SlideShare uma empresa Scribd logo
SOCIOLOGIA E
TRABALHO
@professor_bidu
• Estuda a evolução das teorias de emprego
desde os autores clássicos até os atuais.
• Estuda os problemas colocados pelas
mudanças tecnológicas e cientificas e pelas
mudanças das relações de produção sobre o
emprego, a produtividade do valor-trabalho.
• Estuda a ação de controle do estado sobre a
organização do trabalho.
@professor_bidu
O que é a sociologia do trabalho estuda?
O que é o trabalho?
@professor_bidu
Diferente dos animais irracionais, que se
adaptam ao meio, o homem atua sobre
ele ativamente, obtendo os recursos com
o seu trabalho.
@professor_bidu
@professor_bidu
Significado:
Segundo o Aurélio:
• s.m. Atividade física ou
intelectual que visa a algum
objetivo; labor, ocupação. / O
produto dessa atividade; obra.
/ Esforço, empenho. / Fig.
Preocupação, cuidado, aflição.
@professor_bidu
@professor_bidu
@professor_bidu
O TRABALHO NA HISTÓRIA
NATUREZA
AGRICULTURA
INDUSTRIALIZAÇÃO
COLHE O QUE ESTAR
NA NATUREZA
PREPARA A TERRA,
PLANTA, CULTIVA
O ALIMENTO
TRANSFORMA A
MATÉRIA-PRIMA E
PREOCUPA-SE COM A
ACUMULAÇÃO DE
RIQUEZA,
ALÉM DA SUBSISTÊNCIA
@professor_bidu
@professor_bidu
@professor_bidu
@professor_bidu
AQUELES QUE REZAM,
AQUELES QUE LUTAM,
AQUELES QUE TRABALHAM
@professor_bidu
• Para Kant, o homem é o único animal
voltado ao trabalho. É necessária muita
preparação para conseguir desfrutar do
que é necessário à sua conservação. Mesmo
que todas as condições existissem para que
não houvesse necessidade do homem
trabalhar, este precisa de ocupações, ainda
que lhe sejam penosas. A ociosidade pode
ser ainda um maior tormento para os
homens.
@professor_bidu
@professor_bidu
@professor_bidu
Michel Foucault tem outra perspectiva: em todos os
momentos da história, a humanidade só trabalha perante
a ameaça de morte, qualquer população que não encontre
novos recursos está voltada à extinção e, inversamente, à
medida que os homens se multiplicam, empreendem
trabalhos mais numerosos, mais difíceis e menos
fecundos. O trabalho deve crescer de intensidade quanto
maior for a ameaça de morte e, por todos os meios, terá
de se tornar mais rentável, quanto menos acesso as
subsistências existirem.
@professor_bidu
O Trabalho Hoje
• O trabalho passa a ser referencia pessoal;
• Passa a ter importância social;
• E trabalhar vai identificar o cidadão, integrando o
sujeito a um grupo social.
• Surge uma outra visão do mundo.
• O trabalho passa a gerir as relações sociais, a
identidades de grupos.
• O trabalho confundiu-se com a vida do sujeito, ou a vida
tornou-se trabalho.
@professor_bidu
”O homem se humilha;
se castram seus sonhos,
seu sonho é sua vida e vida é
trabalho;
sem o seu trabalho o homem não
tem honra,
sem a sua honra se morre, se
mata..."
(Gonzaguinha)
@professor_bidu
http://hisrel.blogspot.com
@professor_bidu

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS

Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Etica cultura sociedade
Etica cultura sociedadeEtica cultura sociedade
Etica cultura sociedade
Vinicio Pacifico
 
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
Laudiceia Psicopedagoga
 
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
Laudiceia Psicopedagoga
 
Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013
Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013
Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013
Universidade Federal do Ceará
 
O papel do homem e da mulher na sociedade
O papel do homem e da mulher na sociedadeO papel do homem e da mulher na sociedade
O papel do homem e da mulher na sociedade
XDebs
 
As (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalho
As (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalhoAs (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalho
As (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalho
Felizardo Costa
 
Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)
Conceição Gomes
 
ALIENAÇÃO E TRABALHO.pdf
ALIENAÇÃO E TRABALHO.pdfALIENAÇÃO E TRABALHO.pdf
ALIENAÇÃO E TRABALHO.pdf
MARCELACARNEIROGOMES
 
Teoria de vygotyski ed. física
Teoria de vygotyski   ed. físicaTeoria de vygotyski   ed. física
Teoria de vygotyski ed. física
Silvia Marina Anaruma
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdf
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdfO Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdf
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdf
Luziane Santos
 
A psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidadeA psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidade
MAE, DONA DE CASA
 
CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES
CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕESCHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES
CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES
Rossana Floriano
 
