SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
Luzienne Cristine Alves Nascimento Moraes
Planejamento Estratégico
Há algum tempo atrás o processo de vendas era apenas o ato de "tirar o
pedido" ou mostrar ao cliente a opção de modelo e cor que estavam
disponíveis.
Hoje, o universo desse processo mudou muito, inclusive de foco.
Estratégia é um conjunto
integrado e coordenado de
compromissos e ações, cujo
objetivo é explorar as
competências essenciais e
alcançar uma vantagem
competitiva. Toda estratégia
possui um objetivo, antecede a
adoção das medidas às quais se
aplica e demonstra um
entendimento comum da intenção
e missão estratégica da empresa
(HITT, IRELAND e
HOSKISSON, 2003).
Projeção Futura Planejamento
Definição
 É um processo que
envolve decidir como
agir com base no que
está ocorrendo no
ambiente imediato e no
futuro próximo.
 É a tradução dessa
decisão em ações
gerenciáveis.
Planejar é a palavra apropriada para se projetar um conjunto
de ações para atingir um resultado claramente definido.
Importância do Planejamento
 Oferecer uma vantagem frente aos seus concorrentes;
 Permitir uma clara visão do negócio;
 Canalizar os esforços na conquista dos objetivos;
 Ordenar as prioridades a partir de um cronograma;
 Contribuir para a motivação geral dos corretores, pois
esclarece as responsabilidades individuais.
 Estimular a cooperação e a integração para enfrentar
oportunidades, mudanças e problemas.
 Desenvolver nos corretor de seguro, como profissional
de vendas maior interesse pela seguradora;
Processos para elaboração e
implementação do P. E.
Definição da Missão, visão e valores
Ambientes externo e interno
Formulação e Implementação da
estratégia
Diagnóstico Estratégico
 “A determinação da missão e dos objetivos da organização frente aos
seus ambientes externo e interno e a administração dos estágios de
formulação, implementação e controle da estratégia.”
(WRIGHT, KROLL e PARNELL, 2000).
Missão Visão Valores
Definição da Missão
 Missão organizacional é a finalidade de uma organização ou a razão
de sua existência.
 Qual seu propósito;
 O que a empresa faz;
 Principais conquistas para os próximos anos;
 Estabelecimento da Direção Organizacional.
Visão
 Idealização de um futuro
desejado para empresa
(COLLINS e
PORRAS, 1993)
 Representa o que a
empresa quer ser em um
futuro próximo ou
distante.
 O que queremos ser?
 Quais as expectativas do
mercado que estaremos
atendendo?
 Representam o conjunto
dos princípios, crenças
e questões éticas
fundamentais de uma
empresa, bem como
fornecem sustentação a
todas as suas principais
decisões.
 Os valores da empresa
devem ter forte interação
com as questões éticas
e morais da empresa
Valores
Macroambiente
Ambiente setorial
Corretora de
Seguro
Forças
políticos-legais
Forças
tecnológicas
Forças
econômicas
Ameaças de
entrada
Intensidade
da rivalidade
entre
concorrentes
existentes
Poder de
barganha dos
compradores
Poder de
barganha dos
fornecedores
Pressão de
produtos
substitutos
Análise do Ambiente Externo e
Interno(Oportunidades e Ameaças)
Forças
demográficas
Ambiente interno
 O ambiente interno se refere às
atividades realizadas no âmbito
interno das
organizações, englobando os
seguintes componentes:
 Cultura da organização
 Aspectos de marketing
 Aspectos financeiros
 Aspectos ligados à produção
 Aspectos relacionados à gestão
de pessoal.
Planejar a ação
Liderança
total em
custos
Reduzi-los
sem grande
impacto na
qualidade
geral do
produto
Diferenciação
Esforços serão
concentrados no
sentido de diferenciar
seu produto ou serviço
dos demais
concorrentes
Foco
Consolidação e interligação dos
resultados, ambos os exemplos
citados sendo concentrado num
segmento menor.
Estratégia Competitiva, segundo
PORTER (1980):
Estratégia de
Liderança em Custos
Qualidade
racionalização
custos
Características aceitáveis pelo
cliente.
PRODUTOS
Minimização
Rigoroso controle de custo e de despesa
Reduz custos
Clientes / atuação no Mercado
Agregação Custo
Estratégia
Custo
(Flexibilidade)
1. Nível do Concorrente
2. Defesa contra
fornecedores
3. Aceitação do cliente
Conjunto de ações
Estratégia de Diferenciação
PÚBLICO
ALVO
Clientes com
necessidade
únicas
Produzir ou fornecer
bens e serviçosDESTINADAS
- CUSTOS MAIS
ELEVADOS
---------------------
- PRODUTOS
NÃO
PADRONIZADOS
Diferenciação
Características
singulares
LEALDADE DO
CONSUMIDOR
Resulta retornos
superiores à
