Trajetória histórica da didática

30.922 visualizações

Publicada em

Trajetória histórica da didática. Apresentação baseada no texto de Amélia Castro

Publicada em: Educação, Espiritual
4 comentários
18 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
30.922
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
158
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.153
Comentários
4
Gostaram
18
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trajetória histórica da didática

  1. 1. TTrraajjeettóórriiaa HHiissttóórriiccaa ddaa DDiiddááttiiccaa Prof. Carlos Alberto Figueiredo da Silva
  2. 2. DDiiddááttiiccaa Com base no texto de Amélia Rodrigues de Castro Τεχνή διδακτική techné didaktiké Arte ou técnica de ensinar
  3. 3. Método de Sócrates O Poder do não-saber O autoconhecimento Sócrates Platão O bem O objeto da ciência não é o sensível, o particular, o indivíduo que passa; é o inteligível. Dialético Maiêutica ou engenhosa obstetrícia do espírito, que facilitava a parturição das idéias.
  4. 4. Aristóteles se preocupava com a pesquisa e seu método consistia em falar aos discípulos ouvintes em caminhadas pelos corredores e adjacências do Liceu – dá a denominação de escola peripatética. Aristóteles
  5. 5. DDiiddááttiiccaa DDiiffuussaa PPooddeerr--ssee--iiaa cchhaammaarr ddee ddiiddááttiiccaa ddiiffuussaa aa mmaanneeiirraa ddee ssee eennssiinnaarr iinnttuuiittiivvaammeennttee ee//oouu sseegguuiinnddoo--ssee aa pprrááttiiccaa vviiggeennttee..
  6. 6. SSééccuulloo XXVVIIII:: ssuurrggiimmeennttoo ddaa DDiiddááttiiccaa • AA DDiiddááttiiccaa ssuurrggee ggrraaççaass àà aaççããoo ddee ddooiiss eedduuccaaddoorreess,, RRAATTÍÍQQUUIIOO ee CCOOMMÊÊNNIIOO,, aammbbooss pprroovveenniieenntteess ddaa EEuurrooppaa CCeennttrraall,, qquuee aattuuaarraamm eemm ppaaíísseess nnooss qquuaaiiss ssee hhaavviiaa iinnssttaallaaddoo aa RReeffoorrmmaa PPrrootteessttaannttee..
  7. 7. DDiiddááttiiccaa MMaaggnnaa CCoommêênniioo,, CCoommeenniiuuss oouu JJaann AAmmooss KKoommeennsskkýý eessccrreevveeuu,, eennttrree oouuttrraass oobbrraass,, aa DDiiddááttiiccaa MMaaggnnaa,, iinnssttiittuuiinnddoo aa nnoovvaa ddiisscciipplliinnaa ccoommoo ""aarrttee ddee eennssiinnaarr ttuuddoo aa ttooddooss"".. DDeessssaa aammbbiiççããoo ppaarrttiicciippaa ttaammbbéémm RRAATTÍÍQQUUIIOO,, ee aammbbooss,, ppaauuttaaddooss ppoorr iiddeeaaiiss ééttiiccoo-- rreelliiggiioossooss,, aaccrreeddiittaamm tteerr eennccoonnttrraaddoo uumm mmééttooddoo ppaarraa ccuummpprriirr aaqquueelleess ddeessííggnniiooss ddee mmooddoo rrááppiiddoo ee aaggrraaddáávveell..
  8. 8. A idéia baconiana da atenção à natureza - este é o modelo que os didatas supõem imitar quando aconselham seguir sempre do fácil ao difícil, ir das coisas às idéias e do particular ao geral, tudo sem pressa. AA uuttooppiiaa ddaa ééppooccaa
  9. 9. AA RReeffoorrmmaa PPrrootteessttaannttee Essa etapa da gênese da Didática a faz servir, com ardor, à causa da Reforma Protestante, e esse fato marca seu caráter revolucionário, de luta contra o tipo de ensino da Igreja Católica Medieval.
  10. 10. CCoonnhheeççaamm SSeeuuss AAlluunnooss ROUSSEAU é o autor da segunda grande revolução didática. O Século das Luzes, que tanto valoriza a razão, tem nos excessos românticos de ROUSSEAU o seu contraponto. Põe em relevo a natureza da criança e transforma o método num procedimento natural, exercido sem pressa e sem livros.
