Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini

2.142 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.142
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
188
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Critérios de correção da redação do ENEM - Professora Vivian Trombini

  1. 1. Profª Vivian Trombini
  2. 2. Modalidade Gramatical
  3. 3. 200 - Excelente domínio da norma padrão, não apresentando desvios gramaticais. 160 - Bom domínio da norma padrão, com poucos e leves desvios gramaticais.
  4. 4. 120 - Adequado domínio da norma padrão, apresentando alguns desvios gramaticais graves ou muitos desvios leves. 80 - Domínio mediano da norma padrão, apresentando graves ou gravíssimos desvios gramaticais em grande quantidade e marcas de oralidade.
  5. 5. 40 - Insuficiente domínio da norma padrão, apresentando graves e frequentes desvios gramaticais, além de gírias e marcas de oralidade. 00 - Desconhecimento total da norma padrão. Problemas: escolha de registro e de convenções da escrita.
  6. 6. Tema e tipologia
  7. 7. 200 - Leitura complexa:desenvolve muito bem o tema. Excelente domínio da tipologia textual. 160 - Leitura boa: desenvolve, mas não explora os aspectos principais do tema. Bom domínio da tipologia textual.
  8. 8. 120 - Leitura adequada: abordagem superficial do tema, argumentação previsível, domínio adequado da tipologia textual. Ideias do senso comum. 80 - Leitura mediana do tema: tendência ao tangenciamento, argumentação previsível, domínio precário da tipologia textual. Ideias do senso comum, cópias do texto de apoio.
  9. 9. 40 - Leitura tangencial: má interpretação do tema, inadequação da tipologia textual. Repetição de ideias e ausência de argumentação. 00 - Fuga total ao tema proposto ou elabora outra tipologia textual.
  10. 10. Organização textual
  11. 11. 200 - Excelente: explicita a tese, seleciona argumentos pertinentes, elabora conclusão e proposta coerentes à defesa da tese. 160 - Boa: explicita a tese, seleciona argumentos, no entanto, previsíveis, com conclusão e proposta coerentes à defesa da tese.
  12. 12. 120 - Adequada: informações /fatos / opiniões/ argumentos pertinentes ao tema, porém, não são organizados, relacionados de forma consistente. Pouca articulação entre os argumentos, que não são convincentes à defesa da tese. 80 - Mediana: informações /fatos /opiniões/argumentos pouco articulados ou contraditórios, embora pertinentes ao tema. Uso de argumentos do texto de apoio.
  13. 13. 40 - Insuficiente: sem defesa do ponto de vista. Informações/fatos/opiniões/argume ntos pouco relacionados ao tema e também entre si. Sem coerência. 00 - Informações/fatos/opiniões/ argumentos incoerentes ou não apresenta ponto de vista.
  14. 14. Coesão
  15. 15. 200 - Marcas coesivas ótimas: elementos coesivos empregados adequadamente. 160 - Marcas coesivas boas: poucas inadequações na utilização de recursos coesivos.
  16. 16. 120 - Marcas coesivas regulares: poucos elementos coesivos e/ou eventuais desvios, como: frases fragmentadas, paragrafação imprecisa. 80 - Pouco domínio dos recursos coesivos: poderá conter desvios como frases fragmentadas que comprometem a estrutura lógico-gramatical, ausência de parágrafos, emprego inadequado do conector.
  17. 17. 40 - Marcas coesivas mínimas: não articula ou articula de forma precária as partes do texto, com graves e frequentes desvios de coesão, como problemas de articulação de ideias, má utilização de recursos coesivos, repetição de palavras... 00 - Informações desconexas, que não se configuram como texto.
  18. 18. Proposta de intervenção
  19. 19. 200 - Proposta clara e inovadora relacionada à tese. São explicitados os meios para realizá-la. 160 - Proposta clara relacionada à tese. São explicitados os meios para realizá-la.
  20. 20. 120 - Proposta relacionada ao tema, mas pouco articulada à discussão. Com meios para realizá-la. 80 - Proposta relacionada ao tema de forma precária, não articulada com a discussão, ou com o desenvolvimento precário dos meios para realizá-la.
  21. 21. 40 - Proposta tangencial ao tema ou subentendida no desenvolvimento da argumentação. 00 - Ausência da proposta de intervenção.

×