SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Cronograma de Obras
Como Prepará-lo de Forma
Profissional em 4 Passos
Extra: Como utilizar o OpenProj
Leia o artigo completo em: http://engenheironocanteiro.com.br/cronograma-de-obras/
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Agenda
Definir as Atividades
Passo #1
Sequenciar as Atividades
Passo #2
Estimar as Durações das Atividades
Passo #3
Desenvolver o Cronograma
Passo #4
Serena OpenProjPasso Bônus
software gratuito para fazer cronogramas e controlar projetos
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Por que fazer ?
Um cronograma bem elaborado é fundamental para:
• Atender os prazos
• Controlar o financeiro
• Programar compras
• Gerir e contratar mão-de-obra
• Prevenir conflitos entre atividades.
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Créditos da imagem: freeimages.com
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Definir as Atividades
• Construa a Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
do inglês, Work Breakdown Structure (WBS)
Lista de todas as atividades necessárias
para entregar o projeto finalizado
Não se preocupe com a relação do que vem antes ou
depois, o importante neste passo é garantir que a lista
esteja completa.
pacote de trabalho que utiliza os mesmos
insumos e serviços profissionais
Atividade:
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Definir as Atividades
Técnicas pra elaborar a EAP :
• Plantas, projetos e orçamentos disponíveis
• Desdobramento ou decomposição de etapas
• Ex. Piscina > você pode quebrar em Escavação + Fundações +
Alvenaria + Impermeabilização + Revestimentos Cerâmicos +
Instalações Hidráulicas + Iluminação
• Utilize padrões, modelos ou templates de outros projetos
• Consulte a opinião especializada de profissionais
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Definir as Atividades
Técnicas pra elaborar a EAP : O QUE? + ONDE?
Térreo 1º Andar 2º Andar
Fundações
Fundações no
Térreo
Estrutura Estrutura Térreo
Estrutura 1º
Pavimento
Estrutura 2º
Pavimento
Alvenaria Alvenaria Térreo
Alvenaria 1º
Pavimento
Alvenaria 2º
Pavimento
Instalações
Instalações
Térreo
Instalações 1º
Pavimento
Instalações 2º
Pavimento
ONDE
OQUE
...
EAP
... ...
EngenheiroNoCanteiro.com.br
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Sequenciar as Atividades
• Defina o relacionamento entre as atividades
Determinação da dependência exige
conhecimento técnico da execução
Conceito chave:
Predecessoras: etapas imediatamente anteriores a uma atividade
Isto é, qual atividade ocorre depois de outra.
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Sequenciar as Atividades
• Ligações finish-to-start (fim com início) quando uma etapa
inicia após o fim de outra;
• Ligações start-to-start (início com início) quando duas etapas
devem começar juntas;
• Ligações finish-to-finish (fim com fim) quando duas etapas
devem finalizar juntas;
• Aplicações de antecipações e atrasos (lags) – por exemplo, a
etapa de retirar as escoras da estrutura geralmente ocorre após
28 dias da concretagem
Considere nesse processo:
Etapa 1
Etapa 2
Etapa 1
Etapa 2
Etapa 1
Etapa 2
Etapa 1
Etapa 2
28 dias
EngenheiroNoCanteiro.com.br
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Estimar as Durações das
Atividades
Você pode estimar as durações por 3 formas:
1. Estimativas análogas: em uma obra semelhante, o
revestimento de fachada durou 2 meses, logo adotarei 2
meses na minha obra;
2. Estimativas paramétricas: o piso cerâmico do apartamento
de 100 m² foi feito em 5 dias, logo, no apartamento de 60
m² vou adotar 3 dias.
3. Opinião especializada: consultei um engenheiro de
fundações e ele estimou que as sapatas levarão 20 dias
úteis para serem executadas.
EngenheiroNoCanteiro.com.br
EngenheiroNoCanteiro.com.br
d
Desenvolver o Cronograma
EAP
Predecessoras
Durações
CRONOGRAMA
MS Excel MS Project
d
Primavera Openproj
Algumas ferramentas/softwares:
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Desenvolver o Cronograma
… escolhida a ferramenta…
Ao inserir os dados primeira versão do cronograma da obra
Ajustes:
• compressão de atividades
• extensão de atividades
• revisão das predecessoras
A versão final do cronograma irá informar:
Linha de base do cronograma – ou Baseline: cronograma de partida ou
referência para desenvolvimento do projeto.
Caminho Crítico: representa a sequência de atividades que não possuem
folgas. Se alguma dessas atividades atrasarem, você atrasará a obra inteira.
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Desenvolver o Cronograma
Cronograma em Excel disponível para download no artigo: Baixar Planilha