média
ESTRATÉGIA
ALVO
Formação de Elementos
1- COMBINAÇÃO 2- CARACTERISTICAS 3- PREÇOS
FOCO
Estratégia focada e integrada
custo/diferenciação
Identificar Integralizar Ações EFICÁCIA
EFICIÊNCIA
DIFERECIAÇÃO Conduz produtos Pico Máximo
Elevados
AGREGA VALOR
AO PREÇO PARA
O CLIENTE
CUSTOS
redução
SEGMENTO
COMPETITIVO
Dentro do
Padrão de qualidade do produto
CUSTO
Dos
Produtos
DIFERENCIAÇÃO
Ação
Dependente
Dois tipos
de valor
Integrados
CLIENTES
ConcorrentesAssociaçãoFornecedoresFlexibilidade
Resultado
 A eficácia de cada estratégia dependerá das oportunidades e
ameaças que possam existir no ambiente externo da empresa e das
possibilidades proporcionadas pelos recursos, capacidades e
competências essenciais exclusivos dessa empresa. Desse
modo, é fundamental que a empresa selecione uma estratégia
apropriada à luz de suas competências e das oportunidades
ambientais; uma vez selecionada, a estratégia deverá ser cuidadosa
e consistentemente implementada.
IMPLEMENTAÇÃO DO MARKETING
Empresa
Visitantes
Colaboradores
Seguidores
Você
Comunidades
Amigos
Comunidades
Marketing busca ações específicas de campanhas publicitárias;
Atingir os mais variados clientes no mercado;
Importância de estruturar o departamento de marketing.
Considerações de
um Planejamento
Estratégia para
abordagem
 Ser pró-ativo significa
antecipar-se às mudanças.
 Enfrentar ameaças e
aproveitar as oportunidades
encontradas em seu
ambiente.
 A corretora de saber que
para o cliente, o importante é
a relação:
valor = benefício/preço.
 Colocar-se a disposição do
cliente (Dados
atualizados), estabelecer o
perfil do cliente.
1. Honestidade, percepção, p
ostura, mantendo bom
relacionamento.
2. Persistência, iniciativa, e
agregar na venda a
satisfação do cliente.
3. Saber ouvir e argumentar
Atributos Indispensáveis ao Corretor de Seguros
Produtos e negócios
 Atualmente os produtos têm um ciclo
de vida mais curto e as opções de
escolha estão em número cada vez
maior ao alcance do cliente.
I. Observa-se que as empresas que estão em
contínuo crescimento têm uma melhor visão
do negócio e da concorrência. A correta
aplicação da análise das forças e fatores
auxilia em muito na definição do esforço
necessário para atender aos desejos do
cliente. Algumas empresas sabem planejar
com um grau de acerto tão grande, que ao
lançar um produto já têm condições de
planejar também as próximas gerações
deste produto. A utilização dos recursos de
tecnologia de informação pode alavancar a
empresa em atingir suas metas.
Controle estratégico dos resultados em
relação aos objetivos
Estrutura organizacional: detectando em todas as áreas
problemas ou potenciais;
 Independente de qual seja o resultado obtido controle
estratégico assume a posição de sempre melhorá-lo ou
corrigir eventuais falhas.
Definição da MISSÃO
Visão Valores
Analise Externa e Interna
Formulação das Estratégias e Políticas
Escolha das Táticas e Mercados Alvo
Implementação do Marketing MIX
Controle Estratégico dos Resultados
(FEEDBACK)
NECESSIDADES DO MERCADO
PRODUTOS
LUCROS
CLIENTES
TEMPO
ESTRATÉGIA
Planejamento
Estratégico
 A implantação do
Planejamento Estratégico
traz uma série de benefícios
que agem em todos os níveis
da organização, ajudando a
alcançar os objetivos de
forma mais eficiente e
coordenada.
Desempenho
 O bom desempenho das empresas pode ser medido pela
capacidade que elas atendem às necessidades de seus
clientes, proporcionam lucros adequados e promovem satisfação e
motivação de seus funcionários.
 Assim, é necessário que as empresas desenvolvam produtos
que interessem e atendam às necessidades do mercado e tenham
boa margem de lucro. Além disso, o produto deve ter um custo
compatível, proporcionando à empresa condições de alto
desempenho.
“A estratégia é a ciência do emprego do
tempo e do espaço. Sou menos ávaro com o
espaço do que com o tempo. O espaço pode
ser resgatado. O tempo perdido, jamais.”
―Napoleão Bonaparte.
Perguntas....
Referências Bibliográficas
 PEREIRA K. A. P. As Estratégias Adotadas no Setor de Setor de Seguros:
Estudo de Caso de Minas Brasil Estratégia em Organizações e Comportamento
Organizacional. Dissertação (Mestrado em Administração) Universidade
FUMEC, Cruzeiro Belo Horizonte – MG, 2009.
Disponível em:
http://www.fumec.br/anexos/cursos/mestrado/dissertacoes/completa/klecius_
augustus_passos_pereira.pdf
Acesso em 01 de jun 2013.
Obrigado....

