SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
1º WORKSHOP DE INOVAÇÃO E
PRODUTIVIDADE NA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
Como a gestão integrada pode melhorar os resultados de uma organização?
Como promover o alinhamento das iniciativas de gestão?
Como aproximar a gestão dos gestores?
Sistema Integrado de Gestão
3
Agenda
Alinhamento
Desafios
O que a Administração Pública, a Academia e o mercado vêm
discutindo sobre o tema “Sistema Integrado de Gestão”
Principais desafios a serem superados para garantir
efetividade dos sistemas de gestão
Prática
Reflexões e discussões em relação a como trazer
pra prática de cada órgãos as ideias
apresentadas
Caminhos
Ideias para gerar melhores resultados!
4ENTENDIMENTO
5
O QUE É UM
SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO?
GOVERNANÇA TECNOLOGIA
UMA PRÁTICA
Integração de todos os DADOS e PROCESSOS de uma organização em um único sistema
Sistema Integrado de Gestão Empresarial - ERP
Finanças, contabilidade, recursos
humanos, produção, vendas, compras,
etc.
Processos das Áreas
Sistema de processamento de
transações, sistemas de informações
gerenciais, sistemas de apoio a
decisão, etc.
Dados e Informação
7
João Augusto Ribeiro Nardes
Presidente do TCU
Sem dúvida alguma, a melhoria da governança pública é uma causa primária a ser
trabalhada para que possamos superar o desafio de transformar o “país do futuro”, como
somos conhecidos há anos, no “país do presente”.
8
Tribunal de Contas da União
Governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança, estratégia e controle postos
em prática para AVALIAR, DIRECIONAR E MONITORAR A ATUAÇÃO DA GESTÃO, com vistas à condução de políticas
públicas e à prestação de serviços de interesse da sociedade.
LIDERANÇA
ESTRATÉGIA
CONTROLE
O desafio de ENTENDER e APLICAR as disciplinas de gestão
As Disciplinas de Gestão
Sistema em
Circuito Fechado
Vantagem
Competitiva
Valor
Público
Projetos
e Programas
Liderança
e mudança
DIAGNÓSTICO GERAL
Transformar o “país do futuro”,
como somos conhecidos há anos,
no “país do presente”
DESAFIOS
!
MAIOR
INTEGRAÇÃO
NOVAS
HABILIDADES E
CONHECIMENTOS
MUDANÇA
CONSTANTE
DESEMPENHO E
RESULTADO
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
GESTÃO NÃO TEM
FOCO NA ENTREGA DE
RESULTADOS!
MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA
• Não é reconhecida pela alta direção
• Percebido como um monte de métodos
burocráticos
• Percepção como um custo e não como um
benefício
FOCO EM IMPLANTAR MÉTODOS AO
INVÉS DE GERAR RESULTADOS
“O QUE ACONTECERIA SE ACABASSEM
COM A UNIDADE DE GESTÃO?”
| 19©EloGroup| Todos os direitos reservados 2014
POSICIONAMENTO
 Ser a melhor empresa
em cada prática de
gestão por aplica-la a
partir de uma visão
integrada: DE (proc,
org, tec, xp cliente, ...)
IMPLANTAR PRÁTICAS
DE GESTÃO
ENTREGAR MELHORES
SERVIÇOS À SOCIEDADE
 Ser uma unidade de
transformação
organizacional que
aborda, de forma
integrada, as múltiplas
práticas de gestão
VISÃO DE NEGÓCIOS
Tem paixão
pelo tema
Consegue
construir/articular
soluções
Tem o reconhecimento
das unidades
CASE 1: A CADEIA DE VALOR E A APROXIMAÇÃO COM O NEGÓCIO
