SlideShare uma empresa Scribd logo
QUÍMICA - 3° ANO
PROFESSOR : MARCOS SUENDEL
Características do átomo de Carbono.
 O átomo de carbono apresenta certas
 particularidades que o tornam diferentes
 dos demais elementos químicos; esse fato
 foi percebido na metade do século
 XIX, inicialmente por Kekulé, e isso
 possibilitou uma melhor compreensão da
 estrutura das substância orgânicas.
Características do átomo de Carbono.
 O carbono é tetravalente;
 O carbono forma ligações múltiplas;
 O carbono liga-se a várias classes de
  elementos químicos;
 O carbono forma cadeias;
O carbono é tetravalente;
TETRA => 4
O número atômico do carbono é 6.
        Distribuição Eletrônica:

          K L M N O P Q
          2 4
O carbono é tetravalente;
  O carbono tem em sua última camada
quatro elétrons . Então, o carbono pode
compartilhar esses quatro elétrons. Forma-se
desse modo quatro ligações covalentes.
  A tetravalência do carbono constitui o
primeiro postulado de Kekulé.
           K L M N O P Q
           2 4
O carbono é tetravalente;
  Ex: Estrutura do Metano. (CH4)
O carbono é tetravalente;
O carbono é tetravalente;




Todas essas fórmulas mostradas acima
representam um único composto.
Essa igualdade das quatro valências do
carbono é o segundo Postulado de Kekulé.
O carbono forma ligações múltiplas;
Ligação dupla entre
                           C C
dois átomos de carbono.

Ligação dupla entre um
                           C O
carbono e um oxigênio.

Ligação tripla entre um
                           C C
carbono e um oxigênio.

Ligação tripla entre um
                           C N
carbono e um nitrogênio.
O carbono liga-se a várias classes de
elementos químicos;
 O carbono está na coluna 4A, no meio do
2 período da Tabela Periódica; VEJA
O carbono liga-se a várias classes de
elementos químicos;
  O carbono fica no meio, entre os metais e
os não-metais, isto é, entre os elementos
eletropositivos e os eletronegativos. Não
sendo       nem       eletropositivo     nem
eletronegativo, ele pode ligar-se ora a
elementos      eletropositivos    (como     o
Hidrogênio),        ora      a      elementos
eletronegativos (como o Oxigênio).
Elementos Organógenos

  Elementos organógenos são os elementos
químicos que podem ser encontrados em
compostos orgânicos. Os principais são:
- C (carbono)

- H (hidrogênio)

- O (oxigênio)

- N (nitrogênio)
Elementos Organógenos

  Também aparecem com bem menos
frequência, os elementos S (enxofre) e P
(fósforo), e todos os elementos da família 7A:
  - F (flúor)
  - Cl (cloro)
  - Br (bromo)
  - I (iodo)
  - At (astato)
O carbono liga-se a várias classes de
elementos químicos;
  De acordo com o número de elementos que
constituem os compostos orgânicos, estes podem
ser classificados em:
 Compostos binários: quando possuem dois
elementos químicos (ex. C e H);
 Compostos ternários: quando possuem três
elementos químicos (ex. C, H e O);
 Compostos quaternários: quando possuem
quatro elementos químicos (ex. C, H, O e N).
O carbono forma cadeias;

  Existem outros elementos químicos que
conseguem formar encadeamentos, como
por exemplo, o enxofre, o fósforo etc. No
entanto, nenhum é capaz de apresentar
cadeias tão longas, variadas e estáveis como
o carbono.
O carbono forma cadeias;
  O átomo de carbono possui uma
capacidade extraordinária de ligar-se a
outros átomos – de carbono, de oxigênio, de
nitrogênio etc – formando encadeamentos ou
cadeias curtas ou longas e com as mais
variadas disposições. (Terceiro postulado de
Kekulé). São essas cadeias que irão
constituir o “esqueleto” das moléculas das
substancias orgânicas.
O carbono forma cadeias;

