SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
PCN-TERCEIRO E QUARTO CICLOSDO ENSINO FUNDAMENTALCIÊNCIAS NATURAIS CESAR BENHUR CRISTIANE LIBRELOTTO PIBID 2011
ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS PARA TERCEIRO E QUARTO CICLOS “Tem  a finalidade de subsidiar o educador, tanto para a elaboração de planejamentos quanto para a condução do processo de aprendizagem de seus estudantes,  abordando orientações didáticas gerais para o planejamento de unidades e projetos”
PLANEJAMENTO: UNIDADES E PROJETOS O planejamento é a escolha dos métodos que serão utilizados para trabalhar os conteúdos. As unidades e projetos são duas formas bem parecidas de se trabalhar, mas diferem-se pois os projetos possibilitam um maior envolvimento do aluno, uma participação mais ativa, e tem uma função social real, enquanto as unidades seguem mais um cronograma.
UNIDADE Possível sequência de etapas ,[object Object]
 delimitação dos problemas que serão investigados elevantamento de hipóteses para sua solução; ,[object Object]
sistematização final de conhecimentos;
realização de exercícios finais e auto-avaliação dos estudantes.,[object Object]
 a escolha do problema principal que será alvo de investigação;,[object Object]
 o estabelecimento das intenções educativas, ou objetivos que se pretende alcançar no projeto;
 a seleção de atividades para exploração e conclusão do tema;
 a previsão de modos de avaliação dos trabalhos e do próprio projeto.,[object Object]
interpretá-los e responder o problema inicialmente proposto;
organizar apresentações ao público interno e externo à classe.,[object Object]
auto-avaliação;
apresentações final feitas pelos grupos;
avaliação do processo e produtos dos projetos pelos educadores.,[object Object]
PROBLEMATIZAÇÃO As vivências dos alunos são um ponto de partida para o desenvolvimento de alguns assuntos, mesmo que com explicações distintas ou conflitivas, esse método possibilita uma maior participação dos alunos pois cada um pode ter uma visão ou conhecimento distinto do mesmo assunto, cabe ao professor, então, selecionar as vivências que remetem a conteúdos a serem trabalhados, e dar a eles explicações científicas, utilizando de questões que trarão benefícios ao aprendizado.
BUSCA DE INFORMAÇÕES EM FONTES VARIADAS “A busca de informações em fontes variadas é procedimento importante para o ensino e aprendizagem de Ciências. Além de permitir ao estudante obter informações para a elaboração de suas ideias e atitudes, é fundamental para o desenvolvimento de autonomia com relação à obtenção do conhecimento.” Como exemplo, a observação, a experimentação, a leitura, a entrevista, a excursão ou estudo do meio e o uso de informática.
OBSERVAÇÃO “Para desenvolver a capacidade de observação dos estudantes é necessário, propor desafios que  motivem os alunos a buscar os detalhes de determinados objetos, para que o mesmo objeto seja percebido de modo cada vez mais completo e diferente do modo habitual.” Pode ser utilizado em comparações, nos trabalhos de campo, nas experimentações, ao assistir um vídeo. Pode ser feita de dois modos direto, ambientes, animais, plantas, máquinas, e indireto microscópio, telescópio, fotos, filmes, gravuras, gravações sonoras.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAUFMA e UEMA
 
Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educaçãounieubra
 
Projetos de trabalho
Projetos de trabalhoProjetos de trabalho
Projetos de trabalhoEscola
 
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos IniciaisTrabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciaisluciany-nascimento
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoThiago de Almeida
 
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCMPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCprofamiriamnavarro
 
Pedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaPedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaSoares Junior
 
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da AutonomiaPaulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da AutonomiaAkarynaA
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Carlos Caldas
 
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)Elyabe Rosário
 
Apresentação jean piaget
Apresentação jean piagetApresentação jean piaget
Apresentação jean piagetpibidsociais
 
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização CientíficaMPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científicaprofamiriamnavarro
 

Mais procurados (20)

FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
 
Jerome Seymour Bruner
Jerome Seymour BrunerJerome Seymour Bruner
Jerome Seymour Bruner
 
Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Projetos de trabalho
Projetos de trabalhoProjetos de trabalho
Projetos de trabalho
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimento
 
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos IniciaisTrabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimento
 
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCMPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
 
Didática geral aula 1
Didática geral aula 1Didática geral aula 1
Didática geral aula 1
 
Pedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaPedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomia
 