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Primax Soluções em Seguros
Apresentação Primax Soluções em SegurosApresentação Primax Soluções em Seguros
Apresentação Primax Soluções em SegurosPrimaxSolucoes
 
Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio
Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio
Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio Thiago Werlang
 
Apresentação do módulo iv começando a consultoria
Apresentação do módulo iv começando a consultoriaApresentação do módulo iv começando a consultoria
Apresentação do módulo iv começando a consultoriaCRA - MG
 
Análise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira Araújo
Análise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira AraújoAnálise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira Araújo
Análise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira AraújoMateus Araújo
 
ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012
ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012
ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012Alexandre Saraiva
 
Jorge Abel Peres Brazil - Startup BSS
Jorge Abel Peres Brazil - Startup BSSJorge Abel Peres Brazil - Startup BSS
Jorge Abel Peres Brazil - Startup BSSpaulooficinadotexto
 
Associativismo ciesp alta paulista
Associativismo   ciesp alta paulistaAssociativismo   ciesp alta paulista
Associativismo ciesp alta paulistaAlison Macmoraes
 
Planos de Saúde zona sul
Planos de Saúde zona sulPlanos de Saúde zona sul
Planos de Saúde zona sul10anita
 
Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012
Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012
Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012daniel_bortoletto
 
Apresentação escritório de advocacia 10.2013
Apresentação escritório de advocacia 10.2013Apresentação escritório de advocacia 10.2013
Apresentação escritório de advocacia 10.2013Antonio Marcos Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Apresentação MultSeg Corretora de Seguros
Apresentação MultSeg Corretora de SegurosApresentação MultSeg Corretora de Seguros
Apresentação MultSeg Corretora de Seguros
 
Apresentação jacometo seguros
Apresentação jacometo segurosApresentação jacometo seguros
Apresentação jacometo seguros
 
Como Administrar uma Corretora de Seguros
Como Administrar uma Corretora de SegurosComo Administrar uma Corretora de Seguros
Como Administrar uma Corretora de Seguros
 
Bergus apresentação institucional
Bergus  apresentação institucionalBergus  apresentação institucional
Bergus apresentação institucional
 
Apresentação Primax Soluções em Seguros
Apresentação Primax Soluções em SegurosApresentação Primax Soluções em Seguros
Apresentação Primax Soluções em Seguros
 
Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio
Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio
Apresentação - WZ Seguros - Resumo do nosso Portfólio
 
Palestra bpo abertura jorge abel
Palestra bpo abertura   jorge abelPalestra bpo abertura   jorge abel
Palestra bpo abertura jorge abel
 
Apresentação pasi
Apresentação pasiApresentação pasi
Apresentação pasi
 
Apresentação do módulo iv começando a consultoria
Apresentação do módulo iv começando a consultoriaApresentação do módulo iv começando a consultoria
Apresentação do módulo iv começando a consultoria
 
Análise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira Araújo
Análise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira AraújoAnálise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira Araújo
Análise de Cargos - Apresentação - Mateus Oliveira Araújo
 
ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012
ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012
ApresentaçãO Vida MáXima Institucional Evf 2012
 
FREEMIND - SEBRAE - RUY
FREEMIND - SEBRAE - RUYFREEMIND - SEBRAE - RUY
FREEMIND - SEBRAE - RUY
 
Jorge Abel Peres Brazil - Startup BSS
Jorge Abel Peres Brazil - Startup BSSJorge Abel Peres Brazil - Startup BSS
Jorge Abel Peres Brazil - Startup BSS
 