  Essa capacidade de formar cadeias e todas
as características anteriormente mencionadas
(tetravalência, formação de ligações
simples, duplas e triplas e ligação com
elementos            eletropositivos       e
eletronegativos), explicam a razão do
carbono ser capaz de formar um número
enorme de compostos orgânicos.
Exemplos de cadeias do Carbono:
Exemplos de cadeias do Carbono:




GRAFITE   DIAMANTE   FULERENO   NANOTUBO
CARACTERISTICAS DO CARBONO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

ppt Química orgânica
ppt Química orgânicappt Química orgânica
ppt Química orgânica
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Química orgânica 3º ano   COMPLETOQuímica orgânica 3º ano   COMPLETO
Química orgânica 3º ano COMPLETO
 
Introdução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânicaIntrodução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânica
 
Nomenclatura de Hidrocarbonetos
Nomenclatura de HidrocarbonetosNomenclatura de Hidrocarbonetos
Nomenclatura de Hidrocarbonetos
 
Funções nitrogenadas
Funções nitrogenadasFunções nitrogenadas
Funções nitrogenadas
 
Complexos aula 1 (1)
Complexos aula 1 (1)Complexos aula 1 (1)
Complexos aula 1 (1)
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Aula termoquímica
Aula termoquímicaAula termoquímica
Aula termoquímica
 
Íons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicosÍons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicos
 
Isomeria espacial
Isomeria espacialIsomeria espacial
Isomeria espacial
 
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
 
Leis ponderais
Leis ponderaisLeis ponderais
Leis ponderais
 
Introdução a química orgânica
Introdução a química orgânicaIntrodução a química orgânica
Introdução a química orgânica
 
Cadeias carbônicas
Cadeias carbônicasCadeias carbônicas
Cadeias carbônicas
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo AulasQuímica Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
 

Destaque

Compostos carbono
Compostos carbonoCompostos carbono
Compostos carbonocbarroso
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoCarlos Priante
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoRicardo Stefani
 
Trabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : CarbonoTrabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : CarbonoVitor Monhol
 
Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)Alana Félix
 
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICAPRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICAMarcos França
 
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformaçõesCapítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformaçõesMarcos França
 
Introdução a química orgânica
Introdução a química orgânicaIntrodução a química orgânica
Introdução a química orgânicaLeimcpf
 
Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)Luiz Henrique
 
Compostos Orgânicos
Compostos OrgânicosCompostos Orgânicos
Compostos Orgânicosjwurster01
 

Destaque (20)

Compostos carbono
Compostos carbonoCompostos carbono
Compostos carbono
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
 
Estudo do carbono
Estudo do carbonoEstudo do carbono
Estudo do carbono
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - Introdução
 
Composto organico
Composto organicoComposto organico
Composto organico
 
Trabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : CarbonoTrabalho Tabela Periodica : Carbono
Trabalho Tabela Periodica : Carbono
 
Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)Família do Carbono (4A ou 14)
Família do Carbono (4A ou 14)
 
Exemplos de compostos orgânicos
Exemplos de compostos orgânicosExemplos de compostos orgânicos
Exemplos de compostos orgânicos
 
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICAPRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
PRIMEIRA VISÃO DA QUÍMICA
 
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformaçõesCapítulo 02   conhecendo a matéria e suas transformações
Capítulo 02 conhecendo a matéria e suas transformações
 
Introdução a química orgânica
Introdução a química orgânicaIntrodução a química orgânica
Introdução a química orgânica
 
Configuração eletrônica
Configuração eletrônicaConfiguração eletrônica
Configuração eletrônica
 
Introdução à química orgânica
Introdução à química orgânicaIntrodução à química orgânica
Introdução à química orgânica
 
Ciclo do carbono
Ciclo do carbonoCiclo do carbono
Ciclo do carbono
 
Carbono
CarbonoCarbono
Carbono
 
Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)Família do Carbono finalizado (formato 1)
Família do Carbono finalizado (formato 1)
 
Actividade STC 9
Actividade STC 9Actividade STC 9
Actividade STC 9
 
Sistema cartesiano ortogonal
Sistema cartesiano ortogonalSistema cartesiano ortogonal
Sistema cartesiano ortogonal
 
