SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de
aula com APPS e MOBILE LEARNING
Idalina Santos
ilouridosantos@gmail.com
Daniela Guimarães
danidesg@gmail.com
Conteúdos:
• Aula invertida/Sala de aula invertida
• Mobile Learning
• Apps
• Atividades
Retirado de https://goo.gl/iSzbkK
Retirado de https://goo.gl/FsLUvp
4
Aula Invertida ≠ Aprendizagem Invertida
Uma aula invertida pode
ou não promover uma
aprendizagem invertida!
Retirado de www.pcma.org-
Então …
Quando é que numa aula há aprendizagem invertida?
5
Aula Invertida ou
Flipped classroom
Retirado de · http://goo.gl/PWpYAT
• 2007 - Jonathan Bergman e Aaron Sams;
• 2011 - popularizada por Salman Khan (fundador da Khan Academy).
Ambientes Flexíveis Cultura de Aprendizagem
Conteúdo Intencional Educador Profissional
6
Modelo da Aprendizagem Invertida
4 pilares da F-L-I-PTM
(Hamdan et al., 2013)
7
Vantagens:
• o domínio da aprendizagem é transferido para os alunos;
• a aprendizagem dos alunos torna-se personalizada;
• mais tempo para os professores utilizarem diferentes pedagogias
(p.e.: PBL, CBL, UDL, questionamento, etc.)e, assim, explorarem
oportunidades de aprendizagem de nível superior;
• o centro da sala de aula é a aprendizagem e não o ensino;
• maximiza o frente-a-frente no tempo em sala de aula.
Retirado de https://goo.gl/MkTaZS
• Antes da aula:
Prepara e/ou seleciona o material para
envio aos alunos
• Durante a aula:
Ajuda, orienta e dá mais feedback aos
alunos
Professor
• Antes da aula:
Estuda o material enviado (adquire
competências básicas)
• Durante a aula:
Desenvolve atividades significativas
(uso flexível da tecnologia)
Aluno
(Santos et al., 2014) 8
A aula invertida (flipped classroom)
Mobile learning é a
aprendizagem que ocorre
em qualquer local e a
qualquer momento e que
envolve a utilização de
dispositivos móveis.
(Adaptado de UNESCO, 2012)Retirado de http://goo.gl/mEBvX1
Retirado de https://goo.gl/fqYIBy
Retirado de https://goo.gl/0ZGcTf
10
TOP 6
Mobile
Learning
Trends
11
Retirado de https://goo.gl/AIyPx2
12
Curto espaço de
tempo
(1 a 2 anos)
• Promover culturas de mudança e inovação
• Aumentar o uso do Blended Learning
• Incentivar a aprendizagem STEAM (Science, Technology,
Engineering, Arts, Mathematics)
Espaço de tempo
médio
(3 a 4 anos)
• Fomentar abordagens de aprendizagem colaborativa
• Redesenhar os espaços de aprendizagem
• Transformar o papel dos alunos…passar de consumidores a
criadores
Longo espaço de
tempo
(5 anos ou mais)
• Aumentar o foco na quantificação da aprendizagem
• Pensar como funcionam as escolas
• Modificar profundamente as abordagens de aprendizagem
NMC Horizon Report K-12 Edition (2015)
13
Retirado de https://goo.gl/9Uo6Wn
14
Aplicações Mobile - Web vs Nativa
15
Apps Nativas Apps Web Apps Híbridas
São dependentes do Sistema
Operativo (SO)
Independente do sistema
operativo
São parcialmente nativas e
parcialmente Web
São instaladas através do
aplicativo da loja (Google Play/
App Store)
Não precisa de instalação
Devem ser descarregadas através
de um aplicativo de loja
É necessário realizar atualizações Atualizações imediatas
Ficam armazenadas no ecrã
principal do dispositivo
Requer aprovação na loja/store Logo disponível
Parte ou o conteúdo total é
carregado da web.
Os resultados das vendas são
repartidos com a loja
O total das vendas é para o
cliente
Como Web Apps, podem ser
baseadas em HTML5
Modo offline Modo offline (só em HTML5)
Exibidas através de um navegador
embutido no aplicativo
Podem aproveitar todas as
funcionalidades do SO (câmara,
GPS, acelerómetro, bússola, lista
de contactos, etc)
Não aproveitam todas as
características dos dispositivos
móveis
Podem aproveitar todas as
funcionalidades do dispositivo,
aumentando a experiência mobile
Maior desempenho Menor desempenho
Permitem o desenvolvimento
multiplataforma, utilizando o
mesmo HTML para diferentes
sistemas operacionais
(Bergman & Sams, 2012; Herreid & Schiller, 2013; McGivney-Burelle & Xue, 2013)
16
Aprendizagem e Sala de Aula Invertidas
BYOD/BYOT
APPS
MOBILE
LEARNING
17
http://worditout.com/
http://www.tagcrowd.com/
http://www.tagxedo.com/
http://goo.gl/VoOrN
http://www.wordle.net/
Nuvens de palavras
18
O que
pensam os
alunos da
Aula
Invertida…
19
O que os alunos criam …
20
