SlideShare uma empresa Scribd logo
QUÍMICA I


Prof: Severino Araújo


                        1º Ano Médio/2013
Introdução ao Estudo da Química

                                                    Unidade A
                         Da natureza               Cap: 1 pag: 14
 Química uma ciência
                         Sintética       Métodos Científicos


                                       Linguagem própria
 Os vários aspectos da química        Caráter experimental
                                       Aplicável


 Aprender química é importante para o exercício da
cidadania
                                                    SEVERINO ARAÚJO
O caráter interdisciplinar da Química

                      Geologia

    Astronomia                    Ciências Ambientais


Botânica              QUÍMICA            Medicina



    Física                            Biologia

                     Bioquímica
Introdução ao Estudo da Química

                                                    Unidade A
Matéria: Características e Transformações           Cap: 2 pag: 24

 Tudo o que você toca é formado por substâncias
 Químicas.
                              A matéria pode ter dimensões
               Naturais     limitadas, neste caso será um corpo.
Substâncias
Químicas       Sintéticas    Se o corpo possui finalidade
                             específica, teremos então um objeto.


                                                 SEVERINO ARAÚJO
Propriedades da Matéria

ESTADOS FÍSICOS DA MATÉRIA




SÓLIDO                   LÍQUIDO            GASOSO
 Possui forma e          Forma variável    Possui forma e
volume fixos.            e volume fixo.     volume variáveis.
Mudanças de estado físico

Vaporização       Processo lento



Processo rápido    Evaporação



  Ebulição
Ponto de Fusão e Ebulição
Curva de Aquecimento e Resfriamento
Previsões a partir dos valores de
                            PF e PE
1ª) São dadas cinco substâncias químicas, com seus respectivos pontos
de fusão (P.F.) e pontos de ebulição (P.E.), a pressão de 1atm.




À temperatura ambiente (25ºC) e com base nos dados apresentados
podemos afirmar que:
a) Somente duas substâncias são líquidas;
b) Somente três substâncias são líquidas;
c) Somente duas substâncias são sólidas;
d) Somente uma substâncias é sólida.
Previsões a partir dos valores de
                             PF e PE
2ª) Observe os seguintes fatos:

  I.     Uma pedra de naftalina deixada no armário.
  II.    Um copo com água deixado no congelador.
  III.   Uma vasilha com água deixada no fogo.
  IV.    O derretimento de uma pedra de gelo.

Nesses fatos, estão relacionadas corretamente as seguintes mudanças:
a) I- sublimação, II- solidificação, III- evaporação e IV- fusão.
b) I- sublimação, II- solidificação, III- fusão e IV evaporação.
c) I- fusão, II- sublimação, III- evaporação e IV- solidificação.
d) I- evaporação, II- solidificação, III- fusão e IV- sublimação.
Previsões a partir dos valores de
                              PF e PE
3ª) As fases de agregação para as substâncias a seguir, quando expostas
a uma temperatura de 30ºC, são, respectivamente:

Materiais:

I. Mercúrio     (ponto de fusão = -38,87ºC e ponto ebulição = 356,9ºC)
II. Amônia      (ponto de fusão = -77,7ºC e ponto ebulição = -33,4ºC)
III. Benzeno    (ponto de fusão = 5,5ºC e ponto ebulição = 80,1ºC)
IV. Naftaleno   (ponto de fusão = 80ºC e ponto ebulição = 217ºC)

a) I- sólido, II- líquido, III- gasoso e IV- líquido.
b) I- líquido, II- sólido, III- líquido e IV- gasoso.
c) I- líquido, II- gasoso, III- líquido e IV- sólido.
d) I- gasoso, II- líquido, III- gasoso e IV- sólido.
Previsões a partir dos valores de
                               PF e PE
4ª) A figura abaixo representa os processos de fusão e ebulição de um
componente sólido em uma liga metálica.
Das opções abaixo, a que apresenta etapas onde podemos encontrar
substâncias nos estados líquido e gasoso é:


