SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Teorias de Aprendizagem
e Ensino Médico
Profa. Rilva Munõz
DMI/CCM/UFPB
Introdução
•Existem duas concepções de formação
pedagógica para professores
universitários
• 1: aprende-se a ensinar por meio da
própria prática do ensino, a partir de uma
visão simplista de reprodução de modelos
pré-existentes
• 2: adquirem-se e ampliam-se habilidades
básicas por meio de um processo
educacional contínuo
Introdução
• O ensino é considerado uma atividade
secundária em relação à própria
profissão médica e o trabalho docente
como professor não é considerado uma
“profissão”
• Em geral, os professores de medicina são
aqueles considerados bons profissionais em
sua área específica e os critérios de
contratação para ensinar geralmente são
centrados na qualidade de sua competência
técnica
Introdução
• O ensino na área médica é restrito à
reprodução de modelos previamente
adquiridos que são considerados válidos
e à experiência prática diária
•Trata-se de um reflexo da formação não-
profissional, adquirida intuitivamente
como se fosse algo simplista e de senso
comum – o que é amplamente aceito
(COSTA, 2010)
Introdução
• Só recentemente os professores
universitários começaram a perceber que
o ensino, como a pesquisa e a prática de
qualquer profissão, exige treinamento
• Além das competências específicas para o
exercício da profissão, são necessárias as
competências específicas do professor
universitário: domínio de uma área específica de
conhecimento + domínio da área pedagógica +
exercício da dimensão política do ensino
universitário
Introdução
•Várias teorias de aprendizagem
estão disponíveis para fundamentar
as práticas pedagógicas do ensino
médico
•É importante que docentes médicos
identifiquem as concepções pedagógicas que
subsidiam as práticas de ensino-aprendizagem
em medicina para adotar práticas mais
eficazes e sintonizadas com as recentes
mudanças de paradigmas da educação
superior
Concepções Pedagógicas
•Modelo tradicional
• Behaviorismo
• Cognitivismo
• Construtivismo
• Humanismo
• Sociointeracionismo
MODELO TRADICIONAL
▪ Embora sem fundamentação teórica
específica, predomina no contexto
educacional brasileiro desde o Império
▪ Inspiração no modelo francês-
napoleônico do século XIX - influencia
até hoje o ensino superior brasileiro
• O aluno é considerado receptor passivo
de informações preestabelecidas pelo
sistema ou instituição educacional
(OLIVEIRA; LEITE, 2010)
MODELO TRADICIONAL
• A avaliação da aprendizagem baseia-se na
capacidade de reprodução fiel das
informações ensinadas
• A relação professor-aluno é marcada por
hierarquização e autoritarismo
• O professor toma todas as decisões relativas
ao processo ensino-aprendizagem
• Não se verifica incentivo ao pensamento
crítico e criativo, à autonomia do aluno, à
colaboração entre pares, e à democracia nas
tomadas de decisões
TEORIA BEHAVIORISTA
• Enfoca a alteração no comportamento
observável dos aprendizes,
desconsiderando seus aspectos internos
mentais
• Princípio - repetir padrões de
comportamento até que eles sejam
“incorporados” e feitos automaticamente
• Tratam a aprendizagem como uma
questão de conexão entre estímulos e
respostas
TEORIA BEHAVIORISTA
• Baseada no condicionamento respondente
de Pavlov e no condicionamento operante
de Skinner
• Estímulo leva a uma resposta – reforço –
manter ou extinguir um comportamento
• Sanções (punição/recompensa) e
emulações (competição/rendimento)
• Linha positivista
• Ensino de habilidades psicomotoras e
técnicas de estudantes de medicina
TEORIA COGNITIVISTA
▪ Preocupa-se com a cognição - processo de
compreensão, transformação,
armazenamento e utilização das informações
▪ Aprendizado pela descoberta
▪ Piaget e Vigotsky foram os teóricos que, embora
não tenham desenvolvido propriamente a teoria,
mas seus estudos serviram de pressuposto para
teóricos do campo educacional
▪ Baseado no ensaio-erro, na curiosidade, na
investigação e na solução de problemas
▪ Cognitivismo tradicional (cognitivismo-objetivo) e
o cognitivismo construtivista (construtivismo)
TEORIA CONSTRUTIVISTA
• Apresenta como pressuposto um sujeito ativo e
construtor do próprio conhecimento
• O conhecimento é construído em ambientes naturais
de interação social, estruturados culturalmente
• Cada aluno constrói seu próprio aprendizado em um
processo de dentro para fora baseado em
experiências de fundo psicológico
• O indivíduo entende novas experiências relacionando
as com as experiências anteriores
• O indivíduo constrói significados pelas experiências
