SlideShare uma empresa Scribd logo
Profª Helena Borralho
Os lados do triângulo podem ser classificados em:
Equilátero – três lados iguais. Nesse caso dizemos que os
três lados são congruentes.
Isósceles – dois lados iguais e um diferente.
Escaleno – três lados diferentes.




             Profª Helena Borralho
Quanto aos ângulos do triângulo podem ser classificados em:
 Retângulo – quando possui um ângulo reto
Acutângulo – quando possui os três ângulos agudos.
Obtusângulo – quando possui um ângulo obtuso.




                Profª Helena Borralho
Num triângulo, qualquer lado é menor que a
                                       soma dos outros dois lados.

                                                Num triângulo há:
                                                - três ângulos internos;
                                                - três ângulos externos.




A soma das amplitudes dos ângulos internos de um triângulo é 180 .

Num triângulo, a amplitude de um ângulo externo é igual à soma das amplitudes
dos dois ângulos internos não adjacentes




                    Profª Helena Borralho
Utilizando os dados da figura, calcula:
1. A medida de cada um dos ângulos internos do triângulo [MNP];
2. A soma dos ângulos externos do triângulo.

  Considerando que os ângulos                  Como a soma dos ângulos internos de um
  seguintes são suplementares,                 triângulo é um ângulo raso, vem:
  temos




                                               Considerando que os ângulos seguintes são
                                               suplementares, temos:




                       Profª Helena Borralho
O triângulo [ABC] é retângulo em A;
[AH] é perpendicular a [BC] e o ângulo externo
em C mede 130º.
Calcula a medida da amplitude dos ângulos x, y
e z.

  Amplitude do ângulo c= 180º-130º= 50º

  Amplitude do ângulo x= 180º-(90º+50)= 40º

  Amplitude do ângulo y= 90º-40= 50º

  Amplitude do ângulo z= 180º - (90º+50)= 40º




                      Profª Helena Borralho
- O triângulo equilátero tem 3 eixos de simetria.
 - O triângulo isósceles tem 1 eixo de simetria.
 - O triângulo escaleno não tem eixos de simetria


Num triângulo, a lados iguais opõem-se ângulos iguais.
Num triângulo, a ângulos iguais opõem-se lados iguais.

                                                      :
A SOMA DOS COMPRIMENTOS DE DOIS LADOS QUAISQUER DO
TRIÂNGULO FOR MAIOR DO QUE O COMPRIMENTO DO OUTRO LADO.

                   Profª Helena Borralho
Há três maneiras diferentes de construir
                        triângulos!

                          Vamos fazê-lo com a ajuda destes três
                        amigos: a régua, o compasso e o
                        transferidor.




Profª Helena Borralho
Para esta construção, vamos utilizar a régua e o compasso.
                                 De um triângulo [ABC], sabemos que:

                              AB        4 cm     BC   3 cm        AC   2 cm

                           • Com a régua, traça o segmento de reta [AB] com 4 cm
                           de comprimento.

  • Marca os pontos A e B.




                                         A                    B



                Profª Helena Borralho
• Fixa o compasso na extremidade A.
               • Com uma abertura de 2 cm, traça um arco de
               circunferência:
                    • Fixa o compasso na extremidade B.

                • Com uma abertura de 3 cm, traça outro arco
                de circunferência:


                                                    C
                                                    C
A                B



        C   • Marca o ponto C na
                                          A                    B
            intersecção dos dois arcos.


    A                B
            Profª Helena Borralho
Para esta construção, deves utilizar a régua e o transferidor.
                              De um triângulo [LUA], sabemos que:

                              UL     4 cm      UA   3,5 cm            ˆ
                                                                    LUA 60

              • Com a régua, traça o segmento de reta [UL] com 4 cm de
              comprimento.
           • Marca os pontos U e L.