a) I a II, II a III, III a IV.
b) III a IV, IV a V, V a VI.
c) I a II, III a IV, V a VI.
d) II a III, III a IV, IV a V.
e) I a II, II a III, V a VI.
Previsões a partir dos valores de
                              PF e PE
5ª) A tabela a seguir, apresenta exemplos de substâncias químicas e
seus respectivos pontos de fusão (P.F.) e pontos de ebulição (P.E.), em
ºC a 1atm. Em um dia muito quente, cuja a temperatura é 39 ºC e a
pressão de 1atm, as substâncias que se apresentam no estado físico
gasoso são:

a)   Clorofórmio e fenol;
b)   Éter etílico e pentano;
c)   Fenol e éter etílico;
d)   Fenol e pentano;
e)   Clorofórmio e éter etílico.
Propriedade Específica da Matéria

Massa e Volume                               Unidade A
                                             Cap: 2     pag: 32
 São grandezas que têm unidades apropriadas Exercícios: 14, 15, 18 e 19
para que sejam expressas

Unidades:

 Massa: (o grama, o quilograma e a tonelada)

 Volume: (o metro cúbico, o decímetro cúbico, o centímetro cúbico,
  o litro e o mililitro).
Propriedade Específica da Matéria

6ª) Qual é a massa, em gramas, de um bebê de 4,756 kg 



7ª) Qual é a massa, em quilograma, de um caminhão de 40 tonela




8ª) Qual o volume, em litros, de uma garrafa de 290 ml
Propriedade Específica da Matéria

Densidade                                    Unidade A
                                             Cap: 2             pag: 38
 Usada para caracterizar as substâncias.    Exercícios: 23, 24, 25 e 27
 Definida como massa dividida por volume:




 Unidades: g/cm3.
 Originalmente baseada em massa (a densidade era definida como a
  massa de 1,00 g e 1 mL de água pura).
Propriedade Específica da Matéria

9ª) Conhecendo que a densidade expressa a relação de
proporcionalidade entre massa e volume, podemos utilizá-la para
determinar a densidade de:
a) Um material cujo a massa é 10 gramas e o volume de 2,5 cm3. Qual
a densidade desse material


b) Um material cujo a massa é 5 kg e o volume de 2L. Qual a
densidade desse material


c) Um material cujo a massa é 150 mg e o volume de 30 mL. Qual a
densidade desse material
Substâncias puras x Misturas
Capitulos: 3 e 4
pag: 21 a 30                                 SIMPLES       Ex: H2, O3,
                                                           S8,He, P4
                    SUBSTÂNCIAS PURAS

                                             COMPOSTAS
                                                    Ex: HNO3, NaCl,
 MATÉRIA                                                CO2, NaHCO3
                                HOMOGÊNEAS
                                  As misturas que apresentam apenas um
                     MISTURAS     único aspecto ou fase. Ex: sal mais água.

                                HETEROGÊNEAS
                                  As misturas que apresentam mais de um
                                  aspecto ou fase. Ex: água mais óleo
SEVERINO ARAÚJO
Química: 1º Bimestre - 1º ano

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividade tabela periódica
Atividade   tabela periódicaAtividade   tabela periódica
Atividade tabela periódica
Escola Pública/Particular
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
Rafael Nishikawa
 
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matériaClassificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Profª Alda Ernestina
 
6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicas6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicas
Rebeca Vale
 
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
dibugiu
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
Marilena Meira
 
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Química Orgânica
 www.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Química Orgânica www.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Química Orgânica
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Química Orgânica
Aulas de Química Apoio
 
Introducao quimica, materia, substância, mistura, análise
Introducao quimica, materia, substância, mistura, análiseIntroducao quimica, materia, substância, mistura, análise
Introducao quimica, materia, substância, mistura, análise
Vinny Silva
 
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em QuímicaRelatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
Lauryenne Oliveira
 
Lista de exercícios classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...
Lista de exercícios   classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...Lista de exercícios   classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...
Lista de exercícios classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...
Profª Alda Ernestina
 
A violeta que desaparece experimento
A violeta que desaparece   experimentoA violeta que desaparece   experimento
A violeta que desaparece experimento
Daniele Prado
 
