SlideShare uma empresa Scribd logo
CH3 C
O
CH3
C
CH3
O
C
O
acetona acetofenona
benzofenona
 Use o nome comum do ácido.
 Deixe cair o ácido -ic e adicione -aldeído.
• 1 C: ácido fórmico, formaldeído
• 2 C’s: ácido acético, acetaldeído
• 3 C’s: ácido propiónico, propionaldeído
• 4 C’s: ácido butírico, butiraldeído.
 Carbono tem hibridação sp2
.
 Ligação C=O é mais pequena, forte e mais
polar que a ligação C=C dos alcenos.
Oxigénio é mais electronegativo
que o carbono; portanto, o
ligação carbono–oxigénio é polar:
C O
H
H
δ−δ+
 Atracções dípolo–dípolo
• Aldeídos e cetonas têm pontos de ebulição e de fusão superiores
aos hidrocarbonetos de pesos moleculares semelhantes:
2 Moléculas
de acetona
 Ligações de hidrogénio
• Par de electrões não ligantes do oxigénio podem participar na
ligação de hidrogénio mas não podem formar ligações de
hidrogénio com outra molécula igual.
• Pontos de fusão e de ebulição tendem a ser inferiores aos
álcoois de pesos moleculares semelhantes.
H O
H
O
C
 Mais polar, portanto ponto de ebulição mais elevado que éteres e
alcanos comparáveis.
 Não podem formar pontes de hidrogénio entre si o que diminui o
ponto de ebulição comparativamente aos álcoois.
 Bom solvente para álcoois.
 O par de electrões do oxigénio do carbonilo
pode aceitar a ligação do hidrogénio do grupo
O-H ou N-H.
 Acetona e acetaldeído são misciveis com a
água.
 Oxidação
•Álcool 2° + Na2Cr2O7 → cetona
•Álcool 1° + PCC → aldeído
Um Grignard ou reagente organolium ataca o
carbono do nitrila.
O sal imino é então hidrolizado para formar a
cetona.
H3O
+
CH3CH2MgBr +
C N
ether
C
CH2CH3
N MgBr
C
CH2CH3
O
 Um nucleófilo forte ataca o carbono do carbonilo formando um ião
alcóxido que depois é protonado.
 Um nucleófilo fraco ataca o carbonilo que foi protonado aumentando
assim a sua reactividade.
 Aldeídos são mais reactivos que as cetonas.
 Em ácido, água é o nucleófilo.
 Em base, hidróxido é o nucleófilo.
 Aldeídos são mais electrofílicos dado que têm menos
grupos alquilo como doadores de electrões.
K = 2000
C
H H
HO
OH
H2O+
H
C
O
H
K = 0.002
C
CH3 CH3
HO
OH
H2O+
CH3
C
O
CH3
 HCN é altamente tóxico.
 Use NaCN ou KCN em base para adicionar o cianeto
depois protone o oxigénio
 Reactividade do formaldeído > aldeídos > cetonas >>
cetonas volumosas.
CH3CH2
C
O
CH3 + C
CH3CH2 CH3
HO
CN
HCN
 Adição nucleofílica da amónia ou amina primária,
seguido de eliminação da molécula de água.
 C=O torna-se C=N-R
C O
H3C
Ph
RNH2
C
CH3
O
Ph
H2N
R
+
_ C
CH3
OH
Ph
N
R
H
C
CH3
Ph
N
R
C
CH3
OH
Ph
N
R
H
 A perda de água é catalisada por ácido, mas o ácido
destrói os nucleófilos.
 NH3 + H+
→ NH4
+
(não é nucleófilo)
 pH óptimo é cerca de 4.5
=>
 Tem que ser catalisada por ácido.
 Adição de H+
ao carbonilo torna-o mais reactivo com
um nucleófilo fraco, ROH.
 Hemiacetal forma-se primeiro depois a catálise ácida
perde a água, depois da segunda molécula de ROH
forma o acetal.
 Todos os passos são reversiveis.
OH
+
+ OH
H+
O
HO OCH3
+
HO OCH3
H
HOCH3
OH
+ HOCH3
H2OCH3+
+
+
OCH3HO OCH3
H
+
H+
HO OCH3
HOH+
OCH3CH3OOCH3CH3O
H
+
OCH3
+
HOCH3
HOCH3
Fácilmente oxida a ácido carboxilico.
 Borohidreto de sódio, NaBH4, reduz o C=O, mas não o
C=C.
 Hidreto de aluminio e litio, LiAlH4, mais forte e dificil
de lidar.
 O hidrogénio gasoso com catalisador também reduz a
ligação C=C.
 Largamente utilizada na indústria.
 Raney níquel finamente dividido e saturado com
hidrogénio gasoso.
 Pt e Rh também usado como catalisador.
O
Raney Ni
OH
H
Aldeidos e cetonas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e DerivadosReações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
José Nunes da Silva Jr.
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
Hidrocarbonetos
HidrocarbonetosHidrocarbonetos
Hidrocarbonetos
anderson85lima
 