A CADEIA DE VALOR como instrumento de análise do negócio
COMO NOS
VEEM?
O QUE VAMOS
“SER”?
O QUE VAMOS
“FAZER”?
QUEM
SOMOS?
Diagnóstico do modelo
de atuação da unidade
Prospecção de ideias de
melhoria junto aos
clientes
Construção da visão de
futuro da unidade
Design do Catálogo de
Serviços e implantação
do novo modelo de
atuação
3 421
Case 2: DAR FOCO NA ENTREGA DE MELHORES SERVIÇOS
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
GESTÃO NÃO ESTÁ
PREPARADA PARA
ENTREGAR RESULTADO!
MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA
• Não consegue atuar nas questões críticas
• Baixa qualidade das estratégias e planos
• Planos que não são resultados
QUAL RESULTADO NOS
ULTIMOS 12 MESES ?
?
PACTUAÇÃO DE
RESULTADOS
TRANSFORMAÇÃO
ORGANIZACIONAL
MONITORAMENTO
DOS RESULTADOS
DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA
SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO
SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO
PACTUAÇÃO DE
RESULTADOS
TRANSFORMAÇÃO
ORGANIZACIONAL
MONITORAMENTO DOS
RESULTADOS
DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA
1. DESENVOLVER
A ESTRATÉGIA
4. AVALIAR E REVISAR A
ESTRATÉGIA
2. AVALIAR E DECIDIR AÇÕES
CORRETIVAS, PREVENTIVAS
E DE MELHORIA
3. EXECUTAR E MONITORAR O
PLANO DE AÇÃO
SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO
1. DESENVOLVER
A ESTRATÉGIA
PACTUAÇÃO DE
RESULTADOS
TRANSFORMAÇÃO
ORGANIZACIONAL
MONITORAMENTO DOS
RESULTADOS
DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA
4. AVALIAR E REVISAR A
ESTRATÉGIA
2. AVALIAR E DECIDIR AÇÕES
CORRETIVAS, PREVENTIVAS
E DE MELHORIA
3. EXECUTAR E MONITORAR O
PLANO DE AÇÃO
GAP
SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO
PACTUAÇÃO DE
RESULTADOS
TRANSFORMAÇÃO
ORGANIZACIONAL
MONITORAMENTO DOS
RESULTADOS
DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA
1. DESENVOLVER
A ESTRATÉGIA
4. AVALIAR E REVISAR A
ESTRATÉGIA
2. AVALIAR E DECIDIR AÇÕES
CORRETIVAS, PREVENTIVAS
E DE MELHORIA
3. EXECUTAR E MONITORAR O
PLANO DE AÇÃO
PESSOAS E ESTRUTURA
TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO
PROCESSOS E SERVIÇOS
PROJETOS E PROGRAMAS
1. DESENVOLVER
A ESTRATÉGIA
4. AVALIAR E REVISAR
A ESTRATÉGIA
3. EXECUTAR E
MONITORAR O PLANO
DE AÇÃO
2. AVALIAR E DECIDIR
AÇÕES CORRETIVAS,
PREVENTIVAS
E DE MELHORIA
PACTUAÇÃO DE RESULTADOS TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL MONITORAMENTO DOS
RESULTADOS
PESSOAS E ESTRUTURA
DESDOBRAR A
ESTRATÉGIA PARA
PESSOAS E ESTRUTURA
AVALIAR E
RECONHECER O
DESEMPENHO
INDIVIDUAL E DA
EQUIPE
TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO
DESDOBRAR A
ESTRATÉGIA PARA TI
MANTER, MONITORAR
E AVALIAR O
DESEMPENHO DE TI
PROCESSOS E SERVIÇOS
DESDOBRAR A
ESTRATÉGIA PARA
PROCESSOS E SERVIÇOS
MONITORAR E AVALIAR
O DESEMPENHO,
RISCOS E CUSTO
PROJETOS E PROGRAMAS
DEFINIR O PORTFÓLIO
DE PROJETOS E
PROGRAMAS
MONITORAR E AVALIAR
O DESEMPENHO DO
PORTFÓLIO DE
PROJETOS E
PROGRAMAS
PROVER ESTRUTURAS,
MÉTODOS E
CONHECIMENTOS EM
GESTÃO
DESENVOLVIMENT
O E GOVERNANÇA
PRESTAR CONTAS AO
GOVERNO E À
SOCIEDADE
DIMENSIONAR E ALOCAR PESSOAS
DESENVOLVER PESSOAS POR COMPETÊNCIA
