SlideShare uma empresa Scribd logo

Transformational Design Thinking - Aula 4

Este documento discute conceitos de facilitação, como escuta ativa, abordagem apreciativa e estilos comportamentais. Ele também aborda como pensar sobre propósito, visão, valores, problemas e pessoas-alvo ao se desenvolver uma nova ideia ou negócio.

1 de 70
Transformational
Design Thinking
Aula 4 - Inovação e
transformação
sustentável
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Pesquisa &
descoberta
Insights e
definições
Ideação Protótipos e
entregas
Vamos começar a pensar sobre o que queremos construir
Aula 4
Inovação e
transformação
sustentável
Reflexão sobre
propósito,visão, missão,
valores, problemas a
serem resolvidos.
O primeiro
passo: vamos
trabalhar
juntos
Somos facilitadores de conversas
Facilitação
à mesa
• A dinâmica em grupo é uma dança, é um jogo.
• Toda conversa é uma negociação, e negociação não é
preferência pessoal.
• Exige treinamento, sensibilidade.
• O objetivo não é comunicar que eu tenho razão.
• Alinhar percepção: comunicação.
• O que o facilitador não pode: insistir o tempo todo na
mesma coisa.
Facilitação à mesa...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teorias das relações humanas
Teorias das relações humanasTeorias das relações humanas
Teorias das relações humanasProfRibamar Campos
 
Administração e Organização
Administração e OrganizaçãoAdministração e Organização
Administração e OrganizaçãoJonathan Nascyn
 
Gestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoGestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoMarcos Alves
 
Conceitos de Marketing
Conceitos de MarketingConceitos de Marketing
Conceitos de MarketingMarcio Duarte
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organizaçãoRobson Costa
 
Direitos Trabalhista e Previdenciários
Direitos Trabalhista e PrevidenciáriosDireitos Trabalhista e Previdenciários
Direitos Trabalhista e PrevidenciáriosKátia Vaz Pascoal
 
Aula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e CriaitividadeAula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e CriaitividadeGustavo Zanotto
 
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICOPLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICOPaulo David
 
Exercicio design thinking
Exercicio design thinkingExercicio design thinking
Exercicio design thinkingDouglas Mello
 
13460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-1
13460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-113460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-1
13460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-1Valeria Reani
 
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketingAula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketingKesia Rozzett Oliveira
 
Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)
Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)
Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)Somos Hub
 

Mais procurados (20)

Origem e evolução de recursos humanos
Origem e evolução de recursos humanosOrigem e evolução de recursos humanos
Origem e evolução de recursos humanos
 
Gestão de serviços - Conceitos
Gestão de serviços - Conceitos Gestão de serviços - Conceitos
Gestão de serviços - Conceitos
 
Teorias das relações humanas
Teorias das relações humanasTeorias das relações humanas
Teorias das relações humanas
 
Aula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valoresAula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valores
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
 
Administração e Organização
Administração e OrganizaçãoAdministração e Organização
Administração e Organização
 
Gestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoGestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- Introdução
 
Conceitos de Marketing
Conceitos de MarketingConceitos de Marketing
Conceitos de Marketing
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organização
 
Teoria das relações humanas 2012_01
Teoria das relações humanas 2012_01Teoria das relações humanas 2012_01
Teoria das relações humanas 2012_01
 
Direitos Trabalhista e Previdenciários
Direitos Trabalhista e PrevidenciáriosDireitos Trabalhista e Previdenciários
Direitos Trabalhista e Previdenciários
 
O empreendedor corporativo
O empreendedor corporativoO empreendedor corporativo
O empreendedor corporativo
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Plano de negocios
Plano de negociosPlano de negocios
Plano de negocios
 
Aula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e CriaitividadeAula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e Criaitividade
 
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICOPLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
 
Exercicio design thinking
Exercicio design thinkingExercicio design thinking
Exercicio design thinking
 
13460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-1
13460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-113460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-1
13460250 aula-1-relacionamento-interpessoal-1
 
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketingAula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
 
Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)
Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)
Culturas e Valores - Employer Branding (Set/2017)
 

