SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Baixar para ler offline
MBA Gerenciamento de Projetos
Cidade: Curitiba
Turma 4/14
Gerenciamento de Aquisições
Professor: Marco Coghi
Aluno: Cristiano Andrade de Alencar
Alexandre
Plínio
Patrick
EMPRESA
PROJETO
POSICIONAMENTO DA EMPRESA DIPER
A empresa DIPER Engenharia (Desenvolvimento e
Implantação de Projetos em Energias Renováveis)
presta serviços de consultorias, estudos básicos e
projetos executivos na área de energia solar,
eólica, biomassa e hídrica.
O projeto irá detalhar técnica e economicamente
um sistema fotovoltaico conectado à rede elétrica
para um prédio comercial, bem como executar e
gerenciar sua implantação.
EAP DO PROJETO SOLARTECHNE
DEFINIÇÃO DOS CRITÉRIOS “MAKE OR BUY”
1. Necessidade de fornecimento especializado dos equipamentos BOS (Balance of System)* que
são em sua maioria inclusive importados;
2. O core business da empresa não contempla principalmente os serviços de montagem e
comissionamento;
3. Confiabilidade de fornecimento nos equipamentos BOS (Balance of System) tem como
referência empresas chinesas, alemãs, japoneas e italianas que já atuam no mercado há muito
tempo;
4. Tempo elevado de desenvolvimento interno principalmente de equipamentos como inversores e
módulos FV**. Não existe atualmente produção interna destes produtos;
5. Alto custo envolvido na obtenção do know-how principalmente na fabricação dos módulos;
6. Criticidade estratégica, principalmente para o fornecimento de equipamentos importados que
não existem similares nacionais;
7. Processo altamente eletrointensivo no caso da fabricação dos módulos FV** (requer uma
grande quantidade de energia de fabricação).
*BOS (Balance of System) – Equipamentos que compõe o sistema fotovoltaico como módulos, inversores, estruturas, medidores bilaterais e
etc.
** módulos FV – módulos fotovoltaicos
EAP COM DESTAQUE DOS PACOTES “BUY”
Pacotes "buy" tipo A - produtos
Pacotes "buy" tipo B - serviços
MAPA DE AQUISIÇÕES
Concorrência Item ”buy" Ref. EAP Vendor List Orçamento Prazo Critério M/B Contrato
RFP-01 Módulos FV 1.3.2 Jinko/Kyocera/
Yngli
R$ 80.000 60 dias 1, 3,4,5,6,7 Custo
reembolsável
RFP-02 Inversor 1.3.1 Kyocera/Fimer/
ABB
R$ 40.000 60 dias 1, 3,4,5,6 Custo
reembolsável
RFP-03 Estruturas
metálicas
1.3.5 Zimmermann/T
ecmetal/Techno
rte
R$ 15.000 30 dias 1,2 Custo
reembolsável
RFP-04 Cabos 1.3.7 Nexas/Condum
ax/Omerin
R$ 10.000 30 dias 2,6 Custo
reembolsável
RFP-05 Medidor
bilateral
1.3.4 Kyocera/Fimer/
ABB
R$ 30.000 60 dias 1, 3,4,5,6 Custo
reembolsável
EAP DE PROJETO REVISADA
REGISTRO DE RISCOS
Evento de risco Resposta ao risco Momento da resposta ao
risco
Atraso na entrega devido a
importação do produto ou por
gargalo de
certificação/homologação
Avaliação criteriosa em relação
a logística e credibilidade de
fornecimento
SEL/CONT/ADM/PQ
Reprovação na
certificação/homologação do
equipamento
Realização de testes ainda em
fábrica antes do envio
SEL/ESP/CONT/ADM
Avaria no transporte Garantia da execução de check
list de envio e contratação de
seguro
SEL/CONT/ADM
Desempenho não conforme
(vedação ineficiente,
rendimento abaixo do
requerido)
Garantia contratual de
desempenho requerido e
aplicação de multa caso
contrário
SEL/ESP/CONT/ADM/PQ
DECLARAÇÃO DE TRABALHO – RFP-01
Declaração de trabalho
Especificação
Do tipo policristalino com 50 Wp de potência
Quantidade
100
Prazo
60 dias após o fechamento do contrato de fornecimento
Qualidade requerida
Tolerância de performance de 0 a +3% da potência especificada e eficiência mínima de 15%
Suporte técnico
Supervisão de montagem em campo
Treinamento
Capacitação de 3 dias referente limpeza, substituição e reparos.
Garantia
15 anos
Manutenção
Anual
Local da entrega
No local de instalação
Fornecimento de itens especiais
