa no mercado brasileiro. Os resultados operacionais podem ser afetados negativamente pela aplicação das regras do Serviço de Telefonia Fixa Comutada (STFC) e do Serviço Móvel Pessoal (SMP).
  7. 7. Dados Financeiros A receita operacional líquida consolidada apurada em 2016 foi de R$ 42.508 milhões aumento de 5,5% em comparação a 2015. Este crescimento se deve principalmente pela incorporação da GVT em maio de 2015. Também contribuíram para esse crescimento as maiores receitas de dados e SVA móveis, principalmente internet móvel. O lucro líquido apurado foi de R$4.085 milhões em 2016 (R$3.420 milhões em 2015). O resultado foi 19,4% superior ao mesmo período de 2015. A empresa planeja investir cerca de R$ 24 bilhões entre 2017 e 2019, trabalhando para acelerar a cobertura 4G e aumentar o número de cidades com rede de ultra banda larga de fibra a partir de 2017.
  8. 8. Investimentos Futuros Com relação aos investimentos em projetos, parte significativa dos recursos foi alocada de forma a possibilitar o crescimento com qualidade na prestação dos serviços. Os investimentos na manutenção da qualidade de serviços e expansão da base de clientes atendida representaram 68% do total investido em 2016 (excluindo licenças). Para atender uma sociedade cada vez mais conectada, investimentos significativos foram feitos para suportar o forte crescimento da demanda por dados dos clientes da Companhia, sejam eles nos serviços de dados fixos e móveis ou em serviços de alta velocidade dedicados ao mercado corporativo. Na infraestrutura de suporte ao negócio (sistemas, pontos de venda e atendimento) também foram aplicados recursos significativos. Em 2016, investimentos na melhoria dos sistemas operacionais foram realizados; expansão e evolução na consolidação de data centers e manutenção das iniciativas de evolução dos sistemas, com destaque a transformação do ambiente de faturamento e dos projetos que visam maximizar o potencial de sinergias na integração da Companhia com a GVT.
  9. 9. Cotação
  10. 10. Principais Premissas: •A data base base utilizada neste laudo de avaliação é 31/12/2016 (data base da ultima demonstração financeira auditada da companhia) •Para estimar o crescimento da receita, com base no crescimento anual das receitas a partir de 2010. Para o ano de 2017 a Média Geométrica 2016 e 2015, 2018 a média da Média Geométrica 2016 e 2015 e da Média Geométrica 2014 a 2011. Para 2019 e 2020 foi utilizada a Média Geométrica Histórica e para estimar a o crescimento da perpetuidade, foi utilizada a taxa de 1%, para sermos conservadores. •Custos e Despesas operacionais estimados em função das receitas estimadas. •IR e CSLL foi considerado uma taxa marginal de imposto de renda de 21,30 (a média dos anos de 2016 e 2015) para 2017 até 2020 e de 34% na perpetuidade. •Valor Terminal foi utilizado o Modelo de crescimento na perpetuidade de Gordon, em 2021 somado com os outros anos projetados a valor presente no ano de 2016. •Taxa de desconto, A partir do Fluxo de Caixa Líquido projetado da Vivo para 5 anos e considerando perpetuidade a partir do ANO 6, descontamos estes valores ao valor presente, utilizando taxa do WACC de 13,45% a.a. •Premissa de CAPEX – Em linha com a estratégia da Companhia de oferecer qualidade, cobertura e serviços diferenciados aos nossos clientes, objetivamos focar nossos investimentos futuros especialmente em expansão de cobertura 4G e ampliação da rede de fibra óptica, de forma a suportar o forte crescimento dos clientes de voz e dados, sejam eles nos serviços fixos e móveis ou em serviços de alta velocidade dedicados ao mercado corporativo.