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomoAtividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
Escola Pública/Particular
 
Fisico quimica
Fisico quimicaFisico quimica
Fisico quimica
Marconi Borba Mondo
 
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Daniele Lino
 
Aula QuíMica
Aula QuíMicaAula QuíMica
Aula QuíMica
wddan
 
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Química orgânica 3º ano   COMPLETOQuímica orgânica 3º ano   COMPLETO
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Eliando Oliveira
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
7 de Setembro
 
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio ópticoRoteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Célia Maria Antunes
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
Karol Maia
 
9. propriedades da tabela
9. propriedades da tabela9. propriedades da tabela
9. propriedades da tabela
Rebeca Vale
 

Mais procurados (20)

Atividade tabela periódica
Atividade   tabela periódicaAtividade   tabela periódica
Atividade tabela periódica
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
 
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matériaClassificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
 
6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicas6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicas
 
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Química Orgânica
 www.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Química Orgânica www.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Química Orgânica
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Química Orgânica
 
Introducao quimica, materia, substância, mistura, análise
Introducao quimica, materia, substância, mistura, análiseIntroducao quimica, materia, substância, mistura, análise
Introducao quimica, materia, substância, mistura, análise
 
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em QuímicaRelatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
 
Lista de exercícios classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...
Lista de exercícios   classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...Lista de exercícios   classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...
Lista de exercícios classificação das cadeias carbônicas e compostos aromát...
 
A violeta que desaparece experimento
A violeta que desaparece   experimentoA violeta que desaparece   experimento
A violeta que desaparece experimento
 
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomoAtividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
 
Fisico quimica
Fisico quimicaFisico quimica
Fisico quimica
 
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
Aulas de Química Carlinho - Slides.‏
 
Aula QuíMica
Aula QuíMicaAula QuíMica
Aula QuíMica
 
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Química orgânica 3º ano   COMPLETOQuímica orgânica 3º ano   COMPLETO
Química orgânica 3º ano COMPLETO
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
 
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio ópticoRoteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
 
9. propriedades da tabela
9. propriedades da tabela9. propriedades da tabela
9. propriedades da tabela
 

Destaque

Avaliação bimestral dos 1º anos A e B
Avaliação bimestral dos 1º anos A e BAvaliação bimestral dos 1º anos A e B
Avaliação bimestral dos 1º anos A e B
Marcio Reis
 
Introduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da químicaIntroduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da química
V
 
Prova de química do 4° bimestre do 1° ano
Prova de química do 4° bimestre do 1° anoProva de química do 4° bimestre do 1° ano
Prova de química do 4° bimestre do 1° ano
JOSÉ ANTÔNIO PEREIRA
 
Revisão de p1 1º ano médio
Revisão de p1 1º ano médioRevisão de p1 1º ano médio
Revisão de p1 1º ano médio
Escola Pública/Particular
 
Propriedades da Matéria - Química
Propriedades da Matéria - QuímicaPropriedades da Matéria - Química
Propriedades da Matéria - Química
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 
Introdução ao estudo da química 1 materiais (1 ano)
Introdução ao estudo da química 1  materiais (1 ano)Introdução ao estudo da química 1  materiais (1 ano)
Introdução ao estudo da química 1 materiais (1 ano)
Karol Maia
 
Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
V
 
Aula de revisão de química
Aula de revisão de químicaAula de revisão de química
Aula de revisão de química
vania2012
 
Teoria da Evolução
Teoria da EvoluçãoTeoria da Evolução
Teoria da Evolução
Estude Mais
 
Planejamento de química do 2° ano 1° bimestre
Planejamento de química do 2° ano   1° bimestrePlanejamento de química do 2° ano   1° bimestre
Planejamento de química do 2° ano 1° bimestre
PROFESSOR JOSÉ ANTÔNIO PEREIRA - QUÍMICO
 
Exercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidadeExercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidade
Professora Raquel
 
Trabalho de unidade de medida icf1
Trabalho de unidade de medida icf1Trabalho de unidade de medida icf1
Trabalho de unidade de medida icf1
Sergio Carmo
 
