SlideShare uma empresa Scribd logo
Apresentação criada pelo Prof. Francisco Muniz
Iniciar
competência I – Demonstrar domínio da
norma culta da língua escrita.
Zero
40
80
120
160
200
competência I – Demonstrar domínio da
norma culta da língua escrita.
Zero
40
80
120
160
200
Demonstra desconhecimento da
modalidade escrita formal da Língua
Portuguesa.
competência I – Demonstrar domínio da
norma culta da língua escrita.
Demonstra domínio precário da modalidade
escrita formal da Língua Portuguesa, de forma
sistemática, com diversificados e frequentes
desvios gramaticais, de escolha de registro e de
convenções da escrita.
Zero
40
80
120
160
200
competência I – Demonstrar domínio da
norma culta da língua escrita.
Demonstra domínio insuficiente da modalidade
escrita formal da Língua Portuguesa, com
muitos desvios gramaticais, de escolha de
registro e de convenções da escrita.
Zero
40
80
120
160
200
competência I – Demonstrar domínio da
norma culta da língua escrita.
Demonstra domínio mediano da modalidade
escrita formal da Língua Portuguesa e de
escolha de registro, com alguns desvios
gramaticais e de convenções da escrita.
Zero
40
80
120
160
200
Demonstra bom domínio da modalidade escrita
formal da Língua Portuguesa e de escolha de
registro, com poucos desvios gramaticais e de
convenções da escrita.
Zero
40
80
120
160
200
competência I – Demonstrar domínio da
norma culta da língua escrita.
competência I – Demonstrar domínio da
norma culta da língua escrita.
Demonstra excelente domínio da modalidade
escrita formal da Língua Portuguesa e de
escolha de registro. Desvios gramaticais ou de
convenções da escrita serão aceitos somente
como excepcionalidade e quando não
caracterizem reincidência.
Zero
40
80
120
160
200
Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o
tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo.
Zero
40
80
120
160
200
Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o
tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo.
Fuga ao tema/não atendimento à estrutura
dissertativo-argumentativa.
Zero
40
80
120
160
200
Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o
tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo.
Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou
demonstra domínio precário do texto
dissertativo-argumentativo, com traços
constantes de outros tipos textuais.
Zero
40
80
120
160
200
Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o
tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo.
Desenvolve o tema recorrendo à cópia de
trechos dos textos motivadores ou apresenta
domínio insuficiente do texto dissertativo-
argumentativo, não atendendo à estrutura com
proposição, argumentação e conclusão.
Zero
40
80
120
160
200
Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o
tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo.
Desenvolve o tema por meio de argumentação
previsível e apresenta domínio mediano do
texto dissertativo- argumentativo, com
proposição, argumentação e conclusão.
Zero
40
80
120
160
200
Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o
tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo.
Desenvolve o tema por meio de argumentação
consistente e apresenta bom domínio do texto
dissertativo-argumentativo, com proposição,
argumentação e conclusão.
Zero
40
80
120
160
200
Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar
conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o
tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-
argumentativo.
Desenvolve o tema por meio de argumentação
consistente, a partir de um repertório
sociocultural produtivo, e apresenta excelente
domínio do texto dissertativo-argumentativo.
Zero
40
80
120
160
200
Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um
ponto de vista.
Zero
40
80
120
160
200
Apresenta informações, fatos e opiniões não
relacionados ao tema e sem defesa de um
ponto de vista.
Zero
40
80
120
160
200
Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um
ponto de vista.
Apresenta informações, fatos e opiniões pouco
relacionados ao tema ou incoerentes e sem
defesa de um ponto de vista.
Zero
40
80
120
160
200
Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um
ponto de vista.
Apresenta informações, fatos e opiniões
relacionados ao tema, mas desorganizados ou
contraditórios e limitados aos argumentos dos
textos motivadores, em defesa de um ponto de
vista.
Zero
40
80
120
160
200
Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um
ponto de vista.
Apresenta informações, fatos e opiniões
relacionados ao tema, limitados aos
argumentos dos textos motivadores e pouco