Necessidade da inclusão de ferramentas especiais de montagem e desmontagem
EAP DE CONTRATOS “BUY”- TIPO A
CRITÉRIOS ELIMINATÓRIOS
1. Certificação por meio de ensaios em
laboratórios credenciados conforme portaria
INMETRO 004/2011;
2. Em conformidade com o atendimento as
normas internacionais IEC 61215 e IEC
60364-7;
3. Possuir fábrica própria para o fornecimento
dos módulos;
4. Ter no mínimo 05 anos de atuação no
mercado;
5. Atendimento aos requisitos técnicos
especificados como performance e eficiência.
CRITÉRIOS CLASSIFICATÓRIOS
• Critérios classificatórios comerciais
1. Localização física da empresa
2. Preço final
3. Tempo de resposta de engenharia
• Critérios classificatórios técnicos
1. Atestado de capacidade técnica
2. Estrutura comprovada para suporte (supervisão de
montagem, treinamento, manutenção)
3. Eficiência acima do especificado
Os critérios não serão expostos na DT para não haver desclassificação da
concorrência nem adequação/manipulação da proposta para atender aos
critérios classificatórios
SISTEMA DE PONTUAÇÃO
ID Critério comercial Peso Jinko Kyocera Yngli
nota média nota média nota média
1 Localização física da empresa 2 2 4 2 4 2 4
2 Alinhamento com DT 5 4 20 3 15 2 10
3 Tempo de resposta a um
antendimento
4 3 12 4 16 3 12
ID Critério comercial Peso Jinko Kyocera Yngli
nota média nota média nota média
4 Atestado de capacidade técnica 4 4 16 3 12 3 12
5 Estrutura comprovada para suporte
técnico
3 3 9 4 12 2 6
6 Tempo de mercado da empresa 3 4 12 4 12 3 9
Total 73 71 53
DOCUMENTOS DE AQUISIÇÃO
RFP (Request of Proposal) – Solicitação de
proposta, pois a decisão de escolha do fornecedor
será feita a partir de uma análise técnica, em que
apesar do preço final também ser importante a
capacidade técnica terá um peso maior na
avaliação.
Será composta pela DT, cláusulas contratuais e um
descrito do nível de detalhamento e clareza
requerida na resposta.
MEIO ADOTADO PARA ENVIAR O CONVITE
Será realizada a divulgação da DT e a solicitação
da RFP através da web com a utilização do
sistema de servidores integrado e compartilhado
(formato nuvem de armazenamento) em que os
fornecedores cadastrados terão níveis de acesso
conforme a necessidade da fase.
Neste momento terão acesso a leitura da DT e
algum nível de edição do documento para a
inserção de comentários e dúvidas.
TIPO DE CONTRATO
O contrato será do tipo de custos reembolsáveis
com remuneração de incentivo baseado na
antecipação de cronograma.
Serão definidas fases de desembolso em função
dos milestones de contrato.
Considerando-se este um projeto de curto prazo
(cerca de 6 meses total) o gerenciamento do tempo
torna-se ainda mais importante , pois quanto antes
o projeto é finalizado mais cedo é possível a
obtenção de lucro com a venda de energia ao
sistema interligado.
CONCORRÊNCIA PRIVADA - FLUXOGRAMA
Divulgar a DT na
“nuvem” para a Vendor
List
Abertura para
questionamentos da
DT
Equalização da
dúvidas e eventuais
revisões da DT
Recebimento das
RFPs na “nuvem” e
divulgação interna
Reunião interna com
especialistas e equipe
comercial para
equalização das RFPs
Necessária revisão
RFP?
Convocação
(individual) dos
fornecedores para
esclarecimentos e
equalização das
propostas
Revisão (se aplicável)
das RFPs e inserção
na “nuvem”
Se sim
Aplicação dos
critérios de seleção
Divulgação do
resultado para
todos na nuvem
Envio de feedback
individual a cada
fornecedor
Convocação de
reunião para
abertura do
contrato
Se não
ATITUDES E FISCALIZAÇÃO PARA CONTROLAR
AS AQUISIÇÕES
1. Gestão das mudanças
2. Controle de qualidade (diligenciamento e PIT)
3. Administração de claims
4. Gerenciamento da matriz de interfaces de
fornecedores
5. Gerenciamento dos riscos & oportunidades
Observação: destaque que estas ações estão ocorrendo
sempre de forma contínua durante as diferentes etapas até o