                                             U                       L       11


                 Profª Helena Borralho
• Com a régua, completa a semirreta
com origem em U:

• Com a ajuda do transferidor,
traça um ângulo com vértice em U
de amplitude igual a 60º:
                                                                  U                          L



               A

                                                • Sobre a semirreta traçada, marca o ponto
                                                A com uma distância de 3,5 cm do ponto
                                                U:


      U                             L
                        Profª Helena Borralho
• Une agora o ponto L ao ponto A:




                                        A




                       U                    L




                Profª Helena Borralho
Para esta construção, deves utilizar a régua e o transferidor.
                                    De um triângulo [MAR], sabemos que:


                                    AM         4,5 cm    ˆ
                                                        MAR 45         ˆ
                                                                      AMR 30



• Com     a   régua,   traça    o
segmento de reta [AM] com 4,5
cm de comprimento.

• Marca os pontos A e M.
                                                   A              M
• Com a       régua, completa a                                                14

semirreta com origem em A.
                       Profª Helena Borralho
• Com a ajuda do transferidor, traça um ângulo com vértice em A de amplitude
igual a 45º:




                                            A              M



                    Profª Helena Borralho
• Com a régua, completa a semi-recta com origem em M:

• Com a ajuda do transferidor, traça um ângulo com vértice em M de
amplitude igual a 30º:




                         A                  M



                    Profª Helena Borralho
• Assinala o ponto R na intersecção das semi-rectas traçadas.

• Apaga as linhas excedentes…




                                     R




                         A                       M




                 Profª Helena Borralho
Observa o triângulo representado na figura, onde estão assinaladas as
amplitudes dos seus ângulos.
                                                           Prova de aferição 2010




Classifica o triângulo quanto aos ângulos e diz por que razão lhe deste essa
classificação.




                 Profª Helena Borralho
A Maria desenhou um triângulo acutângulo. Qual das opções seguintes
contém as amplitudes dos ângulos do triângulo que a Maria desenhou?
                                                    Prova de aferição 2009




                Profª Helena Borralho
Prova de aferição 2008




Profª Helena Borralho
Prova de aferição 2006




                        Triângulo isósceles ( dois lados iguais)




Profª Helena Borralho
Prova de aferição 2005




Profª Helena Borralho
Prova de aferição 2004




Profª Helena Borralho
Prova de aferição 2001




Profª Helena Borralho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Quadrilátero exercicios
Quadrilátero   exerciciosQuadrilátero   exercicios
Quadrilátero exercicios
Diomedes Manoel
 
Semelhança unidade 7
Semelhança unidade 7Semelhança unidade 7
Semelhança unidade 7
Helena Borralho
 
Função afim
Função afimFunção afim
Função afim
wfsousamatematica
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
Rodrigo Carvalho
 
Áreas e volumes de sólidos
Áreas e volumes de sólidosÁreas e volumes de sólidos
Áreas e volumes de sólidos
Joana Ferreira
 
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
Ilton Bruno
 
Teste 2- Polígonos e simetrias no 6º ano
Teste 2- Polígonos e simetrias no 6º anoTeste 2- Polígonos e simetrias no 6º ano
Teste 2- Polígonos e simetrias no 6º ano
Agrupamento de Escolas de Mortágua
 
AULA DE TRIGONOMETRIA
AULA DE TRIGONOMETRIAAULA DE TRIGONOMETRIA
AULA DE TRIGONOMETRIA
CECIERJ
 
Relação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantes
Relação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantesRelação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantes
Relação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantes
aldaalves
 
Funções
FunçõesFunções
Funções
aldaalves
 
Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...
Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...
Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...
Breno Raphael
 
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
Ilton Bruno
 
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Ilton Bruno
 
Razao e proporção
Razao e proporçãoRazao e proporção
Razao e proporção
Jéssica Oliveira
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
aldaalves
 
Geometria plana
Geometria planaGeometria plana
Geometria plana
slidericardinho
 
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabaritoSoma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
CIEP 456 - E.M. Milcah de Sousa
 
Áreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras PlanasÁreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras Planas
Murilo Cretuchi de Oliveira
 
