SlideShare uma empresa Scribd logo
Dissertação
As competências avaliadas na
Redação do ENEM
 O ENEM AVALIA 5 ÁREAS DO CONHECIMENTO E A REDAÇÃO É
UMA DELAS
 A REDAÇÃO EQUIVALE A 1.000 PONTOS
 A REDAÇÃO AVALIA 5 COMPETÊNCIAS E CADA UMA VALE 200
PONTOS
 A REDAÇÃO REPRESENTA 20% DA NOTA FINAL DO ENEM
 NA REDAÇÃO O ALUNO DEVE ELABORAR UMA PROPOSTA DE
INTERVENÇÃO PARA UM PROBLEMA
 É o domínio da norma padrão da língua escrita.
 Na redação do texto, deve-se procurar ser claro, objetivo e direto,
empregar um vocabulário mais variado e preciso, diferente do que se
utiliza quando fala, e seguir as regras estabelecidas pela modalidade
escrita formal da Língua Portuguesa.
Competência 1 – Demonstrar domínio da
modalidade escrita formal da Língua Portuguesa
 Além disso, o texto dissertativo-argumentativo escrito exige
que alguns requisitos básicos sejam atendidos:
◦ ausência de marcas de oralidade e de registro informal;
◦ precisão vocabular;
◦ obediência às regras de:
◦ concordância nominal e verbal;
◦ regência nominal e verbal;
◦ pontuação;
◦ flexão de nomes e verbos;
◦ colocação de pronomes oblíquos (átonos e tônicos);
◦ grafia das palavras (inclusive acentuação gráfica e emprego de letras
maiúsculas e minúsculas); e
◦ divisão silábica na mudança de linha (translineação).
Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das
várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites
estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa
 Nesta competência é cobrada, na Redação do Enem, a compreensão da
proposta.
 Aqui o candidato precisa entender o tema a ser desenvolvido, organizar as
ideias e aplicá-las em um texto.
 É importante aplicar conhecimentos sobre outras áreas, como, por
exemplo, literatura, biologia, cinema, biotecnologia, entre outras.
 Para isso é preciso ler o tema com bastante atenção, para conseguir
relacionar outras áreas do conhecimento e provar que sabe o que é um
texto dissertativo.
 Evite ficar preso aos textos motivadores, não os copie, mas também não
deve ignorá-los.
 Demonstre que você sabe estruturar uma texto dissertativo.
Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das
várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites
estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa
Seguem algumas recomendações para essa elaboração:
a) Leia com atenção a proposta da redação e os textos motivadores, para
compreender bem o que está sendo solicitado.
b) Evite ficar preso às ideias desenvolvidas nos textos motivadores, porque
foram apresentados apenas para despertar uma reflexão sobre o tema e não
para limitar sua criatividade.
c) Não copie trechos dos textos motivadores. Lembre-se de que eles foram
apresentados apenas para despertar seus conhecimentos sobre o tema.
d) Reflita sobre o tema proposto para decidir como abordá-lo, qual será seu
ponto de vista e como defendê-lo.
e) Reúna todas as ideias que lhe ocorrerem sobre o tema, procurando
organizá-las em uma estrutura coerente para usá-las no desenvolvimento do
seu texto.
Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das
várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites
estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa
Seguem algumas recomendações para essa elaboração:
f) Desenvolva o tema de forma consistente para que o leitor possa
acompanhar o seu raciocínio facilmente.
g) Examine, com atenção, a introdução e a conclusão para ver se há
coerência entre o início e o fim.
i) Utilize informações de várias áreas do conhecimento, demonstrando que
você está atualizado em relação ao que acontece no mundo.
j) Evite recorrer a reflexões previsíveis, que demonstram pouca originalidade
no desenvolvimento do tema proposto.
l) Mantenha-se dentro dos limites do tema proposto, tomando cuidado
para não se afastar do seu foco. Esse é um dos principais problemas
identificados nas redações. Nesse caso, duas situações podem ocorrer:
fuga total ao tema ou fuga parcial ao tema.
Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de
vista (Coerência)
 Na terceira competência é cobrado se a argumentação do candidato
é feita com base em fatos concretos para defender seu ponto de
vista. Tudo que será escrito na Redação do Enem precisa estar
fundamentado em algo verdadeiramente comprovado e real.
 O aluno pode usar dados estatísticos, analogias, metáforas
(comparações), fatores com causa e consequência, enumerações e
citações.
 Coerência: adequação entre o conteúdo do texto e o mundo real;
sequencias de ideias.
 Encadeamento de ideias: cada parágrafo apresente