de acomodação e assimilação
TEORIA CONSTRUTIVISTA
• Estimula uma forma de pensar em
que o estudante, ao invés de assimilar
o conteúdo passivamente, reconstrói
o conhecimento existente, dando um
novo significado (o que implica em
novo conhecimento)
• Construtivismo interacionista e
construtivismo sociointeracionista
TEORIA CONSTRUTIVISTA
Fonte: Lakomy (2003)
COMPORTAMENTALISTA COGNITIVISTA CONSTRUTIVISTA
- A instrução
visa condicionar o
comportamento do aluno
- O professor promove as
mudanças de
comportamento usando o
reforço seletivo
- As realidades dos alunos
são convergentes: as suas
várias realidades tendem a
convergir para uma única
realidade
- A aprendizagem está
baseada nessa única
realidade
- A aprendizagem
concentra-se na
transmissão do
processo de
pensamento do
estudante
- O professor
manipula o
processo de
pensamento do
aluno provendo um
modelo mental que
o aluno tem que
seguir
- As realidades dos
alunos também são
convergentes
- A aprendizagem
promove a construção
mental da realidade do
aluno
- O professor facilita a
modelação conceitual
do aluno
- O professor leva em
linha de conta que o
aluno “funciona” em
estruturas cognitivas
diversas, e fornece-lhe
atividades de
aprendizagem
apropriadas, que
ajudarão o aluno a
construir o seu próprio
conhecimento
TEORIAS DA APRENDIZAGEM
TEORIA HUMANISTA
• Prioriza como base da aprendizagem a
autorrealização do aprendiz
• Valorização tanto do aspecto cognitivo,
quanto do motor e do afetivo
• A aprendizagem significativa é
autocentrada e estimulada pelo
relacionamento entre aluno e o facilitador
da aprendizagem
• Ensino centrado na pessoa: corresponde
ao “ensino centrado no aluno”.
TEORIA HUMANISTA
• A teoria humanista de Rogers deriva de sua
prática em psicoterapia: o ser humano é
essencialmente bom
• As ideias humanistas calcadas no pensamento
de Carl Rogers ao serem aplicadas na
aprendizagem sofreram uma distorção, sendo
confundidas com “afrouxamento da disciplina” e
certa “libertinagem pedagógica”
• Todo aluno tem potencialidade para aprender e a
tendência a realizar essa potencialidade
SOCIOINTERACIONISMO
• Sociointeracionismo de Vigotsky (Teoria
Sócio-Histórica)
• Concebe a aprendizagem como um fenômeno
que se realiza na interação com o outro
• Considera que os elementos biológicos e sociais
não podem ser dissociados e exercem influência
mútua
• Reconhece a importância das definições
biológicas, porém, nesta concepção, o que mais
influencia na formação do indivíduo são as
interações sociais, a mediação do indivíduo com
o mundo
PEDAGOGIA LIBERTADORA DE PAULO
FREIRE
• Concepção dialética em que educador e educando
aprendem juntos
• A prática, orientada pela teoria, reorienta essa teoria,
em um processo de constante aperfeiçoamento
• Crítica à educação tradicional, tida como educação
bancária – apenas “depositava” conhecimento no
aluno, que permanecia em uma posição passiva
• a educação é sempre um ato político, devendo ser
problematizadora e conscientizador
• As várias teorias são mutuamente
exclusivas?
• Todas as teorias de aprendizagem
poderiam ser operacionalizadas no
ensino de estudantes de medicina?
• Quais são as concepções
epistemológicas mais buscadas
atualmente no ensino de medicina?
Concepções Pedagógicas
ANDRAGOGIA
• Teoria da educação de adultos
• Características: adultos são
independentes e autônomos; acumularam
experiência; valorizam o ensino
relacionado às demandas de sua atividade
cotidiana; interessam-se por um enfoque
orientado por problemas; são motivados a
aprender por estímulos internos; apreciam
atividades de grupo e a cooperação; são
reflexivos; aplicam na vida profissional
aquilo que aprenderam
Androgogia vs. Pedagogia
• Pedagogia
– Formal
– Aprendizes
dependentes e
dirigidos pelo
professor
– Avaliação externa
(professores,
provas)
– Aprendizes
extrinsecamente
motivados
• Androgogia
– Informal e
cooperativo
– Aprendizes
independentes e
auto-direcionados
– Auto-avaliação
– Aprendizes
intrinsecamente
motivados
Teorias de Aprendizagem – Instituição
Fonte: SOUZA (2014)
EDUCAÇÃO CONTINUADA
• A grande velocidade dos avanços tecnológicos e
da produção de informações científicas torna
impossível para um profissional de saúde
manter-se atualizado empregando apenas os
mesmos recursos utilizados no passado
• É necessário aprender a buscar e selecionar a
informação relevante, reconhecer as fontes
confiáveis e desenvolver habilidades de busca e
pesquisa no universo virtual
• Aprendizagem não se encerra na graduação,
mas continua por toda a vida

