José Waldo Camurça
Consultor Sênior do Instituto MVC
jwcamurca@institutomvc.com.br
MUDANÇA COMPORTAMENTAL
« A única permanência é a mudança »
Heráclito 500 a.c.
Ponto de partida:
Transformação Pessoal
COMP...
O MELHOR PROFISSIONAL
Fazer acontecer X deixar que aconteça:
A ESCOLHA É SUA!
• Programação
-Experiência pessoais, meta específica,
padrões e pensamentos, codificação.
• Neuro
-Sistema neurológico, os...
MUDANÇA COMPORTAMENTAL
PNL– PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA
• O VERBO é:
• ESCOLHER
MUDANÇA COMPORTAMENTAL
INTELIGÊNCIA EMOCIONALCA
• Ter controle das emoções.
• Participar de muitas tribos.
• Transformar p...
Imagem
Que o
Outro
Tem de
Mim
Auto
Imagem
Auto-percepção Busca de Feedback
MUDANÇA COMPORTAMENTAL
AUTOCONHECIMENTO
Feedback como Processo
de Desenvolvimento
• Analisar a situação
• Comunicação assertiva
• Comportamentos a mudar
• Autocrí...
1ª Posição
Associação
2a Posição
Associação
3a Posição
Dissociação
MUDANÇA COMPORTAMENTAL
PNL– PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTIC...
MUDANÇA COMPORTAMENTAL
ESPERANÇA X VONTADE
“ESPERANÇA É ACREDITAR QUE ALGO
QUE NÃO DEPENDE DE VOCÊ POSSA
ACONTECER ”
SPINO...
MUDANÇA COMPORTAMENTAL
ESPERANÇA X VONTADE
“TEM SORTE QUEM SE PREPARA PARA AS
OPORTUNIDADES QUE CRIA ”
MAQUIAVEL
• Aspectos conceituais
-Minimizar a dor, maximizar o prazer.
-Origem da palavra Latim:
Motivo e emoção mesma raiz – Movere...
AMAR E CONHECER
O QUE FAZ
RECONHECIMENTO
PROFISSIONAL
E VALOR PESSOAL
RECOMPENSA
FINANCEIRA
MOTIVAÇÃO
MOTIVO PARA AÇÃO
MOTIVAÇÃO
MOTIVO PARA AÇÃO
• Hierarquia das necessidades
- Maslow
MOTIVAÇÃO
MOTIVO PARA AÇÃO
1. Globalizar as operações da organização para
competir na aldeia global.
2. Encorajar o comportamento ético, atitudes pos...
O PARADOXO DA EXPERIÊNCIA x
APLICABILIDADE NO DIA-A-DIA
O que é a “escola da vida”.
Porque as soluções do passado não func...
• Diferenças de visão.
• Objetivos incompatíveis.
• Escassez de recursos.
• Interdependência.
Oportunidade para interferên...
• Comportamentos
• Práticas
• Ações
• Emoções envolvidas
A LIÇÃO SABEMOS DE COR, SÓ NOS
RESTA APRENDER
• Inteligência Emocional (QE)
Tem 3 habilidades adaptativas:
- Expressão da emoção.
- Regulação da emoção.
- Usa a emoção ...
MUDANÇAS DE PARADÍGMAS
PESSOAS CRIATIVAS
• Motivadas, entusiastas e comprometidas.
• Sensibilidade a problemas.
• Uma ment...
Criatividade é inventar, experimentar, crescer, correr riscos,
quebrar regras, cometer erros e se divertir”.
Mary Loo Cook...
Comportamentos Organizacionais
Modelos
• Comportamento inovador
-Transgressão das regras, ultrapassar os limites,
correr r...
• Os verbos do Gestor Líder são:
- ENSINAR > orientar;
- INFLUENCIAR > atingir;
- FLEXIBILIZAR > focar.
GESTÃO COM INOVAÇÃO
Comportamentos Organizacionais
Modelos
• Burocrático
-Formalismo-padrões, sem autonomia, autorização.
-Impessoalidade-hier...
mas temos sentimentos e emoções
SOMOS SERES CAPITALISTA
SEU CLIENTE
O TRIPÉ DE RELACIONAMENTOS
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
CARISMA
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
CARISMA
• “ALEGRIA É VANTAGEM
COMPETITIVA”
Crivellaro
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
CARISMA
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
CONTEÚDO
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
O MÍNIMO QUE SE DEVE CONHECER DA SUA EMPRESA
Valor percebido = Benefício + Preço
CONTEÚDO
COMUNICAÇÃO
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
• Segundo a PNL:
“ A comunicação é redundância.
Estamos sempre comunicando
algo”.
“O significado de sua
comunicação é a re...
• Verbal e não-verbal
-7% palavras.
-38% inflexsão da voz.