Volumes e simetria
Volumes e simetriaVolumes e simetria
Volumes e simetria
maria natalice
 
1 lista arredondamento
1 lista arredondamento1 lista arredondamento
1 lista arredondamento
Psicologia_2015
 

Mais procurados (20)

Quadrilátero exercicios
Quadrilátero   exerciciosQuadrilátero   exercicios
Quadrilátero exercicios
 
Semelhança unidade 7
Semelhança unidade 7Semelhança unidade 7
Semelhança unidade 7
 
Função afim
Função afimFunção afim
Função afim
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
 
Áreas e volumes de sólidos
Áreas e volumes de sólidosÁreas e volumes de sólidos
Áreas e volumes de sólidos
 
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
 
Teste 2- Polígonos e simetrias no 6º ano
Teste 2- Polígonos e simetrias no 6º anoTeste 2- Polígonos e simetrias no 6º ano
Teste 2- Polígonos e simetrias no 6º ano
 
AULA DE TRIGONOMETRIA
AULA DE TRIGONOMETRIAAULA DE TRIGONOMETRIA
AULA DE TRIGONOMETRIA
 
Relação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantes
Relação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantesRelação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantes
Relação entre perímetros e áreas em triângulos semelhantes
 
Funções
FunçõesFunções
Funções
 
Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...
Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...
Materialdeapoioextensivo matematica-exercicios-poligonos-regulares-inscritos-...
 
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
 
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
 
Razao e proporção
Razao e proporçãoRazao e proporção
Razao e proporção
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
 
Geometria plana
Geometria planaGeometria plana
Geometria plana
 
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabaritoSoma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
 
Áreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras PlanasÁreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras Planas
 
Volumes e simetria
Volumes e simetriaVolumes e simetria
Volumes e simetria
 
1 lista arredondamento
1 lista arredondamento1 lista arredondamento
1 lista arredondamento
 

Semelhante a Triangulos

1276
12761276
1276
Pelo Siro
 
1300874380 construcao de_triangulos
1300874380 construcao de_triangulos1300874380 construcao de_triangulos
1300874380 construcao de_triangulos
Pelo Siro
 
M4 41 vb
M4 41 vbM4 41 vb
M4 41 vb
Angela Pereira
 
âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009
âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009
âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009
guest3651befa
 
Figuras no plano
Figuras no planoFiguras no plano
Figuras no plano
Helena Borralho
 
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
IsabellyViana
 
Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºanoÂngulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
marcommendes
 
Construção de triângulos
Construção de triângulosConstrução de triângulos
Construção de triângulos
David_Costa_30
 
Trigonometria radianos graus
Trigonometria radianos grausTrigonometria radianos graus
Trigonometria radianos graus
trigono_metria
 
Mat angulos
Mat angulosMat angulos
Mat angulos
trigono_metria
 
Relações Métricas no Triângulo Retângulo
Relações Métricas no Triângulo RetânguloRelações Métricas no Triângulo Retângulo
Relações Métricas no Triângulo Retângulo
hld13
 
âNgulos
âNgulosâNgulos
âNgulos
nega2010
 
Trîângulos
TrîângulosTrîângulos
Trîângulos
earana
 
Triângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmatTriângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmat
marcommendes
 
Ângulos e retas.ppt
Ângulos e retas.pptÂngulos e retas.ppt
Ângulos e retas.ppt
RAFAGAMESbr
 
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreasGeometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Camila Rodrigues
 
Ângulos
ÂngulosÂngulos
Ângulos
Roberval2009
 
âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009
âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009
âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009
guest3651befa
 
Trigonometria no triângulo retângulo
Trigonometria no triângulo retânguloTrigonometria no triângulo retângulo
Trigonometria no triângulo retângulo
naygno
 
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
Silvana Santos
 

Semelhante a Triangulos (20)