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRiaSilvia Marina Anaruma
 
Atividade 1 teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
Atividade 1   teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPointAtividade 1   teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
Atividade 1 teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPointMárcio Emílio
 
Comportamentalismo ou Behaviorismo
Comportamentalismo ou BehaviorismoComportamentalismo ou Behaviorismo
Comportamentalismo ou BehaviorismoErica Nascimento
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemGerdian Teixeira
 
"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"Cléo Lima
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasMarcelo Assis
 
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagemtecnodocencia_ufc
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemDébora Silveira
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemecleiamb
 
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...Educação Infantil
 
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerTeoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerEduardo Petrucci
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisarivanialeao
 
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORATENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORASandra Lourenco
 

Mais procurados (20)

Conhecendo a didática
Conhecendo a didáticaConhecendo a didática
Conhecendo a didática
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
 
Atividade 1 teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
Atividade 1   teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPointAtividade 1   teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
Atividade 1 teorias de aprendizagem - puc-rs - PowerPoint
 
Comportamentalismo ou Behaviorismo
Comportamentalismo ou BehaviorismoComportamentalismo ou Behaviorismo
Comportamentalismo ou Behaviorismo
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
 
Etica e educacao
Etica e educacaoEtica e educacao
Etica e educacao
 
Tendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdosTendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdos
 
8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas
 
A abordagem histórico cultural de lev vigotski
A abordagem histórico cultural de lev vigotskiA abordagem histórico cultural de lev vigotski
A abordagem histórico cultural de lev vigotski
 
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerTeoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de Skinner
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisa
 
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORATENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
 

Semelhante a Teorias Aprendizagem Ensino Médico

Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicasRute Sheila
 
Seminário 01 - Para além do autoritarismo
Seminário 01 - Para além do autoritarismoSeminário 01 - Para além do autoritarismo
Seminário 01 - Para além do autoritarismoCosmo Matias Gomes
 
Abordagens do-processo
Abordagens do-processoAbordagens do-processo
Abordagens do-processoafermartins
 
Slide seminário avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...
Slide seminário   avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...Slide seminário   avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...
Slide seminário avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...Jonnathann Nagato-Luto
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaEdilene Jadao
 
Planejamento de ensino[1]
Planejamento de ensino[1]Planejamento de ensino[1]
Planejamento de ensino[1]UNICEP
 
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaApostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaFátima Noronha
 
Apresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.ppt
Apresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.pptApresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.ppt
Apresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.pptHelenAndrade21
 
CONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdf
CONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdfCONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdf
CONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdfprofajaciaracardoso
 
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaApostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaFátima Noronha
 
Didática: A Instrumentalização do Professor.
Didática: A Instrumentalização do Professor.Didática: A Instrumentalização do Professor.
Didática: A Instrumentalização do Professor.nathmcunha
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoNayra Carneiro
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoSimone Everton
 

Semelhante a Teorias Aprendizagem Ensino Médico (20)

Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
 
Seminário 01 - Para além do autoritarismo
Seminário 01 - Para além do autoritarismoSeminário 01 - Para além do autoritarismo
Seminário 01 - Para além do autoritarismo
 
Abordagens do-processo
Abordagens do-processoAbordagens do-processo
Abordagens do-processo
 
