SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
PROGRAMA FORMAÇÃO PELA ESCOLA
Itauan do Nascimento Pereira
Izabel Cristina Pereira Viana
A EXECURSÃO DO PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTICO
(PNLD) NO MUNICÍPIO DE IGARAPÉ DO MEIO - MA
Trabalho final de conclusão do curso
Competências Básicas no âmbito do
Programa de Formação pela escola.
Igarapé do Meio
2014
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO......................................................................................02
2. ANÁLISE DE DADOS.............................................................................
3. PROPOSTAS DE SOLUÇÃO................................................................
4. CONSIDERAÇÕES FINAIS.................................................................
5. REFERÊNCIAS.....................................................................................
1. INTRODUÇÃO
O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia
vinculada ao Ministério da Educação, é responsável pela captação de recursos
financeiros para o desenvolvimento de uma gama de programas que visam à melhoria
da qualidade da educação brasileira.
Criado pela Lei nº5.537, de 21 de novembro de 1968, modificada pelo
Decreto- Lei 872, de 15 de setembro de 1969, com missão, de “Prover recursos e
executar ações para o desenvolvimento da educação”.
Em 1992, foi criado o Instituto Nacional do Livro (INL), com a função de
legitimar o livro didático nacional e incrementar a sua produção. Quase uma década
depois, criou-se a Comissão Nacional do Livro didático (CNLD), que passou a
estabelecer, no país, uma política de legislação, regulamentando a produção, a
circulação e o controle político, bem como a qualidade do que seria distribuído.
Depois de várias mudanças e outros programas criados pelo Governo
Federal, visando melhorias na qualidade da educação foi criado o Programa Nacional do
Livro Didático (PNLD), cujo objetivo é promover as escolas públicas de ensino
fundamental e médio com livros didáticos, dicionários e obras complementares. Esse
programa distribui obras didáticas, escolhidas pelos professores, para todas as escolas
públicas constantes do Censo Escolar, atendendo mais de 40 milhões de alunos.
Para promover as escolas públicas de ensino fundamental e médio com
livros didáticos, dicionários e obras complementares de qualidade, o governo federal
executa o Programa Nacional do Livro Didático.
Cada escola escolhe democraticamente, os livros que constam no Guia do
PNLD, aquele que deseja utilizar, levando em consideração seu planejamento
pedagógico. Cabe à escola, em particular ao professor, a condução do processo de
ensino e aprendizagem, assim como o acompanhamento do desenvolvimento dos
alunos. O livro didático participa desse processo como um recurso auxiliar na condução
do trabalho didático. Ele é mais um interlocutor que passa a dialogar com o professor e
com o aluno. Nesse diálogo, tal texto é portador e uma perspectiva sobre o saber a ser
estudado e sobre o modo de se conseguir compreende-lo mais eficazmente.
2. ANÁLISE DE DADOS
Caracterizado como o maior programa do gênero, o Programa Nacional do
Livro Didático (PNLD), é de responsabilidade do Ministério da Educação, gerenciado
pelo FNDE, e baseia-se nos princípios da livre participação das editoras privadas e da
livre escolha por parte dos professores. O Programa Nacional do Livro Didático
(PNLD) tem como principal objetivo subsidiar o trabalho pedagógico dos professores
por meio da distribuição de coleções de livros didáticos aos alunos da educação básica.
Após a avaliação das obras, o Ministério da Educação (MEC) publica o Guia de Livros
Didáticos com resenhas das coleções consideradas aprovadas. O guia é encaminhado às
escolas, que escolhem, entre os títulos disponíveis, aqueles que melhor atendem ao seu
projeto político pedagógico.
O programa PNLD é de suma importância para garantir a qualidade da
educação em todo o país, só para se tiver uma ideia em 2001, o PNLD passou a atender
também alunos portadores de deficiência visual que cursam o ensino fundamental em
escolas públicas de ensino regular e escolas especializadas sem fins lucrativos.
Mas, ao se vivenciar a realidade cotidiana de algumas Unidades Escolares
da rede pública municipal do município de Igarapé do Meio - MA, é possível identificar
problemas sérios relacionados ao Programa Nacional de Livro Didático.
Em algumas escolas da rede pública municipal de ensino, o livro didático
chegou a número insuficiente, ou seja, não foi possível a distribuição de livros em todas
as turmas de todas as disciplinas. Em algumas destas Escolas os alunos destas turmas,
por não terem entrado no senso do ano anterior, não receberam todos os livros didáticos
das disciplinas em curso o que dificulta o trabalho do professor, sem contar que os
alunos sentem a falta do livro, o que provoca certa revolta e reclamações por parte deles
e dos pais.
Entretanto, pensando na nossa realidade há de se encontrar escolas que tem
livros sobrando, pois houve uma redução no número de alunos de um ano para o outro
devido a remanejamento de turmas.
3. PROPOSTAS DE SOLUÇÃO:
Diante do problema exposto as propostas de soluções viáveis e possíveis de
serem realizadas dentro da própria escola seriam:
1ª É a de envio de um número maior de livros como reserva para atender os
alunos que as escolas receberem depois de realizado o censo escolar;
2ª A possibilidade de receber livros após comprovação por parte das
Unidades Escolares, da existência das turmas ao MEC:
3ª Remanejamento de livros entre Unidades Escolares que estiverem com
excedente de livros;
Mesmo porque, levando-se em conta o papel da escola e de seu projeto
pedagógico, a busca de novos sentidos e de novas realidades irá implicar compromisso
com a polivalência dos conteúdos, a pluralidade dos enfoques, o compartilhar dos
parentescos que todos os campos de conhecimento possuem entre si e, ainda, uma troca
de experiência entre todos os sujeitos da ambiência escolar.
Acreditamos que tais propostas são de fáceis realizações e assim
colaborando pelo menos para uma redução do problema, tornando o programa
verdadeiramente eficaz.
4. CONSIDERAÇÕES FINAIS:
A uma grande necessidade de continuidade e ampliação de pesquisas na
busca de explicitar ainda mais os processos de organização que ocorrem no interior das
escolas de Igarapé do Meio, no que diz respeito às escolhas do livro didático, tanto pelo
professor, como pelo aluno, visto a importância que tem no cenário das pesquisas em
educação, tanto a Política Pública do Livro didático, quanto efetivamente à escolha e o
uso de material por professores e alunos de nossas escolas. Nota-se que o livro didático
e as políticas referentes a ele ainda são objeto de muitos estudos e reflexões, mas ainda
não resolvemos todas as questões relativas a ele.
São muitas as vozes que estão em torno do livro didático e tais vozes
precisam ser ouvidas, refletidas à luz de critérios que evidenciem aspectos que apontem
para a melhoria da qualidade da educação no Brasil.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides Gestão Escolar
Slides Gestão EscolarSlides Gestão Escolar
Slides Gestão Escolar
roxanessavivi
 
