PMO EM LISARB

383 visualizações

Publicada em

Titulo: PMO EM LISARB
Alunos:Vinicius Andreatto,Sandy Belmonte Garcez,Thiago Orbach,
Cidade:
Disciplina:
Turma:
Data:18-03-2014
Hora:01:23
Comentarios:Professor, boa noite!
Anexo o trabalho do Grupo Godinez&Bolonãs da turma PROJ 36 PMO CAMPINAS MARÇO DE 2014.
Na lista acima faltou 2 integrantes do grupo, por gentileza considerar: Rodrigo Militão e Murillo A. Mendonça
Ficando o Grupo constituído por:
Thiago J. Orbach
Rodrigo M. Elias
Murillo A. Mendonça
Sandy B. Garcez
Vinícius A. de Freitas
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
383
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PMO EM LISARB

  1. 1. MBA em Gerenciamento de Projetos Project Office e Nível de Maturidade EQUIPE: Thiago J. Orbach Rodrigo M. Elias Murillo A. Mendonça Sandy B. Garcez Vinícius A. de Freitas Março 2014 Campinas – PROJ. 36
  2. 2. A Godinez&Bolaños foi fundada em 2000, oriunda do ínfimo desejo de seus fundadores em melhorar e otimizar a utilização de recursos e processos no desenvolvimento de APRESENTAÇÃO DA EMPRESA projetos, nos mais variados setores da economia. É reconhecida pelo PMI® como Consultant Registry for Construction Industry.
  3. 3. Orientar o trabalho de implantação e execução de projetos de qualquer natureza utilizando as melhores práticas MISSÃO APRESENTAÇÃO DA EMPRESA disponíveis no mercado para otimizar a utilização de recursos e buscar a excelência nos resultados.
  4. 4. Ser reconhecida como uma das cinco melhores empresas de Consultoria em Gerenciamento de Projetos de Lisarb, até VISÃO APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2020. Ser referência mundial no desenvolvimento de projetos institucionais até 2030.
  5. 5. EQUIPE APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Sandy ThiagoVinícius Rodrigo Murilo
  6. 6. Estabelecer a metodologia e critérios para a seleção de projetos a serem implantados pelo Governo de Lisarb. Os projetos devem englobar características mensuráveis de custo (até R$ 10.000.000,00), prazo de implantação (máximo de 4 anos) , e OBJETIVO DA EMPRESA abrangência (maior parcela possível da população); bem como características intangíveis dos projetos – visibilidade e qualidade percebida. Essas características devem estar relacionadas aos Objetivos Estratégicos definidos pelo Governo de Lisarb.
  7. 7. - Política cidadã baseada em princípios e valores; - Educação para a sociedade do conhecimento; - Economia para uma sociedade sustentável; - Proteção social; OBJETIVO PLANO ESTRATÉGICO DE LISARB - Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos; - Cultura e fortalecimento da diversidade; - Política externa para o século 21; - Combate à corrupção.
  8. 8. PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO Para a identificação dos projetos, levou-se em consideração o atendimento à pelo menos um dos objetivos estratégicos definidos por Lisarb. As categorias foram estabelecidas conforme o relacionamento dos projetos com ministérios já formalmente estabelecidos na hierarquia governamental de Lisarb.
  9. 9. PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO 1. Saúde 1.1 Saúde nota 10 1.2 Doctor House 1.3 Farmácia Cidadã 2. Cultura 2.1 Peça na praça 2.2 Cinemais 2.3 Esporte e Cidadania
  10. 10. PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO 3. Educação 3.1 Universidade para Todos 3.2 Ser diferente é normal 3.3 Saúde da mente 4. Sustentabilidade 4.1 Pense verde 4.2 Ekohouse 4.3 Projeto Carona
  11. 11. PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO 5. Política e Ética 5.1 Ficha Limpa 5.2 Sem Fronteira 5.3 Lisarb Transparente 6. Infraestrutura e energia 6.1 Logística inteligente 6.2 Energia limpa 6.3 Acesso para todos
  12. 12. PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO 7. Defesa 7.1 Protege fronteiras 7.2 Polícia Amiga 7.3 Defesa Civil Mirim
  13. 13. PROJETOS AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. Critério investimento necessário Investimento Total para a implantação do projeto Pontuação Investimento total de R$ 100.000,00 5 Investimento total entre R$ 100.000,00 e R$ 500.000,00 4 Investimento total entre R$ 500.000,00 e R$ 2.000.000,00 3 Investimento total entre R$ 2.000.000,00 e R$ 5.000.000,00 2 Investimento total entre R$ 5.000.000,00 e R$ 10.000.000,00 1 Investimento total acima de R$ 10.000.000,00 0