  11. 11. AA VVaalloorriizzaaççããoo ddaa IInnffâânncciiaa • CCOOMMÊÊNNIIOO –– SSeegguuee aass ppeeggaaddaass ddaa NNaattuurreezzaa ee vviissaa ddoommaarr aass ppaaiixxõõeess ddaass ccrriiaannççaass.. • RROOUUSSSSEEAAUU -- PPaarrttee ddaa iiddééiiaa ddaa bboonnddaaddee nnaattuurraall ddoo hhoommeemm, ccoorrrroommppiiddoo ppeellaa ssoocciieeddaaddee.. VVeerr oo lliivvrroo OO CCoonnttrraattoo SSoocciiaall..
  12. 12. TTeemmppooss MMooddeerrnnooss OO ttrraaççaaddoo ddee uummaa lliinnhhaa iimmaaggiinnáárriiaa eemm ttoorrnnoo ddee eevveennttooss qquuee ccaarraacctteerriizzaamm oo eennssiinnoo éé ffaattoo ddoo iinníícciioo ddooss tteemmppooss mmooddeerrnnooss,, ee rreevveellaa uummaa tteennttaattiivvaa ddee ddiissttiinngguuiirr uumm ccaammppoo ddee eessttuuddooss aauuttôônnoommoo..
  13. 13. HHeerrbbaarrtt –– AA IInnfflleexxããoo MMeettooddoollóóggiiccaa ((sséécc.. XXIIXX)) Pedagogia Científica Educação pela Instrução Método dos Passos Formais preparação, apresentação, associação, sistematização e aplicação. Concepção de “massas aperceptivas” – Conhecimentos anteriores
  14. 14. • HERBART tem o mérito de tornar a Pedagogia o "ponto central de um círculo de investigação próprio". • No entanto, presa ao caminho do empirismo sensualista de origem filosófica e não ainda experimental.
  15. 15. IInnfflluuêênncciiaa ddee HHeerrbbaarrtt • THORNDIKE • ASSOCIACIONISMO
  16. 16. AA lleeii ddooss eeffeeiittooss • Edward Lee Thorndike estabelece, com sua lei dos efeitos as bases para o behaviorismo de Skinner. • Foi criticado por sua ênfase nas sensações agradáveis e desagradáveis como elemento de fixação de respostas. • Depois de responder às críticas, sua teoria acabou incorporada às correntes behavioristas. Suas formulações se inserem numa lógica positivista e forma pragmática de fazer ciência.
  17. 17. AA DDiiddááttiiccaa ddoo sséécc XXIIXX:: ssuujjeeiittoo XX mmééttooddoo • ÊÊnnffaassee nnoo mmééttooddoo -- ccoommoo ccaammiinnhhoo qquuee ccoonndduuzz ddoo nnããoo--ssaabbeerr aaoo ssaabbeerr,, ccaammiinnhhoo ffoorrmmaall ddeessccoobbeerrttoo ppeellaa rraazzããoo hhuummaannaa.. • ÊÊnnffaassee nnoo ssuujjeeiittoo -- qquuee sseerriiaa iinndduuzziiddoo,, ttaallvveezz ""sseedduuzziiddoo"" aa aapprreennddeerr ppeelloo ccaammiinnhhoo ddaa ccuurriioossiiddaaddee ee mmoottiivvaaççããoo..
  18. 18. OO qquuee éé mmaaiiss ppooddeerroossoo?? • DDee ddeennttrroo ppaarraa ffoorraa :: oo eessffoorrççoo aauuttoo--eedduuccaattiivvoo ddoo ssuujjeeiittoo.. oouu • DDee ffoorraa ppaarraa ddeennttrroo:: aa pprreessssããoo eexxtteerrnnaa ddoo mmeeiioo ssoocciiaall ee ccuullttuurraall..
  19. 19. NNooss EEssttaaddooss UUnniiddooss ddaa AAmméérriiccaa • A vertente americana é dominada por John DEWEY – Criou uma escola-laboratório na Universidade de Chicago, defendendo a metodologia da Escola Ativa, no âmbito de uma Escola Progressiva, comprometida com a expansão do ideal democrático americano. • A fundamentação psicológica e filosófica encontra-se no pragmatismo de William JAMES – Explicando-se assim a tendência de valorizar o conhecimento na medida em que este orienta a ação.
  20. 20. NNaa EEuurrooppaa • A psicopedagogia com CLAPARÈDE, FERRIÈRE, BOVET • A medicina pedagógica com MONTESSORI e DECROLY • A sociopedagogia de FREINET, KERSCHENSTEINER e COUSINET. – A base psicológica é predominantemente funcionalista, mas afastando-se tanto do pragmatismo americano quanto das influências do associacionismo; no entanto, os fundamentos sociológicos divergem, indo da linha socialdemocrata à socialista.