Reações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e CetonasReações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e Cetonas
José Nunes da Silva Jr.
 
Compostos de coordenação
Compostos de coordenaçãoCompostos de coordenação
Compostos de coordenação
Larissa Cadorin
 
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e AlcinosReações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
José Nunes da Silva Jr.
 
Introdução à química orgânica
Introdução à química orgânicaIntrodução à química orgânica
Introdução à química orgânica
Maria Naves Ribeiro Lopes
 
Aldeídos e cetonas
Aldeídos e cetonasAldeídos e cetonas
Aldeídos e cetonas
Ivaldo Nascimento
 
Hidrocarbonetos
HidrocarbonetosHidrocarbonetos
Hidrocarbonetos
Josenildo Vasconcelos
 
ALCOOL
ALCOOLALCOOL
ALCOOL
Kaires Braga
 
Aula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílicaAula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílica
Gustavo Silveira
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - Introdução
Ricardo Stefani
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Adrianne Mendonça
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Carlos Priante
 
Hidrocarboneto
HidrocarbonetoHidrocarboneto
Hidrocarboneto
kaliandra Lisboa
 
Reações orgânicas
Reações orgânicasReações orgânicas
Reações orgânicas
paramore146
 
Funções nitrogenadas
Funções nitrogenadasFunções nitrogenadas
Funções nitrogenadas
Rosbergue Lúcio
 
Aldeídos e-cetonas pronto-3a1
Aldeídos e-cetonas pronto-3a1Aldeídos e-cetonas pronto-3a1
Aldeídos e-cetonas pronto-3a1
EEB Francisco Mazzola
 
Estudo dos hidrocarbonetos
Estudo dos hidrocarbonetos Estudo dos hidrocarbonetos
Estudo dos hidrocarbonetos
Manuel Vicente
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
Adrianne Mendonça
 

Mais procurados (20)

Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e DerivadosReações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
 
Hidrocarbonetos
HidrocarbonetosHidrocarbonetos
Hidrocarbonetos
 
Reações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e CetonasReações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e Cetonas
 
Compostos de coordenação
Compostos de coordenaçãoCompostos de coordenação
Compostos de coordenação
 
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e AlcinosReações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
 
Introdução à química orgânica
Introdução à química orgânicaIntrodução à química orgânica
Introdução à química orgânica
 
Aldeídos e cetonas
Aldeídos e cetonasAldeídos e cetonas
Aldeídos e cetonas
 
Hidrocarbonetos
HidrocarbonetosHidrocarbonetos
Hidrocarbonetos
 
ALCOOL
ALCOOLALCOOL
ALCOOL
 
Aula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílicaAula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílica
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - Introdução
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
 
Hidrocarboneto
HidrocarbonetoHidrocarboneto
Hidrocarboneto
 
Reações orgânicas
Reações orgânicasReações orgânicas
Reações orgânicas
 
Funções nitrogenadas
Funções nitrogenadasFunções nitrogenadas
Funções nitrogenadas
 
Aldeídos e-cetonas pronto-3a1
Aldeídos e-cetonas pronto-3a1Aldeídos e-cetonas pronto-3a1
Aldeídos e-cetonas pronto-3a1
 
Estudo dos hidrocarbonetos
Estudo dos hidrocarbonetos Estudo dos hidrocarbonetos
Estudo dos hidrocarbonetos
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
 