encerramento do contrato
RELATÓRIOS DO CONTROLE DE AQUISIÇÕES
Boletim de medição
Avanço das fases
Saldo de desembolso
Desvios registrados
Relatório Diário de Obra
Atividades realizadas
Recebimento de material em obra
Histograma e maquinário de obra
BOLETIM DE MEDIÇÃO
ID EAP do contrato Unid. Orçamento
(R$)
Peso
(%)
Quantidade Critério
(%)
Avanço
planej.
Avanço
real
%
Planej. Realiz.
1.1 Gerenciamento do contrato 20.000 25 20.000
1.1.1 Abertura do contrato Hh 8 6,15 1.230,77
1.1.2 Plano de gerenciamento de riscos Hh 30 23,08 4.615,39
1.1.3 Plano de gestão das mudanças Hh 30 23,08 4.615,39
1.1.4 Plano de gerenciamento de
tempo/orçamento
Hh 42 32,31 6.461,54
1.1.5 Administração de claims Hh 20 15,38 3.076,93
1.2 Fabricação 20.000 25 20.000
1.2.1 Inspeção em fábrica Pç 100 60 12.000,00
1.2.2 Validação/aceite Pç 100 40 8.000,00
1.3 Transporte 20.000 25 20.000
1.3.1 Check list de entrada/saída Pç 100 30 6.000,00
1.3.2 Embalagem e carregamento Pç 100 70 14.000,00
1.4 Montagem/Comissionamento 16.000 20 16.000
1.4.1 Supervisão de montagem Pç 100 42,5 6.800,00
1.4.2 Supervisão de comissionamento Pç 100 42,5 6.800,00
1.4.3 Testes funcionais Pç 100 10 1.600,00
1.4.4 Validação/aceite Pç 100 5 800,00
1.5 Encerramento 4.000 5 4.000
1.5.1 Certificado de aceitação provisória Pç 100 50 2.000,00
1.5.2 Certificado de aceitação final Pç 100 50 2.000,00
RELATÓRIO DIÁRIO DE OBRA
Data de início: Data Prevista de término: Dias transcorridos:
Data de hoje: RDO nº: Projeto SolarTechne
1. Estado e previsão do clima
(Utiliza-se dos dados do INPE para registrar as condições climáticas locais)
2. Descrição das atividades previstas
(É feito um breve descritivo das atividades que estavam previstas para serem realizadas no dia)
3. Descrição das atividades executadas
(É feito um breve descritivo das atividades efetivamente realizadas no dia)
4. Desvios/Não conformidades encontradas
(Descrevem-se as não conformidades de material, projeto ou montagem encontradas)
5. Equipamentos entregues em obra e Quantidade utilizada no dia
(Registra-se os materiais que chegaram em obra bem como aqueles requisitados para utilização)
6. Mão-de-obra e maquinário presente em obra e utilizado no dia
(Atualiza-se o histograma referente a mão-de-obra e maquinário utilizado no dia)
7. Fotos
(Insere-se fotos para ilustrar o avanço em forma relatório de fotográfico)
FLUXOGRAMA DE CONTROLE E ENCERRAMENTO DO
CONTRATO
Reunião de Kick-
off para abertura
do contrato
Programa de
inspeções em
fábrica (PIT)
Atualização da
nuvem do
status/check list
de transporte
Ensaios
funcionais em
campo para
validação e aceite
Encerramento do
contrato
Definidas
responsabilidades,
cronologia das
etapas, termos de
pagamentos,
garantia, exclusão
de contrato, seguro,
multas.
Revisão do RR Desembolso do 1º
pagamento (25%)
Desembolso do 2º
pagamento (25%)
Desembolso do 3º
pagamento (40%)
Desembolso do 4º
pagamento (10%)
Lições aprendidas e
emissão do CAF
Relatórios de
desempenho, lista de
pendências e CAP
Check list e relatório
fotográfico
SUMÁRIO DO PGA (PLANO DE GERENCIAMENTO DAS
AQUISIÇÕES)
1. Quem é a empresa DIPER
2. EAP – Projeto SolarTechne
3. Critérios “make or buy”
4. Definição dos pacotes “buy” Tipo A e “buy” Tipo B
5. Mapa de aquisições
6. EAP (Revisada)
7. Registro de Riscos
8. Declaração de trabalho – DT
9. EAP de contrato “buy” Tipo A
10. Critérios eliminatórios
11. Critérios classificatórios
12. Sistema de pontuação
13. Documentação de aquisição
14. Meio adotado para enviar o convite
15. Definição do tipo de contrato
16. Fluxograma para a concorrência privada
17. Atitudes e fiscalização para controlar as aquisições
18. Relatórios de controle das aquisições
1. Boletim de medição
2. Relatório diário de obra
19. Fluxograma de controle e encerramento do contrato

