SlideShare uma empresa Scribd logo
A REDAÇÃO NO ENEM 2013
KARINE DA SILVA MACEDO
Escola Estadual Profª Sebastiana
Braga
Língua Portuguesa
Redação
É um texto curto que deve necessariamente ser
desenvolvido em até trinta linhas.
A prova de redação do Enem exigirá:
Produção de um texto em prosa, do tipo dissertativo-
argumentativo sobre um tema de ordem:
Social
Científica
Cultural
Ou política
O que é um texto dissertativo-argumentativo?
É aquele em que se apresenta e se defende uma
ideia, uma posição, um ponto de vista ou uma
opinião a respeito de determinado tema.
Você deverá defender:
Uma tese
apoiada em argumentos
De forma coerente e coesa
texto de acordo com Língua Portuguesa formal
elaborar uma proposta de intervenção social
para o problema apresentado.
TEMA
TESE
ARGUMENTOS
PROPOSTA DE
INTERVENÇÃO
Tese
É a ideia que se defende no texto, é uma afirmativa
definida e limitada.
Ela deve estar relacionada ao tema e apoiada em
argumentos ao longo da redação.
Argumentos
É a justificativa para convencer o leitor a concordar
com a tese defendida.
Cada argumento deve responder à pergunta “Por
quê?” em relação à tese defendida.
Deve se utilizar de recursos para envolver o leitor:
estratégias argumentativas:
• ƒexemplos; ƒ
• dados estatísticos; ƒ
• fatos comprováveis;
• depoimentos de especialistas;
• ƒƒƒcomparações entre fatos, situações, épocas ou
lugares distintos
Para a conclusão adequada
Apresentam-se propostas de solução para o
problema discutido ou sugestões relacionadas á
questão desenvolvida.
É importante lembrar que:
• Preferencialmente devemos adotar uma posição
impessoal, aparentemente neutra.
Princípios de estruturação do texto dissertativo-
argumentativo :
Apresentar uma tese 1ª etapa
Desenvolver
justificativas para comprovar
essa tese
2ª etapa(Utilizar estratégias argumentativas
para expor o problema
discutido no texto e detalhar os
argumentos utilizados.)
conclusão
que dê um fecho à discussão
elaborada no texto, compondo o
processo argumentativo.
3ª etapa
A prova de redação do Enem
Como será atribuída a nota à redação?
Valor da nota: 1000 (mil) pontos.
As cinco competências para a prova de redação
do Enem 2013
Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita
formal da Língua Portuguesa.
Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver
o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo em prosa.
Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e
interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em
defesa de um ponto de vista.
Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos
linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o
problema abordado, respeitando os direitos humanos.
COMPE
TÊNCIA
NÍVEIS
(NOTAS
)
I - Demonstrar domínio da
modalidade escrita formal da
língua portuguesa.
II - Compreender a proposta de
redação e aplicar conceitos das
várias áreas de conhecimento
para desenvolver o tema, dentro
dos limites estruturais do texto
dissertativo-argumentativo em
Prosa.
III - Selecionar, relacionar,
organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e
argumentos em defesa de um
ponto de vista.
IV - Demonstrar
conhecimento
dos mecanismos
linguísticos
necessários para a
construção da
argumentação.
V - Elaborar proposta de
intervenção para o problema
abordado, respeitando os
direitos
humanos.
NÍVEL
0
Demonstra desconhecimento
da modalidade escrita formal da
língua portuguesa.
"Fuga ao tema/não atendimento
à estrutura dissertativo-
argumentativa".
Apresenta informações, fatos
e opiniões não relacionados ao
tema e sem defesa de um ponto
de vista.
Não articula as
informações.
Não apresenta proposta de
intervenção ou apresenta
proposta
não relacionada ao tema ou ao
assunto.
NÍVEL I Demonstra domínio precário
da modalidade escrita formal
da língua portuguesa, de forma
sistemática, com diversificados e
frequentes desvios gramaticais,
de escolha de registro e de
convenções da escrita.
Apresenta o assunto, tangenciando
o tema, ou demonstra domínio
precário do texto
dissertativoargumentativo,
com traços
constantes de outros tipos textuais.
Apresenta informações, fatos
e opiniões pouco relacionados
ao tema ou incoerentes e sem
defesa de um ponto de vista.