organizados, em defesa de um ponto de vista.
Zero
40
80
120
160
200
Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um
ponto de vista.
Apresenta informações, fatos e opiniões
relacionados ao tema, de forma organizada,
com indícios de autoria, em defesa de um
ponto de vista.
Zero
40
80
120
160
200
Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um
ponto de vista.
Apresenta informações, fatos e opiniões
relacionados ao tema proposto, de forma
consistente e organizada, configurando autoria,
em defesa de um ponto de vista.
Zero
40
80
120
160
200
Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar
informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um
ponto de vista.
Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
Zero
40
80
120
160
200
Ausência de marcas de articulação, resultando
em fragmentação das ideias.
Zero
40
80
120
160
200
Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
Articula as partes do texto de forma precária.
Zero
40
80
120
160
200
Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
Articula as partes do texto, de forma
insuficiente, com muitas inadequações e
apresenta repertório limitado de recursos
coesivos.
Zero
40
80
120
160
200
Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
Articula as partes do texto, de forma mediana,
com inadequações e apresenta repertório
pouco diversificado de recursos coesivos.
Zero
40
80
120
160
200
Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
Articula as partes do texto com poucas
inadequações e apresenta repertório
diversificado de recursos coesivos.
Zero
40
80
120
160
200
Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
Articula bem as partes do texto e apresenta
repertório diversificado de recursos coesivos.
Zero
40
80
120
160
200
Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos
lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema
abordado, mostrando respeito aos valores humanos e
considerando a diversidade sociocultural.
Zero
40
80
120
160
200
Não apresenta proposta de intervenção ou
apresenta proposta não relacionada ao tema ou
ao assunto.
Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema
abordado, mostrando respeito aos valores humanos e
considerando a diversidade sociocultural.
Zero
40
80
120
160
200
Apresenta proposta de intervenção vaga,
precária ou relacionada apenas ao assunto.
Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema
abordado, mostrando respeito aos valores humanos e
considerando a diversidade sociocultural.
Zero
40
80
120
160
200
Elabora, de forma insuficiente, proposta de
intervenção relacionada ao tema ou não
articulada com a discussão desenvolvida no
texto.
Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema
abordado, mostrando respeito aos valores humanos e
considerando a diversidade sociocultural.
Zero
40
80
120
160
200
Elabora, de forma mediana, proposta de
intervenção relacionada ao tema e articulada à
discussão desenvolvida no texto.
Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema
abordado, mostrando respeito aos valores humanos e
considerando a diversidade sociocultural.
Zero
40
80
120
160
200
Elabora bem proposta de intervenção
relacionada ao tema e articulada à discussão
desenvolvida no texto.
Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema
abordado, mostrando respeito aos valores humanos e
considerando a diversidade sociocultural.
Zero
40
80
120
160
200
Elabora muito bem proposta de intervenção,
detalhada, relacionada ao tema e articulada à
discussão desenvolvida no texto.
Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema
abordado, mostrando respeito aos valores humanos e
considerando a diversidade sociocultural.
Zero
40
80
120
160
200
Competências avaliadas
I. Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.
II. Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias
áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites
estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
III. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos,
opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
IV. Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários
para a construção da argumentação.
V. Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando
respeito aos valores humanos e considerando a diversidade
sociocultural.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de redacao
Aula de redacaoAula de redacao
Aula de redacao
mfmpafatima
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 
Artigo de opinião slides
Artigo de opinião slidesArtigo de opinião slides
Artigo de opinião slides
Isis Barros
 