Avaliação de química do 3° bimestre 1° ano - av4
Avaliação de química do 3° bimestre   1° ano - av4Avaliação de química do 3° bimestre   1° ano - av4
Avaliação de química do 3° bimestre 1° ano - av4
PROFESSOR JOSÉ ANTÔNIO PEREIRA - QUÍMICO
 
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º anoAvaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.MCaderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
Lucas De David
 
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANOREVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
Silvaprado
 
Introdução a química
Introdução a químicaIntrodução a química
Introdução a química
Portal do Vestibulando
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
matheusrl98
 
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
Carolina Suisso
 
1º bimestre todas as disciplinas
1º bimestre todas as disciplinas1º bimestre todas as disciplinas
1º bimestre todas as disciplinas
josivaldopassos
 

Destaque (20)

Avaliação bimestral dos 1º anos A e B
Avaliação bimestral dos 1º anos A e BAvaliação bimestral dos 1º anos A e B
Avaliação bimestral dos 1º anos A e B
 
Introduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da químicaIntroduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da química
 
Prova de química do 4° bimestre do 1° ano
Prova de química do 4° bimestre do 1° anoProva de química do 4° bimestre do 1° ano
Prova de química do 4° bimestre do 1° ano
 
Revisão de p1 1º ano médio
Revisão de p1 1º ano médioRevisão de p1 1º ano médio
Revisão de p1 1º ano médio
 
Propriedades da Matéria - Química
Propriedades da Matéria - QuímicaPropriedades da Matéria - Química
Propriedades da Matéria - Química
 
Introdução ao estudo da química 1 materiais (1 ano)
Introdução ao estudo da química 1  materiais (1 ano)Introdução ao estudo da química 1  materiais (1 ano)
Introdução ao estudo da química 1 materiais (1 ano)
 
Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
 
Aula de revisão de química
Aula de revisão de químicaAula de revisão de química
Aula de revisão de química
 
Teoria da Evolução
Teoria da EvoluçãoTeoria da Evolução
Teoria da Evolução
 
Planejamento de química do 2° ano 1° bimestre
Planejamento de química do 2° ano   1° bimestrePlanejamento de química do 2° ano   1° bimestre
Planejamento de química do 2° ano 1° bimestre
 
Exercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidadeExercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidade
 
Trabalho de unidade de medida icf1
Trabalho de unidade de medida icf1Trabalho de unidade de medida icf1
Trabalho de unidade de medida icf1
 
Avaliação de química do 3° bimestre 1° ano - av4
Avaliação de química do 3° bimestre   1° ano - av4Avaliação de química do 3° bimestre   1° ano - av4
Avaliação de química do 3° bimestre 1° ano - av4
 
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º anoAvaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
 
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.MCaderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
 
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANOREVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
REVISÃO DE QUÍMICA DO 3º ANO
 
Introdução a química
Introdução a químicaIntrodução a química
Introdução a química
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
 
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
 
1º bimestre todas as disciplinas
1º bimestre todas as disciplinas1º bimestre todas as disciplinas
1º bimestre todas as disciplinas
 

Semelhante a Química: 1º Bimestre - 1º ano

Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
Mateus Miranda
 
Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016
Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016
Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016
paulomigoto
 
Apostila de quimica_9ano
Apostila de quimica_9anoApostila de quimica_9ano
Apostila de quimica_9ano
joogolombori
 
Apostila de-quimica 9º ano
Apostila de-quimica 9º anoApostila de-quimica 9º ano
Apostila de-quimica 9º ano
Henrique Plinio Santos Rios
 
Introdução - Química
Introdução - QuímicaIntrodução - Química
Introdução - Química
Nai Mariano
 
APOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autor
APOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autorAPOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autor
APOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autor
RamalhoVasconcelos2
 
Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02
Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02
Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02
Edlas Junior
 
banco de questões de Química
banco de questões de Química banco de questões de Química
banco de questões de Química
Felipe Augusto
 
Apostila de-quimica-2015
Apostila de-quimica-2015Apostila de-quimica-2015
Apostila de-quimica-2015
Solange Ferreira
 