Articula as partes do texto
de
forma precária.
Apresenta proposta de
intervenção
vaga, precária ou relacionada
apenas
ao assunto.
NÍVEL
II
Demonstra domínio insuficiente
da modalidade escrita formal da
língua portuguesa, com muitos
desvios gramaticais, de escolha
de registro e de convenções da
escrita.
Desenvolve o tema recorrendo
à cópia de trechos dos textos
motivadores ou apresenta domínio
insuficiente do texto
dissertativoargumentativo,
não atendendo
à estrutura com proposição,
argumentação e conclusão.
Apresenta informações, fatos
e opiniões relacionados ao
tema, mas desorganizados
ou contraditórios e limitados
aos argumentos dos textos
motivadores, em defesa de um
ponto de vista.
Articula as partes do texto,
de
forma insuficiente, com
muitas
inadequações e apresenta
repertório limitado de
recursos
coesivos.
Elabora, de forma insuficiente,
proposta de intervenção
relacionada
ao tema, ou não articulada com a
discussão desenvolvida no texto.
NÍVEL
III
Demonstra domínio mediano
da modalidade escrita formal da
língua portuguesa e de escolha
de registro, com alguns desvios
gramaticais e de convenções da
escrita.
Desenvolve o tema por meio
de argumentação previsível e
apresenta domínio mediano do
texto dissertativo-argumentativo,
com proposição, argumentação e
conclusão.
Apresenta informações, fatos e
opiniões relacionados ao tema,
limitados aos argumentos dos
textos motivadores e pouco
organizados, em defesa de um
ponto de vista.
Articula as partes do texto,
de forma mediana, com
inadequações, e apresenta
repertório pouco
diversificado de
recursos coesivos.
Elabora, de forma mediana,
proposta
de intervenção relacionada ao
tema
e articulada à discussão
desenvolvida
no texto.
NÍVEL
IV
Demonstra bom domínio da
modalidade escrita formal da
língua portuguesa e de escolha
de registro, com poucos desvios
gramaticais e de convenções da
escrita.
Desenvolve o tema por meio
de argumentação consistente e
apresenta bom domínio do texto
dissertativo-argumentativo, com
proposição, argumentação e
conclusão.
Apresenta informações, fatos
e opiniões relacionados ao
tema, de forma organizada, com
indícios de autoria, em defesa de
um ponto de vista.
Articula as partes do texto
com
poucas inadequações e
apresenta
repertório diversificado de
recursos coesivos.
Elabora bem proposta de
intervenção relacionada ao tema
e
articulada à discussão
desenvolvida
no texto.
NÍVEL
V
Demonstra excelente domínio
da modalidade escrita formal da
língua portuguesa e de escolha
de registro. Desvios gramaticais
ou de convenções da escrita
serão aceitos somente como
excepcionalidade e quando não
caracterizem reincidência.
Desenvolve o tema por meio de
argumentação consistente, a partir
de um repertório sociocultural
produtivo e apresenta excelente
domínio do texto
dissertativoargumentativo.
Apresenta informações, fatos e
opiniões relacionados ao tema
proposto, de forma consistente e
organizada, configurando autoria,
em defesa de um ponto de vista.
Articula bem as partes do
texto e apresenta repertório
diversificado de recursos
coesivos.
Elabora muito bem proposta de
intervenção, detalhada,
relacionada
ao tema e articulada à discussão
desenvolvida no texto.
MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A
REDAÇÃO DO ENEM
COMPETÊNCIA
NÍVEIS (NOTAS)
I - Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
NÍVEL 0 Demonstra desconhecimento da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
NÍVEL I Demonstra domínio precário da modalidade escrita formal da língua portuguesa,
de forma sistemática, com diversificados e frequentes desvios gramaticais, de
escolha de registro e de convenções da escrita.
NÍVEL II Demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua
portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de
convenções da escrita.
NÍVEL III Demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e
de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita.
NÍVEL IV Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de
escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
NÍVEL V Demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e
de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão
aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizem reincidência.
MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A
REDAÇÃO DO ENEM
COMPETÊNCIA
NÍVEIS (NOTAS)
II - Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de
conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto
dissertativo-argumentativo em Prosa.
NÍVEL 0 "Fuga ao tema/não atendimento à estrutura dissertativo-argumentativa".
NÍVEL I Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do
texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais.
NÍVEL II Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou
apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo,
não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão.
NÍVEL III Desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio
mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e
conclusão.
NÍVEL IV Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom
domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e
conclusão.
NÍVEL V Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um
repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto
dissertativo-argumentativo.
MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A
REDAÇÃO DO ENEM
COMPETÊNCIA
NÍVEIS (NOTAS)
III - Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e
argumentos em defesa de um ponto de vista.
NÍVEL 0 Apresenta informações, fatos e opiniões não relacionados ao tema e sem defesa de
um ponto de vista.
NÍVEL I Apresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema ou
incoerentes e sem defesa de um ponto de vista.
NÍVEL II Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas
desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos
motivadores, em defesa de um ponto de vista.
NÍVEL III Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos
argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto
de vista.
NÍVEL IV Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma
organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista.
NÍVEL V Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma
consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista.
MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A
REDAÇÃO DO ENEM
COMPETÊNCIA
NÍVEIS (NOTAS)
IV - Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a
construção da argumentação.
NÍVEL 0 Não articula as informações.
NÍVEL I Articula as partes do texto de forma precária.
NÍVEL II Articula as partes do texto, de forma insuficiente, com muitas inadequações e
apresenta repertório limitado de recursos coesivos.
NÍVEL III Articula as partes do texto, de forma mediana, com inadequações, e apresenta
repertório pouco diversificado de recursos coesivos.
NÍVEL IV Articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório
diversificado de recursos coesivos.
NÍVEL V Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos
coesivos.
MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A
REDAÇÃO DO ENEM
COMPETÊNCIA
NÍVEIS (NOTAS)
V - Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os
direitos humanos.
NÍVEL 0 Não apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao
tema ou ao assunto.
NÍVEL I Apresenta proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao
assunto.
NÍVEL II Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, ou
não articulada com a discussão desenvolvida no texto.
NÍVEL III Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e
articulada à discussão desenvolvida no texto.
NÍVEL IV Elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão
desenvolvida no texto.
NÍVEL V Elabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e
articulada à discussão desenvolvida no texto.
Situações que levam à nota zero no Enem
Fuga total ao tema;
ƒƒNão obediência à estrutura dissertativo-
argumentativa;
ƒƒFolha de redação em branco;
ƒƒTexto, insuficiente, com até 7 (sete) linhas;
ƒƒTextos impropérios, desenhos e outras formas
propositais de anulação
Parte do texto deliberadamente desconectada do
tema proposto;
ƒƒDesrespeito aos direitos humanos;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de redacao
Aula de redacaoAula de redacao
Aula de redacao
mfmpafatima
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
Elza Silveira
 