DESENVOLVER A ESTRUTRA E OS MECANISMOS DE CORDENAÇÃO
PROVER SOLUÇÕES DE TI
PROVER INFRAESTRUTURA DE TI
TRANSFORMAR OS PROCESSOS
TRANSFORMAR OS SERVIÇOS
PLANEJAR, EXECUTAR, MONITORAR E ENCERRAR OS PROJETOS
SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
GESTÃO NÃO ESTÁ
ESTRUTURADA PARA
ENTREGAR RESULTADO!
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
ABORDAGEM TRADICIONAL
ESTRATÉGIA PROJETOS PROCESSOS RISCOS CUSTOS ....
ESCRITÓRIO
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
ABORDAGEM PROPOSTA (T1)
ESTRATÉGIA PROJETOS PROCESSOS RISCOS CUSTOS ....
ESCRITÓRIO
SERVIÇO PÚBLICO 1
SERVIÇO PÚBLICO 2
SERVIÇO PÚBLICO 3
SERVIÇO PÚBLICO 4
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
ESTRATÉGIA
PROJETOS
PROCESSOS
ABORDAGEM PROPOSTA (T2) ESCRITÓRIO
RISCO
CUSTO
PESSOA
TI
SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 4 SERVIÇO 5
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
ABORDAGEM PROPOSTA (T3)
ESCRITÓRIO
SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 4 SERVIÇO 5
©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
GESTÃO NÃO ESTÁ
ALINHADA AOS
GESTORES
MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA
• Planejar resultados não é uma prática comum
• Foco na execução e não nas melhorias
• Desafios da unidade e não da organização
GERENTES SÃO
ESPECIALISTAS
E NÃO GESTORES
MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA
• Os gerentes não participam das discussões
• A estratégia não se comunica com as questões
de resultado de curto prazo.
• Se a estratégia falhar, quem deve ser
dispensado? O gerente ou o responsável pela
estratégia?
AS PRIORIDADES NÃO
COINCIDEM COM AS
ESTRATÉGIAS
4 anos
2 anos
2 meses
ALINHANDO A VISÃO DE CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO
GERAR INFORMAÇÕES PARA TOMADA DE DECISÃO
MONITORAR A
EXECUÇÃO e
COLETAR
INFORMAÇÕES POR
PROCESSO
REALIZAR A
“REUNIÃO
DE ANÁLISE
CRÍTICA”
EXECUÇÃO DAS
AÇÕES
PREVENTIVAS,
CORRETIVAS E DE
MELHORIA
PAUTA ATA
Como está a EXECUÇÃO?
O que podemos fazer para
MELHORAR nosso desempenho?
Que tipo de RESULTADO
estamos gerando?
Qual a CONCLUSÃO?
Qual ideia precisa ser
PRIORIZADAS?
Como ACOMPANHAR a
implantação das melhorias
priorizadas?
Como garantir os RECURSOS
necessários?
IDENTIFICAR GAPS E
OPORTUNIDADES
Realizar
ANÁLISE CRÍTICA
Executar
PLANO DE AÇÃO
BOAS DECISÕES!
Compras
Principais
Solicitantes
Jurídico
Financeiro
Ponto
Focal
FACILITADOR
apresenta a pauta e
principais informações
GESTORES
avaliam e decidem
sobre o desempenho
FACILITADOR
Consolida, distribui e
monitora as ações
FORMAÇÃO DE GESTORES
do aprendizado se dá por
EXPERIÊNCIAS PRÁTICAS
do aprendizado se dá POR
EXEMPLO DOS PARES E
SUBORDINADOS
do aprendizado se dá por
EXPOSIÇÃO TEÓRICA EM SALA DE
AULA
PROSPECÇÃO
FORMAÇÃO
CONCEITUAL
DESENVOLVIMENTO
DE COMPETÊNCIAS PRÁTICA
ULTIMAS REFLEXÕES
REFLEXÕES
Qual o seu principal obstáculo
para gerar resultados?
1.
Qual a tua estratégia para gerar
resultados?
2.
www.elogroup.com.br
Obrigado.
Carlos Gonçalves
carlos.goncalves@elogroup.com.br
+55 61 8110-4382
Rio de Janeiro | São Paulo | Belo Horizonte | Brasília | Fortaleza | Curitiba