Apostila de-quimica
Apostila de-quimicaApostila de-quimica
Apostila de-quimica
mountanee
 
Apostila de-quimica
Apostila de-quimicaApostila de-quimica
Apostila de-quimica
Waldiana Ferreira
 
Eja.doc
Eja.docEja.doc
Eja.doc
UFS
 
Correção de avaliação 1º ano
Correção de avaliação 1º anoCorreção de avaliação 1º ano
Correção de avaliação 1º ano
Escola Pública/Particular
 
Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
Nai Mariano
 
Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
Nai Mariano
 
122
122122
121
121121
Introducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º anoIntroducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º ano
Hugo Cruz Rangel
 
Introdução à química
Introdução à químicaIntrodução à química
Introdução à química
Escola Modelo de Iguatu
 
Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
UNIP
 

Semelhante a Química: 1º Bimestre - 1º ano (20)

Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
 
Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016
Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016
Aulas 1 2 e 3 - progressao ext noite - 2016
 
Apostila de quimica_9ano
Apostila de quimica_9anoApostila de quimica_9ano
Apostila de quimica_9ano
 
Apostila de-quimica 9º ano
Apostila de-quimica 9º anoApostila de-quimica 9º ano
Apostila de-quimica 9º ano
 
Introdução - Química
Introdução - QuímicaIntrodução - Química
Introdução - Química
 
APOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autor
APOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autorAPOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autor
APOSTILA DE QUIMICA 9 ANO não sei quem é o autor
 
Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02
Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02
Uno bancodequestoes-110809194327-phpapp02
 
banco de questões de Química
banco de questões de Química banco de questões de Química
banco de questões de Química
 
Apostila de-quimica-2015
Apostila de-quimica-2015Apostila de-quimica-2015
Apostila de-quimica-2015
 
Apostila de-quimica
Apostila de-quimicaApostila de-quimica
Apostila de-quimica
 
Apostila de-quimica
Apostila de-quimicaApostila de-quimica
Apostila de-quimica
 
Eja.doc
Eja.docEja.doc
Eja.doc
 
Correção de avaliação 1º ano
Correção de avaliação 1º anoCorreção de avaliação 1º ano
Correção de avaliação 1º ano
 
Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
 
Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
 
122
122122
122
 
121
121121
121
 
Introducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º anoIntroducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º ano
 
Introdução à química
Introdução à químicaIntrodução à química
Introdução à química
 
Introducao quimica
Introducao quimicaIntroducao quimica
Introducao quimica
 

Mais de Estude Mais

Exercício sobre Evolução
Exercício sobre EvoluçãoExercício sobre Evolução
Exercício sobre Evolução
Estude Mais
 
Exercicios de estatistica
Exercicios de estatisticaExercicios de estatistica
Exercicios de estatistica
Estude Mais
 
O que é um seminario
O que é um seminarioO que é um seminario
O que é um seminario
Estude Mais
 
Guia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de semináriosGuia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de seminários
Estude Mais
 
Revisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enemRevisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enem
Estude Mais
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Estude Mais
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
Estude Mais
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enem
Estude Mais
 
Ecologia comunidades
Ecologia comunidadesEcologia comunidades
Ecologia comunidades
Estude Mais
 
Sucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomasSucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomas
Estude Mais
 
Melhoramento genetico
Melhoramento geneticoMelhoramento genetico
Melhoramento genetico
Estude Mais
 
Questoes do enem de portugues
Questoes do enem de portuguesQuestoes do enem de portugues
Questoes do enem de portugues
Estude Mais
 
Populacoes Biologicas
Populacoes BiologicasPopulacoes Biologicas
Populacoes Biologicas
Estude Mais
 
Exercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimicaExercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimica
Estude Mais
 
Regime liberal populista
Regime liberal populistaRegime liberal populista
Regime liberal populista
Estude Mais
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
Estude Mais
 
Exercicios de Matematica
Exercicios de MatematicaExercicios de Matematica
Exercicios de Matematica
Estude Mais
 
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Estude Mais
 
Energia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemasEnergia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemas
Estude Mais
 