Associativismo ciesp alta paulista
Associativismo   ciesp alta paulistaAssociativismo   ciesp alta paulista
Associativismo ciesp alta paulista
 
Planos de Saúde zona sul
Planos de Saúde zona sulPlanos de Saúde zona sul
Planos de Saúde zona sul
 
Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012
Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012
Consultoria De BenefíCios Projetcon 2012
 
Apresentação de Negócio
Apresentação de NegócioApresentação de Negócio
Apresentação de Negócio
 
Apresentação escritório de advocacia 10.2013
Apresentação escritório de advocacia 10.2013Apresentação escritório de advocacia 10.2013
Apresentação escritório de advocacia 10.2013
 
Manifesto PDI EMATER
Manifesto PDI EMATERManifesto PDI EMATER
Manifesto PDI EMATER
 
Consultoria em Recuperação Judicial
Consultoria em Recuperação JudicialConsultoria em Recuperação Judicial
Consultoria em Recuperação Judicial
 

Destaque

Workshop vendas 2 (1)
Workshop vendas 2 (1)Workshop vendas 2 (1)
Workshop vendas 2 (1)Ellen Vargas
 
6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...
6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...
6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...encontroresidencial
 
Competitividade (Total) em Vendas
Competitividade (Total) em VendasCompetitividade (Total) em Vendas
Competitividade (Total) em VendasPositioning
 
Venda empreendedora!
Venda empreendedora!Venda empreendedora!
Venda empreendedora!Rodrigo Moura
 
Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...
Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...
Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...Sincor-ES
 
Vendas Consultivas
Vendas ConsultivasVendas Consultivas
Vendas ConsultivasJorge Couto
 
Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)
Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)
Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)Henrique Marques
 
INTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDAS
INTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDASINTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDAS
INTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDASCid Nunes Ferreira
 
Workshop Gestao Estrategica Vendas
Workshop Gestao Estrategica VendasWorkshop Gestao Estrategica Vendas
Workshop Gestao Estrategica VendasEuler Nogueira
 
Administração de Vendas - Parte 1
Administração de Vendas - Parte 1Administração de Vendas - Parte 1
Administração de Vendas - Parte 1Euler Nogueira
 
Gestao Estrategica da Qualidade
Gestao Estrategica da QualidadeGestao Estrategica da Qualidade
Gestao Estrategica da QualidadeJairo Siqueira
 
Estratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de vendaEstratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de vendaSandro Magaldi
 
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016QUEDMA SILVA
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarBelister Paulino
 

Destaque (20)

Workshop vendas 2 (1)
Workshop vendas 2 (1)Workshop vendas 2 (1)
Workshop vendas 2 (1)
 
6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...
6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...
6 - Plano de ação para desenvolvimento do mercado residencial e comercial - C...
 
Competitividade (Total) em Vendas
Competitividade (Total) em VendasCompetitividade (Total) em Vendas
Competitividade (Total) em Vendas
 
Venda empreendedora!
Venda empreendedora!Venda empreendedora!
Venda empreendedora!
 
Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...
Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...
Apresentação Vendas Consultivas e a importância da gestão para os produtos Sa...
 
Venda consultiva
Venda consultivaVenda consultiva
Venda consultiva
 
Vendas
VendasVendas
Vendas
 
Vendas Consultivas
Vendas ConsultivasVendas Consultivas
Vendas Consultivas
 
Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)
Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)
Etapas da venda (http://escoladevarejo.com)
 
Processo de vendas - Etapas
Processo de vendas - EtapasProcesso de vendas - Etapas
Processo de vendas - Etapas
 
INTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDAS
INTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDASINTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDAS
INTRODUÇÃO A TECNICAS DE VENDAS
 
Workshop Gestao Estrategica Vendas
Workshop Gestao Estrategica VendasWorkshop Gestao Estrategica Vendas
Workshop Gestao Estrategica Vendas
 
Administração de Vendas - Parte 1
Administração de Vendas - Parte 1Administração de Vendas - Parte 1
Administração de Vendas - Parte 1
 
Estruturação
EstruturaçãoEstruturação
Estruturação
 
Plano de ação
Plano de açãoPlano de ação
Plano de ação
 
Gestao Estrategica da Qualidade
Gestao Estrategica da QualidadeGestao Estrategica da Qualidade
Gestao Estrategica da Qualidade
 
Estratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de vendaEstratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de venda
 
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 

Semelhante a Planejamento estratégico para corretora de seguros

Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico DígitroSeminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico DígitroAndrei Cavalheiro
 
Planejamento estrategico
Planejamento estrategicoPlanejamento estrategico
Planejamento estrategicoAlcides Cabral
 
Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08
Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08
Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08Sérgio Oliveira
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 vakatiagomide
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 vakatiagomide
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 vakatiagomide
 
TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...
TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...
TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...Eketlin Gomes
 
Aula 03 13.09 - planejamento i
Aula 03   13.09 - planejamento iAula 03   13.09 - planejamento i
Aula 03 13.09 - planejamento iThiago Ianatoni
 
Pronatec vendedor - mkt#3
Pronatec   vendedor - mkt#3Pronatec   vendedor - mkt#3
Pronatec vendedor - mkt#3Andrea Fiuza
 
Treinamento Estratégia - Esag Jr.
Treinamento Estratégia - Esag Jr.Treinamento Estratégia - Esag Jr.
Treinamento Estratégia - Esag Jr.Lucas da Rocha
 
Texto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercado
Texto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercadoTexto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercado
Texto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercadoCárbio Almeida Waqued
 
Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...
Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...
Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...Lara Selem
 
Slide planejamento estratégico
Slide planejamento estratégicoSlide planejamento estratégico
Slide planejamento estratégicoLarissa_cog
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoCamila Falcão
 
Marketing: introdução ao posicionamento de marca
Marketing: introdução ao posicionamento de marcaMarketing: introdução ao posicionamento de marca
Marketing: introdução ao posicionamento de marcaBruno Quirino
 
DiagnóStico De Design Roteiro De Briefing
DiagnóStico De Design Roteiro De BriefingDiagnóStico De Design Roteiro De Briefing
DiagnóStico De Design Roteiro De Briefinggraziellacarrara
 
Estratégia empresarial
Estratégia empresarialEstratégia empresarial
Estratégia empresarialFlavio Farah
 
Planejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri FilhoPlanejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri FilhoMario Silvestri Filho
 
Apostila Estratégia de Empresas
Apostila Estratégia de EmpresasApostila Estratégia de Empresas
Apostila Estratégia de EmpresasLéo De Melo
 

Semelhante a Planejamento estratégico para corretora de seguros (20)

Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico DígitroSeminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
 
Planejamento estrategico
Planejamento estrategicoPlanejamento estrategico
Planejamento estrategico
 
Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08
Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08
Estratratégia de Marketing - Aula 19_10_08
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
 
TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...
TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...
TCC Gestão de Projetos - A IMPORTÂNCIA DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO SUCESS...
 
Aula 03 13.09 - planejamento i
Aula 03   13.09 - planejamento iAula 03   13.09 - planejamento i
Aula 03 13.09 - planejamento i
 
Pronatec vendedor - mkt#3
Pronatec   vendedor - mkt#3Pronatec   vendedor - mkt#3
Pronatec vendedor - mkt#3
 
Treinamento Estratégia - Esag Jr.
Treinamento Estratégia - Esag Jr.Treinamento Estratégia - Esag Jr.
Treinamento Estratégia - Esag Jr.
 
Texto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercado
Texto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercadoTexto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercado
Texto de apoio fundamentos de marketing e comunicação com o mercado
 
Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...
Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...
Palestra sobre Planejamento Estratégico, proferida por Lara Selem na Fenalaw ...
 
Slide planejamento estratégico
Slide planejamento estratégicoSlide planejamento estratégico
Slide planejamento estratégico
 
Estratégia para a competitivdade
Estratégia para a competitivdadeEstratégia para a competitivdade
Estratégia para a competitivdade
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 
Marketing: introdução ao posicionamento de marca
Marketing: introdução ao posicionamento de marcaMarketing: introdução ao posicionamento de marca
Marketing: introdução ao posicionamento de marca
 
DiagnóStico De Design Roteiro De Briefing
DiagnóStico De Design Roteiro De BriefingDiagnóStico De Design Roteiro De Briefing
DiagnóStico De Design Roteiro De Briefing
 
Estratégia empresarial
Estratégia empresarialEstratégia empresarial
Estratégia empresarial
 
Planejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri FilhoPlanejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
 