Semelhante a Transformational Design Thinking - Aula 4

Administração aulas 1 e 2 de processos decisorios
Administração aulas 1 e 2 de processos decisoriosAdministração aulas 1 e 2 de processos decisorios
Administração aulas 1 e 2 de processos decisoriosRosival Fagundes
 
180hub Human-centered business
180hub   Human-centered business180hub   Human-centered business
180hub Human-centered businessGuilherme Sarkis
 
Equipes de Alta Performance
Equipes de Alta PerformanceEquipes de Alta Performance
Equipes de Alta PerformanceGrupo E. Fabris
 
27022015112643.ppt
27022015112643.ppt27022015112643.ppt
27022015112643.pptEdnaBaslio
 
Design thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - Bizzie
Design thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - BizzieDesign thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - Bizzie
Design thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - BizzieRafaella Cavalca
 
Motivação, Criatividade e Sucesso!
Motivação, Criatividade e Sucesso!Motivação, Criatividade e Sucesso!
Motivação, Criatividade e Sucesso!Grupo E. Fabris
 
Palestra Times Vencedores
Palestra Times VencedoresPalestra Times Vencedores
Palestra Times VencedoresGrupo E. Fabris
 
[Novo] culture code trezo
[Novo] culture code trezo[Novo] culture code trezo
[Novo] culture code trezoRobson Ricardo
 
Atitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram ResultadosAtitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram ResultadosGrupo E. Fabris
 
Habilidades humanas vendas
Habilidades humanas   vendasHabilidades humanas   vendas
Habilidades humanas vendasAndressa Gabriel
 
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02  - BrainstormCriação publicitária - Aula 02  - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02 - BrainstormThiago Ianatoni
 
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisNazareno P. Silva
 
habilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdfhabilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdfAri Amaral
 
Mini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design ThinkingMini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design ThinkingPatriciaSilva794
 
Mini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design Thinking Mini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design Thinking Beto Lima Branding
 
Toolkit de Design Thinking Echos
Toolkit de Design Thinking EchosToolkit de Design Thinking Echos
Toolkit de Design Thinking EchosColaborativismo
 

Semelhante a Transformational Design Thinking - Aula 4 (20)

Administração aulas 1 e 2 de processos decisorios
Administração aulas 1 e 2 de processos decisoriosAdministração aulas 1 e 2 de processos decisorios
Administração aulas 1 e 2 de processos decisorios
 
Desing thinking
Desing thinkingDesing thinking
Desing thinking
 
Desing thinking
Desing thinkingDesing thinking
Desing thinking
 
180hub Human-centered business
180hub   Human-centered business180hub   Human-centered business
180hub Human-centered business
 
Equipes de Alta Performance
Equipes de Alta PerformanceEquipes de Alta Performance
Equipes de Alta Performance
 
27022015112643.ppt
27022015112643.ppt27022015112643.ppt
27022015112643.ppt
 
Design thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - Bizzie
Design thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - BizzieDesign thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - Bizzie
Design thinking - Aula 1 MFN 2014 UFRJ/FIRJAN - Bizzie
 
Motivação, Criatividade e Sucesso!
Motivação, Criatividade e Sucesso!Motivação, Criatividade e Sucesso!
Motivação, Criatividade e Sucesso!
 
Palestra Times Vencedores
Palestra Times VencedoresPalestra Times Vencedores
Palestra Times Vencedores
 
[Novo] culture code trezo
[Novo] culture code trezo[Novo] culture code trezo
[Novo] culture code trezo
 
Atitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram ResultadosAtitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram Resultados
 
Reflexões sobre Inovação.pptx
Reflexões sobre Inovação.pptxReflexões sobre Inovação.pptx
Reflexões sobre Inovação.pptx
 
Cursos p implantar
Cursos p implantarCursos p implantar
Cursos p implantar
 
Habilidades humanas vendas
Habilidades humanas   vendasHabilidades humanas   vendas
Habilidades humanas vendas
 
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02  - BrainstormCriação publicitária - Aula 02  - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
 
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
 
habilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdfhabilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdf
 