Competências da Redação
Competências da RedaçãoCompetências da Redação
Competências da Redação
Josenilson S'ilva
 
Aula de Redação nº 01
Aula de Redação nº 01Aula de Redação nº 01
Aula de Redação nº 01
João Mendonça
 
Operadores argumentativos
Operadores argumentativosOperadores argumentativos
Operadores argumentativos
Miquéias Vitorino
 
Coerência e coesão
Coerência e coesão Coerência e coesão
Coerência e coesão
DriiQuirino
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
Walace Cestari
 
Elementos da Comunicação e Funções da Linguagem
Elementos da Comunicação e Funções da LinguagemElementos da Comunicação e Funções da Linguagem
Elementos da Comunicação e Funções da Linguagem
Ewerton Gindri
 
Literatura Medieval
Literatura MedievalLiteratura Medieval
Literatura Medieval
Zofia Santos
 
Texto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-ArgumentativoTexto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-Argumentativo
7 de Setembro
 
Redação ENEM
Redação ENEMRedação ENEM
Redação ENEM
Cynthia Funchal
 
Linguagem Oral e Escrita
Linguagem Oral e EscritaLinguagem Oral e Escrita
Linguagem Oral e Escrita
Anderson Cruz
 
O que é literatura marginal
O que é literatura marginalO que é literatura marginal
O que é literatura marginal
Ilca Guimarães
 
Aulas Redação: Competência 4
Aulas Redação: Competência 4Aulas Redação: Competência 4
Aulas Redação: Competência 4
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Gêneros textuais marcuschi
Gêneros textuais   marcuschiGêneros textuais   marcuschi
Gêneros textuais marcuschi
Sonia Nudelman
 
Generos e tipos textuais
Generos e tipos textuaisGeneros e tipos textuais
Generos e tipos textuais
ofpedagogica
 
Introdução a Literatura
Introdução a LiteraturaIntrodução a Literatura
Introdução a Literatura
Glauco Duarte
 
Texto e textualidade
Texto e textualidadeTexto e textualidade
Texto e textualidade
Orlando Vsilva Estudio
 
Ensino da lingua portuguesa
Ensino da  lingua portuguesaEnsino da  lingua portuguesa
Ensino da lingua portuguesa
Gerdian Teixeira
 
Coesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativosCoesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativos
Willma Frazão
 

Mais procurados (20)

Aula de redacao
Aula de redacaoAula de redacao
Aula de redacao
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
Competências da Redação
Competências da RedaçãoCompetências da Redação
Competências da Redação
 
Aula de Redação nº 01
Aula de Redação nº 01Aula de Redação nº 01
Aula de Redação nº 01
 
Operadores argumentativos
Operadores argumentativosOperadores argumentativos
Operadores argumentativos
 
Coerência e coesão
Coerência e coesão Coerência e coesão
Coerência e coesão
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Elementos da Comunicação e Funções da Linguagem
Elementos da Comunicação e Funções da LinguagemElementos da Comunicação e Funções da Linguagem
Elementos da Comunicação e Funções da Linguagem
 
Literatura Medieval
Literatura MedievalLiteratura Medieval
Literatura Medieval
 
Texto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-ArgumentativoTexto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-Argumentativo
 
Redação ENEM
Redação ENEMRedação ENEM
Redação ENEM
 
Linguagem Oral e Escrita
Linguagem Oral e EscritaLinguagem Oral e Escrita
Linguagem Oral e Escrita
 
O que é literatura marginal
O que é literatura marginalO que é literatura marginal
O que é literatura marginal
 
Aulas Redação: Competência 4
Aulas Redação: Competência 4Aulas Redação: Competência 4
Aulas Redação: Competência 4
 
Gêneros textuais marcuschi
Gêneros textuais   marcuschiGêneros textuais   marcuschi
Gêneros textuais marcuschi
 
Generos e tipos textuais
Generos e tipos textuaisGeneros e tipos textuais
Generos e tipos textuais
 
Introdução a Literatura
Introdução a LiteraturaIntrodução a Literatura
Introdução a Literatura
 
Texto e textualidade
Texto e textualidadeTexto e textualidade
Texto e textualidade
 
Ensino da lingua portuguesa
Ensino da  lingua portuguesaEnsino da  lingua portuguesa
Ensino da lingua portuguesa
 
Coesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativosCoesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativos
 

Destaque

AVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEM
AVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEMAVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEM
AVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEM
Centro de Mídias de Educação do Amazonas
 
Critérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEMCritérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEM
Francisco Muniz
 
ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000
ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000
ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000ProfFernandaBraga
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
Marcelo Cordeiro Souza
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
Marcelo Cordeiro Souza
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redação
Sinara Lustosa
 
Cronograma sociología 2016
Cronograma sociología 2016Cronograma sociología 2016
Cronograma sociología 2016
Fernando Rodriguez
 