Carbono
CarbonoCarbono
Carbono
 
Compostos Orgânicos
Compostos OrgânicosCompostos Orgânicos
Compostos Orgânicos
 

Semelhante a CARACTERISTICAS DO CARBONO

Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.danniamatos
 
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRNAula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRNthaliasampaio2
 
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLESQUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLESCarlos Santos
 
Resumo introdução à química orgânica
Resumo   introdução à química orgânicaResumo   introdução à química orgânica
Resumo introdução à química orgânicaProfª Alda Ernestina
 
Química Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptxQuímica Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptxFtimaEstevo
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica orgapoiodequimica
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica orgapoiodequimica
 
Apostila de quimica organica
Apostila  de  quimica  organicaApostila  de  quimica  organica
Apostila de quimica organicaNeejacp
 
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICAAPOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICAHelena Aragão De Sá Martins
 
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia14 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1Joyce Fagundes
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções OrgânicasMateus Serejo
 
Tabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica EzequielTabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica EzequielEzequiel G
 
Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)Elio Junior
 
Revisão para prova terceiros anos
Revisão para  prova terceiros anosRevisão para  prova terceiros anos
Revisão para prova terceiros anosDIRLUIZ
 
Química geral ppt_-_tabela_periódica_-_histórico
Química geral ppt_-_tabela_periódica_-_históricoQuímica geral ppt_-_tabela_periódica_-_histórico
Química geral ppt_-_tabela_periódica_-_históricoJemuel Araújo da Silva
 

Semelhante a CARACTERISTICAS DO CARBONO (20)

Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.Aula 1 - química orgânica e exprimental.
Aula 1 - química orgânica e exprimental.
 
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRNAula Quimica Organica,- introdução- IFRN
Aula Quimica Organica,- introdução- IFRN
 
Aula -QOFundamental.ppt
Aula -QOFundamental.pptAula -QOFundamental.ppt
Aula -QOFundamental.ppt
 
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLESQUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
QUIMICA ORGANICA E RELAÇAO DE CADEIAS ORGANICAS SIMPLES
 
Resumo introdução à química orgânica
Resumo   introdução à química orgânicaResumo   introdução à química orgânica
Resumo introdução à química orgânica
 
Química Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptxQuímica Orgânica.pptx
Química Orgânica.pptx
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica org
 
Introducao quimica org
Introducao quimica orgIntroducao quimica org
Introducao quimica org
 
Apostila de quimica organica
Apostila  de  quimica  organicaApostila  de  quimica  organica
Apostila de quimica organica
 
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICAAPOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
APOSTILA - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA QUÍMICA ORGÂNICA
 
Tarefa semana 01
Tarefa semana 01Tarefa semana 01
Tarefa semana 01
 
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia14 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
4 apostila-de-química-orgânica-maria-patrícia1
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Tabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica EzequielTabela Periódica Ezequiel
Tabela Periódica Ezequiel
 
Compostos orgânicos
Compostos orgânicosCompostos orgânicos
Compostos orgânicos
 
Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)
 
Revisão para prova terceiros anos
Revisão para  prova terceiros anosRevisão para  prova terceiros anos
Revisão para prova terceiros anos
 
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_dAula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
Aula 6 __a_qu_mica_dos_organomet_licos_do_bloco_d
 
Química geral ppt_-_tabela_periódica_-_histórico
Química geral ppt_-_tabela_periódica_-_históricoQuímica geral ppt_-_tabela_periódica_-_histórico
Química geral ppt_-_tabela_periódica_-_histórico
 
Introdução à Química Orgânica
Introdução à Química OrgânicaIntrodução à Química Orgânica
Introdução à Química Orgânica
 

Último

22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfrarakey779
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergBrenda Fritz
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosbiancaborges0906
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 

Último (20)