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

DRJ Crystal Lake - PROJ 37BH
DRJ Crystal Lake - PROJ 37BHDRJ Crystal Lake - PROJ 37BH
DRJ Crystal Lake - PROJ 37BHMarco Coghi
 
CelPaper Energia
CelPaper EnergiaCelPaper Energia
CelPaper EnergiaMarco Coghi
 
CelPaper Energia
CelPaper EnergiaCelPaper Energia
CelPaper EnergiaMarco Coghi
 
Projeto-UTE-EL14
Projeto-UTE-EL14Projeto-UTE-EL14
Projeto-UTE-EL14Marco Coghi
 
Sistema de visão
Sistema de visãoSistema de visão
Sistema de visãoMarco Coghi
 
Sao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheiros
Sao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheirosSao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheiros
Sao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheirosMarco Coghi
 
Composteira at Home
Composteira at HomeComposteira at Home
Composteira at HomeMarco Coghi
 
Academia CrossFit
Academia CrossFitAcademia CrossFit
Academia CrossFitMarco Coghi
 
Academia CrossFit
Academia CrossFitAcademia CrossFit
Academia CrossFitMarco Coghi
 
Cura Ultravioleta
Cura UltravioletaCura Ultravioleta
Cura UltravioletaMarco Coghi
 
Academia Vida Ativa
Academia Vida AtivaAcademia Vida Ativa
Academia Vida AtivaMarco Coghi
 
Montagem Laboratório de Testes
Montagem Laboratório de TestesMontagem Laboratório de Testes
Montagem Laboratório de TestesMarco Coghi
 
Motovelocidade BR
Motovelocidade BRMotovelocidade BR
Motovelocidade BRMarco Coghi
 
Siderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de Água
Siderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de ÁguaSiderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de Água
Siderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de ÁguaMarco Coghi
 
Projeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT BioenergiaProjeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT BioenergiaMarco Coghi
 

Mais procurados (20)

Rodo Jampa
Rodo JampaRodo Jampa
Rodo Jampa
 
DRJ Crystal Lake - PROJ 37BH
DRJ Crystal Lake - PROJ 37BHDRJ Crystal Lake - PROJ 37BH
DRJ Crystal Lake - PROJ 37BH
 
CelPaper Energia
CelPaper EnergiaCelPaper Energia
CelPaper Energia
 
CelPaper Energia
CelPaper EnergiaCelPaper Energia
CelPaper Energia
 
Projeto-UTE-EL14
Projeto-UTE-EL14Projeto-UTE-EL14
Projeto-UTE-EL14
 
Website
WebsiteWebsite
Website
 
Sistema de visão
Sistema de visãoSistema de visão
Sistema de visão
 
Sao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheiros
Sao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheirosSao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheiros
Sao paulo geep23_gerenciamentoaquisicoes_r20pinheiros
 
Composteira at Home
Composteira at HomeComposteira at Home
Composteira at Home
 
Academia CrossFit
Academia CrossFitAcademia CrossFit
Academia CrossFit
 
Access Easy
Access EasyAccess Easy
Access Easy
 
Academia CrossFit
Academia CrossFitAcademia CrossFit
Academia CrossFit
 
Cura Ultravioleta
Cura UltravioletaCura Ultravioleta
Cura Ultravioleta
 
Academia Vida Ativa
Academia Vida AtivaAcademia Vida Ativa
Academia Vida Ativa
 
Super Tire
Super TireSuper Tire
Super Tire
 
Montagem Laboratório de Testes
Montagem Laboratório de TestesMontagem Laboratório de Testes
Montagem Laboratório de Testes
 
Motovelocidade BR
Motovelocidade BRMotovelocidade BR
Motovelocidade BR
 
Siderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de Água
Siderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de ÁguaSiderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de Água
Siderúrgica Cidade Jardim- Projeto de Sistema de captação de Água
 
Day Care
Day CareDay Care
Day Care
 
Projeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT BioenergiaProjeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT Bioenergia
 

Destaque

Goiania gp17-aq-pontepoint
Goiania gp17-aq-pontepointGoiania gp17-aq-pontepoint
Goiania gp17-aq-pontepointMarco Coghi
 
Sao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saude
Sao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saudeSao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saude
Sao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saudeMarco Coghi
 
Aquisição de uma EPP
Aquisição de uma EPPAquisição de uma EPP
Aquisição de uma EPPMarco Coghi
 
Passo Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPE
Passo Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPEPasso Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPE
Passo Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPEMarco Coghi
 
Aniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 AnosAniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 AnosMarco Coghi
 

Destaque (6)

Goiania gp17-aq-pontepoint
Goiania gp17-aq-pontepointGoiania gp17-aq-pontepoint
Goiania gp17-aq-pontepoint
 
