Níveis de Abertura nas Atividades Experimentais (PELLA, 1961)

359 visualizações

Publicada em

Níveis de Abertura nas Atividades Experimentais Investigativas (PELLA, 1961)

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Níveis de Abertura nas Atividades Experimentais (PELLA, 1961)

  1. 1. André Rufino – PCNP Física Viviane Serafim – PCNP Química Glauber Aragon – PCNP Biologia e Ciências Equipe de Ciências da Natureza - Diretoria de Ensino da Região de Andradina Níveis de Abertura nas Atividades Experimentais e Investigativas Ensino Integral
  2. 2. Objetivos do encontro... Apresentar e discutir enfoques para o desenvolvimento de atividades experimentais que tenham como objetivo, além de despertar o interesse dos alunos pelos conceitos da ciências da natureza, possam contribuir para o seu desenvolvimento cognitivo.
  3. 3. Chuva de Ideias...  Qual é a objetivo das atividades experimentais no processo de aprendizagem?  Como ocorre o preparo das atividades de Práticas Experimentais?
  4. 4. Atividades Experimentais 1 e 2...  Realização....  Observações....  Discussões...
  5. 5. Atividade Experimental Tradicional X Atividade Experimental Investigativa  Experimentação Tradicional na qual estão incluídas demonstrações, ilustrações, verificações e comprovação de teorias..  Conhece de antemão os resultados;  Sem problematização, sem formulação de hipóteses;  Comprovar teorias ou conceitos anteriormente apresentados.  Experimentação Investigativa, que envolve a participação do aluno na resolução de um problema;  Envolve o aluno na resolução de problema;  Apresenta situação problematizadora;  Suscita a elaboração de hipóteses;  Propõem explicações e elabora conclusões a partir da análise dos dados coletados.
  6. 6. Etapas TRADICIONAL ZERO INVESTIGATIVA NÍVEL 1 NÍVEL 2 NÍVEL 3 Elaboração do Problema Não há Professor Professor Aluno Elaboração de hipóteses Não há Não há, ou professor Aluno Aluno Proposição dos procedimentos Professor Professor Aluno Aluno Coleta de dados Aluno Aluno Aluno Aluno Análise dos dados Professor Aluno Aluno Aluno Elaboração da conclusão Aluno / Professor Aluno Aluno Aluno Níveis de abertura de atividades experimentais (PELLA, 1961)
  7. 7. Etapas TRADICIONAL ZERO INVESTIGATIVA NÍVEL 1 NÍVEL 1,5 NÍVEL 2 NÍVEL 3 Elaboração do Problema Não há Professor Professor (Material SEE) Professor Aluno Elaboração de hipóteses Não há Não há, ou professor Aluno Aluno Aluno Proposição dos procedimentos Professor Professor Professor (Material SEE) Aluno Aluno Coleta de dados Aluno Aluno Aluno Aluno Aluno Análise dos dados Professor Aluno Aluno Aluno Aluno Elaboração da conclusão Aluno / Professor Aluno Aluno Aluno Aluno Níveis de abertura de atividades experimentais, adaptado pelos PCNPs (PELLA, 1961)
  8. 8. Leitura do Texto.... Níveis de abertura em atividades experimentais investigativas.
  9. 9. Atividade Experimental 3...  Realização....  Observação....  Discussão...
  10. 10. A atividade experimental investigativa deve...  Despertar o interesse pela investigação;  Estar em um nível de dificuldade adequado;  Prever que haja atividades pré e pós-laboratório;  Introduzir inicialmente a situação problematizadora;  Levar pensar sobre o problema e propor suas hipóteses;  Pensar sobre os dados obtidos;  Analisar e conectar esses dados com os conceitos estudados;  Propiciar conexões significativas entre o fenômeno observado, os dados coletados e os conceitos desenvolvidos nas aulas;  Construir relações conceituais que justifiquem o problema que estão resolvendo;  Formular perguntas que acionem habilidades cognitivas de ordens mais altas;  Avançar da simples observação ou comprovação (cálculos) para exploração conceitual .
  11. 11. BLOG Ciências Físicas e Biológicas www.ciefisbio.blogspot.com.br Obrigado!!! Equipe de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

×