SlideShare uma empresa Scribd logo
Com:




                          Níquel Náusea Gatinha e filhotes

Concordância verbal e nominal
    no português padrão

      Concurso para professor efetivo do ensino médio, técnico e tecnológico
                                          Edital no 05/2011 – Santos Dumont
                                             Área: Letras – Inglês e Português

                            CANDIDATA: GISELE FERNANDES LOURES DOMITH
                                                      INSCRIÇÃO 600061
O que vamos ver hoje:

•   O que é concordância.
•   O que é concordância nominal.
•   O que é concordância verbal.
•   O que é concordância ideológica.
•   Conhecer regras gerais e algumas exceções
    dos mecanismos de concordância.
Para começar...




GONSALES, Fernando. Níquel Náusea – Vá pentear macacos! São Paulo: Devir, 1994, p. 29
Comparando as estruturas
“Quando te      vejo, cada partícula do universo se
torna mais viva e cintilante!”



           “As coisa fica brilhenta!”
          As coisas ficam brilhantes!

     EXPRESSÃO DA IDEIA DE PLURAL E A FLEXÃO
       VERBAL= DIFERENTES MECANISMOS NA
         VARIEDADE PADRÃO E INFORMAL
Que tipos de mecanismos são estes?
             Concordância
“Mecanismo através do qual as palavras alteram
    suas terminações para se adequarem
  harmonicamente umas às outras na frase”
       (NICOLA E TERRA, 2005, p. 297)



   Nominal                        Verbal
Concordância nominal
Os          determinantes,          que        são
adjetivos, artigos, numerais adjetivos ou pronomes
adjetivos, alteram suas terminações para se
ajustarem em número e gênero ao determinado
(substantivo, pronome ou numeral substantivo) a
que se referem.

                     Quando te vejo, cada
                    partícula do universo se
                  torna mais viva e cintilante!
Dois casos especiais entre adjetivos e
            substantivos
       Adjetivos pospostos aos substantivos

1. Modificam dois ou mais substantivos: concordam
e gênero e número com o adjetivo mais próximo ou
com os dois.

A ratinha e o rato azul tiveram filhotes.

A ratinha e o rato azuis tiveram filhotes.
Adjetivos antepostos aos substantivos

Concordam em gênero e número com o primeiro
substantivo da sequência

Níquel e Gatinha tiveram lindas ratinhas e ratinhos.

Níquel e Gatinha tiveram lindos ratinhos e ratinhos.
Concordância verbal
“O verbo altera suas desinências
número-pessoais para ajustar-se ao sujeito”.
(TERRA E NICOLA, 2005, p. 297)


 Quando (eu) te vejo, cada
  partícula do universo se
torna mais viva e cintilante!
Alguns casos especiais
Nomes próprios no plural: sem artigo, verbo no
singular; com artigo, verbo no plural.

  Minas Gerais compra quadrinhos do Níquel Náusea.
As minas Gerais compram quadrinhos do Níquel Náusea.


  Férias faz bem, Níquel!
As férias fazem bem, Níquel!
O sujeito é o pronome relativo que

O verbo concorda com o antecedente do
pronome relativo.

Foram Níquel e Gatinha que comeram o queijo.

Mas Níquel é um rato que não come queijo.
Sujeito composto

A regra geral é colocar o verbo no plural.

Níquel, Gatinha e seus filhotes pediram férias
dos quadrinhos.
Sujeito composto posposto ao verbo

O verbo pode concordar com o núcleo mais próximo.