informações novas, coerentes com o que foi apresentado
anteriormente, sem repetições ou saltos temáticos.
Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações,
fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (Coerência)
 Neste aspecto, avalia-se a forma como você seleciona, relaciona,
organiza e interpreta informações, fatos, opiniões e argumentos em
defesa do ponto de vista defendido como tese.
 É preciso que você elabore um texto que apresente, claramente, uma
ideia a ser defendida e os argumentos que justifiquem a posição
assumida por você em relação à temática exigida pela proposta de
redação.
 Esta Competência trata do entendimento do texto, ou seja, da sua
coerência.
 O entendimento da sua redação depende, portanto, dos seguintes
fatores:
 relação de sentido entre as partes do texto;
 precisão vocabular;
 progressão temática adequada ao desenvolvimento do tema,
revelando que a redação foi planejada e que as ideias desenvolvidas
são pouco a pouco apresentadas, em uma ordem lógica; e
 adequação entre o conteúdo do texto e o mundo real.
O que é coerência?
 A coerência se estabelece a partir das ideias apresentadas no texto e dos conhecimentos dos
interlocutores, garantindo a construção do sentido de acordo com as expectativas do leitor. Está,
pois, ligada à compreensão, à possibilidade de interpretação dos sentidos do texto.
 O leitor poderá “processar” esse texto e refletir a respeito das ideias nele contidas; pode, em
resposta, reagir de maneiras diversas: aceitar, recusar, questionar, até mesmo mudar seu
comportamento em face das ideias do autor, compartilhando ou não da sua opinião.
Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações,
fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (Coerência)
Resumindo: na organização do texto dissertativo-
argumentativo, você deve procurar atender às seguintes
exigências:
◦ apresentação clara da tese e seleção dos argumentos que a sustentam;
◦ encadeamento das ideias, de modo que cada parágrafo apresente
informações novas, coerentes com o que foi apresentado
anteriormente, sem repetições ou saltos temáticos;
◦ congruência (concordância) entre as informações do texto e a
realidade; e
◦ precisão vocabular.
Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações,
fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (Coerência)
Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
linguísticos necessários para a construção da argumentação (Coesão)
 Nessa competência, será avaliado se o candidato sabe escrever
um texto coeso. No texto dissertativo-argumentativo, as ideias
precisam, além de serem sólidas, estar bem articuladas e
organizadas por meios de parágrafos bem elaborados.
 A utilização de “conectores” deve ser explícita, ligando os
argumentos e parágrafos, evitando repetições.
 Estruturação dos parágrafos:
 Em um texto dissertativo-argumentativo, o parágrafo é
formado por uma ideia principal a qual se liga as ideias
secundárias;
Estruturação dos períodos:
Os períodos de um texto dissertativo são, normalmente, estruturados
por duas ou mais orações, para que se possa expressar as ideias de
causa-consequência, contradição, temporalidade, comparação,
conclusão, entre outras.
Uso de referências:
Os lugares, pessoas, coisas, dados, informações e fatos que são
introduzidos devem ser retomados, a medida que o texto vai
progredindo. Referências podem ser expressas por meio de
pronomes, advérbios, e artigos.
Os aspectos a serem avaliados nesta Competência dizem respeito à estruturação
lógica e formal entre as partes da redação.
A organização textual exige que as frases e os parágrafos estabeleçam entre si
uma relação que garanta a sequenciação coerente do texto e a interdependência
entre as ideias.
Esse encadeamento pode ser expresso por conjunções, por determinadas
palavras, ou pode ser inferido a partir da articulação dessas ideias. Preposições,
conjunções, advérbios e locuções adverbiais são responsáveis pela coesão do
texto, porque estabelecem uma inter-relação entre orações, frases e parágrafos.
Assim, na produção da sua redação, você deve utilizar variados recursos
linguísticos que garantam as relações de continuidade essenciais à elaboração de
um texto coeso.
Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
linguísticos necessários para a construção da argumentação (Coesão)
Na avaliação desta Competência, serão considerados os seguintes aspectos:
Encadeamento textual: para garantir a coesão textual, devem ser observados