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
EloGroup
 
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedadeComo conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
EloGroup
 
Elo Group Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group  Roadmap De EscritóRio De ProcessosElo Group  Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group Roadmap De EscritóRio De Processos
EloGroup
 
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas GeraisAdriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
EloGroup
 
Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...
Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...
Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...
EloGroup
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
EloGroup
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã   ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã   ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Marcelo Gaio
 
Como conceber transformações privado
Como conceber transformações   privadoComo conceber transformações   privado
Como conceber transformações privado
EloGroup
 
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
EloGroup
 
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
EloGroup
 

Mais procurados (20)

Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
 
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedadeComo conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
 
Elo Group Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group  Roadmap De EscritóRio De ProcessosElo Group  Roadmap De EscritóRio De Processos
Elo Group Roadmap De EscritóRio De Processos
 
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas GeraisAdriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
 
Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...
Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...
Como prospectar e priorizar uma estratégia para resolução das lacunas valor p...
 
[BPM Day Porto Alegre] Suzete Araújo Leal (FIERGS) - Gerenciamento de Serviço...
[BPM Day Porto Alegre] Suzete Araújo Leal (FIERGS) - Gerenciamento de Serviço...[BPM Day Porto Alegre] Suzete Araújo Leal (FIERGS) - Gerenciamento de Serviço...
[BPM Day Porto Alegre] Suzete Araújo Leal (FIERGS) - Gerenciamento de Serviço...
 
Workshop dimensionamento
Workshop   dimensionamentoWorkshop   dimensionamento
Workshop dimensionamento
 
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
 
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process TransformationWEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã   ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã   ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
 
Como conceber transformações privado
Como conceber transformações   privadoComo conceber transformações   privado
Como conceber transformações privado
 
Template - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de EscopoTemplate - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de Escopo
 
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
 
Organização e pessoas
Organização e pessoasOrganização e pessoas
Organização e pessoas
 
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
 
Workshop Automação de Processos
Workshop  Automação de ProcessosWorkshop  Automação de Processos
Workshop Automação de Processos
 
Workshop Compras Públicas
Workshop   Compras PúblicasWorkshop   Compras Públicas
Workshop Compras Públicas
 
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
 
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
 

Destaque

Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
EloGroup
 

Destaque (8)

Lei nº 13530 vox legem com capa
Lei nº 13530   vox legem com capaLei nº 13530   vox legem com capa
Lei nº 13530 vox legem com capa
 
Caso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Caso do Tribunal de Justiça de Minas GeraisCaso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Caso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
 
Portal de Governança
Portal de GovernançaPortal de Governança
Portal de Governança
 
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidadesBPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
 
[Café com BPM] BPM e transformacao digital
[Café com BPM] BPM e transformacao digital[Café com BPM] BPM e transformacao digital
[Café com BPM] BPM e transformacao digital
 
Gestão pública contemporânea e os desafios para além de 2015
Gestão pública contemporânea e os desafios  para além de 2015Gestão pública contemporânea e os desafios  para além de 2015
Gestão pública contemporânea e os desafios para além de 2015
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
 
BPM & Transformação Digital
BPM & Transformação Digital BPM & Transformação Digital
BPM & Transformação Digital
 

Semelhante a Workshop Gestão Integrada

criaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.ppt
criaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.pptcriaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.ppt
criaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.ppt
Pedro Luis Moraes
 
Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011
wingscreative
 
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
EloGroup
 
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarialIndicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
Dawison Calheiros
 

Semelhante a Workshop Gestão Integrada (20)

Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
 
Fórum governança gestão_no_setor_público
Fórum governança gestão_no_setor_públicoFórum governança gestão_no_setor_público
Fórum governança gestão_no_setor_público
 
criaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.ppt
criaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.pptcriaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.ppt
criaoegestodeindicadoresprocesso-1aparte-140214060240-phpapp01.ppt
 
Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011Alinhando Processos com Estratégia 2011
Alinhando Processos com Estratégia 2011
 
Fórum de Boas Práticas de Gestão Internacional da Fundação Nacional da Qualid...
Fórum de Boas Práticas de Gestão Internacional da Fundação Nacional da Qualid...Fórum de Boas Práticas de Gestão Internacional da Fundação Nacional da Qualid...
Fórum de Boas Práticas de Gestão Internacional da Fundação Nacional da Qualid...
 