Apostila Estratégia de Empresas
Apostila Estratégia de EmpresasApostila Estratégia de Empresas
Apostila Estratégia de Empresas
 

Mais de luzienne moraes

Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme luzienne moraes
 
Assistência de Enfermagem Sífilis
Assistência de Enfermagem SífilisAssistência de Enfermagem Sífilis
Assistência de Enfermagem Sífilisluzienne moraes
 
Banner enfisema pulmonar SAE 2015
Banner enfisema pulmonar SAE 2015Banner enfisema pulmonar SAE 2015
Banner enfisema pulmonar SAE 2015luzienne moraes
 
Anemia falciforme genética
Anemia falciforme  genéticaAnemia falciforme  genética
Anemia falciforme genéticaluzienne moraes
 
enfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringioma
enfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringiomaenfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringioma
enfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringiomaluzienne moraes
 
enfermagem saúde do adulto estudo de caso
enfermagem saúde do adulto estudo de caso enfermagem saúde do adulto estudo de caso
enfermagem saúde do adulto estudo de caso luzienne moraes
 
Métodos naturais de contracepção
Métodos naturais de contracepçãoMétodos naturais de contracepção
Métodos naturais de contracepçãoluzienne moraes
 
Resenha golpe do destino.
Resenha golpe do destino.Resenha golpe do destino.
Resenha golpe do destino.luzienne moraes
 
Ética e legislação em enfermagem
Ética e legislação em enfermagemÉtica e legislação em enfermagem
Ética e legislação em enfermagemluzienne moraes
 
Resenha crítica intocáveis
Resenha crítica intocáveisResenha crítica intocáveis
Resenha crítica intocáveisluzienne moraes
 
Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)luzienne moraes
 
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avcAnatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avcluzienne moraes
 
Fisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e OlfaçãoFisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e Olfaçãoluzienne moraes
 
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.luzienne moraes
 

Mais de luzienne moraes (20)

Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme
 
Assistência de Enfermagem Sífilis
Assistência de Enfermagem SífilisAssistência de Enfermagem Sífilis
Assistência de Enfermagem Sífilis
 
Banner hanseníase (1)
Banner hanseníase (1)Banner hanseníase (1)
Banner hanseníase (1)
 
Banner enfisema pulmonar SAE 2015
Banner enfisema pulmonar SAE 2015Banner enfisema pulmonar SAE 2015
Banner enfisema pulmonar SAE 2015
 
Anemia falciforme genética
Anemia falciforme  genéticaAnemia falciforme  genética
Anemia falciforme genética
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
enfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringioma
enfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringiomaenfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringioma
enfermagem saúde do adulto estudo de caso craniofaringioma
 
enfermagem saúde do adulto estudo de caso
enfermagem saúde do adulto estudo de caso enfermagem saúde do adulto estudo de caso
enfermagem saúde do adulto estudo de caso
 
Métodos naturais de contracepção
Métodos naturais de contracepçãoMétodos naturais de contracepção
Métodos naturais de contracepção
 
Resenha golpe do destino.
Resenha golpe do destino.Resenha golpe do destino.
Resenha golpe do destino.
 
Ética e legislação em enfermagem
Ética e legislação em enfermagemÉtica e legislação em enfermagem
Ética e legislação em enfermagem
 
Saude da mulher1
Saude da mulher1Saude da mulher1
Saude da mulher1
 
Doença diverticular
Doença diverticularDoença diverticular
Doença diverticular
 
Resenha crítica intocáveis
Resenha crítica intocáveisResenha crítica intocáveis
Resenha crítica intocáveis
 
Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)
 
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avcAnatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
 
Fisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e OlfaçãoFisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e Olfação
 