Teoria de piaget (slides)
Teoria de piaget (slides)Teoria de piaget (slides)
Teoria de piaget (slides)
 
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da AutonomiaPaulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
Aprendizagem significativa (Por Carl Rogers)
 
Slide apresentação carl rogers
Slide apresentação carl rogersSlide apresentação carl rogers
Slide apresentação carl rogers
 
Usina nuclear
Usina nuclearUsina nuclear
Usina nuclear
 
Apresentação jean piaget
Apresentação jean piagetApresentação jean piaget
Apresentação jean piaget
 
Lixo nuclear
Lixo nuclearLixo nuclear
Lixo nuclear
 
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização CientíficaMPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
 

Destaque

Ciências naturais no quarto ciclo
Ciências naturais no quarto cicloCiências naturais no quarto ciclo
Ciências naturais no quarto ciclopibidbio
 
Ciências naturais no terceiro ciclo
Ciências naturais no terceiro cicloCiências naturais no terceiro ciclo
Ciências naturais no terceiro ciclopibidbio
 
PCN de Ciencias Naturais e Biologia
PCN de Ciencias Naturais e BiologiaPCN de Ciencias Naturais e Biologia
PCN de Ciencias Naturais e BiologiaMario Amorim
 
Pcn de geografia ensino fundamental
Pcn de geografia ensino fundamentalPcn de geografia ensino fundamental
Pcn de geografia ensino fundamentalchuchucafe
 
Arte pcn terceiro e quarto ef
Arte pcn terceiro e quarto efArte pcn terceiro e quarto ef
Arte pcn terceiro e quarto efpibidteatroufpel
 
Avaliação e Processo de Aprendizagem
Avaliação e Processo de AprendizagemAvaliação e Processo de Aprendizagem
Avaliação e Processo de AprendizagemMilton Alvaro Menon
 
PCN - Geografia - Prof. Amábile
PCN - Geografia - Prof. AmábilePCN - Geografia - Prof. Amábile
PCN - Geografia - Prof. AmábileCarmina Monteiro
 
PCN de Geografia 2 - Prof. Amábile
PCN de Geografia 2 - Prof. AmábilePCN de Geografia 2 - Prof. Amábile
PCN de Geografia 2 - Prof. AmábileCarmina Monteiro
 
PCN Geografia
PCN GeografiaPCN Geografia
PCN Geografia23568921
 
Orientacoes didatica 5_ano
Orientacoes didatica 5_anoOrientacoes didatica 5_ano
Orientacoes didatica 5_anoFco Barros
 
Fluxograma do pcn geografia final 1
Fluxograma do pcn geografia final 1Fluxograma do pcn geografia final 1
Fluxograma do pcn geografia final 1geoufpel
 
PCN e Ensino de Ciências
PCN e Ensino de CiênciasPCN e Ensino de Ciências
PCN e Ensino de Ciênciasfimepecim
 
Projeto - Reciclagem de garrafa Pet
Projeto - Reciclagem de garrafa PetProjeto - Reciclagem de garrafa Pet
Projeto - Reciclagem de garrafa PetPaola Prudente
 
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)Naysa Taboada
 

Destaque (20)

Caderno de orientações didáticas ciências naturais
Caderno de orientações didáticas   ciências naturaisCaderno de orientações didáticas   ciências naturais
Caderno de orientações didáticas ciências naturais
 
Ciências naturais no quarto ciclo
Ciências naturais no quarto cicloCiências naturais no quarto ciclo
Ciências naturais no quarto ciclo
 
Ciências naturais no terceiro ciclo
Ciências naturais no terceiro cicloCiências naturais no terceiro ciclo
Ciências naturais no terceiro ciclo
 
PCN de Ciencias Naturais e Biologia
PCN de Ciencias Naturais e BiologiaPCN de Ciencias Naturais e Biologia
PCN de Ciencias Naturais e Biologia
 
Pcn de geografia ensino fundamental
Pcn de geografia ensino fundamentalPcn de geografia ensino fundamental
Pcn de geografia ensino fundamental
 
Pcn 05 Geografia
Pcn   05   GeografiaPcn   05   Geografia
Pcn 05 Geografia
 
Arte pcn terceiro e quarto ef
Arte pcn terceiro e quarto efArte pcn terceiro e quarto ef
Arte pcn terceiro e quarto ef
 
Avaliação e Processo de Aprendizagem
Avaliação e Processo de AprendizagemAvaliação e Processo de Aprendizagem
Avaliação e Processo de Aprendizagem
 