determinados princípios em diferentes níveis:
ƒ
ƒ
Estruturação dos parágrafos: um parágrafo é uma unidade textual formada por uma ideia
principal à qual se ligam ideias secundárias. No texto dissertativo-argumentativo, os
parágrafos podem ser desenvolvidos por comparação, por causa-consequência, por
exemplificação, por detalhamento, entre outras possibilidades. Deve haver uma articulação
entre um parágrafo e outro.
ƒ
ƒ
Estruturação dos períodos: pela própria especificidade do texto dissertativo-
argumentativo, os períodos do texto são, normalmente, estruturados de modo complexo,
formados por duas ou mais orações, para que se possa expressar as ideias de causa-
consequência, contradição, temporalidade, comparação, conclusão, entre outras.
ƒ
ƒ
Referenciação: as referências a pessoas, coisas, lugares e fatos são introduzidas e, depois,
retomadas, à medida que o texto vai progredindo. Esse processo pode ser expresso por
pronomes, advérbios, artigos ou vocábulos de base lexical, estabelecendo relações
diversas.
Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
linguísticos necessários para a construção da argumentação (Coesão)
Competência 5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema
abordado, respeitando os direitos humanos
 A competência cinco é a mais importante, pois a elaboração de uma solução
do problema proposto é a mais criteriosa entre os corretores e onde os
alunos possuem mais dificuldade.
 O candidato deve ter levantado alguns aspectos voltados para uma
problemática, para um fato passível de ser solucionado. Ao concluir seu
texto, deve-se apresentar uma solução para o que foi discutido ao longo da
redação.
 A proposta de intervenção deve ser detalhada de modo a permitir ao leitor o
julgamento sobre sua realização, portanto, deve conter a exposição da
intervenção sugerida e o detalhamento dos meios para realizá-la.
 Além disso, é preciso considerar os pontos abordados durante o
desenvolvimento do texto e manter coerência com os argumentos utilizados,
já que expressa a sua visão, como autor, das possíveis soluções para a
questão discutida.
Competência 5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema
abordado, respeitando os direitos humanos
 Nesta competência avalia-se:
 Presença de proposta;
 Detalhamento dos meios para realização da solução
proposta;
 Possibilidade de ser executada: “A solução que eu apresento
é viável?”
 Respeito aos Direitos Humanos: “A intervenção não pode
ferir valores como cidadania, liberdade, solidariedade e
diversidade cultural.”
Reafirmando:
 Sua redação, além de apresentar uma tese sobre o tema, apoiada em argumentos
consistentes, deve oferecer uma proposta de intervenção na vida social. Essa
proposta deve considerar os pontos abordados na argumentação, deve manter
vínculo direto com a tese desenvolvida no texto e coerência com os argumentos
utilizados, já que expressa a sua visão, como autor, das possíveis soluções para a
questão discutida.
 A proposta de intervenção precisa ser detalhada de modo a permitir ao leitor o
julgamento sobre sua exequibilidade, portanto, deve conter a exposição da
intervenção sugerida e o detalhamento dos meios para realizá-la.
Competência 5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema
abordado, respeitando os direitos humanos
 A proposta deve, ainda, refletir os conhecimentos de mundo de quem
a redige, e a coerência da argumentação será um dos aspectos
decisivos no processo de avaliação. É necessário que ela respeite os
direitos humanos, que não rompa com valores como cidadania,
liberdade, solidariedade e diversidade cultural.
Ao redigir seu texto, procure evitar propostas vagas, gerais; busque propostas mais
concretas, específicas, consistentes com o desenvolvimento de suas ideias.
Antes de elaborar sua proposta, procure responder às seguintes perguntas: O que é
possível apresentar como proposta de intervenção na vida social? Como viabilizar
essa proposta?
Quais as razões para se atribuir nota 0 (zero) a uma redação?
A redação receberá nota 0 (zero) se apresentar uma das características a seguir:
fuga total ao tema;
não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
texto com até 7 (sete) linhas;
impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto
deliberadamente desconectada do tema proposto;
desrespeito aos direitos humanos; e
folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Critérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEMCritérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEM
Francisco Muniz
 