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacsonRelatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
Raquel Becker
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
pdescola
 
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinarAta reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Domi Calixto
 

Mais procurados (20)

Atividade final curso educacenso 2016
Atividade final curso educacenso 2016Atividade final curso educacenso 2016
Atividade final curso educacenso 2016
 
PDDE TRANSPARENTE: COMPARTILHANDO BENEFÍCIOS E RESPONSABILIDADES - Prof. Noe...
PDDE TRANSPARENTE: COMPARTILHANDO BENEFÍCIOS  E RESPONSABILIDADES - Prof. Noe...PDDE TRANSPARENTE: COMPARTILHANDO BENEFÍCIOS  E RESPONSABILIDADES - Prof. Noe...
PDDE TRANSPARENTE: COMPARTILHANDO BENEFÍCIOS E RESPONSABILIDADES - Prof. Noe...
 
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
 
Slides Gestão Escolar
Slides Gestão EscolarSlides Gestão Escolar
Slides Gestão Escolar
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
 
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacsonRelatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
 
Formação Pela Escola , Curso Pli - Atividade Final
Formação Pela Escola , Curso Pli - Atividade FinalFormação Pela Escola , Curso Pli - Atividade Final
Formação Pela Escola , Curso Pli - Atividade Final
 
2. Conselho Escolar
2. Conselho Escolar2. Conselho Escolar
2. Conselho Escolar
 
Rotina escolar
Rotina escolarRotina escolar
Rotina escolar
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
relatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágiorelatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágio
 
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVAGESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
 
Atividade final-daniella-cruz
Atividade final-daniella-cruzAtividade final-daniella-cruz
Atividade final-daniella-cruz
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
Ficha de Orientação - Frequência Escolar
Ficha de Orientação - Frequência EscolarFicha de Orientação - Frequência Escolar
Ficha de Orientação - Frequência Escolar
 
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
 
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinarAta reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
 
O contexto escolar
O contexto escolarO contexto escolar
O contexto escolar
 
Sala de Recursos Multifuncionais
Sala de Recursos MultifuncionaisSala de Recursos Multifuncionais
Sala de Recursos Multifuncionais
 