Mini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design ThinkingMini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design Thinking
 
Mini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design Thinking Mini Tool Kit Design Thinking
Mini Tool Kit Design Thinking
 
Toolkit de Design Thinking Echos
Toolkit de Design Thinking EchosToolkit de Design Thinking Echos
Toolkit de Design Thinking Echos
 

Mais de Lu Terceiro

Lote - A friend for parents and children
Lote - A friend for parents and childrenLote - A friend for parents and children
Lote - A friend for parents and childrenLu Terceiro
 
UOL HOST: Diplomacy for a good experience
UOL HOST:  Diplomacy for a good experience UOL HOST:  Diplomacy for a good experience
UOL HOST: Diplomacy for a good experience Lu Terceiro
 
Transformational Design Thinking - Aula 10
Transformational Design Thinking - Aula 10Transformational Design Thinking - Aula 10
Transformational Design Thinking - Aula 10Lu Terceiro
 
Transformational Design Thinking - Aula 9
Transformational Design Thinking - Aula 9Transformational Design Thinking - Aula 9
Transformational Design Thinking - Aula 9Lu Terceiro
 
Transformational Design Thinking - Aula 8
Transformational Design Thinking - Aula 8Transformational Design Thinking - Aula 8
Transformational Design Thinking - Aula 8Lu Terceiro
 
Transformational Design Thinking - Aula 7
Transformational Design Thinking - Aula 7Transformational Design Thinking - Aula 7
Transformational Design Thinking - Aula 7Lu Terceiro
 
Transformational Design Thinking - Aula 6
Transformational Design Thinking - Aula 6Transformational Design Thinking - Aula 6
Transformational Design Thinking - Aula 6Lu Terceiro
 
Transformational Design Thinking - Aula 5
Transformational Design Thinking - Aula 5Transformational Design Thinking - Aula 5
Transformational Design Thinking - Aula 5Lu Terceiro
 
Transformational Design Thinking - Aula 1
Transformational Design Thinking - Aula 1Transformational Design Thinking - Aula 1
Transformational Design Thinking - Aula 1Lu Terceiro
 
UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...
UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...
UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...Lu Terceiro
 
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágilInspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágilLu Terceiro
 
Design Thinking como potencializador do empreendedorismo
Design Thinking como potencializador do empreendedorismoDesign Thinking como potencializador do empreendedorismo
Design Thinking como potencializador do empreendedorismoLu Terceiro
 
Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016
Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016
Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016Lu Terceiro
 
IxDA - Assembléia & Planejamento 2016
IxDA - Assembléia & Planejamento 2016IxDA - Assembléia & Planejamento 2016
IxDA - Assembléia & Planejamento 2016Lu Terceiro
 
Design Thinking para Startups #4
Design Thinking para Startups #4Design Thinking para Startups #4
Design Thinking para Startups #4Lu Terceiro
 
Iux para deficientes visuais - UX Day Itaú - Cubo
Iux para deficientes visuais - UX Day Itaú - CuboIux para deficientes visuais - UX Day Itaú - Cubo
Iux para deficientes visuais - UX Day Itaú - CuboLu Terceiro
 
Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)
Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)
Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)Lu Terceiro
 
WIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informação
WIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informaçãoWIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informação
WIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informaçãoLu Terceiro
 
UOL Mackenzie Day 2013
UOL Mackenzie Day 2013UOL Mackenzie Day 2013
UOL Mackenzie Day 2013Lu Terceiro
 
Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?
Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?
Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?Lu Terceiro
 

Mais de Lu Terceiro (20)

Lote - A friend for parents and children
Lote - A friend for parents and childrenLote - A friend for parents and children
Lote - A friend for parents and children
 
UOL HOST: Diplomacy for a good experience
UOL HOST:  Diplomacy for a good experience UOL HOST:  Diplomacy for a good experience
UOL HOST: Diplomacy for a good experience
 
Transformational Design Thinking - Aula 10
Transformational Design Thinking - Aula 10Transformational Design Thinking - Aula 10
Transformational Design Thinking - Aula 10
 