Faltou espaço e quadrinhos para tantos ratinhos.
Concordância ideológica ou silepse



É aquela em que o termo flexionado concorda
em gênero, número ou pessoa associada ao
referente do sujeito da oração.
Concordância ideológica ou silepse
Silepse de número




          Mordam-se de inveja rataria!
            Eu sou o mais famoso!
Silepse de gênero




Vossa Excelência parece preocupada com as
palavras desse rato!
Silepse de pessoa
Convoco
todos os personagens
   de quadrinhos
para reivindicarmos
aumento salarial!!!
Usos da concordância




Recurso para boa textualidade e comunicação
Recurso estilístico, marca da/na linguagem informal
Sintetizando
• Concordância nominal: flexões dos
  determinantes para ajustar-se aos determinados.
• Concordância verbal: flexões do verbo para
  ajustar-se ao sujeito.
• A concordância ideológica ocorre quando a
  flexão verbal concorda com a ideia da palavra
  (seja em número, gênero ou pessoa)
• Usos da concordância: contexto e objetivos da
  comunicação.
Para a(s) próxima(s) aula(s):

• Exercícios;
• continuar o estudo dos casos excepcionais e;
• Analisar diferentes formas de concordância
  em textos
Referência
GONSALES, Fernando. Níquel Náusea. Site com os textos e ilustrações do cartunista
Fernando Gonsales. Disponível em: http://www2.uol.com.br/niquel/. Acesso em
16/03/2012.

GONSALES, Fernando. Níquel Náusea – Vá pentear macacos! São Paulo: Devir, 1994, p. 29

LOURES DOMITH, Gisele Fernandes. Mais sobre concordância. Blog. Disponível em:
http://mpportugues.blogspot.com.br/ . Acesso em 16/03/2012.

TERRA, Ernani; NICOLA, José de. Sintaxe de concordância. In: __________. Português: de
olho no mundo do trabalho. Volume único São Paulo: Scipione, 2005, p. 296-302.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavras
Cláudia Heloísa
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
Jaicinha
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
Péricles Penuel
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
Keu Oliveira
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Carolina Loçasso Pereira
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracao
Sandra Paula
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
whybells
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
Cláudia Heloísa
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
Fábio Guimarães
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
Alice Silva
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
Rita Cunha
 
Objeto direto e indireto
Objeto direto e indiretoObjeto direto e indireto
Objeto direto e indireto
Edgar Filho
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
Bruno Souza de Oliveira
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
ISJ
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
Keu Oliveira
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Daniele Silva
 
Linguagem Formal e Informal
Linguagem Formal e InformalLinguagem Formal e Informal
Linguagem Formal e Informal
Kelvin Illitch Santos
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
Heydy Silva
 
Coesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que sãoCoesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que são
Renally Arruda
 

Mais procurados (20)

Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavras
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracao
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Objeto direto e indireto
Objeto direto e indiretoObjeto direto e indireto
Objeto direto e indireto
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
 
Linguagem Formal e Informal
Linguagem Formal e InformalLinguagem Formal e Informal
Linguagem Formal e Informal
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Coesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que sãoCoesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que são
 

Semelhante a Aula concordância verbal e nominal

Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordância
Walter Mendes
 
Coesão e Corência
Coesão e CorênciaCoesão e Corência
Coesão e Corência
Caio Sanches
 
Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)
Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)
Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)
Abel Lucas
 
Aula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentaçãoAula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentação
Aline Alves
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aline Alves
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
Vilmar Vilaça
 
Sintaxe de concordância
Sintaxe de concordânciaSintaxe de concordância
Sintaxe de concordância
Ewerton Alves
 
Concordância (tudo)
Concordância (tudo)Concordância (tudo)
Concordância (tudo)
professorakathia
 
Português 1
Português 1Português 1
Português 1
Sandra Paula
 
concordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdfconcordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdf
LeneAntonya
 
Fichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_portFichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_port
celina.lajoso
 
Vozes verbais e concordância verbal benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...
Vozes verbais e concordância verbal   benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...Vozes verbais e concordância verbal   benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...
Vozes verbais e concordância verbal benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...
Rosana Wu
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Isabel Sousa
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Blog Estudo
 
EF2_8ano_V4_PF(1).PDF
EF2_8ano_V4_PF(1).PDFEF2_8ano_V4_PF(1).PDF
EF2_8ano_V4_PF(1).PDF
ssuser3646a1
 