Orientacao sexual
Orientacao sexualOrientacao sexual
Orientacao sexual
 
PCN - Geografia - Prof. Amábile
PCN - Geografia - Prof. AmábilePCN - Geografia - Prof. Amábile
PCN - Geografia - Prof. Amábile
 
PCN de Geografia 2 - Prof. Amábile
PCN de Geografia 2 - Prof. AmábilePCN de Geografia 2 - Prof. Amábile
PCN de Geografia 2 - Prof. Amábile
 
Pcn Geografia Ef
Pcn Geografia   EfPcn Geografia   Ef
Pcn Geografia Ef
 
PCN Geografia
PCN GeografiaPCN Geografia
PCN Geografia
 
Orientacoes didatica 5_ano
Orientacoes didatica 5_anoOrientacoes didatica 5_ano
Orientacoes didatica 5_ano
 
Fluxograma do pcn geografia final 1
Fluxograma do pcn geografia final 1Fluxograma do pcn geografia final 1
Fluxograma do pcn geografia final 1
 
Pcn
PcnPcn
Pcn
 
PCN e Ensino de Ciências
PCN e Ensino de CiênciasPCN e Ensino de Ciências
PCN e Ensino de Ciências
 
Projeto - Reciclagem de garrafa Pet
Projeto - Reciclagem de garrafa PetProjeto - Reciclagem de garrafa Pet
Projeto - Reciclagem de garrafa Pet
 
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)
 
Pcn ensino fundamental de geografia
Pcn   ensino fundamental de geografiaPcn   ensino fundamental de geografia
Pcn ensino fundamental de geografia
 

Semelhante a Orientações didáticas - terceiro e quarto ciclo de Ciência Naturais

Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticossorente
 
Projetos e interdisciplinaridade
Projetos e interdisciplinaridadeProjetos e interdisciplinaridade
Projetos e interdisciplinaridadefamiliaestagio
 
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09Andrea Cortelazzi
 
1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iara1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iaraClaudia Andrade
 
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Arivaldom
 
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaClaudia Jung
 
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaClaudia Jung
 
Informatica na educação
Informatica na educação Informatica na educação
Informatica na educação Danielle Isbelle
 
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...Universidade Federal de Pernambuco
 

Semelhante a Orientações didáticas - terceiro e quarto ciclo de Ciência Naturais (20)

Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticos
 
Projetos
ProjetosProjetos
Projetos
 
Apresentação Bragança
Apresentação BragançaApresentação Bragança
Apresentação Bragança
 
Ensino com pesquisa
Ensino com pesquisaEnsino com pesquisa
Ensino com pesquisa
 
Aula 7 - Texto.pptx
Aula 7 - Texto.pptxAula 7 - Texto.pptx
Aula 7 - Texto.pptx
 
Projetos e interdisciplinaridade
Projetos e interdisciplinaridadeProjetos e interdisciplinaridade
Projetos e interdisciplinaridade
 
Costa ambientes
Costa ambientesCosta ambientes
Costa ambientes
 
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
 
1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iara1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iara
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
Estrategias de ensino
Estrategias de ensinoEstrategias de ensino
Estrategias de ensino
 
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Apresenta..r
Apresenta..rApresenta..r
Apresenta..r
 
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
Aprender por projetos
Aprender por projetosAprender por projetos
Aprender por projetos
 
Informatica na educação
Informatica na educação Informatica na educação
Informatica na educação
 
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
 
Ufjf dia15 acoes
Ufjf dia15 acoesUfjf dia15 acoes
Ufjf dia15 acoes
 

Mais de pibidbio

Slides apresentação do projeto pibid
Slides apresentação do projeto pibidSlides apresentação do projeto pibid
Slides apresentação do projeto pibidpibidbio
 
Projeto três mártires
Projeto três mártiresProjeto três mártires
Projeto três mártirespibidbio
 
Apresentação projeto pibid
Apresentação projeto pibidApresentação projeto pibid
Apresentação projeto pibidpibidbio
 
Slides projeto
Slides projetoSlides projeto
Slides projetopibidbio
 
Microbiologia democrática
Microbiologia democráticaMicrobiologia democrática
Microbiologia democráticapibidbio
 
Apresentação pibid entrevistas
Apresentação pibid entrevistasApresentação pibid entrevistas
Apresentação pibid entrevistaspibidbio
 