Transformational Design Thinking - Aula 9
Transformational Design Thinking - Aula 9Transformational Design Thinking - Aula 9
Transformational Design Thinking - Aula 9
 
Transformational Design Thinking - Aula 8
Transformational Design Thinking - Aula 8Transformational Design Thinking - Aula 8
Transformational Design Thinking - Aula 8
 
Transformational Design Thinking - Aula 7
Transformational Design Thinking - Aula 7Transformational Design Thinking - Aula 7
Transformational Design Thinking - Aula 7
 
Transformational Design Thinking - Aula 6
Transformational Design Thinking - Aula 6Transformational Design Thinking - Aula 6
Transformational Design Thinking - Aula 6
 
Transformational Design Thinking - Aula 5
Transformational Design Thinking - Aula 5Transformational Design Thinking - Aula 5
Transformational Design Thinking - Aula 5
 
Transformational Design Thinking - Aula 1
Transformational Design Thinking - Aula 1Transformational Design Thinking - Aula 1
Transformational Design Thinking - Aula 1
 
UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...
UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...
UP[W]IT - Projeto Deevas da Tecnologia - TDC4Women - The Developer's Conferen...
 
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágilInspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
 
Design Thinking como potencializador do empreendedorismo
Design Thinking como potencializador do empreendedorismoDesign Thinking como potencializador do empreendedorismo
Design Thinking como potencializador do empreendedorismo
 
Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016
Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016
Design como potencializar do empreendedorismo - WIAD 2016
 
IxDA - Assembléia & Planejamento 2016
IxDA - Assembléia & Planejamento 2016IxDA - Assembléia & Planejamento 2016
IxDA - Assembléia & Planejamento 2016
 
Design Thinking para Startups #4
Design Thinking para Startups #4Design Thinking para Startups #4
Design Thinking para Startups #4
 
Iux para deficientes visuais - UX Day Itaú - Cubo
Iux para deficientes visuais - UX Day Itaú - CuboIux para deficientes visuais - UX Day Itaú - Cubo
Iux para deficientes visuais - UX Day Itaú - Cubo
 
Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)
Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)
Campus Party 2013 - Como mimar seus usuários (e fazer com que falem bem de você)
 
WIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informação
WIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informaçãoWIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informação
WIAD 2013 - De detetive a arquiteto da informação
 
UOL Mackenzie Day 2013
UOL Mackenzie Day 2013UOL Mackenzie Day 2013
UOL Mackenzie Day 2013
 
Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?
Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?
Fiquei tanto tempo programando mas ninguém usa, e agora?
 

Último

MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024AssessoriaDldl
 
CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...
CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...
CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...dl assessoria9
 
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024DL assessoria 27
 
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024DL assessoria 30
 
01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...
01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...
01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...Prime Assessoria
 
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Dl assessoria 20
 
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...DL assessoria 29
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...Prime Assessoria
 
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfNão percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfsmaria01964
 
Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...
Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...
Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...Prime Assessoria
 
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...DL assessoria 29
 
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizadosCurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizadosfeyre79
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024Assessoria DL s2
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...assessoria dl 10
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...DassessoriaAa
 
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024dl assessoria
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...DL assessoria 28
 
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Dl assessoria 20
 
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...DL assessoria 29
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024AaAssessoriadll
 

Último (20)

MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
 
CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...
CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...
CONTEXTUALIZAÇÃO A química analítica desempenha um papel crucial nos campos d...
 
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
 
01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...
01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...
01) Descreva como a profissional deve proceder para garantir o respeito aos p...
 
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
 
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
 
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfNão percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
 
Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...
Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...
Elabore um texto dissertativo e comente por meio de uma análise crítica sobre...
 