Criação de vídeo-aulas e utilização de
quadro interativo
(Moura & Santos, 2014)
21
Aluno:
https://kahoot.it/#/
Professor e Aluno:
http://www.gosoapbox.com/
Professor:
https://getkahoot.com/
Sistemas de
resposta rápida
22
REFLETINDO …
Tem-se verificado a existência de um hiato entre o
conhecimento adquirido nos momentos de formação e o
conhecimento que, posteriormente, é aplicado em
contexto educacional.
O desenvolvimento profissional procura promover a
mudança junto dos professores, para que estes possam
crescer enquanto profissionais e também como pessoas.
(…) tentar perceber como se dão estas mudanças no
fundo, como se constroem as aprendizagens. (Marcelo,
2009)
Modelo Bietápico de Formação (MoBiForm) – um modelo
de formação de professores que foi concebido e aplicado
em Portugal. (Santos & Carvalho, 2014)
23
“Muitos alunos que hoje frequentam as escolas não conhecem o
mundo sem computadores e, brevemente, não se recordarão do
mundo sem dispositivos móveis.”
(adaptado de Oomen-Early & Early, 2015)
Retirado de https://goo.gl/Dzz1BF
24
As oradoras…
Idalina Lourido Santos
Licenciada em Matemática, pós-graduada em Matemática Aplicada à Estatística e mestre em Ciências
da Educação – Especialidade em Tecnologia Educativa. Atualmente é doutoranda em Ciências da
Educação – Especialidade de Tecnologias Educacionais e da Comunicação na Universidade de Coimbra
e bolseira da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Professora destacada na Escola Secundária Dr.
Joaquim Gomes Ferreira Alves, em Valadares – V. N. de Gaia. Formadora de formadores e de
professores. Tem realizado investigação sobre a Web 2.0, plataformas de e-learning, blended learning,
mobile learning, flipped learning, formação de professores e desenvolvimento profissional. Tem várias
publicações em atas de encontros científicos, capítulos de livros e artigos em revistas, em Portugal e
no estrangeiro.
Daniela Guimarães
Licenciada em Matemática e mestre em Ciências da Educação – Especialidade em Tecnologia
Educativa. Atualmente é doutoranda em Ciências da Educação – Especialidade de Tecnologias
Educacionais e da Comunicação na Universidade de Coimbra. Professora do Quadro de Escola da
Escola Básica e Secundária de Idães, em Idães – Felgueiras. Formadora de professores. Tem realizado
investigação sobre a Web 2.0, Quadros Interativos Multimédia, mobile learning, flipped learning e
formação de professores. Tem várias publicações em atas de encontros científicos, em Portugal e no
estrangeiro.
25
Referências
Johnson, L., Adams Becker, S., Estrada, V., & Freeman, A. (2015). NMC Horizon Report: 2015 K-12 Edition.
Austin, Texas: The New Media Consortium.
Hamdan, N., McKnight, P., McKnight, K., & Arfstrom, K., M. (2013). A review of Flipped Learning. Retirado
de http://researchnetwork.pearson.com/wp-content/uploads/WhitePaper_FlippedLearning.pdf.
Moura, A. & Santos, I. (2014). Aplicações m-Learning. Ana Amélia A. Carvalho, Sónia Cruz, Célio Gonçalo
Marques, Adelina Moura, Idalina Santos (orgs.). Atas do 2.º Encontro sobre Jogos e Mobile
Learning. Braga: CIEd.
Marcelo, C. (2009). Desenvolvimento Profissional Docente: passado e futuro. Sísifo. Revista de
Ciências da Educação, 08, pp. 7-22.
Nóvoa, A. (2009). Para una formación de profesores construida dentro de la profesión. Revista Educación,
350, 203-218. Retirado de http://www.revistaeducacion.mec.es/re350/re350_09por.pdfJ
Oomen-Early, J., & Early, A.D. (2015). Teaching in a Millennial World: Using New Media Tools to
Enhance Health Promotion Pedagogy. Pedagogy in Health Promotion: The Scholarship of
Teaching and Learning, 1– 13.
Santos, I., & Carvalho, A. A. (2014). Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico. Revista Ibero
Americana da Informática Educativa - IE Comunicaciones, 20, 11-20.
Santos, I., Guimarães, D, & Carvalho, A. A. A. (2014). Flipped Classroom: Uma Experiência Com Alunos do 8º
Ano na Unidade de Sólidos Geométricos. In Miranda, G. L., Matos, J. F., Pedro, N., Costa F. A.,
Runa, A., Nunes, C., Coelho J., Monteiro M. E., Brás, P. (Orgs). ticEduca'2104 - III Congresso
Internacional TIC e Educação, pp. 338-342. Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de
Lisboa.
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (19)