Pragmatismo, Agilidade e Resultados na Gestão de Negócios
Pragmatismo, Agilidade e Resultados na Gestão de NegóciosPragmatismo, Agilidade e Resultados na Gestão de Negócios
Pragmatismo, Agilidade e Resultados na Gestão de Negócios
 
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
 
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
 
Os Desafios do Gerenciamento de Projetos de Implantação de ERP
Os Desafios do Gerenciamento de Projetos de Implantação de ERPOs Desafios do Gerenciamento de Projetos de Implantação de ERP
Os Desafios do Gerenciamento de Projetos de Implantação de ERP
 
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria ContínuaO Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
 
Criação e gestão de indicadores processo 1a parte
Criação e gestão de indicadores processo   1a parteCriação e gestão de indicadores processo   1a parte
Criação e gestão de indicadores processo 1a parte
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
 
Os Segredos para o Sucesso das Equipes de Melhoria Contínua nas Organizações
Os Segredos para o Sucesso das Equipes de Melhoria Contínua nas OrganizaçõesOs Segredos para o Sucesso das Equipes de Melhoria Contínua nas Organizações
Os Segredos para o Sucesso das Equipes de Melhoria Contínua nas Organizações
 
Apresentacao upman
Apresentacao upmanApresentacao upman
Apresentacao upman
 
[Product Camp 2020] - Níveis de Maturidade em Prod Ops - Thiago Belluf - Favo
[Product Camp 2020] - Níveis de Maturidade em Prod Ops - Thiago Belluf - Favo[Product Camp 2020] - Níveis de Maturidade em Prod Ops - Thiago Belluf - Favo
[Product Camp 2020] - Níveis de Maturidade em Prod Ops - Thiago Belluf - Favo
 
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarialIndicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
 
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
 
GestãO Do Conhecimento Gc Palestra Ram
GestãO Do Conhecimento   Gc    Palestra RamGestãO Do Conhecimento   Gc    Palestra Ram
GestãO Do Conhecimento Gc Palestra Ram
 
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce... Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas [Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
 

Mais de EloGroup

Mais de EloGroup (20)

Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
 
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
 
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuárioFluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
 
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo GonçalvesBPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
 
Template - Painel do Processo
Template - Painel do ProcessoTemplate - Painel do Processo
Template - Painel do Processo
 
Template - Ficha do Indicador
Template - Ficha do IndicadorTemplate - Ficha do Indicador
Template - Ficha do Indicador
 
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas SalesBPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
 
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael ClementeIntegrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
 
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
 
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
 
"Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial""Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial"
 
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
 
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocialComo viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
 
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial? Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
 
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
 
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma de B...
 
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
 
– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]
 
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
– Introdução: da Melhoria Contínua para Grandes Transformações [Privado]
 