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
 
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizadosCurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizados
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
 
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
 
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
 

Transformational Design Thinking - Aula 4

  • 1. Transformational Design Thinking Aula 4 - Inovação e transformação sustentável Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
  • 2. Pesquisa & descoberta Insights e definições Ideação Protótipos e entregas Vamos começar a pensar sobre o que queremos construir Aula 4 Inovação e transformação sustentável Reflexão sobre propósito,visão, missão, valores, problemas a serem resolvidos.
  • 6. • A dinâmica em grupo é uma dança, é um jogo. • Toda conversa é uma negociação, e negociação não é preferência pessoal. • Exige treinamento, sensibilidade. • O objetivo não é comunicar que eu tenho razão. • Alinhar percepção: comunicação. • O que o facilitador não pode: insistir o tempo todo na mesma coisa. Facilitação à mesa...
  • 7. • Todo bom facilitador tenta encontrar os interesses por baixo. • Separe as pessoas dos problemas. • Entender os dois lados, sem juízo de valor. • Concentre-se nos interesses. • Invente opções de ganhos mútuos. • Invista em critérios objetivos. Facilitação à mesa...
  • 8. • Posição: meta, objetivo. O que está explicitado. • Interesse: o que está por trás. Facilitação à mesa...
  • 9. ESCUTA: ● Escuta é a 1º ferramenta da facilitação. É dar um passo atrás ● Escuta investigativa (empatia cresce com investigação) ● Escuta demanda parar, dar um tempo (ouvir de verdade) ● Validar a voz, mas não necessariamente o conteúdo ● Uma navegação de escuta
  • 10. ABORDAGEM APRECIATIVA ● O que aprendi com você ● Alavancar a inteligência coletiva ● A gente não motiva, a gente provoca a motivação ● Perguntas que geram o pensamento crítico (provocar)
  • 12. • Separe as pessoas dos problemas (seja rigoroso com o problema e afável com as pessoas). • Concentre-se nos interesses, não nas posições • Invista em critérios objetivos e não em aspirações pessoais. • Invente opções de ganhos mútuos, em opções em conjunto. Problema Interesse Critérios Opções Modelo Harvard (PICO)
  • 14. Problemas de relação recaem em 3 categorias: percepção, emoção e comunicação Percepção • Ponha-se no lugar no outro (empatia). • Não deduza as intenções do outro. • Não culpe o outro por seus problemas. • Envolva o outro no processo de solução. Emoção • Reconheça as emoções (suas e do outro). • Explicite as emoções. • Deixe que o outro lado desabafe. • Use gestos simbólicos. Comunicação • Concorde, construa, compare. • Fale sobre você e não sobre o outro. • Escute ativamente e fale com assertividade. Relação entre as pessoas
  • 15. 15 Espelhamento: criar relação de harmonia para fazer com que o outro sinta-se à vontade. Além da postura corporal, pode ser utilizada a sintonização de voz (timbre, volume) e o ajuste da linguagem (vocabulário) Rapport
  • 17. Marston, W. Moulton (1928), “Emotions of normal people” (DISC) Visão de mundo não favorável Pensamento antagônico Visão de mundo favorável Sentimentos e emoções Dominância (Poder) Pragmático Influência (Pessoas) Expressivo Conformidade (Procedimento) Analítico Estabilidade (Segurança) Integrador Foco nas tarefas Foco nas pessoas Extrovertido Introvertido Dominância Conformidade Influência Estabilidade
  • 20. Pragmático Pontos fortes: • Objetividade • Senso prático • Agilidade para decidir • Rapidez para agir • Entusiasmo Aspectos a evitar: • Impulsividade e volubilidade • Impaciência, transparecer arrogância • Tendência a pressionar Aspectos a desenvolver: • Autodisciplina • Serenidade e resistência a frustrações • Hábito de ouvir as outras pessoas 20 Ponto chave: quer resolver rápido o problema Como lidar: deixe claro os resultados das ações dele Estilos comportamentais
  • 22. Expressivo Pontos fortes: • Soluções inovadoras • Percepção aguçada • Visão de médio e longo prazo • Espírito inquieto, intuitivo • Receptivo a mudanças Aspectos a evitar: • Instabilidade • Interrupções e perda de concentração • Ideias fantasiosas e irrealistas Aspectos a desenvolver: • Objetividade e senso prático • Autodisciplina e foco nos compromissos • Hábito de trabalhar em equipe 22 Ponto chave: quer opções Como lidar: incluí-lo nas soluções Estilos comportamentais