Educação inovadora
Educação inovadoraEducação inovadora
Educação inovadora
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Oficina de robótica
Oficina de robóticaOficina de robótica
Oficina de robótica
 
covidadobrasil
covidadobrasilcovidadobrasil
covidadobrasil
 
Robotica Educativa
Robotica EducativaRobotica Educativa
Robotica Educativa
 
Tecnologia curriculos 2015
Tecnologia curriculos 2015Tecnologia curriculos 2015
Tecnologia curriculos 2015
 
Tecnologia Currículo + Língua Portuguesa
Tecnologia Currículo +  Língua PortuguesaTecnologia Currículo +  Língua Portuguesa
Tecnologia Currículo + Língua Portuguesa
 
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
 
Sobre Robótica
Sobre RobóticaSobre Robótica
Sobre Robótica
 
Slide uca
Slide ucaSlide uca
Slide uca
 
Atividade2.josizanette
Atividade2.josizanetteAtividade2.josizanette
Atividade2.josizanette
 
Robótica na educação
Robótica na educaçãoRobótica na educação
Robótica na educação
 
TelEduc
TelEducTelEduc
TelEduc
 
Tecnologia educacional
Tecnologia educacionalTecnologia educacional
Tecnologia educacional
 
Ouro preto-joaquim-nabuco
Ouro preto-joaquim-nabucoOuro preto-joaquim-nabuco
Ouro preto-joaquim-nabuco
 
Robótica educacional
Robótica educacionalRobótica educacional
Robótica educacional
 
Workshop Interact - 21 Abril 2007
Workshop Interact - 21 Abril 2007Workshop Interact - 21 Abril 2007
Workshop Interact - 21 Abril 2007
 
Projeto ied
Projeto iedProjeto ied
Projeto ied
 
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebookManual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
 

Destaque

Apresentação da obra
Apresentação da obraApresentação da obra
Apresentação da obradigitalescola
 
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.  Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação. Conectando Saberes
 
A utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacional
A utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacionalA utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacional
A utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacionalIdalina Lourido Santos
 
