Permitem-nos separar osalimentos indesejáveisReconhecimento de outrosanimais.Ambos os sentidos estãofortemente ligados às ...
Cada papila apresentanumerosos botões (B)onde se concentram osquimiorreceptores emposição estratégicapara captar osgustant...
DOCE SALGADO AMARGO ÁCIDO UMAMIDetecção desaisEquilíbrio eletrohidrolíticoDetecção defontes deaçucares(Carboidrato)Detecçã...
(A) As vias gustatórias emergem das fibras aferentes dos botões e juntam-sea três nervos cranianos organizados topografica...
É o menos conhecido de nossos sentidosPouco desenvolvido nos seres humanosFenômeno subjetivoEstímulos químicos: Volateis(o...
Os quimiorreceptoresemitem axônios queatravessam a placa crivosado osso etmoide, eterminam dentro docrânio, no bulbo olfat...
Sequência de etapas datransdução que ocorre namembrana doquimiorreceptor a partirda captação do odorante(A), seguida da sí...
Sistema LímbicoComportamento de ingestão alimentar, reprodução,cuidado de proleCórtex olfatório: percepção conscienteA par...
Floral,Etéreo mentolado,Almiscarado,Cânfora,Ácido butíricoPútridoIrritante, pungente
POR QUE PERDEMOS O PALADARQUANDO ESTAMOS GRIPADOS ?
O CHEIRO AGUÇA O PALADAR
GUYTON, A. C; HALL, J. E. Fisiologia HumanaeMecanismos das Doenças. 6ª Edição. RiodeJaneiro: Guanabara Koogan, 1998.GUYTON...
Fisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e Olfação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fisiologia Gustação e Olfação

4.728 visualizações

Publicada em

Enfermagem: Fisiologia dos Sentidos Químicos; Gustação e Olfação

  • Seja o primeiro a comentar

Fisiologia Gustação e Olfação

  1. 1. Permitem-nos separar osalimentos indesejáveisReconhecimento de outrosanimais.Ambos os sentidos estãofortemente ligados às funçõesemocionais e comportamentais
  2. 2. Cada papila apresentanumerosos botões (B)onde se concentram osquimiorreceptores emposição estratégicapara captar osgustantes.No botão gustatório(C) ficam não apenasos receptores mastambém outras célulase as fibras aferentesque conduzem ainformação para oSNC.
  3. 3. DOCE SALGADO AMARGO ÁCIDO UMAMIDetecção desaisEquilíbrio eletrohidrolíticoDetecção defontes deaçucares(Carboidrato)Detecção desubstanciastóxicasRejeitadasreflexamenteDetecção deácidos(Aminoácidos)Detecção defontes deproteínas(Aminoácidos)
  4. 4. (A) As vias gustatórias emergem das fibras aferentes dos botões e juntam-sea três nervos cranianos organizados topograficamente: VII, IX e X. Todoseles projetam ao núcleo do trato solitário, no tronco encefálico.(B e C). O núcleo do trato solitário projeta ao tálamo direta ou indiretamente,e este ao córtex gustatório, situado nas proximidades do lobo da ínsula.
  5. 5. É o menos conhecido de nossos sentidosPouco desenvolvido nos seres humanosFenômeno subjetivoEstímulos químicos: Volateis(odorantes) evocam sensaçõesolfativas. Solúveis evocamsensações gustativas
  6. 6. Os quimiorreceptoresemitem axônios queatravessam a placa crivosado osso etmoide, eterminam dentro docrânio, no bulbo olfatório.No bulbo estão osglomérulos, onde ficam assinapses das fibrasprimárias com os neurôniosde segunda ordem (célulasmitrais e tufosas, m/t),cujos axônios por sua vezse estendem ao córtex e aoutras regiões encefálicas.
  7. 7. Sequência de etapas datransdução que ocorre namembrana doquimiorreceptor a partirda captação do odorante(A), seguida da síntesede segundos mensageiroscomo o AMPc (B e C)E finalmente a aberturade canais iônicos (D e E)que resulta no potencialreceptor.
  8. 8. Sistema LímbicoComportamento de ingestão alimentar, reprodução,cuidado de proleCórtex olfatório: percepção conscienteA parte do cheiro no cérebro se encontra na regiãolímbica, e está ligado ao sentimento e memória.
  9. 9. Floral,Etéreo mentolado,Almiscarado,Cânfora,Ácido butíricoPútridoIrritante, pungente
  10. 10. POR QUE PERDEMOS O PALADARQUANDO ESTAMOS GRIPADOS ?
  11. 11. O CHEIRO AGUÇA O PALADAR
  12. 12. GUYTON, A. C; HALL, J. E. Fisiologia HumanaeMecanismos das Doenças. 6ª Edição. RiodeJaneiro: Guanabara Koogan, 1998.GUYTON, A. C; HALL, J. E Tratado deFisiologia Médica. 11ª Edição, Rio deJaneiro:Elsevier, 2006.

×