Cronograma Sociologia
Cronograma SociologiaCronograma Sociologia
Cronograma Sociologia
Estefania Ortega
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
lipexleal
 
Desenvolvimento: amor e felicidade
Desenvolvimento:   amor e felicidadeDesenvolvimento:   amor e felicidade
Desenvolvimento: amor e felicidade
lipexleal
 
Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini
Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian TrombiniCritérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini
Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini
VIVIAN TROMBINI
 
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus HeterónimosContraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Ana Oliveira
 
1000 na redação do ENEM
1000 na redação do ENEM1000 na redação do ENEM
1000 na redação do ENEM
Fátima Lima
 
Repertório para redação
Repertório para redaçãoRepertório para redação
Repertório para redação
lipexleal
 
Critérios de correção de redação
Critérios de correção de redaçãoCritérios de correção de redação
Critérios de correção de redação
Rogério Souza
 
Uso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sócioculturalUso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sóciocultural
João Mendonça
 
Redação Nota Mil ENEM - SALIJO
Redação Nota Mil ENEM - SALIJORedação Nota Mil ENEM - SALIJO
Redação Nota Mil ENEM - SALIJO
Pré-Enem Seduc
 
RedaçãO Enem
RedaçãO EnemRedaçãO Enem
RedaçãO Enem
Walace Cestari
 
As competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enemAs competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enem
UFC
 

Destaque (20)

AVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEM
AVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEMAVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEM
AVALIAÇÃO ESTADUAL Comparada às Nacionais: SAEB e ENEM
 
Critérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEMCritérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEM
 
ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000
ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000
ENEM - ANÁLISE DE REDAÇÃO NOTA 1000
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redação
 
Cronograma sociología 2016
Cronograma sociología 2016Cronograma sociología 2016
Cronograma sociología 2016
 
Cronograma Sociologia
Cronograma SociologiaCronograma Sociologia
Cronograma Sociologia
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
Desenvolvimento: amor e felicidade
Desenvolvimento:   amor e felicidadeDesenvolvimento:   amor e felicidade
Desenvolvimento: amor e felicidade
 
Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini
Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian TrombiniCritérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini
Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini
 
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus HeterónimosContraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
 
1000 na redação do ENEM
1000 na redação do ENEM1000 na redação do ENEM
1000 na redação do ENEM
 
Repertório para redação
Repertório para redaçãoRepertório para redação
Repertório para redação
 
Critérios de correção de redação
Critérios de correção de redaçãoCritérios de correção de redação
Critérios de correção de redação
 
Uso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sócioculturalUso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sóciocultural
 
Redação Nota Mil ENEM - SALIJO
Redação Nota Mil ENEM - SALIJORedação Nota Mil ENEM - SALIJO
Redação Nota Mil ENEM - SALIJO
 
RedaçãO Enem
RedaçãO EnemRedaçãO Enem
RedaçãO Enem
 
As competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enemAs competências avaliadas na redação do enem
As competências avaliadas na redação do enem
 

Semelhante a Critério de avaliação redação enem

Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Aline Gomes
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
Kele Santos
 
Guia de redação do enem
Guia de redação do enemGuia de redação do enem
Guia de redação do enem
Thaiza Oliveira
 
Critérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibularesCritérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibulares
Bianca Cerveira
 
Critérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEMCritérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEM
Francisco Muniz
 
Redacao enem - 3 anos 2013
Redacao   enem - 3 anos 2013Redacao   enem - 3 anos 2013
Redacao enem - 3 anos 2013
Matheus Milani
 
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdfRedação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
EditoraEnovus2
 
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
MatheusMesquitaMelo
 
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
MatheusMesquitaMelo
 
competências do enem.pptx
competências do enem.pptxcompetências do enem.pptx
competências do enem.pptx
PedroFelipedeLima
 
Dissertação competências
Dissertação competênciasDissertação competências
Dissertação competências
ssuserf6174e
 