Aplicações do Teorema de Pitágoras.pdf
Aplicações do Teorema de Pitágoras.pdfAplicações do Teorema de Pitágoras.pdf
Aplicações do Teorema de Pitágoras.pdf
NayaraSantos343167
 
Casa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeliCasa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeli
marcosdcl
 
Português para concurso
Português para concursoPortuguês para concurso
Português para concursorackgbseason11
 
Casa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeliCasa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeli
Hope Anjo
 
Apostila de Portugues para banca Cesgranrio
Apostila de Portugues para banca CesgranrioApostila de Portugues para banca Cesgranrio
Apostila de Portugues para banca Cesgranrio
Nathalie Vieira
 

Semelhante a Aula concordância verbal e nominal (20)

Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordância
 
Coesão e Corência
Coesão e CorênciaCoesão e Corência
Coesão e Corência
 
Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)
Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)
Apostilanova li nguaportuguesa-teoriaherbert-santos (1)
 
Aula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentaçãoAula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentação
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
 
Sintaxe de concordância
Sintaxe de concordânciaSintaxe de concordância
Sintaxe de concordância
 
Concordância (tudo)
Concordância (tudo)Concordância (tudo)
Concordância (tudo)
 
Português 1
Português 1Português 1
Português 1
 
concordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdfconcordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdf
 
Fichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_portFichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_port
 
Vozes verbais e concordância verbal benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...
Vozes verbais e concordância verbal   benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...Vozes verbais e concordância verbal   benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...
Vozes verbais e concordância verbal benjamin, bernardo, gabriel, guilherme ...
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
EF2_8ano_V4_PF(1).PDF
EF2_8ano_V4_PF(1).PDFEF2_8ano_V4_PF(1).PDF
EF2_8ano_V4_PF(1).PDF
 
Aplicações do Teorema de Pitágoras.pdf
Aplicações do Teorema de Pitágoras.pdfAplicações do Teorema de Pitágoras.pdf
Aplicações do Teorema de Pitágoras.pdf
 
Casa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeliCasa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeli
 
Português para concurso
Português para concursoPortuguês para concurso
Português para concurso
 
Casa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeliCasa bndes-portugues-zambeli
Casa bndes-portugues-zambeli
 
Apostila de Portugues para banca Cesgranrio
Apostila de Portugues para banca CesgranrioApostila de Portugues para banca Cesgranrio
Apostila de Portugues para banca Cesgranrio
 

Último

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 

Último (20)