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Desenvolver o Cronograma
Cronograma em Excel disponível para download no artigo: Baixar Planilha
EngenheiroNoCanteiro.com.br
EngenheiroNoCanteiro.com.br
OpenProj
• software de gestão de projetos, de código aberto e gratuito.
Baixar OpenProj
Possui recursos básicos, como:
• Gráficos Gantt
• PERT
• WBS/EAP
• Gestão de recursos
• Earned Value Management
Vamos aprender a montar um
simples cronograma de uma
construção de um edifício
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Cronograma de edifício residencial
com OpenProj
Após fazer o download,
abra o OpenProj. A tela
que irá aparecer será
semelhante a esta Clique
em “Criar Projeto”
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Cronograma de edifício residencial
com OpenProj
Preencha com os
dados do projeto
(ex. Nome: Edifício
Residencial), a data
de início e clique
em Ok.
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Cronograma de edifício residencial
com OpenProj
O software possui
2 telas, do lado
esquerdo há uma
tabela onde você
completa os dados
das atividades a
serem realizada
Do lado direito, o
cronograma é
formado
automaticamente.
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Cronograma de edifício residencial
com OpenProj
Você pode preencher os dados manualmente
ou copiar as colunas pelo Microsoft Excel.
Nesse exemplo eu copiei as seguintes
colunas das atividades que eu tinha
preparado no Excel:
*Predecessoras: etapas imediatamente
anteriores à atividade em questão.
• “Nome”
• “Duração”
• “Predecessoras”
Baixar Planilha
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Cronograma de edifício residencial
com OpenProj
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Cronograma de edifício residencial
com OpenProj
EngenheiroNoCanteiro.com.br
AVISO LEGAL
• As informações contidas no site EngenheiroNoCanteiro e nos materiais distribuídos gratuitamente ou comercializados
(sites, vídeos, palestras, apresentações, áudios, planilhas, programas ou outros conteúdos) têm objetivo
exclusivamente informativo e não devem ser levadas em consideração como aconselhamento técnico, científico,
financeiro, imobiliário, jurídico, contábil, tributário.
• As informações obtidas ao usar este material não são completas e não cobrem todas as questões, tópicos ou fatos que
possam ser relevantes para seus objetivos. O uso deste material é de sua total responsabilidade. O conteúdo é
oferecido como está e sem garantias de qualquer tipo, expressas ou implícitas. O conteúdo deste material não é
palavra final sobre qualquer assunto, e podemos fazer melhorias a qualquer momento.
• Os leitores e usuários do site EngenheironoCanteiro são encorajados sempre a entrar em contato com os Autores a fim
de discutir os procedimentos e metodologias, incluindo as premissas, utilizadas para calcular e divulgar as informações
de caráter técnico de engenharia, bem como qualquer outro aspecto do potencial de desempenho apresentado.
• Embora os Autores de EngenheiroNoCanteiro tenham tomado todas as precauções para assegurar que as informações
aqui contidas não sejam falsas ou enganosas, os mesmos não se responsabilizam pela exatidão, veracidade ou
abrangência de tais informações.
• Você assume o custo de qualquer serviço, reparo ou correção necessários no caso de qualquer perda ou dano
consequente do uso deste site ou seu conteúdo.
• O conteúdo do site ou dos materiais distribuídos não pode ser copiado, distribuído, publicado, carregado, postado ou
transmitido por qualquer outro meio sem o consentimento prévio e por escrito dos Autores. A citação e referência ao
conteúdo deste site com a finalidade exclusiva de divulgação é autorizada contanto que a fonte seja claramente citada
no artigo ou no local onde a citação foi publicada.
• Este material pode conter links para outros websites que não são mantidos ou relacionados por EngenheiroNoCanteiro
e seus Autores não tem nenhuma responsabilidade por estes conteúdos. O usuário assume completamente o risco ao
acessar estes hyperlinks.
• Você entende que o site não pode garantir que arquivos disponíveis para download da Internet estejam livres de vírus,
worms, cavalos de Tróia ou outro código que possa manifestar propriedades contaminadoras ou destrutivas ao seu
aparelho eletrônico (computados, tablet, celular e afins).
EngenheiroNoCanteiro.com.br
Visite-nos:
www.engenheironocanteiro.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploPlano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploRudileine Fonseca
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projetolhencar
 