Dragon Project
Dragon ProjectDragon Project
Dragon Project
 
Sao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saude
Sao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saudeSao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saude
Sao paulo geept23 aquisicoes_ grupo mais saude
 
Aquisição de uma EPP
Aquisição de uma EPPAquisição de uma EPP
Aquisição de uma EPP
 
Passo Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPE
Passo Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPEPasso Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPE
Passo Fundo GP04- Gerenciamento de Aquisições - Grupo BOPE
 
Aniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 AnosAniversario de 15 Anos
Aniversario de 15 Anos
 

Semelhante a MBA Gerenciamento de Projetos Fotovoltaicos

Condomínio Sustentável
Condomínio Sustentável Condomínio Sustentável
Condomínio Sustentável Marco Coghi
 
Goiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisiçãoGoiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisiçãoalinemiraso
 
Goiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicao
Goiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicaoGoiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicao
Goiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicaoMarco Coghi
 
Goiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicaoGoiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicaoalinemiraso
 
Goiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicaoGoiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicaoalinemiraso
 
Goiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisiçãoGoiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisiçãoalinemiraso
 
Empreendimento na Sustentabilidade
Empreendimento na SustentabilidadeEmpreendimento na Sustentabilidade
Empreendimento na SustentabilidadeMarco Coghi
 
Célula Eletrolítica
Célula EletrolíticaCélula Eletrolítica
Célula EletrolíticaMarco Coghi
 
SP Food Truck Places
SP Food Truck PlacesSP Food Truck Places
SP Food Truck PlacesMarco Coghi
 
Troca de Óleo Delivery
Troca de Óleo DeliveryTroca de Óleo Delivery
Troca de Óleo DeliveryMarco Coghi
 
Extensão Av. G. Vargas
Extensão Av. G. VargasExtensão Av. G. Vargas
Extensão Av. G. VargasMarco Coghi
 
Implantação do Centro de distribuição
Implantação do Centro de distribuiçãoImplantação do Centro de distribuição
Implantação do Centro de distribuiçãoMarco Coghi
 
Desenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno Trucks
Desenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno TrucksDesenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno Trucks
Desenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno TrucksMarco Coghi
 
Equipe - Asas de Aço
Equipe - Asas de AçoEquipe - Asas de Aço
Equipe - Asas de AçoMarco Coghi
 

Semelhante a MBA Gerenciamento de Projetos Fotovoltaicos (20)

Condomínio Sustentável
Condomínio Sustentável Condomínio Sustentável
Condomínio Sustentável
 
Goiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisiçãoGoiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisição
 
Goiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicao
Goiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicaoGoiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicao
Goiania gp17-gerenciamento_de_ aquisicao
 
Goiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicaoGoiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicao
 
Goiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicaoGoiania gp17-ger. aquisicao
Goiania gp17-ger. aquisicao
 
Goiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisiçãoGoiânia gp17-ger. aquisição
Goiânia gp17-ger. aquisição
 
Ponto de Luz
Ponto de LuzPonto de Luz
Ponto de Luz
 
GREENSTONE
GREENSTONEGREENSTONE
GREENSTONE
 
Empreendimento na Sustentabilidade
Empreendimento na SustentabilidadeEmpreendimento na Sustentabilidade
Empreendimento na Sustentabilidade
 
Célula Eletrolítica
Célula EletrolíticaCélula Eletrolítica
Célula Eletrolítica
 
Rodo Jampa
Rodo JampaRodo Jampa
Rodo Jampa
 
SP Food Truck Places
SP Food Truck PlacesSP Food Truck Places
SP Food Truck Places
 
Troca de Óleo Delivery
Troca de Óleo DeliveryTroca de Óleo Delivery
Troca de Óleo Delivery
 
Troca de óleo delivery
Troca de óleo deliveryTroca de óleo delivery
Troca de óleo delivery
 
Extensão Av. G. Vargas
Extensão Av. G. VargasExtensão Av. G. Vargas
Extensão Av. G. Vargas
 
MaraWIND
MaraWINDMaraWIND
MaraWIND
 
Beauty Project
Beauty ProjectBeauty Project
Beauty Project
 
Implantação do Centro de distribuição
Implantação do Centro de distribuiçãoImplantação do Centro de distribuição
Implantação do Centro de distribuição
 
Desenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno Trucks
Desenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno TrucksDesenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno Trucks
Desenvolvimento de Um Novo Caminhão - Techno Trucks
 
Equipe - Asas de Aço
Equipe - Asas de AçoEquipe - Asas de Aço
Equipe - Asas de Aço
 

Mais de Marco Coghi (20)

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
 
EZ Pass
EZ PassEZ Pass
EZ Pass
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
 
Acertando suas Contas
Acertando suas ContasAcertando suas Contas
Acertando suas Contas
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
 
