SlideShare uma empresa Scribd logo
FACULDADE SANTA FÉ.
CURSO DE PEDAGOGIA.
CAROLINA ALVES DOS SANTOS
KEUCILENE DOS BANHOS FONSECA
MARYANNE MONTEIRO SOUSA
RELATÓRIO DE GESTÃO ESCOLAR
SÃO LUÍS
2014
FACULDADE SANTA FÉ.
CURSO DE PEDAGOGIA.
CAROLINA ALVES DOS SANTOS
KEUCILENE DOS BANHOS FONSECA
MARYANNE MONTEIRO SOUSA
RELATÓRIO DE GESTÃO ESCOLAR
Relatório apresentado para a disciplina de
Gestão Escolar sob a responsabilidade da
professora Yêda Malta para obtenção de nota.
SÃO LUÍS
2014
3
APRESENTAÇÃO
Esse relatório é apresentado à disciplina de Gestão Escolar e
consiste em uma pesquisa de campo em que pudemos observar a práxis do
gestor. Visitamos três níveis de instituições de ensino no dia 26 de março de
2014 pelas pesquisadoras Carolina Alves, Keucilene dos Banhos e Maryanne
Monteiro, ambas estudantes do sétimo período de pedagogia da IES
Faculdade Santa Fé.
Elaboramos um questionário de acordo com as nossas leituras de
Heloísa Lück, autora de livros de gestão escolar, como “Liderança em Gestão
Escolar”, “A Gestão Participativa na Escola” e “Gestão da Cultura e do Clima
Organizacional da Escola”, os quais serviram de base para nossos estudos.
4
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO............................................................................................................5
2 OBJETIVO...................................................................................................................7
3 COLETA DE DADOS ................................................................................................7
3.1 Escola Pública Municipal .......................................................................................7
3.2 Escola Pública Estadual.........................................................................................9
3.3 Escola Particular:...................................................................................................10
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS ...................................................................................13
REFERÊNCIAS............................................................................................................14
5 ANEXOS ....................................................................................................................15
5
1 INTRODUÇÃO
A Gestão Escolar é composta por diretores (geral e adjuntos),
supervisores, coordenadores e orientadores educacionais.
Dentro de uma perspectiva da gestão democrática e participativa
Lück afirma, “A gestão visa, em última instância, a melhoria das ações e
processos educacionais, voltados para a aprendizagem dos alunos e sua
formação.” (2011, p. 18). A gestão é pensada em um sentido amplo, em que o
gestor visa uma educação de qualidade para os alunos de sua instituição, em
uma perspectiva de educação integral e em uma gestão democrática
participativa.
Os tipos de liderança abordados em nossa pesquisa correspondem
aos seguintes:
 Liderança Transformacional:
“Consiste na liderança orientada fortemente por valores, integridade, confiança
e o sentido de verdade comungado por todos em uma organização, que
oferecem uma visão transformadora de processos sociais e da organização
como um todo.” (LÜCK, 2012, p. 45).
 Liderança Transacional:
“Focaliza muito mais as interações das pessoas e estilos de relacionamentos
mantidos por elas, como forma de promover a unidade da organização e
melhores condições de realização de seus objetivos.” LÜCK, 2010, p. 46).
 Liderança Compartilhada:
A liderança compartilhada, também indicada como liderança distribuída, situa-
se no contexto das organizações de gestã democrática, em que a tomada de
decisão é disseminada e compartilhada pelos participantes da comunidade
escolar, em que as pessoas tem liberdade e sentem-se à vontade para agir
criativamente, afim de promoverem a realização dos objetivos da organização.”
(LÜCK, 2010, p. 48)
 Liderança Educativa:
6
“A liderança educativa é centrada na formação de organizações e de
aprendizagem e entendida como fundamental na orientação de organizações
no incentivo de seus estabelecimentos como organizações que aprendem.”
(LÜCK, 2010, p. 52).
 Liderança Integradora ou Liderança Holística:
“Trata-se de outras adjetivações que nos ocorrem para o esforço de lideram
pessoas, levando em consideração não apenas este ou aquele aspecto da
realidade, mas o conjunto de todos eles, de forma interativa.” (LÜCK, 2010, p.
53).
Os aspectos da gestão abordados no questionário enquadram-se
em:
 Gestão democrática participativa:
De acordo com Lück (2011), a gestão visa a atuação do gestor de
uma forma ampla garantindo o desempenho integral do aluno em todos os
seus aspectos e melhorando as ações educativas dentro da escola.
 Liderança e personalidade:
A liderança, segundo Lück (2010), entende-se como um elo para
motivar a equipe que compõe o corpo escolar, sendo esta como um dos
objetivos da gestão participativa.
 Cultura e Clima Organizacional:
Sob os aspectos da cultura e do clima organizacional, Lück (2010)
faz uma abordagem como uma peça fundamental na atuação do gestor para
aperfeiçoar a qualidade das relações.
Diante desse dia de observação pudemos constatar e confrontar a
teoria estudada em sala que nos forneceu um suporte teórico fundamental para
compreender a real situação da Gestão Escolar e suas problemáticas nos três
níveis de ensino pesquisados, os quais foram: municipal, estadual e particular.
7
2 OBJETIVO
 Investigar como o exercício da liderança, gestão da cultura e do clima
organizacional da escola através do exercício da gestão participativa podem
potencializar a profissionalização do gestor escolar.
3 COLETA DE DADOS
Para a pesquisa foi-se utilizado um questionário com perguntas
abertas e fechadas visando coletar informações sobre a ação de liderança bem
como a cultura organizacional das gestões das instituições campos de
pesquisa.
3.1 Escola Pública Municipal
Instituição Campo de Pesquisa:
UEB Meus Amiguinhos
Localização
Bairro da Forquilha, na Estrada da Maioba, S/N – São Luís.
Histórico
O prédio da instituição, em 1965, funcionava como uma associação de
mães e, de acordo com a necessidade da comunidade local, tornou-se uma
8
escola para atender a demanda do bairro que antes deslocavam-se para a
escola Sá Vale no Anil. Ela funciona como anexo do Sá Vale. Tornou-se
validada em 1975. A modalidade de ensino é de educação infantil e tem
atendido uma clientela de bairros vizinhos, como Cohab, Estrada da Maioba e
Estrada de Ribamar, além da Forquilha onde está localizada. Enquadra-se no
nível Municipal de Ensino. Possui 3 turmas pelo turno da manhã e 3 turmas no
turno da tarde.
Aspectos da Gestão
A instituição citada trabalha em parceria com a SEMED, o corpo
docente e família, dentro de uma gestão participativa. Na elaboração do Projeto
Político Pedagógico houve a participação da comunidade escolar e dos pais. O
PPP encontra-se desatualizado, porém a manutenção/revisão está em
andamento e é feita anualmente.
No aspecto da liderança e personalidade, identificamos que a gestão
escolar age de forma democrática, pois tudo é combinado e planejado entre a
gestora e as professoras. Implantam-se projetos pensados na necessidade dos
alunos em conjunto com a família. A família está imbricada no planejamento da
escola na perspectiva de contribuir nas relações escola x família. A gestora
geral entrevistada trabalha com a liderança compartilhada e educativa.
No tópico da cultura e do clima organizacional, a escola trabalha
com a cooperação e com a participação dos professores agindo com a gestão
nesses processos. Todas as atividades executadas na escola há um
envolvimento da gestora junto a equipe dentro do planejamento quinzenal.
Todos os dias há uma avaliação do planejamento para, no próximo dia,
executar o discutido.
A escola possui uma gestora geral e uma coordenadora.
9
3.2 Escola Pública Estadual
Instituição Campo de pesquisa:
Centro de Ensino Almirante Tamandaré
Localização
A instituição Centro de Ensino Almirante Tamandaré está situada na Rua 28
Qd: 32 s/n- IV Conjunto. Cohab-Anil – São Luís.
Histórico
A escola se enquadra dentro do sistema estadual de ensino e foi
fundada em homenagem a Joaquim Marquês Lisboa, o Marquês de
Tamandaré. A homenagem foi feita pelo governador João Castelo por meio do
decreto Nº 8.906, de 30 de Abril de 1981.
A escola tem uns 30 anos de existência e a sua gestão atual ocupa
a direção há dois anos.
A escola possui 21 salas e primeiramente o objetivo era atender a
comunidade local, porém existem clientelas (alunos) de bairros vizinhos e
distantes.
Inicialmente a escola trabalhava somente com a formação técnica e
a EJA. Hoje a escola atende somente alunos do ensino médio no turno
matutino e vespertino e no máximo 40 alunos por turma.
Aspectos da Gestão
O Centro de Ensino Almirante Tamandaré encontra-se no nível
estadual de ensino e possui, de acordo com a gestora adjunta entrevistada,
uma gestão democrática onde o gestor geral promove assembleias para
votações em todas as questões que envolvem a escola, seja em
planejamentos, projetos ou no mais simples, como acertar o horário das aulas.
10
A gestão tem parcerias com a comunidade como troca de favores
para manutenção do prédio, como abastecimento de lâmpadas, reforma de
muro e, em troca, cedem o espaço da escola para a comunidade.
O Projeto Político Pedagógico está sendo aprimorado devido à nova
gestão que está em exercício apenas há dois anos. Na sua elaboração houve a
participação da comunidade escolar e não houve a participação dos pais.
Dentro do aspecto da liderança, o diretor geral busca vários meios
para a formação dos professores como recursos didáticos atualizados e
inovadores e uma infraestrutura aprimorada para motivar a equipe. Os gestores
possuem a personalidade compartilhada, pois promovem assembleias.
Na gestão de cultura e do clima organizacional, os gestores
trabalham em conjunto com a democracia para melhoria das relações. Os pais,