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 

Aula concordância verbal e nominal

  • 1. Com: Níquel Náusea Gatinha e filhotes Concordância verbal e nominal no português padrão Concurso para professor efetivo do ensino médio, técnico e tecnológico Edital no 05/2011 – Santos Dumont Área: Letras – Inglês e Português CANDIDATA: GISELE FERNANDES LOURES DOMITH INSCRIÇÃO 600061
  • 2. O que vamos ver hoje: • O que é concordância. • O que é concordância nominal. • O que é concordância verbal. • O que é concordância ideológica. • Conhecer regras gerais e algumas exceções dos mecanismos de concordância.
  • 3. Para começar... GONSALES, Fernando. Níquel Náusea – Vá pentear macacos! São Paulo: Devir, 1994, p. 29
  • 4. Comparando as estruturas “Quando te vejo, cada partícula do universo se torna mais viva e cintilante!” “As coisa fica brilhenta!” As coisas ficam brilhantes! EXPRESSÃO DA IDEIA DE PLURAL E A FLEXÃO VERBAL= DIFERENTES MECANISMOS NA VARIEDADE PADRÃO E INFORMAL
  • 5. Que tipos de mecanismos são estes? Concordância “Mecanismo através do qual as palavras alteram suas terminações para se adequarem harmonicamente umas às outras na frase” (NICOLA E TERRA, 2005, p. 297) Nominal Verbal
  • 6. Concordância nominal Os determinantes, que são adjetivos, artigos, numerais adjetivos ou pronomes adjetivos, alteram suas terminações para se ajustarem em número e gênero ao determinado (substantivo, pronome ou numeral substantivo) a que se referem. Quando te vejo, cada partícula do universo se torna mais viva e cintilante!
  • 7. Dois casos especiais entre adjetivos e substantivos Adjetivos pospostos aos substantivos 1. Modificam dois ou mais substantivos: concordam e gênero e número com o adjetivo mais próximo ou com os dois. A ratinha e o rato azul tiveram filhotes. A ratinha e o rato azuis tiveram filhotes.
  • 8. Adjetivos antepostos aos substantivos Concordam em gênero e número com o primeiro substantivo da sequência Níquel e Gatinha tiveram lindas ratinhas e ratinhos. Níquel e Gatinha tiveram lindos ratinhos e ratinhos.
  • 9. Concordância verbal “O verbo altera suas desinências número-pessoais para ajustar-se ao sujeito”. (TERRA E NICOLA, 2005, p. 297) Quando (eu) te vejo, cada partícula do universo se torna mais viva e cintilante!
  • 10. Alguns casos especiais Nomes próprios no plural: sem artigo, verbo no singular; com artigo, verbo no plural. Minas Gerais compra quadrinhos do Níquel Náusea. As minas Gerais compram quadrinhos do Níquel Náusea. Férias faz bem, Níquel! As férias fazem bem, Níquel!
  • 11. O sujeito é o pronome relativo que O verbo concorda com o antecedente do pronome relativo. Foram Níquel e Gatinha que comeram o queijo. Mas Níquel é um rato que não come queijo.
  • 12. Sujeito composto A regra geral é colocar o verbo no plural. Níquel, Gatinha e seus filhotes pediram férias dos quadrinhos.
  • 13. Sujeito composto posposto ao verbo O verbo pode concordar com o núcleo mais próximo. Faltou espaço e quadrinhos para tantos ratinhos.
  • 14. Concordância ideológica ou silepse É aquela em que o termo flexionado concorda em gênero, número ou pessoa associada ao referente do sujeito da oração.
  • 15. Concordância ideológica ou silepse Silepse de número Mordam-se de inveja rataria! Eu sou o mais famoso!
  • 16. Silepse de gênero Vossa Excelência parece preocupada com as palavras desse rato!
  • 17. Silepse de pessoa Convoco todos os personagens de quadrinhos para reivindicarmos aumento salarial!!!
  • 18. Usos da concordância Recurso para boa textualidade e comunicação Recurso estilístico, marca da/na linguagem informal
  • 19. Sintetizando • Concordância nominal: flexões dos determinantes para ajustar-se aos determinados. • Concordância verbal: flexões do verbo para ajustar-se ao sujeito. • A concordância ideológica ocorre quando a flexão verbal concorda com a ideia da palavra (seja em número, gênero ou pessoa) • Usos da concordância: contexto e objetivos da comunicação.
  • 20. Para a(s) próxima(s) aula(s): • Exercícios; • continuar o estudo dos casos excepcionais e; • Analisar diferentes formas de concordância em textos
  • 21. Referência GONSALES, Fernando. Níquel Náusea. Site com os textos e ilustrações do cartunista Fernando Gonsales. Disponível em: http://www2.uol.com.br/niquel/. Acesso em 16/03/2012. GONSALES, Fernando. Níquel Náusea – Vá pentear macacos! São Paulo: Devir, 1994, p. 29 LOURES DOMITH, Gisele Fernandes. Mais sobre concordância. Blog. Disponível em: http://mpportugues.blogspot.com.br/ . Acesso em 16/03/2012. TERRA, Ernani; NICOLA, José de. Sintaxe de concordância. In: __________. Português: de olho no mundo do trabalho. Volume único São Paulo: Scipione, 2005, p. 296-302.