Luzienne Cristine Alves Nascimento MoraesSaúde do IdosoOsteoporoseQueda no IdosoDepressão no IdosoSexualidade na Terceira ...
GERONTOLOGIACiência queestuda oenvelhecimentonos seusaspectosbiológico,psicológico esocial, comociência pura,básica ouacad...
Ações deplanejamentoDiante da Lei nº 10.741, que estabeleceu o Estatuto doIdoso, artigo 1º, (BRASIL, 2003, p.7) “idoso é t...
A osteoporose é uma doençaque causa o enfraquecimentoprogressivo dos ossos, pelaperda de cálcio e massaóssea, tornando os ...
Para Cunha & Guimarães (1989), a queda se dáem decorrência da perda total do equilíbrio postural,podendo estar relacionada...
As alterações damemória, demência,depressão, alterações dosono são alguns dosdistúrbios quefrequentemente sãoencontrados n...
 Disposição para bem-estarespiritual aumentado; Processo de pensamentoperturbado; Risco de solidão; Sentimento de impo...
Almeida et al afirma, a sexualidade está sendo cada vezmais reconhecida como importante no cuidado dos idosos. Todosos ido...
Orientar idosos, famílias e comunidade para um novoconviver com o processo de envelhecimento;Implementar ações educativas ...
NÃO FUMARNÃO ABUSAR DO ÁLCOOLEVITAR O PESO EXCESSIVOPRATICAR ATIVIDADE FÍSICAEVITAR O STRESSERELACIONAMENTO ESTÁVELEDUCAÇÃ...
Não é no silêncio que os homens se fazem,Mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão.Paulo Freire
SANTOS SSC. et al. Diagnósticos e intervenções de enfermagem paraidosos deprimidos e residentes em uma instituição de long...
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.

2.852 visualizações

Publicada em

Apresentação aborda danos físicos e psicológicos exemplificando as principais patologias e causa às quais o idoso está exposto; osteoporose, queda no idoso, depressão no idoso, sexualidade na terceira idade, o preconceito da população em geral sobre a sexualidade do mesmo e o papel da enfermagem. Solicitado e orientado, pelas docentes: Enfª. Eurídice Miranda e Mirela Joca.

0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.852
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saúde do Idoso - Disciplina Processo Saúde Doença e Educação em Saúde.