Projeto Casa Nova
Projeto Casa NovaProjeto Casa Nova
Projeto Casa NovaMarco Coghi
 
Gerenciamento de Obras e Projetos
Gerenciamento de Obras e ProjetosGerenciamento de Obras e Projetos
Gerenciamento de Obras e Projetosfarmacoterapiacpg
 
Pqo plano de qualidade da obra
Pqo   plano de qualidade da obraPqo   plano de qualidade da obra
Pqo plano de qualidade da obraDIEGO SANTINO
 
Projeto de Construção de Casa
Projeto de Construção de CasaProjeto de Construção de Casa
Projeto de Construção de CasaMarco Coghi
 
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIOELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIOMarco Coghi
 
Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)Flavia Skilhan Lopes
 
Termo de abertura do projeto jf
Termo de abertura do projeto   jfTermo de abertura do projeto   jf
Termo de abertura do projeto jfBernardo d'Able
 
Construção de uma Casa Residencial em Condomínio Fechado
Construção de uma Casa Residencial em Condomínio FechadoConstrução de uma Casa Residencial em Condomínio Fechado
Construção de uma Casa Residencial em Condomínio FechadoMarco Coghi
 
Aula 15 parte 1 conceitos e métodos
Aula 15   parte 1 conceitos e métodosAula 15   parte 1 conceitos e métodos
Aula 15 parte 1 conceitos e métodosFelipe Petit
 
Contrução de um Galpão
Contrução de um GalpãoContrução de um Galpão
Contrução de um GalpãoMarco Coghi
 
Termo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyTermo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyMLGV
 
Apostila técnica projeto executivo
Apostila técnica   projeto executivoApostila técnica   projeto executivo
Apostila técnica projeto executivoRafael Andrade
 
Memorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencialMemorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencialMarlon Lopes
 
Modelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civil
Modelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civilModelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civil
Modelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civilHebert Mayco
 

Mais procurados (20)

Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploPlano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
 
Projeto Casa Nova
Projeto Casa NovaProjeto Casa Nova
Projeto Casa Nova
 
Gerenciamento de Obras e Projetos
Gerenciamento de Obras e ProjetosGerenciamento de Obras e Projetos
Gerenciamento de Obras e Projetos
 
Pqo plano de qualidade da obra
Pqo   plano de qualidade da obraPqo   plano de qualidade da obra
Pqo plano de qualidade da obra
 
Modelo plano de gerenciamento de custo
Modelo  plano de gerenciamento de custoModelo  plano de gerenciamento de custo
Modelo plano de gerenciamento de custo
 
Projeto de Construção de Casa
Projeto de Construção de CasaProjeto de Construção de Casa
Projeto de Construção de Casa
 
Parecer tecnico
Parecer tecnicoParecer tecnico
Parecer tecnico
 
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIOELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA-COMERCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE UM CONDOMÍNIO
 
Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)
 
Termo de abertura do projeto jf
Termo de abertura do projeto   jfTermo de abertura do projeto   jf
Termo de abertura do projeto jf
 