Destaque

Aldeidos e Cetonas
Aldeidos e CetonasAldeidos e Cetonas
Aldeidos e Cetonas
Kaires Braga
 
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo AulasQuímica Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Vídeo Aulas Apoio
 
Aldeidos e cetonas
Aldeidos e cetonasAldeidos e cetonas
Aldeidos e cetonas
Teo EMi
 
áLcoois
áLcooisáLcoois
áLcoois
Álvaro Junior
 
Funções oxigenadas- Aldeídos e Cetonas
Funções oxigenadas- Aldeídos e CetonasFunções oxigenadas- Aldeídos e Cetonas
Funções oxigenadas- Aldeídos e Cetonas
Dienifer Klein
 
Aula 7 reação de alcenos
Aula 7   reação de alcenosAula 7   reação de alcenos
Aula 7 reação de alcenos
day ....
 
Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1 Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1
Manuel Vicente
 
Funções organicas aldeído- cetona.... erica
Funções organicas   aldeído- cetona.... ericaFunções organicas   aldeído- cetona.... erica
Funções organicas aldeído- cetona.... erica
kekaquimica
 
Alcoois
AlcooisAlcoois
ALDEÍDOS
ALDEÍDOSALDEÍDOS
Reação de adição
Reação de adiçãoReação de adição
Reação de adição
jorgehenriqueangelim
 
Haletos de alquila: reações de substituição nucleofílica
Haletos de alquila: reações de substituição nucleofílicaHaletos de alquila: reações de substituição nucleofílica
Haletos de alquila: reações de substituição nucleofílica
Eduardo Macedo
 
Química Orgânica - Função Álcool
Química Orgânica - Função ÁlcoolQuímica Orgânica - Função Álcool
Química Orgânica - Função Álcool
Jamille Lisboa
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
Paulo Filho
 

Destaque (14)

Aldeidos e Cetonas
Aldeidos e CetonasAldeidos e Cetonas
Aldeidos e Cetonas
 
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo AulasQuímica Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
 
Aldeidos e cetonas
Aldeidos e cetonasAldeidos e cetonas
Aldeidos e cetonas
 
áLcoois
áLcooisáLcoois
áLcoois
 
Funções oxigenadas- Aldeídos e Cetonas
Funções oxigenadas- Aldeídos e CetonasFunções oxigenadas- Aldeídos e Cetonas
Funções oxigenadas- Aldeídos e Cetonas
 
Aula 7 reação de alcenos
Aula 7   reação de alcenosAula 7   reação de alcenos
Aula 7 reação de alcenos
 
Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1 Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1
 
Funções organicas aldeído- cetona.... erica
Funções organicas   aldeído- cetona.... ericaFunções organicas   aldeído- cetona.... erica
Funções organicas aldeído- cetona.... erica
 
Alcoois
AlcooisAlcoois
Alcoois
 
ALDEÍDOS
ALDEÍDOSALDEÍDOS
ALDEÍDOS
 
Reação de adição
Reação de adiçãoReação de adição
Reação de adição
 
Haletos de alquila: reações de substituição nucleofílica
Haletos de alquila: reações de substituição nucleofílicaHaletos de alquila: reações de substituição nucleofílica
Haletos de alquila: reações de substituição nucleofílica
 
Química Orgânica - Função Álcool
Química Orgânica - Função ÁlcoolQuímica Orgânica - Função Álcool
Química Orgânica - Função Álcool
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 

Semelhante a Aldeidos e cetonas

Aldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hbAldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hb
Naidilene Aguilar
 
Aula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdf
Aula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdfAula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdf
Aula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdf
YonsLucas
 
Reações de oxidação
Reações de oxidaçãoReações de oxidação
Reações de oxidação
Adrianne Mendonça
 
Estudo da Familia dos alcinos
Estudo da Familia dos alcinosEstudo da Familia dos alcinos
Estudo da Familia dos alcinos
Manuel Vicente
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
Carlos Priante
 
006 estudo dos alcinos
006 estudo dos alcinos006 estudo dos alcinos
006 estudo dos alcinos
Manuel da Mata Vicente
 
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícosAlcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Matheeus Abreeu
 
