SlideShare uma empresa Scribd logo
QUÍMICA - 3° ANO
PROFESSOR : MARCOS SUENDEL
Características do átomo de Carbono.
 O átomo de carbono apresenta certas
 particularidades que o tornam diferentes
 dos demais elementos químicos; esse fato
 foi percebido na metade do século
 XIX, inicialmente por Kekulé, e isso
 possibilitou uma melhor compreensão da
 estrutura das substância orgânicas.
Características do átomo de Carbono.
 O carbono é tetravalente;
 O carbono forma ligações múltiplas;
 O carbono liga-se a várias classes de
  elementos químicos;
 O carbono forma cadeias;
O carbono é tetravalente;
TETRA => 4
O número atômico do carbono é 6.
        Distribuição Eletrônica:

          K L M N O P Q
          2 4
O carbono é tetravalente;
  O carbono tem em sua última camada
quatro elétrons . Então, o carbono pode
compartilhar esses quatro elétrons. Forma-se
desse modo quatro ligações covalentes.
  A tetravalência do carbono constitui o
primeiro postulado de Kekulé.
           K L M N O P Q
           2 4
O carbono é tetravalente;
  Ex: Estrutura do Metano. (CH4)
O carbono é tetravalente;
O carbono é tetravalente;




Todas essas fórmulas mostradas acima
representam um único composto.
Essa igualdade das quatro valências do
carbono é o segundo Postulado de Kekulé.
O carbono forma ligações múltiplas;
Ligação dupla entre
                           C C
dois átomos de carbono.

Ligação dupla entre um
                           C O
carbono e um oxigênio.

Ligação tripla entre um
                           C C
carbono e um oxigênio.

Ligação tripla entre um
                           C N
carbono e um nitrogênio.
O carbono liga-se a várias classes de
elementos químicos;
 O carbono está na coluna 4A, no meio do
2 período da Tabela Periódica; VEJA
O carbono liga-se a várias classes de
elementos químicos;
  O carbono fica no meio, entre os metais e
os não-metais, isto é, entre os elementos
eletropositivos e os eletronegativos. Não
sendo       nem       eletropositivo     nem
eletronegativo, ele pode ligar-se ora a
elementos      eletropositivos    (como     o
Hidrogênio),        ora      a      elementos
eletronegativos (como o Oxigênio).
Elementos Organógenos

  Elementos organógenos são os elementos
químicos que podem ser encontrados em
compostos orgânicos. Os principais são:
- C (carbono)

- H (hidrogênio)

- O (oxigênio)

- N (nitrogênio)
Elementos Organógenos

  Também aparecem com bem menos
frequência, os elementos S (enxofre) e P
(fósforo), e todos os elementos da família 7A:
  - F (flúor)
  - Cl (cloro)
  - Br (bromo)
  - I (iodo)
  - At (astato)
O carbono liga-se a várias classes de
elementos químicos;
  De acordo com o número de elementos que
constituem os compostos orgânicos, estes podem
ser classificados em:
 Compostos binários: quando possuem dois
elementos químicos (ex. C e H);
 Compostos ternários: quando possuem três
elementos químicos (ex. C, H e O);
 Compostos quaternários: quando possuem
quatro elementos químicos (ex. C, H, O e N).
O carbono forma cadeias;

  Existem outros elementos químicos que
conseguem formar encadeamentos, como
por exemplo, o enxofre, o fósforo etc. No
entanto, nenhum é capaz de apresentar
cadeias tão longas, variadas e estáveis como
o carbono.
O carbono forma cadeias;
  O átomo de carbono possui uma
capacidade extraordinária de ligar-se a
outros átomos – de carbono, de oxigênio, de
nitrogênio etc – formando encadeamentos ou
cadeias curtas ou longas e com as mais
variadas disposições. (Terceiro postulado de
Kekulé). São essas cadeias que irão
constituir o “esqueleto” das moléculas das
substancias orgânicas.
O carbono forma cadeias;

  Essa capacidade de formar cadeias e todas
as características anteriormente mencionadas
(tetravalência, formação de ligações
simples, duplas e triplas e ligação com
elementos            eletropositivos       e
eletronegativos), explicam a razão do
carbono ser capaz de formar um número
enorme de compostos orgânicos.
Exemplos de cadeias do Carbono:
Exemplos de cadeias do Carbono:




GRAFITE   DIAMANTE   FULERENO   NANOTUBO
CARACTERISTICAS DO CARBONO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
Joelson Barral
 
Propriedades periodicas
Propriedades periodicas Propriedades periodicas
Propriedades periodicas
cmdantasba
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Carlos Priante
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
Rebeca Vale
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Química introdução
Química   introduçãoQuímica   introdução
Química introdução
Thiago Benevides
 
Estrutura Atomica
Estrutura AtomicaEstrutura Atomica
Estrutura Atomica
José Miguel Dos Santos
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Adrianne Mendonça
 
Termoquímica
TermoquímicaTermoquímica
Termoquímica
Adrianne Mendonça
 
Introdução a química
Introdução a químicaIntrodução a química
Introdução a química
Portal do Vestibulando
 
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e BasesAula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
Marilena Meira
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
Karol Maia
 
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Química orgânica 3º ano   COMPLETOQuímica orgânica 3º ano   COMPLETO
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Eliando Oliveira
 
Densidade
DensidadeDensidade
Aula radioatividade
Aula radioatividadeAula radioatividade
Aula radioatividade
Nai Mariano
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
7 de Setembro
 
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Ajudar Pessoas
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
Rubao1E
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
emanuel
 

Mais procurados (20)

Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
 
Propriedades periodicas
Propriedades periodicas Propriedades periodicas
Propriedades periodicas
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Isomeria
 
Química introdução
Química   introduçãoQuímica   introdução
Química introdução
 
Estrutura Atomica
Estrutura AtomicaEstrutura Atomica
Estrutura Atomica
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
 
Termoquímica
TermoquímicaTermoquímica
Termoquímica
 
Introdução a química
Introdução a químicaIntrodução a química
Introdução a química
 
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e BasesAula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
 
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Química orgânica 3º ano   COMPLETOQuímica orgânica 3º ano   COMPLETO
Química orgânica 3º ano COMPLETO
 
Densidade
DensidadeDensidade
Densidade
 
Aula radioatividade
Aula radioatividadeAula radioatividade
Aula radioatividade
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
 
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
 

Destaque

Compostos carbono
Compostos carbonoCompostos carbono
Compostos carbono
cbarroso
 
Estudo do carbono
Estudo do carbonoEstudo do carbono
Estudo do carbono
Bibi Pantoja
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - Introdução
Ricardo Stefani
 
Composto organico
Composto organicoComposto organico
Composto organico
João Siqueira da Mata
 
Trabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : CarbonoTrabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : Carbono
Vitor Monhol
 
Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)
Alana Félix
 
Exemplos de compostos orgânicos
Exemplos de compostos orgânicosExemplos de compostos orgânicos
Exemplos de compostos orgânicos
Escola Pública/Particular
 
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICAPRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
Marcos França
 
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformaçõesCapítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformações
Marcos França
 
Introdução a química orgânica
Introdução a química orgânicaIntrodução a química orgânica
Introdução a química orgânica
Leimcpf
 
Configuração eletrônica
Configuração eletrônicaConfiguração eletrônica
Configuração eletrônica
Lucas Mariano da Cunha e Silva
 
Introdução à química orgânica
Introdução à química orgânicaIntrodução à química orgânica
Introdução à química orgânica
Maria Naves Ribeiro Lopes
 
Ciclo do carbono
Ciclo do carbonoCiclo do carbono
Ciclo do carbono
Gabriela de Lima
 
Carbono
CarbonoCarbono
Carbono
Fer_Villa
 
Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)
Luiz Henrique
 
Actividade STC 9
Actividade STC 9Actividade STC 9
Actividade STC 9
Mário Ferreira
 
Sistema cartesiano ortogonal
Sistema cartesiano ortogonalSistema cartesiano ortogonal
Sistema cartesiano ortogonal
Antonio Carlos Luguetti
 
Carbono
CarbonoCarbono
Carbono
Elainerviana
 
Compostos Orgânicos
Compostos OrgânicosCompostos Orgânicos
Compostos Orgânicos
jwurster01
 
Compostos Orgânicos 2012/2013
Compostos Orgânicos 2012/2013Compostos Orgânicos 2012/2013
Compostos Orgânicos 2012/2013
António Gonçalves
 

Destaque (20)

Compostos carbono
Compostos carbonoCompostos carbono
Compostos carbono
 
Estudo do carbono
Estudo do carbonoEstudo do carbono
Estudo do carbono
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - Introdução
 