Aula 2 A singularidade do ser humano - Prof. Noe Assunção
Aula 2  A singularidade do ser humano - Prof. Noe AssunçãoAula 2  A singularidade do ser humano - Prof. Noe Assunção
Aula 2 A singularidade do ser humano - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
A condição humana
A condição humanaA condição humana
A condição humana
Canício Scherer
 
Trabalho alienação e consumo
Trabalho  alienação e consumo Trabalho  alienação e consumo
Trabalho alienação e consumo
Myllena Domingos
 
SOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptx
SOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptxSOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptx
SOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptx
SuellenFagundes2
 
ÉMILE DURKHEIN
ÉMILE DURKHEINÉMILE DURKHEIN
ÉMILE DURKHEIN
Alexandre Rodrigues
 
plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf
 plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf
plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf
Ju Alencar
 
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.
Marta Carolina Santos
 

Semelhante a A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS (20)

Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
 
Etica cultura sociedade
Etica cultura sociedadeEtica cultura sociedade
Etica cultura sociedade
 
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
 
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1Slides natureza do tbl pedagógico escolar   aula 1
Slides natureza do tbl pedagógico escolar aula 1
 
Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013
Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013
Educação trabalho e afetividade - Aprofundamento IDJ 2013
 
O papel do homem e da mulher na sociedade
O papel do homem e da mulher na sociedadeO papel do homem e da mulher na sociedade
O papel do homem e da mulher na sociedade
 
As (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalho
As (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalhoAs (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalho
As (des)realizações dos sujeitos que-vivem-do-trabalho
 
Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)
 
ALIENAÇÃO E TRABALHO.pdf
ALIENAÇÃO E TRABALHO.pdfALIENAÇÃO E TRABALHO.pdf
ALIENAÇÃO E TRABALHO.pdf
 
Teoria de vygotyski ed. física
Teoria de vygotyski   ed. físicaTeoria de vygotyski   ed. física
Teoria de vygotyski ed. física
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdf
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdfO Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdf
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural (1).pdf
 
A psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidadeA psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidade
 
CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES
CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕESCHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES
CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES
 
Aula 2 A singularidade do ser humano - Prof. Noe Assunção
Aula 2  A singularidade do ser humano - Prof. Noe AssunçãoAula 2  A singularidade do ser humano - Prof. Noe Assunção
Aula 2 A singularidade do ser humano - Prof. Noe Assunção
 
A condição humana
A condição humanaA condição humana
A condição humana
 
Trabalho alienação e consumo
Trabalho  alienação e consumo Trabalho  alienação e consumo
Trabalho alienação e consumo
 
SOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptx
SOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptxSOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptx
SOCIOLOGIA - UNIDADE 2.pptx
 
ÉMILE DURKHEIN
ÉMILE DURKHEINÉMILE DURKHEIN
ÉMILE DURKHEIN
 
plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf
 plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf
plano de aula história dia da mulher 6 ano pdf
 
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.
 

Mais de HisrelBlog

O ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADE
O ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADEO ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADE
O ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADE
HisrelBlog
 
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARXA CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
HisrelBlog
 
A SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAIS
A SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAISA SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAIS
A SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAIS
HisrelBlog
 
DURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIAL
DURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIALDURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIAL
DURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIAL
HisrelBlog
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
HisrelBlog
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
HisrelBlog
 
PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?
PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?
PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?
HisrelBlog
 
Natureza dos Erros - Organização de Estudos
Natureza dos Erros - Organização de EstudosNatureza dos Erros - Organização de Estudos
Natureza dos Erros - Organização de Estudos
HisrelBlog
 
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIACLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
HisrelBlog
 
Revisão Humanas
Revisão Humanas Revisão Humanas
Revisão Humanas
HisrelBlog
 
Revisão de Humanas
Revisão de HumanasRevisão de Humanas
Revisão de Humanas
HisrelBlog
 
Revisão Humanas
Revisão Humanas Revisão Humanas
Revisão Humanas
HisrelBlog
 
Leitura e Interpretação em Ciências Humanas
Leitura e Interpretação  em Ciências HumanasLeitura e Interpretação  em Ciências Humanas
Leitura e Interpretação em Ciências Humanas
HisrelBlog
 
ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANASARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
HisrelBlog
 
Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociais
HisrelBlog
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
HisrelBlog
 
AUTORITARISMO
AUTORITARISMOAUTORITARISMO
AUTORITARISMO
HisrelBlog
 
Os 03 Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário
Os 03 Poderes: Executivo, Legislativo e JudiciárioOs 03 Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário
Os 03 Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário
HisrelBlog
 
Monarquia, República e Anarquismo
Monarquia, República e AnarquismoMonarquia, República e Anarquismo
Monarquia, República e Anarquismo
HisrelBlog
 
Revisão Prática
Revisão PráticaRevisão Prática
Revisão Prática
HisrelBlog
 

Mais de HisrelBlog (20)

O ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADE
O ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADEO ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADE
O ESTUDO DA SOCIOLOGIA do TRABALHO NA SOCIEDADE
 
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARXA CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
 
A SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAIS
A SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAISA SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAIS
A SOCIOLOGIA DE MAX WEBER - CONCEITOS PRIMORDIAIS
 
DURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIAL
DURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIALDURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIAL
DURKHEIM - O SUICÍDIO - ANÁLISE DO FATO SOCIAL
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?
PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?
PRA QUE SERVE A SOCIOLOGIA?
 