Construção de uma Casa Residencial em Condomínio Fechado
Construção de uma Casa Residencial em Condomínio FechadoConstrução de uma Casa Residencial em Condomínio Fechado
Construção de uma Casa Residencial em Condomínio Fechado
 
Aula 04 Planejamento e Controle de Obras
Aula 04 Planejamento e Controle de ObrasAula 04 Planejamento e Controle de Obras
Aula 04 Planejamento e Controle de Obras
 
Aula 15 parte 1 conceitos e métodos
Aula 15   parte 1 conceitos e métodosAula 15   parte 1 conceitos e métodos
Aula 15 parte 1 conceitos e métodos
 
Contrução de um Galpão
Contrução de um GalpãoContrução de um Galpão
Contrução de um Galpão
 
Termo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyTermo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beauty
 
Apostila técnica projeto executivo
Apostila técnica   projeto executivoApostila técnica   projeto executivo
Apostila técnica projeto executivo
 
Memorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencialMemorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencial
 
Modelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civil
Modelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civilModelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civil
Modelo de laudo_tecnico_de_engenharia_civil
 
Pré moldados
Pré moldadosPré moldados
Pré moldados
 

Destaque

Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario CovasTrecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario Covasenricomadia10
 
BRL Engenharia e Pavimentação
BRL Engenharia e PavimentaçãoBRL Engenharia e Pavimentação
BRL Engenharia e PavimentaçãoGuto Leon
 
Pavimentação - Restauração de Pavimentos Flexíveis
Pavimentação - Restauração de Pavimentos FlexíveisPavimentação - Restauração de Pavimentos Flexíveis
Pavimentação - Restauração de Pavimentos Flexíveisdeborastj
 
Pavimentação apresentação
Pavimentação   apresentaçãoPavimentação   apresentação
Pavimentação apresentaçãohalyssonmafra
 
Características físicas gerais dos solos
Características físicas gerais dos solosCaracterísticas físicas gerais dos solos
Características físicas gerais dos solosJadson Belem de Moura
 
Lei de Uso e Ocupação do Solo -Lei 1470.1995
Lei de Uso e Ocupação do Solo  -Lei 1470.1995Lei de Uso e Ocupação do Solo  -Lei 1470.1995
Lei de Uso e Ocupação do Solo -Lei 1470.1995Felipe Peixoto
 
O RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA
O RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANAO RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA
O RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANAThiago Morəno
 
Fot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdf
Fot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdfFot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdf
Fot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdfMarcelo de Lima Beloni
 
Apostila de Mecânica dos Solos
Apostila de Mecânica dos SolosApostila de Mecânica dos Solos
Apostila de Mecânica dos SolosBruno Castilho
 
Apresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solosApresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solosengenhar
 

Destaque (20)

Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario CovasTrecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas
 
Engenharia civil
Engenharia civilEngenharia civil
Engenharia civil
 
BRL Engenharia e Pavimentação
BRL Engenharia e PavimentaçãoBRL Engenharia e Pavimentação
BRL Engenharia e Pavimentação
 
Pavimentação
PavimentaçãoPavimentação
Pavimentação
 
Solos
SolosSolos
Solos
 
Apostila de fundações poli
Apostila de fundações  poliApostila de fundações  poli
Apostila de fundações poli
 
Pavimentação - Restauração de Pavimentos Flexíveis
Pavimentação - Restauração de Pavimentos FlexíveisPavimentação - Restauração de Pavimentos Flexíveis
Pavimentação - Restauração de Pavimentos Flexíveis
 
Pavimentação apresentação
Pavimentação   apresentaçãoPavimentação   apresentação
Pavimentação apresentação
 
Características físicas gerais dos solos
Características físicas gerais dos solosCaracterísticas físicas gerais dos solos
Características físicas gerais dos solos
 
Parcelamento do solo
Parcelamento do soloParcelamento do solo
Parcelamento do solo
 