Projeto Iemanjá
Projeto IemanjáProjeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
 
Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
 
Projeto Help
Projeto HelpProjeto Help
Projeto Help
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
 
Projeto +Cana
Projeto +CanaProjeto +Cana
Projeto +Cana
 
Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess Forever
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
 
Teto Amigo
Teto AmigoTeto Amigo
Teto Amigo
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
 
Projeto Gestar
Projeto GestarProjeto Gestar
Projeto Gestar
 
Zika
ZikaZika
Zika
 

MBA Gerenciamento de Projetos Fotovoltaicos

  • 1. MBA Gerenciamento de Projetos Cidade: Curitiba Turma 4/14 Gerenciamento de Aquisições Professor: Marco Coghi Aluno: Cristiano Andrade de Alencar Alexandre Plínio Patrick
  • 3. POSICIONAMENTO DA EMPRESA DIPER A empresa DIPER Engenharia (Desenvolvimento e Implantação de Projetos em Energias Renováveis) presta serviços de consultorias, estudos básicos e projetos executivos na área de energia solar, eólica, biomassa e hídrica. O projeto irá detalhar técnica e economicamente um sistema fotovoltaico conectado à rede elétrica para um prédio comercial, bem como executar e gerenciar sua implantação.
  • 4. EAP DO PROJETO SOLARTECHNE
  • 5. DEFINIÇÃO DOS CRITÉRIOS “MAKE OR BUY” 1. Necessidade de fornecimento especializado dos equipamentos BOS (Balance of System)* que são em sua maioria inclusive importados; 2. O core business da empresa não contempla principalmente os serviços de montagem e comissionamento; 3. Confiabilidade de fornecimento nos equipamentos BOS (Balance of System) tem como referência empresas chinesas, alemãs, japoneas e italianas que já atuam no mercado há muito tempo; 4. Tempo elevado de desenvolvimento interno principalmente de equipamentos como inversores e módulos FV**. Não existe atualmente produção interna destes produtos; 5. Alto custo envolvido na obtenção do know-how principalmente na fabricação dos módulos; 6. Criticidade estratégica, principalmente para o fornecimento de equipamentos importados que não existem similares nacionais; 7. Processo altamente eletrointensivo no caso da fabricação dos módulos FV** (requer uma grande quantidade de energia de fabricação). *BOS (Balance of System) – Equipamentos que compõe o sistema fotovoltaico como módulos, inversores, estruturas, medidores bilaterais e etc. ** módulos FV – módulos fotovoltaicos
  • 6. EAP COM DESTAQUE DOS PACOTES “BUY” Pacotes "buy" tipo A - produtos Pacotes "buy" tipo B - serviços
  • 7. MAPA DE AQUISIÇÕES Concorrência Item ”buy" Ref. EAP Vendor List Orçamento Prazo Critério M/B Contrato RFP-01 Módulos FV 1.3.2 Jinko/Kyocera/ Yngli R$ 80.000 60 dias 1, 3,4,5,6,7 Custo reembolsável RFP-02 Inversor 1.3.1 Kyocera/Fimer/ ABB R$ 40.000 60 dias 1, 3,4,5,6 Custo reembolsável RFP-03 Estruturas metálicas 1.3.5 Zimmermann/T ecmetal/Techno rte R$ 15.000 30 dias 1,2 Custo reembolsável RFP-04 Cabos 1.3.7 Nexas/Condum ax/Omerin R$ 10.000 30 dias 2,6 Custo reembolsável RFP-05 Medidor bilateral 1.3.4 Kyocera/Fimer/ ABB R$ 30.000 60 dias 1, 3,4,5,6 Custo reembolsável
  • 8. EAP DE PROJETO REVISADA
  • 9. REGISTRO DE RISCOS Evento de risco Resposta ao risco Momento da resposta ao risco Atraso na entrega devido a importação do produto ou por gargalo de certificação/homologação Avaliação criteriosa em relação a logística e credibilidade de fornecimento SEL/CONT/ADM/PQ Reprovação na certificação/homologação do equipamento Realização de testes ainda em fábrica antes do envio SEL/ESP/CONT/ADM Avaria no transporte Garantia da execução de check list de envio e contratação de seguro SEL/CONT/ADM Desempenho não conforme (vedação ineficiente, rendimento abaixo do requerido) Garantia contratual de desempenho requerido e aplicação de multa caso contrário SEL/ESP/CONT/ADM/PQ
