Projeto de Construção de Casa

2.214 visualizações

Publicada em

Titulo: Projeto de Construção de Casa
Alunos:CARLA ESTOPA,Juliana Marinho de Carvalho,Victor Muniz Cezar,
Cidade: Paulista
Disciplina: Aquisições
Turma: GEEP42
Data:10-07-2015
Hora:20:12
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.214
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de Construção de Casa

  1. 1. Gerenciamento de Aquisições Projeto de Construção de Casa São Paulo - Paulista, GEEP T42
  2. 2. Integrantes Felipe Andreatto Carla Estopa Juliana Marinho Victor Muniz Cezar
  3. 3. DreamMakers Construtora A DreamMakers Construtora é uma empresa especializada em tornar sonhos em realidade através de projetos de empreendimentos de pequeno porte com foco no bem estar e conforto do cliente.
  4. 4. Estrutura Analítica de Projeto (EAP) Pacotes Make
  5. 5. Critérios “Make or Buy” 1. Core business 2. Restrição de Preço 3. Restrição de Tempo 4. Falta de recursos 5. Criticidade 6. Qualidade 7. Fornecedor confiável 8. Compartilhamento de riscos
  6. 6. Mapa de Aquisições Concorrência EAP Pacote de Trabalho Critérios M/B RFP-1 1.3.1 Fundação 4, 5, 6, 7, 8 RFP-2 1.3.2 Estrutura 4, 5, 6, 7, 8 RFP-3 1.3.3 Vedação 4, 5, 6, 7, 8 RFP-4 1.3.4 Instalações 4, 6, 7 RFP-5 1.4.4 Aplicação 4, 6, 7
  7. 7. EAP Revisada Revisão
  8. 8. Registro de Risco # Causa Efeito Momento do Risco 1 Escopo do trabalho de pacotes “buy” não serem validados após entrega Atraso no cronograma do projeto Após entrega dos pacotes definidos por “buy” 2 Evento inesperado apontado no diário de obra do fornecedor Aumento de custo do projeto Durante a obra 3 Fornecedores se juntarem para combinar preço Aumento no preço dos pacotes definidos por “Buy” Após divulgar RFP 4 Fornecedor não aceitar o contrato no tempo pré- determinado Revisão de contrato, aumentando tempo do projeto Na emissão do contrato para fornecedores
  9. 9. Especificação Funcional Deverá ser realizado todos os devidos testes de solo para verificar o tipo de fundação coerente para aquele solo. Todos os cálculos deverão ser apresentados por memorial de calculo sempre atendendo as necessidades do escopo do projeto. Devera ser recolhido ART de todos os trabalhos realizados. Todos os trabalhos serão realizados com supervisão de um gerente de projeto da Contratante. A construção deverão seguir as especificações do projeto de detalhamento. É de responsabilidade da contratada, o fornecimento de EPI’s para seus funcionários. O horário de trabalho limita-se no horário comercial. Qualidade Sempre utilizar os melhores materiais encontrados no mercado. Prazo 20 dias corridos. Garantia A empresa devera ficar disponível para reparos de eventuais problemas de contratação por 5 dias Local de Entrega Na obra da residência. DT – Declaração de Trabalho
  10. 10. EAP do Contrato Fundação Solo Teste do Solo para definição de Fundação. Executar Terraplanagem Escavação Executar Gabarito Executar Marcação Executar Escavação Executar Lastro de Brita Armação Armadura de Sapatas Armadura e formas de Baldrame Concretagem Concretagem Baldrame Alvenaria de Embasamento Impermeabilização do Alicerce Preparo do Piso Concretagem do Contrapiso
  11. 11. Critérios Eliminatórios
  12. 12. Critérios Classificatórios
  13. 13. Divulgar os critérios de Classificação para os concorrentes? Não
  14. 14. Sistema de Pontuação Critérios Peso Fornecedor 1 Fornecedor 2 # Descrição Nota Média Nota Média 1 Experiência de mercado 10% 2 Prazo das entregas 15% 3 Qualificação técnica dos funcionários 25% 4 Qualidade dos materiais utilizados na obra 15% 5 Preço e forma de pagamento 20% 6 Certificações 15% TOTAL: 100% O sistema de pontuação irá definir critérios e seus respectivos pesos para avaliar a lista dos possíveis fornecedores. Este levantamento será utilizado durante o processo de “Conduzir Aquisições”.