Lei de Uso e Ocupação do Solo -Lei 1470.1995
Lei de Uso e Ocupação do Solo  -Lei 1470.1995Lei de Uso e Ocupação do Solo  -Lei 1470.1995
Lei de Uso e Ocupação do Solo -Lei 1470.1995
 
Fundamentos de pavimentação
Fundamentos de pavimentaçãoFundamentos de pavimentação
Fundamentos de pavimentação
 
Jurandir Fernades
Jurandir Fernades Jurandir Fernades
Jurandir Fernades
 
Pavimentação asfáltica ES BA RJ MG
Pavimentação asfáltica ES BA RJ MGPavimentação asfáltica ES BA RJ MG
Pavimentação asfáltica ES BA RJ MG
 
Capilaridade nos solos
Capilaridade nos solosCapilaridade nos solos
Capilaridade nos solos
 
O RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA
O RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANAO RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA
O RUÍDO NO SERVIÇO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA
 
Fot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdf
Fot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdfFot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdf
Fot 2873lista exeucicios_mec_solos_i_ufv_paut_01_pdf
 
Apostila fundacoes
Apostila fundacoesApostila fundacoes
Apostila fundacoes
 
Apostila de Mecânica dos Solos
Apostila de Mecânica dos SolosApostila de Mecânica dos Solos
Apostila de Mecânica dos Solos
 
Apresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solosApresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solos
 

Semelhante a Como criar um cronograma de obras em 4 passos

Semelhante a Como criar um cronograma de obras em 4 passos (8)

A agência Nuve e o processo de projetos
A agência Nuve e o processo de projetosA agência Nuve e o processo de projetos
A agência Nuve e o processo de projetos
 
Materiais e sistemas construtivos 01
Materiais e sistemas construtivos 01Materiais e sistemas construtivos 01
Materiais e sistemas construtivos 01
 
Boas práticas em gestão de cronogramas
Boas práticas em gestão de cronogramasBoas práticas em gestão de cronogramas
Boas práticas em gestão de cronogramas
 
Planejamento de Projeto
Planejamento de ProjetoPlanejamento de Projeto
Planejamento de Projeto
 
(Transformar 16) sessão 5
(Transformar 16) sessão 5(Transformar 16) sessão 5
(Transformar 16) sessão 5
 
Plano de Projeto
Plano de ProjetoPlano de Projeto
Plano de Projeto
 
Plano de Projetos
Plano de ProjetosPlano de Projetos
Plano de Projetos
 
Metodologia sugerida para gestão de projetos web
Metodologia sugerida para gestão de projetos webMetodologia sugerida para gestão de projetos web
Metodologia sugerida para gestão de projetos web
 

Último

LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaGuilhermeLucio9
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalleandroladesenvolvim
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréGuilhermeLucio9
 
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxResistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxjuliocameloUFC
 
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfAulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfMateusSerraRodrigues1
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfAroldoMenezes1
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraGuilhermeLucio9
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalPauloHenrique154965
 
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAMCassio Rodrigo
 

Último (9)

LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animal
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
 
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxResistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
 
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfAulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
 