Slide seminário avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...
Slide seminário   avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...Slide seminário   avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...
Slide seminário avaliação da aprendizagem escolar - apontamentos sobre a...
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 02
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literária
 
Abordagens de ensino
Abordagens de ensinoAbordagens de ensino
Abordagens de ensino
 
Planejamento de ensino[1]
Planejamento de ensino[1]Planejamento de ensino[1]
Planejamento de ensino[1]
 
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaApostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
 
Apresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.ppt
Apresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.pptApresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.ppt
Apresentação Tendências Pedagogicas 09_03_13.ppt
 
CONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdf
CONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdfCONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdf
CONHECIMENTOS_PEDAGOGICOS_ Teorias Pedagogicas.pdf
 
12 ensino e aprendizagem
12 ensino e aprendizagem12 ensino e aprendizagem
12 ensino e aprendizagem
 
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaApostila  teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Apostila teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
 
Didática: A Instrumentalização do Professor.
Didática: A Instrumentalização do Professor.Didática: A Instrumentalização do Professor.
Didática: A Instrumentalização do Professor.
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processo
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processo
 
Portflio..ajustado
Portflio..ajustadoPortflio..ajustado
Portflio..ajustado
 
Portflio..ajustado
Portflio..ajustadoPortflio..ajustado
Portflio..ajustado
 
Abordagensdeensino 100529134451-phpapp01
Abordagensdeensino 100529134451-phpapp01Abordagensdeensino 100529134451-phpapp01
Abordagensdeensino 100529134451-phpapp01
 

Mais de Rilva Lopes de Sousa Muñoz

Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOSA RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOSRilva Lopes de Sousa Muñoz
 
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICAORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICARilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESMEElaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESMERilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMERilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESMEValidade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESMERilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. RilvaMedicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. RilvaRilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. RilvaNoções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. RilvaRilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. RilvaPesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. RilvaRilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem QuantitativaModelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem QuantitativaRilva Lopes de Sousa Muñoz
 

Mais de Rilva Lopes de Sousa Muñoz (20)

Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
Introdução à Estatística Inferencial - Parte 1
 
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOSA RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE ATRAVÉS DOS TEMPOS
 
História da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no BrasilHistória da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no Brasil
 
História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1
 
História da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das DoençasHistória da Teoria Microbiana das Doenças
História da Teoria Microbiana das Doenças
 
História da Medicina no Brasil
História da Medicina no BrasilHistória da Medicina no Brasil
História da Medicina no Brasil
 
História da Cirurgia
História da CirurgiaHistória da Cirurgia
História da Cirurgia
 
História do Ensino Médico
História do Ensino MédicoHistória do Ensino Médico
História do Ensino Médico
 
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICAORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO  INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO CONSENTIMENTO INFORMADO NA PRÁTICA MÉDICA
 
História das Doenças Negligenciadas
História das Doenças NegligenciadasHistória das Doenças Negligenciadas
História das Doenças Negligenciadas
 
Semiologia Baseada em Evidências
Semiologia Baseada em EvidênciasSemiologia Baseada em Evidências
Semiologia Baseada em Evidências
 
Aula "Atestados Médicos"
Aula "Atestados Médicos" Aula "Atestados Médicos"
Aula "Atestados Médicos"
 
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESMEElaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
Elaboração e Publicação de um Artigo Científico Original - GESME
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
 
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESMEValidade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Validade e Reprodutibilidade de Exames - Profa. Rilva Muñoz - GESME
 
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. RilvaMedicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
 
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. RilvaNoções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
Noções de Exame Neurológico - Parte II - Profa. Rilva
 
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESMETeoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
Teoria da Amostragem - Profa. Rilva - GESME
 
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. RilvaPesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
 
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem QuantitativaModelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
 

Último

Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 

Último (20)

Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 

Teorias Aprendizagem Ensino Médico

  • 1. Teorias de Aprendizagem e Ensino Médico Profa. Rilva Munõz DMI/CCM/UFPB
  • 2. Introdução •Existem duas concepções de formação pedagógica para professores universitários • 1: aprende-se a ensinar por meio da própria prática do ensino, a partir de uma visão simplista de reprodução de modelos pré-existentes • 2: adquirem-se e ampliam-se habilidades básicas por meio de um processo educacional contínuo
  • 3. Introdução • O ensino é considerado uma atividade secundária em relação à própria profissão médica e o trabalho docente como professor não é considerado uma “profissão” • Em geral, os professores de medicina são aqueles considerados bons profissionais em sua área específica e os critérios de contratação para ensinar geralmente são centrados na qualidade de sua competência técnica
  • 4. Introdução • O ensino na área médica é restrito à reprodução de modelos previamente adquiridos que são considerados válidos e à experiência prática diária •Trata-se de um reflexo da formação não- profissional, adquirida intuitivamente como se fosse algo simplista e de senso comum – o que é amplamente aceito (COSTA, 2010)
  • 5. Introdução • Só recentemente os professores universitários começaram a perceber que o ensino, como a pesquisa e a prática de qualquer profissão, exige treinamento • Além das competências específicas para o exercício da profissão, são necessárias as competências específicas do professor universitário: domínio de uma área específica de conhecimento + domínio da área pedagógica + exercício da dimensão política do ensino universitário
  • 6. Introdução •Várias teorias de aprendizagem estão disponíveis para fundamentar as práticas pedagógicas do ensino médico •É importante que docentes médicos identifiquem as concepções pedagógicas que subsidiam as práticas de ensino-aprendizagem em medicina para adotar práticas mais eficazes e sintonizadas com as recentes mudanças de paradigmas da educação superior
  • 7. Concepções Pedagógicas •Modelo tradicional • Behaviorismo • Cognitivismo • Construtivismo • Humanismo • Sociointeracionismo
  • 8. MODELO TRADICIONAL ▪ Embora sem fundamentação teórica específica, predomina no contexto educacional brasileiro desde o Império ▪ Inspiração no modelo francês- napoleônico do século XIX - influencia até hoje o ensino superior brasileiro • O aluno é considerado receptor passivo de informações preestabelecidas pelo sistema ou instituição educacional (OLIVEIRA; LEITE, 2010)
  • 9. MODELO TRADICIONAL • A avaliação da aprendizagem baseia-se na capacidade de reprodução fiel das informações ensinadas • A relação professor-aluno é marcada por hierarquização e autoritarismo • O professor toma todas as decisões relativas ao processo ensino-aprendizagem • Não se verifica incentivo ao pensamento crítico e criativo, à autonomia do aluno, à colaboração entre pares, e à democracia nas tomadas de decisões
  • 10. TEORIA BEHAVIORISTA • Enfoca a alteração no comportamento observável dos aprendizes, desconsiderando seus aspectos internos mentais • Princípio - repetir padrões de comportamento até que eles sejam “incorporados” e feitos automaticamente • Tratam a aprendizagem como uma questão de conexão entre estímulos e respostas
  • 11. TEORIA BEHAVIORISTA • Baseada no condicionamento respondente de Pavlov e no condicionamento operante de Skinner • Estímulo leva a uma resposta – reforço – manter ou extinguir um comportamento • Sanções (punição/recompensa) e emulações (competição/rendimento) • Linha positivista • Ensino de habilidades psicomotoras e técnicas de estudantes de medicina
  • 12. TEORIA COGNITIVISTA ▪ Preocupa-se com a cognição - processo de compreensão, transformação, armazenamento e utilização das informações ▪ Aprendizado pela descoberta ▪ Piaget e Vigotsky foram os teóricos que, embora não tenham desenvolvido propriamente a teoria, mas seus estudos serviram de pressuposto para teóricos do campo educacional ▪ Baseado no ensaio-erro, na curiosidade, na investigação e na solução de problemas ▪ Cognitivismo tradicional (cognitivismo-objetivo) e o cognitivismo construtivista (construtivismo)
  • 13. TEORIA CONSTRUTIVISTA • Apresenta como pressuposto um sujeito ativo e construtor do próprio conhecimento • O conhecimento é construído em ambientes naturais de interação social, estruturados culturalmente • Cada aluno constrói seu próprio aprendizado em um processo de dentro para fora baseado em experiências de fundo psicológico • O indivíduo entende novas experiências relacionando as com as experiências anteriores • O indivíduo constrói significados pelas experiências de acomodação e assimilação