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
RobertaCamposdeCarva
 
COMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEM
COMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEMCOMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEM
COMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEM
Cynthia Funchal
 
folha de redacao
folha de redacaofolha de redacao
folha de redacao
Andrei Cuzuioc
 
Matriz Redacao Enem
Matriz Redacao EnemMatriz Redacao Enem
Matriz Redacao Enem
Ronildo Pinheiro
 
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptxTexto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
Caroline Assis
 
Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...
Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...
Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...
Emerson Assis
 
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Harley Cunha
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
Viviane Calasans
 
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redaçãoSoda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
ssuser0fbd94
 

Semelhante a Critério de avaliação redação enem (20)

Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
 
Guia de redação do enem
Guia de redação do enemGuia de redação do enem
Guia de redação do enem
 
Critérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibularesCritérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibulares
 
Critérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEMCritérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEM
 
Redacao enem - 3 anos 2013
Redacao   enem - 3 anos 2013Redacao   enem - 3 anos 2013
Redacao enem - 3 anos 2013
 
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdfRedação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
 
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
 
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
 
competências do enem.pptx
competências do enem.pptxcompetências do enem.pptx
competências do enem.pptx
 
Dissertação competências
Dissertação competênciasDissertação competências
Dissertação competências
 
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
 
COMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEM
COMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEMCOMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEM
COMPETÊNCIA 2 - REDAÇÃO NO ENEM
 
folha de redacao
folha de redacaofolha de redacao
folha de redacao
 
Matriz Redacao Enem
Matriz Redacao EnemMatriz Redacao Enem
Matriz Redacao Enem
 
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptxTexto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
 
Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...
Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...
Alfacon emerson curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_2...
 
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redaçãoSoda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
 

Mais de Seduc/AM

Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)
Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)
Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)
Seduc/AM
 
Como ler livros
Como ler livrosComo ler livros
Como ler livros
Seduc/AM
 
Como ler romances
Como ler romancesComo ler romances
Como ler romances
Seduc/AM
 
O ateneu
O ateneuO ateneu
O ateneu
Seduc/AM
 
O alienista
O alienistaO alienista
O alienista
Seduc/AM
 
Linguagem do realismo
Linguagem do realismoLinguagem do realismo
Linguagem do realismo
Seduc/AM
 
O cortiço
O cortiço O cortiço
O cortiço
Seduc/AM
 
Machado de assis
Machado de assisMachado de assis
Machado de assis
Seduc/AM
 
Quincas borba
Quincas borbaQuincas borba
Quincas borba
Seduc/AM
 
Dom casmurro
Dom casmurroDom casmurro
Dom casmurro
Seduc/AM
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
Seduc/AM
 
Enredos das principais obras da prosa romântica
Enredos das principais obras da prosa românticaEnredos das principais obras da prosa romântica
Enredos das principais obras da prosa romântica
Seduc/AM
 
Iracema
IracemaIracema
Iracema
Seduc/AM
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
Seduc/AM
 
Memórias de um sargento de milícias
Memórias de um sargento de milíciasMemórias de um sargento de milícias
Memórias de um sargento de milícias
Seduc/AM
 
Prosa romântica brasileira1
Prosa romântica brasileira1Prosa romântica brasileira1
Prosa romântica brasileira1
Seduc/AM
 
Interpretação textual 2
Interpretação textual 2Interpretação textual 2
Interpretação textual 2
Seduc/AM
 
Tipos de introdução, desenvolvimento e conclusão
Tipos de introdução, desenvolvimento e conclusãoTipos de introdução, desenvolvimento e conclusão
Tipos de introdução, desenvolvimento e conclusão
Seduc/AM
 
Esquemas de organização do texto dissertativo argumentativo
Esquemas de organização do texto dissertativo argumentativoEsquemas de organização do texto dissertativo argumentativo
Esquemas de organização do texto dissertativo argumentativo
Seduc/AM
 
Aula 1 de interpretação textual (PISA)
Aula 1 de interpretação textual (PISA)Aula 1 de interpretação textual (PISA)
Aula 1 de interpretação textual (PISA)
Seduc/AM
 

Mais de Seduc/AM (20)

Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)
Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)
Como ler um poema (de Susan Wise Bauer)
 
Como ler livros
Como ler livrosComo ler livros
Como ler livros
 
Como ler romances
Como ler romancesComo ler romances
Como ler romances
 
O ateneu
O ateneuO ateneu
O ateneu
 
O alienista
O alienistaO alienista
O alienista
 
Linguagem do realismo
Linguagem do realismoLinguagem do realismo
Linguagem do realismo
 
O cortiço
O cortiço O cortiço
O cortiço
 
Machado de assis
Machado de assisMachado de assis
Machado de assis
 
Quincas borba
Quincas borbaQuincas borba
Quincas borba
 
Dom casmurro
Dom casmurroDom casmurro
Dom casmurro
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
 
Enredos das principais obras da prosa romântica
Enredos das principais obras da prosa românticaEnredos das principais obras da prosa romântica
Enredos das principais obras da prosa romântica
 
Iracema
IracemaIracema
Iracema
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
 
Memórias de um sargento de milícias
Memórias de um sargento de milíciasMemórias de um sargento de milícias
Memórias de um sargento de milícias
 
Prosa romântica brasileira1
Prosa romântica brasileira1Prosa romântica brasileira1
Prosa romântica brasileira1
 
Interpretação textual 2
Interpretação textual 2Interpretação textual 2
Interpretação textual 2
 
Tipos de introdução, desenvolvimento e conclusão
Tipos de introdução, desenvolvimento e conclusãoTipos de introdução, desenvolvimento e conclusão
Tipos de introdução, desenvolvimento e conclusão
 
Esquemas de organização do texto dissertativo argumentativo
Esquemas de organização do texto dissertativo argumentativoEsquemas de organização do texto dissertativo argumentativo
Esquemas de organização do texto dissertativo argumentativo
 
Aula 1 de interpretação textual (PISA)
Aula 1 de interpretação textual (PISA)Aula 1 de interpretação textual (PISA)
Aula 1 de interpretação textual (PISA)
 

