SlideShare uma empresa Scribd logo
Professora Ana Karoline Maia
karoline.quimica@gmail.com
• O QUE É UM ÁTOMO ?
Estrutura da matéria
• Matéria= material
• Substâncias
• Moléculas
• Átomos
Demócrito e Leucipo (Sec. V
a.c.)
Átomo
Demócrito
(460 – 370 A.C.)
Defendeu a ideia de que a matéria era composta por
pequeníssimas partículas.
Teoria baseada apenas na intuição e na lógica.
Primeiras ideias sobre a constituição
da matéria...
• 400 a.C Leucipo e Demócrito: princípio da divisibilidade
•Origem da palavra átomo: em grego significa indivisível
•350 a.C Aristóteles: teoria dos 4 elementos
Modelo atômico de Dalton
• 1808: Químico inglês John Dalton
• A matéria é constituída de átomos, que são
partículas indivisíveis e indestrutíveis.
• Átomos são partículas maciças.
• Cada tipo de átomo seria de determinado
tamanho
Modelo atômico de Thomson
• Início do século XX: descobertas na
ciência, elétrons, natureza da
luz, eletromagnetismo e radioatividade.
• O modelo de Dalton já não era capaz de
explicar muitos fenômenos....
Thomson (1904)
J. J. Thomson
(1856 - 1940)
Thomson realizou uma série de
experiências utilizando um tubo de raios
catódicos (tubo semelhante aos tubos
existentes no interior dos televisores).
Seus experimentos comprovaram a
existência de carga elétrica na matéria.
Tubo de raios catódicos
Elétrons (partículas
com carga elétrica
negativa)
Esfera com carga elétrica positiva
Modelo proposto por Thomson (1904):
O átomo era uma esfera
positiva, estando os elétrons
dispersos na esfera.
O número de elétrons seria tal
que a carga total do átomo seria
zero.
Modelo de Pudim de Passas
Rutherford (1911)
Ernest Rutherford
(1871 - 1937)
Cientista neozelandês, estudou com J.J.
Thomson.
Em 1908 realizou uma experiência que lhe
permitiu propor um novo modelo atómico.
Experiência de Rutherford
Fonte de
partículas 
Feixe de
partículas 
Ecrã
fluorescente
Folha de ouro
Experimento
Modelo proposto por Rutherford (1911):
O átomo é uma estrutura praticamente
vazia, e não uma esfera maciça;
É constituído por:
 Núcleo muito pequeno com a carga
positiva, onde se concentra quase toda a
massa do átomo.
 Elétrons com carga negativa movendo-se
em volta do núcleo.
O átomo seria um sistema semelhante ao sistema solar.
Modelo Planetário
Bohr (1913)
Niels Bohr
(1885 - 1962)
 Niels Bohr trabalhou com
Thomson, e posteriormente com
Rutherford.
 Tendo continuado o trabalho destes
dois físicos, aperfeiçoou, em 1913, o
modelo atómico de Rutherford.
Modelo proposto por Bohr :
Apenas algumas órbitas seriam
permitidas aos elétrons;
Cada órbita correspondia a um
nível de energia bem definido do
elétron;
Os elétrons podem saltar de uma
órbita para outra, ao absorver ou
emitir energia.
Modelo atômico de Bohr
• Ao passar de uma órbita para outra, o elétron
absorve ou emite um quantum de energia.
• Teoria quântica de Max Planck
• O modelo de Bohr explicava satisfatoriamente
o átomo de hidrogênio, que possui apenas 1
próton no núcleo e 1 elétron ao redor, mas
não explica átomos com um maior número de
partículas.
“Fotografar” os átomos...
Hoje em dia dispomos de potentes microscópios que nos permitem obter
imagens dos átomos: são os microscópios electrônicos.
Dimensão dos átomos
100 pm
1 pm = 10-12 m
Dimensão dos átomos
Se 100 milhões de pessoas se reduzissem
ao tamanho de átomos, formavam uma
fila de apenas 1cm.
Um ponto final pode
conter mais de 3
milhões de átomos.
Estrutura atômica básica
• Prótons (p) = carga positiva
• Nêutrons (n)= carga neutra
• Elétrons (é)= carga negativa
• Número de prótons(Z) = número atômico
• Número de massa (A) = prótons + nêutrons
• Camada de valência é a camada mais externa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
Rebeca Vale
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - Introdução
Killer Max
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
matheusrl98
 
Caracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivosCaracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivos
César Milani
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
César Milani
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Juliana Mendes
 
Células
CélulasCélulas
Células
Cláudia Moura
 
Misturas 6º ano
Misturas 6º anoMisturas 6º ano
Misturas 6º ano
Cinthia Arelari
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
Augusto Sérgio Costa Souza
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
Rebeca Vale
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Leonardo Kaplan
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
Rebeca Vale
 
Aula elementos químicos
Aula elementos químicosAula elementos químicos
Aula elementos químicos
kaliandra Lisboa
 
Misturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e HeterogeneasMisturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e Heterogeneas
URCA
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
Matheus Faria do Valle
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
Marco Antonio Sanches
 
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria  prof Ivanise MeyerEstrutura da matéria  prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Ivanise Meyer
 
O universo
O universoO universo
O universo
Isadora Girio
 
19 bases da hereditariedade
19   bases da hereditariedade19   bases da hereditariedade
19 bases da hereditariedade
Rebeca Vale
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
7 de Setembro
 

Mais procurados (20)

I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - Introdução
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
 
Caracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivosCaracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivos
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Misturas 6º ano
Misturas 6º anoMisturas 6º ano
Misturas 6º ano
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
 
Aula elementos químicos
Aula elementos químicosAula elementos químicos
Aula elementos químicos
 
Misturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e HeterogeneasMisturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e Heterogeneas
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria  prof Ivanise MeyerEstrutura da matéria  prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
 
O universo
O universoO universo
O universo
 
19 bases da hereditariedade
19   bases da hereditariedade19   bases da hereditariedade
19 bases da hereditariedade
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
 

Destaque

Modelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9anoModelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9ano
joana bolsi
 
Átomos
ÁtomosÁtomos
Átomos
Estude Mais
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
Profª Alda Ernestina
 
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matériaClassificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Profª Alda Ernestina
 
O átomo
O átomoO átomo
Slides evolução do modelo atômico
Slides  evolução do modelo atômicoSlides  evolução do modelo atômico
Slides evolução do modelo atômico
elismarafernandes
 

Destaque (6)

Modelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9anoModelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9ano
 
Átomos
ÁtomosÁtomos
Átomos
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matériaClassificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Slides evolução do modelo atômico
Slides  evolução do modelo atômicoSlides  evolução do modelo atômico
Slides evolução do modelo atômico
 

Semelhante a Modelos atômicos ( 9 ano)

Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
profleticiasantosbio
 
Modelos atômicos 1
Modelos atômicos 1Modelos atômicos 1
Modelos atômicos 1
vania2012
 
Os modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atual
Os modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atualOs modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atual
Os modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atual
Paulo Soares
 
STC - O àtomo
 STC - O àtomo STC - O àtomo
STC - O àtomo
Ricardo_Roque
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosEvolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicos
Tiago Ferreira
 
Aula atomistica
Aula atomisticaAula atomistica
Aula atomistica
Aula atomisticaAula atomistica
Aula atomistica
MrciodePaula2
 
Evolução dos modelos atômicos
Evolução dos modelos atômicosEvolução dos modelos atômicos
Evolução dos modelos atômicos
Marivane Biazus
 
Evolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxEvolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docx
ColEstPolivalenteGoi
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
1 - Evolução do modelo atómico .ppt
1 - Evolução do modelo atómico .ppt1 - Evolução do modelo atómico .ppt
1 - Evolução do modelo atómico .ppt
lauramarques60
 
Apresentação modelos atômicos elenice
Apresentação modelos atômicos  eleniceApresentação modelos atômicos  elenice
Apresentação modelos atômicos elenice
EEB Paulo Bauer
 
Apresentação1 1 trabalho- para cd
Apresentação1   1 trabalho- para cdApresentação1   1 trabalho- para cd
Apresentação1 1 trabalho- para cd
Francisco Serrenho
 
Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)
Karol Maia
 
Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010
Coc2010
 
Modelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGRO
Modelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGROModelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGRO
Modelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGRO
Waldir Montenegro
 
Histatomo
HistatomoHistatomo
Quimica_1EM
Quimica_1EMQuimica_1EM
Quimica_1EM
comiest
 
