Treinamento Design Thinking 2015

3.419 visualizações

Publicada em

Treinamento de Design Estratégico / Design Thinking ministrado por Victor Gonçalves, no SEBRAE RJ, abordando os aspectos estratégicos do design, técnicas de facilitação de dinâmicas de idealização, técnicas de ativação de criatividade e apresentação do Framework de Análise de Negócios criado por Victor Gonçalves para a ADDTECH.

Publicada em: Negócios
0 comentários
24 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.032
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
24
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento Design Thinking 2015

  1. 1. Design Thinking 3.0 Inovação sem limites
  2. 2. PORVICTOR GONÇALVES Coordenador de Design de Estratégico na ADDTECH, Certified ScrumMaster pela Scrum Alliance, Practitioner em Programação Neurolinguística e membro profissional do Interaction Design Foundation. Formado em Design, é especialista em Neurociência e Antropologia pela ESPM - RJ, e em Mídias Interativas pelo Instituto Infnet. Possui MBA em Gestão de Pessoas, é especialista em Análise Comportamental e Microexpressões, e professor de Gestão de Projetos Interativos no MBA de Design de Interação do SENAC RJ.
  3. 3. Módulo de Design Módulo de Facilitação Módulo de Criatividade Módulo F.A.N 3.0
  4. 4. Por que Design Thinking?
  5. 5. Projetos não criam valor
  6. 6. “Do you know people, the meaning of value to people?”
  7. 7. expectativa realidade-satisfação =
  8. 8. Projetos não geram impacto
  9. 9. RECEITA e VALOR CUSTOS PRODUTIVIDADE e ATIVOS MELHORIAS SOCIAIS e BRANDING Não geram aumento de receita e / ou não influenciam a percepção de valor da organização Não trazem melhorias sociais e ambientais e não melhorarm a imagem da empresa Não reduzem custos Não melhoram a produtividade das pessoas ou não otimizam ativos (instalações, equipamentos, estoques)
  10. 10. Custo Escopo Prazo projetos clássicos possuem custo fechado ausência de clareza somada a subjetividade prazos inatingíveis
  11. 11. Insegurança Falta de Qualidade Atraso Gasto de Dinheiro Estresse geral
  12. 12. Victor Gonçalves
  13. 13. Função Emoção Usabilidade Razão Desejo leva à ação Necessidade Ativa Necessidade Latente Propósito cria interesse Interesse atendido gera desejo financeiro

×