  21. 21. PPeeddaaggooggiiaa LLiibbeerraall Fundamentação não no diálogo socrático, mas na afirmação categórica do mestre, como havia ensinado Aristóteles. As Escolas Liberais não nasceriam com o capitalismo ou para lhe dar sustentação, mas da metodologia aristotélica? Escola Tradicional Escola Nova Escola Tecnicista
  22. 22. PPeeddaaggooggiiaa PPrrooggrreessssiissttaa Podemos dizer que o chamado "Método Paulo Freire" é uma espécie de reedição dos diálogos socráticos, como no-los apresenta Platão em a República Paulo Freire Sócrates
  23. 23. DDiiddááttiiccaa OOsscciillaa EEnnttrree DDiiffeerreenntteess PPaarraaddiiggmmaass sséécc XXXX • “Um paradigma (ou um conjunto de paradigmas) é aquilo que os membros de uma comunidade partilham e, inversamente, uma comunidade científica consiste em homens que partilham um paradigma.” • “Certos exemplos da prática científica atual - tanto na teoria quanto na aplicação - estão ligados a modelos conceptuais de mundo dos quais surgem certas tradições de pesquisa" Kuhn, A Estrutura das Revoluções Científicas
  24. 24. PPaarraaddiiggmmaa QQuuaall éé oo ppaarraaddiiggmmaa ccoommppaarrttiillhhaaddoo,, qquuaannttoo àà DDiiddááttiiccaa?? CCoommoo éé qquuee aa ccoommuunniiddaaddee eedduuccaacciioonnaall iinntteerrpprreettaa eessssee ppaarraaddiiggmmaa??
  25. 25. DDiiddááttiiccaa • Renovada • Ativa • Nova • Tradicional • Experimental • Psicológica • Sociológica • Filosófica • Moderna • Geral • Especial • Neurodidática • Etc.
  26. 26. QQuuaall éé oo nnúúcclleeoo dduurroo ddaa DDiiddááttiiccaa?? OO EEnnssiinnoo--AApprreennddiizzaaggeemm
  27. 27. LLeemmbbrreetteess • O primeiro objeto: o Método – Correspondendo ao modo de agir sobre o educando. – O recuo do Método ao fundo do palco e o Sujeito como foco: – quando sua outra face, o próprio educando ou aprendiz, reclamou seus direitos. • Um reviver metodológico, no século XIX, pôs em relevo as características de ordem e sequência, no processo didático.
  28. 28. • Final do século XX: inquietações da época requerem auxílio da psicologia profunda de origem freudiana, ora recorre às correntes neomarxistas. • A oscilação entre uma tendência psicológica que acentua a relevância da compreensão da inteligência humana e sua construção e outra que se apóia na visão sociológica das relações escola-sociedade, parece dominar o conteúdo da disciplina.
  29. 29. • Não existem duas Didáticas, uma teórica e outra prática: teoria e prática são indissociáveis. • O foco da Didática: o Ensino- Aprendizagem, revela uma intenção: a de produzir aprendizagem; é palavra-ação, palavra-ordem, palavra-prospectiva, palavra que revela um resultado desejado.
  30. 30. • Depois de PIAGET, não se pode mais entender o ensino como a simples apropriação de um conteúdo: uma informação, um conhecimento ou uma atitude, por exemplo.
  31. 31. • Século XXI - A Didática não se limita ao bom ensino, ao avanço cognitivo intelectual, mas envolve igualmente progressos na afetividade, moralidade e sociabilidade, por condições que são do desenvolvimento humano integral.
  32. 32. Referência CASTRO, Amélia Rodrigues. A trajetória histórica da didática. Assista ao vídeo CURIOSIDADE E APRENDIZAGEM https://www.youtube.com/watch?v=jh6v-VUpiOI
  33. 33. hhttttpp::////wwwwww..ccaarrlloossffiigguueeiirreeddoo..oorrgg// OObbrriiggaaddoo

×