Destaque

Competencias basicas cb_maio_2011
Competencias basicas cb_maio_2011Competencias basicas cb_maio_2011
Competencias basicas cb_maio_2011
tecampinasoeste
 
caderno gabarito pte transporte escolar
caderno gabarito pte transporte escolar caderno gabarito pte transporte escolar
caderno gabarito pte transporte escolar
André Brito
 
Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013
Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013
Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013
Luiz Carlos Dumont
 
Slaide do projeto formação pela escola
Slaide  do projeto formação pela escolaSlaide  do projeto formação pela escola
Slaide do projeto formação pela escola
terezinhasobrinho
 
Definicion Competencias Basicas
Definicion Competencias BasicasDefinicion Competencias Basicas
Definicion Competencias Basicas
mcsolera
 
Webquest matematica e a musica eis a questão
Webquest matematica e a musica eis a questãoWebquest matematica e a musica eis a questão
Webquest matematica e a musica eis a questão
tecampinasoeste
 
Modulo cursista conteudo
Modulo cursista conteudoModulo cursista conteudo
Modulo cursista conteudo
tecampinasoeste
 
Formacao pela escola
Formacao pela escolaFormacao pela escola
Formacao pela escola
NTE
 
Fundeb ativ 21outubro2011_cursista
Fundeb ativ 21outubro2011_cursistaFundeb ativ 21outubro2011_cursista
Fundeb ativ 21outubro2011_cursista
Edson Xavier
 

Destaque (20)

Competencias basicas cb_maio_2011
Competencias basicas cb_maio_2011Competencias basicas cb_maio_2011
Competencias basicas cb_maio_2011
 
caderno gabarito pte transporte escolar
caderno gabarito pte transporte escolar caderno gabarito pte transporte escolar
caderno gabarito pte transporte escolar
 
Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013
Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013
Apresentacao cursos formacao_pela_escola_2013
 
Atividade final fundeb
Atividade final   fundebAtividade final   fundeb
Atividade final fundeb
 
Competencia básicas
Competencia básicasCompetencia básicas
Competencia básicas
 
Slaide do projeto formação pela escola
Slaide  do projeto formação pela escolaSlaide  do projeto formação pela escola
Slaide do projeto formação pela escola
 
Enviado fichamento de leitura - fundeb
Enviado   fichamento de leitura - fundebEnviado   fichamento de leitura - fundeb
Enviado fichamento de leitura - fundeb
 
PNAE
 PNAE PNAE
PNAE
 
Pnae Cursista
Pnae CursistaPnae Cursista
Pnae Cursista
 
Definicion Competencias Basicas
Definicion Competencias BasicasDefinicion Competencias Basicas
Definicion Competencias Basicas
 
Novidades
NovidadesNovidades
Novidades
 
Competancias Tic
Competancias TicCompetancias Tic
Competancias Tic
 
Webquest matematica e a musica eis a questão
Webquest matematica e a musica eis a questãoWebquest matematica e a musica eis a questão
Webquest matematica e a musica eis a questão
 
Photobook Chef Monica Ruschel
Photobook Chef Monica RuschelPhotobook Chef Monica Ruschel
Photobook Chef Monica Ruschel
 
Modulo cursista conteudo
Modulo cursista conteudoModulo cursista conteudo
Modulo cursista conteudo
 
Fundeb ESPCIAL
Fundeb ESPCIALFundeb ESPCIAL
Fundeb ESPCIAL
 
Formacao pela escola
Formacao pela escolaFormacao pela escola
Formacao pela escola
 
Fundeb ativ 21outubro2011_cursista
Fundeb ativ 21outubro2011_cursistaFundeb ativ 21outubro2011_cursista
Fundeb ativ 21outubro2011_cursista
 
Cartilha fundeb
Cartilha fundebCartilha fundeb
Cartilha fundeb
 
Apresentação Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Escolas Sustentáveis
Apresentação Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Escolas SustentáveisApresentação Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Escolas Sustentáveis
Apresentação Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Escolas Sustentáveis
 

Semelhante a Curso fnde trabalho final - competencias básicas - itauan e cristina viana - igarapé do meio - ma

Artigo semana de pedagogia - pdf
Artigo   semana de pedagogia - pdfArtigo   semana de pedagogia - pdf
Artigo semana de pedagogia - pdf
Suyanne Costa
 
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unicoGuia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Edson Virginio
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
Monica Cardoso
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
rosemereporto
 
Balanço final - Ano letivo 2013/2014
Balanço final - Ano letivo 2013/2014Balanço final - Ano letivo 2013/2014
Balanço final - Ano letivo 2013/2014
papacas
 
interdisciplinaridade
interdisciplinaridadeinterdisciplinaridade
interdisciplinaridade
Rhaykaisa
 
Planejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docente
Planejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docentePlanejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docente
Planejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docente
UNEB
 