1276
12761276
1276
 
1300874380 construcao de_triangulos
1300874380 construcao de_triangulos1300874380 construcao de_triangulos
1300874380 construcao de_triangulos
 
M4 41 vb
M4 41 vbM4 41 vb
M4 41 vb
 
âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009
âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009
âNgulos Autor Antonio Carlos 30062009
 
Figuras no plano
Figuras no planoFiguras no plano
Figuras no plano
 
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
 
Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºanoÂngulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
 
Construção de triângulos
Construção de triângulosConstrução de triângulos
Construção de triângulos
 
Trigonometria radianos graus
Trigonometria radianos grausTrigonometria radianos graus
Trigonometria radianos graus
 
Mat angulos
Mat angulosMat angulos
Mat angulos
 
Relações Métricas no Triângulo Retângulo
Relações Métricas no Triângulo RetânguloRelações Métricas no Triângulo Retângulo
Relações Métricas no Triângulo Retângulo
 
âNgulos
âNgulosâNgulos
âNgulos
 
Trîângulos
TrîângulosTrîângulos
Trîângulos
 
Triângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmatTriângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmat
 
Ângulos e retas.ppt
Ângulos e retas.pptÂngulos e retas.ppt
Ângulos e retas.ppt
 
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreasGeometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
 
Ângulos
ÂngulosÂngulos
Ângulos
 
âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009
âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009
âNgulos Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso 01072009
 
Trigonometria no triângulo retângulo
Trigonometria no triângulo retânguloTrigonometria no triângulo retângulo
Trigonometria no triângulo retângulo
 
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
 

Mais de Helena Borralho

alimentação equilibrada e segura.pptx
alimentação equilibrada e segura.pptxalimentação equilibrada e segura.pptx
alimentação equilibrada e segura.pptx
Helena Borralho
 
Exercicios resolvidos (números racionais)
Exercicios resolvidos (números racionais)Exercicios resolvidos (números racionais)
Exercicios resolvidos (números racionais)
Helena Borralho
 
Números racionais - problemas
Números racionais - problemasNúmeros racionais - problemas
Números racionais - problemas
Helena Borralho
 
Exercicios resolvidos (Frações)
Exercicios resolvidos (Frações)Exercicios resolvidos (Frações)
Exercicios resolvidos (Frações)
Helena Borralho
 
Exercicios resolvidos
Exercicios resolvidosExercicios resolvidos
Exercicios resolvidos
Helena Borralho
 
Criterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidadeCriterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidade
Helena Borralho
 
Ft areas
Ft areasFt areas
Ft areas
Helena Borralho
 
Ficha de trabalho teste global revisões_1
Ficha de trabalho teste global revisões_1Ficha de trabalho teste global revisões_1
Ficha de trabalho teste global revisões_1
Helena Borralho
 
Ficha de trabalho teste global revisões
Ficha de trabalho teste global revisõesFicha de trabalho teste global revisões
Ficha de trabalho teste global revisões
Helena Borralho
 
Ficha de trabalho areas2
Ficha de trabalho areas2Ficha de trabalho areas2
Ficha de trabalho areas2
Helena Borralho
 
Ficha de trabalho areas
Ficha de trabalho areasFicha de trabalho areas
Ficha de trabalho areas
Helena Borralho
 
Organização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dadosOrganização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dados
Helena Borralho
 
Ficha de trabalho_ equações
Ficha de trabalho_ equaçõesFicha de trabalho_ equações
Ficha de trabalho_ equações
Helena Borralho
 
Ficha de trabalho equações
Ficha de trabalho equaçõesFicha de trabalho equações
Ficha de trabalho equações
Helena Borralho
 
Areas1
Areas1Areas1
Areas1
Areas1Areas1
8teste 7ano2013
8teste 7ano20138teste 7ano2013
8teste 7ano2013
Helena Borralho
 
5ºt8a
5ºt8a5ºt8a
7teste 7ano2013
7teste 7ano20137teste 7ano2013
7teste 7ano2013
Helena Borralho
 