Modelos Atômicos
Modelos AtômicosModelos Atômicos
Modelos Atômicos
Carlos Priante
 
Modelos atõmicos
Modelos atõmicosModelos atõmicos
Modelos atõmicos
Katharina Fernandes
 

Semelhante a Modelos atômicos ( 9 ano) (20)

Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
Modelos atômicos 1
Modelos atômicos 1Modelos atômicos 1
Modelos atômicos 1
 
Os modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atual
Os modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atualOs modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atual
Os modelos atómicos de dalton, rutherford, bohr e modelo atual
 
STC - O àtomo
 STC - O àtomo STC - O àtomo
STC - O àtomo
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosEvolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicos
 
Aula atomistica
Aula atomisticaAula atomistica
Aula atomistica
 
Aula atomistica
Aula atomisticaAula atomistica
Aula atomistica
 
Evolução dos modelos atômicos
Evolução dos modelos atômicosEvolução dos modelos atômicos
Evolução dos modelos atômicos
 
Evolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxEvolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docx
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
1 - Evolução do modelo atómico .ppt
1 - Evolução do modelo atómico .ppt1 - Evolução do modelo atómico .ppt
1 - Evolução do modelo atómico .ppt
 
Apresentação modelos atômicos elenice
Apresentação modelos atômicos  eleniceApresentação modelos atômicos  elenice
Apresentação modelos atômicos elenice
 
Apresentação1 1 trabalho- para cd
Apresentação1   1 trabalho- para cdApresentação1   1 trabalho- para cd
Apresentação1 1 trabalho- para cd
 
Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)
 
Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010
 
Modelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGRO
Modelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGROModelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGRO
Modelos Atômicos -CSSA 2014.PROF: WALDIR MONTENEGRO
 
Histatomo
HistatomoHistatomo
Histatomo
 
Quimica_1EM
Quimica_1EMQuimica_1EM
Quimica_1EM
 
Modelos Atômicos
Modelos AtômicosModelos Atômicos
Modelos Atômicos
 
Modelos atõmicos
Modelos atõmicosModelos atõmicos
Modelos atõmicos
 

Mais de Karol Maia

Ligações
LigaçõesLigações
Ligações
Karol Maia
 
Cinética parte ii
Cinética parte iiCinética parte ii
Cinética parte ii
Karol Maia
 
Cinética parte I
Cinética parte ICinética parte I
Cinética parte I
Karol Maia
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
Karol Maia
 
Questões Química Orgânica
Questões Química OrgânicaQuestões Química Orgânica
Questões Química Orgânica
Karol Maia
 
Turma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química OrgânicaTurma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química Orgânica
Karol Maia
 
Equilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o anoEquilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o ano
Karol Maia
 
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Karol Maia
 
Petroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetosPetroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetos
Karol Maia
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicos
Karol Maia
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicos
Karol Maia
 
Lista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bimLista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bim
Karol Maia
 
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Karol Maia
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
Karol Maia
 
Balanceamento
BalanceamentoBalanceamento
Balanceamento
Karol Maia
 
Estudo dirigido
Estudo dirigidoEstudo dirigido
Estudo dirigido
Karol Maia
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
Karol Maia
 
Lista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oanoLista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oano
Karol Maia
 
Materiais
MateriaisMateriais
Materiais
Karol Maia
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturas
Karol Maia
 

Mais de Karol Maia (20)

Ligações
LigaçõesLigações
Ligações
 
Cinética parte ii
Cinética parte iiCinética parte ii
Cinética parte ii
 
Cinética parte I
Cinética parte ICinética parte I
Cinética parte I
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
 
Questões Química Orgânica
Questões Química OrgânicaQuestões Química Orgânica
Questões Química Orgânica
 
Turma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química OrgânicaTurma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química Orgânica
 
Equilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o anoEquilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o ano
 
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
 
Petroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetosPetroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetos
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicos
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicos
 
Lista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bimLista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bim
 
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
 
Balanceamento
BalanceamentoBalanceamento
Balanceamento
 
Estudo dirigido
Estudo dirigidoEstudo dirigido
Estudo dirigido
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
 
Lista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oanoLista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oano
 
Materiais
MateriaisMateriais
Materiais
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturas
 