Apostila de compostos aromáticos
Apostila de compostos aromáticosApostila de compostos aromáticos
Apostila de compostos aromáticos
carlosrbd
 
Aula 2 funções orgânicas.
Aula 2   funções orgânicas.Aula 2   funções orgânicas.
Aula 2 funções orgânicas.
Ajudar Pessoas
 
LISTA HIDROGÊNIO .pdf
LISTA HIDROGÊNIO .pdfLISTA HIDROGÊNIO .pdf
LISTA HIDROGÊNIO .pdf
Santos Raimundo
 
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
Joana Figueredo
 
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
Joana Figueredo
 
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
Joana Figueredo
 
Polígrafo orgânica (resumido)
Polígrafo orgânica (resumido)Polígrafo orgânica (resumido)
Química orgânica iii
Química orgânica iiiQuímica orgânica iii
Química orgânica iii
sabinosilva
 
Cidos e_bases
 Cidos e_bases Cidos e_bases
Cidos e_bases
Mardonio Marques
 
Reações orgânicas em power point
Reações orgânicas em power pointReações orgânicas em power point
Reações orgânicas em power point
JulianaGimenes
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânica
Profª Alda Ernestina
 
Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009
Antonio Matusse
 
Aula 4
Aula 4Aula 4

Semelhante a Aldeidos e cetonas (20)

Aldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hbAldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hb
 
Aula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdf
Aula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdfAula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdf
Aula 15 Aldeidos e Cetonas PDF.pdf
 
Reações de oxidação
Reações de oxidaçãoReações de oxidação
Reações de oxidação
 
Estudo da Familia dos alcinos
Estudo da Familia dos alcinosEstudo da Familia dos alcinos
Estudo da Familia dos alcinos
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
 
006 estudo dos alcinos
006 estudo dos alcinos006 estudo dos alcinos
006 estudo dos alcinos
 
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícosAlcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
 
Apostila de compostos aromáticos
Apostila de compostos aromáticosApostila de compostos aromáticos
Apostila de compostos aromáticos
 
Aula 2 funções orgânicas.
Aula 2   funções orgânicas.Aula 2   funções orgânicas.
Aula 2 funções orgânicas.
 
LISTA HIDROGÊNIO .pdf
LISTA HIDROGÊNIO .pdfLISTA HIDROGÊNIO .pdf
LISTA HIDROGÊNIO .pdf
 
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
 
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
 
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
 
Polígrafo orgânica (resumido)
Polígrafo orgânica (resumido)Polígrafo orgânica (resumido)
Polígrafo orgânica (resumido)
 
Química orgânica iii
Química orgânica iiiQuímica orgânica iii
Química orgânica iii
 
Cidos e_bases
 Cidos e_bases Cidos e_bases
Cidos e_bases
 
Reações orgânicas em power point
Reações orgânicas em power pointReações orgânicas em power point
Reações orgânicas em power point
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânica
 
Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009
 
Aula 4
Aula 4Aula 4
Aula 4
 

Mais de Adrianne Mendonça

Lei de hess
Lei de hessLei de hess
Lei de hess
Adrianne Mendonça
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclear
Adrianne Mendonça
 
Ponto crítico de uma função derivável
Ponto crítico de uma função derivávelPonto crítico de uma função derivável
Ponto crítico de uma função derivável
Adrianne Mendonça
 
Cálculo (DERIVADAS)
Cálculo (DERIVADAS)Cálculo (DERIVADAS)
Cálculo (DERIVADAS)
Adrianne Mendonça
 
Alzheimer ppt
Alzheimer pptAlzheimer ppt
Alzheimer ppt
Adrianne Mendonça
 
Determinação de calcio no leite
Determinação de  calcio no leiteDeterminação de  calcio no leite
Determinação de calcio no leite
Adrianne Mendonça
 
Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTA
Adrianne Mendonça
 
Cnidários ou celenterados
Cnidários  ou  celenteradosCnidários  ou  celenterados
Cnidários ou celenterados
Adrianne Mendonça
 
Biologia molecular bioquímica (compostos inorgânicos)
Biologia molecular   bioquímica (compostos inorgânicos)Biologia molecular   bioquímica (compostos inorgânicos)
Biologia molecular bioquímica (compostos inorgânicos)
Adrianne Mendonça
 