Mobile apps research report
Mobile apps research report Mobile apps research report
Mobile apps research report Symantec
 
Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...
Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...
Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...Idalina Lourido Santos
 
Mobile app presentation
Mobile app presentationMobile app presentation
Mobile app presentationaparanaiitd
 
Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?
Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?
Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?Idalina Lourido Santos
 
Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem
Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvemPerspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem
Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvemEB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira
 
Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação Fernando Albuquerque Costa
 
pragmatic Mobile apps choices frameworks and dev
pragmatic Mobile apps choices frameworks and devpragmatic Mobile apps choices frameworks and dev
pragmatic Mobile apps choices frameworks and devAlexandre Marreiros
 
Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...
Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...
Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...Idalina Lourido Santos
 
MAPP - Mobile Apps Plan to Production
MAPP - Mobile Apps Plan to ProductionMAPP - Mobile Apps Plan to Production
MAPP - Mobile Apps Plan to ProductionAppStartup
 
Teachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training Model
Teachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training ModelTeachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training Model
Teachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training ModelIdalina Lourido Santos
 
Using Content Marketing to Build a Brand with Purpose
Using Content Marketing to Build a Brand with PurposeUsing Content Marketing to Build a Brand with Purpose
Using Content Marketing to Build a Brand with PurposeBrian Honigman
 
The Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize Marketing
The Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize MarketingThe Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize Marketing
The Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize MarketingBrian Honigman
 

Destaque (17)

Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012
 
Apresentação da obra
Apresentação da obraApresentação da obra
Apresentação da obra
 
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.  Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
 
A utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacional
A utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacionalA utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacional
A utilização de ferramentas de resposta rápida em contexto educacional
 
Mobile apps research report
Mobile apps research report Mobile apps research report
Mobile apps research report
 
Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...
Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...
Criar, envolver e avaliar os alunos: a otimização das aulas com a utilização ...
 
Mobile app presentation
Mobile app presentationMobile app presentation
Mobile app presentation
 
Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?
Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?
Aprender e ensinar com Apps: encantamento ou envolvimento?
 
Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem
Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvemPerspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem
Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem
 
Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação
 
pragmatic Mobile apps choices frameworks and dev
pragmatic Mobile apps choices frameworks and devpragmatic Mobile apps choices frameworks and dev
pragmatic Mobile apps choices frameworks and dev
 
Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...
Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...
Training and Monitoring: a twostage training model in teacher professional de...
 
MAPP - Mobile Apps Plan to Production
MAPP - Mobile Apps Plan to ProductionMAPP - Mobile Apps Plan to Production
MAPP - Mobile Apps Plan to Production
 
Teachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training Model
Teachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training ModelTeachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training Model
Teachers’ training course in blended-learning: A Two-Stage Training Model
 
Using Content Marketing to Build a Brand with Purpose
Using Content Marketing to Build a Brand with PurposeUsing Content Marketing to Build a Brand with Purpose
Using Content Marketing to Build a Brand with Purpose
 
Ensinar e aprender através de tecnologias móveis
Ensinar e aprender através de tecnologias móveisEnsinar e aprender através de tecnologias móveis
Ensinar e aprender através de tecnologias móveis
 
The Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize Marketing
The Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize MarketingThe Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize Marketing
The Future is Here: Messaging Apps are About to Revolutionize Marketing
 

Semelhante a (re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning

apps_dispositivos_moveis2016.pdf
apps_dispositivos_moveis2016.pdfapps_dispositivos_moveis2016.pdf
apps_dispositivos_moveis2016.pdfssuser5c8e4f
 
Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?
Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?
Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?Daniela Eduarda Guimarães
 
Enagrad tecno adm-10-11-2014_stavros
Enagrad tecno adm-10-11-2014_stavrosEnagrad tecno adm-10-11-2014_stavros
Enagrad tecno adm-10-11-2014_stavrosANGRAD_
 
Teceduca 2010 brasil_ejadigital
Teceduca 2010 brasil_ejadigitalTeceduca 2010 brasil_ejadigital
Teceduca 2010 brasil_ejadigitalticEDUCA2010
 
A Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João Gomes
A Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João GomesA Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João Gomes
A Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João GomesJosé Moura Carvalho
 
Educar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learning
Educar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learningEducar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learning
Educar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learningDaniela Eduarda Guimarães
 
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...UFPE
 
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...Desafios da Educação
 
EAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).doc
EAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).docEAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).doc
EAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).docDouglasBressan3
 
Regis Tractenberg - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...
Regis Tractenberg   - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...Regis Tractenberg   - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...
Regis Tractenberg - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...regist
 
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Marta Pinto
 
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4Benedito Medeiros Neto
 
Ebook atividades ere
Ebook atividades ereEbook atividades ere
Ebook atividades ereUNIPÊ
 

Semelhante a (re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning (20)

apps_dispositivos_moveis2016.pdf
apps_dispositivos_moveis2016.pdfapps_dispositivos_moveis2016.pdf
apps_dispositivos_moveis2016.pdf
 
Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?
Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?
Apps e dispositivos móveis na educação: proibir ou rentabilizar?
 
Apresentação Tao
Apresentação TaoApresentação Tao
Apresentação Tao
 
Apresentação Tao
Apresentação TaoApresentação Tao
Apresentação Tao
 
Enagrad tecno adm-10-11-2014_stavros
Enagrad tecno adm-10-11-2014_stavrosEnagrad tecno adm-10-11-2014_stavros
Enagrad tecno adm-10-11-2014_stavros
 
Teceduca 2010 brasil_ejadigital
Teceduca 2010 brasil_ejadigitalTeceduca 2010 brasil_ejadigital
Teceduca 2010 brasil_ejadigital
 
A Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João Gomes
A Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João GomesA Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João Gomes
A Educação à luz do digital: o olhar da investigação - Maria João Gomes
 
Educar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learning
Educar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learningEducar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learning
Educar no séc. XXI: o uso de Apps e mobile-learning
 
O iPad na aprendizagem
O iPad na aprendizagemO iPad na aprendizagem
O iPad na aprendizagem
 
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
Os sentidos da tecnologia da informação na experiência educativa e design ...
 
Criação de materiais interativos na WEB para a era digital móvel
Criação de materiais interativos na WEB para a era digital móvelCriação de materiais interativos na WEB para a era digital móvel
Criação de materiais interativos na WEB para a era digital móvel
 
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
 
Práticas de Mobile Learning no Ensino Básico e Secundário: Metodologias e Des...
Práticas de Mobile Learning no Ensino Básico e Secundário: Metodologias e Des...Práticas de Mobile Learning no Ensino Básico e Secundário: Metodologias e Des...
Práticas de Mobile Learning no Ensino Básico e Secundário: Metodologias e Des...
 
Estratégias educativas para potenciar os dispositivos móveis dos alunos e pro...
Estratégias educativas para potenciar os dispositivos móveis dos alunos e pro...Estratégias educativas para potenciar os dispositivos móveis dos alunos e pro...
Estratégias educativas para potenciar os dispositivos móveis dos alunos e pro...
 
EAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).doc
EAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).docEAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).doc
EAC - MICROSOF TEAMS COMO AVA (2).doc
 
Regis Tractenberg - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...
Regis Tractenberg   - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...Regis Tractenberg   - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...
Regis Tractenberg - Docência online independente - 10º Fórum Universitario ...
 
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
 
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
 
Ebook atividades ere
Ebook atividades ereEbook atividades ere
Ebook atividades ere
 
Metodologias e recursos para integrar tecnologias digitais nas práticas educa...
Metodologias e recursos para integrar tecnologias digitais nas práticas educa...Metodologias e recursos para integrar tecnologias digitais nas práticas educa...
Metodologias e recursos para integrar tecnologias digitais nas práticas educa...
 

