Ipatinga gp03-pmo-criativaconsultoria

815 visualizações

Publicada em

Anderson Silva Almeida, Juliano Chaves Cunha, Ricardo Martins de Oliveira, Wilson Lopes Carvalho

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Introdução: ok;
    Objetivo do PE: ok;
    Identificação: ok;
    Categorização: ok;
    Avaliação: sugere-se explicar o motivo dos pesos adotados aos critérios;
    Seleção: ok;
    Priorização: ok;
    Balanceamento: no gráfico de bolhas não ficou explicitado claramente o balanceamento;
    Rebalanceamento: item não contemplado claramente no trabalho;
    Resultado final: ok;
    Benefícios do PMO: ok;
    Foco de implementação: ok;
    Função do PMO: ok;
    Modelo de PMO: ok;
    Nível hierárquico: ;
    Profissionais: ok;
    Etapas de implementação: sugere-se justificar as etapas;
    Métricas: ok;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
815
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
165
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ipatinga gp03-pmo-criativaconsultoria

  1. 1. MBA em Gerenciamento de ProjetosProject Office e Nível de Maturidade 36046852 Anderson Silva Almeida Juliano Chaves Cunha Ricardo Martins de Oliveira Wilson Lopes Carvalho GP03 – Ipatinga, MG MAIO 2012
  2. 2. A CRIATIVA CONSULTORIAEmpresa com mais de 10 anos de experiência em consultoria em GERENCIAMENTO DE PROJETOS;Possui clientes em 5 continentes;Especializada na implantação de PMOs e no gerenciamento de portifólios em grandes organizações.
  3. 3. A CRIATIVA CONSULTORIA
  4. 4. ObjetivosDefinir quais programas e projetos devem ser estabelecidos para que sejam alcançados os objetivos do planejamento estratégico;Avaliar o nível de maturidade de LISARB no Gerenciamento de Projetos;Apresentar proposta para implantação de um PMO, mostrando os seus benefícios.
  5. 5. Projetos selecionadosCom base nos objetivos do planejamento estratégico, os projetos foram selecionados.1. Aliança por um Lisarb mais justo Lisarb Justo, Igualdade Já2. Política cidadã baseada em princípios e valores Lisarb Ética, Canal Aberto, Lisarb Legal, Progredir
  6. 6. Projetos selecionados3. Educação para a sociedade do conhecimento Educar 10, Cidadão para o Mundo4. Economia para uma sociedade sustentável Ciclo de vida, Evolução Sólida5. Proteção social Segurança Máxima, Droga Zero, SegVida
  7. 7. Projetos selecionados6. Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos Sustenta Lisarb, Força Tarefa, Hospitalisarb, Life, Mortalidade Zero, Saúde Nota 107. Cultura e fortalecimento da diversidade Cultura, Resgate Cultural8. Política externa para o século 21 Lisarb de Todos, Lisarb em Paz
  8. 8. Projetos selecionados9. Combate à corrupção Transparência Lisarb, Corrupção Abaixo de Zero
  9. 9. Projetos categorizadosOs projetos foram divididos em 6 categorias, de acordo com os objetivos do planejamento estratégico Política; Economia; Cultura; Desenvolvimento; Saúde; Segurança e Justiça
  10. 10. Projetos categorizadosCategoria: PolíticaCorrupção Abaixo de ZeroLisarb ÉticaCanal AbertoLisarb LegalTransparência Lisarb
  11. 11. Projetos categorizadosCategoria: EconomiaSustenta LisarbEvolução SólidaCiclo da Vida
  12. 12. Projetos categorizadosCategoria: CulturaCulturaResgate Cultural
  13. 13. Projetos categorizadosCategoria: DesenvolvimentoCidadão para o MundoEducação 10ProgredirLisarb de TodosIgualdade Já
  14. 14. Projetos categorizadosCategoria: SaúdeLifeHospitalizarbMortalidade ZeroSaúde Nota 10
  15. 15. Projetos categorizadosCategoria: Segurança e JustiçaLisarb em PazDroga ZeroLisarb JustoSegurança MáximaForça TarefaSegVida
  16. 16. Critérios de AvaliaçãoOs projetos foram avaliados segundo três critérios: ROI: retorno do investimento Impacto para a sociedade Relação custo/benefício
  17. 17. Critérios de AvaliaçãoCada projeto recebe uma nota de 1 a 10 para cada critério, sendo que cada um tem um peso: Critério Peso ROI 20% Custo/Benefício 40% Impacto 40%