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
 
Riscos financeiros
Riscos financeirosRiscos financeiros
Riscos financeiros
 
Diabetes
Diabetes Diabetes
Diabetes
 

Planejamento estratégico para corretora de seguros

  • 1. Luzienne Cristine Alves Nascimento Moraes Planejamento Estratégico
  • 2. Há algum tempo atrás o processo de vendas era apenas o ato de "tirar o pedido" ou mostrar ao cliente a opção de modelo e cor que estavam disponíveis. Hoje, o universo desse processo mudou muito, inclusive de foco.
  • 3. Estratégia é um conjunto integrado e coordenado de compromissos e ações, cujo objetivo é explorar as competências essenciais e alcançar uma vantagem competitiva. Toda estratégia possui um objetivo, antecede a adoção das medidas às quais se aplica e demonstra um entendimento comum da intenção e missão estratégica da empresa (HITT, IRELAND e HOSKISSON, 2003).
  • 4. Projeção Futura Planejamento Definição  É um processo que envolve decidir como agir com base no que está ocorrendo no ambiente imediato e no futuro próximo.  É a tradução dessa decisão em ações gerenciáveis. Planejar é a palavra apropriada para se projetar um conjunto de ações para atingir um resultado claramente definido.
  • 5. Importância do Planejamento  Oferecer uma vantagem frente aos seus concorrentes;  Permitir uma clara visão do negócio;  Canalizar os esforços na conquista dos objetivos;  Ordenar as prioridades a partir de um cronograma;  Contribuir para a motivação geral dos corretores, pois esclarece as responsabilidades individuais.  Estimular a cooperação e a integração para enfrentar oportunidades, mudanças e problemas.  Desenvolver nos corretor de seguro, como profissional de vendas maior interesse pela seguradora;
  • 6. Processos para elaboração e implementação do P. E. Definição da Missão, visão e valores Ambientes externo e interno Formulação e Implementação da estratégia
  • 7. Diagnóstico Estratégico  “A determinação da missão e dos objetivos da organização frente aos seus ambientes externo e interno e a administração dos estágios de formulação, implementação e controle da estratégia.” (WRIGHT, KROLL e PARNELL, 2000). Missão Visão Valores
  • 8. Definição da Missão  Missão organizacional é a finalidade de uma organização ou a razão de sua existência.  Qual seu propósito;  O que a empresa faz;  Principais conquistas para os próximos anos;  Estabelecimento da Direção Organizacional.
  • 9. Visão  Idealização de um futuro desejado para empresa (COLLINS e PORRAS, 1993)  Representa o que a empresa quer ser em um futuro próximo ou distante.  O que queremos ser?  Quais as expectativas do mercado que estaremos atendendo?  Representam o conjunto dos princípios, crenças e questões éticas fundamentais de uma empresa, bem como fornecem sustentação a todas as suas principais decisões.  Os valores da empresa devem ter forte interação com as questões éticas e morais da empresa Valores
  • 10. Macroambiente Ambiente setorial Corretora de Seguro Forças políticos-legais Forças tecnológicas Forças econômicas Ameaças de entrada Intensidade da rivalidade entre concorrentes existentes Poder de barganha dos compradores Poder de barganha dos fornecedores Pressão de produtos substitutos Análise do Ambiente Externo e Interno(Oportunidades e Ameaças) Forças demográficas
  • 11. Ambiente interno  O ambiente interno se refere às atividades realizadas no âmbito interno das organizações, englobando os seguintes componentes:  Cultura da organização  Aspectos de marketing  Aspectos financeiros  Aspectos ligados à produção  Aspectos relacionados à gestão de pessoal.
  • 12. Planejar a ação Liderança total em custos Reduzi-los sem grande impacto na qualidade geral do produto Diferenciação Esforços serão concentrados no sentido de diferenciar seu produto ou serviço dos demais concorrentes Foco Consolidação e interligação dos resultados, ambos os exemplos citados sendo concentrado num segmento menor. Estratégia Competitiva, segundo PORTER (1980):
  • 13. Estratégia de Liderança em Custos Qualidade racionalização custos Características aceitáveis pelo cliente. PRODUTOS Minimização Rigoroso controle de custo e de despesa Reduz custos Clientes / atuação no Mercado Agregação Custo Estratégia Custo (Flexibilidade) 1. Nível do Concorrente 2. Defesa contra fornecedores 3. Aceitação do cliente
  • 14. Conjunto de ações Estratégia de Diferenciação PÚBLICO ALVO Clientes com necessidade únicas Produzir ou fornecer bens e serviçosDESTINADAS - CUSTOS MAIS ELEVADOS --------------------- - PRODUTOS NÃO PADRONIZADOS Diferenciação Características singulares LEALDADE DO CONSUMIDOR Resulta retornos superiores à média ESTRATÉGIA ALVO Formação de Elementos 1- COMBINAÇÃO 2- CARACTERISTICAS 3- PREÇOS