Workshop Gestão Integrada

  • 1. 1º WORKSHOP DE INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
  • 2. Como a gestão integrada pode melhorar os resultados de uma organização? Como promover o alinhamento das iniciativas de gestão? Como aproximar a gestão dos gestores? Sistema Integrado de Gestão
  • 3. 3 Agenda Alinhamento Desafios O que a Administração Pública, a Academia e o mercado vêm discutindo sobre o tema “Sistema Integrado de Gestão” Principais desafios a serem superados para garantir efetividade dos sistemas de gestão Prática Reflexões e discussões em relação a como trazer pra prática de cada órgãos as ideias apresentadas Caminhos Ideias para gerar melhores resultados!
  • 5. 5 O QUE É UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO? GOVERNANÇA TECNOLOGIA UMA PRÁTICA
  • 6. Integração de todos os DADOS e PROCESSOS de uma organização em um único sistema Sistema Integrado de Gestão Empresarial - ERP Finanças, contabilidade, recursos humanos, produção, vendas, compras, etc. Processos das Áreas Sistema de processamento de transações, sistemas de informações gerenciais, sistemas de apoio a decisão, etc. Dados e Informação
  • 7. 7 João Augusto Ribeiro Nardes Presidente do TCU Sem dúvida alguma, a melhoria da governança pública é uma causa primária a ser trabalhada para que possamos superar o desafio de transformar o “país do futuro”, como somos conhecidos há anos, no “país do presente”.
  • 8. 8 Tribunal de Contas da União Governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança, estratégia e controle postos em prática para AVALIAR, DIRECIONAR E MONITORAR A ATUAÇÃO DA GESTÃO, com vistas à condução de políticas públicas e à prestação de serviços de interesse da sociedade. LIDERANÇA ESTRATÉGIA CONTROLE
  • 9. O desafio de ENTENDER e APLICAR as disciplinas de gestão As Disciplinas de Gestão Sistema em Circuito Fechado Vantagem Competitiva Valor Público Projetos e Programas Liderança e mudança
  • 10. DIAGNÓSTICO GERAL Transformar o “país do futuro”, como somos conhecidos há anos, no “país do presente” DESAFIOS ! MAIOR INTEGRAÇÃO NOVAS HABILIDADES E CONHECIMENTOS MUDANÇA CONSTANTE DESEMPENHO E RESULTADO
  • 11. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 GESTÃO NÃO TEM FOCO NA ENTREGA DE RESULTADOS!
  • 12. MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA • Não é reconhecida pela alta direção • Percebido como um monte de métodos burocráticos • Percepção como um custo e não como um benefício FOCO EM IMPLANTAR MÉTODOS AO INVÉS DE GERAR RESULTADOS
  • 13. “O QUE ACONTECERIA SE ACABASSEM COM A UNIDADE DE GESTÃO?”
  • 14. | 19©EloGroup| Todos os direitos reservados 2014 POSICIONAMENTO  Ser a melhor empresa em cada prática de gestão por aplica-la a partir de uma visão integrada: DE (proc, org, tec, xp cliente, ...) IMPLANTAR PRÁTICAS DE GESTÃO ENTREGAR MELHORES SERVIÇOS À SOCIEDADE  Ser uma unidade de transformação organizacional que aborda, de forma integrada, as múltiplas práticas de gestão
  • 15. VISÃO DE NEGÓCIOS Tem paixão pelo tema Consegue construir/articular soluções Tem o reconhecimento das unidades CASE 1: A CADEIA DE VALOR E A APROXIMAÇÃO COM O NEGÓCIO A CADEIA DE VALOR como instrumento de análise do negócio
  • 16. COMO NOS VEEM? O QUE VAMOS “SER”? O QUE VAMOS “FAZER”? QUEM SOMOS? Diagnóstico do modelo de atuação da unidade Prospecção de ideias de melhoria junto aos clientes Construção da visão de futuro da unidade Design do Catálogo de Serviços e implantação do novo modelo de atuação 3 421 Case 2: DAR FOCO NA ENTREGA DE MELHORES SERVIÇOS