Último

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

Critério de avaliação redação enem

  • 1. A REDAÇÃO NO ENEM 2013 KARINE DA SILVA MACEDO Escola Estadual Profª Sebastiana Braga Língua Portuguesa
  • 2. Redação É um texto curto que deve necessariamente ser desenvolvido em até trinta linhas.
  • 3. A prova de redação do Enem exigirá: Produção de um texto em prosa, do tipo dissertativo- argumentativo sobre um tema de ordem: Social Científica Cultural Ou política
  • 4. O que é um texto dissertativo-argumentativo? É aquele em que se apresenta e se defende uma ideia, uma posição, um ponto de vista ou uma opinião a respeito de determinado tema.
  • 5. Você deverá defender: Uma tese apoiada em argumentos De forma coerente e coesa texto de acordo com Língua Portuguesa formal elaborar uma proposta de intervenção social para o problema apresentado.
  • 7. Tese É a ideia que se defende no texto, é uma afirmativa definida e limitada. Ela deve estar relacionada ao tema e apoiada em argumentos ao longo da redação.
  • 8. Argumentos É a justificativa para convencer o leitor a concordar com a tese defendida.
  • 9. Cada argumento deve responder à pergunta “Por quê?” em relação à tese defendida. Deve se utilizar de recursos para envolver o leitor: estratégias argumentativas: • ƒexemplos; ƒ • dados estatísticos; ƒ • fatos comprováveis; • depoimentos de especialistas; • ƒƒƒcomparações entre fatos, situações, épocas ou lugares distintos
  • 10. Para a conclusão adequada Apresentam-se propostas de solução para o problema discutido ou sugestões relacionadas á questão desenvolvida. É importante lembrar que: • Preferencialmente devemos adotar uma posição impessoal, aparentemente neutra.
  • 11. Princípios de estruturação do texto dissertativo- argumentativo : Apresentar uma tese 1ª etapa Desenvolver justificativas para comprovar essa tese 2ª etapa(Utilizar estratégias argumentativas para expor o problema discutido no texto e detalhar os argumentos utilizados.) conclusão que dê um fecho à discussão elaborada no texto, compondo o processo argumentativo. 3ª etapa
  • 12. A prova de redação do Enem Como será atribuída a nota à redação? Valor da nota: 1000 (mil) pontos.
  • 13. As cinco competências para a prova de redação do Enem 2013 Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa. Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo em prosa. Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
  • 14. COMPE TÊNCIA NÍVEIS (NOTAS ) I - Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa. II - Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em Prosa. III - Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. IV - Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. V - Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos. NÍVEL 0 Demonstra desconhecimento da modalidade escrita formal da língua portuguesa. "Fuga ao tema/não atendimento à estrutura dissertativo- argumentativa". Apresenta informações, fatos e opiniões não relacionados ao tema e sem defesa de um ponto de vista. Não articula as informações. Não apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao tema ou ao assunto. NÍVEL I Demonstra domínio precário da modalidade escrita formal da língua portuguesa, de forma sistemática, com diversificados e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativoargumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais. Apresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema ou incoerentes e sem defesa de um ponto de vista. Articula as partes do texto de forma precária. Apresenta proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao assunto. NÍVEL II Demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativoargumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores, em defesa de um ponto de vista. Articula as partes do texto, de forma insuficiente, com muitas inadequações e apresenta repertório limitado de recursos coesivos. Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto. NÍVEL III Demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita. Desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista. Articula as partes do texto, de forma mediana, com inadequações, e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos. Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. NÍVEL IV Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita. Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista. Articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos. Elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. NÍVEL V Demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizem reincidência. Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativoargumentativo. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista. Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos. Elabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
  • 15. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM COMPETÊNCIA NÍVEIS (NOTAS) I - Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa. NÍVEL 0 Demonstra desconhecimento da modalidade escrita formal da língua portuguesa. NÍVEL I Demonstra domínio precário da modalidade escrita formal da língua portuguesa, de forma sistemática, com diversificados e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. NÍVEL II Demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. NÍVEL III Demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita. NÍVEL IV Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita. NÍVEL V Demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizem reincidência.
  • 16. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM COMPETÊNCIA NÍVEIS (NOTAS) II - Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em Prosa. NÍVEL 0 "Fuga ao tema/não atendimento à estrutura dissertativo-argumentativa". NÍVEL I Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais. NÍVEL II Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão. NÍVEL III Desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. NÍVEL IV Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. NÍVEL V Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo.
  • 17. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM COMPETÊNCIA NÍVEIS (NOTAS) III - Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. NÍVEL 0 Apresenta informações, fatos e opiniões não relacionados ao tema e sem defesa de um ponto de vista. NÍVEL I Apresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema ou incoerentes e sem defesa de um ponto de vista. NÍVEL II Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores, em defesa de um ponto de vista. NÍVEL III Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista. NÍVEL IV Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista. NÍVEL V Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista.
  • 18. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM COMPETÊNCIA NÍVEIS (NOTAS) IV - Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. NÍVEL 0 Não articula as informações. NÍVEL I Articula as partes do texto de forma precária. NÍVEL II Articula as partes do texto, de forma insuficiente, com muitas inadequações e apresenta repertório limitado de recursos coesivos. NÍVEL III Articula as partes do texto, de forma mediana, com inadequações, e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos. NÍVEL IV Articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos. NÍVEL V Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.
  • 19. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM COMPETÊNCIA NÍVEIS (NOTAS) V - Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos. NÍVEL 0 Não apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao tema ou ao assunto. NÍVEL I Apresenta proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao assunto. NÍVEL II Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto. NÍVEL III Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. NÍVEL IV Elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. NÍVEL V Elabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
  • 20. Situações que levam à nota zero no Enem Fuga total ao tema; ƒƒNão obediência à estrutura dissertativo- argumentativa; ƒƒFolha de redação em branco; ƒƒTexto, insuficiente, com até 7 (sete) linhas; ƒƒTextos impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação Parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto; ƒƒDesrespeito aos direitos humanos;