Redação ENEM
Redação ENEMRedação ENEM
Redação ENEM
Salomé Rocha
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
Antônio Fernandes
 
Redação ENEM
Redação ENEMRedação ENEM
Redação ENEM
Cynthia Funchal
 
90226300 redacao
90226300 redacao90226300 redacao
90226300 redacao
Edna Odhara Santana
 
Redação enem 2013
Redação enem 2013Redação enem 2013
Redação enem 2013
Bê Carvalho
 
Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4
ABCursos OnLine
 
Como Fazer Uma DissertaçãO
Como Fazer Uma DissertaçãOComo Fazer Uma DissertaçãO
Como Fazer Uma DissertaçãO
martinsramon
 
Competências da Redação
Competências da RedaçãoCompetências da Redação
Competências da Redação
Josenilson S'ilva
 
Curso de Redação para o Enem: Aula 2
Curso de Redação para o Enem: Aula 2Curso de Redação para o Enem: Aula 2
Curso de Redação para o Enem: Aula 2
Aline Gomes
 
Critérios de correção de redação
Critérios de correção de redaçãoCritérios de correção de redação
Critérios de correção de redação
Rogério Souza
 
Apostila petrobras português e matemática
Apostila petrobras   português e matemáticaApostila petrobras   português e matemática
Apostila petrobras português e matemática
Rodolfo Rodrigo Acosta
 
Como escrever texto_científico
Como escrever texto_científicoComo escrever texto_científico
Como escrever texto_científico
matemagico10lula
 
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnica
Metolodogia   daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnicaMetolodogia   daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnica
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnica
Daniela Cartoni
 
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1
Angélica Manenti
 
10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação
Valdemir Lopes Valdermir
 
Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4
ABCursos OnLine
 
O texto dissertativo argumentativo
O texto dissertativo argumentativoO texto dissertativo argumentativo
O texto dissertativo argumentativo
Valeria Rios
 
Matriz Redacao Enem
Matriz Redacao EnemMatriz Redacao Enem
Matriz Redacao Enem
Ronildo Pinheiro
 
Apostila redação
Apostila redaçãoApostila redação
Apostila redação
Vera Oliveira
 

Mais procurados (20)

Critérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEMCritérios para correção de redações - ENEM
Critérios para correção de redações - ENEM
 
Redação ENEM
Redação ENEMRedação ENEM
Redação ENEM
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
 
Redação ENEM
Redação ENEMRedação ENEM
Redação ENEM
 
90226300 redacao
90226300 redacao90226300 redacao
90226300 redacao
 
Redação enem 2013
Redação enem 2013Redação enem 2013
Redação enem 2013
 
Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4
 
Como Fazer Uma DissertaçãO
Como Fazer Uma DissertaçãOComo Fazer Uma DissertaçãO
Como Fazer Uma DissertaçãO
 
Competências da Redação
Competências da RedaçãoCompetências da Redação
Competências da Redação
 
Curso de Redação para o Enem: Aula 2
Curso de Redação para o Enem: Aula 2Curso de Redação para o Enem: Aula 2
Curso de Redação para o Enem: Aula 2
 
Critérios de correção de redação
Critérios de correção de redaçãoCritérios de correção de redação
Critérios de correção de redação
 
Apostila petrobras português e matemática
Apostila petrobras   português e matemáticaApostila petrobras   português e matemática
Apostila petrobras português e matemática
 
Como escrever texto_científico
Como escrever texto_científicoComo escrever texto_científico
Como escrever texto_científico
 
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnica
Metolodogia   daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnicaMetolodogia   daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnica
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 12 - redação técnica
 