  • 24. Integrador Pontos fortes: • Conciliação de interesses • Integração de equipes • Estímulo a ambientes participativos • Comunicabilidade • Habilidade para ouvir Aspectos a evitar: • Concessão além do viável • Excessivo apego ao informal • Dificuldade para dizer não, expor os limites Aspectos a desenvolver: • Resistência a pressões • Objetividade e foco nos resultados práticos • Expressar as discordâncias e críticas 24 Ponto chave: preocupado com os interesses comuns Estilos comportamentais
  • 26. Estilos comportamentais Analítico Pontos fortes: • Decisões bem fundamentadas • Ações eficientes • Persistência • Raciocínio lógico • Senso de organização Aspectos a evitar: • Inflexibilidade e teimosia • Apego a detalhes • Excesso de cautela Aspectos a desenvolver: • Senso de improvisação • Decisões rápidas • Exposição a risco 26 Ponto chave: critérios
  • 27. Conciliar X Cooperar A facilitação existe para potencializar a cooperação
  • 29. Coisas que você ama fazer Coisas que alguém paga você para fazer Coisas em que você é bom O trabalho dos seus sonhos
  • 34. “Inspirar o mundo mostrando que é possível simultâneamente entregar felicidade aos clientes, funcionários, comunidade, vendedores e acionistas em uma relação sustentável e de longa duração”
  • 35. Cada vez mais... ● Os clientes querem saber de quem eles estão comprando: querem se sentir conectados com o propósito da empresa. ● Funcionários estão mais preocupados para quem eles estão trabalhando: todos querem sentir que estão contribuindo para algo. ● Líderes estão mais preocupados com o impacto que estão causando: quantos empreendedores estão pensando em fazer dinheiro mas também fazer algo bom?
  • 36. Propósito: porque estamos fazendo isso? Atrair e reter os melhores funcionários 1.4x 1.4 vezes mais engajado e 1.7 vezes mais satisfeito 3x 3 vezes mais propensos a permanecer http://uli.org/wp-content/uploads/ULI-Documents/The-Human-Era-at-Work.pdf https://www.facebook.com/theenergyproject/
  • 37. Propósito: porque estamos fazendo isso? Relação de lealdade com os clientes 89% 72% 84% dos clientes acreditam que uma empresa com um propósito claro entrega serviços ou produtos de maior qualidade dos consumidores globais recomendam uma empresa com um propósito claro, em um aumento de 39% em relação a 2008. dos consumidores de mercados emergentes fazem uma compra relacionada a uma causa pelo menos uma vez por ano. http://www.edelman.com/insights/intellectual-property/good-purpose/
  • 38. Propósito: porque estamos fazendo isso? Aumentar o retorno para stakeholders 10x 120% Companhias direcionadas por um propósito claro performaram 10 vezes mais no S$P 500, entre 1996 e 2011. (1) Marcas com propósito conectado ao bem estar humano tiveram uma performance 120% melhor no mercado de ações em 2013. (2) 1 - Firms of Endearment - Raj Sisoda 2 - http://www.meaningful-brands.com/en
  • 39. "Seu propósito é o vento do seu veleiro. E sem um porque não há vento.” David Hieatt
  • 40. Comece com o porque Simon Sinek - Always start with Why Golden Circle
  • 42. Visão Simples, poderosa e inspiradora. Uma visão de futuro que estimule você e as pessoas envolvidas.
  • 43. Um computador em cada casa. Ser a empresa mais centrada no consumidor; construir um lugar onde as pessoas encontram e descobrem tudo que eles querem comprar online.
  • 44. Uma forma de começar é refletindo sobre o momento atual, como as coisas são atualmente, e o status quo que estamos tentando romper.
  • 45. Tenha um “inimigo” como: - Negócios convencionais - Empresas que não são bons lugares para se trabalhar - Experiências de consumo de qualidade ruim Isso nos dá motivação para conceber e trabalhar por um mundo melhor, onde as pessoas consigam ser inteiras, fazer o seu melhor e criar empreendimentos incríveis no processo.
  • 48. Quais são nossos valores básicos? As coisas em que mais acreditamos? E quais as coisas que nunca faríamos? Quais são os valores pelos quais aspiramos viver? Queremos que nosso trabalho esteja alinhado com nossos valores humanos.