  11. 11. WACC E TRIBUTOS WACC TRIBUTOS Ke 13,88% Kd 9,89% Wacc 13,44% 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 IR % (EFETIVO) 29,98% 22,90% 35,68% 20,30% -3,84% 22,15% 20,44% Média 24,25%
  12. 12. Crescimento (g) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Receita líquida 15.756.144 29.128.740 33.931.422 34.721.897 34.999.969 40.286.815 42.508.459 Variação da receita - 84,87% 16,49% 2,33% 0,80% 15,11% 5,51% Média Aritmética 20,85% Média Geométrica Histórica 7,75% Média Geométrica 2016 e 2015 (G1) 9,13% Média Geométrica 2011 a 2014 (G2) 7,15% Média entre G1 e G2 8,14%
  13. 13. Margem Operacional 31/12/2010 31/12/2011 31/12/2012 31/12/2013 31/12/2014 31/12/2015 Receita líquida 15.756.144 29.128.740 33.931.422 34.721.897 34.999.969 40.286.815 EBIT 3546727 5797366 7212289 4877124 5115969 5241634 Margem Operacional 22,5% 19,9% 21,3% 14,0% 14,6% 13,0% Média 17,6%
  14. 14. Valuation Ano 0 1 2 3 4 5 WACC 13,45% Taxa de Crescimento Perpétuo 1% Taxa de Crescimento 9,13% 8,14% 7,75% 7,75% Receita líquida R$ 42.508.459,00 R$ 46.388.136,52 R$ 50.162.961,47 R$ 54.052.976,02 R$ 58.244.651,65 R$ 58.244.651,65 EBIT R$ 6.369.263,00 R$ 8.144.386,76 R$ 8.807.134,54 R$ 9.490.106,20 R$ 10.226.040,65 R$ 10.226.040,65 Tributos 20,44% 21,30% 21,30% 21,30% 21,30% 34,00% (=)Ebit Líquido R$ 5.067.456,57 R$ 6.410.032,58 R$ 6.931.647,64 R$ 7.469.179,91 R$ 8.048.396,48 R$ 6.749.186,83 (-)Capex Líquido R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 (-)Invest. Em Capital de Giro -R$ 2.481.211,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 (=)Fluxo de Caixa Livre da Empresa R$ 2.248.268,57 R$ 8.485.505,58 R$ 9.007.120,64 R$ 9.544.652,91 R$ 10.123.869,48 R$ 8.824.659,83 Valor Terminal R$ 70.890.307,85 Valor Presente dos Fluxos de Caixa Livres R$ 7.479.621,37 R$ 6.998.254,97 R$ 6.536.809,25 R$ 6.111.588,43 Valor terminal no tempo zero R$ 42.795.137,41
  15. 15. Valor por ação Valor do Negócio R$ 69.921.411,44 (+)Disponivel 5.105.110 (+) Outros Ativos Operacionais 7.612.413 (-) Participações de não Controladores 0 (-) Tributos diferidos 0 (-) Passivo Oneroso 9.224.074 (=) Valor do Patrimônio Líquido R$ 73.414.860,44 (-) Valor das Opções 0 (=) Valor das Ações Outstanding R$ 73.414.860,44 / Qtd de ações outstanding 1.688.694 (=) Valor por ação R$ 43,47 Preço da Ação Atualmente R$ 48,94 Preço / Valor 1,125721467 Upside -11,17% Upside com margem de segurança -20,05% Valor-Margem de Segurança R$ 39,13 Decisão Vender
  16. 16. Decisão final - Venda Com base na nossa avaliação através do fluxo de caixa descontado em valores nominais, com a perpetuidade encontramos o valor de R$ 43,47, a ação tem potencial de desvalorização de 11,17% com base na cotação da ação de 48,94 em 14 de novembro de 2017. Como o valor da ação está menor que o preço que a Vivo se encontra no mercado, a decisão é vender. Como a Vivo já é uma empresa muito boa e que já cresceu bastante, será muito difícil o seu crescimento no mercado. Considerando que a avaliação da empresa Vivo teve como resultado de seu valor econômico R$ 69.921.411,44 (sessenta e nove milhões novecentos e vinte e um mil quatrocentos e onze reais e quarenta e quatro centavos), e com o cálculo da cotação da empresa em relação ao ano base que foi de 2016, o valor da cotação foi de R$ 43,47 e o seu valor real na bolsa dia do fechamento da valuation de R$ 48,94 se aproxima do valor projetado nesse trabalho, porém de acordo com a nossa avaliação temos que o valor que está sendo negociado está acima do nosso valor projetado, concluímos então que o mercado está superavaliando a empresa.

×