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 1
 
10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação
 
Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4
 
O texto dissertativo argumentativo
O texto dissertativo argumentativoO texto dissertativo argumentativo
O texto dissertativo argumentativo
 
Matriz Redacao Enem
Matriz Redacao EnemMatriz Redacao Enem
Matriz Redacao Enem
 
Apostila redação
Apostila redaçãoApostila redação
Apostila redação
 

Semelhante a Dissertação competências

Redacao enem - 3 anos 2013
Redacao   enem - 3 anos 2013Redacao   enem - 3 anos 2013
Redacao enem - 3 anos 2013
Matheus Milani
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
Kele Santos
 
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Harley Cunha
 
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptxTexto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
Caroline Assis
 
Produção de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativo
Produção de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativoProdução de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativo
Produção de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativo
complementoindirecto
 
êXito redação-enem-2012
êXito redação-enem-2012êXito redação-enem-2012
êXito redação-enem-2012
Ricardo Paes
 
Criterios &Baremas
Criterios &BaremasCriterios &Baremas
Criterios &Baremas
Dionísio Carmo-Neto
 
produção textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptxprodução textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptx
almeidaluana280
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de texto
eebhomago
 
Tse 2010 sétima aula
Tse 2010  sétima aulaTse 2010  sétima aula
Tse 2010 sétima aula
cursinhofea
 
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
RobertaCamposdeCarva
 
esquentaenem.pptx
esquentaenem.pptxesquentaenem.pptx
esquentaenem.pptx
CAMILACRISTINASILVAB
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
Viviane Calasans
 
Texto Argumentativo
Texto ArgumentativoTexto Argumentativo
Texto Argumentativo
complementoindirecto
 
Tse 2011 tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual iTse 2011  tipologia textual i
Tse 2011 tipologia textual i
cursinhofea
 
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdfRedação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
EditoraEnovus2
 
Dissertação argumentativa - TJ.pptx
Dissertação argumentativa - TJ.pptxDissertação argumentativa - TJ.pptx
Dissertação argumentativa - TJ.pptx
BerlaPaiva
 
2 características da dissertação 9º ano 2009
2 características da dissertação    9º ano 20092 características da dissertação    9º ano 2009
2 características da dissertação 9º ano 2009
Cristiane Paula Czepak Cris
 
Técnicas em Pesquisa e Construção de Textos Científicos
Técnicas em Pesquisa e Construção de Textos CientíficosTécnicas em Pesquisa e Construção de Textos Científicos
Técnicas em Pesquisa e Construção de Textos Científicos
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativoTexto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo
Vanessa Guimarães
 

Semelhante a Dissertação competências (20)

Redacao enem - 3 anos 2013
Redacao   enem - 3 anos 2013Redacao   enem - 3 anos 2013
Redacao enem - 3 anos 2013
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
 
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
Alfacon harley curso_de_redacao_pre_enem_redacao_varios_professores_1o_enc_20...
 
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptxTexto Dissertativo Argumentativo.pptx
Texto Dissertativo Argumentativo.pptx
 
Produção de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativo
Produção de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativoProdução de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativo
Produção de texto - Percursos da escrita - Texto argumentativo
 
êXito redação-enem-2012
êXito redação-enem-2012êXito redação-enem-2012
êXito redação-enem-2012
 
Criterios &Baremas
Criterios &BaremasCriterios &Baremas
Criterios &Baremas
 
produção textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptxprodução textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptx
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de texto
 
Tse 2010 sétima aula
Tse 2010  sétima aulaTse 2010  sétima aula
Tse 2010 sétima aula
 
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
 
esquentaenem.pptx
esquentaenem.pptxesquentaenem.pptx
esquentaenem.pptx
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 
Texto Argumentativo
Texto ArgumentativoTexto Argumentativo
Texto Argumentativo
 
Tse 2011 tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual iTse 2011  tipologia textual i
Tse 2011 tipologia textual i
 
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdfRedação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
Redação - Temas e Propostas - 3 ano.pdf
 
Dissertação argumentativa - TJ.pptx
Dissertação argumentativa - TJ.pptxDissertação argumentativa - TJ.pptx
Dissertação argumentativa - TJ.pptx
 