  • 49. In the absence of values all decisions go to profits
  • 51. Que problemas merecem ser resolvidos? O que acontece à sua volta e que merece ser trabalhado? Focando em problemas e barreiras que as pessoas possuem em suas vidas, há muito mais chance de desenvolver uma ideia que as pessoas achem útil e de valor. Em vez de tentar mudar o mundo inteiro, tentar mudar o mundo de uma tribo.
  • 52. A vida é muito curta para construir algo que ninguém quer
  • 53. “As pessoas não compram coisas, elas compram o que as coisas fazem para elas”. Theodore Levitt
  • 56. Para quem iremos resolver, primeiro? "Se você tentar agradar a todos, você terminará agradando ninguém.” Seth Godin
  • 60. “Não venda produtos e serviços para as pessoas, mas sim tente endereçar as tarefas que elas precisam cumprir.” Clay Christensen
  • 61. Hiring A Milkshake In his MBA course, Clay Christensen shares the story of a fast-food restaurant chain that wanted to improve its milkshake sales. The company started by segmenting its market both by product (milkshakes) and by demographics (a marketer's profile of a typical milkshake drinker). Next, the marketing department asked people who fit the demographic to list the characteristics of an ideal milkshake (thick, thin, chunky, smooth, fruity, chocolaty, etc.). The would-be customers answered as honestly as they could, and the company responded to the feedback. But alas, milkshake sales did not improve. http://hbswk.hbs.edu/item/clay-christensens-milkshake-marketing
  • 62. Hiring A Milkshake The company then enlisted the help of one of Christensen's fellow researchers, who approached the situation by trying to deduce the "job" that customers were "hiring" a milkshake to do. First, he spent a full day in one of the chain's restaurants, carefully documenting who was buying milkshakes, when they bought them, and whether they drank them on the premises. He discovered that 40 percent of the milkshakes were purchased first thing in the morning, by commuters who ordered them to go. The next morning, he returned to the restaurant and interviewed customers who left with milkshake in hand, asking them what job they had hired the milkshake to do.
  • 63. "Most of them, it turned out, bought [the milkshake] to do a similar job," he writes. "They faced a long, boring commute and needed something to keep that extra hand busy and to make the commute more interesting. They weren't yet hungry, but knew that they'd be hungry by 10 a.m.; they wanted to consume something now that would stave off hunger until noon. And they faced constraints: They were in a hurry, they were wearing work clothes, and they had (at most) one free hand.“
  • 64. The milkshake was hired in lieu of a bagel or doughnut because it was relatively tidy and appetite-quenching, and because trying to suck a thick liquid through a thin straw gave customers something to do with their boring commute. Understanding the job to be done, the company could then respond by creating a morning milkshake that was even thicker (to last through a long commute) and more interesting (with chunks of fruit) than its predecessor. The chain could also respond to a separate job that customers needed milkshakes to do: serve as a special treat for young children—without making the parents wait a half hour as the children tried to work the milkshake through a straw. In that case, a different, thinner milkshake was in order.
  • 65. Proposta de valor 1.Que dores eu posso reduzir? 2.Que dores eu posso eliminar? 3.Que ganhos eu posso aumentar? 4.Que ganhos eu posso criar? Foque nos resultados, não nos recursos
  • 67. Seja visual Construa sobre as ideias dos outros uma conversa por vez Não julgue Quantidadeimporta Encorage as ideias malucas Faça perguntas, mesmo as mais tolas Mantenha o foco Regras de trabalho em grupo
  • 68. Qual será o tema do nosso projeto?
  • 69. Propósito Visão Valores Problemas Pessoas Proposta de valor Pensando na essência Por que estamos fazendo isso? Que mudança queremos fazer? Quais valores direcionam nossas decisões? Que problemas queremos resolver? Para quem iremos trabalhar? Que valores vamos entregar a estas pessoas?
  • 70. Obrigada! Produção do material: Luciana Hamamoto Terceiro Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.