  18. 18. Critérios de SeleçãoSomente projetos com nota maior 7,5;No mínimo, um projeto de cada categoria, sendo, no máximo, 12 projetos;Balanceamento feito com base: ROI; Impacto para a sociedade; Custo benefício
  19. 19. Projetos Selecionados PROJETO ROI IMPACTO CUSTO / BENEFÍCIO NOTAP1 Corrupção Abaixo de Zero 1 2,8 3,7 7,5P6 Sustenta Lisarb 2 2 3,5 7,5P7 Evolução Sólida 2 2,7 2,8 7,5P9 Cultura 0,6 3 3,9 7,5P11 Cidadão para o Mundo 1,5 2,4 3,8 7,7P12 Educar 10 2 3,2 3 8,2P19 Saúde Nota 10 1,7 3 3,6 8,3P20 Lisarb em Paz 1,6 3,9 3,9 9,4P22 Droga Zero 1,2 3,7 3,6 8,5P24 Lisarb Justo 0,9 3,2 3,4 7,5P25 SegVida 1,4 3,1 3 7,5
  20. 20. Priorização
  21. 21. Nível de Maturidade de LISARBMede a maturidade de uma organização quanto ao Gerenciamento de Projetos;Medição através de pesquisa sobre vários aspectos;Nível de maturidade em LISARB: 2 LINGUAGEM COMUM
  22. 22. Nível de Maturidade de LISARB LINGUAGEM COMUMConhecimentos: BÁSICOSMetodologia: TENTATIVAS ISOLADASInformatização: TENTATIVAS ISOLADASEstrutura Organizacional: NÃO HÁRelacionamentos Humanos: ALGUM AVANÇOAlinhamento com Estratégicas: NÃO HÁ
  23. 23. Project Management Office – PMOEscritório de gerencimento de projetos (programas e portifólio);Centraliza e coordena o gerenciamento dos projetos sob seu domínio;Alinha estrategicamente projetos com os objetivos do país.
  24. 24. PMO – BenefíciosMelhoria na performance dos projetos;Consolidação de dados;Gerenciamento das expectativas dos stakeholders;Transferência de conhecimento;Gerenciamento da complexidade e/ou volume de projetos;Gerenciamento da escassez de recursos;Ponto focal do Gerenciamento de Projetos.
  25. 25. PMO – Foco de Implementação COMMUNICATIONS – COMUNICAÇÃOPMO instalado em nível ESTRATÉGICO ( MINISTERIAL);Alinhar os projetos aos objetivos estratégicos de LISARB;Visão da “organização” LISARB como um todo.
  26. 26. PMO – Funções INTEGRAÇÃO COM O NEGÓCIOUm PMO para lidar com: Políticas; Gerência de portfólio; Interfaces funcionais; Gerência de clientes; Melhoria contínua.
  27. 27. PMO – Funções INTEGRAÇÃO COM O NEGÓCIOFunção escolhida, pois, LISARB necessita de um PMO para: Gerenciar conflitos; Facilitar a tomada de decisões; Ter visão ampla dos projetos e facilita o acesso à informações; Influenciar a probabilidade de atingir objetivos estratégicos.
  28. 28. PMO – Modelo CONTROL TOWER – TORRE DE CONTROLEModelo que trata o Gerenciamento de Projetos como um negócio a ser nutrido e protegido;Desempenha papel de auditoria;Minimiza os “acidentes” com projetos;Padrões: estabelece, dá suporte, reforça e promove melhoria contínua.
  29. 29. PMO – ProfissionaisEquipe composta por 20 profissionais, 8% dedicados full-time e divididos em: Direção Executiva Coordenação de comunicação; Coordenação de mudanças; Coordenação de riscos; Experts em metodologia e treinamento Gestão do conhecimento Suporte administrativo
  30. 30. PMO – Etapas de Implementação
  31. 31. PMO – MétricasIndicadores que medem o sucesso do PMO/ProjetoDevem ter: Representatividade; Simplicidade de coleta; Categorias e pesos; Medidas quantitativas e qualitativas (perceção); Divulgação; Revisões sistemáticas.
  32. 32. PMO – IndicadoresQuantidade de requisições feitas ao PMO: para medir o nível de penetração do PMO na organização;Quantidade de ocorrência de registro e recuperação de informações: para verificar a eficácia do PMO na gestão da informação;Riscos não mapeados;Tempo: % datas finais alteradasEscopoo: quantidade de mudanças e de entregáveis em atraso
  33. 33. Visão GeralPLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
  34. 34. Visão GeralSELEÇÃO DOS PROJETOS
  35. 35. Visão GeralNÍVEL DE MATURIDADE EM GP
  36. 36. Visão GeralPROPOSTA PARA UM PMO EM LISARB
  37. 37. Uma iniciativaGoverno Federal de Lisarb

×