22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 

CARACTERISTICAS DO CARBONO

  • 1. QUÍMICA - 3° ANO PROFESSOR : MARCOS SUENDEL
  • 2. Características do átomo de Carbono.  O átomo de carbono apresenta certas particularidades que o tornam diferentes dos demais elementos químicos; esse fato foi percebido na metade do século XIX, inicialmente por Kekulé, e isso possibilitou uma melhor compreensão da estrutura das substância orgânicas.
  • 3. Características do átomo de Carbono.  O carbono é tetravalente;  O carbono forma ligações múltiplas;  O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos;  O carbono forma cadeias;
  • 4. O carbono é tetravalente; TETRA => 4 O número atômico do carbono é 6. Distribuição Eletrônica: K L M N O P Q 2 4
  • 5. O carbono é tetravalente; O carbono tem em sua última camada quatro elétrons . Então, o carbono pode compartilhar esses quatro elétrons. Forma-se desse modo quatro ligações covalentes. A tetravalência do carbono constitui o primeiro postulado de Kekulé. K L M N O P Q 2 4
  • 6. O carbono é tetravalente; Ex: Estrutura do Metano. (CH4)
  • 7. O carbono é tetravalente;
  • 8. O carbono é tetravalente; Todas essas fórmulas mostradas acima representam um único composto. Essa igualdade das quatro valências do carbono é o segundo Postulado de Kekulé.
  • 9. O carbono forma ligações múltiplas; Ligação dupla entre C C dois átomos de carbono. Ligação dupla entre um C O carbono e um oxigênio. Ligação tripla entre um C C carbono e um oxigênio. Ligação tripla entre um C N carbono e um nitrogênio.
  • 10. O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos; O carbono está na coluna 4A, no meio do 2 período da Tabela Periódica; VEJA
  • 11. O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos; O carbono fica no meio, entre os metais e os não-metais, isto é, entre os elementos eletropositivos e os eletronegativos. Não sendo nem eletropositivo nem eletronegativo, ele pode ligar-se ora a elementos eletropositivos (como o Hidrogênio), ora a elementos eletronegativos (como o Oxigênio).
  • 12. Elementos Organógenos Elementos organógenos são os elementos químicos que podem ser encontrados em compostos orgânicos. Os principais são: - C (carbono) - H (hidrogênio) - O (oxigênio) - N (nitrogênio)
  • 13. Elementos Organógenos Também aparecem com bem menos frequência, os elementos S (enxofre) e P (fósforo), e todos os elementos da família 7A: - F (flúor) - Cl (cloro) - Br (bromo) - I (iodo) - At (astato)
  • 14. O carbono liga-se a várias classes de elementos químicos; De acordo com o número de elementos que constituem os compostos orgânicos, estes podem ser classificados em:  Compostos binários: quando possuem dois elementos químicos (ex. C e H);  Compostos ternários: quando possuem três elementos químicos (ex. C, H e O);  Compostos quaternários: quando possuem quatro elementos químicos (ex. C, H, O e N).
  • 15. O carbono forma cadeias; Existem outros elementos químicos que conseguem formar encadeamentos, como por exemplo, o enxofre, o fósforo etc. No entanto, nenhum é capaz de apresentar cadeias tão longas, variadas e estáveis como o carbono.
  • 16. O carbono forma cadeias; O átomo de carbono possui uma capacidade extraordinária de ligar-se a outros átomos – de carbono, de oxigênio, de nitrogênio etc – formando encadeamentos ou cadeias curtas ou longas e com as mais variadas disposições. (Terceiro postulado de Kekulé). São essas cadeias que irão constituir o “esqueleto” das moléculas das substancias orgânicas.
  • 17. O carbono forma cadeias; Essa capacidade de formar cadeias e todas as características anteriormente mencionadas (tetravalência, formação de ligações simples, duplas e triplas e ligação com elementos eletropositivos e eletronegativos), explicam a razão do carbono ser capaz de formar um número enorme de compostos orgânicos.
  • 18. Exemplos de cadeias do Carbono:
  • 19. Exemplos de cadeias do Carbono: GRAFITE DIAMANTE FULERENO NANOTUBO