Aprentação artigo 01 dez 2011
Aprentação artigo   01 dez 2011Aprentação artigo   01 dez 2011
Aprentação artigo 01 dez 2011pibidbio
 
Modalidades didáticas
Modalidades didáticasModalidades didáticas
Modalidades didáticaspibidbio
 
Pibid demonstrações
Pibid demonstraçõesPibid demonstrações
Pibid demonstraçõespibidbio
 
Modalidades didáticas
Modalidades didáticasModalidades didáticas
Modalidades didáticaspibidbio
 
Modalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de textoModalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de textopibidbio
 
Modalidade didática
Modalidade didáticaModalidade didática
Modalidade didáticapibidbio
 
Discussão
DiscussãoDiscussão
Discussãopibidbio
 
Apresentação excursões
Apresentação excursõesApresentação excursões
Apresentação excursõespibidbio
 
Apresentação modalidade didática - 13 dez 2011
Apresentação   modalidade didática - 13 dez 2011Apresentação   modalidade didática - 13 dez 2011
Apresentação modalidade didática - 13 dez 2011pibidbio
 
O diálogo entre ciência e arte
O diálogo entre ciência e arteO diálogo entre ciência e arte
O diálogo entre ciência e artepibidbio
 
Ensino não formal no campo das ciências através dos quadrinhos
Ensino não formal no campo das ciências através dos quadrinhosEnsino não formal no campo das ciências através dos quadrinhos
Ensino não formal no campo das ciências através dos quadrinhospibidbio
 

Mais de pibidbio (20)

Slides apresentação do projeto pibid
Slides apresentação do projeto pibidSlides apresentação do projeto pibid
Slides apresentação do projeto pibid
 
Projeto três mártires
Projeto três mártiresProjeto três mártires
Projeto três mártires
 
Apresentação projeto pibid
Apresentação projeto pibidApresentação projeto pibid
Apresentação projeto pibid
 
Slides projeto
Slides projetoSlides projeto
Slides projeto
 
Microbiologia democrática
Microbiologia democráticaMicrobiologia democrática
Microbiologia democrática
 
Cesar
CesarCesar
Cesar
 
Apresentação pibid entrevistas
Apresentação pibid entrevistasApresentação pibid entrevistas
Apresentação pibid entrevistas
 
Pibid
PibidPibid
Pibid
 
Aprentação artigo 01 dez 2011
Aprentação artigo   01 dez 2011Aprentação artigo   01 dez 2011
Aprentação artigo 01 dez 2011
 
Modalidades didáticas
Modalidades didáticasModalidades didáticas
Modalidades didáticas
 
Pibid
PibidPibid
Pibid
 
Pibid demonstrações
Pibid demonstraçõesPibid demonstrações
Pibid demonstrações
 
Modalidades didáticas
Modalidades didáticasModalidades didáticas
Modalidades didáticas
 
Modalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de textoModalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de texto
 
Modalidade didática
Modalidade didáticaModalidade didática
Modalidade didática
 
Discussão
DiscussãoDiscussão
Discussão
 
Apresentação excursões
Apresentação excursõesApresentação excursões
Apresentação excursões
 
Apresentação modalidade didática - 13 dez 2011
Apresentação   modalidade didática - 13 dez 2011Apresentação   modalidade didática - 13 dez 2011
Apresentação modalidade didática - 13 dez 2011
 
O diálogo entre ciência e arte
O diálogo entre ciência e arteO diálogo entre ciência e arte
O diálogo entre ciência e arte
 
Ensino não formal no campo das ciências através dos quadrinhos
Ensino não formal no campo das ciências através dos quadrinhosEnsino não formal no campo das ciências através dos quadrinhos
Ensino não formal no campo das ciências através dos quadrinhos
 

Último

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 

Último (20)

XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 

Orientações didáticas - terceiro e quarto ciclo de Ciência Naturais

  • 1. PCN-TERCEIRO E QUARTO CICLOSDO ENSINO FUNDAMENTALCIÊNCIAS NATURAIS CESAR BENHUR CRISTIANE LIBRELOTTO PIBID 2011
  • 2. ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS PARA TERCEIRO E QUARTO CICLOS “Tem a finalidade de subsidiar o educador, tanto para a elaboração de planejamentos quanto para a condução do processo de aprendizagem de seus estudantes, abordando orientações didáticas gerais para o planejamento de unidades e projetos”
  • 3. PLANEJAMENTO: UNIDADES E PROJETOS O planejamento é a escolha dos métodos que serão utilizados para trabalhar os conteúdos. As unidades e projetos são duas formas bem parecidas de se trabalhar, mas diferem-se pois os projetos possibilitam um maior envolvimento do aluno, uma participação mais ativa, e tem uma função social real, enquanto as unidades seguem mais um cronograma.
  • 4.
  • 5.
  • 7.
  • 8.
  • 9. o estabelecimento das intenções educativas, ou objetivos que se pretende alcançar no projeto;
  • 10. a seleção de atividades para exploração e conclusão do tema;
  • 11.
  • 12. interpretá-los e responder o problema inicialmente proposto;
  • 13.
  • 16.
  • 17. PROBLEMATIZAÇÃO As vivências dos alunos são um ponto de partida para o desenvolvimento de alguns assuntos, mesmo que com explicações distintas ou conflitivas, esse método possibilita uma maior participação dos alunos pois cada um pode ter uma visão ou conhecimento distinto do mesmo assunto, cabe ao professor, então, selecionar as vivências que remetem a conteúdos a serem trabalhados, e dar a eles explicações científicas, utilizando de questões que trarão benefícios ao aprendizado.
  • 18. BUSCA DE INFORMAÇÕES EM FONTES VARIADAS “A busca de informações em fontes variadas é procedimento importante para o ensino e aprendizagem de Ciências. Além de permitir ao estudante obter informações para a elaboração de suas ideias e atitudes, é fundamental para o desenvolvimento de autonomia com relação à obtenção do conhecimento.” Como exemplo, a observação, a experimentação, a leitura, a entrevista, a excursão ou estudo do meio e o uso de informática.
  • 19. OBSERVAÇÃO “Para desenvolver a capacidade de observação dos estudantes é necessário, propor desafios que motivem os alunos a buscar os detalhes de determinados objetos, para que o mesmo objeto seja percebido de modo cada vez mais completo e diferente do modo habitual.” Pode ser utilizado em comparações, nos trabalhos de campo, nas experimentações, ao assistir um vídeo. Pode ser feita de dois modos direto, ambientes, animais, plantas, máquinas, e indireto microscópio, telescópio, fotos, filmes, gravuras, gravações sonoras.
  • 20. EXPERIMENTAÇÃO É necessário que os alunos tenham um bom embasamento teórico, para que possam absorver o máximo de conhecimento possível, é fundamental que as atividades práticas tenham garantido o espaço de reflexão, desenvolvimento e construção de ideias, ao lado de conhecimentos de procedimentos e atitudes. Para que não se torne apenas uma manipulação de vidros.
  • 21. TRABALHOS DE CAMPO “São visitas planejadas a ambientes naturais, a áreas de preservação ou conservação, áreas de produção primária (plantações) e indústrias, segundo os diferentes planos de ensino do professor, sem deixar de valorizar o próprio pátio da escola, a praça que muitas vezes está a poucas quadras da escola, as ruas da cidade, os quintais das casas, os terrenos baldios e outros espaços do ambiente urbano, como a zona comercial ou industrial da cidade. O desenvolvimento de atividades em espaços com essas características traz a vantagem de possibilitar ao estudante a percepção de que fenômenos e processos naturais estão presentes no ambiente como um todo, não apenas no que ingenuamente é chamado de natureza..”
  • 22.
  • 23. Ser elaborado um roteiro prévio;
  • 24.
  • 25.
  • 26. dá acesso a inúmeras informações e várias formas de utilização;
  • 27. Permite o conhecimento de trabalhos realizados em lugares distantes e diferentes;
  • 28. Rapidez tanto no envio como no recebimento de informações;“Os computadores apenas ampliam as possibilidades de atuação dos estudantes e dos professores, sendo incapazes de substituí-los em suas tarefas básicas e essenciais, como, por exemplo, a de organizar critérios com os estudantes para que possam navegar com rumo em meio ao mar de informações.’
  • 29. SISTEMATIZAÇÃO DE CONHECIMENTOS É necessário que o professor organize fechamentos ou sistematizações de conhecimentos, parciais e gerais, para cada tema trabalhado, A sistematização é momento privilegiado de comparação de conhecimentos prévios e construídos, a valorização e a crítica de todo o processo, sua ausência resulta em perda significativa para os estudantes.
  • 30. REFERÊNCIA PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS -TERCEIRO E QUARTO CICLOS DO ENSINO FUNDAMENTAL CIÊNCIAS NATURAIS- Brasília 1998