Anagramas
AnagramasAnagramas
Produto de solubilidade
Produto de solubilidadeProduto de solubilidade
Produto de solubilidade
Adrianne Mendonça
 
Reaçoes quimicas
Reaçoes quimicasReaçoes quimicas
Reaçoes quimicas
Adrianne Mendonça
 
Matemática financeira
Matemática financeiraMatemática financeira
Matemática financeira
Adrianne Mendonça
 
Tecido ósseo pdf
Tecido ósseo pdfTecido ósseo pdf
Tecido ósseo pdf
Adrianne Mendonça
 
Ciclos biogeoquímicos pdf
Ciclos biogeoquímicos pdfCiclos biogeoquímicos pdf
Ciclos biogeoquímicos pdf
Adrianne Mendonça
 
Relações ecológicas
Relações ecológicasRelações ecológicas
Relações ecológicas
Adrianne Mendonça
 
Equilíbrio químico
Equilíbrio químicoEquilíbrio químico
Equilíbrio químico
Adrianne Mendonça
 
Mruv – exercícios
Mruv – exercíciosMruv – exercícios
Mruv – exercícios
Adrianne Mendonça
 
Química orgânica módulo 2
Química  orgânica módulo 2Química  orgânica módulo 2
Química orgânica módulo 2
Adrianne Mendonça
 
Química orgânica módulo 1
Química  orgânica  módulo 1Química  orgânica  módulo 1
Química orgânica módulo 1
Adrianne Mendonça
 

Mais de Adrianne Mendonça (20)

Lei de hess
Lei de hessLei de hess
Lei de hess
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclear
 
Ponto crítico de uma função derivável
Ponto crítico de uma função derivávelPonto crítico de uma função derivável
Ponto crítico de uma função derivável
 
Cálculo (DERIVADAS)
Cálculo (DERIVADAS)Cálculo (DERIVADAS)
Cálculo (DERIVADAS)
 
Alzheimer ppt
Alzheimer pptAlzheimer ppt
Alzheimer ppt
 
Determinação de calcio no leite
Determinação de  calcio no leiteDeterminação de  calcio no leite
Determinação de calcio no leite
 
Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTA
 
Cnidários ou celenterados
Cnidários  ou  celenteradosCnidários  ou  celenterados
Cnidários ou celenterados
 
Biologia molecular bioquímica (compostos inorgânicos)
Biologia molecular   bioquímica (compostos inorgânicos)Biologia molecular   bioquímica (compostos inorgânicos)
Biologia molecular bioquímica (compostos inorgânicos)
 
Anagramas
AnagramasAnagramas
Anagramas
 
Produto de solubilidade
Produto de solubilidadeProduto de solubilidade
Produto de solubilidade
 
Reaçoes quimicas
Reaçoes quimicasReaçoes quimicas
Reaçoes quimicas
 
Matemática financeira
Matemática financeiraMatemática financeira
Matemática financeira
 
Tecido ósseo pdf
Tecido ósseo pdfTecido ósseo pdf
Tecido ósseo pdf
 
Ciclos biogeoquímicos pdf
Ciclos biogeoquímicos pdfCiclos biogeoquímicos pdf
Ciclos biogeoquímicos pdf
 
Relações ecológicas
Relações ecológicasRelações ecológicas
Relações ecológicas
 
Equilíbrio químico
Equilíbrio químicoEquilíbrio químico
Equilíbrio químico
 
Mruv – exercícios
Mruv – exercíciosMruv – exercícios
Mruv – exercícios
 
Química orgânica módulo 2
Química  orgânica módulo 2Química  orgânica módulo 2
Química orgânica módulo 2
 
Química orgânica módulo 1
Química  orgânica  módulo 1Química  orgânica  módulo 1
Química orgânica módulo 1
 

Último

497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 

Último (20)