5ºt7a
5ºt7a5ºt7a

Mais de Helena Borralho (20)

alimentação equilibrada e segura.pptx
alimentação equilibrada e segura.pptxalimentação equilibrada e segura.pptx
alimentação equilibrada e segura.pptx
 
Exercicios resolvidos (números racionais)
Exercicios resolvidos (números racionais)Exercicios resolvidos (números racionais)
Exercicios resolvidos (números racionais)
 
Números racionais - problemas
Números racionais - problemasNúmeros racionais - problemas
Números racionais - problemas
 
Exercicios resolvidos (Frações)
Exercicios resolvidos (Frações)Exercicios resolvidos (Frações)
Exercicios resolvidos (Frações)
 
Exercicios resolvidos
Exercicios resolvidosExercicios resolvidos
Exercicios resolvidos
 
Criterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidadeCriterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidade
 
Ft areas
Ft areasFt areas
Ft areas
 
Ficha de trabalho teste global revisões_1
Ficha de trabalho teste global revisões_1Ficha de trabalho teste global revisões_1
Ficha de trabalho teste global revisões_1
 
Ficha de trabalho teste global revisões
Ficha de trabalho teste global revisõesFicha de trabalho teste global revisões
Ficha de trabalho teste global revisões
 
Ficha de trabalho areas2
Ficha de trabalho areas2Ficha de trabalho areas2
Ficha de trabalho areas2
 
Ficha de trabalho areas
Ficha de trabalho areasFicha de trabalho areas
Ficha de trabalho areas
 
Organização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dadosOrganização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dados
 
Ficha de trabalho_ equações
Ficha de trabalho_ equaçõesFicha de trabalho_ equações
Ficha de trabalho_ equações
 
Ficha de trabalho equações
Ficha de trabalho equaçõesFicha de trabalho equações
Ficha de trabalho equações
 