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVAMONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
UNEB
 
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
 DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA) DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
Daniella Bezerra
 
1 projeto de incentivo à leitura
1 projeto de incentivo à leitura1 projeto de incentivo à leitura
1 projeto de incentivo à leitura
mauriliojr
 
Desafio profissional ltr4_2bim
Desafio profissional ltr4_2bimDesafio profissional ltr4_2bim
Desafio profissional ltr4_2bim
Danubia23
 

Semelhante a Curso fnde trabalho final - competencias básicas - itauan e cristina viana - igarapé do meio - ma (20)

Artigo semana de pedagogia - pdf
Artigo   semana de pedagogia - pdfArtigo   semana de pedagogia - pdf
Artigo semana de pedagogia - pdf
 
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unicoGuia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
 
Balanço final - Ano letivo 2013/2014
Balanço final - Ano letivo 2013/2014Balanço final - Ano letivo 2013/2014
Balanço final - Ano letivo 2013/2014
 
O PNAIC nos municípios: o que muda na gestão municipal e escolar?
O PNAIC nos municípios: o que muda na gestão municipal e escolar?O PNAIC nos municípios: o que muda na gestão municipal e escolar?
O PNAIC nos municípios: o que muda na gestão municipal e escolar?
 
interdisciplinaridade
interdisciplinaridadeinterdisciplinaridade
interdisciplinaridade
 
DeClara n.º 61 janeiro 2023.pdf
DeClara n.º 61 janeiro 2023.pdfDeClara n.º 61 janeiro 2023.pdf
DeClara n.º 61 janeiro 2023.pdf
 
Diretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensãoDiretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensão
 
Planejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docente
Planejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docentePlanejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docente
Planejamento escolar um instrumento facilitador do trabalho docente
 
Pibid apresentação 2015 (1)
Pibid apresentação 2015 (1)Pibid apresentação 2015 (1)
Pibid apresentação 2015 (1)
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
 
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVAMONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
 
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
 DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA) DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
 
PROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdf
PROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdfPROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdf
PROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdf
 
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
 
1 projeto de incentivo à leitura
1 projeto de incentivo à leitura1 projeto de incentivo à leitura
1 projeto de incentivo à leitura
 
1363970315927(1)
1363970315927(1)1363970315927(1)
1363970315927(1)
 
Produtos notáveis - Joaquinelmo Bernardino de Sousa
Produtos notáveis -  Joaquinelmo Bernardino de SousaProdutos notáveis -  Joaquinelmo Bernardino de Sousa
Produtos notáveis - Joaquinelmo Bernardino de Sousa
 
Desafio profissional ltr4_2bim
Desafio profissional ltr4_2bimDesafio profissional ltr4_2bim
Desafio profissional ltr4_2bim
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 

Curso fnde trabalho final - competencias básicas - itauan e cristina viana - igarapé do meio - ma