497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 

Aldeidos e cetonas

  • 1.
  • 3.  Use o nome comum do ácido.  Deixe cair o ácido -ic e adicione -aldeído. • 1 C: ácido fórmico, formaldeído • 2 C’s: ácido acético, acetaldeído • 3 C’s: ácido propiónico, propionaldeído • 4 C’s: ácido butírico, butiraldeído.
  • 4.  Carbono tem hibridação sp2 .  Ligação C=O é mais pequena, forte e mais polar que a ligação C=C dos alcenos.
  • 5. Oxigénio é mais electronegativo que o carbono; portanto, o ligação carbono–oxigénio é polar: C O H H δ−δ+
  • 6.  Atracções dípolo–dípolo • Aldeídos e cetonas têm pontos de ebulição e de fusão superiores aos hidrocarbonetos de pesos moleculares semelhantes: 2 Moléculas de acetona
  • 7.  Ligações de hidrogénio • Par de electrões não ligantes do oxigénio podem participar na ligação de hidrogénio mas não podem formar ligações de hidrogénio com outra molécula igual. • Pontos de fusão e de ebulição tendem a ser inferiores aos álcoois de pesos moleculares semelhantes. H O H O C
  • 8.  Mais polar, portanto ponto de ebulição mais elevado que éteres e alcanos comparáveis.  Não podem formar pontes de hidrogénio entre si o que diminui o ponto de ebulição comparativamente aos álcoois.
  • 9.  Bom solvente para álcoois.  O par de electrões do oxigénio do carbonilo pode aceitar a ligação do hidrogénio do grupo O-H ou N-H.  Acetona e acetaldeído são misciveis com a água.
  • 10.  Oxidação •Álcool 2° + Na2Cr2O7 → cetona •Álcool 1° + PCC → aldeído
  • 11. Um Grignard ou reagente organolium ataca o carbono do nitrila. O sal imino é então hidrolizado para formar a cetona. H3O + CH3CH2MgBr + C N ether C CH2CH3 N MgBr C CH2CH3 O
  • 12.
  • 13.  Um nucleófilo forte ataca o carbono do carbonilo formando um ião alcóxido que depois é protonado.  Um nucleófilo fraco ataca o carbonilo que foi protonado aumentando assim a sua reactividade.  Aldeídos são mais reactivos que as cetonas.
  • 14.  Em ácido, água é o nucleófilo.  Em base, hidróxido é o nucleófilo.  Aldeídos são mais electrofílicos dado que têm menos grupos alquilo como doadores de electrões. K = 2000 C H H HO OH H2O+ H C O H K = 0.002 C CH3 CH3 HO OH H2O+ CH3 C O CH3
  • 15.  HCN é altamente tóxico.  Use NaCN ou KCN em base para adicionar o cianeto depois protone o oxigénio  Reactividade do formaldeído > aldeídos > cetonas >> cetonas volumosas. CH3CH2 C O CH3 + C CH3CH2 CH3 HO CN HCN
  • 16.  Adição nucleofílica da amónia ou amina primária, seguido de eliminação da molécula de água.  C=O torna-se C=N-R C O H3C Ph RNH2 C CH3 O Ph H2N R + _ C CH3 OH Ph N R H C CH3 Ph N R C CH3 OH Ph N R H
  • 17.  A perda de água é catalisada por ácido, mas o ácido destrói os nucleófilos.  NH3 + H+ → NH4 + (não é nucleófilo)  pH óptimo é cerca de 4.5
  • 18. =>
  • 19.
  • 20.  Tem que ser catalisada por ácido.  Adição de H+ ao carbonilo torna-o mais reactivo com um nucleófilo fraco, ROH.  Hemiacetal forma-se primeiro depois a catálise ácida perde a água, depois da segunda molécula de ROH forma o acetal.  Todos os passos são reversiveis.
  • 21. OH + + OH H+ O HO OCH3 + HO OCH3 H HOCH3 OH + HOCH3 H2OCH3+ +
  • 23. Fácilmente oxida a ácido carboxilico.
  • 24.  Borohidreto de sódio, NaBH4, reduz o C=O, mas não o C=C.  Hidreto de aluminio e litio, LiAlH4, mais forte e dificil de lidar.  O hidrogénio gasoso com catalisador também reduz a ligação C=C.
  • 25.  Largamente utilizada na indústria.  Raney níquel finamente dividido e saturado com hidrogénio gasoso.  Pt e Rh também usado como catalisador. O Raney Ni OH H