  1. 1. Luzienne Cristine Alves Nascimento MoraesSaúde do IdosoOsteoporoseQueda no IdosoDepressão no IdosoSexualidade na Terceira IdadeCuidados para um envelhecimentosaudávelENFERMAGEM
  2. 2. GERONTOLOGIACiência queestuda oenvelhecimentonos seusaspectosbiológico,psicológico esocial, comociência pura,básica ouacadêmica.(Ruipérez,2000).GERIATRIARamo damedicina que sededica ao idoso,ocupando-se nãosó da prevenção,do diagnóstico edo tratamentodas suasdoenças agudase crônicas, mastambém da suarecuperaçãofuncional ereinserção nasociedade.(Ruipérez, 2000).ENFERMAGEMGERONTOGERIÁTRICAEnfermagemgerontogeriátrica comouma especificidadetanto no interior daprática da enfermagemgeral quanto da práticagerontológica exercidapela equipemultiprofissional.(Stevenson,Gonçalves,Alvarez, 1997).
  3. 3. Ações deplanejamentoDiante da Lei nº 10.741, que estabeleceu o Estatuto doIdoso, artigo 1º, (BRASIL, 2003, p.7) “idoso é toda pessoa comidade igual ou superior a 60 (sessenta) anos”.Dispõe no art. 3º:É obrigação da família, da comunidade, da sociedade edo Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, aefetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação,à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, àliberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar ecomunitária.FuncionaisCognitivasPsíquicas NutricionaisSociaisEconômicos
  4. 4. A osteoporose é uma doençaque causa o enfraquecimentoprogressivo dos ossos, pelaperda de cálcio e massaóssea, tornando os ossosmais frágeis e quebradiços.
  5. 5. Para Cunha & Guimarães (1989), a queda se dáem decorrência da perda total do equilíbrio postural,podendo estar relacionada à insuficiência súbita dosmecanismos neurais e osteoarticulares envolvidos namanutenção postural.Para Masud e Morris (2001), pessoas com idademenor que 75 anos têm maior probabilidade de cair emambientes externos e os idosos com mais de 75 anoscaem mais no interior de suas próprias residências.Carvalhaes et al. (1989, p.181) afirmam que:Em relação à morbidade, o idoso passa a ser vulnerávela algumas patologias, sendo que as de maior incidênciasão: doenças reumáticas, hipertensão, doençascardíacas, diabetes, agravos a saúde mental.
  6. 6. As alterações damemória, demência,depressão, alterações dosono são alguns dosdistúrbios quefrequentemente sãoencontrados na 3ª Idade.A Depressãoconsistem emdistúrbiosemocionaisincluindo humor, etambém asalterações ansiosas,são problemaspsicológicos.A inatividade éresponsável pelaprogressivadisfunção(fisiológicas, psíquicoe motora) dosidosos, portanto énecessário que tenhauma alimentaçãosaudável e exercite ocorpo e a menteconstantemente.
  7. 7.  Disposição para bem-estarespiritual aumentado; Processo de pensamentoperturbado; Risco de solidão; Sentimento de impotência; DesesperançaA enfermagem deve prevenir,minimizar a depressão nosidosos e ajudá-los namanutenção de sua saúdemental.
  8. 8. Almeida et al afirma, a sexualidade está sendo cada vezmais reconhecida como importante no cuidado dos idosos. Todosos idosos, tanto saudáveis quanto fracos, precisam expressarsentimentos sexuais (a sexualidade envolve amor, partilha, calor,toque e não somente o ato do intercurso). (POTTER, 1999).Desta forma, verificou-se que a sexualidade pode servivenciada das mais variadas formas possíveis, de acordo com avontade e as necessidades de cada pessoa ou de cada casal,independentemente da idade que estas possuem. (Monteiro, 2002).A sexualidade não se restringe aos impulsos sexuais,nem aos órgãos sexuais, ou ao mero ato sexual, portanto, trata dainteração harmoniosa da genitalidade, da afetividade e da relaçãointerpessoal, motivo pelo qual não é um meio de prazer apenas, é umalinguagem do ser humano, do corpo (VIDAL, 2002).
  9. 9. Orientar idosos, famílias e comunidade para um novoconviver com o processo de envelhecimento;Implementar ações educativas que visem a manutenção daautonomia e da independência do idoso;Estimular o idoso na realização de seu autocuidado;Implementar ações específicas de atenção à saúde doidoso que visem a promoção da saúde, a prevenção deagravos e controle de doenças.Estimular a adesão de hábitos saudáveis de vida:alimentação, higiene, atividades físicas, convívio social;ATUAÇÃO E ORIENTAÇÃO DO ENFERMEIROAuxiliar, junto com a equipe multiprofissional, o idoso aconquistar a qualidade de vida.
  10. 10. NÃO FUMARNÃO ABUSAR DO ÁLCOOLEVITAR O PESO EXCESSIVOPRATICAR ATIVIDADE FÍSICAEVITAR O STRESSERELACIONAMENTO ESTÁVELEDUCAÇÃO / INFORMAÇÃO
  11. 11. Não é no silêncio que os homens se fazem,Mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão.Paulo Freire
  12. 12. SANTOS SSC. et al. Diagnósticos e intervenções de enfermagem paraidosos deprimidos e residentes em uma instituição de longa permanência(ILP). Revista eletrônica Enfermería Global N. 20, Out 2010. Disponívelem: http://scielo.isciii.es/pdf/eg/n20/pt_clinica2.pdfAcesso em 20 Mai. 2013.FALCÃO M. E. O. ; ALMEIDA S. A. A. Atuação do enfermeiro paraprevenção de quedas de idosos. Ebah, Out 2008. Disponível em:<http://www.advita.pt/download.php?f3f27de2da06fee54f8cbcdf973bbea8>Acesso em 20 Mai. 2013.SOUZA R. M. Sexualidade na terceira idade. Revista Educação, MeioAmbiente e Saúde Vol. 4 n. 1, 2009; São Paulo- SP, p.65-73 Disponível em:http://www.faculdadedofuturo.edu.br/revista/2009/pdfs/ARTIGO-SEXUALIDADENATERCEIRAIDADE.pdfAcesso em 20 Mai. 2013.BEZERRA F. C. et al. Estudos sobre envelhecimento no Brasil: revisãobibliográfica. Rev. bras. geriatr. gerontol. Vol.15 n.1 Rio de Janeiro 2012,P.155-167. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbgg/v15n1/17.pdfAcesso em 20 Mai. 2013.ALMEIDA, A. C. F. et al. Sexualidade Na Terceira Idade: Alteraçõesfisiológicas e a relação enfermeiro x cliente – Uma revisão bibliográfica.

×