Exercicio de polinomios
Exercicio de polinomiosExercicio de polinomios
Exercicio de polinomios
Estude Mais
 

Mais de Estude Mais (20)

Exercício sobre Evolução
Exercício sobre EvoluçãoExercício sobre Evolução
Exercício sobre Evolução
 
Exercicios de estatistica
Exercicios de estatisticaExercicios de estatistica
Exercicios de estatistica
 
O que é um seminario
O que é um seminarioO que é um seminario
O que é um seminario
 
Guia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de semináriosGuia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de seminários
 
Revisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enemRevisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enem
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enem
 
Ecologia comunidades
Ecologia comunidadesEcologia comunidades
Ecologia comunidades
 
Sucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomasSucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomas
 
Melhoramento genetico
Melhoramento geneticoMelhoramento genetico
Melhoramento genetico
 
Questoes do enem de portugues
Questoes do enem de portuguesQuestoes do enem de portugues
Questoes do enem de portugues
 
Populacoes Biologicas
Populacoes BiologicasPopulacoes Biologicas
Populacoes Biologicas
 
Exercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimicaExercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimica
 
Regime liberal populista
Regime liberal populistaRegime liberal populista
Regime liberal populista
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
 
Exercicios de Matematica
Exercicios de MatematicaExercicios de Matematica
Exercicios de Matematica
 
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
 
Energia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemasEnergia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemas
 
Exercicio de polinomios
Exercicio de polinomiosExercicio de polinomios
Exercicio de polinomios
 