  • 17. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 GESTÃO NÃO ESTÁ PREPARADA PARA ENTREGAR RESULTADO!
  • 18. MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA • Não consegue atuar nas questões críticas • Baixa qualidade das estratégias e planos • Planos que não são resultados QUAL RESULTADO NOS ULTIMOS 12 MESES ? ?
  • 19. PACTUAÇÃO DE RESULTADOS TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL MONITORAMENTO DOS RESULTADOS DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO
  • 20. SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO PACTUAÇÃO DE RESULTADOS TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL MONITORAMENTO DOS RESULTADOS DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA 1. DESENVOLVER A ESTRATÉGIA 4. AVALIAR E REVISAR A ESTRATÉGIA 2. AVALIAR E DECIDIR AÇÕES CORRETIVAS, PREVENTIVAS E DE MELHORIA 3. EXECUTAR E MONITORAR O PLANO DE AÇÃO
  • 21. SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO 1. DESENVOLVER A ESTRATÉGIA PACTUAÇÃO DE RESULTADOS TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL MONITORAMENTO DOS RESULTADOS DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA 4. AVALIAR E REVISAR A ESTRATÉGIA 2. AVALIAR E DECIDIR AÇÕES CORRETIVAS, PREVENTIVAS E DE MELHORIA 3. EXECUTAR E MONITORAR O PLANO DE AÇÃO GAP
  • 22. SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO PACTUAÇÃO DE RESULTADOS TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL MONITORAMENTO DOS RESULTADOS DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA 1. DESENVOLVER A ESTRATÉGIA 4. AVALIAR E REVISAR A ESTRATÉGIA 2. AVALIAR E DECIDIR AÇÕES CORRETIVAS, PREVENTIVAS E DE MELHORIA 3. EXECUTAR E MONITORAR O PLANO DE AÇÃO PESSOAS E ESTRUTURA TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO PROCESSOS E SERVIÇOS PROJETOS E PROGRAMAS
  • 23. 1. DESENVOLVER A ESTRATÉGIA 4. AVALIAR E REVISAR A ESTRATÉGIA 3. EXECUTAR E MONITORAR O PLANO DE AÇÃO 2. AVALIAR E DECIDIR AÇÕES CORRETIVAS, PREVENTIVAS E DE MELHORIA PACTUAÇÃO DE RESULTADOS TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL MONITORAMENTO DOS RESULTADOS PESSOAS E ESTRUTURA DESDOBRAR A ESTRATÉGIA PARA PESSOAS E ESTRUTURA AVALIAR E RECONHECER O DESEMPENHO INDIVIDUAL E DA EQUIPE TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO DESDOBRAR A ESTRATÉGIA PARA TI MANTER, MONITORAR E AVALIAR O DESEMPENHO DE TI PROCESSOS E SERVIÇOS DESDOBRAR A ESTRATÉGIA PARA PROCESSOS E SERVIÇOS MONITORAR E AVALIAR O DESEMPENHO, RISCOS E CUSTO PROJETOS E PROGRAMAS DEFINIR O PORTFÓLIO DE PROJETOS E PROGRAMAS MONITORAR E AVALIAR O DESEMPENHO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS E PROGRAMAS PROVER ESTRUTURAS, MÉTODOS E CONHECIMENTOS EM GESTÃO DESENVOLVIMENT O E GOVERNANÇA PRESTAR CONTAS AO GOVERNO E À SOCIEDADE DIMENSIONAR E ALOCAR PESSOAS DESENVOLVER PESSOAS POR COMPETÊNCIA DESENVOLVER A ESTRUTRA E OS MECANISMOS DE CORDENAÇÃO PROVER SOLUÇÕES DE TI PROVER INFRAESTRUTURA DE TI TRANSFORMAR OS PROCESSOS TRANSFORMAR OS SERVIÇOS PLANEJAR, EXECUTAR, MONITORAR E ENCERRAR OS PROJETOS SISTEMA INTEGRADO PARA GERAÇÃO DE VALOR PÚBLICO
  • 24. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 GESTÃO NÃO ESTÁ ESTRUTURADA PARA ENTREGAR RESULTADO!
  • 25. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ABORDAGEM TRADICIONAL ESTRATÉGIA PROJETOS PROCESSOS RISCOS CUSTOS .... ESCRITÓRIO
  • 26. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ABORDAGEM PROPOSTA (T1) ESTRATÉGIA PROJETOS PROCESSOS RISCOS CUSTOS .... ESCRITÓRIO SERVIÇO PÚBLICO 1 SERVIÇO PÚBLICO 2 SERVIÇO PÚBLICO 3 SERVIÇO PÚBLICO 4