Modelos atômicos ( 9 ano)

  • 1. Professora Ana Karoline Maia karoline.quimica@gmail.com
  • 2. • O QUE É UM ÁTOMO ?
  • 3. Estrutura da matéria • Matéria= material • Substâncias • Moléculas • Átomos
  • 4. Demócrito e Leucipo (Sec. V a.c.) Átomo Demócrito (460 – 370 A.C.) Defendeu a ideia de que a matéria era composta por pequeníssimas partículas. Teoria baseada apenas na intuição e na lógica.
  • 5. Primeiras ideias sobre a constituição da matéria... • 400 a.C Leucipo e Demócrito: princípio da divisibilidade •Origem da palavra átomo: em grego significa indivisível •350 a.C Aristóteles: teoria dos 4 elementos
  • 6. Modelo atômico de Dalton • 1808: Químico inglês John Dalton • A matéria é constituída de átomos, que são partículas indivisíveis e indestrutíveis. • Átomos são partículas maciças. • Cada tipo de átomo seria de determinado tamanho
  • 7. Modelo atômico de Thomson • Início do século XX: descobertas na ciência, elétrons, natureza da luz, eletromagnetismo e radioatividade. • O modelo de Dalton já não era capaz de explicar muitos fenômenos....
  • 8. Thomson (1904) J. J. Thomson (1856 - 1940) Thomson realizou uma série de experiências utilizando um tubo de raios catódicos (tubo semelhante aos tubos existentes no interior dos televisores). Seus experimentos comprovaram a existência de carga elétrica na matéria. Tubo de raios catódicos
  • 9. Elétrons (partículas com carga elétrica negativa) Esfera com carga elétrica positiva Modelo proposto por Thomson (1904): O átomo era uma esfera positiva, estando os elétrons dispersos na esfera. O número de elétrons seria tal que a carga total do átomo seria zero. Modelo de Pudim de Passas
  • 10. Rutherford (1911) Ernest Rutherford (1871 - 1937) Cientista neozelandês, estudou com J.J. Thomson. Em 1908 realizou uma experiência que lhe permitiu propor um novo modelo atómico.
  • 11. Experiência de Rutherford Fonte de partículas  Feixe de partículas  Ecrã fluorescente Folha de ouro
  • 13. Modelo proposto por Rutherford (1911): O átomo é uma estrutura praticamente vazia, e não uma esfera maciça; É constituído por:  Núcleo muito pequeno com a carga positiva, onde se concentra quase toda a massa do átomo.  Elétrons com carga negativa movendo-se em volta do núcleo. O átomo seria um sistema semelhante ao sistema solar. Modelo Planetário
  • 14. Bohr (1913) Niels Bohr (1885 - 1962)  Niels Bohr trabalhou com Thomson, e posteriormente com Rutherford.  Tendo continuado o trabalho destes dois físicos, aperfeiçoou, em 1913, o modelo atómico de Rutherford.
  • 15. Modelo proposto por Bohr : Apenas algumas órbitas seriam permitidas aos elétrons; Cada órbita correspondia a um nível de energia bem definido do elétron; Os elétrons podem saltar de uma órbita para outra, ao absorver ou emitir energia.
  • 16. Modelo atômico de Bohr • Ao passar de uma órbita para outra, o elétron absorve ou emite um quantum de energia. • Teoria quântica de Max Planck • O modelo de Bohr explicava satisfatoriamente o átomo de hidrogênio, que possui apenas 1 próton no núcleo e 1 elétron ao redor, mas não explica átomos com um maior número de partículas.
  • 17. “Fotografar” os átomos... Hoje em dia dispomos de potentes microscópios que nos permitem obter imagens dos átomos: são os microscópios electrônicos.
  • 18. Dimensão dos átomos 100 pm 1 pm = 10-12 m
  • 19. Dimensão dos átomos Se 100 milhões de pessoas se reduzissem ao tamanho de átomos, formavam uma fila de apenas 1cm. Um ponto final pode conter mais de 3 milhões de átomos.
  • 20. Estrutura atômica básica • Prótons (p) = carga positiva • Nêutrons (n)= carga neutra • Elétrons (é)= carga negativa
  • 21. • Número de prótons(Z) = número atômico • Número de massa (A) = prótons + nêutrons • Camada de valência é a camada mais externa