-55% expressâo facial e corporal.
Comunicação
não-verbal
55%
To...
• Comunicação e assertividade
-Emissor diz o que pensa e sente sem milindrar.
-Aborda temas de forma clara e objetiva.
-Po...
BARREIRAS
-Falta de objetividade e clareza
-Postura e entonação de voz
-Condições físicas desfavoráveis
-Problemas emocion...
• Não se aceita profissional
-Barbudo.
-Unha suja.
-Mau hálito.
-Suado.
-Cabelo desarrumado.
-Roupa inadequada.
-Mulher, b...
CREDIBILIDADE
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
• Comportamento “Criança”
-Futuro, sonhos, emoções, dependência fragilidade.
Análise Transacional
DESENVOLVENDO RELACIONAM...
• Comportamento “Pai”
-Passado, experiências, protetor, poder de decisão.
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
CREDIBILIDADE
Anál...
• Comportamento “Adulto”
-Presente, igualdade, racionalidade, interesse, acordo.
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
Análise Tra...
• Visual
-Imagens internas
• Auditivo
-Sons internos
• Cinestésico
- Sensações
PNL - Sistemas Representacionais
DESENVOLVE...
-Coloque-se no lugar do OUTRO
PNL ProgramaçãoNeurolingüística - Empatia
CREDIBILIDADE
DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
• Estar em HARMONIA com o OUTRO:
1.Observe o Sistema Representacional,
comportamento verbal e não-verbal.
2.Adeqüe e igual...
• Identificação dos papéis
-Chefe: autoridade formal, decide.
-Gerente: conhecimentos administrativos.
-Gestor-líder: infl...
• Paradoxos
-Avanço tecnológico x humanismo com mais
qualidade de vida.
-Diversiifcar-se x aprofundar conhecimento na área...
• Conectiva
-Conecta, combina, não divide.
-Resolver problemas comuns.
-Cria sentido comunitário.
-Reune líderes e liderad...
• Características ou traços do líder
(centrada no líder)
Abordagem equivocada:
-Físicas, intelectuais, sociais e profissio...
• Dificuldades enfrentadas
Conflitos interpessoais,táticas para lidar com eles.
Negociação de princípios ou métodos:
-Desp...
• Transformação de grupos em equipes
Para bom funcionamento:
-Consciência dos objetivos.
-Conhecimento das condições.
-Com...
• Transformação de grupos em equipes
-Quando diagnosticam e resolvem seus problemas.
-Pessoas com habilidades complementar...
Como participante dessa atividade
você poderá receber por E-mail
uma assinatura gratuita do Insight
MVC, publicação voltad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comunicação e inteligência emocional para equipes vencedoras

1.583 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.583
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
69
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicação e inteligência emocional para equipes vencedoras

  1. 1. José Waldo Camurça Consultor Sênior do Instituto MVC jwcamurca@institutomvc.com.br
  2. 2. MUDANÇA COMPORTAMENTAL « A única permanência é a mudança » Heráclito 500 a.c. Ponto de partida: Transformação Pessoal COMPROMETIMENTO
  3. 3. O MELHOR PROFISSIONAL Fazer acontecer X deixar que aconteça: A ESCOLHA É SUA!
  4. 4. • Programação -Experiência pessoais, meta específica, padrões e pensamentos, codificação. • Neuro -Sistema neurológico, os 5 sentidos, fisiologia e mente. • Lingüística -Linguagem, quem é e o que pensa. MUDANÇA COMPORTAMENTAL PNL– PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA
  5. 5. MUDANÇA COMPORTAMENTAL PNL– PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA • O VERBO é: • ESCOLHER
  6. 6. MUDANÇA COMPORTAMENTAL INTELIGÊNCIA EMOCIONALCA • Ter controle das emoções. • Participar de muitas tribos. • Transformar problema e conflito em ‘’assunto técnico’’.