2 características da dissertação 9º ano 2009
2 características da dissertação    9º ano 20092 características da dissertação    9º ano 2009
2 características da dissertação 9º ano 2009
 
Técnicas em Pesquisa e Construção de Textos Científicos
Técnicas em Pesquisa e Construção de Textos CientíficosTécnicas em Pesquisa e Construção de Textos Científicos
Técnicas em Pesquisa e Construção de Textos Científicos
 
Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativoTexto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo
 

Último

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 

Último (20)

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 

Dissertação competências

  • 2.  O ENEM AVALIA 5 ÁREAS DO CONHECIMENTO E A REDAÇÃO É UMA DELAS  A REDAÇÃO EQUIVALE A 1.000 PONTOS  A REDAÇÃO AVALIA 5 COMPETÊNCIAS E CADA UMA VALE 200 PONTOS  A REDAÇÃO REPRESENTA 20% DA NOTA FINAL DO ENEM  NA REDAÇÃO O ALUNO DEVE ELABORAR UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA UM PROBLEMA
  • 3.  É o domínio da norma padrão da língua escrita.  Na redação do texto, deve-se procurar ser claro, objetivo e direto, empregar um vocabulário mais variado e preciso, diferente do que se utiliza quando fala, e seguir as regras estabelecidas pela modalidade escrita formal da Língua Portuguesa. Competência 1 – Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa
  • 4.  Além disso, o texto dissertativo-argumentativo escrito exige que alguns requisitos básicos sejam atendidos: ◦ ausência de marcas de oralidade e de registro informal; ◦ precisão vocabular; ◦ obediência às regras de: ◦ concordância nominal e verbal; ◦ regência nominal e verbal; ◦ pontuação; ◦ flexão de nomes e verbos; ◦ colocação de pronomes oblíquos (átonos e tônicos); ◦ grafia das palavras (inclusive acentuação gráfica e emprego de letras maiúsculas e minúsculas); e ◦ divisão silábica na mudança de linha (translineação).
  • 5. Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa  Nesta competência é cobrada, na Redação do Enem, a compreensão da proposta.  Aqui o candidato precisa entender o tema a ser desenvolvido, organizar as ideias e aplicá-las em um texto.  É importante aplicar conhecimentos sobre outras áreas, como, por exemplo, literatura, biologia, cinema, biotecnologia, entre outras.  Para isso é preciso ler o tema com bastante atenção, para conseguir relacionar outras áreas do conhecimento e provar que sabe o que é um texto dissertativo.  Evite ficar preso aos textos motivadores, não os copie, mas também não deve ignorá-los.  Demonstre que você sabe estruturar uma texto dissertativo.
  • 6. Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa Seguem algumas recomendações para essa elaboração: a) Leia com atenção a proposta da redação e os textos motivadores, para compreender bem o que está sendo solicitado. b) Evite ficar preso às ideias desenvolvidas nos textos motivadores, porque foram apresentados apenas para despertar uma reflexão sobre o tema e não para limitar sua criatividade. c) Não copie trechos dos textos motivadores. Lembre-se de que eles foram apresentados apenas para despertar seus conhecimentos sobre o tema. d) Reflita sobre o tema proposto para decidir como abordá-lo, qual será seu ponto de vista e como defendê-lo. e) Reúna todas as ideias que lhe ocorrerem sobre o tema, procurando organizá-las em uma estrutura coerente para usá-las no desenvolvimento do seu texto.
  • 7. Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa Seguem algumas recomendações para essa elaboração: f) Desenvolva o tema de forma consistente para que o leitor possa acompanhar o seu raciocínio facilmente. g) Examine, com atenção, a introdução e a conclusão para ver se há coerência entre o início e o fim. i) Utilize informações de várias áreas do conhecimento, demonstrando que você está atualizado em relação ao que acontece no mundo. j) Evite recorrer a reflexões previsíveis, que demonstram pouca originalidade no desenvolvimento do tema proposto. l) Mantenha-se dentro dos limites do tema proposto, tomando cuidado para não se afastar do seu foco. Esse é um dos principais problemas identificados nas redações. Nesse caso, duas situações podem ocorrer: fuga total ao tema ou fuga parcial ao tema.