Composto organico
Composto organicoComposto organico
Composto organico
 
Trabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : CarbonoTrabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : Carbono
 
Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)
 
Exemplos de compostos orgânicos
Exemplos de compostos orgânicosExemplos de compostos orgânicos
Exemplos de compostos orgânicos
 
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICAPRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
 
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformaçõesCapítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformações
 
Introdução a química orgânica
Introdução a química orgânicaIntrodução a química orgânica
Introdução a química orgânica
 
Configuração eletrônica
Configuração eletrônicaConfiguração eletrônica
Configuração eletrônica
 
Introdução à química orgânica
Introdução à química orgânicaIntrodução à química orgânica
Introdução à química orgânica
 
Ciclo do carbono
Ciclo do carbonoCiclo do carbono
Ciclo do carbono
 
Carbono
CarbonoCarbono
Carbono
 
Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)
 
Actividade STC 9
Actividade STC 9Actividade STC 9
Actividade STC 9
 
Sistema cartesiano ortogonal
Sistema cartesiano ortogonalSistema cartesiano ortogonal
Sistema cartesiano ortogonal
 
Carbono
CarbonoCarbono
Carbono
 
Compostos Orgânicos
Compostos OrgânicosCompostos Orgânicos
Compostos Orgânicos
 
Compostos Orgânicos 2012/2013
Compostos Orgânicos 2012/2013Compostos Orgânicos 2012/2013
Compostos Orgânicos 2012/2013
 

Semelhante a CARACTERISTICAS DO CARBONO

Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.
danniamatos
 
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRNAula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRN
thaliasampaio2
 
Aula -QOFundamental.ppt
Aula -QOFundamental.pptAula -QOFundamental.ppt
Aula -QOFundamental.ppt
MauricelioFreitas2
 
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLESQUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
Carlos Santos
 
Resumo introdução à química orgânica
Resumo   introdução à química orgânicaResumo   introdução à química orgânica
Resumo introdução à química orgânica
Profª Alda Ernestina
 
Química Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptxQuímica Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptx
FtimaEstevo
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica org
apoiodequimica
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica org
apoiodequimica
 
Apostila de quimica organica
Apostila  de  quimica  organicaApostila  de  quimica  organica
Apostila de quimica organica
Neejacp
 
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICAAPOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
Helena Aragão De Sá Martins
 
Tarefa semana 01
Tarefa semana 01Tarefa semana 01
Tarefa semana 01
Eliana Araujo
 
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia14 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
Joyce Fagundes
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
Mateus Serejo
 
Tabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica EzequielTabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica Ezequiel
Ezequiel G
 
Compostos orgânicos
Compostos orgânicosCompostos orgânicos
Química Orgânica: CARBONO
Química Orgânica: CARBONOQuímica Orgânica: CARBONO
Química Orgânica: CARBONO
DelPadre
 
Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)
Elio Junior
 
Revisão para prova terceiros anos
Revisão para  prova terceiros anosRevisão para  prova terceiros anos
Revisão para prova terceiros anos
DIRLUIZ
 
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo AulasQuímica Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Vídeo Aulas Apoio
 
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_dAula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
Benedito Roberto de Alvarenga Junior
 

Semelhante a CARACTERISTICAS DO CARBONO (20)

Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.
 
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRNAula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRN
 
Aula -QOFundamental.ppt
Aula -QOFundamental.pptAula -QOFundamental.ppt
Aula -QOFundamental.ppt
 
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLESQUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
 
Resumo introdução à química orgânica
Resumo   introdução à química orgânicaResumo   introdução à química orgânica
Resumo introdução à química orgânica
 
Química Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptxQuímica Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptx
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica org
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica org
 
Apostila de quimica organica
Apostila  de  quimica  organicaApostila  de  quimica  organica
Apostila de quimica organica
 
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICAAPOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
 
Tarefa semana 01
Tarefa semana 01Tarefa semana 01
Tarefa semana 01
 
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia14 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Tabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica EzequielTabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica Ezequiel
 
Compostos orgânicos
Compostos orgânicosCompostos orgânicos
Compostos orgânicos
 
Química Orgânica: CARBONO
Química Orgânica: CARBONOQuímica Orgânica: CARBONO
Química Orgânica: CARBONO
 
Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)
 
Revisão para prova terceiros anos
Revisão para  prova terceiros anosRevisão para  prova terceiros anos
Revisão para prova terceiros anos
 
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo AulasQuímica Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
 
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_dAula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
 

Último

Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 

Último (20)

Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 

CARACTERISTICAS DO CARBONO

  • 1. QUÍMICA - 3° ANO PROFESSOR : MARCOS SUENDEL
  • 2. Características do átomo de Carbono.  O átomo de carbono apresenta certas particularidades que o tornam diferentes dos demais elementos químicos; esse fato foi percebido na metade do século XIX, inicialmente por Kekulé, e isso possibilitou uma melhor compreensão da estrutura das substância orgânicas.
  • 3. Características do átomo de Carbono.  O carbono é tetravalente;  O carbono forma ligações múltiplas;  O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos;  O carbono forma cadeias;
  • 4. O carbono é tetravalente; TETRA => 4 O número atômico do carbono é 6. Distribuição Eletrônica: K L M N O P Q 2 4
  • 5. O carbono é tetravalente; O carbono tem em sua última camada quatro elétrons . Então, o carbono pode compartilhar esses quatro elétrons. Forma-se desse modo quatro ligações covalentes. A tetravalência do carbono constitui o primeiro postulado de Kekulé. K L M N O P Q 2 4
  • 6. O carbono é tetravalente; Ex: Estrutura do Metano. (CH4)
  • 7. O carbono é tetravalente;
  • 8. O carbono é tetravalente; Todas essas fórmulas mostradas acima representam um único composto. Essa igualdade das quatro valências do carbono é o segundo Postulado de Kekulé.
  • 9. O carbono forma ligações múltiplas; Ligação dupla entre C C dois átomos de carbono. Ligação dupla entre um C O carbono e um oxigênio. Ligação tripla entre um C C carbono e um oxigênio. Ligação tripla entre um C N carbono e um nitrogênio.
  • 10. O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos; O carbono está na coluna 4A, no meio do 2 período da Tabela Periódica; VEJA
  • 11. O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos; O carbono fica no meio, entre os metais e os não-metais, isto é, entre os elementos eletropositivos e os eletronegativos. Não sendo nem eletropositivo nem eletronegativo, ele pode ligar-se ora a elementos eletropositivos (como o Hidrogênio), ora a elementos eletronegativos (como o Oxigênio).
  • 12. Elementos Organógenos Elementos organógenos são os elementos químicos que podem ser encontrados em compostos orgânicos. Os principais são: - C (carbono) - H (hidrogênio) - O (oxigênio) - N (nitrogênio)
  • 13. Elementos Organógenos Também aparecem com bem menos frequência, os elementos S (enxofre) e P (fósforo), e todos os elementos da família 7A: - F (flúor) - Cl (cloro) - Br (bromo) - I (iodo) - At (astato)
  • 14. O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos; De acordo com o número de elementos que constituem os compostos orgânicos, estes podem ser classificados em:  Compostos binários: quando possuem dois elementos químicos (ex. C e H);  Compostos ternários: quando possuem três elementos químicos (ex. C, H e O);  Compostos quaternários: quando possuem quatro elementos químicos (ex. C, H, O e N).
  • 15. O carbono forma cadeias; Existem outros elementos químicos que conseguem formar encadeamentos, como por exemplo, o enxofre, o fósforo etc. No entanto, nenhum é capaz de apresentar cadeias tão longas, variadas e estáveis como o carbono.
  • 16. O carbono forma cadeias; O átomo de carbono possui uma capacidade extraordinária de ligar-se a outros átomos – de carbono, de oxigênio, de nitrogênio etc – formando encadeamentos ou cadeias curtas ou longas e com as mais variadas disposições. (Terceiro postulado de Kekulé). São essas cadeias que irão constituir o “esqueleto” das moléculas das substancias orgânicas.
  • 17. O carbono forma cadeias; Essa capacidade de formar cadeias e todas as características anteriormente mencionadas (tetravalência, formação de ligações simples, duplas e triplas e ligação com elementos eletropositivos e eletronegativos), explicam a razão do carbono ser capaz de formar um número enorme de compostos orgânicos.
  • 18. Exemplos de cadeias do Carbono:
  • 19. Exemplos de cadeias do Carbono: GRAFITE DIAMANTE FULERENO NANOTUBO