Último

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 

Química: 1º Bimestre - 1º ano

  • 1. QUÍMICA I Prof: Severino Araújo 1º Ano Médio/2013
  • 2. Introdução ao Estudo da Química Unidade A  Da natureza Cap: 1 pag: 14  Química uma ciência  Sintética Métodos Científicos  Linguagem própria  Os vários aspectos da química  Caráter experimental  Aplicável  Aprender química é importante para o exercício da cidadania SEVERINO ARAÚJO
  • 3. O caráter interdisciplinar da Química Geologia Astronomia Ciências Ambientais Botânica QUÍMICA Medicina Física Biologia Bioquímica
  • 4. Introdução ao Estudo da Química Unidade A Matéria: Características e Transformações Cap: 2 pag: 24 Tudo o que você toca é formado por substâncias Químicas.  A matéria pode ter dimensões  Naturais limitadas, neste caso será um corpo. Substâncias Químicas  Sintéticas  Se o corpo possui finalidade específica, teremos então um objeto. SEVERINO ARAÚJO
  • 5. Propriedades da Matéria ESTADOS FÍSICOS DA MATÉRIA SÓLIDO LÍQUIDO GASOSO  Possui forma e  Forma variável  Possui forma e volume fixos. e volume fixo. volume variáveis.
  • 6. Mudanças de estado físico Vaporização Processo lento Processo rápido Evaporação Ebulição
  • 7. Ponto de Fusão e Ebulição
  • 8. Curva de Aquecimento e Resfriamento
  • 9. Previsões a partir dos valores de PF e PE 1ª) São dadas cinco substâncias químicas, com seus respectivos pontos de fusão (P.F.) e pontos de ebulição (P.E.), a pressão de 1atm. À temperatura ambiente (25ºC) e com base nos dados apresentados podemos afirmar que: a) Somente duas substâncias são líquidas; b) Somente três substâncias são líquidas; c) Somente duas substâncias são sólidas; d) Somente uma substâncias é sólida.
  • 10. Previsões a partir dos valores de PF e PE 2ª) Observe os seguintes fatos: I. Uma pedra de naftalina deixada no armário. II. Um copo com água deixado no congelador. III. Uma vasilha com água deixada no fogo. IV. O derretimento de uma pedra de gelo. Nesses fatos, estão relacionadas corretamente as seguintes mudanças: a) I- sublimação, II- solidificação, III- evaporação e IV- fusão. b) I- sublimação, II- solidificação, III- fusão e IV evaporação. c) I- fusão, II- sublimação, III- evaporação e IV- solidificação. d) I- evaporação, II- solidificação, III- fusão e IV- sublimação.
  • 11. Previsões a partir dos valores de PF e PE 3ª) As fases de agregação para as substâncias a seguir, quando expostas a uma temperatura de 30ºC, são, respectivamente: Materiais: I. Mercúrio (ponto de fusão = -38,87ºC e ponto ebulição = 356,9ºC) II. Amônia (ponto de fusão = -77,7ºC e ponto ebulição = -33,4ºC) III. Benzeno (ponto de fusão = 5,5ºC e ponto ebulição = 80,1ºC) IV. Naftaleno (ponto de fusão = 80ºC e ponto ebulição = 217ºC) a) I- sólido, II- líquido, III- gasoso e IV- líquido. b) I- líquido, II- sólido, III- líquido e IV- gasoso. c) I- líquido, II- gasoso, III- líquido e IV- sólido. d) I- gasoso, II- líquido, III- gasoso e IV- sólido.
  • 12. Previsões a partir dos valores de PF e PE 4ª) A figura abaixo representa os processos de fusão e ebulição de um componente sólido em uma liga metálica. Das opções abaixo, a que apresenta etapas onde podemos encontrar substâncias nos estados líquido e gasoso é: a) I a II, II a III, III a IV. b) III a IV, IV a V, V a VI. c) I a II, III a IV, V a VI. d) II a III, III a IV, IV a V. e) I a II, II a III, V a VI.
  • 13. Previsões a partir dos valores de PF e PE 5ª) A tabela a seguir, apresenta exemplos de substâncias químicas e seus respectivos pontos de fusão (P.F.) e pontos de ebulição (P.E.), em ºC a 1atm. Em um dia muito quente, cuja a temperatura é 39 ºC e a pressão de 1atm, as substâncias que se apresentam no estado físico gasoso são: a) Clorofórmio e fenol; b) Éter etílico e pentano; c) Fenol e éter etílico; d) Fenol e pentano; e) Clorofórmio e éter etílico.
  • 14. Propriedade Específica da Matéria Massa e Volume Unidade A Cap: 2 pag: 32  São grandezas que têm unidades apropriadas Exercícios: 14, 15, 18 e 19 para que sejam expressas Unidades:  Massa: (o grama, o quilograma e a tonelada)  Volume: (o metro cúbico, o decímetro cúbico, o centímetro cúbico, o litro e o mililitro).
  • 15. Propriedade Específica da Matéria 6ª) Qual é a massa, em gramas, de um bebê de 4,756 kg  7ª) Qual é a massa, em quilograma, de um caminhão de 40 tonela 8ª) Qual o volume, em litros, de uma garrafa de 290 ml
  • 16. Propriedade Específica da Matéria Densidade Unidade A Cap: 2 pag: 38  Usada para caracterizar as substâncias. Exercícios: 23, 24, 25 e 27  Definida como massa dividida por volume:  Unidades: g/cm3.  Originalmente baseada em massa (a densidade era definida como a massa de 1,00 g e 1 mL de água pura).
  • 17. Propriedade Específica da Matéria 9ª) Conhecendo que a densidade expressa a relação de proporcionalidade entre massa e volume, podemos utilizá-la para determinar a densidade de: a) Um material cujo a massa é 10 gramas e o volume de 2,5 cm3. Qual a densidade desse material b) Um material cujo a massa é 5 kg e o volume de 2L. Qual a densidade desse material c) Um material cujo a massa é 150 mg e o volume de 30 mL. Qual a densidade desse material
  • 18. Substâncias puras x Misturas Capitulos: 3 e 4 pag: 21 a 30 SIMPLES Ex: H2, O3, S8,He, P4 SUBSTÂNCIAS PURAS COMPOSTAS Ex: HNO3, NaCl, MATÉRIA CO2, NaHCO3 HOMOGÊNEAS As misturas que apresentam apenas um MISTURAS único aspecto ou fase. Ex: sal mais água. HETEROGÊNEAS As misturas que apresentam mais de um aspecto ou fase. Ex: água mais óleo SEVERINO ARAÚJO