Areas1
Areas1Areas1
Areas1
 
Areas1
Areas1Areas1
Areas1
 
8teste 7ano2013
8teste 7ano20138teste 7ano2013
8teste 7ano2013
 
5ºt8a
5ºt8a5ºt8a
5ºt8a
 
7teste 7ano2013
7teste 7ano20137teste 7ano2013
7teste 7ano2013
 
5ºt7a
5ºt7a5ºt7a
5ºt7a
 

Último

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 

Triangulos

  • 2. Os lados do triângulo podem ser classificados em: Equilátero – três lados iguais. Nesse caso dizemos que os três lados são congruentes. Isósceles – dois lados iguais e um diferente. Escaleno – três lados diferentes. Profª Helena Borralho
  • 3. Quanto aos ângulos do triângulo podem ser classificados em:  Retângulo – quando possui um ângulo reto Acutângulo – quando possui os três ângulos agudos. Obtusângulo – quando possui um ângulo obtuso. Profª Helena Borralho
  • 4. Num triângulo, qualquer lado é menor que a soma dos outros dois lados. Num triângulo há: - três ângulos internos; - três ângulos externos. A soma das amplitudes dos ângulos internos de um triângulo é 180 . Num triângulo, a amplitude de um ângulo externo é igual à soma das amplitudes dos dois ângulos internos não adjacentes Profª Helena Borralho
  • 5. Utilizando os dados da figura, calcula: 1. A medida de cada um dos ângulos internos do triângulo [MNP]; 2. A soma dos ângulos externos do triângulo. Considerando que os ângulos Como a soma dos ângulos internos de um seguintes são suplementares, triângulo é um ângulo raso, vem: temos Considerando que os ângulos seguintes são suplementares, temos: Profª Helena Borralho
  • 6. O triângulo [ABC] é retângulo em A; [AH] é perpendicular a [BC] e o ângulo externo em C mede 130º. Calcula a medida da amplitude dos ângulos x, y e z. Amplitude do ângulo c= 180º-130º= 50º Amplitude do ângulo x= 180º-(90º+50)= 40º Amplitude do ângulo y= 90º-40= 50º Amplitude do ângulo z= 180º - (90º+50)= 40º Profª Helena Borralho
  • 7. - O triângulo equilátero tem 3 eixos de simetria. - O triângulo isósceles tem 1 eixo de simetria. - O triângulo escaleno não tem eixos de simetria Num triângulo, a lados iguais opõem-se ângulos iguais. Num triângulo, a ângulos iguais opõem-se lados iguais. : A SOMA DOS COMPRIMENTOS DE DOIS LADOS QUAISQUER DO TRIÂNGULO FOR MAIOR DO QUE O COMPRIMENTO DO OUTRO LADO. Profª Helena Borralho
  • 8. Há três maneiras diferentes de construir triângulos! Vamos fazê-lo com a ajuda destes três amigos: a régua, o compasso e o transferidor. Profª Helena Borralho
  • 9. Para esta construção, vamos utilizar a régua e o compasso. De um triângulo [ABC], sabemos que: AB 4 cm BC 3 cm AC 2 cm • Com a régua, traça o segmento de reta [AB] com 4 cm de comprimento. • Marca os pontos A e B. A B Profª Helena Borralho
  • 10. • Fixa o compasso na extremidade A. • Com uma abertura de 2 cm, traça um arco de circunferência: • Fixa o compasso na extremidade B. • Com uma abertura de 3 cm, traça outro arco de circunferência: C C A B C • Marca o ponto C na A B intersecção dos dois arcos. A B Profª Helena Borralho
  • 11. Para esta construção, deves utilizar a régua e o transferidor. De um triângulo [LUA], sabemos que: UL 4 cm UA 3,5 cm ˆ LUA 60 • Com a régua, traça o segmento de reta [UL] com 4 cm de comprimento. • Marca os pontos U e L. U L 11 Profª Helena Borralho
  • 12. • Com a régua, completa a semirreta com origem em U: • Com a ajuda do transferidor, traça um ângulo com vértice em U de amplitude igual a 60º: U L A • Sobre a semirreta traçada, marca o ponto A com uma distância de 3,5 cm do ponto U: U L Profª Helena Borralho
  • 13. • Une agora o ponto L ao ponto A: A U L Profª Helena Borralho
  • 14. Para esta construção, deves utilizar a régua e o transferidor. De um triângulo [MAR], sabemos que: AM 4,5 cm ˆ MAR 45 ˆ AMR 30 • Com a régua, traça o segmento de reta [AM] com 4,5 cm de comprimento. • Marca os pontos A e M. A M • Com a régua, completa a 14 semirreta com origem em A. Profª Helena Borralho
  • 15. • Com a ajuda do transferidor, traça um ângulo com vértice em A de amplitude igual a 45º: A M Profª Helena Borralho
  • 16. • Com a régua, completa a semi-recta com origem em M: • Com a ajuda do transferidor, traça um ângulo com vértice em M de amplitude igual a 30º: A M Profª Helena Borralho
  • 17. • Assinala o ponto R na intersecção das semi-rectas traçadas. • Apaga as linhas excedentes… R A M Profª Helena Borralho
  • 18. Observa o triângulo representado na figura, onde estão assinaladas as amplitudes dos seus ângulos. Prova de aferição 2010 Classifica o triângulo quanto aos ângulos e diz por que razão lhe deste essa classificação. Profª Helena Borralho
  • 19. A Maria desenhou um triângulo acutângulo. Qual das opções seguintes contém as amplitudes dos ângulos do triângulo que a Maria desenhou? Prova de aferição 2009 Profª Helena Borralho
  • 20. Prova de aferição 2008 Profª Helena Borralho
  • 21. Prova de aferição 2006 Triângulo isósceles ( dois lados iguais) Profª Helena Borralho
  • 22. Prova de aferição 2005 Profª Helena Borralho
  • 23. Prova de aferição 2004 Profª Helena Borralho
  • 24. Prova de aferição 2001 Profª Helena Borralho