  • 10. DECLARAÇÃO DE TRABALHO – RFP-01 Declaração de trabalho Especificação Do tipo policristalino com 50 Wp de potência Quantidade 100 Prazo 60 dias após o fechamento do contrato de fornecimento Qualidade requerida Tolerância de performance de 0 a +3% da potência especificada e eficiência mínima de 15% Suporte técnico Supervisão de montagem em campo Treinamento Capacitação de 3 dias referente limpeza, substituição e reparos. Garantia 15 anos Manutenção Anual Local da entrega No local de instalação Fornecimento de itens especiais Necessidade da inclusão de ferramentas especiais de montagem e desmontagem
  • 11. EAP DE CONTRATOS “BUY”- TIPO A
  • 12. CRITÉRIOS ELIMINATÓRIOS 1. Certificação por meio de ensaios em laboratórios credenciados conforme portaria INMETRO 004/2011; 2. Em conformidade com o atendimento as normas internacionais IEC 61215 e IEC 60364-7; 3. Possuir fábrica própria para o fornecimento dos módulos; 4. Ter no mínimo 05 anos de atuação no mercado; 5. Atendimento aos requisitos técnicos especificados como performance e eficiência.
  • 13. CRITÉRIOS CLASSIFICATÓRIOS • Critérios classificatórios comerciais 1. Localização física da empresa 2. Preço final 3. Tempo de resposta de engenharia • Critérios classificatórios técnicos 1. Atestado de capacidade técnica 2. Estrutura comprovada para suporte (supervisão de montagem, treinamento, manutenção) 3. Eficiência acima do especificado Os critérios não serão expostos na DT para não haver desclassificação da concorrência nem adequação/manipulação da proposta para atender aos critérios classificatórios
  • 14. SISTEMA DE PONTUAÇÃO ID Critério comercial Peso Jinko Kyocera Yngli nota média nota média nota média 1 Localização física da empresa 2 2 4 2 4 2 4 2 Alinhamento com DT 5 4 20 3 15 2 10 3 Tempo de resposta a um antendimento 4 3 12 4 16 3 12 ID Critério comercial Peso Jinko Kyocera Yngli nota média nota média nota média 4 Atestado de capacidade técnica 4 4 16 3 12 3 12 5 Estrutura comprovada para suporte técnico 3 3 9 4 12 2 6 6 Tempo de mercado da empresa 3 4 12 4 12 3 9 Total 73 71 53
  • 15. DOCUMENTOS DE AQUISIÇÃO RFP (Request of Proposal) – Solicitação de proposta, pois a decisão de escolha do fornecedor será feita a partir de uma análise técnica, em que apesar do preço final também ser importante a capacidade técnica terá um peso maior na avaliação. Será composta pela DT, cláusulas contratuais e um descrito do nível de detalhamento e clareza requerida na resposta.
  • 16. MEIO ADOTADO PARA ENVIAR O CONVITE Será realizada a divulgação da DT e a solicitação da RFP através da web com a utilização do sistema de servidores integrado e compartilhado (formato nuvem de armazenamento) em que os fornecedores cadastrados terão níveis de acesso conforme a necessidade da fase. Neste momento terão acesso a leitura da DT e algum nível de edição do documento para a inserção de comentários e dúvidas.
  • 17. TIPO DE CONTRATO O contrato será do tipo de custos reembolsáveis com remuneração de incentivo baseado na antecipação de cronograma. Serão definidas fases de desembolso em função dos milestones de contrato. Considerando-se este um projeto de curto prazo (cerca de 6 meses total) o gerenciamento do tempo torna-se ainda mais importante , pois quanto antes o projeto é finalizado mais cedo é possível a obtenção de lucro com a venda de energia ao sistema interligado.
  • 18. CONCORRÊNCIA PRIVADA - FLUXOGRAMA Divulgar a DT na “nuvem” para a Vendor List Abertura para questionamentos da DT Equalização da dúvidas e eventuais revisões da DT Recebimento das RFPs na “nuvem” e divulgação interna Reunião interna com especialistas e equipe comercial para equalização das RFPs Necessária revisão RFP? Convocação (individual) dos fornecedores para esclarecimentos e equalização das propostas Revisão (se aplicável) das RFPs e inserção na “nuvem” Se sim Aplicação dos critérios de seleção Divulgação do resultado para todos na nuvem Envio de feedback individual a cada fornecedor Convocação de reunião para abertura do contrato Se não
