Desevenvolvimento raciocínio clínico_cuidado_farmac_unifal_2015

245 visualizações

Publicada em

Raciocínio Clínico e Cuidado Farmacêutico

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
245
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desevenvolvimento raciocínio clínico_cuidado_farmac_unifal_2015

  1. 1. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Angelita C. Melo Doutora em Saúde Pública Consultora Ad Hoc CFF – Área Clínica Comissão de Farmácia Clínica CRFMG Profa. Adjunta – UFSJ Raciocínio Clínico e Cuidado Farmacêutico
  2. 2. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Relevância Social • Uma profissão só existe se tiver relevância social Bobo da corte Leiteiro Fotógrafo de lambe-lambe Datilógrafo Colcheiro
  3. 3. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Crise no sistema de saúde e de identidade profissional: definição de percurso
  4. 4. Evolução dos Gastos com Medicamentos do Ministério da Saúde R$ Fonte: Fundo Nacional de Saúde – FNS e CGPLAN/SCTIE/MS Atualizado: 10/02/2014 650% crescimento
  5. 5. Hospitalizações por Medicamentos no Brasil em 2013 48 Milhões de Atendimentos de Urgência 11 Milhões de Internações Custo Médio por Internação: R$ 1.135,26 9-24% das internações de urgência* 1,2 e 3,2 Milhões de Internações R$ 1,3 a 3,6 Bilhões 70% dos eventos são considerados evitáveis *Patel P, Zed PJ. Drug-related visits to the emergency department: how big is the problem? Pharmacotherapy. 2002;22(7):915-23.
  6. 6. Hospitalizações e Morte por Medicamentos Falta de Efetividade Terapêutica Eventos Adversos a Medicamentos Uso incorreto de medicamentos Baixa adesão aos medicamentos Interações medicamentosas Medicamentos desnecessários Erros de medicação Falhas de acesso aos medicamentos Automedicação inadequada Falhas de monitorização do paciente Falhas de comunicação da equipe
  7. 7. 5GRANDES DESAFIOS: 7OMS / FIP / WMA / IOM / WONCA / FDA / MS / CFF / ANVISA
  8. 8. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Onde o farmacêutico atua?
  9. 9. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Desafios do farmacêutico?
  10. 10. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Mudança de paradigma Foco no pós-acesso Autonomia do paciente Provisão de serviço Cuidado à saúde
  11. 11. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Relevância? Atuação interdisciplinar
  12. 12. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Estou com azia
  13. 13. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Estou com azia Método científico
  14. 14. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Estou com azia Método Clínico
  15. 15. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Otimização da farmacoterapia Estou com azia Método Clínico
  16. 16. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Identificar problema de saúde Necessidade Efetividade Segurança Comodidade
  17. 17. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Plano de intervenção
  18. 18. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Fontes de informação
  19. 19. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Protocolos Clínicos e Medicamentos
  20. 20. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Estou com azia Método Clínico PWDT Dáder Qual a limitação?
  21. 21. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Necessidades em saúde: Cecilio resgatando Stotz
  22. 22. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Em quê o farmacêutico pode atuar?
  23. 23. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Cuidado Farmacêutico e necessidades de saúde http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832011000200021 Individual Individual Individual Individual Individual Individual Acesso a terapêutica ótima para todas as condições de saúde. Graus crescentes de autonomia. Vínculo efetivo Acesso a terapêutica ótima para uma condição de saúde. Graus crescentes de autonomia. Vínculo efetivo Acesso a terapêutica ótima para uma condição de saúde. Autonomia Acesso à medicamento eficaz e seguro Acesso à medicamento. Autonomia para o uso do medicamento Acesso a terapêutica acurada Acompanhamento farmacoterapêutico Gestão de uma condição de saúde Revisão da farmacoterapia Monitorização do medicamento Dispensação Conciliação de medicamentos Individual e familiar Ter acesso a diagnóstico precoce e tratamento. Ter vínculos efetivos Rastreamento em saúde Individual e familiar Ter graus crescentes de autonomia. Ter boas condições de vida Educação em saúde IndividualTer acesso a tratamento. Ter graus crescentes de autonomia Manejo de problema de saúde autolimitado
  24. 24. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Farmacêutico: Pós-Acesso a Medicamentos