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
 

Como criar um cronograma de obras em 4 passos

  • 1. EngenheiroNoCanteiro.com.br Cronograma de Obras Como Prepará-lo de Forma Profissional em 4 Passos Extra: Como utilizar o OpenProj Leia o artigo completo em: http://engenheironocanteiro.com.br/cronograma-de-obras/
  • 2. EngenheiroNoCanteiro.com.br Agenda Definir as Atividades Passo #1 Sequenciar as Atividades Passo #2 Estimar as Durações das Atividades Passo #3 Desenvolver o Cronograma Passo #4 Serena OpenProjPasso Bônus software gratuito para fazer cronogramas e controlar projetos
  • 3. EngenheiroNoCanteiro.com.br Por que fazer ? Um cronograma bem elaborado é fundamental para: • Atender os prazos • Controlar o financeiro • Programar compras • Gerir e contratar mão-de-obra • Prevenir conflitos entre atividades.
  • 5. EngenheiroNoCanteiro.com.br Definir as Atividades • Construa a Estrutura Analítica do Projeto (EAP) do inglês, Work Breakdown Structure (WBS) Lista de todas as atividades necessárias para entregar o projeto finalizado Não se preocupe com a relação do que vem antes ou depois, o importante neste passo é garantir que a lista esteja completa. pacote de trabalho que utiliza os mesmos insumos e serviços profissionais Atividade:
  • 6. EngenheiroNoCanteiro.com.br Definir as Atividades Técnicas pra elaborar a EAP : • Plantas, projetos e orçamentos disponíveis • Desdobramento ou decomposição de etapas • Ex. Piscina > você pode quebrar em Escavação + Fundações + Alvenaria + Impermeabilização + Revestimentos Cerâmicos + Instalações Hidráulicas + Iluminação • Utilize padrões, modelos ou templates de outros projetos • Consulte a opinião especializada de profissionais
  • 7. EngenheiroNoCanteiro.com.br Definir as Atividades Técnicas pra elaborar a EAP : O QUE? + ONDE? Térreo 1º Andar 2º Andar Fundações Fundações no Térreo Estrutura Estrutura Térreo Estrutura 1º Pavimento Estrutura 2º Pavimento Alvenaria Alvenaria Térreo Alvenaria 1º Pavimento Alvenaria 2º Pavimento Instalações Instalações Térreo Instalações 1º Pavimento Instalações 2º Pavimento ONDE OQUE ... EAP ... ...
  • 9. EngenheiroNoCanteiro.com.br Sequenciar as Atividades • Defina o relacionamento entre as atividades Determinação da dependência exige conhecimento técnico da execução Conceito chave: Predecessoras: etapas imediatamente anteriores a uma atividade Isto é, qual atividade ocorre depois de outra.
  • 10. EngenheiroNoCanteiro.com.br Sequenciar as Atividades • Ligações finish-to-start (fim com início) quando uma etapa inicia após o fim de outra; • Ligações start-to-start (início com início) quando duas etapas devem começar juntas; • Ligações finish-to-finish (fim com fim) quando duas etapas devem finalizar juntas; • Aplicações de antecipações e atrasos (lags) – por exemplo, a etapa de retirar as escoras da estrutura geralmente ocorre após 28 dias da concretagem Considere nesse processo: Etapa 1 Etapa 2 Etapa 1 Etapa 2 Etapa 1 Etapa 2 Etapa 1 Etapa 2 28 dias
  • 12. EngenheiroNoCanteiro.com.br Estimar as Durações das Atividades Você pode estimar as durações por 3 formas: 1. Estimativas análogas: em uma obra semelhante, o revestimento de fachada durou 2 meses, logo adotarei 2 meses na minha obra; 2. Estimativas paramétricas: o piso cerâmico do apartamento de 100 m² foi feito em 5 dias, logo, no apartamento de 60 m² vou adotar 3 dias. 3. Opinião especializada: consultei um engenheiro de fundações e ele estimou que as sapatas levarão 20 dias úteis para serem executadas.
  • 14. EngenheiroNoCanteiro.com.br d Desenvolver o Cronograma EAP Predecessoras Durações CRONOGRAMA MS Excel MS Project d Primavera Openproj Algumas ferramentas/softwares:
  • 15. EngenheiroNoCanteiro.com.br Desenvolver o Cronograma … escolhida a ferramenta… Ao inserir os dados primeira versão do cronograma da obra Ajustes: • compressão de atividades • extensão de atividades • revisão das predecessoras A versão final do cronograma irá informar: Linha de base do cronograma – ou Baseline: cronograma de partida ou referência para desenvolvimento do projeto. Caminho Crítico: representa a sequência de atividades que não possuem folgas. Se alguma dessas atividades atrasarem, você atrasará a obra inteira.