  • 8. Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (Coerência)  Na terceira competência é cobrado se a argumentação do candidato é feita com base em fatos concretos para defender seu ponto de vista. Tudo que será escrito na Redação do Enem precisa estar fundamentado em algo verdadeiramente comprovado e real.  O aluno pode usar dados estatísticos, analogias, metáforas (comparações), fatores com causa e consequência, enumerações e citações.  Coerência: adequação entre o conteúdo do texto e o mundo real; sequencias de ideias.  Encadeamento de ideias: cada parágrafo apresente informações novas, coerentes com o que foi apresentado anteriormente, sem repetições ou saltos temáticos.
  • 9. Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (Coerência)  Neste aspecto, avalia-se a forma como você seleciona, relaciona, organiza e interpreta informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa do ponto de vista defendido como tese.  É preciso que você elabore um texto que apresente, claramente, uma ideia a ser defendida e os argumentos que justifiquem a posição assumida por você em relação à temática exigida pela proposta de redação.  Esta Competência trata do entendimento do texto, ou seja, da sua coerência.  O entendimento da sua redação depende, portanto, dos seguintes fatores:  relação de sentido entre as partes do texto;  precisão vocabular;  progressão temática adequada ao desenvolvimento do tema, revelando que a redação foi planejada e que as ideias desenvolvidas são pouco a pouco apresentadas, em uma ordem lógica; e  adequação entre o conteúdo do texto e o mundo real.
  • 10. O que é coerência?  A coerência se estabelece a partir das ideias apresentadas no texto e dos conhecimentos dos interlocutores, garantindo a construção do sentido de acordo com as expectativas do leitor. Está, pois, ligada à compreensão, à possibilidade de interpretação dos sentidos do texto.  O leitor poderá “processar” esse texto e refletir a respeito das ideias nele contidas; pode, em resposta, reagir de maneiras diversas: aceitar, recusar, questionar, até mesmo mudar seu comportamento em face das ideias do autor, compartilhando ou não da sua opinião. Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (Coerência)
  • 11. Resumindo: na organização do texto dissertativo- argumentativo, você deve procurar atender às seguintes exigências: ◦ apresentação clara da tese e seleção dos argumentos que a sustentam; ◦ encadeamento das ideias, de modo que cada parágrafo apresente informações novas, coerentes com o que foi apresentado anteriormente, sem repetições ou saltos temáticos; ◦ congruência (concordância) entre as informações do texto e a realidade; e ◦ precisão vocabular. Competência 3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (Coerência)
  • 12. Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação (Coesão)  Nessa competência, será avaliado se o candidato sabe escrever um texto coeso. No texto dissertativo-argumentativo, as ideias precisam, além de serem sólidas, estar bem articuladas e organizadas por meios de parágrafos bem elaborados.  A utilização de “conectores” deve ser explícita, ligando os argumentos e parágrafos, evitando repetições.  Estruturação dos parágrafos:  Em um texto dissertativo-argumentativo, o parágrafo é formado por uma ideia principal a qual se liga as ideias secundárias;
  • 13. Estruturação dos períodos: Os períodos de um texto dissertativo são, normalmente, estruturados por duas ou mais orações, para que se possa expressar as ideias de causa-consequência, contradição, temporalidade, comparação, conclusão, entre outras. Uso de referências: Os lugares, pessoas, coisas, dados, informações e fatos que são introduzidos devem ser retomados, a medida que o texto vai progredindo. Referências podem ser expressas por meio de pronomes, advérbios, e artigos.
  • 14. Os aspectos a serem avaliados nesta Competência dizem respeito à estruturação lógica e formal entre as partes da redação. A organização textual exige que as frases e os parágrafos estabeleçam entre si uma relação que garanta a sequenciação coerente do texto e a interdependência entre as ideias. Esse encadeamento pode ser expresso por conjunções, por determinadas palavras, ou pode ser inferido a partir da articulação dessas ideias. Preposições, conjunções, advérbios e locuções adverbiais são responsáveis pela coesão do texto, porque estabelecem uma inter-relação entre orações, frases e parágrafos. Assim, na produção da sua redação, você deve utilizar variados recursos linguísticos que garantam as relações de continuidade essenciais à elaboração de um texto coeso. Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação (Coesão)