  25. 25. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Farmácia Clínica • Área da farmácia voltada à ciência e prática do uso responsável de medicamentos, na qual os farmacêuticos prestam cuidado ao paciente, de forma a otimizar a farmacoterapia, promover saúde e bem-estar, e prevenir doenças.
  26. 26. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Raciocínio Clínico: objetivos semiológicos
  27. 27. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Raciocínio Clínico: objetivos semiológicos
  28. 28. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Otimização da farmacoterapia Estou com azia Método Clínico Serviços de prevenção e promoção da saúde Suporte ao autocuidado
  29. 29. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Fontes de informação
  30. 30. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Protocolos Clínicos e Medicamentos
  31. 31. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Acolhimento da demanda • Abertura dos canais de comunicação • Identificação inicial: resolução ou encaminhamento “Este anticoncepcional me enjoa. O que eu faço?”
  32. 32. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Necessidade ou problema de saúde Necessidade de saúde? “Este anticoncepcional me enjoa. O que eu faço?” Alertas de encaminhamento?
  33. 33. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Necessidade ou problema de saúde Porque eu não tinha isto antes de começar a usar, há uma semana. Porque você acredita que o anticoncepcional está causando enjôo?
  34. 34. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Necessidade ou problema de saúde Eu o tomo assim que me levanto. Como você toma o anticoncepcional?
  35. 35. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Necessidade ou problema de saúde Não me levanto, troco de roupa e saio correndo para o trabalho. Você come alguma coisa logo antes ou depois de tomar o anticoncepcional?
  36. 36. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Necessidade ou problema de saúde Qual é a necessidade de saúde? Alertas para encaminhamento?
  37. 37. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Conduta • Seleção de intervenções Encaminhamento médico para alteração da prescrição Educação em saúde: modo correto de uso ???? • Fatores modificadores
  38. 38. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Conduta • Seleção de intervenções Encaminhamento médico para alteração da prescrição Educação em saúde: modo correto de uso ???? • Fatores modificadores Não. Você teria problemas para tomar o medicamento a noite?
  39. 39. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Conduta • Seleção de intervenções Encaminhamento médico para alteração da prescrição Educação em saúde: modo correto de uso ???? • Fatores modificadores
  40. 40. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Conduta • Seleção de intervenções • Fatores modificadores 11h. Qual é o horário que você dorme?
  41. 41. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Implantação da Conduta • Educação em saúde sobre modo correto de uso Uso a noite Estomago cheio O seu problema provavelmente está relacionado ao modo de uso do medicamento. Vou te orientar.....
  42. 42. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Conduta • Redação Receita
  43. 43. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Finalização da Consulta e Acompanhamento dos resultados • Disponibilidade • Retorno dos resultados Resolvido? Como está? Os seus enjôos melhoraram? Não tive mais nada. Você acertou em cheio.
  44. 44. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Notas de Evolução: SOAP «S» de Subjectivo • registra o ponto de vista do doente: para além das queixas, os sentimentos. «O» de Objectivo • ponto de vista do médico • Resultados de testes «A» de Avaliação • identifica o problema e o seu grau de resolução à data • problema deveconstituir um «fato clínico» • Hipótese (diz respeito ao médico que a coloca e não ao doente) «P» de Plano • medidas terapêuticas • Pedidos de exames complementares de diagnóstico (ECD) • referenciação e o aconselhamento • agenda a próxima consulta de reavaliação
  45. 45. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Notas de Evolução: SOAP Data - S: paciente preocupada com enjôo associado a início do uso do Femiane. O: nada digno de nota. A: enjôo como RAM do Femiane em início de terapia e uso incorreto. P: educação em saúde para tomada noturna e com o estomago cheio. Data - S: paciente relata resolução do problema. O: nada digno de nota. A: enjôo como RAM do Femiane resolvida. P: alta do serviço.
  46. 46. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Obrigada! angelitamelo@ufsj.edu.br Universidade Federal de São João Del-Rei

×