  7. 7. Imagem Que o Outro Tem de Mim Auto Imagem Auto-percepção Busca de Feedback MUDANÇA COMPORTAMENTAL AUTOCONHECIMENTO
  8. 8. Feedback como Processo de Desenvolvimento • Analisar a situação • Comunicação assertiva • Comportamentos a mudar • Autocrítica • Modelo mental MUDANÇA COMPORTAMENTAL
  9. 9. 1ª Posição Associação 2a Posição Associação 3a Posição Dissociação MUDANÇA COMPORTAMENTAL PNL– PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA POSIÇÕES PERCEPTIVAS Controle do medo
  10. 10. MUDANÇA COMPORTAMENTAL ESPERANÇA X VONTADE “ESPERANÇA É ACREDITAR QUE ALGO QUE NÃO DEPENDE DE VOCÊ POSSA ACONTECER ” SPINOZA
  11. 11. MUDANÇA COMPORTAMENTAL ESPERANÇA X VONTADE “TEM SORTE QUEM SE PREPARA PARA AS OPORTUNIDADES QUE CRIA ” MAQUIAVEL
  12. 12. • Aspectos conceituais -Minimizar a dor, maximizar o prazer. -Origem da palavra Latim: Motivo e emoção mesma raiz – Movere MOTIVAÇÃO MOTIVO PARA AÇÃO
  13. 13. AMAR E CONHECER O QUE FAZ RECONHECIMENTO PROFISSIONAL E VALOR PESSOAL RECOMPENSA FINANCEIRA MOTIVAÇÃO MOTIVO PARA AÇÃO
  14. 14. MOTIVAÇÃO MOTIVO PARA AÇÃO
  15. 15. • Hierarquia das necessidades - Maslow MOTIVAÇÃO MOTIVO PARA AÇÃO
  16. 16. 1. Globalizar as operações da organização para competir na aldeia global. 2. Encorajar o comportamento ético, atitudes positivas e integridade pessoal. 3. Avançar e implementar inovações tecnológicas no ambiente de trabalho. DESAFIOS DOS GESTORES
  17. 17. O PARADOXO DA EXPERIÊNCIA x APLICABILIDADE NO DIA-A-DIA O que é a “escola da vida”. Porque as soluções do passado não funcionam no presente. Como sair da zona do conforto e enfrentar a zona de esforço. A certeza de ser bem sucedido X a certeza de sobreviver aos próprios erros. Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo.
  18. 18. • Diferenças de visão. • Objetivos incompatíveis. • Escassez de recursos. • Interdependência. Oportunidade para interferências. CAUSAS DE CONFLITOS VIABILIZAR INTERESSES
  19. 19. • Comportamentos • Práticas • Ações • Emoções envolvidas A LIÇÃO SABEMOS DE COR, SÓ NOS RESTA APRENDER
  20. 20. • Inteligência Emocional (QE) Tem 3 habilidades adaptativas: - Expressão da emoção. - Regulação da emoção. - Usa a emoção e a criatividade na solução do problema. MUDANÇA COMPORTAMENTAL HABILIDADES DE RELACIONAMENTOS
  21. 21. MUDANÇAS DE PARADÍGMAS PESSOAS CRIATIVAS • Motivadas, entusiastas e comprometidas. • Sensibilidade a problemas. • Uma mente livre. • Tolerância à ambigüidade. • Re-definem problemas sob perspectivas diferentes. • Curiosas. • Usam intuição e originalidade. • Confrontam desafios. • Perseverantes e Otimistas. • Descontentamento construtivo. • Suspensão do julgamento. • Capacidade de Síntese. • Eternos aprendizes !!!!
  22. 22. Criatividade é inventar, experimentar, crescer, correr riscos, quebrar regras, cometer erros e se divertir”. Mary Loo Cook CRIATIVIDADEGESTÃO INOVAÇÃO MUDANÇAS DE PARADÍGMAS
  23. 23. Comportamentos Organizacionais Modelos • Comportamento inovador -Transgressão das regras, ultrapassar os limites, correr riscos, negociação, ambigüidade, liderança. • Obstáculos -Conhecimento, burocracia, autoritarismo, pessimismo, bloqueio mental por opinião dos outros. MUDANÇAS DE PARADÍGMAS
  24. 24. • Os verbos do Gestor Líder são: - ENSINAR > orientar; - INFLUENCIAR > atingir; - FLEXIBILIZAR > focar. GESTÃO COM INOVAÇÃO
  25. 25. Comportamentos Organizacionais Modelos • Burocrático -Formalismo-padrões, sem autonomia, autorização. -Impessoalidade-hierarquia entre cargos e funções. -Profissionalismo-competência técnica. • Organizações contemporâneas -Integrar atitudes e valores com estruturas, processos e tecnologia. Administração participativa. MUDANÇAS DE PARADÍGMAS
  26. 26. mas temos sentimentos e emoções SOMOS SERES CAPITALISTA
  27. 27. SEU CLIENTE
  28. 28. O TRIPÉ DE RELACIONAMENTOS
  29. 29. DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  30. 30. CARISMA DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  31. 31. CARISMA • “ALEGRIA É VANTAGEM COMPETITIVA” Crivellaro DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  32. 32. CARISMA DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  33. 33. CONTEÚDO DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  34. 34. DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS O MÍNIMO QUE SE DEVE CONHECER DA SUA EMPRESA Valor percebido = Benefício + Preço CONTEÚDO
  35. 35. COMUNICAÇÃO DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  36. 36. • Segundo a PNL: “ A comunicação é redundância. Estamos sempre comunicando algo”. “O significado de sua comunicação é a resposta que você obtém”. DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS COMUNICAÇÃO