na maioria, são ausentes. A gestão preocupa-se em manter contato com a
família por meio de ligações. Há, em média, 40% de pais presentes. O objetivo
da gestão é promover a formação integral para o exercício da cidadania
(encontra-se como objetivo do PPP que tivemos acesso).
De acordo com a gestora adjunta, o gestor é muito presente e circula
nos corredores, participando ativamente na escola. A gestão é bem receptível à
comunidade e interage com ela viabilizando uma educação de qualidade.
No aspecto de cultura e clima organizacional há criação de projetos,
como o de Jovens Talentos que tem como objetivo aguçar os talentos dos
alunos dentro das artes. Outro projeto é o de interclasse.
A escola possui três equipes de gestão: geral, pedagógica e
administrativa.
3.3 Escola Particular:
Instituição Campo de pesquisa:
Escola Educando II
Localização
A instituição está localizada no Conjunto Cohab Anil IV, Rua 32, Qd. 38, casa
25 – São Luís.
11
Histórico
A escola é de nível particular e surgiu, de acordo com a gestora
adjunta, com o desejo de continuar na educação dos alunos e colaborar com a
formação dos mesmos. A instituição atende nas modalidades de pré-escola e
fundamental de 1 º ao 9º ano, nos turnos matutino e vespertino e encontra-se
nos aspectos legais que regem os aspectos da educação.
Aspectos da gestão
A escola, de acordo com a gestora adjunta entrevistada, possui uma
gestão democrática que aceita as propostas dos professores visando uma
qualidade no ensino e mantem-se em comunicação com a clientela.
Na liderança, a gestora trabalha com a modalidade compartilhada
motivando sua equipe, dando suporte para desenvolver a prática pedagógica,
bem como melhoria da qualidade de ensino. As gestoras exercem uma
liderança integradora, visando também o transformacional.
O Projeto Político Pedagógico encontra-se atualizado e de acordo
com os projetos que desenvolvem na escola e o que pretendem alcançar. Em
sua construção, houve apenas a participação da comunidade escolar
(professores, diretores e funcionários). Não houve a participação dos pais. É
atualizado de dois em dois anos.
No aspecto da cultura e do clima organizacional, a escola promove
uma relação interacional entre professores, gestores e pais, aos desempenhos
das atividades propostas. A cultura, em visão das gestoras, é muito importante,
pois trabalha que na escola há uma contribuição na formação dos alunos nos
aspectos da sua cultura.
A escola possui uma equipe de gestão que consistem em: uma
gestora geral, uma gestora adjunta e uma coordenadora.
12
Composiçãoda Gestão
Estadual
Particular
Municipal
Geral
Pedagógica
AdministrativaGeral
Adjunta
Geral
Pedagógica
MUNICIPAL PARTICULAR ESTADUAL
PARTICIPAÇÃODOS PAIS E COMUNIDADE:
no PPP, planejamentos e eventos
ESTADUAL MUNICIPAL PARTICULAR
Gestão Participativa
13
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Diante da nossa pesquisa de campo enfrentamos muitos desafios
para executarmos nosso trabalho. Encontramos barreiras como ausência de
gestor e receio em nos receber na rede estadual e municipal. Encontramos
também uma rejeição por parte da própria gestão em nos receber, alegando
estar ocupada para fechar a folha de ponto e que, em nenhum momento,
poderia nos atender, deixando-nos esperando por um longo tempo, o que nos
deixou perplexas e revoltadas pelo tratamento recebido e pelas palavras
ásperas.
Quanto às escolas citadas no relatório que nos receberam e que nos
abriram as portas, pudemos observar na prática a função e a organização do
gestor dentro da escola, bem como a sua preocupação em mantê-la.
Encontramos diferenças na composição das gestões pesquisadas e
analisadas. Dentre as pesquisadas, a escola estadual encontra-se dentro de
uma gestão mais completa em sua equipe para atender a demanda da
clientela. A escola municipal, por ser pequena, possui apenas uma gestora e
uma coordenadora e que aparentemente demonstrou ser bem organizada e
que os pais estão inclusos na participação de tudo que é proposto pela
instituição. Já a escola particular tem uma equipe de gestão composta por uma
gestora geral, uma gestora adjunta e uma coordenadora pedagógica. Todas se
consideram como modelos de gestão democrática participativa.
Podemos considerar que uma escola é feita pela sua gestão, pois é
esta que planeja, visa e executa todas as ações educativas, visando a
integração de toda a equipe na construção de uma educação democrática. O
gestor é o cabeça de uma instituição de ensino, pois ele é quem dá um norte
para a sua equipe e precisa ter aspectos interpessoais, morais e humanísticos.
14
REFERÊNCIAS
LÜCK, Heloísa. A Gestão Participativa na Escola. 9 Ed. –Petrópolis, RG:
Vozes, 2011.
LÜCK, Heloísa. Liderança e Gestão Escolar. 6 Ed. –Petrópolis, RG: Vozes,
2010.
LÜCK, Heloísa. Gestão da Cultura e do Clima Organizacional da Escola.
Petrópolis, RG: Vozes, 2010.
15
5 ANEXOS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Belister Paulino
 