  • 15. FOCO Estratégia focada e integrada custo/diferenciação Identificar Integralizar Ações EFICÁCIA EFICIÊNCIA DIFERECIAÇÃO Conduz produtos Pico Máximo Elevados AGREGA VALOR AO PREÇO PARA O CLIENTE CUSTOS redução SEGMENTO COMPETITIVO Dentro do Padrão de qualidade do produto CUSTO Dos Produtos DIFERENCIAÇÃO Ação Dependente Dois tipos de valor Integrados CLIENTES ConcorrentesAssociaçãoFornecedoresFlexibilidade
  • 16. Resultado  A eficácia de cada estratégia dependerá das oportunidades e ameaças que possam existir no ambiente externo da empresa e das possibilidades proporcionadas pelos recursos, capacidades e competências essenciais exclusivos dessa empresa. Desse modo, é fundamental que a empresa selecione uma estratégia apropriada à luz de suas competências e das oportunidades ambientais; uma vez selecionada, a estratégia deverá ser cuidadosa e consistentemente implementada.
  • 17. IMPLEMENTAÇÃO DO MARKETING Empresa Visitantes Colaboradores Seguidores Você Comunidades Amigos Comunidades Marketing busca ações específicas de campanhas publicitárias; Atingir os mais variados clientes no mercado; Importância de estruturar o departamento de marketing.
  • 18. Considerações de um Planejamento Estratégia para abordagem  Ser pró-ativo significa antecipar-se às mudanças.  Enfrentar ameaças e aproveitar as oportunidades encontradas em seu ambiente.  A corretora de saber que para o cliente, o importante é a relação: valor = benefício/preço.  Colocar-se a disposição do cliente (Dados atualizados), estabelecer o perfil do cliente. 1. Honestidade, percepção, p ostura, mantendo bom relacionamento. 2. Persistência, iniciativa, e agregar na venda a satisfação do cliente. 3. Saber ouvir e argumentar Atributos Indispensáveis ao Corretor de Seguros
  • 19. Produtos e negócios  Atualmente os produtos têm um ciclo de vida mais curto e as opções de escolha estão em número cada vez maior ao alcance do cliente. I. Observa-se que as empresas que estão em contínuo crescimento têm uma melhor visão do negócio e da concorrência. A correta aplicação da análise das forças e fatores auxilia em muito na definição do esforço necessário para atender aos desejos do cliente. Algumas empresas sabem planejar com um grau de acerto tão grande, que ao lançar um produto já têm condições de planejar também as próximas gerações deste produto. A utilização dos recursos de tecnologia de informação pode alavancar a empresa em atingir suas metas.
  • 20. Controle estratégico dos resultados em relação aos objetivos Estrutura organizacional: detectando em todas as áreas problemas ou potenciais;  Independente de qual seja o resultado obtido controle estratégico assume a posição de sempre melhorá-lo ou corrigir eventuais falhas.
  • 21. Definição da MISSÃO Visão Valores Analise Externa e Interna Formulação das Estratégias e Políticas Escolha das Táticas e Mercados Alvo Implementação do Marketing MIX Controle Estratégico dos Resultados (FEEDBACK)
  • 22. NECESSIDADES DO MERCADO PRODUTOS LUCROS CLIENTES TEMPO ESTRATÉGIA Planejamento Estratégico  A implantação do Planejamento Estratégico traz uma série de benefícios que agem em todos os níveis da organização, ajudando a alcançar os objetivos de forma mais eficiente e coordenada.
  • 23. Desempenho  O bom desempenho das empresas pode ser medido pela capacidade que elas atendem às necessidades de seus clientes, proporcionam lucros adequados e promovem satisfação e motivação de seus funcionários.  Assim, é necessário que as empresas desenvolvam produtos que interessem e atendam às necessidades do mercado e tenham boa margem de lucro. Além disso, o produto deve ter um custo compatível, proporcionando à empresa condições de alto desempenho.
  • 24. “A estratégia é a ciência do emprego do tempo e do espaço. Sou menos ávaro com o espaço do que com o tempo. O espaço pode ser resgatado. O tempo perdido, jamais.” ―Napoleão Bonaparte.
  • 26. Referências Bibliográficas  PEREIRA K. A. P. As Estratégias Adotadas no Setor de Setor de Seguros: Estudo de Caso de Minas Brasil Estratégia em Organizações e Comportamento Organizacional. Dissertação (Mestrado em Administração) Universidade FUMEC, Cruzeiro Belo Horizonte – MG, 2009. Disponível em: http://www.fumec.br/anexos/cursos/mestrado/dissertacoes/completa/klecius_ augustus_passos_pereira.pdf Acesso em 01 de jun 2013.