Funções do pronome relativo
Funções do pronome relativoFunções do pronome relativo
Funções do pronome relativo
espacoaberto
 
Crase
CraseCrase
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
EstudareLegal
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
Cláudia Heloísa
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
Carolina Loçasso Pereira
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
Aliffer Murillo Laguna
 
Complementos verbais
Complementos verbaisComplementos verbais
Complementos verbais
Tatiane Morais
 
Orações reduzidas
Orações reduzidasOrações reduzidas
Orações reduzidas
sandra
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
Rita Cunha
 
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
Cynthia Funchal
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Gênero notícia
Gênero notíciaGênero notícia
Gênero notícia
Joyce Micielle
 
Resumo - gênero textual
Resumo - gênero textualResumo - gênero textual
Resumo - gênero textual
Ana Lúcia Moura Neves
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
Sadrak Silva
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
Fábio Guimarães
 
Tipos de argumentos
Tipos de argumentosTipos de argumentos
Tipos de argumentos
Ana Castro
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
Fernanda Câmara
 

Mais procurados (20)

Aula de redacao
Aula de redacaoAula de redacao
Aula de redacao
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Artigo de opinião slides
Artigo de opinião slidesArtigo de opinião slides
Artigo de opinião slides
 
Funções do pronome relativo
Funções do pronome relativoFunções do pronome relativo
Funções do pronome relativo
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Complementos verbais
Complementos verbaisComplementos verbais
Complementos verbais
 
Orações reduzidas
Orações reduzidasOrações reduzidas
Orações reduzidas
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
 
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
ARGUMENTAÇÃO - Enem (Competência 3)
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Gênero notícia
Gênero notíciaGênero notícia
Gênero notícia
 
Resumo - gênero textual
Resumo - gênero textualResumo - gênero textual
Resumo - gênero textual
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
 
Tipos de argumentos
Tipos de argumentosTipos de argumentos
Tipos de argumentos
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
 

Semelhante a Critérios para correção de redações - ENEM

Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Aline Gomes
 
Critério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enemCritério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enem
Seduc/AM
 
competências do enem.pptx
competências do enem.pptxcompetências do enem.pptx
competências do enem.pptx
PedroFelipedeLima
 
Enem
EnemEnem
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
MatheusMesquitaMelo
 
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
MatheusMesquitaMelo
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
Kele Santos
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
Antônio Fernandes
 
Guia de redação do enem
Guia de redação do enemGuia de redação do enem
Guia de redação do enem
Thaiza Oliveira
 
Critérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibularesCritérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibulares
Bianca Cerveira
 
Conheça a grade de correção da redação do ENEM
Conheça a grade de correção da redação do ENEMConheça a grade de correção da redação do ENEM
Conheça a grade de correção da redação do ENEM
portugues_prefederal
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
Viviane Calasans
 
Redacao enem - 3 anos 2013
Redacao   enem - 3 anos 2013Redacao   enem - 3 anos 2013
Redacao enem - 3 anos 2013
Matheus Milani
 
Redação
RedaçãoRedação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redaçãoSoda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
ssuser0fbd94
 
Parâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médioParâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médio
Péricles Penuel
 
Parâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médioParâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médio
Péricles Penuel
 
Temas e competências do Enem
Temas e competências do EnemTemas e competências do Enem
Temas e competências do Enem
Eva Rocha
 
Redação nota 1000 no enem 2004
Redação nota 1000 no enem 2004Redação nota 1000 no enem 2004
Redação nota 1000 no enem 2004
ma.no.el.ne.ves
 
folha de redacao
folha de redacaofolha de redacao
folha de redacao
Andrei Cuzuioc
 

Semelhante a Critérios para correção de redações - ENEM (20)

Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
 
Critério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enemCritério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enem
 
competências do enem.pptx
competências do enem.pptxcompetências do enem.pptx
competências do enem.pptx
 
Enem
EnemEnem
Enem
 
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
 
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
 
Guia de redação do enem
Guia de redação do enemGuia de redação do enem
Guia de redação do enem
 
Critérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibularesCritérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibulares
 
Conheça a grade de correção da redação do ENEM
Conheça a grade de correção da redação do ENEMConheça a grade de correção da redação do ENEM
Conheça a grade de correção da redação do ENEM
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 
Redacao enem - 3 anos 2013
Redacao   enem - 3 anos 2013Redacao   enem - 3 anos 2013
Redacao enem - 3 anos 2013
 