  • 19. ATITUDES E FISCALIZAÇÃO PARA CONTROLAR AS AQUISIÇÕES 1. Gestão das mudanças 2. Controle de qualidade (diligenciamento e PIT) 3. Administração de claims 4. Gerenciamento da matriz de interfaces de fornecedores 5. Gerenciamento dos riscos & oportunidades Observação: destaque que estas ações estão ocorrendo sempre de forma contínua durante as diferentes etapas até o encerramento do contrato
  • 20. RELATÓRIOS DO CONTROLE DE AQUISIÇÕES Boletim de medição Avanço das fases Saldo de desembolso Desvios registrados Relatório Diário de Obra Atividades realizadas Recebimento de material em obra Histograma e maquinário de obra
  • 21. BOLETIM DE MEDIÇÃO ID EAP do contrato Unid. Orçamento (R$) Peso (%) Quantidade Critério (%) Avanço planej. Avanço real % Planej. Realiz. 1.1 Gerenciamento do contrato 20.000 25 20.000 1.1.1 Abertura do contrato Hh 8 6,15 1.230,77 1.1.2 Plano de gerenciamento de riscos Hh 30 23,08 4.615,39 1.1.3 Plano de gestão das mudanças Hh 30 23,08 4.615,39 1.1.4 Plano de gerenciamento de tempo/orçamento Hh 42 32,31 6.461,54 1.1.5 Administração de claims Hh 20 15,38 3.076,93 1.2 Fabricação 20.000 25 20.000 1.2.1 Inspeção em fábrica Pç 100 60 12.000,00 1.2.2 Validação/aceite Pç 100 40 8.000,00 1.3 Transporte 20.000 25 20.000 1.3.1 Check list de entrada/saída Pç 100 30 6.000,00 1.3.2 Embalagem e carregamento Pç 100 70 14.000,00 1.4 Montagem/Comissionamento 16.000 20 16.000 1.4.1 Supervisão de montagem Pç 100 42,5 6.800,00 1.4.2 Supervisão de comissionamento Pç 100 42,5 6.800,00 1.4.3 Testes funcionais Pç 100 10 1.600,00 1.4.4 Validação/aceite Pç 100 5 800,00 1.5 Encerramento 4.000 5 4.000 1.5.1 Certificado de aceitação provisória Pç 100 50 2.000,00 1.5.2 Certificado de aceitação final Pç 100 50 2.000,00
  • 22. RELATÓRIO DIÁRIO DE OBRA Data de início: Data Prevista de término: Dias transcorridos: Data de hoje: RDO nº: Projeto SolarTechne 1. Estado e previsão do clima (Utiliza-se dos dados do INPE para registrar as condições climáticas locais) 2. Descrição das atividades previstas (É feito um breve descritivo das atividades que estavam previstas para serem realizadas no dia) 3. Descrição das atividades executadas (É feito um breve descritivo das atividades efetivamente realizadas no dia) 4. Desvios/Não conformidades encontradas (Descrevem-se as não conformidades de material, projeto ou montagem encontradas) 5. Equipamentos entregues em obra e Quantidade utilizada no dia (Registra-se os materiais que chegaram em obra bem como aqueles requisitados para utilização) 6. Mão-de-obra e maquinário presente em obra e utilizado no dia (Atualiza-se o histograma referente a mão-de-obra e maquinário utilizado no dia) 7. Fotos (Insere-se fotos para ilustrar o avanço em forma relatório de fotográfico)
  • 23. FLUXOGRAMA DE CONTROLE E ENCERRAMENTO DO CONTRATO Reunião de Kick- off para abertura do contrato Programa de inspeções em fábrica (PIT) Atualização da nuvem do status/check list de transporte Ensaios funcionais em campo para validação e aceite Encerramento do contrato Definidas responsabilidades, cronologia das etapas, termos de pagamentos, garantia, exclusão de contrato, seguro, multas. Revisão do RR Desembolso do 1º pagamento (25%) Desembolso do 2º pagamento (25%) Desembolso do 3º pagamento (40%) Desembolso do 4º pagamento (10%) Lições aprendidas e emissão do CAF Relatórios de desempenho, lista de pendências e CAP Check list e relatório fotográfico
  • 24. SUMÁRIO DO PGA (PLANO DE GERENCIAMENTO DAS AQUISIÇÕES) 1. Quem é a empresa DIPER 2. EAP – Projeto SolarTechne 3. Critérios “make or buy” 4. Definição dos pacotes “buy” Tipo A e “buy” Tipo B 5. Mapa de aquisições 6. EAP (Revisada) 7. Registro de Riscos 8. Declaração de trabalho – DT 9. EAP de contrato “buy” Tipo A 10. Critérios eliminatórios 11. Critérios classificatórios 12. Sistema de pontuação 13. Documentação de aquisição 14. Meio adotado para enviar o convite 15. Definição do tipo de contrato 16. Fluxograma para a concorrência privada 17. Atitudes e fiscalização para controlar as aquisições 18. Relatórios de controle das aquisições 1. Boletim de medição 2. Relatório diário de obra 19. Fluxograma de controle e encerramento do contrato