Mais de Idalina Lourido Santos

Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...
Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...
Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...Idalina Lourido Santos
 
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª EdiçãoDo Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª EdiçãoIdalina Lourido Santos
 
Apps na educação: testar, jogar e envolver! Plickers
Apps na educação: testar, jogar e envolver! PlickersApps na educação: testar, jogar e envolver! Plickers
Apps na educação: testar, jogar e envolver! PlickersIdalina Lourido Santos
 
EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...
EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...
EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...Idalina Lourido Santos
 
SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...
SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...
SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...Idalina Lourido Santos
 
WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)
WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)
WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)Idalina Lourido Santos
 
O Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learning
O Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learningO Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learning
O Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learningIdalina Lourido Santos
 
SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico
SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico
SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico Idalina Lourido Santos
 
A two-stage model of teachers’ training in Learning Management Systems
A two-stage model of teachers’ training in Learning Management SystemsA two-stage model of teachers’ training in Learning Management Systems
A two-stage model of teachers’ training in Learning Management SystemsIdalina Lourido Santos
 
EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos
EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos
EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos Idalina Lourido Santos
 
Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...
Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...
Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...Idalina Lourido Santos
 

Mais de Idalina Lourido Santos (14)

Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...
Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...
Escape room educativo: uma estratégia de gamificação no processo de ensino e ...
 
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª EdiçãoDo Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
 
IV Do Clique ao Toque
IV Do Clique ao Toque IV Do Clique ao Toque
IV Do Clique ao Toque
 
Apps na educação: testar, jogar e envolver! Plickers
Apps na educação: testar, jogar e envolver! PlickersApps na educação: testar, jogar e envolver! Plickers
Apps na educação: testar, jogar e envolver! Plickers
 
EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...
EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...
EUTIC14 - O Modelo Bietápico na Formação de Professores: um estudo sobre a in...
 
SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...
SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...
SIMULAR EXPERIÊNCIAS DE ENERGIA NA AULA DE FÍSICA E QUÍMICA A COM ALUNOS DO 1...
 
Aula invertida - Flipped Classroom
Aula invertida - Flipped ClassroomAula invertida - Flipped Classroom
Aula invertida - Flipped Classroom
 
WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)
WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)
WCCE 2013 - Doctoral Consortium (Part 1)
 
O Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learning
O Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learningO Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learning
O Modelo Bietápico de Formação de Professores em Blended-learning
 
SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico
SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico
SIIE13 - Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico
 
A two-stage model of teachers’ training in Learning Management Systems
A two-stage model of teachers’ training in Learning Management SystemsA two-stage model of teachers’ training in Learning Management Systems
A two-stage model of teachers’ training in Learning Management Systems
 
Trabalho HGP - A Queda da Monarquia
Trabalho HGP - A Queda da MonarquiaTrabalho HGP - A Queda da Monarquia
Trabalho HGP - A Queda da Monarquia
 
EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos
EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos
EJML 2014 - Smart Cities e aprendizagem em múltiplos contextos
 
Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...
Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...
Formação de professores na utilização de LMS: proposta de um modelo em blende...
 

Último

Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxmariiiaaa1290
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 

Último (20)

Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 

(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning

  • 1. (re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com APPS e MOBILE LEARNING Idalina Santos ilouridosantos@gmail.com Daniela Guimarães danidesg@gmail.com
  • 2. Conteúdos: • Aula invertida/Sala de aula invertida • Mobile Learning • Apps • Atividades
  • 4. 4 Aula Invertida ≠ Aprendizagem Invertida Uma aula invertida pode ou não promover uma aprendizagem invertida! Retirado de www.pcma.org- Então … Quando é que numa aula há aprendizagem invertida?
  • 5. 5 Aula Invertida ou Flipped classroom Retirado de · http://goo.gl/PWpYAT • 2007 - Jonathan Bergman e Aaron Sams; • 2011 - popularizada por Salman Khan (fundador da Khan Academy).
  • 6. Ambientes Flexíveis Cultura de Aprendizagem Conteúdo Intencional Educador Profissional 6 Modelo da Aprendizagem Invertida 4 pilares da F-L-I-PTM (Hamdan et al., 2013)
  • 7. 7 Vantagens: • o domínio da aprendizagem é transferido para os alunos; • a aprendizagem dos alunos torna-se personalizada; • mais tempo para os professores utilizarem diferentes pedagogias (p.e.: PBL, CBL, UDL, questionamento, etc.)e, assim, explorarem oportunidades de aprendizagem de nível superior; • o centro da sala de aula é a aprendizagem e não o ensino; • maximiza o frente-a-frente no tempo em sala de aula. Retirado de https://goo.gl/MkTaZS
  • 8. • Antes da aula: Prepara e/ou seleciona o material para envio aos alunos • Durante a aula: Ajuda, orienta e dá mais feedback aos alunos Professor • Antes da aula: Estuda o material enviado (adquire competências básicas) • Durante a aula: Desenvolve atividades significativas (uso flexível da tecnologia) Aluno (Santos et al., 2014) 8 A aula invertida (flipped classroom)
  • 9. Mobile learning é a aprendizagem que ocorre em qualquer local e a qualquer momento e que envolve a utilização de dispositivos móveis. (Adaptado de UNESCO, 2012)Retirado de http://goo.gl/mEBvX1 Retirado de https://goo.gl/fqYIBy Retirado de https://goo.gl/0ZGcTf
  • 12. 12 Curto espaço de tempo (1 a 2 anos) • Promover culturas de mudança e inovação • Aumentar o uso do Blended Learning • Incentivar a aprendizagem STEAM (Science, Technology, Engineering, Arts, Mathematics) Espaço de tempo médio (3 a 4 anos) • Fomentar abordagens de aprendizagem colaborativa • Redesenhar os espaços de aprendizagem • Transformar o papel dos alunos…passar de consumidores a criadores Longo espaço de tempo (5 anos ou mais) • Aumentar o foco na quantificação da aprendizagem • Pensar como funcionam as escolas • Modificar profundamente as abordagens de aprendizagem NMC Horizon Report K-12 Edition (2015)
  • 14. 14 Aplicações Mobile - Web vs Nativa
  • 15. 15 Apps Nativas Apps Web Apps Híbridas São dependentes do Sistema Operativo (SO) Independente do sistema operativo São parcialmente nativas e parcialmente Web São instaladas através do aplicativo da loja (Google Play/ App Store) Não precisa de instalação Devem ser descarregadas através de um aplicativo de loja É necessário realizar atualizações Atualizações imediatas Ficam armazenadas no ecrã principal do dispositivo Requer aprovação na loja/store Logo disponível Parte ou o conteúdo total é carregado da web. Os resultados das vendas são repartidos com a loja O total das vendas é para o cliente Como Web Apps, podem ser baseadas em HTML5 Modo offline Modo offline (só em HTML5) Exibidas através de um navegador embutido no aplicativo Podem aproveitar todas as funcionalidades do SO (câmara, GPS, acelerómetro, bússola, lista de contactos, etc) Não aproveitam todas as características dos dispositivos móveis Podem aproveitar todas as funcionalidades do dispositivo, aumentando a experiência mobile Maior desempenho Menor desempenho Permitem o desenvolvimento multiplataforma, utilizando o mesmo HTML para diferentes sistemas operacionais
  • 16. (Bergman & Sams, 2012; Herreid & Schiller, 2013; McGivney-Burelle & Xue, 2013) 16 Aprendizagem e Sala de Aula Invertidas BYOD/BYOT APPS MOBILE LEARNING
  • 18. 18 O que pensam os alunos da Aula Invertida…
  • 19. 19 O que os alunos criam …