  • 27. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ESTRATÉGIA PROJETOS PROCESSOS ABORDAGEM PROPOSTA (T2) ESCRITÓRIO RISCO CUSTO PESSOA TI SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 4 SERVIÇO 5
  • 28. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ABORDAGEM PROPOSTA (T3) ESCRITÓRIO SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 4 SERVIÇO 5
  • 29. ©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 GESTÃO NÃO ESTÁ ALINHADA AOS GESTORES
  • 30. MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA • Planejar resultados não é uma prática comum • Foco na execução e não nas melhorias • Desafios da unidade e não da organização GERENTES SÃO ESPECIALISTAS E NÃO GESTORES
  • 31. MATERIALIZAÇÃO DO PROBLEMA • Os gerentes não participam das discussões • A estratégia não se comunica com as questões de resultado de curto prazo. • Se a estratégia falhar, quem deve ser dispensado? O gerente ou o responsável pela estratégia? AS PRIORIDADES NÃO COINCIDEM COM AS ESTRATÉGIAS
  • 32. 4 anos 2 anos 2 meses ALINHANDO A VISÃO DE CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO
  • 33. GERAR INFORMAÇÕES PARA TOMADA DE DECISÃO MONITORAR A EXECUÇÃO e COLETAR INFORMAÇÕES POR PROCESSO REALIZAR A “REUNIÃO DE ANÁLISE CRÍTICA” EXECUÇÃO DAS AÇÕES PREVENTIVAS, CORRETIVAS E DE MELHORIA PAUTA ATA Como está a EXECUÇÃO? O que podemos fazer para MELHORAR nosso desempenho? Que tipo de RESULTADO estamos gerando? Qual a CONCLUSÃO? Qual ideia precisa ser PRIORIZADAS? Como ACOMPANHAR a implantação das melhorias priorizadas? Como garantir os RECURSOS necessários? IDENTIFICAR GAPS E OPORTUNIDADES Realizar ANÁLISE CRÍTICA Executar PLANO DE AÇÃO
  • 34. BOAS DECISÕES! Compras Principais Solicitantes Jurídico Financeiro Ponto Focal FACILITADOR apresenta a pauta e principais informações GESTORES avaliam e decidem sobre o desempenho FACILITADOR Consolida, distribui e monitora as ações
  • 35. FORMAÇÃO DE GESTORES do aprendizado se dá por EXPERIÊNCIAS PRÁTICAS do aprendizado se dá POR EXEMPLO DOS PARES E SUBORDINADOS do aprendizado se dá por EXPOSIÇÃO TEÓRICA EM SALA DE AULA PROSPECÇÃO FORMAÇÃO CONCEITUAL DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PRÁTICA
  • 37. REFLEXÕES Qual o seu principal obstáculo para gerar resultados? 1. Qual a tua estratégia para gerar resultados? 2.
  • 39. Rio de Janeiro | São Paulo | Belo Horizonte | Brasília | Fortaleza | Curitiba

Notas do Editor

  1. DECRETO Nº 7.133, DE 19 DE MARÇO DE 2010.
  2. Reflexão (princípios e insites)... Não como repenso o processo mas o que eu entrego Método... 1 ou 2 cases Debate – Exercício 30 a 40 min: O que as pessoas refletiam sobre o que 1:30
  3. Reflexão (princípios e insites)... Não como repenso o processo mas o que eu entrego Método... 1 ou 2 cases Debate – Exercício 30 a 40 min: O que as pessoas refletiam sobre o que 1:30
  4. Reflexão (princípios e insites)... Não como repenso o processo mas o que eu entrego Método... 1 ou 2 cases Debate – Exercício 30 a 40 min: O que as pessoas refletiam sobre o que 1:30
  5. Reflexão (princípios e insites)... Não como repenso o processo mas o que eu entrego Método... 1 ou 2 cases Debate – Exercício 30 a 40 min: O que as pessoas refletiam sobre o que 1:30
  6. Reflexão (princípios e insites)... Não como repenso o processo mas o que eu entrego Método... 1 ou 2 cases Debate – Exercício 30 a 40 min: O que as pessoas refletiam sobre o que 1:30