  • 15. Na avaliação desta Competência, serão considerados os seguintes aspectos: Encadeamento textual: para garantir a coesão textual, devem ser observados determinados princípios em diferentes níveis: ƒ ƒ Estruturação dos parágrafos: um parágrafo é uma unidade textual formada por uma ideia principal à qual se ligam ideias secundárias. No texto dissertativo-argumentativo, os parágrafos podem ser desenvolvidos por comparação, por causa-consequência, por exemplificação, por detalhamento, entre outras possibilidades. Deve haver uma articulação entre um parágrafo e outro. ƒ ƒ Estruturação dos períodos: pela própria especificidade do texto dissertativo- argumentativo, os períodos do texto são, normalmente, estruturados de modo complexo, formados por duas ou mais orações, para que se possa expressar as ideias de causa- consequência, contradição, temporalidade, comparação, conclusão, entre outras. ƒ ƒ Referenciação: as referências a pessoas, coisas, lugares e fatos são introduzidas e, depois, retomadas, à medida que o texto vai progredindo. Esse processo pode ser expresso por pronomes, advérbios, artigos ou vocábulos de base lexical, estabelecendo relações diversas. Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação (Coesão)
  • 16. Competência 5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos  A competência cinco é a mais importante, pois a elaboração de uma solução do problema proposto é a mais criteriosa entre os corretores e onde os alunos possuem mais dificuldade.  O candidato deve ter levantado alguns aspectos voltados para uma problemática, para um fato passível de ser solucionado. Ao concluir seu texto, deve-se apresentar uma solução para o que foi discutido ao longo da redação.  A proposta de intervenção deve ser detalhada de modo a permitir ao leitor o julgamento sobre sua realização, portanto, deve conter a exposição da intervenção sugerida e o detalhamento dos meios para realizá-la.  Além disso, é preciso considerar os pontos abordados durante o desenvolvimento do texto e manter coerência com os argumentos utilizados, já que expressa a sua visão, como autor, das possíveis soluções para a questão discutida.
  • 17. Competência 5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos  Nesta competência avalia-se:  Presença de proposta;  Detalhamento dos meios para realização da solução proposta;  Possibilidade de ser executada: “A solução que eu apresento é viável?”  Respeito aos Direitos Humanos: “A intervenção não pode ferir valores como cidadania, liberdade, solidariedade e diversidade cultural.”
  • 18. Reafirmando:  Sua redação, além de apresentar uma tese sobre o tema, apoiada em argumentos consistentes, deve oferecer uma proposta de intervenção na vida social. Essa proposta deve considerar os pontos abordados na argumentação, deve manter vínculo direto com a tese desenvolvida no texto e coerência com os argumentos utilizados, já que expressa a sua visão, como autor, das possíveis soluções para a questão discutida.  A proposta de intervenção precisa ser detalhada de modo a permitir ao leitor o julgamento sobre sua exequibilidade, portanto, deve conter a exposição da intervenção sugerida e o detalhamento dos meios para realizá-la. Competência 5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos
  • 19.  A proposta deve, ainda, refletir os conhecimentos de mundo de quem a redige, e a coerência da argumentação será um dos aspectos decisivos no processo de avaliação. É necessário que ela respeite os direitos humanos, que não rompa com valores como cidadania, liberdade, solidariedade e diversidade cultural. Ao redigir seu texto, procure evitar propostas vagas, gerais; busque propostas mais concretas, específicas, consistentes com o desenvolvimento de suas ideias. Antes de elaborar sua proposta, procure responder às seguintes perguntas: O que é possível apresentar como proposta de intervenção na vida social? Como viabilizar essa proposta?
  • 20. Quais as razões para se atribuir nota 0 (zero) a uma redação? A redação receberá nota 0 (zero) se apresentar uma das características a seguir: fuga total ao tema; não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa; texto com até 7 (sete) linhas; impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto; desrespeito aos direitos humanos; e folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.