  • 1. PROGRAMA FORMAÇÃO PELA ESCOLA Itauan do Nascimento Pereira Izabel Cristina Pereira Viana A EXECURSÃO DO PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTICO (PNLD) NO MUNICÍPIO DE IGARAPÉ DO MEIO - MA Trabalho final de conclusão do curso Competências Básicas no âmbito do Programa de Formação pela escola. Igarapé do Meio 2014
  • 2. SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO......................................................................................02 2. ANÁLISE DE DADOS............................................................................. 3. PROPOSTAS DE SOLUÇÃO................................................................ 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS................................................................. 5. REFERÊNCIAS.....................................................................................
  • 3. 1. INTRODUÇÃO O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, é responsável pela captação de recursos financeiros para o desenvolvimento de uma gama de programas que visam à melhoria da qualidade da educação brasileira. Criado pela Lei nº5.537, de 21 de novembro de 1968, modificada pelo Decreto- Lei 872, de 15 de setembro de 1969, com missão, de “Prover recursos e executar ações para o desenvolvimento da educação”. Em 1992, foi criado o Instituto Nacional do Livro (INL), com a função de legitimar o livro didático nacional e incrementar a sua produção. Quase uma década depois, criou-se a Comissão Nacional do Livro didático (CNLD), que passou a estabelecer, no país, uma política de legislação, regulamentando a produção, a circulação e o controle político, bem como a qualidade do que seria distribuído. Depois de várias mudanças e outros programas criados pelo Governo Federal, visando melhorias na qualidade da educação foi criado o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), cujo objetivo é promover as escolas públicas de ensino fundamental e médio com livros didáticos, dicionários e obras complementares. Esse programa distribui obras didáticas, escolhidas pelos professores, para todas as escolas públicas constantes do Censo Escolar, atendendo mais de 40 milhões de alunos. Para promover as escolas públicas de ensino fundamental e médio com livros didáticos, dicionários e obras complementares de qualidade, o governo federal executa o Programa Nacional do Livro Didático. Cada escola escolhe democraticamente, os livros que constam no Guia do PNLD, aquele que deseja utilizar, levando em consideração seu planejamento pedagógico. Cabe à escola, em particular ao professor, a condução do processo de ensino e aprendizagem, assim como o acompanhamento do desenvolvimento dos alunos. O livro didático participa desse processo como um recurso auxiliar na condução do trabalho didático. Ele é mais um interlocutor que passa a dialogar com o professor e com o aluno. Nesse diálogo, tal texto é portador e uma perspectiva sobre o saber a ser estudado e sobre o modo de se conseguir compreende-lo mais eficazmente.
  • 4. 2. ANÁLISE DE DADOS Caracterizado como o maior programa do gênero, o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), é de responsabilidade do Ministério da Educação, gerenciado pelo FNDE, e baseia-se nos princípios da livre participação das editoras privadas e da livre escolha por parte dos professores. O Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) tem como principal objetivo subsidiar o trabalho pedagógico dos professores por meio da distribuição de coleções de livros didáticos aos alunos da educação básica. Após a avaliação das obras, o Ministério da Educação (MEC) publica o Guia de Livros Didáticos com resenhas das coleções consideradas aprovadas. O guia é encaminhado às escolas, que escolhem, entre os títulos disponíveis, aqueles que melhor atendem ao seu projeto político pedagógico. O programa PNLD é de suma importância para garantir a qualidade da educação em todo o país, só para se tiver uma ideia em 2001, o PNLD passou a atender também alunos portadores de deficiência visual que cursam o ensino fundamental em escolas públicas de ensino regular e escolas especializadas sem fins lucrativos. Mas, ao se vivenciar a realidade cotidiana de algumas Unidades Escolares da rede pública municipal do município de Igarapé do Meio - MA, é possível identificar problemas sérios relacionados ao Programa Nacional de Livro Didático. Em algumas escolas da rede pública municipal de ensino, o livro didático chegou a número insuficiente, ou seja, não foi possível a distribuição de livros em todas as turmas de todas as disciplinas. Em algumas destas Escolas os alunos destas turmas, por não terem entrado no senso do ano anterior, não receberam todos os livros didáticos das disciplinas em curso o que dificulta o trabalho do professor, sem contar que os alunos sentem a falta do livro, o que provoca certa revolta e reclamações por parte deles e dos pais. Entretanto, pensando na nossa realidade há de se encontrar escolas que tem livros sobrando, pois houve uma redução no número de alunos de um ano para o outro devido a remanejamento de turmas.
  • 5. 3. PROPOSTAS DE SOLUÇÃO: Diante do problema exposto as propostas de soluções viáveis e possíveis de serem realizadas dentro da própria escola seriam: 1ª É a de envio de um número maior de livros como reserva para atender os alunos que as escolas receberem depois de realizado o censo escolar; 2ª A possibilidade de receber livros após comprovação por parte das Unidades Escolares, da existência das turmas ao MEC: 3ª Remanejamento de livros entre Unidades Escolares que estiverem com excedente de livros; Mesmo porque, levando-se em conta o papel da escola e de seu projeto pedagógico, a busca de novos sentidos e de novas realidades irá implicar compromisso com a polivalência dos conteúdos, a pluralidade dos enfoques, o compartilhar dos parentescos que todos os campos de conhecimento possuem entre si e, ainda, uma troca de experiência entre todos os sujeitos da ambiência escolar. Acreditamos que tais propostas são de fáceis realizações e assim colaborando pelo menos para uma redução do problema, tornando o programa verdadeiramente eficaz. 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A uma grande necessidade de continuidade e ampliação de pesquisas na busca de explicitar ainda mais os processos de organização que ocorrem no interior das escolas de Igarapé do Meio, no que diz respeito às escolhas do livro didático, tanto pelo professor, como pelo aluno, visto a importância que tem no cenário das pesquisas em educação, tanto a Política Pública do Livro didático, quanto efetivamente à escolha e o uso de material por professores e alunos de nossas escolas. Nota-se que o livro didático e as políticas referentes a ele ainda são objeto de muitos estudos e reflexões, mas ainda não resolvemos todas as questões relativas a ele.
  • 6. São muitas as vozes que estão em torno do livro didático e tais vozes precisam ser ouvidas, refletidas à luz de critérios que evidenciem aspectos que apontem para a melhoria da qualidade da educação no Brasil.