  37. 37. • Verbal e não-verbal -7% palavras. -38% inflexsão da voz. -55% expressâo facial e corporal. Comunicação não-verbal 55% Tom de voz 38% Palavras 7% DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS COMUNICAÇÃO
  38. 38. • Comunicação e assertividade -Emissor diz o que pensa e sente sem milindrar. -Aborda temas de forma clara e objetiva. -Postura corporal de dominância, tronco ereto, olho no olho, firme aperto de mão. DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS COMUNICAÇÃO
  39. 39. BARREIRAS -Falta de objetividade e clareza -Postura e entonação de voz -Condições físicas desfavoráveis -Problemas emocionais -Distração COMUNICAÇÃO DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  40. 40. • Não se aceita profissional -Barbudo. -Unha suja. -Mau hálito. -Suado. -Cabelo desarrumado. -Roupa inadequada. -Mulher, batom é indipensável. DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS COMUNICAÇÃO
  41. 41. CREDIBILIDADE DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  42. 42. • Comportamento “Criança” -Futuro, sonhos, emoções, dependência fragilidade. Análise Transacional DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS CREDIBILIDADE
  43. 43. • Comportamento “Pai” -Passado, experiências, protetor, poder de decisão. DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS CREDIBILIDADE Análise Transacional
  44. 44. • Comportamento “Adulto” -Presente, igualdade, racionalidade, interesse, acordo. DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS Análise Transacional CREDIBILIDADE
  45. 45. • Visual -Imagens internas • Auditivo -Sons internos • Cinestésico - Sensações PNL - Sistemas Representacionais DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS CREDIBILIDADE
  46. 46. -Coloque-se no lugar do OUTRO PNL ProgramaçãoNeurolingüística - Empatia CREDIBILIDADE DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  47. 47. • Estar em HARMONIA com o OUTRO: 1.Observe o Sistema Representacional, comportamento verbal e não-verbal. 2.Adeqüe e iguale o seu comportamento. 3.Modifique o seu comportamento, se o Outro modificar também,o Rapport foi estabelecido e a confiança conquistada. PNL - Estabelecer Rapport CREDIBILIDADE DESENVOLVENDO RELACIONAMENTOS
  48. 48. • Identificação dos papéis -Chefe: autoridade formal, decide. -Gerente: conhecimentos administrativos. -Gestor-líder: influenciador, coordenador. LIDERANÇA
  49. 49. • Paradoxos -Avanço tecnológico x humanismo com mais qualidade de vida. -Diversiifcar-se x aprofundar conhecimento na área. -Competitividade do negócio x integrar e coooperar. -Atuar com rapidez x aprimorar qualidade. -Focar o global x agir localmente. -Virtualizar as relações x humanizar tecnologia. LIDERANÇA
  50. 50. • Conectiva -Conecta, combina, não divide. -Resolver problemas comuns. -Cria sentido comunitário. -Reune líderes e liderados em objetivo comum. -Responsabilidade em todos os níveis. -Fortalece líderes em potencial. -Constroi, renova a democracia. -Autencidade, não egoismo. -Primeiro sacrifício próprio, depois dos outros. Diferentes abordagens LIDERANÇA
  51. 51. • Características ou traços do líder (centrada no líder) Abordagem equivocada: -Físicas, intelectuais, sociais e profissionais. • Estilos de liderança (centrada no líder e nos liderados) -Autocrático: produção, lider decide só. -Democrático: relações humanas, decisão em grupo. -Bilateral: discreto, alguns autores descondideram. Diferentes abordagens LIDERANÇA
  52. 52. • Dificuldades enfrentadas Conflitos interpessoais,táticas para lidar com eles. Negociação de princípios ou métodos: -Despersonalizar o debate. -Focalizar os interesses, não as posições. -Ponderar alternativas antes da decisão. -Resultados para padrões objetivos. FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES
  53. 53. • Transformação de grupos em equipes Para bom funcionamento: -Consciência dos objetivos. -Conhecimento das condições. -Comunicação aberta. -Aceitação das diferenças individuais. -Praticar negociação e concessão. Ganha-ganha. -Aprender e compartilhar. Dar e receber feedback. -Entusiasmo. -Comprometimento ético. -Flexibilidade. FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES
  54. 54. • Transformação de grupos em equipes -Quando diagnosticam e resolvem seus problemas. -Pessoas com habilidades complementares, com o mesmo objetivo , mesma abordagem, mutuamente responsáveis. FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES
  55. 55. Como participante dessa atividade você poderá receber por E-mail uma assinatura gratuita do Insight MVC, publicação voltada à gestão de talentos e aumento da performance organizacional. O Insight MVC trata de assuntos ligados ao desenvolvimento de pessoas e organizações. Visite Nosso Site www.institutomvc.com.br

×