  14. 14. Marketing (Visibilidade): O projeto é visto por quem? Pontuação 100% da população 5 entre 80 e 100% da população 4 PROJETOS AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2. Critério - Marketing (Visibilidade do projeto) entre 50 e 80% da população 3 entre 30 e 50% da população 2 entre 10 e 30% da população 1 até 10% da população 0
  15. 15. PROJETOS AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 3. Critério - Abrangência do Projeto Abrangência do Projeto - o projeto atende quem? Pontuação 100% da população 5 entre 80 e 100% da população 4entre 80 e 100% da população 4 entre 50 e 80% da população 3 entre 30 e 50% da população 2 entre 10 e 30% da população 1 até 10% da população 0
  16. 16. Tempo para implantação total - quanto tempo para começarem os resultados? Pontuação Até 6 meses 5 Entre 6 meses e 1 ano 4 PROJETOS AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 4. Critério - Tempo de Implantação Entre 6 meses e 1 ano 4 Entre 1 e 2 anos 3 Entre 2 e 3 anos 2 Entre 3 e 4 anos 1 Mais que 4 anos 0
  17. 17. Acréscimo do PIB/ano após implantação Pontuação Acima de 10% 5 Entre 8 e 10% 4 PROJETOS AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 5. Critério - Geração de Renda Entre 5 e 8% 3 Entre 2 e 5% 2 Entre 0 e 2% 1 Não Gera Acréscimo 0
  18. 18. Relativo ao Nível de Aderência aos Objetivos Estratégicos de Lisarb Peso PROJETOS AVALIAÇÃO PESOS DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A determinação de um peso visa garantir a máxima aderência dos projetos aos Objetivos Estratégicos de Lisarb: Atende, direto ou indiretamente, 3 ou mais objetivos do Plano Estratégico 5 Atende direto ou indiretamente, 2 objetivos do Plano Estratégico 3 Atende pelo menos 1 objetivo do Plano Estratégico 1 Não está diretamente ligado à nenhum objetivo do Plano Estratégico 0
  19. 19. PROJETOS SELEÇÃO A seleção dos projetos foi baseada na maior pontuação atingida pelos projetos dentro de cada categoria, sendo escolhido somente o projeto que obteve a maior pontuação dentro de cada categoria. Esse método de seleção indica que todas as categorias e, conseqüentemente, ministérios, terão projetos a realizar.
  20. 20. PROJETOS SELEÇÃO Categoria Projeto Saúde Farmácia Cidadã Cultura Peça na Praça Educação Ser diferente é normal Sustentabilidade Projeto Carona Política e Ética Ficha Limpa Infraestrutura e Energia Logística Inteligente Defesa Polícia Amiga
  21. 21. PROJETOS PRIORIZAÇÃO A priorização dos projetos leva em consideração a maior pontuação obtida em geral, conforme segue: Categoria Projeto Nota Política e Ética Ficha Limpa 39 Infraestrutura e Energia Logística Inteligente 39Logística Inteligente Educação Ser diferente é normal 27 Defesa Polícia Amiga 14 Sustentabilidade Projeto Carona 13 Saúde Farmácia Cidadã 12 Cultura Peça na Praça 12
  22. 22. PROJETOS BALANCEAMENTO A ferramenta balanceamento é um recurso gráfico que facilita a visualização dos projetos combinando vários critérios. Durante a seleção dos projetos, optamos por manter somente o projeto com maior pontuação dentro de cada categoria.
  23. 23. PROJETOS BALANCEAMENTO Isso garante que todas as categorias sejam atendidas e também reduz consideravelmente a necessidade de um rebalanceamento dos projetos, pois os mesmos ficarão satisfatoriamente distribuídos, conforme podemos visualizar no gráfico:
  24. 24. PROJETOS BALANCEAMENTO
  25. 25. PROJETOS NÍVEL DE MATURIDADE Para identificação do nível de maturidade em Gerenciamento de Projetos do governo de Lisarb, foi aplicado uma ficha de avaliação contendo 40 questões inerentes à aspectos de Gerenciamento de Projeto com escala de pontuação entre 1 e 5 pontos, onde 1 é aplicável em até 10% dos projetos, e 5 é aplicável a mais de 80% dos projetos.
  26. 26. PROJETOS NÍVEL DE MATURIDADE O critério de seleção dos Stakeholders para realização do questionário levou em consideração o nível de influência e atuação e as áreas de maior importância da administração de Lisarb. O resultado apurado indica que o nível de maturidade em projetos é igual a 2, ou seja, as boas práticas de gerenciamento de projetos são aplicadas apenas às vezes (entre 10 e 50% dos projetos).
  27. 27. PROJETOS IMPLANTAÇÃO DO PMO Escritório de projetos é uma unidade organizacional que centraliza e coordena o gerenciamento de projetos (programas e portfólios) sob o seu domínio (PMI) O PMO é o ponto focal da articulação dos esforços do GP
  28. 28. PMO NÍVEIS HIERÁRQUICOS Por se tratar de um país, por mais que seja sua maturidade de nível 2 (de processos comuns conforme explica Kerzner). Será adotado um PMO de nível 3 PMO nível 3 - PMO estratégico visando a organização como um todo para alinhar os projetos aos objetivos estratégicos de LISARB;