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
SimoneHelenDrumond
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
Joao Balbi
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
pdescola
 
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacsonRelatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
Raquel Becker
 
Relatório
RelatórioRelatório
Relatório
Assis Queiroz
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
Fabiana Lopes
 
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Erkv
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
Profissão Professor
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Araceli Kleemann
 
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃOCLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
carlademorais
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019
Lindomar Oliveira
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
Rose Tavares
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
SimoneHelenDrumond
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
Alessandra Alves
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil
filicianunes
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
ssuser6c03a6
 
Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
Edilania Batalha Batalha
 
relatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágiorelatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágio
UFMA e UEMA
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO VILHENA
 

Mais procurados (20)

Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
 
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacsonRelatorio conselho tutelar denilson e jacson
Relatorio conselho tutelar denilson e jacson
 
Relatório
RelatórioRelatório
Relatório
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
 
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃOCLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
 
Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
 
relatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágiorelatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágio
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 

Semelhante a Relatório de gestão escolar

Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
Maryanne Monteiro
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICAPROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
Lidia Carvalho
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
LOCIMAR MASSALAI
 
Organização e gestão da escola
Organização e gestão da escolaOrganização e gestão da escola
Organização e gestão da escola
Ulisses Vakirtzis
 
PAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.ppt
PAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.pptPAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.ppt
PAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.ppt
JefersonFranco9
 
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolarApresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
betejorgino
 
Uma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolarUma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolar
profarosangela
 
Plano de ação nilda auseli
Plano de ação nilda auseliPlano de ação nilda auseli
Plano de ação nilda auseli
Daniela F Almenara
 
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICAGESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
lissandra pereira
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democrática
Paula Alves
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
heder oliveira silva
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
heder oliveira silva
 
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoArtigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
Jose Arnaldo Silva
 
Secretariado
SecretariadoSecretariado
Secretariado
Liberty Ensino
 
Secretariado
SecretariadoSecretariado
Secretariado
Liberty Ensino
 
universo 2009
universo 2009universo 2009
universo 2009
Ana Paula
 
Gestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publicaGestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publica
vilemarm
 
Gestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publicaGestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publica
vilemarm
 
Função social da escola
Função social da escolaFunção social da escola
Função social da escola
Johnny Ribeiro
 
Tcc heterogeneidade no ambiente escolar
Tcc heterogeneidade no ambiente escolarTcc heterogeneidade no ambiente escolar
Tcc heterogeneidade no ambiente escolar
AlanWillianLeonioSil
 

Semelhante a Relatório de gestão escolar (20)

Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICAPROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
 
Organização e gestão da escola
Organização e gestão da escolaOrganização e gestão da escola
Organização e gestão da escola
 
PAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.ppt
PAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.pptPAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.ppt
PAPEL DA SUPERVISÃO ESCOLAR.ppt
 
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolarApresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
Apresentacao grupo uma abordagem participativa para a gestão escolar
 
Uma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolarUma abordagem participativa para a gestão escolar
Uma abordagem participativa para a gestão escolar
 
Plano de ação nilda auseli
Plano de ação nilda auseliPlano de ação nilda auseli
Plano de ação nilda auseli
 
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICAGESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA, UM COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democrática
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
 
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoArtigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
 
Secretariado
SecretariadoSecretariado
Secretariado
 
Secretariado
SecretariadoSecretariado
Secretariado
 
universo 2009
universo 2009universo 2009
universo 2009
 
Gestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publicaGestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publica
 
Gestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publicaGestão administrativa da escola publica
Gestão administrativa da escola publica
 
Função social da escola
Função social da escolaFunção social da escola
Função social da escola
 
Tcc heterogeneidade no ambiente escolar
Tcc heterogeneidade no ambiente escolarTcc heterogeneidade no ambiente escolar
Tcc heterogeneidade no ambiente escolar
 

Mais de Maryanne Monteiro

AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA
AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVAAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA
AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA
Maryanne Monteiro
 
A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...
A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...
A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...
Maryanne Monteiro
 
O sistema Braile no Brasil - Linha do tempo
O sistema Braile no Brasil - Linha do tempoO sistema Braile no Brasil - Linha do tempo
O sistema Braile no Brasil - Linha do tempo
Maryanne Monteiro
 
Resenha do filme Black
Resenha do filme BlackResenha do filme Black
Resenha do filme Black
Maryanne Monteiro
 
O professor educador
O professor educadorO professor educador
O professor educador
Maryanne Monteiro
 
Resumo EJA filme Narradores de Javé
Resumo EJA filme Narradores de JavéResumo EJA filme Narradores de Javé
Resumo EJA filme Narradores de Javé
Maryanne Monteiro
 
O papel da educação do campo na construção do desenvolvimento rural
O papel da educação do campo na construção do desenvolvimento ruralO papel da educação do campo na construção do desenvolvimento rural
O papel da educação do campo na construção do desenvolvimento rural
Maryanne Monteiro
 