  15. 15. Documentos de Aquisição Os documentos de Aquisição têm como objetivo solicitar propostas dos potenciais fornecedores para a execução da Fundação da casa:  RFP (Request for Proposal): A definição do fornecedor não será apenas pelo valor do orçamento, mas também pelas qualificações técnicas da empresa, para garantir qualidade nas entregas. Os documentos presentes na RFP são: - DT (Declaração de Trabalho); - Modelo de Contrato; - E-mail (Carta Convite).  RFI (Request for Information): Serão requisitadas as seguintes informações para os possíveis fornecedores: - Dados bancários; - CND (Certidão Negativa de Débito); - Portifólio de Produtos. Estas informações serão utilizadas durante a seleção do fornecedor.
  16. 16. Meio adotado para envio do convite O envio dos convites aos possíveis fornecedores será via e-mail. Justificativas: 1) Recebimento imediato do convite; 2) Praticidade na elaboração e envio do convite; 3) Baixo Custo; 4) Lista de e-mail dos possíveis fornecedores já conhecida pela nossa empresa.
  17. 17. Contrato de Preço Fixo Garantido (PFG): • A contratação é referente à um serviço de fundação para a construção de casas. Este serviço possui um risco muito grande, uma vez que, o fornecedor tenha problemas na execução, como por exemplo muita chuva, minas de água, etc., o contratante não será impactado em relação a valores, a não ser que tenham mudança de escopo do projeto. Tipo de Contrato
  18. 18. Fluxograma - Conduzir Aquisições (Concorrência Privada)
  19. 19. Fiscalização - Controlar Aquisição  Diligenciamento: avaliação comparativa dos prazos estabelecidos na reunião de Kick off versus as datas de entrega do fornecedor.  Controle Integrado de Mudanças: a cada mudança solicitada, realizar a integrações das ações necessárias com todas demais atividades da obra, a fim de avaliar possíveis impactos e atualizar os riscos presentes na construção da casa. Cada mudança será avaliada por uma equipe, através de uma aprovação formal, e terá como resultado a atualização dos documentos necessários, definição de plano de ação (com prazo e responsáveis) e redefinição do planejamento, quando aplicável.  Monitoramento e Controle da Qualidade: Coletar dados da qualidade dos materiais utilizados e dos principais “entregáveis” da obra, controlando ações necessárias para manter os requisitos técnicos pré-estabelecidos.  Relatório de status: semanalmente reportar o status das principais entregas da obra (baseado em um Plano de Comunicação).  Lições Aprendidas: documentar as lições aprendidas e rever planejamento quando tiver necessidade de aplicar imediatamente alguma lição estabelecida.
  20. 20. Relatórios - Controlar Aquisição  RDO (Relatório Diário de Obra) Relatório a ser elaborado e divulgado diariamente, com as seguintes informações: - Condições de trabalho; - Progresso da obra; - Equipe envolvida; - Acidentes ou Quase Acidentes na obra.  BM (Boletim de Medição): Relatório a ser elaborado e divulgado semanalmente, com as seguintes informações: - Progresso da obra; - Diferenças nos gastos previstos no planejamento (p/ mais ou p/ menos); - Desvios de qualidade e seu respectivo Plano de Ação; - Controle de mudanças (caso aplicável)
  21. 21. Relatórios – Templates (RDO)
  22. 22. Relatórios – Templates (BM)
  23. 23. Fluxograma - Controlar o Contrato
  24. 24. Fluxograma - Encerrar o Contrato
  25. 25. Sumário PGA Plano de Gerenciamento de Aquisições 1. Desenvolvimento da WBS 2. Critérios de Analise Make or Buy 3. Desenvolvimento de Mapa de Aquisição 4. Analisar Ameaças e Oportunidades e elaborar respostas para os riscos 5. Desenvolver declaração de trabalho de cada pacote e entregaveis. 6. Definição de forma de Carta Convite e Recebimento das propostas 7. Definição de critérios eliminatórios, classificatórios e pontuação 8. Definição para critérios de aceitação de pacotes de trabalho 9. Desenvolvimento de plano de encerramento

×