  29. 29. PMO BENEFÍCIOS FORA DO ESCOPO PMO O PMO não trará benefícios para LISARB em: - Resolver de imediato problemas de gestão de projetos; - Redução dos custos dos projetos a curto prazo; - Resolver os problemas de projetos em estado crítico;
  30. 30. PMO BENEFÍCIOS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO - O PMO de LISARB se encontra num nível de maturidade muito baixo. - LISARB está apenas começando a reconhecer os benefícios tangíveis em GP e da necessidade de implantação de processos e metodologia.
  31. 31. PMO BENEFÍCIOS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO -LISARB sente a necessidade de progredir a nível de maturidade e de repetir sucessos passados. (PMMM – Kerzner) - Os benefícios de implaação de PMO são para todos: gerentes de projetos, alta administração, clientes e para a organização.
  32. 32. PMO BENEFÍCIOS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO Dentre os benefícios na implantação do PMO em LISARB pode-se citar: -Potencializar a performance dos projetos - Maior controle dos projetos possibilitando respostas eficientes e eficaz para correção de desvios - criação de histórico de informações de lições aprendidas, possibilitando manter o conhecimento;
  33. 33. PMO BENEFÍCIOS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO - Propiciar plano de carreira dos gerentes de projetos; - Desenvolver e implantar metodologias, processos em Gerenciamento de Projetos; - Pool de apoio, consultoria e suporte a projetos; - Maior visibilidade e feedback do andamento dos projetos; - Maior abrangência e assertividade, e monitoramento e controle na gerência de riscos;
  34. 34. PMO FUNÇÕES Definiu-se como prioridade o foco na integração com o negócio. No entanto serão definidas: - Métodos e procedimentos integração da metodologia com os PMIs - Gerência de infra estrutura - conectividade dos PMIs com outros sistemas corporativos. Financeiros, RH, Custos, etc.
  35. 35. PMO FUNÇÕES -Gerência de recursos Treinamento - Gerência de técnica expertise técnica
  36. 36. PMO FUNÇÕES - Integração com o negócio gerência de conflitos facilita tomada de decisão visão comum dos projetos influencia a probabilidade de atingir objetivos corporativos facilita o acesso a informação relativa a projetos
  37. 37. PMO MODELO Modelo adotado para o PMO é Modelo pool de recursos (Resouce Pool) Pois preenche a lacuna ligada a contratação, desenvolvimento e retenção de gerentes de projeto que as empresas normalmente apresentam. É responsável pela contratação dos gerentes, manter banco de dados, indicar o gerente correto para o projeto certo
  38. 38. PMO ETAPAS DE IMPLANTAÇÃO DIAGNÓSTICO PLANEJAMENTO IMPLANTAÇÃO Fazer uma Identificar um sponsor Obter Avaliar a Desenvolver modelo PO Identificar funções e Validar modelo PO avaliação de viabilidade Obter fundos e pessoas Avaliar a maturidade em GP pessoas Preparar plano de comunicação Conduzir um piloto Preparar orçamento Partida
  39. 39. PMO MÉTRICAS DE SUCESSO Indicadores que medem o sucesso do PMO, devem indicar: - relevância e representatividade - realismo - simplicidade de coleta - facilidade de percepção - revisão sistemática - divulgação
  40. 40. PMO MÉTRICAS DE SUCESSO Para Lisarb, a fim de monitorar e controlar, serão utilizadas métricas do PMO dentro da tripla restrição, além do impacto e visibilidade com a população, buscando melhoria continua: - Escopo: % alteração de escopo - Tempo: % andamento da obra (medição) e % duração média dos projetos x atrasos -Custo: avanço físico x valor agregado e % de projetos entregues com o orçamento previsto.
  41. 41. PMO MÉTRICAS DE SUCESSO Riscos: quantidade de riscos respondidos por projeto Qualidade: Índice de conformidade no gerenciamento da qualidade compreendendo a porcentagem de itens satisfatórios em relação aos itens verificados. - Popularidade - Índice de satisfação da população com os resultados dos projetos e do governo.
  42. 42. PMO FATORES CRÍTICOS DO SUCESSO O Sucesso da implantação do escritório de projetos (PMO) em LISARB está relacionado com os seguintes fatores: - Comprometimento do Sponsor -estabelecer objetivos alinhados com as estratégias do governo de LISARB; -Definir funções e responsabilidades de acordo com as habilidades compatíveis, com recursos e equipamentos dedicados
  43. 43. OBRIGADO!!!OBRIGADO!!! EQUIPE: Thiago J. Orbach Rodrigo M. Elias Murillo A. Mendonça Sandy B. Garcez Vinícius A. de Freitas

×