Artigo sobre Educação étnica
Artigo sobre Educação étnicaArtigo sobre Educação étnica
Artigo sobre Educação étnica
Maryanne Monteiro
 
Braile - Como tratar deficientes visuais corretamente
Braile - Como tratar deficientes visuais corretamenteBraile - Como tratar deficientes visuais corretamente
Braile - Como tratar deficientes visuais corretamente
Maryanne Monteiro
 
A educação de surdos no mundo
A educação de surdos no mundoA educação de surdos no mundo
A educação de surdos no mundo
Maryanne Monteiro
 
A forma como eixo
A forma como eixoA forma como eixo
A forma como eixo
Maryanne Monteiro
 
Pedagogia empresarial - Proposta de Trabalho
Pedagogia empresarial - Proposta de TrabalhoPedagogia empresarial - Proposta de Trabalho
Pedagogia empresarial - Proposta de Trabalho
Maryanne Monteiro
 
Cultura afro brasileira
Cultura afro brasileiraCultura afro brasileira
Cultura afro brasileira
Maryanne Monteiro
 
Aula Montessoriana - Prática
Aula Montessoriana - PráticaAula Montessoriana - Prática
Aula Montessoriana - Prática
Maryanne Monteiro
 
A importância da Motivação no âmbito organizacional
A importância da Motivação no âmbito organizacionalA importância da Motivação no âmbito organizacional
A importância da Motivação no âmbito organizacional
Maryanne Monteiro
 
Apagões
ApagõesApagões
Os quilombolas do Maranhão
Os quilombolas do MaranhãoOs quilombolas do Maranhão
Os quilombolas do Maranhão
Maryanne Monteiro
 
Planejamento educacional
Planejamento educacionalPlanejamento educacional
Planejamento educacional
Maryanne Monteiro
 
A educação moral no ambiente escolar - Pojeto de Monografia
A educação moral no ambiente escolar - Pojeto de MonografiaA educação moral no ambiente escolar - Pojeto de Monografia
A educação moral no ambiente escolar - Pojeto de Monografia
Maryanne Monteiro
 
A educação moral no ambiente escolar
A educação moral no ambiente escolarA educação moral no ambiente escolar
A educação moral no ambiente escolar
Maryanne Monteiro
 

Mais de Maryanne Monteiro (20)

AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA
AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVAAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA
AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NUMA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA
 
A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...
A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...
A PARTICIPAÇÃO DO ORIENTADOR EDUCACIONAL EM RELAÇÃO AO APROVEITAMENTO ESCOLAR...
 
O sistema Braile no Brasil - Linha do tempo
O sistema Braile no Brasil - Linha do tempoO sistema Braile no Brasil - Linha do tempo
O sistema Braile no Brasil - Linha do tempo
 
Resenha do filme Black
Resenha do filme BlackResenha do filme Black
Resenha do filme Black
 
O professor educador
O professor educadorO professor educador
O professor educador
 
Resumo EJA filme Narradores de Javé
Resumo EJA filme Narradores de JavéResumo EJA filme Narradores de Javé
Resumo EJA filme Narradores de Javé
 
O papel da educação do campo na construção do desenvolvimento rural
O papel da educação do campo na construção do desenvolvimento ruralO papel da educação do campo na construção do desenvolvimento rural
O papel da educação do campo na construção do desenvolvimento rural
 
Artigo sobre Educação étnica
Artigo sobre Educação étnicaArtigo sobre Educação étnica
Artigo sobre Educação étnica
 
Braile - Como tratar deficientes visuais corretamente
Braile - Como tratar deficientes visuais corretamenteBraile - Como tratar deficientes visuais corretamente
Braile - Como tratar deficientes visuais corretamente
 
A educação de surdos no mundo
A educação de surdos no mundoA educação de surdos no mundo
A educação de surdos no mundo
 
A forma como eixo
A forma como eixoA forma como eixo
A forma como eixo
 
Pedagogia empresarial - Proposta de Trabalho
Pedagogia empresarial - Proposta de TrabalhoPedagogia empresarial - Proposta de Trabalho
Pedagogia empresarial - Proposta de Trabalho
 
Cultura afro brasileira
Cultura afro brasileiraCultura afro brasileira
Cultura afro brasileira
 
Aula Montessoriana - Prática
Aula Montessoriana - PráticaAula Montessoriana - Prática
Aula Montessoriana - Prática
 
A importância da Motivação no âmbito organizacional
A importância da Motivação no âmbito organizacionalA importância da Motivação no âmbito organizacional
A importância da Motivação no âmbito organizacional
 
Apagões
ApagõesApagões
Apagões
 
Os quilombolas do Maranhão
Os quilombolas do MaranhãoOs quilombolas do Maranhão
Os quilombolas do Maranhão
 
Planejamento educacional
Planejamento educacionalPlanejamento educacional
Planejamento educacional
 