  • 16. EngenheiroNoCanteiro.com.br Desenvolver o Cronograma Cronograma em Excel disponível para download no artigo: Baixar Planilha
  • 17. EngenheiroNoCanteiro.com.br Desenvolver o Cronograma Cronograma em Excel disponível para download no artigo: Baixar Planilha
  • 19. EngenheiroNoCanteiro.com.br OpenProj • software de gestão de projetos, de código aberto e gratuito. Baixar OpenProj Possui recursos básicos, como: • Gráficos Gantt • PERT • WBS/EAP • Gestão de recursos • Earned Value Management Vamos aprender a montar um simples cronograma de uma construção de um edifício
  • 20. EngenheiroNoCanteiro.com.br Cronograma de edifício residencial com OpenProj Após fazer o download, abra o OpenProj. A tela que irá aparecer será semelhante a esta Clique em “Criar Projeto”
  • 21. EngenheiroNoCanteiro.com.br Cronograma de edifício residencial com OpenProj Preencha com os dados do projeto (ex. Nome: Edifício Residencial), a data de início e clique em Ok.
  • 22. EngenheiroNoCanteiro.com.br Cronograma de edifício residencial com OpenProj O software possui 2 telas, do lado esquerdo há uma tabela onde você completa os dados das atividades a serem realizada Do lado direito, o cronograma é formado automaticamente.
  • 23. EngenheiroNoCanteiro.com.br Cronograma de edifício residencial com OpenProj Você pode preencher os dados manualmente ou copiar as colunas pelo Microsoft Excel. Nesse exemplo eu copiei as seguintes colunas das atividades que eu tinha preparado no Excel: *Predecessoras: etapas imediatamente anteriores à atividade em questão. • “Nome” • “Duração” • “Predecessoras” Baixar Planilha
  • 26. EngenheiroNoCanteiro.com.br AVISO LEGAL • As informações contidas no site EngenheiroNoCanteiro e nos materiais distribuídos gratuitamente ou comercializados (sites, vídeos, palestras, apresentações, áudios, planilhas, programas ou outros conteúdos) têm objetivo exclusivamente informativo e não devem ser levadas em consideração como aconselhamento técnico, científico, financeiro, imobiliário, jurídico, contábil, tributário. • As informações obtidas ao usar este material não são completas e não cobrem todas as questões, tópicos ou fatos que possam ser relevantes para seus objetivos. O uso deste material é de sua total responsabilidade. O conteúdo é oferecido como está e sem garantias de qualquer tipo, expressas ou implícitas. O conteúdo deste material não é palavra final sobre qualquer assunto, e podemos fazer melhorias a qualquer momento. • Os leitores e usuários do site EngenheironoCanteiro são encorajados sempre a entrar em contato com os Autores a fim de discutir os procedimentos e metodologias, incluindo as premissas, utilizadas para calcular e divulgar as informações de caráter técnico de engenharia, bem como qualquer outro aspecto do potencial de desempenho apresentado. • Embora os Autores de EngenheiroNoCanteiro tenham tomado todas as precauções para assegurar que as informações aqui contidas não sejam falsas ou enganosas, os mesmos não se responsabilizam pela exatidão, veracidade ou abrangência de tais informações. • Você assume o custo de qualquer serviço, reparo ou correção necessários no caso de qualquer perda ou dano consequente do uso deste site ou seu conteúdo. • O conteúdo do site ou dos materiais distribuídos não pode ser copiado, distribuído, publicado, carregado, postado ou transmitido por qualquer outro meio sem o consentimento prévio e por escrito dos Autores. A citação e referência ao conteúdo deste site com a finalidade exclusiva de divulgação é autorizada contanto que a fonte seja claramente citada no artigo ou no local onde a citação foi publicada. • Este material pode conter links para outros websites que não são mantidos ou relacionados por EngenheiroNoCanteiro e seus Autores não tem nenhuma responsabilidade por estes conteúdos. O usuário assume completamente o risco ao acessar estes hyperlinks. • Você entende que o site não pode garantir que arquivos disponíveis para download da Internet estejam livres de vírus, worms, cavalos de Tróia ou outro código que possa manifestar propriedades contaminadoras ou destrutivas ao seu aparelho eletrônico (computados, tablet, celular e afins).