Redação
RedaçãoRedação
Redação
 
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redaçãoSoda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
Soda pdf converted-1- enem - língua portuguesa - a redação
 
Parâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médioParâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médio
 
Parâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médioParâmetros de correção ensino médio
Parâmetros de correção ensino médio
 
Temas e competências do Enem
Temas e competências do EnemTemas e competências do Enem
Temas e competências do Enem
 
Redação nota 1000 no enem 2004
Redação nota 1000 no enem 2004Redação nota 1000 no enem 2004
Redação nota 1000 no enem 2004
 
folha de redacao
folha de redacaofolha de redacao
folha de redacao
 

Último

O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
Manuais Formação
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 

Critérios para correção de redações - ENEM

  • 1. Apresentação criada pelo Prof. Francisco Muniz Iniciar
  • 2. competência I – Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. Zero 40 80 120 160 200
  • 3. competência I – Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. Zero 40 80 120 160 200 Demonstra desconhecimento da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.
  • 4. competência I – Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. Demonstra domínio precário da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa, de forma sistemática, com diversificados e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Zero 40 80 120 160 200
  • 5. competência I – Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. Demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Zero 40 80 120 160 200
  • 6. competência I – Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. Demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita. Zero 40 80 120 160 200
  • 7. Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita. Zero 40 80 120 160 200 competência I – Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.
  • 8. competência I – Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. Demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizem reincidência. Zero 40 80 120 160 200
  • 9. Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo. Zero 40 80 120 160 200
  • 10. Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo. Fuga ao tema/não atendimento à estrutura dissertativo-argumentativa. Zero 40 80 120 160 200
  • 11. Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo. Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais. Zero 40 80 120 160 200
  • 12. Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo. Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo- argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão. Zero 40 80 120 160 200
  • 13. Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo. Desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo- argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Zero 40 80 120 160 200
  • 14. Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo. Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Zero 40 80 120 160 200
  • 15. Competência II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo- argumentativo. Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo, e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo. Zero 40 80 120 160 200
  • 16. Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. Zero 40 80 120 160 200
  • 17. Apresenta informações, fatos e opiniões não relacionados ao tema e sem defesa de um ponto de vista. Zero 40 80 120 160 200 Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • 18. Apresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema ou incoerentes e sem defesa de um ponto de vista. Zero 40 80 120 160 200 Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • 19. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores, em defesa de um ponto de vista. Zero 40 80 120 160 200 Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • 20. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista. Zero 40 80 120 160 200 Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • 21. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista. Zero 40 80 120 160 200 Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • 22. Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista. Zero 40 80 120 160 200 Competência III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • 23. Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação. Zero 40 80 120 160 200
  • 24. Ausência de marcas de articulação, resultando em fragmentação das ideias. Zero 40 80 120 160 200 Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
  • 25. Articula as partes do texto de forma precária. Zero 40 80 120 160 200 Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
  • 26. Articula as partes do texto, de forma insuficiente, com muitas inadequações e apresenta repertório limitado de recursos coesivos. Zero 40 80 120 160 200 Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
  • 27. Articula as partes do texto, de forma mediana, com inadequações e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos. Zero 40 80 120 160 200 Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
  • 28. Articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos. Zero 40 80 120 160 200 Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
  • 29. Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos. Zero 40 80 120 160 200 Competência IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação.
  • 30. Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Zero 40 80 120 160 200
  • 31. Não apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao tema ou ao assunto. Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Zero 40 80 120 160 200
  • 32. Apresenta proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao assunto. Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Zero 40 80 120 160 200
  • 33. Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto. Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Zero 40 80 120 160 200
  • 34. Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Zero 40 80 120 160 200
  • 35. Elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Zero 40 80 120 160 200
  • 36. Elabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Competência V – Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Zero 40 80 120 160 200
  • 37. Competências avaliadas I. Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. II. Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. III. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. IV. Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação. V. Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.