A educação moral no ambiente escolar - Pojeto de Monografia
A educação moral no ambiente escolar - Pojeto de MonografiaA educação moral no ambiente escolar - Pojeto de Monografia
A educação moral no ambiente escolar - Pojeto de Monografia
 
A educação moral no ambiente escolar
A educação moral no ambiente escolarA educação moral no ambiente escolar
A educação moral no ambiente escolar
 

Último

A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 

Relatório de gestão escolar

  • 1. FACULDADE SANTA FÉ. CURSO DE PEDAGOGIA. CAROLINA ALVES DOS SANTOS KEUCILENE DOS BANHOS FONSECA MARYANNE MONTEIRO SOUSA RELATÓRIO DE GESTÃO ESCOLAR SÃO LUÍS 2014
  • 2. FACULDADE SANTA FÉ. CURSO DE PEDAGOGIA. CAROLINA ALVES DOS SANTOS KEUCILENE DOS BANHOS FONSECA MARYANNE MONTEIRO SOUSA RELATÓRIO DE GESTÃO ESCOLAR Relatório apresentado para a disciplina de Gestão Escolar sob a responsabilidade da professora Yêda Malta para obtenção de nota. SÃO LUÍS 2014
  • 3. 3 APRESENTAÇÃO Esse relatório é apresentado à disciplina de Gestão Escolar e consiste em uma pesquisa de campo em que pudemos observar a práxis do gestor. Visitamos três níveis de instituições de ensino no dia 26 de março de 2014 pelas pesquisadoras Carolina Alves, Keucilene dos Banhos e Maryanne Monteiro, ambas estudantes do sétimo período de pedagogia da IES Faculdade Santa Fé. Elaboramos um questionário de acordo com as nossas leituras de Heloísa Lück, autora de livros de gestão escolar, como “Liderança em Gestão Escolar”, “A Gestão Participativa na Escola” e “Gestão da Cultura e do Clima Organizacional da Escola”, os quais serviram de base para nossos estudos.
  • 4. 4 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO............................................................................................................5 2 OBJETIVO...................................................................................................................7 3 COLETA DE DADOS ................................................................................................7 3.1 Escola Pública Municipal .......................................................................................7 3.2 Escola Pública Estadual.........................................................................................9 3.3 Escola Particular:...................................................................................................10 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS ...................................................................................13 REFERÊNCIAS............................................................................................................14 5 ANEXOS ....................................................................................................................15
  • 5. 5 1 INTRODUÇÃO A Gestão Escolar é composta por diretores (geral e adjuntos), supervisores, coordenadores e orientadores educacionais. Dentro de uma perspectiva da gestão democrática e participativa Lück afirma, “A gestão visa, em última instância, a melhoria das ações e processos educacionais, voltados para a aprendizagem dos alunos e sua formação.” (2011, p. 18). A gestão é pensada em um sentido amplo, em que o gestor visa uma educação de qualidade para os alunos de sua instituição, em uma perspectiva de educação integral e em uma gestão democrática participativa. Os tipos de liderança abordados em nossa pesquisa correspondem aos seguintes:  Liderança Transformacional: “Consiste na liderança orientada fortemente por valores, integridade, confiança e o sentido de verdade comungado por todos em uma organização, que oferecem uma visão transformadora de processos sociais e da organização como um todo.” (LÜCK, 2012, p. 45).  Liderança Transacional: “Focaliza muito mais as interações das pessoas e estilos de relacionamentos mantidos por elas, como forma de promover a unidade da organização e melhores condições de realização de seus objetivos.” LÜCK, 2010, p. 46).  Liderança Compartilhada: A liderança compartilhada, também indicada como liderança distribuída, situa- se no contexto das organizações de gestã democrática, em que a tomada de decisão é disseminada e compartilhada pelos participantes da comunidade escolar, em que as pessoas tem liberdade e sentem-se à vontade para agir criativamente, afim de promoverem a realização dos objetivos da organização.” (LÜCK, 2010, p. 48)  Liderança Educativa:
  • 6. 6 “A liderança educativa é centrada na formação de organizações e de aprendizagem e entendida como fundamental na orientação de organizações no incentivo de seus estabelecimentos como organizações que aprendem.” (LÜCK, 2010, p. 52).  Liderança Integradora ou Liderança Holística: “Trata-se de outras adjetivações que nos ocorrem para o esforço de lideram pessoas, levando em consideração não apenas este ou aquele aspecto da realidade, mas o conjunto de todos eles, de forma interativa.” (LÜCK, 2010, p. 53). Os aspectos da gestão abordados no questionário enquadram-se em:  Gestão democrática participativa: De acordo com Lück (2011), a gestão visa a atuação do gestor de uma forma ampla garantindo o desempenho integral do aluno em todos os seus aspectos e melhorando as ações educativas dentro da escola.  Liderança e personalidade: A liderança, segundo Lück (2010), entende-se como um elo para motivar a equipe que compõe o corpo escolar, sendo esta como um dos objetivos da gestão participativa.  Cultura e Clima Organizacional: Sob os aspectos da cultura e do clima organizacional, Lück (2010) faz uma abordagem como uma peça fundamental na atuação do gestor para aperfeiçoar a qualidade das relações. Diante desse dia de observação pudemos constatar e confrontar a teoria estudada em sala que nos forneceu um suporte teórico fundamental para compreender a real situação da Gestão Escolar e suas problemáticas nos três níveis de ensino pesquisados, os quais foram: municipal, estadual e particular.
  • 7. 7 2 OBJETIVO  Investigar como o exercício da liderança, gestão da cultura e do clima organizacional da escola através do exercício da gestão participativa podem potencializar a profissionalização do gestor escolar. 3 COLETA DE DADOS Para a pesquisa foi-se utilizado um questionário com perguntas abertas e fechadas visando coletar informações sobre a ação de liderança bem como a cultura organizacional das gestões das instituições campos de pesquisa. 3.1 Escola Pública Municipal Instituição Campo de Pesquisa: UEB Meus Amiguinhos Localização Bairro da Forquilha, na Estrada da Maioba, S/N – São Luís. Histórico O prédio da instituição, em 1965, funcionava como uma associação de mães e, de acordo com a necessidade da comunidade local, tornou-se uma
  • 8. 8 escola para atender a demanda do bairro que antes deslocavam-se para a escola Sá Vale no Anil. Ela funciona como anexo do Sá Vale. Tornou-se validada em 1975. A modalidade de ensino é de educação infantil e tem atendido uma clientela de bairros vizinhos, como Cohab, Estrada da Maioba e Estrada de Ribamar, além da Forquilha onde está localizada. Enquadra-se no nível Municipal de Ensino. Possui 3 turmas pelo turno da manhã e 3 turmas no turno da tarde. Aspectos da Gestão A instituição citada trabalha em parceria com a SEMED, o corpo docente e família, dentro de uma gestão participativa. Na elaboração do Projeto Político Pedagógico houve a participação da comunidade escolar e dos pais. O PPP encontra-se desatualizado, porém a manutenção/revisão está em andamento e é feita anualmente. No aspecto da liderança e personalidade, identificamos que a gestão escolar age de forma democrática, pois tudo é combinado e planejado entre a gestora e as professoras. Implantam-se projetos pensados na necessidade dos alunos em conjunto com a família. A família está imbricada no planejamento da escola na perspectiva de contribuir nas relações escola x família. A gestora geral entrevistada trabalha com a liderança compartilhada e educativa. No tópico da cultura e do clima organizacional, a escola trabalha com a cooperação e com a participação dos professores agindo com a gestão nesses processos. Todas as atividades executadas na escola há um envolvimento da gestora junto a equipe dentro do planejamento quinzenal. Todos os dias há uma avaliação do planejamento para, no próximo dia, executar o discutido. A escola possui uma gestora geral e uma coordenadora.
  • 9. 9 3.2 Escola Pública Estadual Instituição Campo de pesquisa: Centro de Ensino Almirante Tamandaré Localização A instituição Centro de Ensino Almirante Tamandaré está situada na Rua 28 Qd: 32 s/n- IV Conjunto. Cohab-Anil – São Luís. Histórico A escola se enquadra dentro do sistema estadual de ensino e foi fundada em homenagem a Joaquim Marquês Lisboa, o Marquês de Tamandaré. A homenagem foi feita pelo governador João Castelo por meio do decreto Nº 8.906, de 30 de Abril de 1981. A escola tem uns 30 anos de existência e a sua gestão atual ocupa a direção há dois anos. A escola possui 21 salas e primeiramente o objetivo era atender a comunidade local, porém existem clientelas (alunos) de bairros vizinhos e distantes. Inicialmente a escola trabalhava somente com a formação técnica e a EJA. Hoje a escola atende somente alunos do ensino médio no turno matutino e vespertino e no máximo 40 alunos por turma. Aspectos da Gestão O Centro de Ensino Almirante Tamandaré encontra-se no nível estadual de ensino e possui, de acordo com a gestora adjunta entrevistada, uma gestão democrática onde o gestor geral promove assembleias para votações em todas as questões que envolvem a escola, seja em planejamentos, projetos ou no mais simples, como acertar o horário das aulas.