  • 14. TEORIA CONSTRUTIVISTA • Estimula uma forma de pensar em que o estudante, ao invés de assimilar o conteúdo passivamente, reconstrói o conhecimento existente, dando um novo significado (o que implica em novo conhecimento) • Construtivismo interacionista e construtivismo sociointeracionista
  • 16. COMPORTAMENTALISTA COGNITIVISTA CONSTRUTIVISTA - A instrução visa condicionar o comportamento do aluno - O professor promove as mudanças de comportamento usando o reforço seletivo - As realidades dos alunos são convergentes: as suas várias realidades tendem a convergir para uma única realidade - A aprendizagem está baseada nessa única realidade - A aprendizagem concentra-se na transmissão do processo de pensamento do estudante - O professor manipula o processo de pensamento do aluno provendo um modelo mental que o aluno tem que seguir - As realidades dos alunos também são convergentes - A aprendizagem promove a construção mental da realidade do aluno - O professor facilita a modelação conceitual do aluno - O professor leva em linha de conta que o aluno “funciona” em estruturas cognitivas diversas, e fornece-lhe atividades de aprendizagem apropriadas, que ajudarão o aluno a construir o seu próprio conhecimento TEORIAS DA APRENDIZAGEM
  • 17. TEORIA HUMANISTA • Prioriza como base da aprendizagem a autorrealização do aprendiz • Valorização tanto do aspecto cognitivo, quanto do motor e do afetivo • A aprendizagem significativa é autocentrada e estimulada pelo relacionamento entre aluno e o facilitador da aprendizagem • Ensino centrado na pessoa: corresponde ao “ensino centrado no aluno”.
  • 18. TEORIA HUMANISTA • A teoria humanista de Rogers deriva de sua prática em psicoterapia: o ser humano é essencialmente bom • As ideias humanistas calcadas no pensamento de Carl Rogers ao serem aplicadas na aprendizagem sofreram uma distorção, sendo confundidas com “afrouxamento da disciplina” e certa “libertinagem pedagógica” • Todo aluno tem potencialidade para aprender e a tendência a realizar essa potencialidade
  • 19. SOCIOINTERACIONISMO • Sociointeracionismo de Vigotsky (Teoria Sócio-Histórica) • Concebe a aprendizagem como um fenômeno que se realiza na interação com o outro • Considera que os elementos biológicos e sociais não podem ser dissociados e exercem influência mútua • Reconhece a importância das definições biológicas, porém, nesta concepção, o que mais influencia na formação do indivíduo são as interações sociais, a mediação do indivíduo com o mundo
  • 20. PEDAGOGIA LIBERTADORA DE PAULO FREIRE • Concepção dialética em que educador e educando aprendem juntos • A prática, orientada pela teoria, reorienta essa teoria, em um processo de constante aperfeiçoamento • Crítica à educação tradicional, tida como educação bancária – apenas “depositava” conhecimento no aluno, que permanecia em uma posição passiva • a educação é sempre um ato político, devendo ser problematizadora e conscientizador
  • 21. • As várias teorias são mutuamente exclusivas? • Todas as teorias de aprendizagem poderiam ser operacionalizadas no ensino de estudantes de medicina? • Quais são as concepções epistemológicas mais buscadas atualmente no ensino de medicina? Concepções Pedagógicas
  • 22. ANDRAGOGIA • Teoria da educação de adultos • Características: adultos são independentes e autônomos; acumularam experiência; valorizam o ensino relacionado às demandas de sua atividade cotidiana; interessam-se por um enfoque orientado por problemas; são motivados a aprender por estímulos internos; apreciam atividades de grupo e a cooperação; são reflexivos; aplicam na vida profissional aquilo que aprenderam
  • 23. Androgogia vs. Pedagogia • Pedagogia – Formal – Aprendizes dependentes e dirigidos pelo professor – Avaliação externa (professores, provas) – Aprendizes extrinsecamente motivados • Androgogia – Informal e cooperativo – Aprendizes independentes e auto-direcionados – Auto-avaliação – Aprendizes intrinsecamente motivados
  • 24. Teorias de Aprendizagem – Instituição Fonte: SOUZA (2014)
  • 25. EDUCAÇÃO CONTINUADA • A grande velocidade dos avanços tecnológicos e da produção de informações científicas torna impossível para um profissional de saúde manter-se atualizado empregando apenas os mesmos recursos utilizados no passado • É necessário aprender a buscar e selecionar a informação relevante, reconhecer as fontes confiáveis e desenvolver habilidades de busca e pesquisa no universo virtual • Aprendizagem não se encerra na graduação, mas continua por toda a vida