  • 20. 20 Criação de vídeo-aulas e utilização de quadro interativo (Moura & Santos, 2014)
  • 22. 22 REFLETINDO … Tem-se verificado a existência de um hiato entre o conhecimento adquirido nos momentos de formação e o conhecimento que, posteriormente, é aplicado em contexto educacional. O desenvolvimento profissional procura promover a mudança junto dos professores, para que estes possam crescer enquanto profissionais e também como pessoas. (…) tentar perceber como se dão estas mudanças no fundo, como se constroem as aprendizagens. (Marcelo, 2009) Modelo Bietápico de Formação (MoBiForm) – um modelo de formação de professores que foi concebido e aplicado em Portugal. (Santos & Carvalho, 2014)
  • 23. 23 “Muitos alunos que hoje frequentam as escolas não conhecem o mundo sem computadores e, brevemente, não se recordarão do mundo sem dispositivos móveis.” (adaptado de Oomen-Early & Early, 2015) Retirado de https://goo.gl/Dzz1BF
  • 24. 24 As oradoras… Idalina Lourido Santos Licenciada em Matemática, pós-graduada em Matemática Aplicada à Estatística e mestre em Ciências da Educação – Especialidade em Tecnologia Educativa. Atualmente é doutoranda em Ciências da Educação – Especialidade de Tecnologias Educacionais e da Comunicação na Universidade de Coimbra e bolseira da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Professora destacada na Escola Secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves, em Valadares – V. N. de Gaia. Formadora de formadores e de professores. Tem realizado investigação sobre a Web 2.0, plataformas de e-learning, blended learning, mobile learning, flipped learning, formação de professores e desenvolvimento profissional. Tem várias publicações em atas de encontros científicos, capítulos de livros e artigos em revistas, em Portugal e no estrangeiro. Daniela Guimarães Licenciada em Matemática e mestre em Ciências da Educação – Especialidade em Tecnologia Educativa. Atualmente é doutoranda em Ciências da Educação – Especialidade de Tecnologias Educacionais e da Comunicação na Universidade de Coimbra. Professora do Quadro de Escola da Escola Básica e Secundária de Idães, em Idães – Felgueiras. Formadora de professores. Tem realizado investigação sobre a Web 2.0, Quadros Interativos Multimédia, mobile learning, flipped learning e formação de professores. Tem várias publicações em atas de encontros científicos, em Portugal e no estrangeiro.
  • 25. 25 Referências Johnson, L., Adams Becker, S., Estrada, V., & Freeman, A. (2015). NMC Horizon Report: 2015 K-12 Edition. Austin, Texas: The New Media Consortium. Hamdan, N., McKnight, P., McKnight, K., & Arfstrom, K., M. (2013). A review of Flipped Learning. Retirado de http://researchnetwork.pearson.com/wp-content/uploads/WhitePaper_FlippedLearning.pdf. Moura, A. & Santos, I. (2014). Aplicações m-Learning. Ana Amélia A. Carvalho, Sónia Cruz, Célio Gonçalo Marques, Adelina Moura, Idalina Santos (orgs.). Atas do 2.º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning. Braga: CIEd. Marcelo, C. (2009). Desenvolvimento Profissional Docente: passado e futuro. Sísifo. Revista de Ciências da Educação, 08, pp. 7-22. Nóvoa, A. (2009). Para una formación de profesores construida dentro de la profesión. Revista Educación, 350, 203-218. Retirado de http://www.revistaeducacion.mec.es/re350/re350_09por.pdfJ Oomen-Early, J., & Early, A.D. (2015). Teaching in a Millennial World: Using New Media Tools to Enhance Health Promotion Pedagogy. Pedagogy in Health Promotion: The Scholarship of Teaching and Learning, 1– 13. Santos, I., & Carvalho, A. A. (2014). Formação de Professores em LMS: o Modelo Bietápico. Revista Ibero Americana da Informática Educativa - IE Comunicaciones, 20, 11-20. Santos, I., Guimarães, D, & Carvalho, A. A. A. (2014). Flipped Classroom: Uma Experiência Com Alunos do 8º Ano na Unidade de Sólidos Geométricos. In Miranda, G. L., Matos, J. F., Pedro, N., Costa F. A., Runa, A., Nunes, C., Coelho J., Monteiro M. E., Brás, P. (Orgs). ticEduca'2104 - III Congresso Internacional TIC e Educação, pp. 338-342. Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.