  • 10. 10 A gestão tem parcerias com a comunidade como troca de favores para manutenção do prédio, como abastecimento de lâmpadas, reforma de muro e, em troca, cedem o espaço da escola para a comunidade. O Projeto Político Pedagógico está sendo aprimorado devido à nova gestão que está em exercício apenas há dois anos. Na sua elaboração houve a participação da comunidade escolar e não houve a participação dos pais. Dentro do aspecto da liderança, o diretor geral busca vários meios para a formação dos professores como recursos didáticos atualizados e inovadores e uma infraestrutura aprimorada para motivar a equipe. Os gestores possuem a personalidade compartilhada, pois promovem assembleias. Na gestão de cultura e do clima organizacional, os gestores trabalham em conjunto com a democracia para melhoria das relações. Os pais, na maioria, são ausentes. A gestão preocupa-se em manter contato com a família por meio de ligações. Há, em média, 40% de pais presentes. O objetivo da gestão é promover a formação integral para o exercício da cidadania (encontra-se como objetivo do PPP que tivemos acesso). De acordo com a gestora adjunta, o gestor é muito presente e circula nos corredores, participando ativamente na escola. A gestão é bem receptível à comunidade e interage com ela viabilizando uma educação de qualidade. No aspecto de cultura e clima organizacional há criação de projetos, como o de Jovens Talentos que tem como objetivo aguçar os talentos dos alunos dentro das artes. Outro projeto é o de interclasse. A escola possui três equipes de gestão: geral, pedagógica e administrativa. 3.3 Escola Particular: Instituição Campo de pesquisa: Escola Educando II Localização A instituição está localizada no Conjunto Cohab Anil IV, Rua 32, Qd. 38, casa 25 – São Luís.
  • 11. 11 Histórico A escola é de nível particular e surgiu, de acordo com a gestora adjunta, com o desejo de continuar na educação dos alunos e colaborar com a formação dos mesmos. A instituição atende nas modalidades de pré-escola e fundamental de 1 º ao 9º ano, nos turnos matutino e vespertino e encontra-se nos aspectos legais que regem os aspectos da educação. Aspectos da gestão A escola, de acordo com a gestora adjunta entrevistada, possui uma gestão democrática que aceita as propostas dos professores visando uma qualidade no ensino e mantem-se em comunicação com a clientela. Na liderança, a gestora trabalha com a modalidade compartilhada motivando sua equipe, dando suporte para desenvolver a prática pedagógica, bem como melhoria da qualidade de ensino. As gestoras exercem uma liderança integradora, visando também o transformacional. O Projeto Político Pedagógico encontra-se atualizado e de acordo com os projetos que desenvolvem na escola e o que pretendem alcançar. Em sua construção, houve apenas a participação da comunidade escolar (professores, diretores e funcionários). Não houve a participação dos pais. É atualizado de dois em dois anos. No aspecto da cultura e do clima organizacional, a escola promove uma relação interacional entre professores, gestores e pais, aos desempenhos das atividades propostas. A cultura, em visão das gestoras, é muito importante, pois trabalha que na escola há uma contribuição na formação dos alunos nos aspectos da sua cultura. A escola possui uma equipe de gestão que consistem em: uma gestora geral, uma gestora adjunta e uma coordenadora.
  • 12. 12 Composiçãoda Gestão Estadual Particular Municipal Geral Pedagógica AdministrativaGeral Adjunta Geral Pedagógica MUNICIPAL PARTICULAR ESTADUAL PARTICIPAÇÃODOS PAIS E COMUNIDADE: no PPP, planejamentos e eventos ESTADUAL MUNICIPAL PARTICULAR Gestão Participativa
  • 13. 13 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS Diante da nossa pesquisa de campo enfrentamos muitos desafios para executarmos nosso trabalho. Encontramos barreiras como ausência de gestor e receio em nos receber na rede estadual e municipal. Encontramos também uma rejeição por parte da própria gestão em nos receber, alegando estar ocupada para fechar a folha de ponto e que, em nenhum momento, poderia nos atender, deixando-nos esperando por um longo tempo, o que nos deixou perplexas e revoltadas pelo tratamento recebido e pelas palavras ásperas. Quanto às escolas citadas no relatório que nos receberam e que nos abriram as portas, pudemos observar na prática a função e a organização do gestor dentro da escola, bem como a sua preocupação em mantê-la. Encontramos diferenças na composição das gestões pesquisadas e analisadas. Dentre as pesquisadas, a escola estadual encontra-se dentro de uma gestão mais completa em sua equipe para atender a demanda da clientela. A escola municipal, por ser pequena, possui apenas uma gestora e uma coordenadora e que aparentemente demonstrou ser bem organizada e que os pais estão inclusos na participação de tudo que é proposto pela instituição. Já a escola particular tem uma equipe de gestão composta por uma gestora geral, uma gestora adjunta e uma coordenadora pedagógica. Todas se consideram como modelos de gestão democrática participativa. Podemos considerar que uma escola é feita pela sua gestão, pois é esta que planeja, visa e executa todas as ações educativas, visando a integração de toda a equipe na construção de uma educação democrática. O gestor é o cabeça de uma instituição de ensino, pois ele é quem dá um norte para a sua equipe e precisa ter aspectos interpessoais, morais e humanísticos.
  • 14. 14 REFERÊNCIAS LÜCK, Heloísa. A Gestão Participativa na Escola. 9 Ed. –Petrópolis, RG: Vozes, 2011. LÜCK, Heloísa. Liderança e Gestão Escolar. 6 Ed. –Petrópolis, RG: Vozes, 2010. LÜCK, Heloísa. Gestão da Cultura e do Clima Organizacional da Escola. Petrópolis, RG: Vozes, 2010.