Natureza dos Erros - Organização de Estudos
Natureza dos Erros - Organização de EstudosNatureza dos Erros - Organização de Estudos
Natureza dos Erros - Organização de Estudos
 
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIACLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
 
Revisão Humanas
Revisão Humanas Revisão Humanas
Revisão Humanas
 
Revisão de Humanas
Revisão de HumanasRevisão de Humanas
Revisão de Humanas
 
Revisão Humanas
Revisão Humanas Revisão Humanas
Revisão Humanas
 
Leitura e Interpretação em Ciências Humanas
Leitura e Interpretação  em Ciências HumanasLeitura e Interpretação  em Ciências Humanas
Leitura e Interpretação em Ciências Humanas
 
ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANASARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
 
Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociais
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
AUTORITARISMO
AUTORITARISMOAUTORITARISMO
AUTORITARISMO
 
Os 03 Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário
Os 03 Poderes: Executivo, Legislativo e JudiciárioOs 03 Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário
Os 03 Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário
 
Monarquia, República e Anarquismo
Monarquia, República e AnarquismoMonarquia, República e Anarquismo
Monarquia, República e Anarquismo
 
Revisão Prática
Revisão PráticaRevisão Prática
Revisão Prática
 

Último

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS

  • 3. • Estuda a evolução das teorias de emprego desde os autores clássicos até os atuais. • Estuda os problemas colocados pelas mudanças tecnológicas e cientificas e pelas mudanças das relações de produção sobre o emprego, a produtividade do valor-trabalho. • Estuda a ação de controle do estado sobre a organização do trabalho. @professor_bidu O que é a sociologia do trabalho estuda?
  • 4. O que é o trabalho? @professor_bidu
  • 5. Diferente dos animais irracionais, que se adaptam ao meio, o homem atua sobre ele ativamente, obtendo os recursos com o seu trabalho. @professor_bidu
  • 7. Significado: Segundo o Aurélio: • s.m. Atividade física ou intelectual que visa a algum objetivo; labor, ocupação. / O produto dessa atividade; obra. / Esforço, empenho. / Fig. Preocupação, cuidado, aflição. @professor_bidu
  • 10. O TRABALHO NA HISTÓRIA NATUREZA AGRICULTURA INDUSTRIALIZAÇÃO COLHE O QUE ESTAR NA NATUREZA PREPARA A TERRA, PLANTA, CULTIVA O ALIMENTO TRANSFORMA A MATÉRIA-PRIMA E PREOCUPA-SE COM A ACUMULAÇÃO DE RIQUEZA, ALÉM DA SUBSISTÊNCIA @professor_bidu
  • 13. @professor_bidu AQUELES QUE REZAM, AQUELES QUE LUTAM, AQUELES QUE TRABALHAM
  • 15. • Para Kant, o homem é o único animal voltado ao trabalho. É necessária muita preparação para conseguir desfrutar do que é necessário à sua conservação. Mesmo que todas as condições existissem para que não houvesse necessidade do homem trabalhar, este precisa de ocupações, ainda que lhe sejam penosas. A ociosidade pode ser ainda um maior tormento para os homens. @professor_bidu
  • 18. Michel Foucault tem outra perspectiva: em todos os momentos da história, a humanidade só trabalha perante a ameaça de morte, qualquer população que não encontre novos recursos está voltada à extinção e, inversamente, à medida que os homens se multiplicam, empreendem trabalhos mais numerosos, mais difíceis e menos fecundos. O trabalho deve crescer de intensidade quanto maior for a ameaça de morte e, por todos os meios, terá de se tornar mais rentável, quanto menos acesso as subsistências existirem. @professor_bidu
  • 19. O Trabalho Hoje • O trabalho passa a ser referencia pessoal; • Passa a ter importância social; • E trabalhar vai identificar o cidadão, integrando o sujeito a um grupo social. • Surge uma outra visão do mundo. • O trabalho passa a gerir as relações sociais, a identidades de grupos. • O trabalho confundiu-se com a vida do sujeito, ou a vida tornou-se trabalho. @professor_bidu
  • 20. ”O homem se humilha; se castram seus sonhos, seu sonho é sua vida e vida é trabalho; sem o seu trabalho o homem não tem honra, sem a sua honra se morre, se mata..." (Gonzaguinha) @professor_bidu